FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

11. A Mudança


Fic: Nós... Irmãos ?


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________




No capitulo Anterior

“-Até amanha. – disse ela dando um selinho nele e virando as costas rumo a sua casa, então ela virou pra trás e acenou, ele sorriu e mandou um beijo, realmente hoje ela iria dormir bem.


Então delicadamente ela abriu a porta de casa, com o maior cuidado para não fazer barulho pois não sabia que horas eram, subiu as escadas de fininho,abriu a porta do quarto e se jogou na cama, sorrindo internamente ela olhou pro relógio e viu que eram três horas da manhã e novamente soltando um “Uau!” ela tirou a roupa, colocou um pijama e foi dormir, ela tinha aula hoje as sete e vinte e teria que acordar daqui três horas.”

Cap. 11
A Mudança /


A ruiva levantou relutante, o relógio tinha despertado e ela queria o jogar na parede, a preguiça a invadiu com tudo, mais daí ela lembrou da noite anterior e decidiu levantar para ir à escola. Sorriu, ela estava ficando finalmente com alguém, tinha cansado dessa vida sofrida que estava levando, então mais animada ela foi pro banheiro, trocou de roupa, arrumou o cabelo, o material e desceu para tomar café da manha.

Mais como nem tudo é um mar de rosas, ela entrou na cozinha e se deparou com uma bagunça enorme, era caixa pra todo quanto é lado.

-Mãããe, o que ta acontecendo?

-Ué Lily, nós vamos nos mudar esqueceu? – Perguntou a mulher entusiasmada.

-É.. nós vamos. – Disse a menina deixando bem claro que ela preferia ter esquecido desse fato.

-Que horas você chegou Lily? – Perguntou Sarah como quem não quer nada.

-Não vi mãe, mais foi antes do Vini, por quê? –Respondeu a menina extremamente vermelha ,coisa que felizmente não foi percebida pela mãe.

-Nada, é que ele chegou perguntando se você já tinha vindo, eu achei que vocês voltariam juntos, mais como a porta do quarto tava fechada eu deduzi que você estava dormindo, por isso nem fui incomodar. – Disse Sarah, no que Lílian deu graças a Deus, porque se não ela estaria com sérios problemas.

-Que horas o Vi voltou?

-Onze e meia.

-Ah, bom, como vou tomar café? – Perguntou Lily sentindo a barriga fazer barulhinhos.

-Vai na padaria ali filha, acho que não dá pra comer aqui não, e quando sair da escola, direto pra casa,eu quero terminar a mudança inteira ainda hoje.

-Ok. – Disse a menina dando um beijo na mãe e saindo em direção a padaria que era na esquina de casa, entrou e pediu o café da manha do dia.

Então ela comeu um pouco rápido, estava delicioso, ela adorava tudo que tinha ali, o cheirinho era tão bom também, pagou por fim a conta e foi em direção a casa de Lene, pois elas sempre iam juntas pra escola.

Encontrou a morena berrando na frente de sua casa:

-Lílian Evans sua doida dissimulada, você quer chegar atrasada?

-Calma Lene, eu tomei café na padaria hoje. – Disse a ruiva sorrindo.

-Num acredito, sua feia, vaca ruiva,franga com gripe,porca do meu coração despedaçado, porque não me chamou também?

-Sorry miga, eu nem tinha pensado em te chamar, foi mal’s.

-Ooooh! – Disse a morena tampando a boca.

-Ai amiga, num exagera, eu estava esquecida..

-O que é essa mancha, ou melhor, chupão, vermelho no seu pescoço? – Perguntou a menina vermelha, ” mais espera ai, chupão? aonde? Quando? e como? Eu não estou lembrada disso,” pensou a ruiva, porém a amiga a interrompeu.

-Você fez o que ontem a noite senhorita Evans? E com quem? chupão? Num creio que você foi pra cama com alguém e não me contou.

-Eu num fiz nada, e nem fui pra cama com ninguém,não sou tão tarada quanto você, e essa mancha não é um chupão, eu apenas bati ontem. – Respondeu a ruiva com a cara mais lavada do mundo.

-Que eu saiba, hematomas são roxos, e seria praticamente impossível você levar uma batida no pescoço e estar viva para contar, sem contar que isso é um chupão, ruiva você não me engana.

-Bem, ontem, eu fiquei com o Gustavo. – Disse a ruiva dando-se por vencida.

-Gustavo? Gustavo gostoso, super sexy do terceirão?

-O próprio.

-Uaal, e ele te chupooou.

-Cala a boca Lene, você esta muito safada de verdade, e eu não lembro dessa parte, a gente só ficou.

-Meu Deeeus, vocês fizeram tanta coisa ontem que nem se lembra do parte do chupão?

-Nós não fizemos nada.

-Que horas você chegou em casa então?

-Três da manha.

-Lílian Evans, a ruivinha certinha, agora mostrando seu verdadeiro lado, a da ruivinha espertinha, e tirando o fato que você saiu da mesa não era nem nove e meia, digamos que vocês ficaram apenas seis horas.

-Ai Lene, sério, a gente só ficou. – Disse a ruiva um pouco irritada.

-E vocês vão ficar de novo?

-Acho que sim. – Disse a ruiva sorrindo.

-E o James?


-O que tem ele?

-O que tem ele? Fala sério Lily, eu vi ele tomando milk shake com você. – Detalhe, Marlene nunca via nada, principalmente quando estava,digamos que, ocupada.

-Ah,ele é um dissimulado,a namoradinha dele tava do lado e o cachorro ainda tinha coragem de ficar dando em cima de mim. – Disse a ruiva sem pensar.

-Ele deu em cima de você? – Perguntou Lene fingindo estar abismada, queria ouvir a confissão da boca da amiga.

-Bem, não foi dar em cima, ele apenas ficou me enchendo. – Disse a ruiva corando.

-Lily, eu estou sem palavras.. acho que o James quer te deixar louquinha por ele.. se ele já não tiver conseguido. – Disse a morena olhando de banda pra amiga com um sorriso muito maroto.

-Shut Up Lene, plis, e me poupe, se ele quiser mesmo me deixar louca, ele não vai conseguir.

-Ai Lily, tomara que você não morda a sua lingüinha. – Disse a amiga sorrindo um pouco preocupada.


-Vamos, a Dorcas e a Anna já devem estar na escola.. – Disse a ruiva, mais quando viraram a esquina deram de cara com uma cena um tanto quanto esquisita.

Tinha uma morena, berrando olhando para o chão,supostamente procurando algo, enquanto outra menina loira ria descontroladamente.

-Aaah, meu diamond,Oh God! Num acredito que perdi ele, não é possível, e Anna, não ria.. por favor..! – Dizia a morena que a Lily identificou como Dorcas, a patricinha atrapalhada.

-Que houve meninas?

-Eu tirei meu brinco sem querer e ele caiu no chão, e ele é um diamante, era pequeno, mais era o meu Little Diamond, eu não viverei sem ele. – Disse a morena fazendo drama.

-Hahahaha, Dorcas hahaha, eu estou a meia hahaha hora tentando te falar.. hahaha, - Começou Anna, e Lily pensou que ela iria ter um acesso de tanto que ela ria.

Então Lílian olhou para a mão da menina percebeu o motivo do riso, o brinco estava ali,então ela pegou da mão de Anna e colocou na frente de Dorcas, que lhe abraçou e começou a chamá-la de “minha heroia”

-Dorcas, é minha heroína, não minha heroia. – Disse Lene sorrindo, Anna ainda ria, e estava muito vermelha.

-Gente, vamos logo, não quero chegar atrasada... Lílian Evans.. o que é essa chupada no seu pescoço? -Disse Dorcas apontando para o pescoço da ruiva, no que Anna virou a cabeça tão rápido que quase destroncou o pescoço.

-Ah, nem vem gente, isso definitivamente não é uma chupada, eu não lembro! – Disse a ruiva irritada.

- Lílian, quem deu essa chupada? como foi? E quem deixou? – Perguntou Anna.

-Será que eu não posso nem levar uma chupada mais sem ter que falar quem deixou? Eu pensei que não tinha que pedir pra vocês pra fazer alguma coisa. – Disse a ruiva super estressada.

-Nossa Lily, não é que você não pode levar uma chupada, é só que a gente queria saber quem deu! – Disse Lene se defendendo, no que Dorcas e Anna concordaram.

-Pra quê? Pra me criticar?

-Nada a ver Lily, é só que a gente se preocupou.

-É, mais caso vocês tenham esquecido, eu estou de tpm então é pra vocês anularem tudo o que eu disse por que sinceramente, eu não queria ser agressiva com vocês. – Disse a ruiva sorrindo se desculpando, realmente ela estava de tpm e tinha descontado sua raiva nas meninas.

-AI Lil’s, é verdade, eu tinha até esquecido.. a gente te desculpa sim amiga, mais se controla um pouco, tomar maracujina as vezes ajuda. – Disse Anna sorrindo.

-Eu vou lembrar dessa antes que isso se repita.. agora vamos pra aula, eu quero ver certo alguém antes de entrar na sala.

-E esse certo alguém seria o autor dessa maravilhosa e nada discreta chupada?

-Eu acho que sim, apesar que não lembro dessa parte.-Disse a ruiva sorrindo no que as amigas a olharam com falsa indignação pelo fato dela achar, e não ter certeza.


-E quem esse menino pensa que é pra chupar o meu bebezinho Lily? Além de que eu sou sua cunhadinha oficial, por isso, morram de inveja! – Perguntou Anna

-Ah coitada, a Lenizinha aqui nunca morreria de inveja pois seu ficante é o cachorro Black mais gato de todo o universo! – Disse a menina se gabando.

-Deixa ele te ouvir o chamando de gato, ele odeia esses pobres animais! – Disse a ruiva para Lene.

-Bom, deixem o Sirius Galinha Gostoso e Comprometido – acrescentou Anna com o olhar mortífero de Lene – Black pra lá, eu quero saber o autor desse feito! – Disse a loira olhando para a ruiva, mais essa olhou para trás e viu Gustavo vindo em sua direção,então ela virou pra frente super vermelha e sussurrou desesperada.

-Ele ta vindo, ele ta vindo pra cá, ele ta vindo,ele ta vindo na nossa direção. – E Dorcas e Anna olharam em todas as direções, mais tinham muita gente que aparentemente estava vindo pro lado delas, já que elas estavam do lado da entrada do pátio.

Então quando Dorcas e Anna foram perceber, Lílian já estava dando um beijo de tirar o fôlego em Gustavo, ou ele estava a beijando, bem, isso não importa, o fato é que as meninas estavam boquiabertas com o jeito apaixonado como ele a beijava e sem contar o fato de que ele realmente tinha estilo e era lindo de morrer, seu cabelo era bem preto, cumprido e totalmente desarrumado, o que dava um contraste perfeito com seus olhos extremamente azuis, e ele tinha um corpo realmente sarado como diria Dorcas, corpo que agora abraçava uma ruivinha carinhosamente enquanto ela o olhava sorrindo com a boca um pouco vermelha e totalmente sem fôlego
-Oi! – Disse ele para as meninas que continuavam boquiabertas, mais Lene despertou primeiro e o cumprimentou de volta.

-Ual! – Foi a única coisa que Dorcas conseguiu dizer, deixando a ruiva vermelhíssima e Gustavo um pouco sem-graça, Anna e Lene quiseram morrer de vergonha quando ouviram o que a amiga tinha dito.

-Dorcas, toma jeito! – Sussurrou Anna, no que a menina falou um “desculpa!” para a ruiva, que apenas sorriu, sabia o quanto a amiga não tinha papas na língua.

-Bom meninas, eu vou roubar a ruivinha de vocês por um momento tudo bem? – Perguntou Gustavo.

-Ela é toda sua, mais trás de volta inteirinha heim. – Disse Lene no que as meninas concordaram, e ele segurou a mão da ruiva e a levou em um canto escondido,pegou o celular e começou a mexer nele.

-O que houve?

-Eu quero que você escute uma coisa. – Disse ele,então quando ele achou o que queria ela começou a ouvir uns barulhos estranhos:

”-Corre, hahahaha, ele vai pegara gente, corre Lil’s.

-Me esperaaa, ai meu deus, corre,anda, ele ta chegando perto.”

E a gravação continuou enquanto a ruiva e o moreno riam muito, lembrando do acontecido, quando a gravação terminou Lily perguntou:

-Você gravou?

-Não foi de propósito, meu celular tava no bolso, e se você aperta um atalho começa a gravar sozinho. – Mais outro som começou a sair do celular dele, era baixinho, e quando ele percebeu quis tirar ,mais a ruiva queria ouvir,

-Ah, deixa eu ouvir, por favor – Disse ela com uma cara de pidona.

Ai Lil’s, é só uma gravaçãozinha besta.

-Por favor. – Pediu ela novamente e ele muito vermelho deixou ela ouvir.

”-Pensa em mim, que eu to pensando em você e me diz o que eu quero te dizer vem pra cá, pra eu ver que juntos estamos a te falar mais uma vez que te amo”

-Pronto, é só isso. – Disse ele muito vermelho.

-Era você cantando?

-Era. – Disse ele olhando pro lado.

-Nossa, sua voz é linda.

-Nos gravamos isso num ensaio da banda.

-Verdade, você tem uma banda,eu queria ir em algum ensaio algum dia.

-Ah, mais eu num vou conseguir cantar, vou morrer de vergonha. – Disse ele mais vermelho ainda.

-Você fica lindo vermelho sabia?

-Ai Lily, assim eu viro um pimentão daqui a pouco. – Disse ele segurando na mão dela e voltando para o pátio, o sino havia tocado.

-É que você não é ruivo, é uma tristeza, eu coro numa facilidade incrível. – Disse ela já ficando vermelha.

-Mais você fica linda vermelhinha sabia?

-Hei! Essa fala é minha – Disse ela dando um breve selinho nele, atraindo vários olhares curiosos.

-Vamos entrar, eu tenho aula de matemática agora, e a gente vai receber a prova, no mínimo eu tirei um –90. – Disse ele pesaroso.

-Iiii, agora é a aula de química, eu num tinha estudado nada e num tive coragem suficiente pra colar, quero só ver como eu vou me ferrar bonito nessa prova.

-Que isso ruiva, você vai se sair bem sim.E bom, se você tirar -90 , a gente poderia virar o casal -90 que tal?

-É, ou o casal roxo.

-Roxo?

-Bem, eu pelo menos estaria roxa de tanto que a minha mãe me bateria.

-Hehehehe, a minha também vai me esganar.

-Bom, vamos morrer ao mesmo tempo, isso não é maravilhoso?

-Com certeza. – Disse ele sorrindo deixando e ruiva na porta da sala dela, no que ela entrou e ele foi para a sua carteira.

-Dorcas, Lene e Anna estavam todas em volta da carteira de Lílian esperando ela contar tudinho nos mínimos detalhes e Dorcas e Anna ainda estavam bravas por ela não ter ligado de madrugada para contar o acontecido.

-Lílian Vaca Evans, porque você não me ligou pra contar que tava ficando com o gostoso do Gustavo? – Perguntou Dorcas se fazendo de brava.

-Hei, eu só deixo você chamar ele de gostoso porque realmente ele é muuuuuuito gostoso, mais é meeeu. – Disse a ruiva brincando, e então quando ela conseguiu se sentar ela começou a contar tudo, mais o professor entrou na sala e ela foi obrigada a parar na meio da historia, Anna e Dorcas ficaram indignadas, enquanto lene ficava fazendo ‘fusquinha’ cantando algo como “eu já sabia,eu já sabia”

E quando o professor começou a falar Lílian sentiu um arrepio estranho, ela sentia que estava esquecendo de algo, então quando ela olhou para o seu ‘pequeno’ chaveiro de bailarina ela embranqueceu. ”Como eu pude ter esquecido? Oh meu Deus, eu sou uma anta nordestina, só pode, e agora? O que eu faço? Vixe Maria, a professora não vai querer ensaiar se eu demorar mais, bem, vou ter que falar que ele autorizou,e hoje eu peço pra ele e a gente ensaia na minha casa hoje... mais vixe, eu vou me mudar hoje, como vou ensaiar? Ai meu deus, e agora?” mais a ruiva foi retirada dos seus devaneios quando o professor chamou seu nome, ela já ia responder ‘presente’ mais percebeu que ele estava com uma prova na mão, então ela se levantou e foi buscar, mais ele disse:

-Pelo visto a senhorita Evans estudou muito. – Ela entendeu aquilo como uma ironia. – E por isso foi a única que tirou mais que 60 na prova, Parabéns Senhorita Evans. – A menina agora estava mais pálida ainda, os olhos arregalados mostrando o espanto, mais foi pior ainda quando ela viu um 90 acompanhado de um ‘Parabéns’, ela quase desmaiou de felicidade, e voltou rindo para a carteira, ela ria tanto ,mais tanto que o professor achou que ela estava passando mal.

- O que houve senhorita Evans?

-Desculpe professor, mais acho que o senhor esta enganado, eu não pude tirar noventa nessa prova.

-Mais está tudo corretíssimo, pegue seu livro e olhe você mesma.

Então ela pegou o livro e começou a correção, mais realmente estava tudo certo, ela faltou cair da cadeira.

-Bem, depois da Senhorita Evans a nota mais alta foi 60 que foi tirada pelas Senhoritas Anna, Dorcas e Marlene, e depois delas as outras notas foram todas horrendas, a Senhorita Lívia por exemplo conseguiu tirar 0,1 ,enquanto o senhor Steven nem um ponto conseguiu, e eu cheguei ate em pensar na possibilidade de descontar os poucos que ela já tinha.

E o professor começou com o costumeiro sermão,enquanto Dorcas,Anna e Lene olhavam para Lily indignadas.

-Fia, porque você disse que não tinha estudado?

-Mais eu não estudei.

-É isso que dá ter amigas ruivas CDF’s – Disse Dorcas – Parabéns miga, pelo visto não é hoje que vamos ter churrasquinho de Lily na janta.

-Graças a Deus. – Disse a ruiva sorrindo.

Porém alguém bateu na porta, e era a Dra. Ângela, Lily sentiu seu estomago gelar.

-Posso falar com a srta. Evans?

-Claro. – Disse o professor.

Então a ruiva se levantou e foi falar com a professora.

-Oi Lily, conseguiu um lugar pra gente ensaiar?

-Consegui sim,porém eu não vou poder hoje porque vou mudar de casa, mais amanha a tarde já podemos começar os ensaios.

-Tudo bem, mais e a srta. Marlene aceitou o convite?

-Sim.

-Bom Lily, eu tenho que te dizer uma coisa, acho que você não vai gostar nem um pouco, mais como é um evento do colégio, os alunos podem participar e eu não pude deixar de aceitar a Lívia, eu na faço a mínima idéia de como ela ficou sabendo mais a diretora mandou incluí-la na dança também, mais se você não quiser, paro com a dança sem problemas nenhum, o que acha?

-A Lívia? Na minha casa? Não é possível, como ela ficou sabendo? vaca nojenta.

-Bom Lily, podemos cancelar, tudo bem.

-Não, vamos continuar, quero só ver,ela nunca fez aula de dança, vamos ver se acompanha o nosso ritmo. – Disse a ruiva maldosa, porém ainda muito chateada.

-Bom,então amanha que horas começamos?

-As duas pode ser?

-Claro.

-Então até amanha, a gente se encontra na frente da escola as duas e você nos leva aonde será os ensaios Ok?

-Ok. – Disse a ruiva avoada, ela estava com vergonha de pedir para Alex deixá-las ensaiar lá,decidiu por fim que seria na sua casa mesmo.

Então logo as aulas passaram e quando chegou o recreio Lily contou para as amigas que Lívia também iria dançar e elas ficaram xingando a morena até Gustavo aparecer e ele e Lílian forem dar umas voltinhas atrás da escola.

E enquanto Lily e Gustavo estavam se beijando atrás da escola, de repente aparece Rafael e Lívia ali também, e o menino diz “Mais já está com outro?” só que a ruiva nem liga e continua beijando Gustavo, então quando eles se separaram viram que os dois já tinham saído dali, decidiram voltar para o pátio, do jeito que Lívia era um cobra poderia muito bem mandar um supervisor ir ali e aí sim a ruiva estaria em maus lençóis.

O recreio acabou e elas voltaram para a sala, Lílian estava morrendo de ódio,mais piorou bem mais quando Lívia chegou em Lily e lhe ofereceu um Halls, a ruiva faltou pular em cima da morena, mais decidiu ignorar.

E finalmente a aula acabou, Lílian estava bufando de ódio, mais melhorou quando viu Gustavo a esperando na porta da escola, então ele pegou seus matérias e eles foram conversando embora, mais como a ruiva iria se mudar eles nem ficaram muito tempo juntos, pois ela teria que voltar pra casa, mais ela combinou de se encontrar com ele a noite.









Lílian entrou em casa e viu que varias caixas já tinham sido levadas, então viu sua mãe toda suada e subiu para o quarto, não tinha mais nada ali, só a cama, o guarda roupa, a mesinha do computador, porque do resto, tudo tinha sido levado já,então ela viu uma peça de roupa que sua mãe havia separado e estranhou, era um shortinho curto e uma blusinha curta também e um chinelo, e Sarah não era do tipo que aprovava muito as roupas curtas, mais como tinha sido ela quem tinha escolhido a ruiva nem contestou, adorava aquele shortinho xadrez, e com blusinha branca tinha ficado perfeito. Tomou um banho rápido e desceu para almoçar, mais percebeu que teria que comer na padaria de novo porque não tinha almoço, mais estava enganada.

-Mãe, eu vou comer na padaria rapidinho e já volto pra gente terminar com isso aqui.

-Não Lily, hoje a gente vai comer na nossa nova casa, o Vi chegou primeiro que você e já está lá, e só falta essas caixas, de tarde a gente vem buscar, eu só estava te esperando, e a ruiva percebeu que sua mãe também tinha tomado banho.

-Ixe..

-Vamos?

-Vamos, fazer o que né. – Disse a ruiva, realmente seria ‘maravilhoso’ almoçar na presença de James Potter,e pela primeira vez no dia ela lembrou do moreno, e passou a mão no cabelo distraidamente, o ajeitando, mais percebendo o que havia feito ela ficou indignada e prendeu a cascata ruiva que caia sobre as suas costas, e ainda fez questão de fazer um rabo bem torto.

-Lily, seu rabo esta torto. – Disse Sarah pegando as chaves da casa.

-Já eu arrumo. – Disse a ruiva rebelde.

Então elas caminharam até a casa dos Potter que ficava na outra esquina, e entraram na casa, Lílian muito a contragosto, devo acrescentar.

-Oi. – Cumprimentou Alex muito sorridente, então ele levou Lílian e Sarah ate a sala da jantar e mostrou aonde ela sentariam, Lily quase teve um infarto quando viu que quem estaria ao seu lado seria James, porém ,graças a deus, Sirius estaria do outro,e ele poderia segurá-la quando ela fosse matar James com o garfo.

Então os seis se sentaram como uma família,James e Lílian mais do que nunca se sentiram incomodados, Sarah nunca substituiria Alexia assim como Alex nunca substituiria John,Lily queria fugir dali.

Mais o almoço foi servido e não houve nenhuma provocação de James ou de Lílian, e pra falara verdade, eles não falaram uma palavra.

-Então Lily, como foi a aula hoje? – Perguntou Alex.

-Ah, foi ótima, tirei noventa em química, e tudo correu normal, e por falar em normal, mãe, amanha eu vou usar a nossa casa. – Disse Lílian.

-Pra que?

-A Dra. Ângela vai ensaiar uma coreografia pra gente, e nós só temos um pouco mais de uma semana,e pra falar a verdade, só temos um semana mesmo, então você poderia deixaras chaves comigo.

-Mais Lily, porque você não ensaia aqui? Essa casa agora é sua casa. – Disse Alex.

-O que? Ela já vai trazer gente pra cá? – Perguntou James irritadíssimo. Sarah ficou super envergonhada.

-Não vou trazer ninguém pra cá não Potter, pode fica tranqüilo, eu tenho a minha casa e vou ensaiar nela.

Mas para espanto de todos na mesa James disse:

-Me Desculpe eu não queria dizer isso, é só que eu não consegui me controlar, realmente estou arrependido, me desculpe, essa casa agora é sua também. – Ele disse isso de um modo amargo, como se não fosse uma coisa dele, mais só Sirius que o conhecia melhor que Alex percebeu.

O queixo de Lily caiu, ela ficou pasma olhando para o menino, e sem saber o que dizer, e, por conseguinte, falou um ‘tudo bem’, e ficou decidido que os ensaios seriam ali,logo todos esqueceram do que havia se sucedido.

Lílian então, após o almoço, foi conduzida por Alex ate seu quarto, e ele disse para ela que tinha arrumado, mais que era pra ela deixar do jeito que ela quisesse.

-Ok, mais não precisava ter se incomodado, imagina, eu o arrumaria sozinha.

E quando entrou no quarto ela mais uma vez tinha ficado maravilhada, aquele enorme dossel havia a seduzido, ela tinha se apaixonado por aquele lugar, realmente parecia um quarto de contos de fadas,era perfeito, e ela viu que seu computador e seu rádio já haviam sido instalados e seus cd’s estavam todos organizados em ordem alfabética, ela faltou morrer quando viu isso, no mínimo quem havia arrumado tinha passado horas ali.

E abrindo a porta do guarda roupa viu que estavam todas separadas pela cor e os sapatos também, e quando abriu a gaveta de calçinhas viu que nada tinha ali, suspirou aliviada, não gostaria muito de alguém mexendo em suas calcinhas, então pegou uma enorme caixa que tinha ali e viu que suas calçinhas estavam ali junto com outras coisinhas, então pegou um cd e colocou para tocar enquanto ia arrumando, e uma hora depois as calcinhas já estavam todas no lugar junto com as outras coisinhas, então, como ela não teve coragem o suficiente para sair do quarto, ligou o radio bem alto, subiu em cima da cama e começou a dançar,mais desistiu, não estava animada, então pegou o caderninho e começou a escrever frases, quem sabe aquilo não viraria uma musica? Ela ficaria rica, ganharia milhões e moraria na Havaí e teria como marido o homem mais sexy do mundo?. Mais voltando a realidade e olhando para os rabiscos ela lembrou de uma musica e sentiu uma vontade enorme de ouvi-la, então foi procurar no meio dos seus cd’s e rapidamente o achou era bem melhor eles organizados assim.

 Timbaland & One Republic - Apologize


Então enquanto procurava a musica ela mordia o quanto da boca, era sempre assim quando estava ansiosa,e fazia tanto tempo que ela não ouvia mais aquela musica que sentia seu coração bater mais rápido,ela realmente fazia uma tempestade em copo d’água pra tudo.

E a musica começou a tocar, então sentindo-se revigorada ela subiu em cima da cama e começou a dançar, o som estava muito alto mesmo, e ela sentia-se de um jeito diferente:

Estou segurando uma corda que me deixa a 3 metros do chão
Estou ouvindo o que você diz,mais simplesmente não consigo emitir um som
Você diz que precisa de mim, depois você me bota pra baixo.
Mas espere
Você está arrependida
Você não achava que eu daria a volta por cima e te diria:
Que é tarde demais pra se desculpar
É tarde demais

Essa musica realmente a fazia se sentir solitária mais vingada, era um sensação estranha, ela estava morrendo de vontade de chegar bem perto do Rafael e lhe dizer tudo o que entalou na sua garganta nos últimos dias, toda raiva, todo amor, todo ódio.

Mais ela não faria isso, ela ficaria ali, dançaria e não se importaria com nada, nada nem ninguém, então continuou dançando de um jeito único, um jeito seu, e era gostoso porque a cama era macia, e ela pulava como um bebe, mas ela pela milésima vez no dia, ela empalidece quando vê quem estava parado, encostado na parede,com os olhos grudados nela e os braços cruzados na frente do peito.

It's too late to apologize, it's too late


___________________

Próximo Cap. semana que vem.
Desculpem pelo atraso.
E o cap. não ta betado porque a beta teve que viajar, desculpem os erros eu tentei até corrigir mais sei lá se deu certo.
Próximo cap. eu respondo os comentários.

Desculpem mais uma vez.



N/B-Meu n/b vai ser bem curtinho pq eu toh sem tempo de escrever um melhor...eu nem sei como conseguir betar ele agora mas eu tinha prometido e aki esta......

Bem....CAP PERFEITOOOO!!!!MARAVILHOSAMENTE PERFEITO.......e muitooooooooooossssss outros adjetivos......Mas vem ka que eh esse que tah olhando para a Lily???? Jah tenho suspeitas mais nada certo...será mermo????????

Bemm tenho que falar uma coisa...teve um parte que a Lily falou assim “anta nordestina” Que fike bem claro que as nordestinas não são burras...nem nordestinos...por exemplo Augusto do Anjos era nordestino(paraibano) e era um homem super inteligente...e eu tb sou nordestina...tenho uns erros de português mas sou inteligente...não vou dizer que eh modesta parte...pq eu não sou modesta!!!Muhahahahahahahhaha!!!Mas nordestinos são ARRETADOS...

Eu sei que eh modo de falar e tudo mais...mas eu falei isso para tirar a imagem péssima que as pessoas de outras regiões do Brasil tem e eu como nordestina tenho essa obrigação...Ahhh quem ainda ache que os nordestinos são uma anta eu não me importo de discutir e argumentar pq eu tenho ótimos argumentos...

Bem...ficou maior que pensei...beijãoooo!!!!!

Lethicya Black;




N/ª 2 Isso meesmo beeta..
os nordestinos,baianos,paraibanos,são paulinos, curithianos, 0o ops.. exagereei.. mais a beta ta certa.. num é só pq nasceu na Bahia ou na Paraíba ou no nordeste que a pessoa é burra nãão, ta coberta de razão.. e tem tb os índios.. Aaaah como eu ODEIO que fala mal dos índios.. eles são bem mais inteligentes que nós. mto maais e é a gente que deveria aprender com eles porque eles sim não destroem tudo que veem, e nós, as verdadeiras antas, não conseguimos enxergar um palmo a frente do nariz.. e se tem algum leitor meu que num gosta de índio, de negro, baiano, loiro, me desculpem, mais é que é um direito meu [assim como de vocês] de dizerem o que pensam...
E se tem alguma pessoa que ficou ofendida pelo que eu escrevi [e me arrependo mortalmente, só naum tirei pq mtos ja leram] que me desculpe, e nunca quis ofender ninguém, nem desmerecer ninguém, e muito menos apóio esse tipo de racismo.


Beeijos.
=*

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.