FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. In Another Life


Fic: P.s : Eu te amo


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Eu não vivo maiss neh? agora eh so pra postar eh??

eu virei um ser postosintetisante!!
xD
Boa Leitura!
----------------------------------------------------------------------------------------------------------

“I have known you my whole life
When you were ten you said you'd make me your wife
And eight years later you won me over just as
I took the world on my shoulders
I got used to living without you and those phone calls
and dreaming about you
Always said that you were my man to be but I guess I
was inlove with your memory”

Amy andava desolada a passos bem pequenos em direção ao salão comunal da soncerina, um lagrima bastante resistente agora descia por sua pele branca e suavemente rosada.

You know I love you, I really do
But I can't fight anymore for you
And I don't know maybe we'll be together again
sometime
In another life
In another life

Ela não conseguia entender por que mesmo tendo Liah ao seu lado estava tão triste, tão só!

I know I said that I would keep my word
I wish that I could save your from the hurt
But things will never go back to how we were
I'm sorry I can't be your world

Ela estava evitando olhar nos olhos da namorada, não queria olhar naqueles olhos pelos quais havia se apaixonado desde o momento que os havia encontrado.

The way you're holding onto me makes me feel like I
can't breathe
Just let me go
Just let me go
Just don't feel right inside
God knows I've tried!

Amy se trancou em uma sala aparentemente vazia ao qual estava passando na frente, sentou-se e no mais profundo desespero chorou, não ligava se a vissem só queria ficar só.

Estava tão profundamente triste que nem ao menus pode perceber que além dela havia mais uma pessoa dentro da sala.

Um vulto negro e vermelho se aproximou dela, só no momento que a pessoa se ajoelhou na sua frente, foi que percebeu sua presença, uma menina de cabelos loiros e longos e olhos profundamente azuis.

- Você esta bem? – Perguntou uma Samantha com uma voz meio arrastada.

- Estou sim... – falou Amy olhando Samantha por inteiro, tinha certeza que ela estava chorando também, pois seu lápis estava borrado nos olhos e seu nariz estava vermelho, detalhe sempre marcante em Samantha – Você que não pareci bem...aconteceu algo?

Samantha se surpreendeu jamais esperava que uma soncerina se importasse com ela, principalmente pelo fato de ser uma grifinorina – Ah estou sim... – mentiu Samantha desviando rapidamente o olhar de Amy.

- Faz o seguinte...eu te conto o que aconteceu comigo...e você me conta o que aconteceu com você...pode ser? – sugeriu Amy enxugando de leve suas lagrimas e dando um leve sorriso.

Samantha não sabia o por que, mais sentia que poderia confiar naquela garota a sua frente, lhe retribuiu o sorriso, Amy entendeu aquilo como um sim e disse:

- Prazer Amy...Amy Phillipe! – estendeu a mão esperando que samantha a apertasse, o que ela não fez.

-Ahh...- falava envergonhada nem sabia ao menus por que – Sou Samantha...Samantha...-

-...Madson...Samantha Madson! Eu conheço sua irmã a Alex, ela se corresponde comigo! – Falou Amy apressadamente.

- Então é com você? E ela faz tanto mistério...affz... – Falava Samantha até num tom um pouco pretensioso.

- Ela é uma boa pessoa, você também me parece ser! –

-Digamos que eu sou melhor que ela... – falava Sah convencidamente.

Amy ria, Afinal será que estava ali a sua frente alguém com quem poderia contar?

- Então vamos! Me diga o que está acontecendo, sei que você estava chorando! – Falava Amy num tom meigo e preocupada.

-Ta eu conto! Promete que não fala pra ninguém né? – Falava Samantha de uma maneira franca e indefesa.

-Juro!! – Prometeu Amy fazendo um sinal de promessa com os dedos.( N/a: só em fic mesmo viu...onde eh que eu ia confiar numa soncerina ainda mais que eu nem conheço um segredo destes??)

Samantha contou toda a historia, explicou que desde que vira Ginny em seu primeiro ano, não a tirava da cabeça, Amy a ouvia atentamente, e pensava “Não acredito! Ela também é!!”. Ao terminar de contar toda sua historia Samantha se sentia um tanto aliviada.

-Sua vez agora... – falou Samantha ainda um pouco vermelha, pois havia acabado de falar seu maior segredo pra uma garota que havia acabado de conhecer.

Amy contou em detalhes toda sua historia com Liah. Samantha se surpreendeu, “Liah é lésbica? Putzz!! Ela não pareci, mas também nem eu pareço!”.

- Nossa deve ser tão triste o que você ta passando...posso te ajudar em algo? - perguntou Samantha que já estava suficientemente a vontade com Amy.

-Só de estar aqui me escutando já está me ajudando! Obrigado! – Amy abraçou a loirinha apertadamente cortando o ar que Samantha respirava.

Após se separarem e Sah poder recuperar o fôlego, olhou para Amy e viu que ela ainda parecia triste, porém bem menus do que quando a havia encontrado horas atrás.

Amy se levantou de súbito e disse: - Preciso ir amiga...tenho que fazer um exercício do Snape ainda, a gente se vê depois! – deu um beijo na bochecha de Samantha, o que a deixou muitoo vermelha e saiu deixando Samantha sozinha na sala ainda atônita com os recentes acontecimentos.

Após alguns longos minutos Samantha enfim saiu da sala e se dirigiu até o salão principal, ao longo do caminho só pensava em Amy, o sorriso da garota era perfeito, seus olhos cor de mel também ajudavam bastante.

Ela parou no meio do corredor.

“Eu amo a Ginny e a Amy ama a Liah! Pronto!!”( N/a: Que coisaaa mongol!! se eu fosse ela pegava a Amy, ela eh bemmm mais gata que a Ginny nun concorda?)

Samantha nem pode perceber quem acabará que passar ao seu lado.

Ginny olhou pra Samantha que estava parada no meio do corredor, ficou meio confusa, pois seu coração deu um grande pulo ao vê-la ali.

Samantha enfim havia percebido que Ginny estava ali, e sozinha! Não pensou duas vezes, avançou até ela, segurou ela pelos braços encostou-a na parede e a beijou apaixonadamente. Ginny não teve muito tempo de pensar, por mais que negasse era aquilo que queria desde que Samantha havia voltado.

Samantha segurava ela pela cintura e beijava ela com desejo e até um certo desespero, ginny correspondia a altura, logo já não se sabia mais de quem era mão de quem ali.(N/a: Aewww amem!! Só pq derrepente a Samantha eh minha person predileta e ela mereci neh?)

Ginny sentia correntes elétricas emanarem de seu corpo, um magnetismo intenso, era maravilhoso sentir a boca de Samantha lhe beijando, aquela língua macia e quente envolver a sua e brincar na sua boca.

Ginny só voltou a realidade quando ouviu um “hamham” vindo das suas costas, ela tomou um susto e se desvencilhou de Samantha rapidamente, Alex estava parada no corredor de braços cruzados batendo o pé esquerdo rapidamente no chão.

- Não quero explicações, e Sah vem comigo! Se o Filch te pega aqui num quero nem ver o estrago! – Alex se virou e começo a caminhar em direção ao salão comunal da grifinoria.

Samantha olhava de Ginny para a irmã, se decidiu e uma ultima vez olhou pra ginny.

-Me desculpa! – o olhar de samantha não era aquele compenetrado de sempre, era sincero e singelo, Ginny viu ela correr pra alcançar a irmã e ambas passaram pelo retrato da mulher gorda desaparecendo para dentro do Salão comunal.

Ginny ficou ali mais alguns minutos, havia beijado a pessoa que supostamente odiava, e ainda por cima era menina!

Ela acordou de seus devaneios quando escutou passos vindos da direção oposta a que estava, devia ser Filch e não queria pegar outra detenção.

Correu pro salão comunal, e se dirigiu rapidamente ao dormitório, ao entrar constatou que nem Alex nem Samantha estavam lá, deveriam estar no banheiro, imaginou Ginny, com bastante pressa ela se ajeitou e se deitou, fechou as cortinas e fingiu que estava dormindo, tão logo que aconteceu.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Espero que estajam gostando! A musikk lá em cima eh
In Another Life- The veronicas!!

Valeuu meu povo!

Feer: Pelos coments e tb pelos elogioss taum adoraveis!!

Rafinha: Pelo apoio e o choro!

Mary K.: Minha Mãezonaaa!! valeuu pelas dicasssss!

Sarah: Por enxer meu saco e me mandar ir pra casa pra escrever!

Resumindo a todoss aqueles que taum ajudando essa pobre escritora a seguir em frente!!

Sah Kimble agradeçe!
acessem! blogg pra noiss!
http://cabecadejavali.blog.terra.com.br/

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.