FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Capítulo 1


Fic: O Início de uma Vida Sexual


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 1


Tiago Potter e Lílian Evans estavam em seu sétimo ano em Hogwarts. Após muitos anos de brigas e confusões, eles finalmente haviam se entendido e começado a namorar. O namoro estava perfeito, tudo ia bem, e os meses de muita felicidade iam passando rapidamente. Logo, o dia 14 de fevereiro chegou. Era o Dia dos Namorados, mas também marcava a data em que o casal completava seis meses juntos.


Neste dia, Tiago resolveu fazer uma surpresa para sua namorada. Enquanto todos estariam passeando em Hogsmeade, comemorando a data ou bebendo para esquecê-la, ele levaria Lílian à Sala Precisa. Ela é claro, estaria vendada, e só descobriria onde Tiago estaria guiando-a quando chegassem lá. Conforme o planejado, no dia 14 Tiago caminhava lentamente pelos corredores de Hogwarts, segurando uma das mãos de Lílian, a qual tinha seus olhos cobertos por um pano preto. Quando chegaram ao local, Tiago pediu que ela pensasse em "um bom lugar onde eles pudessem passar o dia dos namorados juntos". Ela achou aquele pedido estranho, mas mesmo assim o fez. Tiago então tirou a venda que cobria seu rosto e ela viu uma porta, comum como todas as outras de Hogwarts. Olhou para ele com uma sobrancelha erguida, mas ele fez sinal para que abrisse a porta. E foi o que ela fez.


Lílian arregalou os olhos quando se deparou com um lugar que não combinava em nada com as estruturas de Hogwarts. Era um quarto lindo, com as paredes em tons de rosa, combinando perfeitamente com os móveis de madeira rústica, tudo muito romântico. Lá via-se uma cama de casal, almofadas, tapetes, uma mesa repleta de delícias e um sofá. Era tudo maravilhoso e Lílian estava encantada, pois nunca tinha visto um local mais aconchegante na vida. Ela foi entrando no lugar e explorando tudo. Tiago também observava atentamente o local imaginado por Lílian, adorando as escolhas dela.


Ele então dirigiu-se à mesa redonda e a chamou.


- Que tal fazermos um lanche?


Lílian, então, sentou-se em uma cadeira confortável, com Tiago logo ao seu lado. Eles ficaram muito tempo se deliciando, porque a mesa era repleta de coisas que os dois adoravam. Muita geleia, mel, diferentes tipos de bolachas, pão, café, chá e, é claro, um chocolate quente maravilhoso. Depois de muito saborearem, Lílian se limpou num guardanapo e decidiu explorar o resto do quarto. Passou pelo sofá, olhou atentamente os tapetes e, por fim, avistou a cama.


Ela caminhou até ela e sentou-se. Fofa, macia, perfeita. Lílian alisou as cobertas. Tiago fez o mesmo, admirando a felicidade nos olhos de Lílian. Decidiu então, que era a hora de dizer alguma coisa.


- Feliz dia dos Namorados, Lily! E parabéns pelos nossos seis meses de namoro também! – disse ele sorrindo.


- Para você também, meu amor! – disse ela carinhosa. - Eu amei a surpresa!


- E cadê o meu beijo de agradecimento? – disse Tiago fingido.


- Vem buscar, seu bobo!


Ele então se curvou para beijá-la. Eles selaram os lábios e iniciaram aquele beijo que já conheciam bem e tanto gostavam. O beijo foi indo e indo, e quando viram já estavam se deitando na cama. Tiago passava as mãos ágeis pelas pernas de Lílian, enquanto a garota acariciava seus cabelos.


O beijo ficava a cada segundo mais ardente e Tiago começou a passar a mão pela bunda de Lílian, apertando-a levemente. Um pouco depois, ela colocou a mão por dentro da camisa dele e arranhou suas costas. Ele estava enlouquecendo e, como num impulso, se colocou em cima dela, parou de beijá-la, e começou a beijar seu pescoço. Ela se sentiu completamente arrepiada. Aquele era seu ponto fraco e ele havia descoberto. Como que sem nem pensar, ela pegou a bunda dele e apertou com vontade. Ele, aproveitando o gesto, virou o jogo e fez ela ficar em cima dele. Neste momento, sem querer, Lílian sentiu o membro duro do namorado encostando nela. Era a primeira vez que ela o sentia dessa forma. Ficou um pouco constrangida, sem saber o que fazer, e voltou a se deitar ao lado dele.


Percebendo que ela havia reparado, Tiago aproveitou o momento de descobertas e pegou a mão de Lily, colocando em cima de seu membro, por cima da calça. Ela estava gostando de tudo aquilo. “É incrível como na hora do tesão nós fazemos coisas tão absurdas e não estamos nem aí para isso”, pensou. Tiago estava incrivelmente excitado e começou a abrir a calça. Os dois continuaram se beijando e ele pôs a mão dela novamente na região desconhecida. Estava só de cueca e agora Lílian percebia “aquilo” mais perto de si, duro e aparentemente grande. Mas ela não sabia o que deveria fazer. Já tinha presenciado algumas conversas dos meninos sobre isso. Eles sempre tiravam sarro, chamavam um ao outro de "punheteiro", mas ela nunca soube exatamente o que era isso. Mas agora estava ali, frente a frente com o desconhecido e a única coisa que sabia era das zoações que eles faziam, dizendo que era como jogar dados, baralho etc. Mas isso agora não fazia nenhum sentido. Aquilo era muito mais complexo. Sentiu-se nervosa e envergonhada ao mesmo tempo. “O que Tiago estava esperando que ela fizesse?”, se questionou.


E então ela travou. Pediu para que Tiago parasse, queria ir embora. Tiago respeitou sua vontade e eles foram. No caminho até o Salão Comunal nenhum dos dois disse uma palavra sequer. Lílian primeiramente sentia-se envergonhada por ter se permitido ir tão longe com o namorado. “Mas que foi bom, foi”, pensou. E ainda tinha a culpa de ter acabado com o clima dos dois, medo de ter decepcionado Tiago. Chegaram no retrato da Mulher Gorda e entraram, ainda em silêncio. Mas Lily não aguentou. Teria que dizer alguma coisa, explicar o que estava acontecendo.


- Ti... me desculpa... eu fiquei nervosa... – disse ela, com voz baixinha.


- Não tem problema, meu amor. Não precisa pedir desculpas. Você é que sabe quando é a hora de parar – disse ele, carinhosamente, passando a mão pelo rosto de Lílian.


- É que eu nunca fiz isso antes... eu tenho medo...


- Medo de quê?


- De errar, de não saber fazer.


- Mas Lily, isso não é problema...


- Não é pra você que é menino, nasceu sabendo! – exclamou ela, emburrada.


- Vamos fazer o seguinte então. Se você quiser, é claro, eu te guio. Coloco sua mão lá, mostro como é, tudo direitinho.


- Tudo bem, amanhã, às 19h, no mesmo lugar! – disse ela com visível empolgação.


- Calma, amor. Já disse que se você não quiser, não precisa...


- Mas eu quero, Tiago! Eu te amo, sempre vou querer aprender coisas novas contigo – disse ela com sinceridade.


E assim eles se despediram com um beijo longo e apaixonado. E cada um foi para o seu dormitório, felizes por terem um ao outro. Lily logo adormeceu. Mas Tiago demorou mais para deitar-se. Contam os marotos que ele trancou-se no banheiro e ficou lá por muito tempo. E que não estava tomando banho...

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Srta. GrangerFoy em 09/04/2014

Ahsuashaushaushausha essa FIC tá marcada na minha barra de favoritos

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Izzy Rangel em 20/06/2012

Gostei. Eu ainda não tinha lido nenhuma fic que abordasse esse assunto com os pais do Harry. E achei muito legal. Parabéns!

Nota: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por CacaBlack em 04/07/2011

Tirando o momento brochante eu amei a fic!

Parabens por escrever uma fic descente, ou não, desse casal!

Cacá!

Nota: 4

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.