FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Capítulo 2


Fic: BgBand - SM JL RD ED


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________



Capiítulo 2: Casos e acasos


Image Hosted by ImageShack.us


Narrado por: Marlene McKinnon
Humor: Abobada²
Pensando em: Meu tipo (?).


- QUE ABSURDO!

Ta bom Lílian, fala mais baixo, eu sei que você está indignada que pessoas tão BOAS como nós temos que ficar quietas e se contentar com um vida medíocre, mas isso não te dar razão de sair difamando isso pro mundo, tem gente que vive pior que a gente e nem ...

- EU TENHO QUE PAGAR 2,50 PRA PESCAR UM PEIXINHO?

Parabéns Dorcas. Eu realmente quero saber porque eu tenho que pagar DOIS E CINQÜENTA por um PEIXE? Peixes são lindos, inclusive o Nemo, mas tipo e esse eles te mordem? Ok, abstrai essa frase de frangalha que virou enlatada. Vai Marlene, comece a contar as moedinhas.

- Tá legal, eu sou muito pobre e por isso eu preciso decidir entre: comprar minha camiseta dos McGuys ou gastar e torrar todo o dinheiro de MESES de suor sofrido e fedido em peixinhos na pescaria.

- Eu preciso de um aumento de mesada. Eu estou ficando dura que nem vara verde. Cadê o padre? Esse ano eu faço qualquer negócio com ele. Sabe, nossos pais podiam pensar mais na gente, eu poderia estar matando ou me prostituindo, mas não eu estou aqui num festa de igreja contando moedas ...

Gente, a Líl tinha que ser política, desde que ela nasceu ela falo muito e em favor dos fracos e oprimidos. Quando eu penso na Líl eu penso em uma mulher-confentina com cabelos de cenoura, que nasceu do sal, óleo e tudo que há de laranja. Tá, meus pensamentos são ridículos, mas você não tem nada a ver com isso. Credo, desculpe estou estressada por não ter dinheiro.

- Vamos pra fila antes que alguma mocréia azeda e com uma bolsa da Victor Hugo passe na nossa frente e eu não estou para ter pitís hoje.

- Engordei litros agora, só de olhar para aquela trufa de maracujá, o amor dela me consome e eu consumo suas calorias, relação de dependência. Será que se eu escrever isso como feudalismo a professora de história aceita?Belesa, porque vocês tão me olhando com essa cara de cachorro pobre e desnutrido que tá vendo bife frito no meio do deserto?

- TÁ DORCAS CHEGA, você fala demais Aderbal. – disse a Lílian. Isso Líl, põe moral nele djow.

- Tá legal, eu não vou comprar as fichas, olha quem tá no caixa.

PELOAMORDEUS, PUTAMERDA. É o menino que ano passado não desgrudava da gente na barraca do beijo. Eu acho que ele deve ter gastado toda a fortuna da mãe dele, que inclusive tava na festa, ou seja, QUE TIPO DE EDUCAÇÃO ELE TEM? Eu, pelo menos EU não faço isso na frente dos meus pais. Se bem que é difícil resistir á nós, eu não culpo o garoto, escary. *-*

- Eu quero um daqueles disfarces de Mr.Been, se ele tiver disfarce. ;-;
- Vamô tentar invadir a barraca.
- EU NÃO SOU SEM-TETA, QUER DIZER TETO.

Gente, mijei litros agora. O menino gatinho que estava passando olhou pra Lílian com uma cara de: ‘Bote silicone então’. Eu odeio minha bunda, pra ficar mais inteligente nádega, eu visto tamanho 42 por causa dela, senão seria 40. Peito? A comissão de frente é média, não chega aos 45734 litros, mas dá pro gasto amiga.

- Bote silicone. – Dorcas, você é um gênio. ‘YOU WANNA PIECE OF ME’ :B

- Tá, eu também me recuso a falar com aquele ruivo babão e jumento.

- ÓTIMO, e eu fico sem peixinhos? Bom saber que vocês me odeiam, por isso eu amo a Emy, ela me entende.

- Ela mandaria você enfiar ...

- CHEGA! – estou estressada, 1 2 3 ... – Vamos invadir a barraquinha. Alguém se finge de grávida.

Não, nós não somos ladras isso é uma necessidade. E não, nós não estamos grávidas, a não ser que a Lílian esteja dando uns créus no vizinho. QUE HORROR! Eu estou pesando muita besteira. A propósito, eu ODEIO créu, se você gosta CRÉU em ti. Cristo, cadê a barraca de pescaria?

- Oi. *-*

Pêra aí, é impressão minha ou a Dorcas cumprimentou um cara superultramasterblaster hot com camiseta dos BEATLES e nem me chamou? CAMISETA DOS BEATLES! Eu realmente mereço amigas assim. Sabe, estão me tratando como um ser anormal só porque eu gosto de peixinhos que ficam boiando sob a água, isso é tão ESPECIAL e relax.

- Dorcas Meadowes, quem era aquele ser? Tipo assim, eu vou falar uma frase: ‘ YOU MAKE ME SO HOT’ ><
- Me recuso a contar, você me proibiu a minha livre expressão Marlene. Agora eu sou um túmulo e só vou me abrir de você se ajoelhar aos meus pés.

O que eu não faço por uma fofoca extra das minhas amigas? Tipo, eu preciso saber quem e era a criatura, porque aquilo não era um pessoa. Meu joelho vai reclamar depois, na hora de levantar, então ficadica.

- Dorcas Meadowes, você aceita casar comigo?

Isso, todo mundo está olhando e quem tá na saia justa agora é a Dorcas. ‘Oi Dorcas, com você se sente após ter que ver uma pobre moça burra e jumenta aos seus pés te pedindo em casamento? .... ‘ Então eu me sinto muito bem, foi uma experiência platônica’. Não percam Dorcas Meadowes no Faustão ou nos casos de animais maltratados, isso mesmo, aquele programa da Luiza Mel que chora litros.

- Eu ainda mijo litros aqui. Então eu estava sozinha pelo meu lindo caminho cheio de flores com refrigerantes e chegando na casa da vovozinha que tem uma barraquinha ...

- RESUME, FICADICA *:

- Credo, que horror, vocês estão muito grossas ultimamente, grossas, curtas e claras. Não gosto disso falou. Então tá, eu fui comprar refrigerante já que eu amo estrias e celulites [mentira X:] e um dragão australiano depravado chamado Petúnia pediu um suco de laranja diet pra moça da barraca e s emeteu na minha frente. Depois de uma resposta do tipo ‘VAI TOMA ...

- Não entre em detalhes. – Eu amo quando a Dorcas fala palavrão, é muito raro ela falar sabe, pelo menos na minha frente e da mãe dela.

- Minha irmã é uma anta, até meu vizinho concorda agora, sabe eu amo esse tipo de coisa. Eu acho que o Lula está implantando aquele pó de pirlinpinpin do Sítio do Pica- Pau amarelo, verde, azul, japonês e todos estão percebendo o quão dura é minha vida.

- Sim Lílian sua vida é muito dura, principalmente a parte de que você chega atrasada todo dia no colégio – Isso, não é verdade sabe, mas eu amo provocar a Lílian. Ela divide o IPod dela comigo, porque o meu eu perdi numa aposta com meu querido irmão babaca.

- Nunca mais te empresto meu IPod.

- Hãn Hãn, voltando, aí depois dessa pequena grande ultrapassagem eu comprei minha Coca-Cola amada e querida para eu matar e acabar com a viada da sede, só que um cara com uma camiseta dos Beatles fez ela cair no chão, que tal, então o nome dele é Lupin, é o cara hot, que pediu meu msn, nós vamos casar e ter filhos.

A Dorcas é o tipo de menina que se apaixona muito raramente, e quando isso acontece ela passa mal e começa a ter delírios. Realmente o menino tinha cara de ‘certinho’, que não faz meu tipo. Meu tipo (?) Hum, tipo assim, boa pergunta. Eu descubro quando bato o olho da bunda dele, mentira X: Eu a Lílian, a gente se apaixona com mais facilidade, porém isso não significa que sejamos galinhas, até, como eu já disse, estamos na SECA.

- Dorcs eu te amo e ficadica, me chama pra madrinha falou?

- Não me peça presente, meu presente será minha presença. – obrigada Lílian, sua opinião é o meu centro de viver, se você não falasse isso eu nunca mais falaria com você.

- Faço minhas as suas palavras. – eu disse muito sabiamente, é mais fácil deixar os outros falarem sobre você do que você sobre você (?) Isso me lembra Pitágoras, odeio esse menino, quer dizer homem.

- HUASDIHUASD, EU QUERO!

- O que menina? – os outros vêem mais do que eu. Eu uso lentes, mas olha: SHIU! Não conta senão eu vou ficar falada e isso faz mal pra minha beleza.

- Naquela coisinha brilhante que tá brilhando na blusa de brilho da menina.

- EU QUERO [2]!

- AH, é da pescaria, to falando lá é uma mina de ouro. – Quando eu digo uma coisa eu digo e muito sabiamente. Lembrei dos anões da Branca de Neve. – VAMO LOGO! Eu não agüento mais pedir e ficar plantada aqui, again eu vou criar raiz, igual a música da semente.
- Okok, sem stress, eu te amo e nunca te abandonaria.

- Muito obrigada Lílian, seu amor me comove profundamente assim como o tomate seduz a banana.

Eu quero ir para um lugar que tenham plaquinhas escrito pra onde eu devo ir, preciso achar um caminho, estou perdida! Eu odeio me perder, uma vez eu me perdi no supermercado e aquele tio do microfone me chamou, falando que minha mãe tava me esperando no balcão de informações. Você realmente acha que alguém de 3 anos de idade sabe ir até um balcão de informações? Por isso eu odeio supermercados, fiquei com trauma e tenho dó das criancinhas losers, tadinhas, mal nasceram e se tornaram Marlene’s.

Pensa again, no último ano a pescaria ficava do lado do salão de batizado, é lógico, Se batiza com água, os peixes ficam na água e essa é a teoria cinética, prazer. Então esse ano ela deve estar no mesmo lugar, elas não criam pernas! Gênia (H).

- AEAEAE eu amo pescar e trocar pneus, são duas coisas que deixam a gente ou molhadas ou sujas de graxa e dá pra levar cantada.

- ‘Oi seu pai é mecânico? Não. Ah, é porque você é uma graxinha,’ HASUIH, odeio essa cantada. – eu realmente odeio essa e a do ‘Oi Princesa’, poisé tá só interessado na herança né? :B

- A pior é aquela da bola. Bola rola. – Lílian tirou novamente as palavras da minha boca. Isso não é justo a Lílian está roubando minhas palavras, quero meus direitos.

- Rola, e a gente rola?

Isso é uma quarta pessoa, se você achou que fui eu que falei isso tá errado, eu sou uma pessoa só, não encha o saco. Gente, meu poder de sedução está em êxtase hoje. Mentira, quase não me achei. A propósito a cantada foi pras três, que galinha @: Então a gente responde, calada eu não fico.

- Vai cantar as suas menininhas vai, quem sabe elas não caem na sua.

NOSSAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! *-*
A Lílian me surpreende. Agora ela não tirou as palavras da minha boca. Tipo, os meninso amigos do menino (?) tão mijando litros atrás dele. Coitado, to até com dó agora. Mentira, ele merece, ele merece, continuem comigo .... (H)

- Vai encarar? – foi isso que eu falei. x-x
Sinto muito, mas prefiro não comentar.

- Vai procurar o que fazer ao invés de cantar três garotas de uma vez. – É impressão minha ou só eu não tem um vocabulário descente? Estou decepcionada.

- Fominha, tá se achando o gostosão. – Acredita que ele ainda tava com a maior panca de machão sabe-tudo? Odeio esse tipo de menino, parece que olha a menina de cima se acha superior à ela.

Isso parabéns pra gente, a gente pode até ter ‘humilhado’ ele, mas em todo caso nenhuma garota merece dividir uma cantada com três amigas. Finalmente, em fim sós com a pescaria.

- Vamos pescar depois dessa guerra sangrenta. A gente tem que invadir a pescaria, agora: COMO (?)

- Eu pensei que você tivesse uma idéia queria amiga Lene.

- Vamos de fininho, é o melhor jeito já que nós somos cabeçudas, e de fininho é bom, HUISAD.
Brincadeira, abstrai antes de me chamarem de tarada.

- Hum, TARADA, sei! – Dorcas, a supertaradona propagada. Brilhante, fala aí (Y).

Agora é só se enfiar no meio desse vuco-vuco e se virar, é cada um por si, tipo morreu (?) Morreu, sinto muito não posso fazer nada. Credo, eu estou tão murdered hoje, fiquem longe de mim, a cobra tá pronta pra dar o bote falous? Essa minha vida tá virando um zoológico.

- Oi tia, tudo bom? – Como vai seu filho, periquito, papagaio, a família etc ... É assim que a vida é, você dá uma de boazinha e todo mundo te ama e você passa na frente, aprendam comigo. Mas tome cuidado, bonzinho só se ferra, igual a comunidade do orkut. Sim, é mershan, te incomoda? :G

- Tudo e você? Vai pescar? – interesseira, cofen :&

- Então né, sabe eu queria pescar, mas eu não tenho ficha,rs – Isso, façam cara de paisagem , aprendam minha segunda técnica.

- Sinto muito então.

EU NÃO SUPORTO OPERADORA DE TELEMARKENTING! Essa mulher tá falando igual elas, me mata x-x Eu vou pegar essa vara e enfiar goela abaixo. Acabei de ouvir que o COM 22 vai lançar um CD com 12 músicas, pobre, igual eu. Brincadeira, maneirinha a música deles (Y).
Então, eu vou matar ela, hãnhãn.

- Pêra aí, eu gastei toda as minhas pernas pra vir aqui e VAPO? Tipo, o cara do caixa é tarado, eu não posso comprar ficha e eu preciso de peixinho pra viver. – Que tocante :&

- Vai tia, por favor, a gente quase foi expulsa de casa pra vir. – Okey, a Lílian sabe mentir. Eu amo ela <3 Também quem não saberia com aquela irmã girafa e o irmão prodígio dela? Beleza, não conta mais ela está no meio termo entre os dois, se contar morre @:

- Minha mãe falou que eu vou ficar uma semana sem comer, só porque eu vou gastar tubos aqui, isso é perfeito pra vocês. – Beleza, e a Dorcas sabe apelar. Formamos um quarteto perfeito. Lília, a mentirosa, Dorcas, a apeladora, Emmeline, a batedora e Marlene, a Zorra Z *-*

- Meninas, NÃO! E chega. – Sinto muito mais eu vou descer do salto, ou seja, tênis no caso.

- EU NÃO POSSO PESCAR NEM MAIS UM PEIXE? Em que mundo a gente vive? O mundo ds gatos-pingados (?) – Você pode me achar infantil, mas experimente estar se morrendo de vontade de peixe de pescaria e ser proibida de ganhar uma AMOEBA e brinde? :F

- Ér, dá licença... – se for a Petúnia eu juro que afogo ela nessa piscininha cheia de peixinhos, ela será a baleia FreeWilly.

- Não, não dou licença, dá licença (?). Tia se tá me ouvindo? – Não, ela tá me olhando com cara de cocô de gato na janela de uma velha gagá. Na to gostando, e se a pessoa que eu gritei for o padre? :B

MEUDEUS, não é o padre mais é santo. PELOAMORDEDEUS com sotaque caipira ‘sô. O que essa criatura de olhos extremamente azuis e chocantes com esse cabelo preto e essa calça jeans rasgada faz na minha frente? Eu NÃO acredito que não dei licença, eu daria com todo o prazer @: PERVERTIDO, pensou merda, não pense, reflita :# Tá o que eu faço? Tipo, as meninas estão abobadas e eu também, fica dica, então a gente tá olhando com cara de . Esse menino, deus, papa, sei lá, com certeza é muito mais ‘hot’ que o da Dorcas e tem menos cara de certinho.

- Ãhn, desculpa.

- Não, tudo firmeza. Ér moça, me vê 5 fichas aqui por favor?

Gente ele é educado, rico, maravilhoso, gostoso e sarado. Quer mais alguma coisa? Sim, seu MSN, não saio daqui sem o MSN ou o mínimo Orkut dele. Depois te passo gatz (H). Tá vendo? Eu sei dividir, eu sou caridosa. *o*

- Nossa, como você joga, você deve ser bom. – Eu ainda ACABO com a Dorcas.

- HUADSIH, eu sou um poste.- Não entendi. Novidade, NERD (?) – Faz assim moça, me vê duas fichas e três pra elas. – MEUDEUS, me mata x-x Ele tá pagando pra mim (?) Morri aqui peludão. Garoto eu não te conheço mas eu te amo. Ele gastou, pelos meus cálculos mais ou dez reais aqui comigo :8 Segundo minha mãe, esse tipo de gente rouba de manhã e usa a grana á noites. Brincadeira, eles só assaltam de vez em nunca :D – Algumas de vocês sabem jogar?

- A Marlene, tipo ela pesca todo dia (?) – sim, eu vou matar todas as minhas amigas, menos a Emmy. Eu vou casar e ter filhos com ela, sem preconceito. Vai ser um família tipo Heraldo-Dália-Bernadinho da novela das oito, que começa as nove *-*

- Ah, descobri o por quê dos Escândalo do Peixe, HASUDHUASD. Sério, apoiada, devemos lutar pelos direitos da ficha.

- Isso é uma indireta, HUDAS (?)

- Yeah, direta, esquerda, certa, como você preferir. E aí, vamos pescar? – perguntou o Anônimo que sabe meu nome dando a vara de pescar pra gente. Acho que vou mijar itros :8

Concentre-se Marlene. Peixinho amarelo, não azul, não verde, AH, já sei, o brasileiro *o*
Isso, venha peixinho, eu te amo <3 ASDHIDASHIAS, venha dançar salsa okok. AEAEEAEAEEAEEAEAE, peguei o peixão. Eu posso ganhar uma medalha, depois de 2:30 hrs na festa eu consigo o peixe que eu queria.

- Nossa! Humilhante. – Menino, nem te conto. Eu quero meu prêmio, eu mereço, cofcof :9

- Número um, AMOEBA ou chaveiro? – venha querida e amada AMOEBA :D

- AMOEBAAAAAAAAAA *-*

- Tá eu e a Dorcas desistimos da aventura de pesca de farofa no mar.

- HUIASDHIS, obrigado, iria me sentir humilhado e pisado feito um elefante dormindo. Sua opinião faz a diferença *o*

- HUDASHDISH, a AMOEBA é sua. – Falei eu muito educada e sorridente, mas com a intenção de REALMENTE ficar com a AMOEBA. Eu amo ela, uma vez eu e as meninas fizemos guerra disso na Igreja, e ai caiu no chão melou tudo, inclusive os cabelos. O meu demorou um mês pra sair.

- Não, sério, você merecem depois de tanta luta pelos seus sonhos. –Deboche de mim, sabia que era armação do Mução, tava muito bom pra ser verdade. – Sério. Ér, prazer Marlene, Sirius.

Sirius (?) Tipo, esse nome me é familiar. Não, não é da minha família animal. Reflita. Ow, é o menino do nome sexy amigo do meu irmão. AEAE, se for ele eu me morro aqui x-x

- Ãhn, você conhece um menino chamado Duda?

- Ah, você conhece? –Odeio quando me respondem com a minha pergunta, ele é MINHA idéia falou? Vou tentar ferrar meu irmão, se ele conhecer eu fico sabendo todas as podridões dele hoje.

- Ele é meu irmão, para minha tristeza...

- Ér, não. – Tipo porque ele olhou pra cima? Isso ainda vai dar pano pra manga. Quantos Sirius existem no mundo (?) Reflita X: - Ah, preciso ir. A gente se vê.

Não vai. Cara o encontro da Dorcas foi melhor que o meu, isso não vale. Estou desnutrida. Nada a ver, quando a gente fica nervosa, fica desnutrida, sim eu aprendi ontem quem 800.000.000 de pessoa são desnutridas, sendo a maioria crianças. Cara, isso devia mudar, mesmo. Mas voltando ao assunto Sirius-não-Sirius, se ele ao admitir eu falo com meu irmão :8

- Então né, muito obrigada e desculpa a licença não dada, HUASIHD.

- A propósito, eu sou a Lílian e tenho cabelo laranja e essa é a Dorcas.

- Prazer, a gente se esbarra.

Meu Deus, cheguei a uma conclusão. Meu tipo se chama Sirius.


<>Image Hosted by ImageShack.us


Narrado por: Lílian Evans
Humor: sai de perto que eu explodo.
Pensando em: maldito, maldito :*


Qualé? Por que os homens existem? Sabem, as mulheres dão muito mais duro que eles, são obrigadas a ter um filho, fazem o maior esforço, trabalham 4 horas a mais que eles, ganham MENOS, detalhe, e tem TPM. Tipo assim, homens são hots, e sim eu amo eles, mas eles me deixam fula da vida. Agora você se pergunta ... ‘Por que toda essa raiva nesse lindo coração doce e laranja, Lílian?’ Tipo, será pelo fato que eu não catei ninguém? Ou, sei lá, o último namorado meu se vendeu pra minha inimiga? Ignore esse fato, estou com inveja, morra x_x
Sim eu to com inveja sim boboca, morra again x_x Tá, parei se não ninguém mais vai ler, isso tá virando agressão moral e meu dinheiro não é batatinha quando nasce pra se esparramar, irmão. Então né, eu preciso achar alguém, sem ser o Tarado da Mãe Rica, sim é o ruivo do caixa.

Estou com estrias na bunda, isso repita comigo. Minha professora de ciências diz: ‘ Se apareceu uma estria em você, parabéns, ela é sua, é presente. Nunca mais sai’. Cara quem morreu fui eu Bedeu. Tipo com todas essas COISAS no mundo lá fora e não dá pra tirar estrias? Ferrar vai-se.
ME INSPIREI. Autora teve uma boa notícia e por isso vai me mandar fazer alguma coisa que preste (?) Estou voando, MY DREAM IS TO FLY :& Cadê a minhas fiéis cachorreiras Marlene e Dorcas? Ah, obrigada consciência, te amo fofete (L).

- Depois desse banho de cabelos negros e olhos azuis, tipo, a gente podia circular hein, tá calor sabe?

- Hypnotised, tipo quantos garotos do tipo Sirius existem no mundo? Isso é uniformidade. Preciso do MSN dele. – Marlene, morra. O que te faz pensar que um gostosão daquele vai querer alguma coisa com ralés feito a gente? Tá, me humilhei agora.

- O nome dele é Sirius, mas ele não é Sirius, alguém me explica? – Dorcas, se o menino não é Sirius ele não é Sirius.

- Tipo, vai ver ele tá querendo catar meninas com diferentes nomes. Pra Joana ele é o Sirius, pra Fulana ele é o Pedrão, pra Joaquina da Esquina ele é o Sirius-não-amigo-do-Duda. – Sim, eu sou um gênio, obrigada.

- Alguém me diz oque era aquele par de olhos azuis? Mergulhei, me afoguei e morri.

- Tipo, eram photoshop, agora por favor, já que a gente já pescou e levamos uma cantada de bola, - Isso quer dizer que eu tô gorda? Não gostei :* - a gente pode ir no Bingo?

- NÃO! – Dorcas, não me bate pequerruxa. Tipo, a Dorcas tem trauma de bingo. A única vez que ele conseguiu ganhar, ou seja no Bingo da Festa Junina da escola ela caiu no meio do corredor, de tanta êxtase que ela entrou. Eu fiquei com dor de barriga aquele dia.Eu queria rir, mas eu não podia, sabe como é: amigo na saúde e na doença, no tombaço e alergia. É alergia mesmo. Depois disso eu nunca mais seguro risada, fica dica :G

- Por favor gente! Tipo, eu pago pra vocês – Mentira X: Eu não to gostando disso sabe? Eu tô ficando muito mentirosa, vai ver é por isso que meu nariz tá tomando proporções inusitadas. OLHA! Rasguei o verbo agora.

- Sei, Dorquinhas fofete ajuda a sua amiga a virar uma galizionária. Tipo, depois a gente pode roubar tudo dela e deixar ela falida feito frango no Natal.

- É peru – Bom, pelo menos eu como peru no Natal, mas eu acho seco então eu tomo 500 ml de suco a cada mordida na coxa do peru. Pensa, peru tem coxa? Tá legal eu não sei cozinhar. Não sou prendada e nem presilha.

- Eu tô com fome. Eu vou morrer de desnutrição aguda. Me enterrem no parque do Ibirapuera, no Brasil, assim todo cachorro que tiver lá pode fazer suas necessidades em mim.- Uma vez minha amiga que eu conheci pelo computador, tipo não me pergunte como, me falo que tinha pisado na merda do cachorro nesse parque. Aí você pensa, que assunto mais fedido é esse? Meus papo não são tão produtivos assim, eu não yenho Q.I aguçado, ele deu 35 no último teste, ou seja retardado.

- Não vou mais no bingo, perdi a vontade. – Eu amo fazer doce. – Nunca mas falem comigo, suas sugadoras de vontades bingísticas.- Tipo, eu AMO bingo porque eu sempre saio com alguma coisa. Uma vez eu sai com 7 prêmios, dentre eles uma torta holandesa, delícia :& Ah, e ainda fiz o favor de ganhar pra Dorcas. Mas assim, assado, cozido, eu não sou aquele pessoal que tem bingo clandestino, não eu sou descente, em matéria de bingo, quanto a outras coisas, não confie nessa minha garantia paraguaia. *o*

- Graças. Deus te amo.

- Dorcas, que tipo de amiga é você? A Lílian é tipo de uma grávida, se ela quer doce a gente dá doce, se ela quer cocô a gente dá cocô. – Marlene, muito obrigada apela parte que me chama de aterro sanitário e pracinha de meio de rua amplamente, pra cachorro cagar.

- Mimada, eu só peço sorvete. Aquele lá, americano que eu esqueci o nome. Schagneir, alguma coisa assim. –‘

- Tá legal, depois de ser chamada de patricinha na fazenda que tem dinheiro porque pisa na merda do cachorro, eu aceito, again, ir ao Bingo, porque eu sou uma pessoa que não guarda ressentimentos. Tirando a parte do Danc.

- Tipo, você precisa esquecer isso, você eram amigos no jardim de infância. Acharei alguém pra você beijar, fica dica. Cadê meu irmão? – Dan, o Danc. Elaiá. Tipo, é difícil esquecer que seu ex-namorado que você amava te trocou por sua ‘ amiga inimiga’ que você odiava. Afinal, o que ela tem que eu não tenho? Um cabelo castanho, chupa essa manga.

- Pêra aí, seu irmão é ‘pegável’, mas eu não tô a fim de ficar com ele, ele é da Emmy, se eu beijar ele, ela me mata, que nem o tipo Serial Killer – O Retorno da Múmia Fedida.- Beleza, isso não existe, mas finjamos, a criança aqui tem mentalidade fértil.

- Isso mesmo Marlene, o que é isso? Que amiga é você, again. O Duda é da Emmy, por mais que ela seja loira e a Lílian ruiva, ela não é boba, a Lílian é distraída.

- Isso me humilhem. Eu vou partir e aí vocês sentiram minha falta, obrigada.

- Duas, por acaso o Duda tem cara de Dougie Poynter? Tem, tá. Desculpa, esqueci que meu irmão é cover pôser. Então, como eu quase não sou interesseira eu tô tentando achar meu querido irmão pra pegar dinheiro. – Eu vou fazer uma coisa. Sabe é um momento de loucura, mas como hoje eu acordei de bem com a vida. Eu não sou pão-dura, mas é o seguinte: falta dinheiro.Vou virar assaltante favelada, sem preconceitos, que vai vender bala no farol.

- Eu pago. E não me olhem com cara de quem está vendo a Tartaruga Ninja em ação. Eu sou uma pessoa muito caridosa.

- Chuva, vai chover. Um milagre aconteceu. A Lílian abriu suas economias. Tipo, não que você seja pão-dura mas nós somos pobres e isso dificulta as coisas. *o*

- Estou preparada pra perder, só que sabe iria ajudar se a gente se mexesse. A gente tá parada há 1 hora aqui, criei raízes, sou uma samambaia. Tam não sou a panicat. u.u’

- Morra de inveja. – Tipo, da onde saiu tanta bunda daquela mulher e tanto peito? Se alguém enfiar a cara lá sai toda deformada. Sem preconceitos com quem tem o ‘seu’ a mais.

Ah cara, tô com dor nas pernas. Sim, eu sou muito sedentária. Nossa, estou me sentindo na época das cavernas, daquele tipo: nômade. u sou NERD em história, tenho 7 pontos a mais, ou seja tirei 0 passei, fica dica :G Isso me lembra a maldita prova que eu não estudei lhufas. Marcel, não me deixe ficar de recuperação que eu prometo que nunca mais olho pra sua bunda, falei. Sim, eu já disse, ele é hot, sinto muito. Então né...

- UUUUI! – tá ignorem esse ‘ui’. O problema é que não dá pra ignorar, é meio que óbvio que eu dei um gemido estranho num meio público. Abstrai :*

- Pelo amor de Deus Líbis, a gente tá em um local público, deixa pra dar esse tipo de gemid0o entre quatro paredes, a gente entende que tipo, é meio que impossível evitar, mas ninguém aqui sabe nada de você e podem tirar conclusões meio que ...

- Vibro! Vocês querem que eu faça o que? - de celular. Tipo meu celular é meio completamente velho, e como nem toque cantado ele tem eu ponho ele no vibracal. Deixa de ser pervertido. Isso não faz bem, eu sou uma moça ingênua que não leva nada pro lado da malícia :G Sei Lílian, sua santa da Parecida desaparecida, fica dica. Então, eu ODEIO quando ele vibra. Ele fica no cós da minha calça, então quando ele vibra UUUUI, again, ele me dá tipo de coceira na bunda (?). É meio que um formigamento, experimente. Tá agora chega dessa coisa que eu sei que vocês estão se morrendo pra saber quem é que me ligou.

- Ah não! – puta merda viu? Eu não tenho o direito de ser mais feliz não? Eu atirei pedra no mendigo que fica na porta da Igreja por acaso? NÃO! Pelo contrário, eu sempre dou dinheiro pra ele, por mais que ele beba com o dinheiro que eu dou, mas tudo bem eu supero x-x
É o Dan. Eu odeio falar com ele. Ele me deixa sem ter o que falar. Não eu sou depressiva e muito menos gosto dele, entendeu? Eu fui curta, grossa & clara, morra.
- É o Dan gente.

- Ah não [2]! Cara eu não acredito que você vai atender. Esse menino devia te esquecer sabia?

- Sabia, só qu as coisas não são assim, Eu não tenho um super poder igual das Meninas Super Poderosas que faz você desaparecer, e além de tudo eu sou inesquecível. – mijei aqui. Quase não me achei agora. Tipo assim: eu posso². Eu sei que você me ama, Gossip Girl xxx.. Tá me empolguei. Vamos fazer uma aposta, quem acertar o que eu vou fazer ganha uma esponja de tomar banho.

1.O que você acha que Lílian Evans irá fazer?
a) Deixar o celular vibrando pra ela ficar com cócegas na bunda.
b) Atender e desligar na cara do viado.
c) Atender e ver o que o infeliz quer com uma voz super sexy.


Quem respondeu a letra C acertou honey. Tipo, morra se você errou. E se você acertou morra, again. Eu não ia te pagar mesmo, ficadica :& Vamos lá Lílian faça sua voz mais sexy e bote pra quebrar.

- Alô?
- Ãhn, Lílian? – não a Joana Banana idiota. Se você ligou no meu celular sou eu, realiza por favor.

- Yeah, quem é? – finjamos que eu não tenho ele na minha lista de telefone e eu não sei quem é. Eu simplesmente amo em fazer boba na cara das pessoa, não que eu seja boba, mas eu tenho um pro assunto.

- É o Dan. Tudo bom? Eu liguei no seu celular zilhões de vezes e você não atendeu.
– Nossa, o menino tá realmente desesperado. Pelo amor de Deus, nem o tudo bom ele deixou eu responder, que má educação. Gente, esse mundo está perdido. Tipo assim, ele podia ter deixado eu falar tudo jóia e você? Como tá a sua mãe? Você vai se ferrar na prova do Marcel, ou então, seu papagaio já morreu de raiva. Tá, parei, to começando a falar merda. E a propósito só pra sentir, quer dizer, lembrar, isso aqui não vibrou mais que 2 vezes não, eu ainda tenho cinco sentidos gata.

- É que eu tô numa festa aí não deu pra ‘sentir’ muita coisa, HSDUIA.

- Ah, será que a gente podia conversar? –
porque ALGUÉM sempre corta meu barato? Eu não saio daqui nem arrastada. Tipo, eu preciso pensar, eu não sei mais o que eu faço. Se eu saio daqui eu perco minha chance de ficar galizionária e as meninas ficam fulas da vida comigo. Por mais que o Dan tenha sido ou seja meu amigo e ex-namorado ele tem a vida dele agora e não dá mais a mínima pra mim. Sinto muito.

- Agora não dá Dan, sinto muito. Mas se você quiser conversar amanhã, tudo bem (Y).O que aconteceu?

- Carly.
– Qualé? Ele me chama pra conversar sobre a namorada dele que ele sabe que eu não suporto? Eu por acaso tenho cara de quem veio pro mundo pra levar patada? Fiquei fula.

- Tá, ‘manhã a gente se vê. Bejos.

Desliguei.
Isso mesmo que você ouviu, Desliguei na cara do safado, Então quer dizer que enquanto eu dou um duro danado ele fica ‘coxando fronha? Me empolguei. Eu posso fazer uma música com a minha história, maneirinho *-* Tipo, quem escreve bem é a Lene. Sério, ela sempre tira 10 em literatura. E a tonha aqui se ferra. Morra de inveja Lílian. ISSO CONTINUEM! Você ainda não viram uma cenoura vermelha estourar e fazer explodir grãos de arroz pelo mundo a fora. Botei moral nénão?

- O que o panaca queria? Com todo respeito Deus protetor dos panacas. – Lene, suas palavras de consolo me emocionam. Quebrei o pau aqui. Vou virar uma revoltada e nunca mais voltarei pra casa e aí vou virar uma mendiga e vapo ... morri x_x Credo, murdered [2], again.

- Carly. Alguém me diz se eu tenho cara de idiota? – Tá legal, estão me olhando com cara de: Você está demitido idiota, Roberto Justus topetão. - Porque ele não pedir consolo no colo da Sam? Parece que aquele idiota sabe acabar com toda a minha integridade de antice e macaquice mais que minha irmão quando rouba meu DVD do McFly. Eu não sei o que fazer. Quando ele pede pra conversar comigo eu tenho vontade de ir, mas sempre que eu vou ele vira o muro de Berlim amarrotado e eu me ferro, sempre.

- Por isso que os homens não prestam. Aprende uma coisa: quando uma mulher quer conquistar é só ela estralar dois dedos, agora gatinha pra dar um pé na bunda de um idiota feito ele é só estralar um dedo. – Dorcas, suas teorias me surpreendem. Gente, desmaiei aqui :X é impressão minha ou a Dorcas realmente falou uma verdade. Vocês lembram do meu desabafo não? EU ODEIO OS HOMENS. Tá, eu não odeio.Odeio.Não odeio. AH QUE SEJA PORRA! Estressei.

- Dorcas, morri aqui. Pra sempre eu vou me lembrar disso, however. Seja psicóloga, eu juro que faço o teste do peixinho com você. – Lene, de novo, tirou as palavras da minha boca, prazer. Pra quem não sabe esse teste é quando a Maria, não caso a médica pergunta pro João o que ele pensa quando ela fala peixe. Não eu nunca fui num psicólogo, mas eu sou muito culta, principalmente na parte revistas teens. Elas não sabem nada da gente.

- Nada melhor do curar a ressaca com outra ressaca, obrigada. Vamos ao bingo torrar LITROS de dinheiro. Eu preciso tirar essas merdas da minha cabeça. A propósito, eu amo vocês, obrigada again. – sim, se eu tivesse saído aqui eu estaria me sentindo um bueiro aberto a exposição de cocos. Cismei com merda hoje. Amigas com elas, pior sem elas.

- Bejos te amo, vamos pra niggt. *: - By Marlene McKinnon, copiou, morre indíviduo.

- Não saio daqui sem ter torrado cada centavo, ficarei miserável mas eu te amo, prazer. Isto ficou muito parte da missa. – Tudo se copia nada se transforma. Isso, acabei de criar. Eu ainda serei uma gênia, ou seja, continue lendo e depois fale: Eu conheci ela, antes de eu virar um velinha gagá.

Muito mais vale o dia de hoje, com licença eu estou muito filósofa hoje, respeite meu gosto de Platão. Sério, hoje eu acordei com o pé esquerdo só pode ser, mas eu supero. Preciso torrar dinheiro. Sim, eu sou consumista. Eu adoro torrar dinheiro. Pra mim ele não passa de papel que voa na ventania, por isso devemos dar liberdade pra ele. Eu já contei que eu sou sortuda no bingo? Já Lílian :B Ah, então tá, desculpa aí.

Eu vou no Bingo porque é a única coisa dessas festas que você não tem que comprar ficha de um tarado. É só você pedir pra tia surda que passa com as fichas. Ela nunca ouve, e quando ouve cobra errado, por isso eu amo bingo. Credo, eu estou realmente ruim hoje. Vou vomitar, argh.

- Beleza. Eu amo Bingo cheio. É mais concorrido. Perigoso é divertido, Strike.

- Poser maldita, te odeio Lílian. – Credo, a Marlente também está agressiva. Eu estou achando que o mundo hoje resolveu acordar do lado errado.

- Eu quero sentar. Meus joelhos estão com calos e calos dão rugas, por isso nossos dedos são enrugados. – Dorcas é cultura, por isso eu me orgulho de ser amiga dela. Ela é rara, ou seja, só existe uma Dorcas no mundo: a DORCAS. Mesa, mesa, mesa. Achei uma mesa. MILAGRE. É raro eu ter esse tipo de sorte. Quer dizer eu teria esse tipo de sorte se não fosse uma velha idiota sentar lá nesse EXATO momento. Desculpe, idosa. Cadê a minha educação? Afoguemos ela no Rio Tamisa.

- Eu odeio lugar cheio, eu merecia cadeiras V.I.P.S porque eu sou muito importante. – toda vez que eu vou traduzir V.I.P e acabo falando ‘ very impotente person’. Não, eu não sou maliciosa.

- Brisa Lílian, brisa. – repito, alguém SEMPRE corta meu barato, não é mesmo MARLENE?

- Olha ali, tem uma MESA.

Cômico. É isso. É isso que traduz a nossa travessia pelo salão do Bingo. Imagine velhos, idosos, crianças, gatinhos, padres, frades e todo o pessoal da Igreja vendo 3 meninas com cara de tamanduá africano que saem correndo em câmera lenta. IGUALZINHO vídeo cassetadas. Eu com certeza vou mandar isso pra me render dinheiro, mas antes disso eu vou acabar com a raça de uma pessoa, que no caso tem lindos olhos castanhos da mesma cor do cabeço lisinho e um olhar que te morre antes de mesmo de você dizer gato. (H) Mas assim, qualé? Ele puxou a cadeira e fez a Lene cair de bunda. Tadinha, me mata. x-x

- Nossa, será que sua mãe te ensinou que as damas vem primeiro? – Beleza, você é muito gostoso e tem um corpo sarado, mas isso não significa que você tenha que deixar todos caírem no chão pra ficar com a bunda amassada.

- Um cadeira não é suficiente pra sua bunda não? – disse a Dorcas enquanto ajudava a Lene levantar do chão. A Marlene vai rodar a baiana.

- Muito OBRIGADA por me fazer quebrar o cóccix, imbecil.

- Ah, pêra aí, eu já tinha chego primeiro e eu nem vi que ela ia sentar, eu tava de costas.

- Pois é, prestasse mais atenção. Eu acho que esse seu lindo par de olhos precisa de pelo menos 7 graus. Vê se olha por onde anda quem sabe assim você poupa a bunda de muita gente. – Estou fula, não me incomode.

- Desculpa aí senhora eu-tenho-bunda-e-não-me-incomode. Podem ficar com a mesa, Eu já tô indo, e desculpa aí. – Grosso, idiota, pervertido, animal, gostoso. Opa, opa, opa. Eu odeio menino que se acha. Mas pêra aí ... ele tá se achando (?)

Gente, o que é isso? Tipo assim, primeiro ele esculacha com a gente, ou não (?) Estou confusa, again. É impressão minha ou ele falou que eu tenho bunda? Gente, eu amo ele, ficadica :* Não, tipo assim, ele pediu desculpas e é gato. Tá, beleza. Estou me sentindo no BBB, tá todo mundo me olhando. Eu odeio isso. Minha cara fica vermelha e aí contrasta com o meu cabelo e eu fico uma cor só e ninguém me distingue, e morri x_x

- Depois desse furdûncio a gente pode sentar, creio eu não?

- Eu preciso sentar. Podiam reformar essa Igreja. O chão dela parece um taboa de concreto que cai na sua cabeça e abaixa todo seu corpo, igual em desenho animado, Pica-Pau.

- TIA! Ô TIA! – Isso mesmo, eu já avisei que tinha que gritar. Ela é surda, sério, eu vou pagar uma consulta pro médico que cuida da orelha que eu não sei o nome. Estou me achando ultimamente. Eu tô ACHANDO que tenho muito dinheiro sabe?

ATENDE! ATENDE O CELULAAAAAR!. Ignorem, é a chamativa da Marlene com seu super-celular. Isso mesmo, ela pode eu não, morra Lílian.

- ÃHN? DA ONDE? DA ONDE VEM ESSA MÚSICA? – Posso morrer aqui? Tipo , eu sei que você me ama, mas a tia surda da Igreja pobre não consegue saber da onde vem o Bob Esponja. Ela tá olhando pro teto. Ai cara me mata.

- Que música tia? Vem aqui pra você contar o que tá acontecendo. – Palmas. Me fale, eu sou realmente uma gênia? Olha a Lílian, tá podendo. Eu sou o máximo, meus planos são os melhores.

- A música. – Ela tá me olhando com cara de: Sexto Sentido, o retorno dos Mortos-Vivos. Gente, ela tá me botando medo. Tá vendo Lílian idiota, fica fazendo a brincadeira do copo com a Loira Burra e dá nisso, pessoas surdas vem atormentar sua ampla visão de 4 graus de miopia.
Enquanto isso minha querida amiga discute no telefone.

- Mas pêra aí, eu não pedi pizza mãe. Primeiro, eu não tenho dinheiro. Segundo, eu sou uma ...

O resto você nunca saberão porque eu sou realmente má.

- Ér, tia ... – olha o crachá anta. – Emersolina – não, tô me contendo, eu preciso dar risada. Gente, que nome é esse? Me lembra Maria Gasolina. – Então, não tem música nenhuma. Eu acho que você está escutando demais. ‘Cê pode me ver 3 fichas?

- Quanto dá? – Como assim, quanto dá? Eu faço essa pergunta. Vamos Lílian force seu nerônio, se 1 cartela do Bingo da Igreja são R$1,50, quanto são 3 cartelas? Isso me lembra aquelas problemas de 1ª série. Se a coelha Fifi comeu 7 cenouras de 10 cenouras, quantas sobraram? - Hum, são 4,50. Ah, me vê logo quatro cartelas assim ficam 6 reais certo, não quero moedas, obrigada.

- ÓTIMO! Minha mãe acha que eu pedi 2 pizzas de agrião com vagem e de milho com rúcula! Eu tenho cara de vegetal?

- Você não tem cara, mas você vegeta. – Nossa, orças que simpática. Quero morrer sua amiga.

- Obrigada, sua opinião me consola. É o seguinte, ou eu volto pra casa em 30 minutos ou eu nem preciso voltar. – Qué isso? A mãe da Lene JÁ expulsou ela de casa? Ela nem se drogou. Brincadeira, nunca façam isso, nem mesmo com nargini¹. Aquilo lá é um... lixo. Aprendam. – Tá, não é assim, mas é parecido.

- Beleza. A gente joga em 9 minutos, pega o prêmio em 3 minutos, sai do salão em 5 minutos e chega na sua casa faltando 3 minutos pra você ser expulsa.

- Onde entra a sua recuperação em Matemática se você sabe fazer essas contas em menos de 1 minuto?

- Seguinte, isso me interessa. Pitágoras que se exploda.

Boa noite! Todos já estão com a ficha? Ótimo, vamos começar mais uma partida. O primeiro prêmio é em dinheiro, no valor de R$100,00. Isso me interessa $.$ E o segundo, é uma cesta de banho. Quem ganhar por favor grite BINGO e se dirija à frente.

12, 29,56,72,91. São esses os queridinhos da Lílian, yeah. Isso mesmo, me façam ganhar cenzão que vocês ganham comissão. Mentira. Ignore minha maldita boca.

O primeiro número é o número ... SEIS. Isso mesmo, seis.

Obrigada comecei mal. Enquanto isso, no lustre do castelo a fadinha Dorcas marca seu primeiro número com a maior má vontade do mundo. Eu quero o número 12. Por que não podia ser o dobro? Vou me benzer.

E o segundo número é ...24. Isso mesmo, 24.

Isso vem de quatro. OPA, OPA, OPA. Abafa, tipo eu estou ficando nervosa. Eu preciso ganhar. Nossa, como eu sou possessiva.

E o novo número é 12. Douze. [N/A: dê um close no doze do Sílvio Santos, ficadica :G] E o outro é 72. Sete e dois, vamos lá. Relembrando os prêmios...

Blábláblá. Estou ganhando e você não, eu sou rica você não, eu posso você não. Tá bom, parei X: Dois risquinhos na horizontal, beleza Creuza.

Número 29. Vinte e nove. E vamos lá pra mais um número:32.

BINGOOOOOOOOOOO!
Maldito, te odeio, odeio, odeio. Se fuder, vai. Por causa disso eu não ganho 100 reais, sabe eu passo fome e você? Não! É um gordo obeso. Sem preconceitos.

- Desculpa, eu tava bricando. - criança, me diga, o quê VOCÊ, tão pura e inocente faz num ambiente deste?

Ãhn, continuando então... número 91. Vamos lá.

Oh my God *-* Tipo, só falta o G 56, por favor, me torne rica. Eu te amo morzão. Cadê as meninas? Ah Yeah. Gente, qué isso. Pela primeira vez na vida a cartela da Dorcas está com meio mundo completo.

E o número é ... 56. Cinqüenta e...

BINGOOOOOOOOOO!

AH NÃO! Quem é o miserável, pobretão que resolveu pegar o meu salário mínimo? Ah cara, vai ter que tirar na bolinha. Odeio a bolinha. Bolinha maldita. ME MATA CRISTO! ME MATA CRISTO²! Sabe quem é o pobretão miserável? O amassador de bunda. O que eu fiz pra merecer um cara gostoso dele? Sem comentários.

- Pêra aí que quem falou primeiro fui eu. – Grosso, mal educado, imbecil e tudo que há de pasmático.

- Primeiro as damas seu amassador de bunda. Eu não me conformo como você pode ser tão ignorante e patético. – tá peguei pesado, nem sei o nome do menino. Vamos, me apóiem AGORA!

- Eu? Você que logo por qualquer coisa já vem gritando feito histérica. – Eu não sou histérica, só tenho as cordas vocais um pouco aguçadas além da conta.

- Isso não questiona o fato de você tirar cadeira pros outros caírem de bunda sabia? Obrigada. – CADÊ AS MENINAS? Tipo, quando eu preciso delas elas estão ... olhando pro teto? PRO TETO?.

Hãn- Hãn, pelo que eu estou vendo está havendo um pequeno desentendimento entre os dois vencedores. Com licença. . .

- SHIU!

- Vamos fazer um negócio - disse ele tirando a blusa de moletom branca que ele estava. OPAAAAAAAAAAAAAAA! Se for esse acordo que eu estou pensando eu aceito agora. Obrigada. O que é isso? Ele tá sacudindo (?) o moletom. Isso é por acaso uma dança do índio? – PAZ! Vamos começar do zero, você não fica bonita nervosa. – Que tipo de menino diz isso e pede paz? O .. - James, prazer. – Isso, o James. – A gente divide o prêmio, fica cinquentão pra cada um $.$

Vamos Lílian, depois de acabar com a raça do menino e xingar ele de todos os nomes desconhecidos, tipo macaco hipócrita desgovernado e mal-educado ele divide o prêmio com você; Estou me sentindo na propaganda do Clube Social. Aquela lá que tem a ruiva no caso ‘eu’ que pede o clube social e o menino pensa litros de coisas ruins dela e depois dá a bolacha. Pois bem, acrescente uma barbicha e uma coisa no meio das minhas pernas. :B

- Ãhn, tá. Prazer, Lílian. Bonitos olhos. – O QUE É ISSO? Da onde eu tirei esse bonitos olhos? Me mata. Com tanta coisa pra falar e eu falo, ‘bonitos olhos’. Estou me sentindo uma teletubies enlatada. Tipo, lê tá me deixando sem fala e isso não é bom.

- Bonito cabelo. – ISSO É ZUAÇÃO? Não gostei. – Combina com você. – falou ele sorrindo e colocando o dinheiro na minha mão. Que sorriso foi aquele? Que mãos são essas? Que músculos são esses? Me derreti aqui e agora. Você que acabou chegar é o seguinte, até eu estou confusa: o menino que deixou minha amiga cair de bunda é super cavalheiro e gostoso e resolveu proclamar paz entre a gente cantando meu cabelo e tá me deixando com a perna bamba e sem resposta.’ Não perca no Faustão O CASO DA CENOURA MUDA.

- Ah, obrigada again. – Que dentes brancos são esse? Colgate Tripla Ação *-*

- A gente se fala. Prometo que não quebro o cóccix de mais ninguém. – Como assim se fala? Eu nem tenho seu MSN gato -–‘ Ah ferrar-se vai. Que seja.

- HDAUSHS, obrigada por se preocupar com as bundas. – A que nível eu cheguei. Me mate x-x
Tarde demais. Ele já foi. MEU James foi embora com seus 3 amigos que eu não sei quem é, mas são hots também.

ULALÁ. Se todos os homens do mundo forem igual à ele eu acho que acabei de mudar de opinião. Afinal, desde quando um cara põe todo o prêmio na sua mão com o MSN dele junto, cheirando o perfume da Cristhian Lacroix?


Image Hosted by ImageShack.us


Narrado por: Emmeline Vance
Humor: acabei de acordar, não enche a_a
Pensando em: odeio barulho de descarga


Obrigada Deus. Obrigada pelo quentinho da minha cama, do cheirinho do meu edredom, muito obrigado Sol de toda manhã, muito obrigada Dougie Poynter por me proporcionar sonhos eróticos ... OPA! Você NÃO ouviu isso, obrigada. Então voltando a minha sessão de ‘ eu sou feliz e minha felicidade me faz mais feliz ainda’: obrigada querido primo que jogou água na minha cara e deu a porra da descarga. EU ODEIO DESCARGA DE MANHÃ. Elas cegam meus ouvidos. Meu irmão me paga, já pensou se essa água que ele jogou é da PRIVADA? Preciso de um banho, bejos.

- VIADO! AFOGA ESSA SUA CABEÇA DE BODE CHIFRUDO NO SEU ...

- EMMELINNE! Seu primo tem só 6 anos, limpa a sua boca.

- Com seis anos eu não espirrava água da privada nos outros quando acordava. – querida mamãe, estou prestes a cometer um suicídio aqui, melhor eu vou cometer. Eu odeio acordar cedo pra começar, pra intermediar eu odeio acordar cedo quando tem prova, e pra acabar eu odeio acordar com barulho de descarga. É tão encocozado (?) - Te pego na saída priminho . Ou melhor o SAGÜI te pega.

Sim, o Retorno do Sagüi, obrigada. Eu sou muito persuasiva sabe? Meu primo acabou de sair aqui aos tropeços, eu amo assustar criancinhas.

Quando eu tiver filhos quero que eles venham ao mundo como gatos. Eu amo gatos. Todos os tipos, tanto os animais tanto os seres- humanos (H). Então, eu amo pasta de dente Tanddy. Eu comia pasta de dente Tanddy quando era pequena, porque agora eu sou alta, obrigada :*

Ah como eu amo você chuveiro, água quente, morna, FRIA! QUEM FOI O IDIOTA QUE ABRIU A TORNEIRA COMIGO TOMANDO BANHO? Tipo, aqui em casa a gente é meio pobre sabe? Aí quando abre a torneira da cozinha a água do chuveiro vira o iceberg do Titanic e explode nosso cérebro. Vai ver é por isso que eu perco neurônios e fico mais burra depois do banho. Eu mato quem fez isso.

Ouço vozes. Ouço vozes. OH MY FUCK GOD!. Não repita isso, mas espera um minuto gente. MCFLY INVADIU MINHA CASA! Ou eu muito me engano ou eu estou ouvindo eles no meu quarto cantando Star Girl *-* Deus, eu sabia que você não esqueceria de mim. CADÊ MEU ROUPÃO (?) E hoje que eu pensei que não seria meu dia.

QUE CENA É ESSA? Barbacena. Que bela barba, que bela cena, frases de tia Lilica. Cara, eu sabia que hoje não seria meu dia. Mas eu estou quase me mijando aqui. Meu primo, sim aquele pentelho que rasgou me trabalho e não deixa eu ter meu primo pegável só pra mim está vestido com MEU sapato alto, o MEU melhor vestido preto, uma escova de cabelo que por sinal é MINHA, dançando e cantando encima da MINHA cama e fingindo tocar guitarra se achado o Tom Fletcher. Eu preciso de uma máquina.

- HASDUIHDUIASHDASUIASD, eu sabia que um dia você admitiria ser gay e iria gamar em McFly. Eu só não sabia que isso iria acontecer antes de você sair das fraldas e deixar de feder baba de chupeta.

Meu primo tá me olhando com cara de panaca. Você estão se perguntando porque ele está na MINHA casa não? Então ele dormiu aqui. Não, eu não molestei ele, é que ele fuma uns baseados e ai ele capotou e ficou aqui em casa.

- Cadê seu perfume da Cristhian Dior? – O que é isso? Ele quer meu perfume da CD? Morri. Ele acha que essa coisa custa quanto? Sabe, eu ganhei ele do meu ex-ex-ex-ex namorado. Eu tive muitos sabe. Me achei, bejos.

- Você já vai beber a essa hora? Vaza daqui encosto de bunda, preciso me arrumar.

- Nunca mais eu deixo você jogar Guita Hero. – Viado. Eu amo Guita Hero. [N/A: eu não sei escrever isso, obg :*]

- Uma palavra: SAGÜI!

- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH! – AEAEAEA, o cagãozinho saiu correndo. Gente, eu amo ser mais velha. Bati a porta, eu amo bater a porta, faz um barulho tão sonoro *-*

Beleza, são 6:30 da manhã eu tenho que estar no colégio às 7:00 pra entrar as 7:10, pra dar tempo de fofocar. Preciso de carona, dãr. A Lene passa, aqui. Não, não passa. PASSA! Passa ela e o irmão gato dela. OKEY, VOCÊ NÃO LEU ISSO. Que catso de roupa eu ponho? É isso, calça jeans e blusa amarela e tênis prateado do supermercado. I know you love me, Gossip Girl. Não estou a Miss Brasil mas estou a Miss Horrenda. Cara, é escola. Escola, é escola SÉRIO?

- Bom dia mãe! Bom dia flor do dia! Bom dia pai.

- Bom dia, você tá atrasada Emmy.

- Também te amo. Garoto estrume, tem mel no seu nariz. A Lene vai passar aqui daqui a pouco com o Duda, vou pegar carona com eles.

- Ah sei, o DUDA, Henrique.- EU NÃO POSO MAIS FALAR DUDA? Sabe, minha mãe achaque eu gosto dele, mas eu não gosto. Só pra avisar, meu pai se chama Henrique e minha mãe Evie. Não, ela não é do mal.

DINDON (8). Isso é uma campainha, desculpa a pobreza de espírito, mas eu tenho alma pobre.
Cadê a porta (?) Tarde demais, o garoto estrume foi atender. Eu odeio ele. EU JÁ DISSE ISSO? Beleza, o porco continua com o mel no nariz. Deus, eu sou a única sã nessa família?

- Oi gostosa, quer lamber meu nariz? Oi cara, você é namorado da Emmy (?) – MEUDEUS! É impressão minha ou o pentelho acabou de chamar minha amiga Marlene de gostosa com uma cara de ‘ venha quente que eu estou fervendo’ e cumprimentou o Duda que nem o mano brow da cidade Perdida, e pior, PERGUNTOU SE ELE É MEU NAMORADO (?).

- Ér, não ... talvez. – Como assim talvez?
- Some daqui, vai catar formiga vai.
- Não sabia que seu primo tinha retardamento. – Marlene, você não sabe de muita coisa, hoho.
- Realmente, pra andar com mel no nariz ele tem retardamento.

- É UM EXPERIÊNCIA PARA ATRAIR TAMANDUÁS.
- Ninguém te perguntou, ESTRUME!
- Eu preciso te contar uma coisa, aquela festa foi um arraso ontem. – Marlene safada! Eu sei que ela é, obg 
- É mesmo, a Marlene chegou bêbada e dopada, caiu na cama e vomitou a noite toda, resumindo: a cobra fumou.
- Isso animal, fala mais alto, grita pro papa ouvir. Eu só cai na cama, foi um pequeno desvio de pernas causado por muita ingestão de água oxigenada. Tem pessoas passando fome sabia? Bom dia Sr. e Sra.McKinnon. – meu pais são surdos, eu sempre quis dizer isso.
- Adoro quando você desvirtua o assunto, é tão Marlenástico.
- A criatividade é uma coisa quando se trata de vocês duas.

Preciso dizer uma coisa. O Duda está gostoso hoje. Só pra disfarçar, a Lene também.
Então, ele tá com uma bermuda que deixa metade da cueca dele de fora, que por sinal é redondinha, uma blusa branca e um tênis da Adidas. A Lene (?) Ah, a Lene tá com uma calça jeans, um blusa verde que tem uma coisa estranha escrita e um chinelo com meia.

- ‘Brigada, I know you love me xxx.
- Paga-pau, quem fala isso sou eu, sua pula-brejo. – Odeio a Marlene.
- Antes que as gatas comecem a gritar dá pra ir pro colégio? Não que eu faça questão, mas é que se eu não fizer a prova de Ciências que eu tenho hoje eu fico de recuperação e ...
- Já entendi, oi.

O carro da Lene é lindo. Eu sou pobre, obrigada. É uma limusine. Mentira, é um Punto, e adivinha? Tem cheiro de carro novo :D Eu amo cheiro de carro novo e você? :B
O caminha até a escola tá verde pra cacete. Eu vi isso em um filme sabia? Amei <3

O nome da nossa escola é High School Musical. Sabia que você ia cair, mentira X: É High Advance Alter. Tem aqueles armários? TEM! E é a gente que muda de sala e não os professores. Eu quase pirei lá. É gigante, dude. Pouco me acho bejos :*

No meio do caminho a Lene destravou a matraca e tá falando até agora, e agente tá ouvindo uma música que dá vontade de dormir no rádio do pai da Lene. Minha bunda está ficando quadrada e eu não posso ter bunda quadrada, é feia. Chegamos, eu vou parir aqui.

- EMY! – Tá legal, após eu enfiar minha bunda numa forma de bolo de chocolate e pêssego (?) eu recebo um abraço de elefante da Dorcas. Dorcas obesa, roca, assassina de rostos bonitos. – Você na sabe, a gente conheceu 3 gatos maravilhosos. Teve um que até pagou a Liy.

- Pera aí, eu ainda não cheguei ao ponto de me prostituir. Minha santidade ainda me consome.

- Ele pagou 100 reais por ela. O mercado está aberto.

- Se foi assim o Sirius-não-Sirius pagou 5 reais pela Marlene.

- Perai, foram 10 por todas nós.

- Essa história está tomando rumos eróticos. – Resumindo: a Lily vale mais que a Lene.

- Pêra ai! Marlene você tá se prostituindo? Sabe, eu sou seu irmão você pode contar comigo nessa fase. E quem é Sirius-não-Sirius (?)

- É o seguinte, o Sirius falou que não era Sirius e que não conhecia você, e a gente acha que conhece a você, e quanto ao fato de eu estar me prostituindo Duda, vai se fuder.

- Não, obrigado. Eu falo com ele hoje na saída, eles vão vir aqui. Continuem fingindo que eu não existo. Preciso ir pra aula. Tchau girls, tchau Emy.

- Tchau Duda. – ele falou tchau pra mim. Morra de inveja! Mas pêra aí, POR QUE morra de inveja (?)

- Tchau Emy – Falou a Dorcas com uma voz de cocô mole imitando o Duda.

- Dorcas, shut up seu projeto de vida desqualificado.

- Veja pelo lado bom Emy, você pode ser minha cunhada.

- Se cunhada fosse coisa boa não começava com . – Disse a Lily, muito geniamente, achando que acabou de virar a Fátima Bernardes.

- QUEM DISSE QUE EU VOU CASAR COM ELE?

BÉN (8). Isso é um sinal continuo com alma pobre. Odeio esse sinal mais que a descarga da minha casa. É o sinal da prisão de ventre. Tá, não rolou. Agora é prova. Eu sempre amei que a primeira aula de segunda fosse a do Marcel, mas sabe, estou morrendo aqui. Eu quase não estudei pra essa birosca. Eu tenho claustrofobia de prova, obg :*

- Eu odeio esse sinal, eu ainda tenho uma ataque suicida e jogo ele na parede.
- Só pra lembrar, Lene, ele fica na parede. – Lene burra. Até a Dorcas sabe que o sinal fica na parede.
- Ah, vamo logo. A gente ainda tem que pegar os livros no armário e a se a gente chega atrasada a gente não entra na aula. – Eu sou uma filósofa, admita (H) – O que mais aconteceu nessa festa, além do fato que vocês resolveram servir de trabalho braçal? – disse eu enquanto pegávamos o livro de Geografia e chegávamos na sala ocupando nossos lugares. É o seguinte, eu sento atrás da Lene, que senta do lado da Dorcas que senta na frente da Lily. Entendeu? Problema é seu, bejs :* Tá parei, se não ninguém mais vai ler.
- A gente conta na prova.
- COMO ASSIM? Ah tá, saquei. – É o seguinte, se contar, morre. A gente passa cola na prova conversa sobre os mais inusitados assuntos. A gente fala assim: ‘Professor, quebraram as pontas dos meus 3 lápis, posso pedir o apontador pra Dorcas?’ Aí ela manda a resposta do exercício 3 no apontador com mais algum FATO nele *-* Façam isso, dá certo, obrigada.

- Bom dia pessoal. Todo mundo acenando pra mim e limpando tudo que tem na mesa. -
Instantaneamente a Carly e suas fiéis cachorras apagaram o ninho de palavras que tem na mesa delas. – Peguem uma folha e passem pra trás, quem falar vai direto pra recuperação. – Uma gracinha ele não? Se ele não tivesse essa bunda eu tretava com ele. Estou com mania de falar gírias, djow.
- Boa sorte meninas. – disse a Carly com um sorrisinho ecológico. Mal sabe ela que o dente dela tem um alface pendurada.

Avaliação Mensal de Geografia
Faça uma redação escrevendo tudo que você sabe sobre a globalização e a situação dos países subdesenvolvidos das Américas atualmente.


Fudeu. Fudeu. Fudeu. Fudeu. Se eu escrever eu não sei nada ele aceita? É isso que eu sei, nada. Gente eu não acredito, eu achei que ia poder colar, mas não rolou. Cara, eu não acredito. Eu não sei nada. Só uma coisa: cerca de 800.000 crianças são desnutridas porque suas mães eram desnutridas antes de engravidar. Isso você já ouviu mais de 4823748237 vezes aqui. Então né gente, ME ACODE AQUI POR FAVOR? Bem que podia começar a pegar fogo na escola e suspenderem a prova. Beleza, tá todo mundo escrevendo e a Emy se fudendo. Bom, eu sei uma coisa: o Brasil é bonito. Escrevi. O lance aqui é encher lingüiça. Bom, Cuba é sócialight. Mentira, Cuba é SOCIALISTA, e Fidel tá doentinho e resolveu sair do comando. O resto dos países são pobres. A Argentina fala espanhol e o Brasil português. Eles eram colônias. É isso que eu sei, é bastante viu? Quantas linhas deram? CINCO LINHAS. Eu fiz uma redação de CINCO linhas.

Alguém me ajuda, já passaram 40 minutos e o que eu consegui escrever foram 9 linhas e meia. Cristo, me ajuda. Só tem eu e mais 2 nerds da sala que praticamente estão engolindo a prova de tanto que escreveram. Alguém troca de prova comigo? Não tem mais ninguém com a prova, morri x_x

- Srta. Emmeline, faltam 5 minutos pra acabar a aula, eu preciso recolher sua prova. – Já to ferrada mesmo, linhas menos linha, não faz diferença. – ‘ Os Estados Unidos dá dinheiro aos países mais pobres assim como o Duda faz com a Marlene . (?) – Gente, é disso que eu lembro nas provas, obrigada.
- É, a Marlene nunca te contou?
- Ei, você esqueceu de uma coisa Emy. Ele cobra juros. – Meu, Marlene você não me contou desse detalhe.
- Quando vocês vão tomar jeito garotas? – AEAEAAEA professor, também te amo ♥ Ele riu da minha cara? Brigada.

Quem sabe no dia em que a bendita descarga da minha casa parar de jorrar água na minha orelha às 6:02 da manhã (?).

Image Hosted by ImageShack.us


Narrado por: Dorcas Meadowes
Humor: isso só pode ser marmelada (?)
Pensando em: Deus, abra uma CRATERA aqui.


Bosta de prova. Porque eu tinha que trocar o lado dos oceanos? Alguém me explica o que é um canal? Opa. Não é esse canal que você tá pensando, safado. É que eu fui inventar de encher lingüiça na prova e me ferrei. Eu sempre faço isso, eu começo a conversar com o professor na prova, TUDO para sondar ele. Depois dessa bosta de prova, pêra aí, preciso adicionar bosta no Word. ELE NÃO ACEITA. Que horror, bosta é igual cocô, que é igual a comida diluída. Tá não, voltando. Agora é aula de ....

- Inglês. Depois a gente é liberado mais cedo, vai ter reunião hoje. – Como a Lílian sabe de tudo? Eu sempre sou a última a saber das coisas.
- Eu fiquei sabendo que eles tão fazendo essa reunião porque o professor de Inglês ultimamente anda expondo os seus princípios sexuais no Orkut e na sala de aula. – Tá bom, que porra é essa? O mundo tá rodando e a Dorcas ficando tonta? A que ponto nós chegamos? Um professor falando de seus princípios sexuais (?) Tá, eu não entendi o que isso quer dizer.
- Não entendi, alguém me dá uma enciclopédia?
- Eu também não, você enrolam muito a língua pra falar. É o costume de beijar. – Ahá, eu não sou a única que tenho um Q.I diluído em água. Eu sabia que tinham me separado da Emy na maternidade. Mamãe, me acuda.
- O professor entrou numa comunidade: adoro sexo selvagem. É melhor a gente tomar cuidado, eu não to a fim de ser molestada. – falou a Lene, meu Deus (?) O QUE É ISSO? Adoro sexo selvagem. Eu não sei o que pensar, isso é tão ... sexual (?) Tá todo mundo rindo aqui.

CADÊ MEU LIVRO DE INGLÊS? Sem o livro eu não vejo a aula, se eu não vejo a aula não sou molestada e não passo de ano, escary. Ah Cristo, eu preciso achar meu livro. Já pensou se ele cai na mão de pessoas erradas? Puta que pariu, lá tem mais bosta escrita do que o túmulo de Tutancamon. Sabe quando você conversa com suas amigas, tipo : ‘ O Josh me ligou hoje’ ou então, ‘ A Carly é uma vaca’. Beleza, minha reputação vai ao fundo do poço seco e defecado se pegarem ele.

- Meu livro sumiu.
- Se ferrou. – disse a Emy rindo da minha cara. É impressão minha ou a audição dela foi afetada por besouros atacalhados (?).
- O professor é cegueta, enfia qualquer livro em cima da mesa. Fala aí, eu sou uma gênia. – Marlene se achando é uma coisa mesmo.
- Você anda assistindo muita televisão, menina.
- Invejosa. Ah não! Eu não acredito que essa bosta de Jornal Popular continua sendo divulgado. Cara, enfia isso no ...
- MARLENE! Isso é um ambiente de família, se bem que eu tenho que concordar que esse jornal é uma desgraça, ele cansa minha beleza.

- Estão revoltadas por causa da lista dos populares garotas? Um dia vocês chegam lá.

Ah como eu odeio vocês Carly, Linson e Ângela. Pra vocês que chegaram agora ao jogo das Populares X Estou-passando-por-um-momento-ruim o placar está assim: Equipe um se acha a gostosona porque sai todo mês no TOP 15 do Jornal Popular, ou seja, aquele maldito jornal que conta tudo da vida de todos, enquanto a Equipe 2 continua sem ligar a mínima, mentira.

- Pra quê chegar lá se já tem uma palhaça nesse lugar me fazendo rir? – OH MY FUCK GOD! A Emmeline não disse isso. Disse. Disse. Bem feito sua cotia come fubá da roça. A Emmy vira uma fera quando pisam na frieira dela e das amigas (?) Tá legal, eu só estou vendo o colégio todo olhando pra gente. São 3 contra 4, porém a Equipe um tem os seus capanagas, obrigada. Mamãe me acuda.

- Ninguém pediu que você se pronunciasse, loira aguada.
- Caso você não tenha espelho você é tão loira quanto ela. – OH MY FUCK GOD²! A Marlene não disse isso. Isso aqui tá virando a casa da mãe Joana. Mãe Joana me acuda.
- Loser. – Ela tá fazendo um L com a mão. Isso é linguagem em braile por acaso?
- A única loser aqui é você e não chia, por favor. Esse ambiente já tem chiado demais. – Opa, Lílian boto moral djow. Ela tá puta, eu tenho certeza ABSOLUTA. O Danc tá do lado da Carly, ou seja, tá tudo bem com eles e a Lílian quase deu uma de idiota ontem. Chegou a minha hora agora, por favor Deus, me acuda.
- Vamo lá, todo mundo circulando, o show já acabou, não é mesmo Daniel ? [N/A: é o Danc, bjs]
- Ah ... é, você tem razão. Esse assunto já rendeu tudo que tinha que render.

Isso mesmo vadias. DESCULPA! Eu não me controlei, abusei. É que tipo,eu fico puta comesse tipo de coisa, não por mim, mas tipo essas meninas acabam com as meninas. A Marlene por mais que diga que não liga pra esse tipo de coisa, ela liga sim, eu disso, mas agente ignora essa fato pra criança não chorar lágrimas de crocodilo (?).

- Qual é o problema com elas, ein?
- Inveja mata, Lene. Ah, vamos logo, a gente já atrasou pra aula, ou melhor, atrasamos o colégio todo. – Verdade Lílian, a gente pode, obrigada.
- ATENÇÃO, ATENÇÃO, ATENÇÃO. Equipe dois causa no colégio fazendo barraco. Ta aí, a gente causou depois de bilhões de anos sem ao menos matar uma formiga. – Eu sou uma coisa. Não gostei.
- Docas, você já pensou em se candidatar pro papel de Barbie Califórnia? Tipo, eu acabei de ter um visão sua na propaganda, virando aquele cabeção com torcicolo.
- Sou uma Barbie Girl. - disse eu fazendo a dancinha da Barbie. Tá vendo? Eu sou um talento em pessoa, aceito contratações.
- Ui gostosa. – Falou a Emy dando risada da minha cara enquanto a gente entrava na sala do professor molestador. To com medo, e se ele me agarrar e sair todo mundo correndo e me deixarem aqui com ele? Tá parei X:

AH NÃO! NÃO! Calma respira, eles está com A jaqueta azul. Morra. Agora você se pergunta: ‘ Porque a anta da Dorcas que é daltônica e nem sabe se vestir direito está toda afetada por causa de uma jaqueta azul? Eu respondo amigos, é que quando ele vem com essa PRAGA é porque vai ter prova. Falei.

- Ele veio com a jaqueta fedorenta azul. – nossa, a Lene humilha quando é preciso. Ela não é fedorenta, ela é odorizada.
- Beleza, a tática do apontador está de pé.
- Eu odeio esse jagunço. – Eu preciso de uma enciclopédia [2]. Sabe, porque a Lílian e a Lene tem um vocabulário requintado e eu pareço uma favelada? Mamãe, porque você não me colocou numa escola descente? Odeio você.

- Bom dia classe - Hoje eu vou ferrar todos os vocês. Seria mais sincero da parte dele se ele falasse isso, assim todo mundo já sabe que vai se ferrar de vez e fica com cara de enterro o dia todo. - Eu vou dar uma prova pra vocês e depois vocês podem sair mais cedo.

- Por que vai ter reunião?

- Porque parece que houve um problema com um professor. – HIPÓCRITA. Fala na cara animal. Qual é o problema de admitir que você ama sexo selvagem. Gente, essa coisa de sexo selvagem realmente abalou geral aqui. Não que eu fique pensando nisso sabe, mas é ... selvagem (?) Beleza, eu cheirei hoje de manhã.

- Professor, você poderia nos explicar sobre sexo selvagem (?)- O QUE É ISSO? A que ponto nós chegamos. Pára tudo, bejos. Quem foi a bicha que perguntou isso? Aqui é aula de inglês não de Biologia, que a gente estuda o sistema reprodutor, as trompas, os ossículos, o acasalamento do pica-pau que por sinal, NÃO é igual aquele episódio em que tem uma pica-poa (?). Tá, eu não sei qual é o feminino de pica-pau, se souber entrar em contato.

- Por que você quer saber disso? Isso é uma aula de inglês não de Biologia. – gente, eu sou uma coisa mesmo. Bem que disseram que quando eu fui feita o cometa Hailey estava pasando no céu, ou seja, a Hay do Paramore estava passando no céu. Tá, falei merda. Eu amo Paramore (L). - Vamos, cada um pega uma prova e passa para trás. Se alguém estiver interessado em sexo selvagem igual o sr. Michael pode saciar seu desejo lá fora.- SACIAR SEU DESEJO (?). Meu, eu lembrei do Aladim agora. Cara, hoje eu acordei pensando em desenho animado. Virei o Patrick.

O que me interessa essas orações? Tipo, se eu fosse uma pessoa muito sabida feito a Lene e que fosse fazer a carreira de jornalista porque eu escrevo super ultra mega máster blaster bem e tenho um poder de Q.I radiotivado (?) eu queria que elas fossem minhas amigas, mas não rolou. Bom, vamos lá Dorcas, força na peruca.

1. No período abaixo existe uma oração subordinada adverbial. Retire-a do período e classifique-a.:
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado.

Ok. Minha religião não permite fazer prova, essas letras me dão tontura. Eu acho que vou desmaiar. Vamos apelar.

- Professor, o único lápis que eu tenho quebrou. Posso pedir o apontador pra Marlene?

- É proibido emprestar material durante as provas.

- DESDE QUANDO? – gritamos eu e as meninas. É que tipo, a nossa salvação sempre foi e sempre será essa, ou fingir que vai vomitar e sair da sala, mas aí da no mesmo, porque vai ter que estudar no mesmo jeito e a prova fica cada vez mais ferrada, obrigada. Tipo, a Emy quase caiu da cadeira. Ou melhor caiu. HDUAHDUASHDUASHSDUAHDUHDAS, eu não sei que tipo de amiga ri da outra quando cai, mas ela tá parecendo uma andorinha saltitante (?) Sério, até ela tá dando risada. PERA AÍ. Eu to vendo isso (?) Gente, me mata por favor. HDUASHUDIASHUIDASHUIASD, ela deitou no chão. Opa, essa é uma boa hora pra eu colar. Vamos lá Dorquinhas. Todos estão rindo, o professor ajudando a Emy e as meninas também.

- Calma Emy, isso acontece. – disse eu enquanto folheava a prova dela. – Calma não fica assim. – Beleza, aprendam comigo. Eu sou um gênio do crime. – Olhe como o dia está bonito hoje, isso é comum. – Cadê a bosta do exercício 3 (?) Beleza, a lerda da Emy não fez. Gente, eu estou agressiva. É que assim, eu odeio prova. Eu tenho pavor de prova, porque uma vez eu vomitei em cima de uma prova, e o meu vômito era amarelo e aí eu fiz a prova com vômito porque eu fiquei com medo de contar pra professora e comecei a chorar.

Silêncio. Acho que a palhaçada acabou. OMG! Graças ao meu bom deus eu não tenho nenhuma mancha de sangue na mão, nenhuma digital e nenhuma caca de nariz que comprove que eu colei da Emy.

Você não vai querer saber sobre os resto da minha prova. Foi uma arte feita à base de líquido borrador. Traduzindo: branquinho. Eu vou virar Picassa, eu descobri que tenho esse talento. Ei, sei falar espanhol, muchachos. El tigre. EU TO FALANDO. Eu acordei com um extinto meio desenhástico hoje.

- Eu juro, da próxima vez eu separar uma cama elástica pra quando eu for te passar cola, assim eu não quero o quadril. Eu já não tenho bunda e você prejudica mais a situação? – falou a Emy enquanto a gente saia da sala depois da minha sentença de morte assinada com a Lei Áurea (?)

- Eu tenho um raciocínio lento, você sabe disso, é fato comprovado pelo meu cachorro.

- Coitado do seu cachorro, que ele seja feliz comendo sorvete enquanto pode. – Não gostei Lily. Eu sei que é errado dar comida de gente grande pra animais, mas tipo, ele me olha com uma cara de ‘ oi-eu-passo-fome-me-dá-comida-senão-eu-morro-bejos’ e eu não resisto.

- Tá frio, eu vou morrer de hipotermia. Detalhe: estão 25 graus lá fora. – Deus, a Emy está com febre, só pode ser. Cadê o Duda pra esquentar ela? Tá, parei. Até minha melhor amiga eu estou difamando, bejos.

- EI! – gritou uma voz de viado murcho conhecido como Duda. É que assim, eu vou explicar esse apelido tão carinhoso e romântico dele. Quando eu era pequena eu tinha medo de ligar pra Lene, porque eu sou uma pessoa muito corajosa e merecia o prêmio Nobel da diversidade de varetas sem-bunda, se é que isso existe. Então, ai uma vez eu liguei e comecei a falar com a Lene, mas não era a Lene, era o Duda. Aí eu como eu tenho uma criatividade aflorada, tão aflorada que crescem flores no meu jardim e aí ela atravessa fronteiras, pra não chamar ele de viado de uma vez, eu dei o apelido de viado murcho. Sem preconceitos. – Vocês também foram liberadas mais cedo? – perguntou ele com uma cara de ‘ Eu bebi ou eu cheirei? Tá bom, não conta pra mamãe’. O Duda faz cada cara e cada pergunta também. Outro dia ele perguntou: ‘ Os olhos da Lene são âmbar ou chocolate?’ Se os ohlos da Lene fossem de chocolate eu já teria comido ele. Tá, abstrai essa parte.

- Não, a gente tá vendo se o chão do colégio foi bem lustrado, não tá vendo não? – Lene, eu te admiro. Realmente, pra ter um irmão assim, precisa ter paciência. Chega mais Dorcas. Quem é você pra encher os outros? Ah tá, ‘brigada. Agora eu fui humilhada, pela minha consciência.

- A TPM está avançada esse mês, desculpe. O que vocês acham da gente ir tomar um sorvete agora?

- Eu topo.

- Emy, meus ouvidos ouviram bem ou há exatamente 2 minutos atrás você disse que ‘tava com frio? – Emy safada. Tá vendo, se eu não tivesse falado ela ninguém iria perceber o Baka da Emy.

- Frio é psicológico e você ultimamente anda muito detalhista ultimamente. Seus olhos amendoados estão vendo Teletubies onde não tem.

- Frio é psicológico e calor provém de debaixo da saia? – Lílian e suas frases filosóficas *o*

- De calças também. – Duda, sem conteúdo. Por que menino é tão ... tosco? Porque todos os meninos não são iguais o cara da festa da Igreja. Porque eles são diferentes (?) Loiro, gostoso, tesão, olhar penetrante e amante dos Beatles.

- Você paga pra sua querida irmão né? Por favor, eu deixo você sair com a Emy.

- Eu sou algum prêmio por acaso? Só porque eu sou loira não significa que meus cabelos são feitos de ouro e eu sou uma medalha. Não gostei.

- Eu pago pra todo mundo. Mas antes eu preciso falar com os meus amigos sobre uma coisa aí. – DUDA PAGANDO (?) Essa eu quero ver. Por que eu sempre acho que todo mundo é muquirana? Reflita.

- Me deixa ver seus amigos? – Lílian na seca é uma coisa mesmo. Eu lembro qeu o último beijo que eu dei o menino ficou passando a mão na minha bunda. Eu fiquei me sentindo como se fosse uma coisa pra ser apertada sabe?

- Quando você se tornar normal eu deixo, cabeça de cenoura. – Falou o Duda enquanto a Lene colocava a jaqueta dela e a gente saia do colégio.


Pára tudo. Crianças parem de brincar de médicos. James Bond para de se mostrar para sua bag-Girl. Bob Esponja pare de irritar o Lula Molusco. Beatles parem de cantar Yellow Submarine. Marlene pare de espirrar feito uma porca com 4 patas e um rabo. Terra, pare de girar. Orkut, pare de adicionar pessoas. E você aí. Isso mesmo, você, dá pra parar de ouvir McFly um minuto? Obrigada, a voz deles me absorve, Harry Judd gostoso.

Meus olhos realmente estão vendo o que eu acho que eu estou vendo? .___.

Fim do Capítulo 2
.


N/A: Então genteeee, depois de anos luz eu voltei. O que será que a Dorcas viu? :* Tipo assim, só a anata aqui não seria capaz de descobrir, ou você (?) Tá parei X: Eu estou com uma verdadeira luta com meu teclado aqui, bejs *o* Os capítulos estão sendo postados aos pocuos pelo fato que eu não ascrevi tudo, rs e porque senão os lindos olinhos de vocês vão se cansar :B Ah, e como eu sou uma pessoa mito importante, mentira :&, eu to tomando conta de um jornal, ficadica :* Vida de adolescente é foda :G Mas enfim, queria agradecer a TODOS os comentários, amei todos *-* Espero que vocês gostem do segundo cpítulos, bejs HUDSAHUISA, então o capítulo 3 vem daqui uma semana meia, contem nos dedos e comentem. :G BEEEEEEEEEEEEEEJOS, (L)

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.