FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. Corações


Fic: Os Novos Marotos 4 De volta a Hogwarts


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Dani W. B. em 22/03/2007


Kitai:: Daniii!!!! Saudades imensas de você também minha flor! Você sumiuu! =~ Mas aposto que quando as coisas normalizarem aí e você tiver tempo de ler vai amaarr tudo o que eu fiz eheheh.. E você é a madrinha da história sim!!! Semana de prova? Ihh.. nem me fale! Também to =/
Cold:: DANII vc ainda lembra de minha existência =~~~ saudades dani!
James:: \o> Danizinhaaa aparece! some mais nao!
Miguel:: Saudades imensas Dani =/
Johnny:: DANIIIII =~~~voltaaaa

Ana_loveharryandhermione em 21/03/2007


Kitai:: Eu sei como é o orkut! ahioahaio.. também vivo ocupada lá =X Bem... O termo sofrimento é complicado, principalmente quando se trata do coração, no caso do Carter, ele sofreu bem mais do que podemos imaginar... E sobre o Carter e as poções de dormir ahoiahao.. Bem, é um milagre ele não estar dormindo. De nada pelo comentário! =*****
Cold:: ¬.¬ Esqueceu de mim! =~
James:: \o/ Aninhaaaaa!!! Saudades também =****
Miguel:: ehehe... fofo? Obrigado xD
Johnny:: saudades imensas Anaaa xD

Lsla Malfsy em 20/03/2007


Kitai:: Lindo e Triste o.o é... gostei da definição! AHioAHioahao.. Gosto da diretora? Quem me dera que a minha fosse assim *-*
Cold:: Poisé, Maya grávida -.-"""
James:: O Listras não conhece camisinha =X
Miguel:: Mais um Malfoy -.-
Johnny:: O mundo vai encher de mini Cold's O.O""""

Nina Black em 20/03/2007


Kitai:: Ai nem me fale sobre fica sem pc! Se acontece algo com o meu eu acho que piro! O bom é que você está de volta!!! ahoahaio. Pode deixar que eu vou entrar e comentar na sua fic ok? Beijao!!!
Cold:: Ainda lembra de nossa existencia?
James:: Lembra como meus olhos sao verdes?
Miguel:: err.. lembra de mim? xD
Johnny:: Lembra de meu corpo masculo? xD

Naty Granger Weasley em 19/03/2007


Kitai:: NÃOOO!!! Nada disso! Ele não é o Voldi reencarnado! Ele é apenas o último a ter o sangue de Salazar, mas vocês entenderão isto no decorrer da fic. A única coisa que posso adiantar é que o irmão de Mérope (mãe de Voldi) teve um filho com uma bruxa de sangue puro. Ou seja, Carter é parente distante de Voldi. Sobre a Cassy responder teus coments, no proximo cap ok? É que esse teve que ser os marotos respondendo ahaiohao..
Cold:: O.o fazer o quê criatura?
James:: O.O quem morreu?
Miguel:: Não ofendeu, eu sei que meu filho mais velho não é muito normal -.-
Johnny:: o.O


Carolina Xavier em 18/03/2007


Kitai:: AHioHAIOhaio eu também te amooo!!! HAioahioA Suzan e Draco se beijando? Humm.. que tal no prox cap.?
Cold:: Claro que ele sem camisa é bom! Ele é meu filho! É no mínimo perfeito que nem o pai xD E sobre a ruivinha zabine, gosto dela sim... Ela vai ser minha o quê? o.O
James:: Dizem que ele é que nem o avô, e eu não sou ciumento com a Lily! Humpf.. COMO ASSIM MINHA FILHINHA COM O BLAKEEEE???? AUTORA A SENHORA ME DEVE EXPLICAÇÕESSS!!!
Miguel:: Eu sei, Suzan é muito especial um doce de garota xD E hã... Eu não sei se quero ela com o Draco, sem ofensas mas eles brigam que nem cão e gato o.o Sobre o Blake ser lindo, por favor não aumente o ego dele.. E o Dean, bem... Ele é o único que não traz cartas dizendo que teve 8 detenções em um dia...xD
Johnny:: Digamos que Cassy puxou o lado da família da Lana e Megan o meu lado da família... Mas ambas tem seus charmes eheheh..

Sâmya Carvalho em 18/03/2007


Kitai:: AHioahaio.. sei como é isso, mas relaxa! Sem problemas! O importante é ter comentado... Sobre a Ligação da Amy com o Carter eu sempre disse q eles eram o Shipper principal.. xD Obrigada por gostar tanto da fic e pelos elogios... xD ahioahaio.. sobre as respostas, bem.. xD eu gosto de responder assim xD
Cold:: Original? EU RESPONDO AQUI e ela é a original?
James:: Original somos nós ¬¬
Miguel:: Nada a declarar!
Johnny:: QUERO MEUS DIREITOS AUTORAIS!


Michelle Freire em 18/03/2007


Kitai:: AHoahOIa.. Eu deletei O Tipo Certo de Cara Errado porque me deu um branco! Não sabia mais o que escrever =/ Fiquei sem inspiração, e bem... Eu sou louca pela APS xD Angy é um gênio para mim!!! Obrigada mesmo pelos elogios, fiquei até meio sem graça! xD E fico extremamente feliz por ler todas essas minhas fics xD
Cold:: Elogio tanto a Kiki que o ego dela tá nas nuvens u.u
James:: Depois nós que somos insuportaveis!
Miguel:: A Kiki merece os elogios..
Johnny:: Ihh.. lá vai o Miguel baba o ovo da kiki -.-

~TaTa Black em 17/03/2007


Kitai:: Só te perdoarei porque vc tá comentando agora ahaiohaio EU também tive pena do Carter, mas digamos que muita água vai rolar ainda entre ele e Amy. E realmente foi fofamente nojento o que ele fez u.u E Draco e a Su, iihh esses dai ainda vao dar muito o que falar ahaiohao. Mas será mesmo que o Draco vai colocar uma roupa tão sexy para ela? Nós já sabemos como os Malfoy's sao ciumentos =X e realmente o Matt tem que sair de campo né? Mas é bom que o Blake começa a dar valor! A surra da Cassy foi ótima né? Ela é brava que nem a mãe quando quer ahaoihaio E pode deixar que surgirá mais cenas de Harry e Meg. Quer ser como eu quando crescer é? ahaioahioa.. tah certo! xD Beijaoooooo
Cold:: Poisé! Quem elas pensam para brigar com um ser lindo e maravilhoso feito EU! E sim.. Minha esposa está gravida! Aí meu Deus ela vai demora 383273 horas para se arrumar! u.u Hã.. Eu tambem te amo o.o eu acho!
James:: O listras e a Maya esqueceram que vivemos em tempos modernos onde existe camisinah e anti concepcional -.-
Miguel:: Beijos enormess para vocÊ!
Johnny:: Beijoooooooooooooo


Banana Potter em 17/03/2007


Kitai:: Que bom que você gostou Banana xD E seu lobinho de pelucia realmente é o cara! Passou por muitas coisas... Sobre a Ashlee atrás do Blake ahioahaio.. Bem.. ela sempre foi uma Potter não é?
Cold:: Meu filho é sexy que nem o pai ai iai.. Tenho tanto orgulho xD E poisé quase aquelas malucas me engoliram.. E sim minha esposa está gravida u.u
James:: Minha filha é d+ mesmo! Ela ainda espanca o Blake AhAHAhAhah
Miguel:: Meu filho ainda me mata de vergonha u.u Eu dou aula na faculdade quem sabe um dia eu dê em Hogwarts...
Johnny:: Minha filha aprendeu comigo! \o/ Cassy é forte que nem o papai dela! A megg então nem se fala xD Minha filha poderosa! E COMO ASSIM ELA E O HARRY? ¬¬

Aline Fernanda de Souza em 16/03/2007


Kitai:: Que bom que gosta tanto da fic!
Cold:: MEU FILHO VAI DUELAR COM UMA MULHERRRRR????
James:: Harry vai se declarar finalmente para AMy???? ALELUIAAA!!
Miguel:: Como assim MEU BEBÊ VAI DUELAR COM O DRACO?
Johnny:: BEIJOOOOOO!!!

Ceh_Mota em 16/03/2007


Kitai:: Não, ele não tem nada com o Voldie, mas sim com Salazar! Ele é um tipo de parente extremamente distante do Voldie.. xD
Cold:: Nem me fale, a familia só cresce, o salário que é bom nada!
James:: Apresentarei camisinha ao Listras!
Miguel:: Uma idecencia isso sim u.u
Johnny:: A vida sexual do Listras eh agitada ateh d+ =X

Ana Carolina Marvila em 16/03/2007


Kitai:: Agente nunca sabe quem é ahaiohao.. E bem.. muita coisa vai rolar ainda!
Cold:: Bem, conhecendo meu filho acho que será um vestid seyx!
James:: o.o coitada da Suzan
Miguel:: MINHA FILHINHA =~~~~
Johnny:: Eu vo ri muito disso ainda xD

as Marotas em 16/03/2007


Kitai:: Sobre os 7 eh segredo! xD
Cold:: Digamos que meus filhso sao melhores xD
James:: Claro que MEU filho é seu favorito ele é MEU FILHO!
Miguel:: O blake é muito irresponsavel -.-
Johnny:: Minha filha é demais xD

Isadora de Mello Stabile em 16/03/2007


Kitai:: Que bom que gostou do capitulo eheheh Sobre a Amy e seus amores nada a revelar ainda ehehe xD beijos
Cold:: Minha esposinha gravida =~~~~
James:: Lindo nós? Bem eu sou muito mais lindo que o Listras xD
Miguel:: Eu sou um homem centrado xD
Johnny:: Eu sou d+ xD


Tonks_Loka em 16/03/2007


Kitai:: Maya GRAVIDISSIMAAAAA xD
Cold:: Minha filha preocupada com quem? 0o
James:: Pobre do meu filho... -.- ele ama a Amy..
Miguel:: Torço para minha Su!
Johnny:: E eu pro Drakie!!!


Hannah Lú em 15/03/2007


Kitai:: Careca? AHAIOHAIO ¬¬ CADUCA TAMBÉM NAOOO ahaiohio.. O segredo do Carter é barra pesada mesmo né? A barra pesada vai fika mais ainda quando começar acontecer certas coisas.. =X
Cold:: Vc quer ser que nem a Kiki quando crescer?
James:: Vamos ter mais uma autora louca u.u
Miguel:: Eehhee eu também te amo Srta.Lú, percebi sua paixao pelas pessoas de minha familia ehehehe..
Johnny:: Por favor nao seja como a Kiki quando crescer =~

Amandinha Potter em 15/03/2007


Kitai:: ATUALIZEI ahaiohaio..
Cold:: Sim ela está gravida o.o"""
James:: Vc quer ver minha irma enfartar o Listras não é?
Miguel:: Minha filha ganha \o/
Johnny:: O mundo será dominado pelos MALFOYS SALVEM-SEEEEE

Gabih!* P.B. em 15/03/2007


Kitai:: Poisé, todos temos segredos obscuros... Sim as pestes estão aqui respondendo os coments -.- Saudade do Cold? LEVA PRA CASAAAA!!! E bem.. sobre a cena C/A, homem fragil sempre nos comove não é? da vontade de guardar no bolso e levar para casa =X
Cold:: MEU FILHO JAMAIS USARÁ UM VESTIDO!!! Eu também estava com saudades de vc Gabih xD
James:: Eu quero ver esse dueloooooo ahahahahaah
Miguel:: MINHA FILHA È A MELHORRR \o/ Mas como assim Su com vestido curto? ¬¬
Johnny:: A curiosidade matou o gato sabia?

Luiza Freitas de Carvalho em 15/03/2007


Kitai:: Todos nós temos o bem e o mal dentro de nós.. xD te dei uma ótima dica sobre a fic xD
Cold:: Não mate a kiki!
James:: Se vc matá-la quem vaui escrever?
Miguel:: Quem vai me bajular?
Johnny:: Quem vai bate no Cold?

Vanessa Lupin em 15/03/2007


Kitai:: Calmaaaa, relaxa! Amy e Carter 4ever! xD
Cold:: Draco ganha \o/
James:: COMO ASSIM BLAKE COM MINHA FILHINHA????/
Miguel:: Meu filho ainda me mata de vergonha
Johnny:: O.o eu acho que o pontas ainda enfarta



Corações


Um barulho de passos no corredor vazio do último andar do Ministério da magia, a Ministra Hermione Malfoy, sentada em sua mesa enlaçava as mãos e mantinha os olhos fechados. Os passos pareciam se aproximar de sua porta a cada segundo. A mulher respirara fundo abrindo os olhos cor de avelã.

- Está na hora... - Ela murmurara abrindo a gaveta de sua mesa e retirando uma bela varinha dourada.

A porta abrira-se como num estrondo e um homem alto vestido de roxo a encarara com um sorriso sádico na face, sacando a varinha para a Ministra.

- Adeus Sra. Malfoy! - O homem falara seco.
- Adeus, idiota! - Uma voz falara em suas costas o azarando e o fazendo cair no chão inconsciente.
- Pensei que eu mesma teria de me livrar dele, por que demoraram tanto? - Hermione falara impaciente tornando-se a sentar na cadeira.

Três homens adentraram na sala da Ministra naquele momento, um senhor de orbes azuis acinzentados com aparência de rabugento, um homem loiro de olhos avelã e um moreno de olhos verdes, o loiro sorria categoricamente beijando a bochecha da mãe.

- Também te amo mamãe! - Rira-se Cold.
- Por Deus, eu deveria fazer que nem seu pai Cold, falar que lhe espanco se repetir que me ama! - Gargalhara Hermione.
- Humpf... Sabe que não gosto de demonstrações de afeto Hermione... - Draco girara os olhos sentando-se frente à mulher.
- Sabe, poderíamos chamar alguém para prende-lo e interroga-lo... - James olhara para o homem estatelado no chão.
- Para quê? Semana que vem aparece outro maluco invadindo o Ministério mesmo... - Cold dava os ombros. - Vamos manda-lo de uma vez ao St.Mungus, talvez ele aprenda a controlar a raiva...
- Cold... - James o chamava.
- Sim?
- Cala a boca! - O moreno dava-lhe um tapa na testa.
- Deixem que eu o mando para a sala de atentados... - Hermione apanhava novamente a varinha a apontava para o homem o fazendo desaparecer.
- Parece que só assim para nos reunirmos não é mesmo? - Comentava Cold sorridente para os pais.
- Sabe que sua mãe anda ocupada... - Draco comentara olhando o filho e o genro. - E vocês dois parecem que não dormem há um bom tempo...
- Não temos dormido mesmo... - James falara sincero passando as mãos pelos cabelos demonstrando preocupação.
- A mesma mania de seu pai... - Hermione comentara indicando um lugar para o moreno sentar. - Diga-me James, o que lhe aflige?
- Algo de ruim está para acontecer, e nós sabemos disso há muito tempo... - James falara sombriamente.

Hermione remexeu-se na cadeira e Draco encarara sério os dois homens ali, sim... Tempos difíceis se aproximavam a cada dia que passava. James e Cold saiam do Ministério da Magia, a noite estava realmente bela, iluminada pela gigantesca Lua cheia. Cold parara ao chegar frente ao carro se encostando ao mesmo.

- Não devia ter preocupado os velhos, a saúde de meu pai não é a mesma... - Cold comentara olhando o céu.
- Sabe que precisaremos de toda a ajuda possível Cold... - James encostava-se ao lado do amigo.
- A única coisa que sei Pontas, é que eu farei de tudo para proteger minha família...

Um estalo forte na rua fizera com que os dois homens sacassem suas varinhas, foram treinados para esperarem o inevitável, e não duvidavam nada de que o “maluco” que invadira o Ministério tivesse uns “amigos” do lado de fora, no entanto a surpresa fora maior, a imagem de um homem pálido vestido por uma roupa completamente negra os surpreendera, os cabelos negros e lisos e o porte de nobre, ele estava de volta, Row Zagory.

- Zagory? O que você faz aqui? - James franzira o cenho encarando o vampiro.
- Eu disse que voltaria quando a profecia começasse a se cumprir...
- Está na hora de uma reunião entre os quatro marotos novamente... - Cold comentara encarando James.

Bem longe dali, no castelo de Hogwarts se mais um dia nascia, a animação dos alunos correndo pelos corredores, a fim de assistirem todas as aulas e terem logo a tarde de quarta feira livre, no entanto nem todos estavam animados para este dia de aula...

- VAMOS AMY! SAIA LOGO DESTA CAMA! - Berrara Ash tentando inutilmente arrastar a amiga da cama.
- Eu JÁ DISSE QUE ESTOU DOENTE ASHLEE!!! - Respondera mal humorada a garota segurando-se na cama.
- Por Merlim, se continuarmos assim nenhuma de nós irá assistir à aula da Professora Wood! - Reclamara Suzan.
- Oh! E isso é uma injustiça! - Ironizara Ash. - Escute aqui Amy Malfoy, ontem você entrou tarde neste dormitório, nos deve explicações!
- Isso é verdade! - concordara Suzan com os olhos brilhando em curiosidade.
- Sabe, já que estão a fim de papear, que tal falarmos sobre Suzan e Draco num duelo quase mortal? - Tentara mudar de assunto a loira.
- É, isso também é um excelente assunto... - Ashlee virava a face para Suzan. - ONDE RAIOS VOCÊ ESTAVA COM ESSA CABEÇA FLAMEJANTE QUANDO DECIDIU DUELAR CONTRA O DRACO MALFOY SUZAN?
- Ainda bem que ela parou de berrar comigo... - Amy murmurara baixinho.

Do outro lado do castelo, três Sonserinos ainda estavam em suas camas, ambos cansados demais para levantarem-se e irem para a primeira aula. Afinal para que servia Herbologia? Que se danem as plantas mágicas! Dormir é bem mais importante!

- Blake... Vai para a aula... - Draco falara deitado em sua cama de olhos fechados.
- Não, obrigado... - Blake respondia com uma voz rouca. - Carter, vá para a aula...
- Se meu corpo quiser levantar... - Ironizava o garoto. - Ele não quer, vou ficar aqui mesmo...
- Odeio quartas feiras... - Draco abria com dificuldade os olhos azuis. - Elas sempre me lembram que ainda faltam dois dias para o final de semana...
- Concordo plenamente... - Resmungara Carter sentando-se da cama e espreguiçando-se.
- Já que todos se levantam, eu me erguerei! - Blake abrira os olhos sentando-se sorridente na cama encarando os amigos.
- Cara, eu odeio quarta feira! - Draco tornava a repetir. - Blake fica mais insuportável nesse dia...
- Não se esqueça dos domingos... - Carter comentava levantando-se da cama. - Alguém vai para a aula?
- Não, estou cansado demais para aturar aquela baleia florida... - Blake sorria cafajeste.
- Então entramos num conceito... Matar aula na Sala Precisa! - Draco sorria categoricamente para os amigos.

Harry andava pelo corredor do primeiro andar falando sozinho, Meg havia o convencido a contar para Amy seus sentimentos, mas a ruiva havia esquecido que não era tão fácil assim para o moreno revelar sua grande paixão pela loirinha. Respirou fundo, estava ensaiando isso desde o dia anterior, e sabia que tinha que sair perfeito.

- Hum... Amy, eu acho que gosto de você! Não, não! Patético! Ok... Amy hã... Quer sair algum dia? RIDICULO! ARGHH EU VOU PIRAR!!!
- Sabe, eu já te acho pirado... - Uma voz feminina falara atrás de si.
- Valeu mesmo Srta. Weasley! - Rira Harry encarando a ruiva de olhos azuis.
- Qual é Harry, falar sobre sentimentos não precisa de ensaio ou texto, fale apenas com seu coração! - A ruiva batia no ombro do garoto.
- Pra você é fácil! Nunca te vi apaixonada por ninguém!
- Digamos que eu não sou de me apaixonar facilmente... - Meg sorria irônica. - Enfim! Já viu a loira hoje?
- Não...
- COMO NÃOOOO?????
- Sem escândalo! - Harry colocava o livro frente ao rosto. - Achei melhor vê-la quando eu estivesse preparado para contar...
- Ótimo! Pelo visto você não vai vê-la nem tão cedo.

Enquanto uma Lufa-Lufa berrava com um Grifinório em um dos corredores, outro assunto era mais discutido pelos alunos daquela escola, afinal não se ouvia outra coisa nos corredores, salas, dormitórios do que o grande duelo entre um Sonserino e uma Grifinória. Alguns comentários maldosos até surgiam sobre os dois duelistas...

- Sabe, andam falando que você e o Draco tiveram um caso, aí ele te deu o fora e você partiu para o duelo... - Ashlee sussurrava para Suzan no meio da aula de Historia da Magia.
- O quê? Quem inventou uma idiotice dessas? - Suzan encarava a amiga de cenho franzido.
- Não sei, mas andam falando! - Ashlee girava os olhos.
- E estamos mais uma vez nos tablóides de Hogwarts... - Comentava Amy irônica. - Pelo menos não sou eu desta vez...
- Eu não acredito que falam que eu e o Draco temos algo! Isso é ridículo! - Suzan franzia o cenho.
- Talvez se vocês três contassem à turma o que é tão ridículo, deixasse de ser tão ridículo assim... - A voz de Sam ecoara na sala fazendo todos presentes virarem-se para as três Grifinórias.
- Ok, é o seguinte... - Ashlee começava recebendo olhares desaprovadores de Amy e Suzan. - Eu fiquei menstruada ontem e ainda quero nadar no lago neste final de semana, acontece que...
- Tudo bem, Srta. Potter! - Sam a cortava sorridente. - Creio que não precisa falar suas intimidades em público...
- Que seja! - A garota dava os ombros com um imenso sorriso nos lábios.

Enquanto isso na Sala Precisa...

- O pato, o pato, que mora na lagoa, não têm, tsc, tsc, não tem tsc, tsc, rabinho e nem orelha Uaquáquá, Uaquáquá, Uaquá, quá, quá, quá!
- Blake, cala a boca... - Carter falava deitado em um sofá verde. - Estou com preguiça demais de ir aí te bater...
- Sabe, eu estou começando a ficar entediado! - Blake falava olhando o teto.
- Bem vindo ao clube... - Carter falara de olhos fechados.
- Sabe, agora é um bom momento para começar a treinar! - Blake falava sorridente.
- Treinar para quê? - Draco falara em tédio.
- Para o duelo contra a Suzan! Fala sério você não quer andar de vestido por Hogsmead quer?
- Blake, não obrigue o Drakie a te bater... - Carter falara dentre um meio sorriso.
- Ah qual é! Eu mesmo treinei a Su! Ela é uma das melhores duelistas de Hogwarts!
- Se você a treinou, é obvio que ela não é tão boa assim... - Debochava Draco.
- Obrigado pela parte que me toca! - O garoto girava os olhos. - Só não subestime muito minha irmã tá legal?
- Sou sonserino Blake, sonserinos não subestimam, tiram vantagem do poder do inimigo... - Draco virara de costas remexendo-se no sofá preto. - Agora cala a boca que eu quero dormir...

Já havia se passado algumas horas e a hora do almoço já havia chegado, Carter estava nos jardins olhando o lago, por mais que Firenze dissesse que ele havia renascido ele sabia que ainda continuaria sendo o Herdeiro de Salazar. Temia por isto, temia por todos, mas sabia que seus amigos estariam ao seu lado para tudo. Suspirou fundo e saiu de trás da árvore, vira Amy se aproximando lendo um livro qualquer, ela estava tão distraída com o mesmo que nem notara que ele estava na árvore. Sorriu cafajeste e subiu em um dos galhos da mesma encarando a garota sentar-se debaixo de si e continuar sua preciosa leitura.

- Sabe, as Fadas Mordentes não são tão misteriosas assim... - Ele comentava lendo um parágrafo do livro da garota.

Amy dera um salto de susto o que fez o sonserino gargalhar, ele saltara da árvore ficando frente a ela, Amy era bem mais baixa que ele, tomou o livro da garota das mãos da mesma e dera uma olhada na capa.

- “Seres Misteriosos do Mundo Mágico” Que porcaria... - Ele devolvia o livro.
- Vai atazanar outra pessoa Trent! - Amy abraçava o livro e franzia o cenho.
- Não, obrigado, estou bem aqui... - Ele encostava-se na árvore.
- Ninguém te merece! - Ela virava de costas sendo puxada pelo garoto. - Dá para me soltar?
- Não antes de termos uma conversinha sobre ontem...
- Eu não contei a ninguém se é isso que te preocupa!
- Quem disse que isso me preocupa? - Ele erguia uma sobrancelha a puxando para mais perto de si.
- Fala logo o que quer!
- Por que não fugiu quando me viu naquele estado Amy?
- Não te interessa Trent!
- Sabe, eu acho que você tem uma queda por mim...
- COMO É QUE É???
- Isso mesmo que você escutou... - Carter jogava os braços atrás da cabeça. - Não contarei a ninguém se isso te preocupas...
- EU JAMAIS SENTIRIA ALGO POR VOCÊ! VOCÊ É UM IDIOTA, UM TRASGO, UM DEMENTE QUE SE ACHA SUPERIOR, RIDICULO, AMEEEEBAAA, MONSTRUSOOOO! EU TE ODEIOO TRENT!!! - Ela falava batendo no garoto que apenas gargalhava.
- Dizem que o amor e o ódio andam juntos Amy... - Ele sorria maroto.
- MAS EU TE ODEIOOO!!! SÓ ISSO!!!!

Ele adorava provoca-la, Amy tinha pavio curto e era extremamente engraçado ver a cara de fúria que ela fazia. Os olhos azuis dela se tornavam mais intensos e sua boca mais desejável, encarou a garota ainda lhe espancando e segurou-lhe os pulsos jogando-a contra o tronco da árvore. Ela havia parado de gritar e o encarado com uma expressão de desentendimento.

- Tem medo de mim Amy?
- Eu jamais teria medo de um verme!!!
- Ok... E não teria medo se eu fizesse isso?

Ele a beijara, sim a beijara, ela apenas começara a bater, espernear, mas o que ele fazia era colar mais ainda seus lábios aos dela, não tinha língua, mas era intenso. E ele podia sentir uma grande onda de choques invadir-lhe o corpo. Amy não tinha forças para empurra-lo e no fundo no fundo até gostava daquele toque, sentiu suas pernas relaxarem e Carter prende-la mais ao tronco da árvore com o corpo, repousou então as mãos sobre o peito do rapaz e ele se afastara a encarando.

- Viu como é fácil relaxar? - Ele comentara maroto.
- COMO VOCÊ OUSA ME BEIJAR TRENT! EU VOU TE MATARR!!!
- Raios, se começar a berrar como uma louca novamente terei que lhe beijar para lhe fazer calar-se!

Fora instantâneo, Amy levara a mão à boca a tampando, Carter gargalhara alto e ela lhe dera um bom chute na canela, a garota saíra correndo dali, deixando o Sonserino risonho encostado no tronco. Amy realmente era muito engraçada de se ver.

A garota entrara como um furacão na sala comunal da Grifinória, e lá apenas havia alguns alunos primeiranistas, desabou no sofá vermelho. COMO TRENT OUSAVA BEIJÁ-LA? Respirou fundo, ele era um safado idiota e um dia ela cresceria tanto e ficaria tão forte que pisaria nele até não sobrar nada. Riu de seu próprio pensamento.

- Você muda de humor muito rápido... - Ouviu uma voz comentar a encarando.
- Hum? Ah... Nem te vi aqui Harry! Desculpe!
- Aconteceu alguma coisa?
- Apenas o idiota do Trent me tirando do serio... - Ela respirara fundo.
- Podemos hum... Conversar?
- Claro! Fala! O que foi?
- Não aqui...
- E para onde você quer ir? - A loira franzia o cenho.
- Vamos para o telhado da torre, onde não tem ninguém...

Ela seguira Harry pela escadaria, até chegarem ao telhado, uma visão magnífica de todo o terreno de Hogwarts, Harry parecia extremamente nervoso e ela sabia que aquela tensão toda dele podia ser cortada por uma tesoura. A garota respirou fundo, seu melhor amigo andava muito estranho.

- Já amou alguém Amy?
- Eu? Hã... Sabe como eu sou né Harry? Eu não tenho sentimentos por ninguém em especial... - A garota falara séria sentindo uma pontada em seu coração.
- Por ninguém mesmo? - Harry falara tristemente.
- Bem, hã... Não sei sabe? Ai que pergunta maluca! - Ela franzia o cenho.

Harry a encarara, ela estava lá sentada ao seu lado naquele telhado, o vento batendo-lhe lindamente nos cabelos loiros iluminados pelo Sol, não pôde evitar, respirou fundo e a encarou sério.

- Olha, eu acho que te amo!
- Como? - A garota arregalara os olhos, esperava que ele dissesse qualquer coisa menos que a amava.
- Eu não acho tá legal, eu sei que te amo e isso é desde que temos uns 12 anos!
- Tá legal, eu vou perguntar de novo... COMO????? - Amy desequilibrara quase caindo sendo segurada pelo moreno.
- Amy, olha desculpa! Eu não devia ter falado e...
- CALA A BOCA! - A garota tampara a boca do moreno o encarando. - Me deixe raciocinar ok? Primeiro o maluco do Trent me beija...
- O TRENT TE BEIJOU? - Harry enfurecia-se.
- Já mandei calar a boca! - Amy o encarava severa fazendo-o se calar. - Segundo você chega e diz que me ama... Ok... QUAL É O MEU PROBLEMA?
- Ter beijado o Trent? - Harry arriscava mal humorado.
- Já disse que ele que me beijou! - Amy fazia uma careta. - E bem... Sobre você me amar...
- Não precisa falar nada sua reação já disse tudo... - O moreno levantara-se nervoso.
- Dá para esperar! Raios, os Potter’s nunca esperam?
- Esperar o quê Amy?
- Me dê até meia noite para lhe dar uma resposta... - A garota o encarara tristemente. - Eu nunca havia pensado em você como namorado Harry e...
- Eu te espero... - Harry sorrira lindamente para a garota. - Já esperei quase cinco anos mesmo, não tem problema esperar mais um pouco...

Dizendo isto o rapaz saíra do telhado, Amy respirara fundo, aquele sim estava sendo um dia daqueles! A garota não sabia o que sentia por Harry, nunca havia pensando no próprio além de um bom amigo, mas não pôde negar que ele declarar um amor assim para ela, não a fez sentir algo, e ainda tinha aquele idiota do Trent! Por mais que ela negasse, sabia que sentira algo forte quando ele tocara os lábios aos dela, e ela ainda havia se sensibilizado ao vê-lo “morto” no dia anterior. Respirou fundo mais uma vez, não sabia o que fazer.

Blake estava sentado na arquibancada do campo de Quadribol, assistindo o treino da Cornival, além do mais faltava duas semanas para o jogo da mesma versus a Lufa-Lufa. Mas na verdade pouco lhe importava se a Lufa-Lufa e a Cornival iam jogar ou não, estava mais preocupado com seus próprios problemas, principalmente com o fato de nem Cassy e muito menos Ashlee lhe dirigirem a palavra. Encarou sua mochila jogada ao seu lado, balançou a cabeça negativamente como para espantar algum pensamento idiota que estava por vir.

- Problemas amorosos? - Uma voz masculina ecoara em suas costas.
- Como se você soubesse algo sobre isso... - Blake sorrira levemente retirando a mochila de seu lado como se mandasse à pessoa se sentar.
- Oh! O Grandioso Blake Zabine, me convidando para sentar? - Dean falara risonho.
- Pode ficar em pé se quiser! - Blake girara os olhos.

Dean encara o irmão com o canto dos olhos Blake parecia abatido, e era rara às vezes que ele via o irmão naquele estado, Blake não o encarava, olhava firmemente para o campo. Dean suspirara fundo e encarara o mesmo ponto que o irmão, os balaços que voavam livremente sendo rebatidos pelos batedores da Cornival.

- Também veio espionar a Cornival? - Blake perguntara casualmente.
- Erick me mandou ver se Luke tem uma estratégia...
- Estratégia? Só se for de tentar conquistar a Amy! - Blake girara os olhos. - Esse tapato tá mais para modelo de xampu do que para Capitão de Time!
- Nisso tenho que concordar... - Dean falara risonho.

Eram raras às vezes que Blake o tratava de igual para igual, fitou o campo novamente e viu uma garota de cabelos loiros escuros e olhos verdes adentrando sorridente, logo quase todos os homens do time da quadribol estavam no chão conversando com a garota que sorria e gargalhava. Dean notou o olhar triste de Blake, talvez a ausência de Ashlee estivesse fazendo mais mal ao irmão do que ele imaginara.

- E você e a Ash?
- Ela me odeia, ela e a Cassy para dizer a verdade... - Blake falara tristemente. - Tudo isso por causa que a Annett anunciou a todo o castelo que estamos namorando...
- E não estão? - Dean sorrira maroto recebendo um olhar assassino do irmão. - Ok, uma brincadeira! Eu sei que você é apaixonado pela Potter...
- Você quer que eu te pisoteie? - Blake o encarara com raiva.
- Qual é Blake! Todo mundo já percebeu do seu ciúme doentio pela Ashlee! Só ela mesma que não se tocou ainda que esse ciúme todo é porque você está apaixonado por ela!
- Escute aqui Babacão, eu não gosto dela tá legal! - Blake esbravejava.
- Como quiser! - Dean ria levantando-se e saindo de perto do irmão.
- MAIS UMA COISA! - Blake o segurava. - Se alguém sonhar que eu te tratei bem e que você falou essas baboseiras sobre mim e a Ashlee, eu juro por Merlim que contarei a toda Hogwarts que você dormiu até o quarto ano com um urso cor de rosa chamado Ted!
- Você pegou pesado! - Dean fizera uma careta.
- Sou Sonserino, entre na fila dos processos!

Blake apanhara a mochila a jogando sobre o ombro e saindo do campo, Dean o fitou desaparecer, sorriu levemente. O irmão podia negar até a morte, mas estava caidinho por Ashlee.

Ele andava em passos largos em direção ao castelo, vira Annett o esperando na porta de entrada, suspirou fundo, ele só podia ter afogado o gato de Merlim na privada na outra encarnação.

- Oi querido!!! - Annett saltava no pescoço do mesmo.
- Oi... - Blake falara friamente olhando para trás.

Ashlee estava logo atrás dele e parecia que iria lhe dizer algo importante, mas ao ver Annett a Grifinória apenas empinara o narizinho e adentrara com uma imensa raiva ao castelo. Blake abaixou a cabeça e adentrou com Annett ainda dependurada em seu pescoço.

A noite havia chegado num piscar de olhos e no jantar todos comentavam sobre o duelo que estava preste a se seguir, Suzan estava séria e Draco... Bem... Ele estava preocupado.

- Você está afim da Zabine não está? - Murmurara Carter ao loiro quando vendo Blake dirigir-se até a irmã.
- Cala a boca Trent! - Draco falara nervoso.
- Sabe ela é bem bonita... - Carter sorria maroto. - Ruivinha, cabelos lisos, olhos castanhos... Corpo uau! Que corpão!
- Se falar mais alguma coisa eu enfio essa faca na sua boca! - Draco falara friamente.
- Depois diz que não está afim dela! - Carter debochava.
- Já disse que não estou!
- Então você não se incomodaria se eu a chamasse para sair não é?
- Se fizer isto eu te mato pessoalmente! - Draco o olhara com o canto dos olhos.
- É, Drakie está apaixonado, Drakie está apaixonado... - Carter cantarolava enquanto o loiro se controlava para não espancá-lo.
- Cala a boca e me ajuda a pensar num feitiço que não a machuque... Tanto!
- Simples, transforme-se em animago! - Carter falara em tédio.
- Ficou louco?
- Se não tiver feitiço que não a fira, é o melhor que você pode fazer! Qual é Drakie, pensava que você era mais esperto!

Suzan encarava levemente Draco, via o nervosismo do Sonserino, só não entendia o motivo! Será que Draco detestava tanto a idéia de duelar com ela? Franziu o cenho. Encarou Blake sentado ao seu lado, ele parecia chateado, Ashlee se quer o olhava nos olhos e isso parecia o destruir por dentro a cada segundo.

- Você está bem? - Suzan murmurara para o irmão.
- Mana, eu estou sentado na mesa da Grifinória! - Blake falara sério.
- É, você está péssimo! - Amy falara ao lado do garoto.
- Você também não está com uma cara muito feliz senhorita "Eu espanco todos os sonserinos da cidade inclusive o Trent no jogo de Quadribol."
- Tenho meus problemas, e HEY! O Trent mereceu a surra! - Amy mostrava a língua.

Rapidamente todas as comidas sumiram da mesa o que fez Meg dar um tapa na cabeça de Harry que estava sentado na mesa da Lufa-Lufa, alegando que o moreno a alugou com um assunto totalmente resolvido na hora do jantar a privando de degustar a incrível comida de Hogwarts. Muitos alunos gargalharam de tal cena, já que Harry tinha as bochechas num tom avermelhado visível.

- Sabe, eles combinam... - Blake fitava Megan e Harry. - Parece até o primeiro casal Potter ruivo e moreno! Lilian Evans e James Potter!
- Cala a boca Blake! - Suzan o batia na cabeça.

Tonks avisara que um duelo começaria, para todos interessados em assistir irem para o salão dos duelos, o mais incrível fora que todos os alunos optaram por assistir tal duelo, afinal era um Sonserino versus uma Grifinória. Suzan e Draco eram cumprimentados por todos quando entravam no salão.

- Cada um de vocês escolham um padrinho ou madrinha para o duelo! - Anunciara Rachel.
- Escolho Carter Trent. - Draco falara em alto som.
- Escolho Amy Malfoy. - Suzan falara fitando os olhos azuis.
- Padrinho e Madrinha subam ao palco!

Carter e Amy subiram ao palco, ficando lado a lado, como se fossem um tipo de "anjo da guarda" dos duelistas, Amy sentira um imenso desconforto ao ter de ficar ali parada ao lado de Carter. Rachel lhes trouxe duas capas negras e ambos as vestiram, as capas eram tão imensas que suas mãos desapareciam dentro das mesmas.

- Duelistas cumprimentem-se! - Rachel falara mais uma vez.

Draco suspirara derrotado, teria mesmo de duelar com a ruiva maluca, aproximou-se e curvou-se, Suzan fizera o mesmo, ambos empinando as varinhas. O duelo estava prestes a começar e Carter podia sentir a respiração ofegante de Amy, percebeu que ninguém ali prestava atenção neles, por isto deslizou a mão até a mão da garota a enlaçando. Sentiu a mão da mesma gelar em questão de segundos.

- Não demonstre emoção, se não vão perceber... - Carter falara num murmúrio quase inaudível.

Ela não soube bem o motivo, mas sentiu-se bem com a mão dele enlaçada a sua. E foi numa ação involuntária que ela enlaçara os dedos aos dele, Carter sorriu com o canto dos lábios.

- ESTUPEFAÇA!!! - Berrara Suzan.
- PROTEGO!!! - Draco se protegia correndo até Suzan. - Sabe, podíamos resolver nossas diferenças pescando!
- De jeito nenhum! - Suzan sorria divertida. - AVIS!!!

Várias aves saiam da varinha de Suzan, Draco sorriu divertido, ela tentava o confundir com aquele feitiço, mas ele não se daria por vencido, não por um bando de passarinhos. Resolveu seguir o conselho de Carter e transformou-se em um belo lobo branco. Suzan arregalara os olhos assim como todos presentes.

- ISSO NÃO VALE! - Berrara Ashlee.
- Não temos nada contra duelos e animagia... Ele está no direito... - Sam falara encarando deslumbrada o Lobo de olhos azuis.

Draco caminhara pelo palco como um rei! Suzan franzira o cenho, se ele podia mostrar a todos que era um animago, ela também podia! Transformou-se na bela arara vermelha fazendo todos falarem muitos "UAU". Draco soltou um uivo que fez todos ali se arrepiarem, Suzan voara alto e ele saltou o mais alto que pôde, apanhando a asa da arara com os dentes, tentou não morder tão forte, apenas o suficiente para derrubá-la no chão. Suzan logo saiu da forma animaga voltando a forma humana com o lobo que se transformara em Draco em cima de si. Ambos sacaram as varinhas no mesmo momento e colocaram no pescoço do outro.

- EU DISSE QUE A TREINEI BEM DRAKIE! - Blake gritava animado.
- VAI PRO INFERNO BLAKE! - Draco berrava de volta com um imenso sorriso na face.

Ele estava em cima de Suzan, e gostava daquela aproximação, a ruiva apenas lhe sorria divertida, certamente estava se divertindo tanto quanto ele naquele duelo saltou de cima da mesma e ambos continuaram com as varinhas empunhadas, prontos para dizerem mais feitiços.

- LOCOMOTO MORTIS! - Berrara Suzan.
- PETRIFICU TOTALUS! - Berrara Draco.

Ambos caíram no chão, Suzan como corpo paralisado e Draco com as pernas, o loiro se arrastara até a ruiva e apontara a varinha para o pescoço da mesma, como se anunciasse a todos sua vitória.

- O vencedor do duelo é Draco Malfoy! - Anunciara Rachel divertida.

Draco retirara o feitiço de Suzan e a garota o encarou séria, logo retirando o feitiço dele também.

- Parece que sábado você saíra de vestido comigo Su... - Draco falara no ouvido da mesma saindo de perto e se juntando aos alunos da Sonserina que urravam a vitória.

Carter soltara a mão de Amy e dirigira-se para os amigos, a loira ficara ali, com o coração na mão. Ela se sentia suja, Carter era a razão de seu ódio, o sonserino detestável, melhor amigo de seu irmão. Respirou fundo e saiu correndo da sala de duelos, se sentia sufocada.

Longe dali em uma mansão, Cold arrumava uma pequena bagagem, não sabia quanto tempo passaria fora desta vez, mas teria de ser tempo o suficiente para tentar acabar com os idiotas das trevas. Maya havia acabado de entrar no quarto, sorriu para a esposa de lado.

- Recebi uma carta de Draco ontem, ele iria duelar coma Suzan hoje... - Cold falara risonho. - Esses dois ainda casam!
- Você parece calmo... - Maya fitava o marido.
- Estou indo a uma missão Maya, preciso estar calmo para pensar melhor nas estratégias...
- É incrível como você mudou em todos estes anos Cold, deixou de ser o filho mimado dos Malfoy's para um homem de honra e caráter...
- E você deixou de ser a chata casula dos Potter's para ser uma mulher incrível! - Cold a beijava de leve. - É, somos um belo casal!

Os olhos verdes da ruiva encheram-se de lágrimas o que fizera Cold franzir o cenho, Maya andava emocional demais! E ela nunca fora assim, encarou a esposa sério esperando algo.

- Cold, você precisa voltar vivo! - Maya segurava a camisa do marido.
- Eu sempre volto Maya...
- Eu estou grávida! - A ruiva falara exaltada debulhando-se em lágrimas.

Pronto! Aquilo sim explicava muitas coisas! O loiro ainda ficou a fitando sério e sorriu levemente.

- O que foi? - A ruiva perguntara sem entender.
- Pensei que havia dito que estava grávida... - Cold falara nervoso.
- Eu estou grávida! - Maya colocava as mãos na cintura.

Bem, a reação não foi muito esperada já que o loiro desmaiara na frente da ruiva. Maya arregalara os olhos, esperava tudo! Menos que Cold desmaiasse. A porta de seu quarto fora aberta por seu irmão, James estava perplexo.

- O que houve? Por que o Listras está desmaiado? - James franzia o cenho.
- Desde quando eu te dei liberdade para entrar no meu quarto sem bater!
- Desde que sou seu irmão e este é meu melhor amigo! - James encarava a irmã.
- Ele desmaiou depois que eu disse que estava grávida...

James olhou a irmã com a mesma cara de interrogação de Cold a segundos atrás, o que fez a mulher girar os olhos.

- O que foi?
- Pensei que tinha dito que estava grávida! - James falara nervoso.
- EU ESTOU GRÁVIDA!

Pronto! Mais um baque fora escutado, James também desmaiara, aquilo só podia ser palhaçada. Maya apanhou a varinha que estava em cima da penteadeira e tratou de despertar as duas "belas adormecidas" Cold e James levantaram um pulo encarando a ruiva.

- COMO ASSIM GRÁVIDA? - Berraram os dois.
- O que faz aqui Pontas? - Cold assustava-se com a presença do amigo.
- Descobrindo que minha irmã está grávida! Você não conhece camisinha seu irresponsável! - James dava um tapa na cabeça do amigo.
- Hey! Vocês dois! A grávida aqui sou eu!
- Desculpe... - Cold levantava-se e ia até a mulher. - É que... Em tempos difíceis como esses uma noticia dessa enfarta um homem... É menino ou menina?
- Bem... São meninos... - Maya falara risonha.
- Como assim são? São dois? - James arregalara os olhos.
- Sim! - Maya sorria alegremente.

A visão de Cold desmaiar novamente fez a ruiva bufar de raiva, James apenas soltara um comentário maldoso como "Vocês não perderam tempo hein?". Após Cold despertar do último desmaio, todos desceram para a sala dos Malfoy's, Johnny estava lá ao lado de Lana, ambos sérios. Melanie conversava algo como Zagory, enquanto Sophie abraçava Miguel tristemente.

- Aqui vamos nós para mais uma missão... - Johnny falara.
- Mais uma vez tentar salvar o mundo! - Ria Miguel.
- Espero que dê tudo certo desta vez... - James abraçava Mel.
- Tudo no final da certo, se não deu ainda é porque não chegou ao fim! - Cold falava calmo.

Os quatro homens sorriram para si mesmos, Zagory os aplaudira assim como suas esposas, aqueles homens ali entrariam em mais uma guerra, mas desta vez não só para salvar a humanidade, mas para salvar seus próprios filhos.

Em Hogwarts Ashlee saia da sala de duelos quando Blake correu e a puxou pelo braço a fazendo o encarar.

- Ashlee eu...
- Sua namorada está sozinha Blake! Vá cuidar dela! - Ashlee puxava o braço de volta e seguia seu rumo alcançando Matt no caminho.

Blake suspirara fundo, subira para seu dormitório junto de Annett a mandando ir para o dormitório feminino. Carter estava com o cortinado de sua cama fechado, o que significava que estava no mais profundo dos sonhos, Draco havia dormido enquanto lia algo, e Blake estava lá! Acordado, apanhara o celular, o único lugar que seu celular pegava era em Hogwarts e em sua casa, lembrara-se quando o comprou junto de Ashlee, ambos estavam loucos pelas bugigangas trouxas.

Ashlee estava em sua cama ao lado da janela encarando a luz da Lua, segurava o celular fortemente nas mãos, e neste tinha o número de Blake, ela não sabia se ligava para o mesmo ou não. Não sabia o que fazer. Os olhos da garota encheram-se de lágrimas e sem querer acabou apertando o "send".

Honey why are you calling me so late?
Querida, por que você está ligando tão tarde?
It's kinda hard to talk right now
É meio que dificil de falar agora
Honey why are you crying? Is everything okay?
Querida, por que você está chorando? Está tudo bem?
I gotta whisper cause I can't be too loud
Eu tenho que sussurrar porque não posso falar alto


Blake sentiu seu celular vibrar em sua mão, o número de Ashlee logo aparecera, sentira seu coração saltar como nunca, atendeu o celular o levando ao ouvido no mesmo momento.
Do outro lado Ashlee desligara. A garota tremia, sentia que seu coração sairia pela boca a qualquer segundo.

Well, my girl's in the next room
Bem, minha garota está no próximo quarto
Sometimes I wish she was you
Às vezes eu desejo que ela fosse você
I guess we never really moved on
Eu acho que nós nunca realmente seguimos em frente


Blake abaixara o celular o largando na cama, só Merlim sabia que ele queria que Ashlee estivesse ao seu lado e não aquela louca da Annett ou até mesmo Cassy por mais doce que esta fosse. Sim, Dean tinha razão, ele estava apaixonado por Ashlee, e não era pouco...

It's really good to hear your voice saying my name
É realmente bom ouvir sua voz dizendo o meu nome
It sounds so sweet
Soa tão doce
Coming from the lips of an angel
Vindo dos lábios de um anjo
Hearing those words it makes me weak
Ouvindo essas palavras isto me faz fraco
And I never wanna say goodbye
E eu nunca quero dizer adeus
But girl you make it hard to be faithful
Mas, garota, você torna difícil ser fiel
With the lips of an angel
Com os lábios de um anjo


O sonserino apanhou sua capa e sua vassoura, Ashlee o escutaria nem que ele tivesse que invadir o dormitório feminino da Grifinória. Montou na vassoura, recordando-se de seus momentos com a garota.

" - Blake! Para! AhAHAahA...
- O que foi Potter? Não agüenta cócegas?
- Já disse para parar!
- Diga que eu sou o rei!
- Você é o rei!
- Diga que me ama!
- NÃO! NUNCA AHAHAHAHAHAHAH!
-DIGAAA!!!
- EU TE AMO OH REI ZABINE AHAHAHAHAH"

It's funny that you're calling me tonight
É engraçado que você esteja me ligando esta noite
And yes I've dreamt of you too
E, sim, eu também tenho sonhado com você
And does he know you're talking to me
E ele sabe que você está falando comigo?
Will it start a fight?
Isto começará uma briga?
No, I don't think she has a clue
Não, eu não acho que ela tenha uma pista


Ele abrira a janela de seu dormitório e vôo, vôo por aquela imensidão negra que era aquela noite, procurava inutilmente por toda torre da Grifinória o dormitório de Ashlee. Esta apenas chorava debruçada na janela, tinha sorte por Suzan ter dormido cedo e Amy ter ficado na sala comunal, alegando que tinha que tomar uma decisão. Foi quando o viu, o viu parado frente a janela a olhando com aqueles olhos penetrantes.

Well, my girl's in the next room
Bem, minha garota está no próximo quarto
Sometimes I wish she was you
Às vezes eu desejo que ela fosse você
I guess we never really moved on
Eu acho que nós nunca realmente seguimos em frente


Ela o encarou incrédula, o que ele pensava que estava fazendo há meia noite, parado sobre uma vassoura frente a janela de seu dormitório? E o que era aquilo? Ele tinha... Lágrimas nos olhos?

It's really good to hear your voice saying my name
É realmente bom ouvir sua voz dizendo o meu nome
It sounds so sweet
Soa tão doce
Coming from the lips of an angel
Vindo dos lábios de um anjo
Hearing those words it makes me weak
Ouvindo essas palavras isto me faz fraco
And I never wanna say goodbye
E eu nunca quero dizer adeus
But girl you make it hard to be faithful
Mas, garota, você torna difícil ser fiel
With the lips of an angel
Com os lábios de um anjo


- Blake... - Ashlee murmurara abrindo a janela.

O sonserino apenas estendera a mão para ela o que a fez arrepiar-se, ele não tinha mais aquele porte infantil! Parecia um... Cavalheiro? Por impulso tomou a mão do sonserino que a puxou junto a si sobre a vassoura, ela arrepiou-se por inteira ao sentir a mão dele segurar em sua cintura.

It's really good to hear your voice saying my name
É realmente bom ouvir sua voz dizendo o meu nome
It sounds so sweet
Soa tão doce
Coming from the lips of an angel
Vindo dos lábios de um anjo
Hearing those words it makes me weak
Ouvindo essas palavras isto me faz fraco
And I never wanna say goodbye
E eu nunca quero dizer adeus
But girl you make it hard to be faithful
Mas, garota, você torna difícil ser fiel
With the lips of an angel
Com os lábios de um anjo
And I never wanna say goodbye
E eu nunca quero dizer adeus
But girl you make it hard to be faithful
Mas, garota, você torna difícil ser fiel
With the lips of an angel
Com os lábios de um anjo



E ele vôo alto em direção as estrelas, parando apenas quando as nuvens lhe tocavam a face, encarou Ashlee nos olhos, a garota apenas virou-se para ele sem entender, foi então que ele a beijou.

Honey why are you calling me so late?
Querida, por que você está ligando tão tarde?


Um beijo cheio de amor e mistério, no qual a Grifinória se entregou por inteiro, Blake aprofundava aquele beijo como se jamais quisesse perder a garota em sua vida. A vassoura pousava no gramado dos jardins assim que o beijo finalizara. Ambos se encaravam e saltaram da vassoura.

- Isso não vai voltar a acontecer... - Ashlee falava friamente.
- Eu vi como me beijou! Você quer isso tanto quanto eu!
- EU NÃO QUERO NADA!
- SIM VOCÊ QUER! VOCÊ ME DESEJA! - Blake a segurara pelos ombros.
- VOCÊ PARECE UM IDIOTA! - Ashlee se afastava dele.
- UM IDIOTA QUE SE APAIXONOU PELA MELHOR AMIGA!!!

Ashlee arregalara os olhos, seu coração acelerara num rítimo que jamais pensara, Blake devia estar blefando! Aquilo era apenas para ela e Matt terminarem, só podia ser! Por que ela estava tão confusa! Por que ela deixou ser beijada? E por que raios ela subiu na vassoura?

- Não... - Ela murmurara. - Não vou permitir que brinque comigo como faz com todas! Não vou permitir que me faça terminar com Matt! ELE VALE A PENA!!!

E foi com lágrimas nos olhos que ela correu de volta para o castelo, Blake a encarou com uma cara de cachorro atropelado de dar dó. O garoto subiu em sua vassoura e voltou para seu dormitório, era a única coisa que podia fazer ainda naquela noite.

Harry havia acabado de chegar na sala comunal da Grifinória, após ser expulso de seu dormitório por seus amigos. Já era meia noite em ponto e Amy lhe daria uma resposta, não podia evitar o medo da rejeição. Ela estava parada de costas para ele, a encarou e pigarreou. Ela virara lindamente, os cabelos loiros voaram graciosamente quando ela o encarou e correu até ele, saltando e beijando-lhe furiosamente. Harry perdeu todos os sentidos ao senti-la colada em seu corpo e o beijando. Foi como ir a Lua e voltar. Quando o beijo terminara ele a fitara sem entender.

- Por que você fez isto? - Ele perguntara abobalhado.
- Tem que ter motivos para beijar? - Amy perguntara com um sorriso fraco no rosto.
- Não, não tem... - Harry a puxara novamente para um beijo.

Ela não sabia o porquê de beijar Harry e ver Carter, estava se odiando por isto, não queria pensar em Carter e não pensaria! Mas por mais que tentasse não pensar no sonserino mais ele aparecia em sua cabeça, afastou-se de Harry levemente.

- Você aceita...
- Aceito! - Ela confirmara séria.
- Aceita? - Harry arqueara ambas sobrancelhas.

Amy aceitara namorar com ele sem ele terminar de pedir! Não podia estar mais feliz, a puxou para mais um beijo avassalador sem perceber que sua irmã do meio adentrava a sala comunal aos prantos. Ashlee olhara o "novo casal" e sorriu levemente, pelo menos alguém estava se acertando! Correu para o dormitório, olhou a cama vazia de Lily, ela devia estar com Jay, dormindo com ele no dormitório masculino. Suzan dormia feito pedra, e Ashlee sabia que seria a única não pregar o olho ali.


No Próximo Cap..


Rachel: Devemos começar a testá-los...
Sam: O labirinto sombrio seria uma boa provação...
Hermione: Recebi uma carta do setor dos Inomináveis esta manhã...
Mel: E?
Hermione: Cold e os outros desapareceram na missão.
Suzan: EU NÃO VOU SAIR COM VOCÊ!
Draco: Dando para trás ruiva?
Meg: É impressão minha ou você anda evitando o Matt e o Blake?
Ashlee: Impressão sua!
Harry: Eu nem acredito que estamos namorando!
Amy: Eu também não...
Carter: E então Amy, me conta como é essa vida de gostar de um e namorar com outro?
Amy: CALA A BOCA!
Blake: O mais triste é quando você percebe que perdeu quem você mais ama...
Draco: Onde estamos?
Harry: Em um labirinto!
Ashlee: As paredes estão...
Blake: CORRAM!!!
Amy: Quem é você?
Carter: AMYYYYYYYYYY!!!!
Suzan: Eu não acredito que estamos presos juntos!
Draco: Sabe, se você calar a boca iria facilitar!
Blake: Você me beijou!
Ashlee: EU ESTAVA FORA DE MIM!
Meg: Eu ouvi um grito, sinto que algo de ruim está para acontecer..
Harry: Eu também...
Tonks: Tenho uma noticia para vocês oito, não muito agradável...
Rachel: Sua madrasta faleceu Carter...



Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.