FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. De volta a Hogwarts.


Fic: Harry Potter e o Poder Escondido (((CAP 9 POSTADO)))


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Harry acabara seu treinamento e rumava em direção à Hogwarts, andando entre as arvores da Floresta Proibida. Harry, sereno, andava prestando atenção em tudo a sua volta, o som das arvoresao vento, dos animais da Floresta, alguns pássaros.

- Os alunos já devem ter regresado à Hogwarts. – Pensou Harry. No momento seguinte ele ouviu um movimento mais à frente, e ele, mais cauteloso, foi se aproximando, ate que Harry observa um grupo de pessoas, cerca de 40 pessoas, todas juntas planejando algo, algo que ele não conseguia ouvir, mas rapidamente Harry entendeu do que se tratava, todas as pessoas olharam para a lua e Harry entendeu, a lua estava cheia e Harry ouviu uivos vindo das pessoas, elas não eram pessoas normais, eram lobisomens.

* * * * * * * * * *

Gina acordou aquela manhã muito feliz.

- Hoje voltaremos a Hogwarts e encontrarei Harry. – Pensou ela. – Estou com tanta saudade.

Gina desceu para tomar seu café da manhã, entrou na cozinha e encontrou seu pai, sua mãe, Hermione e alguns membros da Ordem, Tonks, Lupin, Moody e Quim, que iriam levá-los ate a estação de King’s Cross.

- Bom dia! – Disse Gina de bom humor.

- Bom dia, Gina! – Responderam todos.

- Quer o que para comer minha filha? – Perguntou a Srª. Weasley.

- Torradas, por favor, mãe. – Respondeu Gina.

- Que bom humor é esse Gina? – Perguntou Tonks.

- Hoje nos vamos voltar para Hogwarts. – Disse Gina.

- E encontrar alguém que nos não vemos há um mês, não é? – Disse Tonks sorridente, e o que fez Gina corar.

- Estou curioso para saber como Harry ficou. – Disse o Sr. Weasley.

- Segundo Minerva, Dumbledore também treinou com os centauros. – Disse Lupin. – Mas confesso que eu também estou curioso.

- Harry irá ficar mais forte do que todos nos. – Disse Quim.

- Tome, querida. – Disse Srª. Weasley entregando as torradas a Gina. – Mione, querida, você quer mais?

- Não obrigado Srª. Weasley. – Disse Hermione. – Vou acordar o Ron, se não iremos nos atrasar.

- Não será preciso Mione. – Disse Rony entrando na cozinha bocejando.

- Mas que milagre! – Zombou Gina. – Você acordando cedo é, sem duvida, um milagre.

- Cale a boca Gina. – Disse o Ruivo.

- Que aconteceu pra você levantar tão cedo? – Perguntou Hermione.

- É que Harry volta hoje. – Disse o ruivo fazendo cara de pensativo. – E também porque me deu vontade.

- Você vai querer o que querido? – Perguntou a Srª. Weasley.

- Panquecas. – Disse ele a mãe.

- Tome querido. – Disse a Srª. Weasley. – E vocês duas podem i se arrumando se não chegaremos atrasados.

- Ta bem. – Disse Gina subindo as escadas.

Depois de alguns minutos Rony também subiu para terminar de arrumar suas coisas, quando todos acabaram eles desceram para a sala.

- Vamos? – Perguntou Gina, ela queria ir o mais rápido possível a Hogwarts.

- Vamos! – Disse Moody tirando do casaco uma garrafa vazia. – Nós vamos de chave de portal, quando eu contar três.

- Um... Dois... TRÊS!

E todos tocaram na garrafa, sentiram o solavanco no umbigo, depois de alguns segundos, eles apareceram na estação de King’s Cross, e lá estava o expresso de Hogwarts pornto para sair.

- Vamos, vamos! – Disse Tonks. – Se não ele vai partir sem vocês.

- Tchau Tonks! – Disse Gina apresada. – Tchau Moody, tchau Lupin, tchau Quim, e tchau mãe e pai. – Gina deu um beijo em seus pais e saiu correndo ate o expresso.

- Aqui tem uma cabine vazia. – Disse Gina entrando.

- Gina, eu e o Ron temos de fazer nossas tarefas como monitores. – Disse Hermione. – Até mais Gina. – E saíram.

- Hey Gina. – Disse Neville e Luna entrando na cabine. – Podemos nos sentar aqui?

- Claro. – Disse Gina. – E como foram as suas férias?

- Boas muito boas. – Disse Neville.

- As minhas também. – Disse Luna. – Mas e o Harry?

- Ele não está aqui, ele vai nos encontrar em Hogwarts. – Disse Gina. – Vamos jogar Snap Explosivo?

- Vamos. – Disse Luna.

E assim seguiu o resto da viajem, Gina não via a hora de chegar a Hogwarts para poder ver Harry. Hermione e Rony chegaram logo depois e também começaram a jogar snap explosivo.

- Já estamos chegando. – Disse Hermione. – É melhor nos apresarmos.

Eles se arruamaram e se preparam para descer, quando o expresso parou eles saíram para o corredor lotado de alunos, eles foram saindo e a medida que se aproximavam da porta sentiam o cheiro de carvalho e o ar gélido da noite invadindo o pulmão. Gina, assim que saiu do trem, procurou avistar Harry, porem ele não estava lá, como ela tinha esperado. Eles logo ouviram Hagrid chamando os alunos do primeiro ano, e o cumprimentaram, eles foram logo seguindo para as carruagens para seguir a Hogwarts.

- Alguém viu o Harry? – Perguntou Gina assim que eles entraram na carruagem.

- Não. – Disse Rony.

- Eu também não o avistei. – Disse Hermione.

- Onde será que ele foi? – Disse Gina mais para si do que para os outros.

- Vai vê que ele está dentro do castelo. – Disse Rony.

- Acho que não Ron. – Disse Hermione.

Assim eles foram em direção ao castelo, entraram no salão principal que estava como sempre com velas flutuando no ar. Eles logo se sentaram na mesa da grifinoria.

- Ele também não está aqui. – Disse Gina.

- Gina, para com isso, ele vai aparece mais tarde, tenha calma. – Disse Rony, e Hermione o fulminou com os olhos. – E vocês perceberam como a escola está mais vazia.
- Sim. – Disse Hermione. – Por que será? – Disse ela sarcástica.


Assim que todos aviam se sentados nas mesas o professor Flitwick colocou o banquinho de três pernas diante dos novos alunos e, em cima, um chapéu bruxo, extremamente velho, sujo, e remendado.

Há alguns anos atrás
Estávamos em uma situação parecida
E com um nascimento
Pos uma pausa nessa situação
Porem, este, teve muitas perdas.
O que vale uma vitória
Se você perde pessoas queridas
Em uma guerra
Aparentemente sem fim?
Unão - se
É tudo o que eu tenho a disser
Unão - se e conquistem a vitória
Pois ele voltará
Mais forte
Para nos salvar
Desta guerra
Aparentemente sem fim.

Os aplausos ecoaram pelo Salão Principal quando o Chapéu Seletor terminou.

- Essa canção pareceu que falou do Harry, não é? – Perguntou Rony.

- Também achei. – Disse Hermione.

-Estranho. – Disse Gina.

Quando o Chapéu Seletor acabou de selecionar os alunos a diretora McGonagall levantou-se para começar a falar, porem foi ouvido uivos por todo a Salão, o que fez com que a diretora se demora se um pouco mais para pronunciar.

- Bem Vindos a todos. – Disse McGonagall. – Só irei disser uma coisa, Bom Apetite!

E as travessas, antes vazias, se encheram de comida, magicamente, diante de seus olhos.

- Finalmente! – Disse Rony.

Depois de algum tempo que eles estavam comendo, ouvisse mais uivos, só que agora eram uivos de dor. Gina, Rony e Hermione observaram que McGonagall mandava alguns professores irem investigar.

- Ei. – Disse Rony. – Aquele não é o Lupin? E por que ele ta aqui sendo que hoje é dia de lua chia?

- É sim. – Disse Hermione. – Deve ser porque ele tomou a poção. E por que será que ele não nos disse que iria voltar a lecionar?

- Não sei Mione. – Disse Gina. – Talvez quisesse fazer surpresa. E que malditos uivos...

Derrepente Gina sente uma dor no corração.

- Gina? – Falou Rony se virando para a irmã mais nova. – O que aconteceu?

- Não sei. – Disse ela com a mão no coração. – Mas eu senti uma pontada no coração.

Porem Gina nem imaginava que Harry estivesse correndo perigo.

* * * * * * * * * * * *

Harry rapidamente usou tele transporte “bola de fogo” e chegou à frente do castelo de Hogwarts, nos jardins, em frente à Floresta Proibida. Harry olhou para os lados, não havia nenhum aluno a vista, somente Grope, que estava nos portões de Hogwarts, podia ser observado.

Grope no instante que viu Harry foi a sua direção, Harry cumprimentou Grope e se posicionou a frente da floresta, mais uivos foram ouvidos e uma multidão de lobsomens saiu da Floresta Proibida. Grope no momento que viu todos aqueles lobisomens saírem da floresta foi imediatamente na direção deles, porem Harry impediu-o de prosseguir, e o fez aguardar ao seu lado a chegada dos lobisomens.

Harry tirou sua espada da bainha e posicionou aguardando, Grope, com seu pesado bastão, fez o mesmo que Harry. Os lobsomens foram se aproximando cada vez mais, e Harry continuava parado em sua posição, enquanto Grope olhava de Harry para os lobisomens, inseguro.

Quando os primeiros lobsomens estavam a uma distancia de mais ou menos 1 metro Harry, com apenas uma aceno da mão, fez um circulo de fogo em volta de todos, fazendo os lobisomens recuarem um pouco e deixando-os amedrontados. Harry, seguido de Grope, começaram a atacar seus oponentes.

Harry, com movimentos rápidos e ágeis, começou a lutar contra eles. Já Grope apenas com seu bastão já conseguia atingir um numero considerável de lobisomens.

Harry pode observar que os lobsomens uivavam muito alto, alguns de dor, e outros de raiva. Harry Estava matando seus oponentes se dó nem piedade. Um... Dois... Três... Quatro... Cinco... Seis lobisomens caídos e fora de combate, mortos.

Harry com um breve momento olhou para o Saguão de Entrada e viu alguns professores parados à porta de boca aberta, entre eles Lupin, que saiu correndo em direção ao, provavelmente, Salão Principal, para avisar da guerra. Porem esses segundo de desatenção causou a Harry um arranhão em sua costa, este virou com muita fúria, porem não mostrava sua fúria em sua face, que estava serena.

Harry voltou ao combate, e percebeu que Hagrid estava com sua besta atirando ao longe nos lobisomens.

* * * * * * * * * * * * * * * *

Enquanto isso...

As portas do Salão de entrada foram abertas e por ela passou um Lupin muito surpreso.

- DIRETORA, DIRTORA. – Disse Lupin gritando. – ELE ESTÁ AQUI, HARRY POTTER VOLTOU, E ELE E GROPE ESTÃO LA FORA LUTANDO, SOZINHOS, COM UNS 40 LOBISOMENS!!!

Diante daquelas palavras Gina ficou paralisada, não conseguia se mover, aquelas palavras a impediam. E todo o Salão foi invadido de gritos por parte dos alunos.

- QUE? – Disse a diretora surpresa. – Todos os alunos fiquem calmos e dentro do Salão Principal! Todos que foram da A.D. fiquem aqui para proteger os alunos. Professores venham comigo!

Assim todos os professores saíram do Salão Principal, fechando suas portas, e os alunos da A.D. se posicionaram em frente a mesma.

- O Harry está lutando e nos aqui? – Disse Gina. – Eu irei atrás dele.

- Não. – Disse Hermione segurando Gina pelo braço. – Você ouviu o que a diretora disse, é para nos ficarmos aqui caso aconteça algo.

- Não irei ficar aqui parada enquanto o Harry luta sozinho lá fora! – Disse Gina tentando se soltar de Hermione.

- VAI SIM! – Disse Rony com uma voz firme que deu medo ate nos alunos que estavam em volta. – Eu não concordo em ficar aqui parado, mais você se esqueceu que Harry esta mais bem preparado do que nos?

* * * * * * * * * * * * * * * * *

Harry estava lutando baravamente com os lobisomens, e percebeu que agora os lobisomens não estavam mais com medo dele ou de Grope, agora eles estavam lutando com todas as forças.

Mais professores chegaram e começaram a atirar feitiços nos lobisomens, não estava fazendo muito efeito, porem era o suficiente para Harry mata-los enquanto eles ficavam paralisados, porem os lobisomens começaram a vançar e Harry não conseguiria sustentar sua barreira de fogo e lutar ao mesmo tempo, então ele destruiu sua barreira fazendo com que alguns lobsomens fossem em direção ao Saguão de Entrada, onde estavam os professores, e Harry não poderia deixa-los atacarem os professores.

Harry rapidamente usou tele transporte “bola de fogo” e chegou em frente aos professores, que se assustaram com Harry, e Harry começou a lutar não deixando com que os lobisomens chegassem nos professores que estavam recuando.

Grope e Hagrid viram que o objetivo dos lobisomens era chegar no Salão principal e então eles foram em direção aos professores e Harry, Grope dava cobertura enquanto Hagrid corria.

Depois de alguns minutos eles estavam a frente do Salão Principal, Minerva achou melhor abrir as portas para deixar que os alunos da A.D. pudessem ajudar, um grave erro para Harry.

* * * * * * * * * * * * * *

No Salão era ouvido a luta do lado de fora, uivos gritos de feitiços e luz de cores diferentes eram vistas por debaixo da gigantesca porta de carvalho do Salão Principal.

- TODOS OS ALUNOS DO QUARTO ANO PRA BAIXO VÃO PARA O FUNDO DO SALÃO, POR FAVOR! – Disse Rony prevendo que as portas logo seriam abertas. – ALUNOS DO QUINTO, SEXTO E SÉTIMO QUE SOUBEREM LUTAR VENHAM A FRENTE!

E assim foi, os alunos que eram do quarto ano para baixo foram para o final do salão, junto com os alunos apavorados, e o restante se posicionou em volta da porta do Salão Principal.

Não demorou muito para que as portas se abrissem e revelasse a luta, demorou um pouco para os alunos raciocinarem o que estava acontecendo. Os professores entraram atirando feitiços em cerca de 20 lobisomens, Harry sozinho lutando com uma espada, e com movimentos rápidos e impressionantes, Grope caído no chão vencido, porem ainda com vida.

Os alunos, quando voltaram à realidade, começaram a disparar feitiços de todos os tipos e cores, e aconteceu o que Harry temia, os lobisomens começaram a ir para cima dos alunos, Harry precisava de mais força para poder conjurar, mais uma vez, sua barreira de fogo, e então Harry pode avistar Gina, como ela estava linda com o uniforme da grifinoria, com os cabelos vermelhos presos e somente uma mecha teimava em ficar caída na frente de seu rosto, e com um olhar malicioso, que Gina percebeu, ele conjurou uma barreira de fogo em volta dele e dos lobisomens, deixando assim os professores e os alunos protegidos.

Não demorou muito e todos os lobisomens estavam derrotados, com exceção de um, Lobo Greyback. Harry levantou a mão formando uma barreira em volta do lobo.

- Vá a seu mestre e diga que ninguém invadirá Hogwarts enquanto eu estiver vivo! – Disse Harry com uma voz calma e uma face serena.

Assim que Harry acabou de falar, com outro aceno de mão, uma rajada de vento se fez no local, jogando Greyback para fora do castelo.

Gina só percebeu agora que Harry estava muito diferente, muito mais forte, com um físico invejável, suas vestes, uma calça larga e uma camiseta também um pouco larga, antes brancas estavam cobertas de sangue e havia um rasgo em suas costas, que, aparentemente, estava sangrando, em sua cintura uma bainha com a sua espada dentro, também coberta de sangue.

- Minerva. – Disse Harry se virando para todos os presentes. – Onde estão os aurores e os outros que estavam responsáveis pela segurança do castelo? – Perguntou Harry, gerando murmúrios entre os estudantes.

- Eles estão no ministério da magia em uma reunião com o ministro, Sr. Potter. – Disse a diretora desconfiada.

- Obrigado, e até mais tarde Minerva. – E dito isso Harry aparatou sumindo entre as chamas, o que deixou todos impressionados.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Harry desaparatou no átrio do ministério da magia, e se dirigindo ao segurança, que estava lendo o jornal, perguntou:

- Onde está sendo realizada a reunião com o ministro da magia?

- Está sendo realizada no nível 1. – Disse o segurança levantando a cabeça para ver quem era. – Sr... Sr... Sr. Potter?

- Estava. – Disse Harry sendo um pouco grosseiro. – E obrigado. – Dito isso ele aparatou sumindo em chamas, novamente, deixando o segurança impressionado, porem Harry não havia percebido q suas vestes estavam totalmente sujas de sangue.

Harry desaparatou no corredor do nível 1. Em sua ultima vez que esteve neste andar, ele não reparara que havia uma porta dupla ao lado da porta do ministro, e nesta porta estava escrito em ouro “auditório”.

Harry entrou nesta porta e viu todos os membros da Ordem da Fênix, todos os aurores e alguns jornalistas do profeta, que começaram a tirar fotografias de Harry. Era um auditório muito amplo com um palco, onde estava o ministro da magia, à frente, Harry podia jurar que cabiam todos os trabalhadores do Ministério com folga.

Ao entrar todos se viraram para ver quem era, e levaram um grande susto, uma pessoa de olhos verdes intensos, cabelos despenteados e vestes, antes brancas, suja de sangue. E Harry persebendo sua roupa suja com sangue, limpou-a com um aceno de sua mão direita, o que os impressionou ainda mais.

- Sr. Potter? – Perguntou o ministro com uma voz fraca.

- E quem mais seria? – Desafiou Harry. – Porem, ministro, eu vim tratar de assuntos mais importantes.

- Mais importante a ponto de interromper esta reunião? – Perguntou o Ministro já tendo recuperado sua fala.

- Sim, ministro. – Disse Harry se dirigindo em sua direção. – Sem mais delongas, ministro, Hogwarts acaba de ser atacada. – Disse Harry, enquanto caminhava, em alto e bom som para que todos os presentes pudessem ouvir. Ao que Harry diz, todos na sala ficam mais surpresos, pois isso explica suas vestes com sangue. – Mas não se preocupe, não houve feridos. – Disse Harry aliviando, um pouco, a todos. – Porem não é isso que venho tratar com o senhor.

- Então o que seria? – Disse o ministro curioso.

- É que exatamente no dia em que Hogwarts abre as portas para todos os alunos, o senhor marca uma reunião. – Disse Harry. – Está tem que ser muito importante, pois para ter que ocupar todos os aurores e os membros da Ordem?

- Pois está reunião é muito importante. – Disse o ministro.

- Mais do que proteger os filhos de seus funcionários, ministro? – Desafiou Harry, porem, sem elevar sua voz.

- O que aconteceu em Hogwarts Harry? – Perguntou o Sr. Weasley preocupado.

- Hogwarts foi atacada por, aproximadamente, 40 lobisomens. – Disse Harry ainda calmo. – Mas pode ficar tranqüilo Sr. Weasley, não houve nenhum ferido.

- Como Hogwarts se defendeu de 40 lobisomens? – Perguntou o ministro.

- Isto não importa no momento, ministro. – Desafiou Harry. – Ministro, eu gostaria de conversar com o senhor, junto do senhor, Moody. – Disse Harry se virando para Moody.

- Certo, vamos a minha sala, lá esclareceremos sobre este ataque. – Disse o ministro claramente irritado com o desafio de Harry.

Harry, o ministro e Olho Tonto Moody, se dirigiram à sala do Ministro para poderem conversar em paz. Eles deixaram o auditório sobre o olhar surpreso de todos.






N.A.: AE GALERA.....FOI MTO MAL A DEMORA......DESCULPA.....EH Q TIVE MTA COISA DU TRAMPO DA ESCOLA PRA FAZE E "ESKECI" DA FIC.....MAS NUM DESISTI Ñ GALERA......ESPERO PODER POSTA PELO MENOS 1 VEZ POR SEMANA......

VLW MSM PELOS COMENTS E VOTOS......VCS REALMENTE DEIXARAM UM AUTOR FELIZ....AGORA EU TENHU Q DEIXA LEITORES FELIZES.....XD

VLW MSM...

PS: SE ALGUEM SOUBE COMO COLOK MUSICA NA FIC.....POR FAVOR ME FALE.....VLW

ESPERO Q VCS TENHAM GOSTADO DU CAP....

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.