FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. A Aposta


Fic: Escola de Rock ~ qualquer semelhança com o filme é mera coincidência - cap. 6 - FINALMENTEEEE!!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 4 – A Aposta

James estava na frente da Sala de Troféus tentando adiar aquilo que não poderia ser adiado, mas afinal, a culpa não era dele, apenas Malfoy merecia aquilo.

Vendo que não poderia esperar mais entrou na sala vendo troféus espalhados por todas as paredes, em cima de mesas, balcões e até pelo chão. O aposento era enorme e James conseguiu ver bem no fundo, Malfoy tirando o pó de um troféu em cima de uma prateleira.

-Essa cena combina muito com você Malfoy.
-Cala a boca Potter. Acha que eu estou gostando disso? Só quero terminar com essa droga logo para poder sair dessa imundice de lugar. – James abriu a boca para responder, mas achou melhor não. Mesmo não querendo admitir Malfoy tinha razão, se não terminasse aquilo rápido, talvez não tivesse tempo para ensaiar com a banda e nem queria ver a bronca que iria levar de Remus se não chegasse a tempo.

-Tudo bem Malfoy, trégua por enquanto. – pegou um pano que estava em cima de uma mesa e começou a limpar um troféu tentando ficar o mais longe de Malfoy possível, pois não se responsabilizaria se deixasse o nariz do garoto sangrando de novo só por não agüentar a sua presença.

Depois de um pouco tempo limpando (que para James pareceu uma eternidade), James ouviu a irritante voz de Malfoy:

-É verdade o que Black disse, vocês realmente acham que podem vencer o torneio das bandas? – Malfoy não poderia fazer uma pergunta sem insultar alguém com ela.

-Sim Malfoy. Ou você acha que você e a sua banda podre poderiam ganhar da gente?

-Isso é certo Potter, pensei que você fosse um pouco mais esperto, mas é esperar demais do seu pequeno cérebro Grifinório.

-Você vai ver o que o meu pequeno cérebro Grifinório pode fazer! – James já largara o pano e segurava com firmeza sua varinha. – Expelliarmus!

Lucius mal havia pego sua varinha e já batia de costas em uma prateleira caindo no chão e levando junto todos os troféus em cima dessa.

-Estupore! – Malfoy gritava o feitiço, mas James conseguiu se esquivar.

Os dois estavam se encarando como se o próprio Voldemort em pessoa estivesse entre eles, até que Malfoy teve que abrir a boca mais uma vez:

-Qual é a sua Potter! Uma parte da sala está destruída porque você quis dar uma de herói! Sabe quanto tempo vai demorar para arrumar isso seu imbecil!

-Foi você e esse seu cabeção que derrubaram os troféus Malfoy! Nem consegue se desviar de um simples feitiço de desarmar, mas isso seria esperar demais do seu pequeno cérebro Sonserino.

-Você vai... – mas Lucius não terminou a frase, em vez disso ficou encarando James por um tempo e depois deu um sorrisinho enviesado.

-O que foi Malfoy, decidiu admitir que você não bate muito bem das idéias?

-Cala a boca Potter. Já sei o que podemos fazer para não nos matarmos durante as detenções.

-A é? Vindo de você até mês espanta, mas nessas circunstancias to aceitando qualquer coisa.
-Vamos fazer uma aposta.

-Uma aposta?

-É uma aposta Potter! Qual é? Ficou surdo agora?!

-Cala a boca Malfoy! Mas fala logo, como seria essa aposta?

-Simples, ganha a aposta quem ganhar no concurso de bandas e tocar no baile do colégio.

-E o que seria apostado?

-Hm...Que tal, quem perder tem que fazer o que o outro quiser por uma semana.

-Tem certeza que quer se tornar meu escravo Malfoy.

-Só em seus melhores sonhos Potter. – e depois de aceito o acordo, os dois arrumaram o que “Malfoy e o seu cabeção” haviam derrubado (sem deixar de apontar os podres um do outro no meio da arrumação) e foram embora, cada um em uma direção, James para os jardins de Hogwarts e Lucius para o salão comunal da Sonserina, ainda havia muita coisa para acontecer com James Potter e seus amiguinhos patéticos naquele ano, e se dependesse de Malfoy, nenhuma delas seria boa.

Continua...

Cantinho da Autora: Valeu mesmo pelo comentário *Andie McCourt*, tava até ficando deprê porque ninguém mandava comentário, valeu mesmo, essa é aminha primeira fic e um comentário ajuda muito, valeu mesmo mesmo! E quem bom que tu tá gostando! ^^ O cap. tá meio curtinho, mas eu to fazendo o melhor que eu posso, e tenho que admitir uma coisa FOI A MELHOR COISA DO MUNDO ESCREVER ESSES DOIS BRIGANDO! XD Bem, no próximo cap. tem MÚSICA!! Me ajudem, eu sei as músicas que Os Marotos vão tocar, mas não sei quem vai fazer parte da banda do Lulu nem o que eles vão tocar. Preciso de idéias!! Obrigada para quem ler essa joça e até mais! ^^

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.