FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

68. Capítulo 68 – Desespero


Fic: A vida continua... Cometem pessoal!!!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

_ E então Vic, pronta para responder as minhas perguntas?
_ Jamais falarei nada para você Camille até que você solte o Draco.
_ Não seja idiota, você não esta em condições de exigir nada... Tenho a vida de vocês três em minhas mãos... Camille caminhava na direção de Victória, ao chegar a uma distância mímina tocou com a ponta de sua varinha a barriga da mulher.
_ Camille, por favor, deixe-a ir... Ela não sabia de nada sobre as lembranças de John!
_ E quem disse que é sobre isso que eu quero falar com ela... Camille encarava Victória, seus olhos frius apavoravam ainda mais a mulher. _ Você sabe sobre do que se trata não é mesmo Victória...
_ Não... Não sei do que você está falando...
_ Ai... Camille soltou um grunidinho _ Vocês tornam meu trabalho tão mais prazeroso se negando a colaborar, quem sabe se eu refrescar sua memória? Quem sabe você conhece a história de um velho bruxo que viveu na época em que Mérlin e Cassandra ainda eram vivos, Se não me engano se chamava Alberto Waffling e que escreveu vários livros, onde um deles, que só teve um exemplar, contava básicamente à história de certo Anél...
_ Do que ela esta falando Vic?
_ Você não contou sua origem ao seu maridinho. Victória não respondeu, apenas encarou Camille e dela para Draco que a olhava com uma expressão dequestionamento. _ Nossa, será que a mulher perfeita não é tão pefeita assim?
_ Cale a boca sua desgraçada.
_ Hahahahahaha... Camille riu prazerosamente, ver um clima de desconfiança no casal era algo que lhe fazia bem.
_ Victória o que ela sabe que eu não sei.
_ Ande Vic... Conte para nós a sua história...
_ Não tenho nada a contar para você!
_ Você não sabe as origens de sua esposa Draco? Sua tão perfeita esposa tem segredos com você??? Draco nada falou, estava confuso, não sabia em quem acreditar, queria acreditar que tudo aquilo não passava de mais uma mentira de Camille, mas Victória realmente nunca havia lhe falado sobre seu passado, mas ele também não havia perguntado, na realidade nenhum dos dois falavam de seus passados.
_ Não me interessa o passado da minha mulher, o que me interessa é o presente e o futuro que contruimos juntos.
_ Que romântico, mas isso não vai me comover, então acho bom você me falar logo onde esta o livro que aquele velho escreveu e que vem passando a gerações em sua família Victória Waffling Nees.
_ Esse livro é uma lenda, não passa de uma história.
_ Não se faça de idiota eu sei que o livro esta com você, e não querer me contra não vai ajudar em nada por que enquato estamos aqui tendo essa conversinha agradável meus homens estão revistando sua casa por completo. A propósito seus feitiços de proteção são muito bons mas não o suficiente.

A angustia de Narcisa só aumentava, agora os gritos haviam silenciado, seu pânico aumentava pois isso poderia significar que não encontraria seu filho, nora e neto com vida. Narcisa continuava no chão, chorava descontroladamente o que não lhe permitiu perceber a chegada de alguém.

_ Sra Malfoy, o que esta acontecendo? Narcisa ergueu os solhos e deparousse com uma criatura nariguda, com grande orelhas, com no máximo 60 cm de altura, olhos esbugalhados e de um azul profundo.
_ Tymot... Era o pequeno Elfo de John, ele havia sumido logo após a morte do rapaz, mas inesplicavelmente voltara naquela noite. _ Meu filho...
_ O que aconter com Sr Malfoy?
_ Camille está com ele e a esposa no escritório... Narcisa chorava.
_ Srta Camille nunca aprender.
_ Preciso de sua ajuda...
_ Tymot ajuda menino Malfoy, meu mestre ficaria feliz de Tymot ajudar.
_ Temos que agir rápido, não sei o que está acontecendo...
_ Tymot já voltar. Com um estampido o pequeno elfo sumiu deixando Narcisa confusa,e tão rápido como desapareceu ele voltou. Meninos Malfoy estão bem, vivos ainda.
_ Graças a Merlin. Narcisa pareceu recobrar suas energias ao saber que estavam ainda vivos. _ Temos que ajudá-los, mas minha varinha... Camille está com ela.
_ Tymot pode ajudar nisso também. Das vestes surradas o pequeno elfo retirou uma varinha e estendendo-a para a velha mulher disse. _ Era do mmeu mestre, vai ajudar. Narcisa e Tymot tramaram rapidamente um plano de fuga, Tymot usaria de sua magia para por a porta a baixo e enquanto Narcisa distraia Camille ele levaria o casal Malfoy para um lugar seguro voltando para buscar Narcisa.

_ No três... 1... 2... 3... A porta do Escritório explodiu e logo uma raio vermelho cruzou a fumaça, Camille esquivou-se por milésimos de seundos e logo lançou um raio de cor vermleha na direção de onde partira o primeiro, ela viu ele bater em algo e recochetar, logo vieram mais raios, a poeira baixou e ela pode ver quem a atacava.

_ Velha inutil resolveu tentar salvar seu filho... pois você acabou de assinar a senteça de morte dele. AVADA KEDAVRA disse ela apontado para o local onde Draco estava amarrado mas viu o raio acertar um vaso que estava na parede. Sua cara de decepção foi eminente.
_ Parece que você não é tão esperta assim Camille. Camille bufava de raiva.
_ EXPELLIARMUS! Disseram as duas ao mesmo tempo, os raios se ligaram, porém Camille foi mais forte e Narcisa acabou sendo jogada pela porta arromaba acabando no meio da sala de estar. Camille veio caminhando na direção da mulher que estava caida sobre um pequena mesinha.
_ Engraçado... Você não parece tão valente agora Narcisa. Os olhos de Camille expressavam toda a loucura da mulher, a furia e frustração que ela estava sentindo. _ Chegou seu fim Narcisa...

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.