FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. Um Novo..."Lar"


Fic: Um Verão Quase Perfeito ( TERMINADA!! )


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

No dia seguinte, eles levaram Hermione (já conciente) para sua casa, onde iria repousar durante duas semanas... Harry e Ron foram para a Toca... Danilo e Daphne foram para sua casa passa um tempo com Dehbora Hills (mãe de Danilo e mãe adotiva de Daphne).

Era a primeira vez da garota em sua casa... Era uma casa britânica típica, com janelas grandes e uma pintura discreta. Mas no interior ela era muito maior (como todas as casas bruxas que ficavam em vilas e cidades trouxas).

- Crianças! - chamou Dehbora logo que eles entraram. Ela agarrou Danilo puxando-o para um grande abraço.

- MÃE! - gritava ele tentando se soltar da mãe.

- Daphne! - exclamou a mulher de cabelos loiros e ondulados, finalmente soltando do filho - Seja bem vinda! - e deu um abraço nela também.

- Olá Sra. Hills. - respondeu Daphne tímida.

- Ora, mas o que é isso, pode me chamar de Debby!

- Er... Certo.

- Mãe! - se intrometeu Danilo - Pede pra Wilminha preparar alguma coisa pra gente comer enqüanto eu mostro pra Daph o resto da casa.

- Tá bom! - e saiu pela porta chamando pela Elfa-Doméstica - WILMAA!

- Vem... Vamos subir... - disse ele meio despontado vendo que Daphne se assustara com o modo que sua nova "mãe" tratava a Elfa-Doméstica.

Eles subiram por uma escadaria de mármore até chegarem a um patamar que se dividia em corredores. Haviam sete no total.

- Tá vendo essas luzes? - disse Danilo apontando para cristais luminosos e coloridos que ficavam no teto do início de cada corredor - São as divisões da casa... São elas que decidem onde você pode ou não ir.

- E como eu sei disso? - perguntou ela tímida.

- Testanto! - disse ele animado - A verde leva a antiga área de pesquisas do meu pai... Ela não permite que minha mãe nem Wilma passem... Entretanto, como sou seu filho e tenho seu sangue tenho passagem permitida embora minha mãe desaprove que vá até lá. Tenta! - disse ele a empurrando para debaixo do cristal.

A luz ficou mais brilhante e Daphne foi empurrada corredor a dentro.

- Poxa! Você passou! Deve ser por causa da sua mãe... É "colega" do meu pai...

- E aquele alí? - ela apontou para um crital rosa.

- É onde leva ao quarto da minha mãe... Nessa você passa, a entrada é permitida para mulheres... A azul... - começou ele mas foi interrompido.

- É a sua que só permite a entrada daqueles que se provarem verdadeiros e leais, certo? - perguntou com um sorrisinho maroto.

- É... A propósito, não conte pra minha mãe que você pode escutar pensamentos e ler mentes e coisa e tal... Ela desaprova... - depois disso ele explicou de mais três cristais e chegou para explicar o último - esse aqui está apagado... Ele leva a sua parte da casa... Só se acenderá quando você tocá-lo e irá automaticamente selecionar os que estão aptos para entrar segundo os seus critérios... Vai lá!

Daphne andou tímidamente até de baixo do cristal e deu um pulo, tocando-o. Este por sua vez ficou branco como o fundo dos olhos dela costumava ficar e muito mais brilhante do que os demais. Uma vóz cortou o silêncio.

"Por este cristal só poderam atravessar os puros e corajosos, pessoas astútas e valentes... A vida é um cavalo selvagem; ou você monta nele, ou ele monta em você."

- Você é bem desconfiada, hein? - perguntou Dehbora que estava chegando atrás deles - Porque tem dificuldade em confiar nas pessoas?

- Eu confio em todas as pessoas... Só não confio no demônio dentro delas. - respondeu Daphne em tom desafiador.

- Wilminha! - disse Danilo ao ver um Elfo-Doméstico subindo o último degrau da escada - Deixa eu te ajudar! - disse apanhando a bandeja que ela trazia.

- Olá mestre Danilo! - disse ela que tinha olhos alaranjados e grande sorrindo para ele. - E olá a você menina-Belatrix. - disse num tom desgostoso.

- Do que você a chamou?! - protestou Danilo. Daphne estava pasma. - Ela não tem nada a ver com aquela mulher suja!

- Filho tenha modos! - se meteu Dehbora - A semelhança física entre elas é impressionante, quase tanto quanto a de Thiago e Harry.

- Eu não me considero filha dela. - disse Daphne para Wilma - Nós não temos nada em comum!

- O que elas possivelmente teriam em comum? - perguntou Danilo irritado para a Elfa-Doméstica.

- Mais do que pensam. - disse ela se virando e descendo as escadas - Mais do que pensam...

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.