FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Doce Sacrifício


Fic: Tudo pelo qual eu estou vivendo


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

1-Doce Sacrifício


É verdade, todos nós somos um pouco insanos...pensava Hermione enquanto caminhava em direção a plataforma 9 ¾.Não queria voltar a Hogwarts, pela primeira vez simplesmente não queria.De alguma forma sabia que esse ano seria diferente dos outros, e tinha a nítida sensação de que isso não era bom.Voltar a Hogwarts não era mais um doce sacrifício, agora era apenas um sacrifício.

- O medo está somente em sua mente Hermione...-dizia a si mesma tentando se acalmar.Afinal, não podia ser tão ruim, iria ver Harry e Rony novamente.Seus amigos, eles iriam ajudá-la.Ela precisaria da ajuda deles.

Hermione atravessou a plataforma e ficou esperando Harry e Rony aparecerem.Mas isso não aconteceu.Entrou no expresso de Hogwarts e procurou a cabine mais afastada.E ali ficou, imaginando milhares de prováveis situações para que eles não tivessem aparecido.Talvez tenham se esquecido de mim...-era o pensamento que insistia em infernizar a mente da garota.Como eles poderiam esquecê-la?Logo ela, a melhor amiga deles.E um sentimento estranho tomou conta de Hermione.Algo que era mais forte do que ela, muito mais forte.Algo que não dependia de sua vontade.

-De novo não...-disse a garota com a voz embargada por causa das lágrimas que teimavam em se formar em seus olhos, e a garganta que começara a doer terrivelmente.
Hermione chorou...chorou de tristeza e pena, pena de si mesma.Chorou baixo pra que ninguém pudesse ouvi-la.Mas como queria poder gritar.



A viagem pareceu durar séculos, e Hermione agradeceu a Merlin por Malfoy e seus capangas não terem aparecido. Já no Salão Principal ela podia assistir uma animada conversa entre Harry, Rony e Gina, sim, eles tinham aparecido, estiveram o tempo todo em outra cabine com algumas pessoas da grifinória, e sim, tinham esquecido dela. O que fez Hermione ficar olhando pro seu prato sem tocar na comida, não tinha fome. Sua vontade era sair correndo dali, ir o mais longe que pudesse daquelas pessoas que se diziam amigas, e que ela realmente chegou a considerar assim. Pensamentos e lembranças se misturavam em sua mente, e já podia sentir a garganta doer novamente. Não teve outra saída a não ser sair dali, não queria chorar na frente deles. E se surpreendeu quando não ouviu ninguém chamando seu nome. Ela subiu as escadas correndo e não fazia idéia de onde estava indo, só queria correr, correr pra algum lugar onde ela pudesse ficar sozinha. E quando finalmente se deu conta de onde estava sentiu seu corpo desabar no chão. Não conseguia se controlar, Hermione estava ajoelhada tentando se apoiar na parede de pedra ao seu lado, e o vento frio que entrava pela janela enorme que havia ali a fazia tremer. Não conseguia conter as lágrimas, chorava como se nunca tivesse feito isso em toda sua vida. Sentia como se algo estivesse gritando dentro dela, gritando por socorro, tentando desesperadamente fugir daquele corpo. As lágrimas não cessavam e a cada minuto era mais difícil respirar. Não soube por quanto tempo esteve ali chorando, mas sabia que já era tarde e que provavelmente todos já estariam dormindo. Ela tentou levantar se apoiando na parede, olhou em volta tentando reconhecer onde estava. Torre de Astronomia, soube por causa da enorme janela. Tinha uma vista linda dos terrenos de Hogwarts, mas não era isso que Hermione observava, e sim a lua, que estava cheia naquela noite. Ficou um tempo distraída a olhando quando ouviu um barulho na parede oposta a janela.Ela olhou na direção do barulho assustada, e viu alguém saindo da escuridão.Hermione abriu a boca pra falar mas nenhum som saiu tamanha era sua surpresa e indignação.Estava de frente pra última pessoa que deveria estar ali, sim, Hermione estava de frente para Draco Malfoy, que tinha uma expressão que ela não soube identificar.

-O que você está fazendo aqui?- ela agradeceu por sua voz ter voltado.Então lembrou que o problema não era sua voz.Se Malfoy esteve ali todo o tempo então ele a tinha visto chorar daquele jeito, e por que ele não disse nada? Por que preferiu ficar observando o seu sofrimento? Certamente pra poder espalhar pra toda Hogwarts.

-Eu vim aqui pra ficar observando a lua, ouvi passos e pensei que era o Filch, por isso eu me escondi.Você entrou e começou a chorar tão desesperadamente que eu achei melhor ficar quieto, não quis atrapalhar.-ele ainda a olhava com uma expressão indecifrável.

-Você não tinha esse direito Malfoy!-Hermione gritou totalmente revoltada- Eu queria ficar sozinha!Você não podia ter feito isso...-ela tentou falar as últimas palavras ainda com a voz alterada mas não conseguiu, sua voz saiu trêmula e frágil.Não, ela não podia chorar novamente, não teria forças pra isso.

Hermione esperou uma resposta pedindo a Merlin que ele não tivesse percebido a alteração em sua voz.Mas a resposta não veio.Ela apenas o observou indo embora sem entender.Ficou ali mais um tempo e também foi embora para o salão comunal, quando chegou descobriu que estava certa, todos já estavam dormindo.Entrou no dormitório feminino e simplesmente desmaiou em cima da cama.Dormiu profundamente e se viu rodeada de cenas que lhe eram familiares.

Lembranças, o último dia de aula, seus pais, sua casa, seu quarto, a viagem, sorrisos, acidente, choro, hospital, tudo branco..., túmulos, anjos, mais choro, flores, vazio, lágrimas intermináveis, raiva, ódio, falta de controle, um espelho quebrado, sangue, sua mãe, um prédio de tijolos, uma sala bege, palavras agora disformes, comprimidos, tontura...o expresso, a cabine, Harry, Rony, Gina...uma torre, um vulto, olhos cinzas, Draco Malfoy...Hermione acordou, como se não tivesse dormido, apenas fechado os olhos e lembrado de tudo.Mas ainda preferia que tudo não tivesse passado de um sonho.Apenas um sonho, mas a ardência em seus olhos a fez perceber que não era assim.

Tudo era real, tudo.Já era de manhã mas ela não tinha a mínima vontade de descer pra tomar café.Ainda não tinha fome e não sabia se teria forças pra ir até o salão principal.Estava fraca, cansada e com os olhos vermelhos.Não queria pensar que ainda teria muitas aulas naquele dia.Ao menos posso tentar me distrair- disse a si mesma tentando pensar no lado positivo, um lado que ela simplesmente não conseguia ver.Levantou, foi ao banheiro tomar banho e tentar dar um jeito em seus olhos.

Caminhou a passos lentos pelo castelo lembrando da noite anterior, aquela expressão não lhe saía da mente, queria saber o que significava.Estava tão absorta em seus pensamentos que acabou esbarrando em alguém que a segurou antes que ela caísse de cara no chão.
- Desculpa, eu não...-Hermione não conseguiu completar a frase quando percebeu de quem eram aqueles braços.

-Vê se olha por onde anda Granger. - Draco falou com uma expressão de raiva, soltou a garota e saiu andando, quase correndo.

Hermione ficou olhando ele desaparecer em um corredor e voltou a fazer seu caminho que ela agora desconhecia, afinal esteve andando tão distraída que não sabia mais pra onde estava indo.Contrariando sua própria vontade rumou para o salão principal, e sentou-se a mesa, mas não conseguiu comer nada, sabia que qualquer coisa que caísse em seu estômago com certeza iria voltar.Tentou se distrair com o Profeta Diário que estava a sua frente, mas não conseguiu.Viu Harry e Rony sentando a mesa, conversando e rindo.Tentou fingir que estava concentrada na matéria que estava lendo, esperando um monte de perguntas pela sua fuga do salão principal na noite anterior.Perguntas que ela não chegou a ouvir, durante todo o tempo que esteve ali os dois não lhe dirigiram mais do que duas palavras.

O que estava acontecendo afinal?-Será que aqueles dois pegaram muito sol nas férias ou tomaram alguma poção do esquecimento colocada sorrateiramente na comida deles por Fred e Jorge?- Hermione se perguntava com raiva enquanto se dirigia a sua primeira aula do dia, Poções, realmente não tinha como melhorar, além de ter que aturar as crises de Harry e Rony ainda teria que ver aquele seboso do Snape.Ela começou a considerar seriamente a idéia de que não deveria ter levantado da cama.

N/A: sem comentários non tem capítulo 2 u.u.....

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.