FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

12. Nova Casa


Fic: Nós... Irmãos ?


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________





It's too late to apologize, it's too late




Cap. 12
Nova Casa



-O que faz aqui Potter?

-Será que é mania sua dançar desse jeito por todos os cantos? – disse ele com a voz rouca,a olhando de um jeito faminto.

-Desse jeito como? – perguntou ela descendo da cama e abaixando o som se sentindo constrangida e estressada.

-Não se faça de desentendida, você sabe o quanto é sexy e não precisa de mim pra ficar repetindo isso.

O queixo da ruiva caiu novamente, seus olhos se arregalaram e ela ficou sem palavras.

-O que foi? Não suporta sinceridade Evans?

-Se você não parar de falar essas porcarias pornóticas pra mim você é que não vai suportar a sinceridade do meu tapa.

-Não tem pornografia nenhuma no que eu disse, apenas expressei o desejo de um homem por uma mulher. – dessa vez ela ficou tão, mais tão vermelha que quase explodiu de vergonha, e nem conseguiu dizer nada.

-Sem palavras Evans? É, você é tão previsível , e olha que eu fui sutil e educado o bastante para não dizer o quanto você está gostosa nesse shorts. – disse ele olhando para as pernas dela.

-Bem, se o que você queria era me deixar constrangida, pois bem, conseguiu agora quer fazer o favor de me falar o que veio fazer aqui?

-Só vim dizer para você descer, sua mãe e meu pai irão viajar daqui a pouco e Sarah não quer que você fique trancada no quarto.

-Já estou descendo, só vou por uma calça.

-Não precisa fazer isso se o motivo for eu ruiva, minha namorada tem pernas tão belas quanto a sua. – agora sim ele havia a tirado do sério, e sem mais nem menos a ruiva foi pra cima dele, mais ele era mais esperto, e quando ela se aproximou o bastante ele a prensou contra seu corpo, suas bocas a poucos milímetros de distancia.

-Eu adoro quando você cola seu corpo no meu sabia? – disse ele a olhando nos olhos.

-Isso não me interessa, a única coisa que eu quero é sair de perto de você, mais não sem antes lhe dar um belo tapa,e eu nunca colei meu corpo no seu. – “Não por vontade própria” ela pensou.

-Eu poderia te beijar agora sabia? – disse ele ignorando

-Então porque não me beija? – perguntou ela irônica,sem saber o efeito que causaria aquelas palavras

E ele roçou seus lábios no dela fechando os olhos, e ela ficou abismada, a boca dele era quente, doce,o maroto deu uma breve pressão entre os lábios,dando um leve mordidinha e abriu os olhos dizendo:

-Não acho certo beijar moçinhas que ficam ate três e pouco da manhã na rua,ainda mais se quem esta acompanhando ela poderia ser seu namorado.Mas saiba que eu gostei do gosto de cereja da sua boca.

-Como sabe que eu estava ontem de noite na rua?

-Hoje de manhã você quer dizer né?

-Que seja.

-Eu vi você e o Gustavo, foi só isso.

-Você o conhece?

-Bem pouco.

-Já que já terminou seus comentários eu logo irei descer.

-Eu te espero.

-Não precisa Potter.

-Eu faço questão. – disse ele com um sorrisinho desdenhoso, sentando-se na cama dela.

-Eu não irei me trocar Potter, se a sua intenção era me ver pelada.

-Oras, alguma vez eu disse que estava aqui porque queria te ver pelada? – disse ele irônico deitando na cama.

-Saia da minha cama Potter.

-Não quer deitar aqui comigo Lílian?

-Cala a boca Potter, você só fala merda, agora vamos. – disse ela normalmente pegando uma presilha, tinha ficado incomodada por ele ter chamado-a de Lílian.

-Vamos.

E eles desceram as escadas, Sarah e Alex estavam parados com poucas malas no hall da casa e Sarah já estava com lagrimas nos olhos.

-Tchau Mãe, Tchau Alex. – disse a ruivinha dando um abraço em cada um.

-Se cuidem, não façam bagunça ,não briguem, não façam festinhas, não tragam bebidas para casa e nada de garotos aqui dona Lily. – disse Sarah pra menina que faltou morrer do coração, tinha ficado muito vermelha, enquanto James ria descontroladamente.

-Mãe! Algum dia eu trouxe alguém aqui pra casa? – perguntou ela indignada.

-Não, mais é só um aviso.

E a ruiva bufou, mais a situação piorou quando James chegou ao lado da ruiva, passou o braço por ela e disse:

-Deixa que eu cuida dela Sarah, vou cuidar muito bem de você maninha. - disse ele olhando para a ruiva que quis batê-lo.

-Oh, então vocês se acertaram, que bom, e estão até se chamando de maninhos, que lindo. – disse Sarah que tinha achado que eles estavam se dando bem.

-Perca as esperanças mãe, nós não fizemos pazes porcaria nenhuma. – e o sorriso de Sarah morreu, mais ela fez um cara confiante de que sabia que os dois logo-logo se dariam bem.

-Bom crianças, até mais, se tudo der certo sábado estamos aqui, e no mais tardar domingo, se comportem, juízo, e não briguem. – disse Alex dando um último abraço em Sirius e saindo com as malas, acompanhado de Sarah.

Então eles entraram no carro e partiram, Lily não sabia o que fazer, aquela casa não era sua, nada era seu ali, e se tivesse fome? O que faria? Iria na rua para comer?

E como se James lesse seus pensamentos ele disse:

-Tem comida na geladeira, sinta-se a vontade para abrir e comer o que quiser, a tv fica naquela sala ali e o banheiro você já sabe aonde é, se precisar de algo grite por alguém, eu não poderei estar aqui pra te ajudar, mas de noitinha, se você tiver medo, me chama no teu quarto que eu estarei lá no minuto seguinte. – disse ele num sorriso safado.

-Se eu precisar de alguém a noite Potter, eu chamo o Sirius. – disse ela e Sirius ouviu, já que estava do lado deles, e tinha ouvido também o que ele disse, então olhou para James e fez um careta do tipo “se fo***” , mais ele não se envergonhou.

-Veremos ruiva, por quem você vai suspirar essa noite. – disse ele enigmático.

-O que pensa em fazer?

-Com medo? Eu não mordo ruiva, não se você não quiser.

-Potter, você é um tarado em potencial ou é só impressão minha? – perguntou ela extremamente irritada, estava muito envergonhada com os comentários dele.

-Não ruiva, eu não sou um tarado, você é que é inocente o bastante, e isso me excita. – disse ele para a ruiva que virou e foi para o quarto deixando para trás um Sirius de boca aberta.

-Vei, você sofre? Como tem coragem de falar isso pra ela, ela deve te achar um tarado, maníaco. – disse Sirius ainda de boca aberta.

-É só para tirá-la do sério, você sabe que eu não sou assim, e eu faço isso também pra tentar quebrar o gelo, ela me odeia demais. – disse ele olhando por onde ela tinha ido.

-Cara, se continuar nesse ritmo, a única coisa que você vai conseguir quebrar é a sua cara, porque mais uma dessas, e ela parte para cima de você e te dá um belo de um soco.

-Ela quase fez isso hoje, mais eu segurei-a e quase a beijei, e ela se sente diferente quando eu falo isso pra ela, aposto que ela morre de rir quando eu não estou perto, ela sabe no fundo no fundo que é uma brincadeira.

-Hehehehe, você é mau, nunca pensei que falaria isso pra alguém, esse treco de excitar é muito esquisito, você parece um cafetão barato dizendo isso.

-Pior cara, mais é engraçado ver como ela reage, ela é muito inocente, pra você ter uma idéia, esses dias eu encostei nela, ontem pra fala a verdade, e tipo, não tava nem ‘animado’ nem nada, mais o tecido da calça era bem grosso, ela ficou tão vermelha que eu achei que ela iria morrer.

-Cê é doido cara.Enconchar a menina assim, sem mais nem menos, se fosse eu partiria sua cara no meio.

- Mais o pior nem foi o que eu fiz pra ela, e sim que eu quase morri ontem quando fui buscar ela lá no Castelo, ela tava dançando uma música de um jeito tão, sei lá, que eu quase que penso em fazer uma besteira.

-Que besteira? – perguntou Six achando a historia cada vez mais engraçada.

-Ah, sei lá, agarrá-la, o pai mesmo disse que se eu seduzi-la, ele me mata, e eu acredito que ele faria isso.

-Hehehe.

-Bom, ele acha que eu tenho que cuidar da nossa nova maninha, mais ela sabe se cuidar sozinha, mas se ele um dia sonhar que eu quase beijei ela, iii, ia ter churrasco de mim no almoço.

-Você quase a beijou? – perguntou Sirius assustado.

-Hoje, eu até meio que encostei minha boca na dela, mais sei lá, eu poderia beijá-la, e eu não me arrependeria, mas ela me olhou de um jeito tão diferente, eu me senti mal, e ela ficou abalada, acho que se sentiu mal também por eu não ter a beijado; sabe como meninas são, se eu a beijasse ela espernearia, me bateria , xingaria e tudo o que tem direito, mas se você ameaça beijá-la e não beija, algumas delas se sentem desvalorizadas, e é a mesma coisa se um dia você olha pra elas e no outro não, é como se você sei lá, tivesse a usando.

-É por isso que eu dou atenção a todas – disse Sirius sorrindo galanteador.

-Só quando a Lene num ta perto né? Mas a ruivinha é diferente, ela parece se importar e não demonstrar, e ela gosta daquele outro lá, você lembra que eu te contei que ela me usou pra fazer ciúmes nele.


-É, mais bem, ela não te usou, ela só passou os braços em volta do seu pescoço.

-Mais não foi por querer, foi pra se vingar, não que eu tenha ficado chateado, mas que ela fez aquilo só por causa dele eu sei que foi.

-Bom, ela gosta dele, viu o rolo que deu por causa dele ontem, ela e aquela doida lá, tal de Lívia.

-Cara, te juro que eu quis socar ele quando ele começou a falar aquelas porcarias pra ela, aff, nem pra uma prostituta se falaria aquilo.

-É, eu bati nele, mas foi pior o soco que ela deu nele. Hehehe, essa realmente serve pra ser nossa maninha.

-Sei lá vei, me sinto incomodado com ela, e não sei se vamos conseguir nos dar bem, acho que vai ser sempre esse pé de guerra.

-Tomara que não, apesar de que o que você falou hoje pra ela foi foda.

-Pior vei.. mais ou..., já é quase três horas, vou me encontrar com a minha namorada agora, acredita que ela se fez um pedido de namoro? Só num falei que não porque realmente ela é legal. – disse James passando as mãos no cabelo.

-Bom, vai lá veio, depois a gente se fala, vou ficar aqui um pouco, se não a Lily fica sozinha em casa.

-É, pior que eles escolheram bem essa hora pra viajar, quero só ver como vai ser tomar café da manhã olhando pra ela, como diz o Capitão Nascimento:”Isso vai dar merda”. Hehehehe!

-Huahuahuahua! falow ai cara, té mais.

-Até. – e dizendo isso James saiu, indo ao encontro da sua namorada.

E Sirius, sem saber o que fazer sobe no quarto pra falar com Lily.

________________

Narrado Por Lily

Meu deus que cara idiota, como pode existir uma anta assim? Não acredito que ele falou aquilo pra mim, foi no mínimo ridículo... idiota, baka, idiot,aaai, meu vocabulário de xingamentos em outras línguas não é tão vasto assim, mais não importa, o importante é o como ele consegue ser inútil e idiota ao mesmo tempo, narciso filho da mãe, anta, nojento, grotesco, beem, você já deve ter percebido que eu não estou com muita criatividade pra xingar, mais é que ele me tira do sério, não é possível alguém ser tão cara de pau de falar aquilo para uma pessoa assim, com a cara mais lavada do mundo, e o retardado nem percebe que aquilo lhe saiu ridículo e que ele estava mais era parecendo um cafetão.

Ai, mais respira, inspira, respira,inspira, hehehehehehe, como ele é ridículo, quero só ver como vai ser minha morada aqui recebendo assédios por todos os cantos da casa, mas é só ele fazer uma graçinha se quer que eu saio, eu vou dormir na Lene, duvido eu ficar aqui, pra quê? Pra de noite na hora em que eu for dormir ele vir aqui me pegar? Fazer sei lá o que comigo? Na-na-ni-na-não, nem vem que num tem, já que a namorada dele é tão gostosa assim, porque ele não vai satisfazer as pervisses dele com ela? Porque ele num vai falar porcarias pra ela? Porque ele num vai beijar ela? Morder a boca dela?

E a menina parecia ser tão boazinha tadinha, não sabe o traste que tem como namorado, cooorna que dói, mais eu é que num vou me meter nisso, se ele quer chifrá-la ,ela que tem que ser esperta o suficiente e terminar logo com ele.

____________

Mas a ruiva foi despertada de seus pensamentos quando seu celular começou a tocar e algum canto do quarto.

E saiu procurando por ele, o barulho parecia vir da gaveta da mesinha do computador, e realmente ele estava ali, porém quando ela foi atender já tinha parado a ligação, e só ai ela foi ver que havia uma mensagem na caixa de mensagens.

”Oi ruiva,
Nós vamos nos encontrar hoje?
Ou você esta muito cansada por causa da mudança?

Beijos.
Gustavo.”


E sentindo o estomago gelar ela lembra do que James havia feito, porém tentou não se sentir culpada, ele tinha a agarrado, e eles nem se beijaram mesmo, então ela não o tinha traído,não completamente.

”Oi Gu! =D
Vamos nos encontrar sim..
Mais que horas?
E aonde?

Pode ser aqui na casa dos Potter?
É que minha mãe foi viajar e eu acho melhor não sair de casa hoje.
Mas se você preferir em outro lugar tudo bem, e as horas você decide.

Beeeijos.
Lily”


E enviou a mensagem, e ele não demorou a responder:

”Pode ser ai na frente da tua nova casa sim :D
E umas seis horas pode ser?
É que eu tenho prova amanhã, e quero aproveitar pra dormir cedo,mais se ficar ruim pra ti a gente se vê mais tarde.

Beijos.”


“Aqui em frente ta perfeito,
e lá pelas seis também é bom =D
Vou tentar dormir cedo também
Por que vou começar a ensaiar uma dança
Amanhã e quero estar bem dormida...
E falando em prova, nem te contei que tirei 90 em química né...
=]
E você? Ficou com quantos?

=*”


Dessa vez ele demorou um pouco mais para responder e enquanto isso ela ia olhando as unhas, sem ter o que fazer:

“Perfeito, então as seis eu to ai.
E que ótimo que você foi bem, eu não tive a mesma sorte,fiquei com 89 =P
Hehehehehehehehe!

Até as seis então.

Beeijos.”


E ela vendo que não teria o que responder só deu um toque no celular dele, e ficou lendo umas mensagens antigas da Lene quando Sirius entra no quarto.

-Oi Lil’s, tudo bem?

-Ah, oi Six, entra ai, to bem e você?

-Bem também, ah, e sobre agora pouco, nem liga pro que o James diz, ele as vezes sofre.

-É, eu sei, aff, nunca vi um menino tão tarado.

-Hehehehehe, ele deve fazer isso só pra te provocar.

-Bom, se você que é amigo dele ta dizendo, mais aff, a próxima vez e eu acerto um de direita na cara dele.

-Calma ruiva, ta muito bravinha, eu é que não queria receber um de direita seu, hehehe, ah, e por falar em direita, vamos sair desse quarto, vem assistir uns filme comigo ali embaixo.

-Sério? Achei que você iria sair, e se você for, não precisa ficar aqui por mim não, pode ir ver a Lene se você quiser.

-Que nada ruiva, ela tem dentista hoje a tarde e a gente talvez só vai se ver de noite, então vamos ver um filme,a não ser que você queira sair ou fazer outra coisa.

-Não, vamos ver um filme então. – disse a ruiva animada, ela já estava pensando em como seria um tédio ficar naquela casa, mas com Sirius ali, Iiii, ela iria se divertir muito.

-Terror? Comedia? Ação? Guerra?

-Ação.. – disse ela sorrindo da cara de espanto dele.

-Certeza? – perguntou ele com a sobrancelha arqueada.

-Absoluta.

-Então vamos, qual você vai querer ver?

-Qualquer um do Jet Li eu to dentro. – disse ela, e Sirius ficou um pouco perdido, não sabia quem era Jet Li.

-Então vamos na locadora. – disse ele pegando dinheiro em um enorme pote dentro da cozinha, e fechando as portas.

-Aaai, pêra ai, eu não arrumei meu cabelo ainda. – disse Lily vendo ele fechar a porta.

-Que isso Lily, você ta linda com esse rabo torto. – disse ele sorrindo ao ver ela ficar vermelha.

-Bom, vou soltar então. – e ela soltou os cabelos, eles estavam enormes, mais ela não estava nem um pouco a fim de cortar.

-Podemos ir agora?

-Claro, hehehe, apesar deu estar toda combinando né, o shorts xadrez, a blusinha branca, e a sandália rosa, realmente a miss fashion. – disse ela tirando sarro da própria roupa.

-Hehehe, e eu Lil’s? Que estou com um shorts jeans, uma camisa azul e um chinelo preto?

-Ah, mas você ta bonito.

-Hehehe, eu sei que sou lindo, até de Carmem Miranda eu estaria lindo.

-Aham, sei não Six, você é lindo, mais de Carmem Miranda ficaria no mínimo muito gay.

-Hehehehehe, pior cara.

-Bom, eu já escolhi o filme que quero ver, e você? Qual quer?

-Vou ver um lá, não tenho nenhum em mente.

E virando a esquina eles chegaram na locadora,entraram e viram um monte de filmes, Sirius se sentiu muitíssimo tentado em ir na seção para maiores de 18 anos, mas a ruiva falou que não assistiria um filme daqueles com ele e que era pra ele locar em um dia que fosse ver ele e a Lene, deixando o maroto muito vermelho.
Então a ruiva congelou quando viu Samurai X – O Filme,quase morreu do coração, ela a-m-a-v-a Samurai X e amava animes e derivados, então se controlando para não sair pulando pela locadora, ela pega o filme e sorrindo igual criança que descobre que a páscoa chegou mais cedo ela vai de encontro com Sirius que tinha na mão um filme de terror.

-Escolheu? – disse ele animado.

-Aham, e você?

-Sim.. epa, o seu é de desenho? – perguntou ele.

-Sim, perfeito não? Eu amo animes e olha que nem sabia que já tinha Samurai X em filme, o Sanosuke Sagara, ele é muito sexy.

-Sexy? Um desenho? Ruiva, ruiva, será que você não está meio carente não? – perguntou ele brincando com ela.

-Claro que não, você precisa ver o tamanho da espada do Sanosuke. – disse ela inocente, inocente demais até.

Sirius agora morria de rir, estava muito vermelho.

-Ta rindo de que?

-Lil’s, percebeu o que você disse?

-Não.. o que eu disse?

-“você precisa ver o tamanho da espada do Sanosuke.”

-Ah, larga de perversão Sirius, não tem nada ver, e outra, você nem assistiu ainda, depois que ver vai perceber o que eu queria realmente dizer.

-Aham, sei. – disse ele ainda rindo.

-Qual você pegou?

-Sei lá, gostei da capa.

-Tcho ver! – disse ela pegando o Dvd da mão dele, era O Exorcista, ela gelou lembrando da menininha na janela.

-Que se acha?

-Certeza que quer levar? Da realmente muito medo.

-Aham. – disse ele decidido.

-Se você ta dizendo. – disse ela por fim.

Então eles pegaram o filme a voltaram embora, Sirius queria esperar e assistir o filme dele por ultimo, e Lilian se arrependeu de não ter pegado Shrek para ver depois do filme de terror para amenizar, e não escolheria Monstros S.A. porque era assustador aquela cobra que mudava de cor.

Então foram fazer pipoca de microondas que era mais prático e começaram a ver o filme, Sirius gostou também da qualidade do desenho e da historia, tinha gostado do gênio de Kenshin e achado Lily muito parecida com Kaoru, uma personagem com uma personalidade quase que idêntica a da ruiva em certos aspectos.

E quando o filme acabou já deveria ser umas cinco horas, e logo a ruiva encontraria Gustavo, preferiu não assistir o filme, mas quando subiu no quarto viu que tinha mais uma mensagem de Gustavo que dizia:

”Lily, vou passar na sua casa as nove? Pode ser?
É que eu decidi estudar mais cedo, sobra mais tempo, =D

Beijos.”


“Claro Gu, não tem problema nenhum.

Beijos.”



Respondeu ela e quando Sirius já ia guardando os dvd’s ,então disse que iria ver o filme com ele, o que o animou e ele decidiu chamar Lene para ir ver junto, então a ruiva decidiu fazer pipoca, só que dessa vez de panela, porque ela iria fazer um receita que tinha visto na internet.

Só que James chegou quando ela já estava com os ingredientes em cima da mesa, e sentiu-se envergonhada por estar mexendo nas coisas da casa dele.

-O que faz ruiva?

Ela não respondeu, ela iria ignorá-lo, ele não merecia sua atenção, ainda mais depois do acontecido.

-Eu perguntei o que está fazendo. – disse ele sem se alterar.

-Pipoca. – disse ela seca.

-Tá vendo um filme? – disse ele tentando manter uma conversa civilizada.

-Eu e o Sirius, e ele foi chamar a Lene. – disse ela ainda seca.

-Ah, então vou ver junto. – disse ele sorrindo.

Ela bufou.. porque tinha falado que ia ver filme?

-É de terror, você não vai gostar. – disse ela tentando fazê-lo mudar de idéia.

-Não tem problema, eu vejo do mesmo jeito.

-Aaah, eu mereço.

E ele sentou-se a mesa e ficou observando ela fazer a pipoca.

-Ta fazendo o que aqui Potter?

-Te olhando, quero aprender a fazer pipoca.

-Aprenda com outra pessoa, pois eu não vou te ensinar.

-Credo ruiva.

Ela ia responder, mas seu celular começou a tocar, ela viu que era uma mensagem, então decidiu ler depois que terminasse ali pois não queria comer pipoca carbonizada, então terminou e foi para a sala, ligou o Dvd , colocou o filme e foi pegar o celular, tudo isso com James em seu enlaço, fazendo-a bufar de vez em quando.

Então viu que a mensagem era dessa vez de Lene e dizia:

Lil’s desculpa, é que eu e o Sirius não vamos poder ver filme com você,
Minha mãe percebeu que eu e Sirius estamos ficando e eles estão conversando nesse momento,
Me deseje sorte, o interrogatório aqui ta ficando pesado.

Beijos.
Lene”



-Não é possível.

-Que houve ruiva?

-Sirius e Lene não vão poder vir. – disse ela desanimada, fazendo com que um sorriso pra lá de maroto brotasse no rosto de James.


Agora sim a coisa iria começar a ficar boa.


__________________________________
N/ª Autora mto estressada pra escrever alguma coisa ¬¬
E Lily..., otím ideiiia, vou por a do Buttons da The PussyCat Dolls assim que surgir uma oportunidade =D e muitíssimo obrigado pela sugestão =] e de langerie axo que ia ficar mto peervo.. =P e a autora é mto santa e nunca,nunquinha, escreveu pervisses =D

E gente to sem tempo pra responder os coments.. fica pra próxima =[




N/B-Meu merlim!!!!!!olha soh aonde ah autora malvada terminou o cap????!!!!Ela que nos matar neh???só pode...pq ela acaba logo na hora que a Lily e o Jay vão assistir um filme de terror...sério eu toh SUPER CURIOSA!!!!!
Bem...o cap tah MARAVILHOSAMENTE PERFEITO!!!!!!!
Sério...aquele quase beijo de Lily e Jay foi d++...e eu toh aki pensando como vai ser esse encontro da Lily e o Gustavo na frente da casa do James...será que vai ter alguma coisa emocionante??????
Uhmmmmmmm
PLIX VANESSA NÃO DEMORA PARA FAZER O CAP...EU TOH SUPER CURIOSA...
Tahhh jah chega por hoje...
Tchauu
Beijão
Lethicya Black






Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.