FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. AparênciasXEnganosXDescobertas


Fic: P.s : Eu te amo


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Duas semanas inteiras se correspondendo, Ginny nunca havia encontrado alguém que gostasse igualmente das mesmas coisas que ela, era incrível, ela simplesmente havia se “apaixonado” se assim pode se dizer, pelo seu par.

Ela contava as horas pra escrever pra ele.

“Eu devo estar louca”, pensava Ginny quando se pegava pensando no seu correspondente.

Ginny estava voltando da biblioteca, passara a tarde inteira lá, o que espantou bastante quem estava lá, era algo inacreditável, Ginny Weasley na biblioteca?
Fato que já havia ficado fora de cogitação, mas Ginny estava disposta a voltar a “ativa”, pois naquela mesma manhã Samantha havia sido elogiada por metade de todos os professores de hogwarts, inclusive Snape, que sempre quis que a garota fosse de sua casa, Ginny concordava, Samantha não parecia, alias não era uma Grifinorina de maneira alguma, era arrogante e muito petulante, realmente tirava Ginny do serio...Pêra ai...? “Me tira do serio”? Pensava Ginny enquanto ia em direção ao salão comunal da sua casa, ela parou por completo, mexeu algumas vezes a cabeça, piscou bastante:

- Devo ta ficando muitoo doida – falava ela com sigo mesma – Ai ai...

- Falando sozinha Weasley? – Ginny escutou uma voz vindo de traz de si, já sabendo quem era virou-se rapidamente e respondeu: - Por que quer saber Madson?

Samantha estava parada atrás de Ginny, com aquele olhar arrogante e pretensioso que Ginny conhecia muito bem:

- Por que se for o caso eu conheço vários psiquiatras bruxos, quer que eu marque hora pra você com algum?!?

Samantha falava e exibia sarcasmo e ironia suficiente pra deixar qualquer um sem resposta, mas não Ginny que se impôs e disse de forma bem mal-criada :

- Conheci é? Nossa não sabia que ainda fazia terapia! Mas também né, drogada feito você é precisa mesmo de psiquiatra! Toma jeito Madson, ou vai morrer por esses troços que você usa! – e continuo a andar desdenhosamente, se rindo por dentro.

Chegou até o salão comunal, se sentou numa poltrona e começou a rir sozinha, pensando na maldade que havia dito, mas não teve um pingo de pena de Samantha, que por sinal ainda não havia chegado.

-Quem brinca com fogo quer se queimar...- falava pra si mesma, enquanto abria o livro de Feitiços e procurava um feitiço que não havia conseguido realizar na aula, encontrou rapidamente, pegou sua varinha e começo a treiná-lo nem conseguir conjurá-lo nenhuma vez entre as vinte que se seguiram.

-Ginevera Weasley estudando as 12: 40 da noite?!? O mundo vai acabar!! – a principio Ginny pensou que fosse Samantha, mas logo se deu conta de quem era.

-Sai dessa Alex!! Odeio quando você me chama de Ginevera! – Ela ainda olhava atentamente o livro e pela vigésima primeira vez tentava conjurar o feitiço.

-Que feitiço é que você ta tentando fazer?!? – Falava Alex quando se sentou no braço da poltrona em que Ginny estava sentada e tentava olhar o nome do feitiço que Ginny estava treinando.

O que significou ficar a centímetros uma da outra, Ginny olhou pra Alex no mesmo instante, e pode perceber o quão diferente da irmã ela era, tinha os olhos de cor diferente e os cabelos loiros curtos davam uma impressão bastante infantil a ela, bem diferente da irmã.

Alex percebeu como Ginny a estava olhando e achou aquilo suficientemente esquisito.

-Cê ta bem Ginny? Por que ta me olhando assim? Tem alguma espinha aqui ??-

Alex perguntava enquanto cutucava o próprio rosto, Ginny foi acordada de seus devaneios, piscou algumas vezes, até que após alguns segundos, poder cogitar e responder a pergunta de Alex.

-Não é nada! tava voando aqui, pensando na vida, nada haver com você não! –

Ginny falava enquanto desviava o olhar de novo pro livro, tentou em vão mais uma vez conjurar o feitiço, sem sucesso disse pra Alex que iria dormir, agora a menina estava sentada numa poltrona ao lado lendo um livro de auto-ajuda trouxa, Alex levemente olhou Ginny e disse que iria esperar a irmã, Ginny se despediu e foi pro dormitório.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Liah estava no salão comunal da soncerina, sentada em uma canto remoto da sala, longe dos olhares dos soncerinos curiosos.

Estava lendo mais uma carta de seu correspondente, com essa já era a nona carta.

Depois de ler e reler a carta algumas vezes, pegou um pedaço de pergaminho na mochila, uma pena rosa – presente de Amy- e o tinteiro, ela se pegou olhando pra pena, odiava rosa mas pelo simples fato de Amy tê-la dado ela a usava e até com certo apresso por isso.

Parou de observar a pena, molhou-a na tinta e colocou-se a escrever lentamente como que estivesse desenhando, bem diferente do seu modo “normal” de escrever.

“Duas semanas né? Já estamos virando amigos mesmo...adorei as músicas que você me mandou! Sua autoria né? Fiquei fascinada pela Never too late e a Just like you, muito boas mesmo!! Obrigado pelas cifras, to treinando Just like you, simplesmente showw!!
Uma pergunta que não fiz...você também canta ou só toca?
Espero uma resposta!
E quanto aquilo que você me perguntou...eu acho que tipo, você tem que pensar bem antes de tomar qualquer atitude, isso pode ou não mudar sua vida! Entendi?

Beijos, Baixista!

P.s: Eu já me decide quanto aquilo que eu te pedi um conselho lembra?!? Brigada mesmo! Você ta sendo amigo de verdadee!”.

Liah selou a carta com uma “lambida” bem dada e colocou-a dentro da mochila, levantou-se do lugar onde estava, só então pode perceber que estava sozinha no salão comunal, arrumou o resto de suas coisas e seguiu rumo ao dormitório, quando foi impedida por alguém que a segurou pela cintura e a encostou na parede.

- Oi pra você também Srta. Phillipe! – Amy a olhava safadamente, e Liah estava um tanto nervosa com a situação em que estava, não que ficasse constrangida mas pelo fato de ainda não ter se acostumado em ter como namorada a melhor amiga.

- Ai amorr faz tempo que a gente não fica assim juntinhas – falava uma Amy em tom de suplica, enquanto olhava pra Liah com carinha de pidona, ela estava abraçada a Liah, ela não conseguiu resistir ao charme de Amy e a beijou, com um tanto de desejo e ternuda, a namorada entreabriu os lábios da outra pra entrada de sua língua, que explorava cada canto da boca de Liah, ela apreciava aquilo e retribuiu fazendo o mesmo, em alguns minutos Liah já estava acariciando todo o corpo de Amy e esta estava enroscada no pescoço da namorada, como um todo o ato era um tanto romântico, pode-se dizer assim.

Alguns minutos memoráveis se passaram até que contrariando a vontade de Amy elas encerraram o beijo.

- Temos que ir dormir Amy! Já passa da 1 da manhã!! – falava Liah bastante assutada ao olhar pro relógio em seu pulso.

Amy soltou um resmugo de que não estava com sono mas acompanhou Liah até o dormitório.

Liah foi arruma seu material para a manhã seguinte enquanto Amy tomava banho.

“Por que será que eu sou tão fria com a Amy?” pensava ela enquanto dobrava suas roupas.

“Eu queria tanto ama-la do jeito que ela me ama! Por que será que é tão difícil!!” sua cabeça estava a mil, cheia de duvidas, que nem percebeu que Amy havia saído do banheiro e provavelmente por ter ficado chateada com Liah, se vestiu e sem nem ao menus dar “boa noite” foi dormir, fechou as cortinas verde e prata e entrou debaixo das cobertas.

Após terminar sua árdua tarefa de dobrar roupas foi que Liah percebeu que Amy já estava dormindo, ficou aborrecida pois Amy havia ido dormir sem ao menus ter dado boa noite, mas entendia a garota.

Foi naquela noite que percebeu: não merecia o amor de Amy, nem a amizade muito menus, estava fazendo a garota sofrer por praticamente pura pena e nada mais! “Não posso continuar enganando ela! Não dá! Tenho que conversar com ela!” Pensava Liah, mas não sabia como , não levava jeito pra essas coisas, nunca ia levar!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Samantha estava sentada na torre de astronomia, segurava um cigarro na mão, ele não estava aceso, ela apenas o olhava atentamente, até que passados alguns minutos ela o jogou pela janela, ela chorava caladamente, quem visse jamais diria que era Samantha Madson a sempre imponente e orgulhosa “melhor aluna”.

“Por que eu tenho que gostar tanto de alguém que pisa tanto em mim? Eu só queria mostrar a ela o quanto eu sou capaz! Queria que ela soubesse que eu posso tanta coisa! Mas por que ela acha que eu quero superá-la! Maldita Weasley!! Que Drogaa!! Não quero te superar sua TOLA! “ gritava dentro de si mesma, derrepente ela se levantou e gritou do alto da Torre :

- EU SO QUERIA DIZER QUE EU TE AMO GINA WEASLEY!!

Ela caiu em choro no meio da torre, não suportava mas aquilo, por que Ginny tinha que odiá-la tanto? Ela só queria que ela reparasse nela nada mais!

Ela se escorou em um canto de parede e continuo a chorar incessantemente até cair no sono.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.