FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

12. Entre amigos... Parte II


Fic: Contratempos... (Hr/D) (Hr/H) CAPÍTULO 19 MAIS EXPLICAÇÕES


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Os amigos terminaram de jantar em paz, conversando sobre as amenidades da vida.

- O que vamos fazer agora? – Ron perguntou, bocejando preguiçosamente.
- Aposto que vão jogar xadrez bruxo. – desdenhou Hermione.
- Não, sinto informar senhorita Granger, mas desta vez está errada. – Harry fazia uma voz jocosa. – Vamos fazer algo tipicamente trouxa, que eu sempre quis fazer, mas meus tios nunca deixaram...

Ron e Hermione se entreolharam. Fazer uma coisa trouxa? Não era certamente o que se espera de uma reunião de bruxos.

- Muito bem, senhor Potter. O que seria “algo tipicamente trouxa”? – Mione entrou na brincadeira.

Ron franziu a testa. Não estava bem certo de que queria fazer algo trouxa. No entanto Harry ignorou o amigo e pegou em uma mesa de canto duas fitas de vídeo
(N.A. Alguém ainda lembra o que é isso?-_-)

- Vamos ver filmes! – Mione ria.- Onde está a televisão?
- Tem uma no meu quarto. Vamos lá!

Ron os olhava, sem muita certeza do que estavam querendo dizer com aquilo. Uma tele-o-que?
Hermione fez um discurso sobre a televisão, vídeo- cassete e filmes trouxas, enquanto eles subiam para o quarto que agora era de Harry.

Era um quarto sem decoração, a não ser as bandeiras dos times de quadribol nas paredes, assim como fotos dos amigos. Ali eles podiam ver a si mesmo, em diversos estágios da adolescência, e muitas das pessoas que estiveram com eles em todo este tempo. Essa era a maneira de Harry de matar a saudade que sentia de todos aqueles que amava, mesmo os que não estavam mais entre eles.
No centro do quarto havia uma cama de casal, e defronte a ela uma mesa com uma televisão de 29 polegadas, e um vídeo cassete.

- Uau! – ria a menina. – Você nem é exagerado, hein? Uma cama de casal e uma tv deste tamanho!
- Acho que pelo menos agora eu mereço um pouco de conforto não é?- Harry deu de ombros.
- Claro que sim! Você merece o melhor!

Dizendo isso, Hermione se pôs na ponta do pé para beijar-lhe a bochecha. Quase caiu de espanto ao notar que ele colocou as mãos em sua cintura, criando uma espécie de abraço. Ficaram calados, sérios, perdidos um nos olhos do outro.

- Se queriam ficar sozinhos, era só não ter me chamado. – Ron dizia em tom magoado.

Harry e Hermione se soltaram sem graça. O ruivo sentou na beira da cama, emburrado. Não tinha atravessado metade do país via pó-de-flú para segurar vela dos melhores amigos.
Querendo amenizar as coisas, tanto a cara de Ron quanto o clima com Harry, Hermione sentou-se na cama e abraçou Ron pelas costas.

- Não precisa fazer charme! Se queria um abraço era só pedir!

Ron corou.

- Quem disse que eu queria te abraçar?Vai lá, se agarra com o moreno dos olhos verdes! Deixa o sardentinho esquecido de lado. – ele brincava, deixando Hermione mais animada. Queria muito aliviar toda a tensão dos últimos dias, pensar em outra coisa, relaxar.
- Ah Ronizinho, você sabe que gosto das suas sardas!

Agora era a vez de Harry se aborrecer.

- Ah me poupem vocês dois! Nem quando namoravam de verdade eram grudentos assim.

Mione largou imediatamente de Ron, e os dois coraram violentamente. Sempre era assim quando citavam a época que namoraram.

- Eu mereço! Dois melhores amigos, e os dois ciumentos!- Mione se lamentava.
- Eu não tenho ciúmes de você! – protestava o ruivo.
- Não é o que pareceu agora há pouco!
- Convencida!
- Estúpido!
- Ei Harry, quer dizer pra senhorita-ego-inflado aqui que nós não temos ciúmes dela?
Harry os olhou, sentou na cama e não respondeu. Diante da insistência de Ron, foi obrigado a dizer o que realmente pensava.

- Não posso dizer que não. Acho que realmente tenho ciúmes da atenção da Mione, não gosto de dividi-la. E não negue Ron, você também tem ciúmes dela.

Ron engasgou uma negativa, enquanto a menina olhava fixamente para Harry, que por sua vez olhava divertido para o amigo.

- Está bem! – Ron gritou. – Talvez eu tenha um pouco, mais só um pouco de ciúmes dela. Mas também, vocês já ficam juntos todos os dias, e eu lá longe. É difícil me acostumar a não ter uma vozinha irritante me dizendo o tempo todo o que fazer, dando todas as respostas e brigando comigo. E também não é justo! Você tem ela só pra você todos os dias, e eu levando balaço na cabeça!

Eles riram.

- É Ron, acho que realmente eu estou melhor do que você, porque posso ouvir os conselhos dela todo dia, as opiniões, as respostas das provas...

Hermione estava tão emocionada ao ouvir os amigos que seus olhos encheram de lágrimas.

- Mas está errado quanto a que eu “a tenho só para mim”. Não a divido com você, mas tem alguém pior, o Malfoy. Sinceramente, preferia mil vezes quando ela namorava com você. Eu me sentia meio de lado, mas não excluído da vida dela como agora!
- Pois é... Tenho vontade de gritar só de imaginar ela e o, Malfoy... Acho que seria melhor se ela ficasse com você Harry... assim eu teria certeza que ela estava em boas mãos...

Hermione ergueu-se prontamente.

- Weasley e Potter! Não precisam ficar me empurrando entre vocês! Não sei o que tenho na cabeça pra ainda querer ser amiga de dois trogloditas!

Ela pegou a mochila que havia trazido e gritou saindo do quarto.

- Vou tomar banho. Talvez quando eu voltar vocês já tenham tirado no cara ou coroa com qual dos dois eu devo ficar.

Eles se olharam. Estavam apenas brincando, não queriam a irritar tanto.

- Ela continua nervosa como sempre, né? – Ron falou, deitando na cama.
- É sim, algumas coisas nunca mudam. Ron, o que você disse na carta, era verdade?
- O que?
- Oras! Que você achava que a Mione gostava de mim!
- Ah isso... – Ron ria. – Puxa cara, todo mundo percebia! Só você não! E depois, eu é que sou o lerdo do grupo...quando a Hermione gostava de mim, eu percebi... posso ter demorado pra tomar uma atitude, mas sabia que ela gostava de mim!
- Como assim, todo mundo percebia? – Harry estava realmente confuso agora.
- Até a Ginny! Quando vocês namoraram, ela até ficou meio sem graça de conversar com a Mione...
- Não acredito...
- Ah, esquece. Ela agora gosta do Malfoy não é? E você da Marian... que diferença faz?
- Não sei, não sei Ron...

E Harry realmente não sabia que diferença fazia, mas tinha a impressão de que fazia alguma.

Hermione deixava a água quente cair pelo rosto, pensando nos amigos. Em como tudo seria maravilhoso, senão tivesse se apaixonado por um deles, de novo. Já gostara de Ron, e muito. Apesar de serem muito novos quando namoraram, por um longo tempo ela ficou com a impressão de que acabariam juntos, houvesse o que houvesse. Bom, não foi bem assim que aconteceu, mas a amizade entre eles dois, e dos dois com Harry permaneceu. Uma amizade como a dos três era tão rara, tão preciosa, e ela estragando tudo gostando agora de Harry. Será que eu tenho alguma espécie de complexo? Por que sempre me apaixono pelos meus melhores amigos?- pensava para si.
Decidiu esquecer aquela bobagem toda, e ser feliz, sendo importante na vida deles, mesmo que fosse como amiga. Afinal, logo depois que Ron terminara o namoro havia difícil também... mas agora, ela o via como um amigo, um grande amigo, mas apenas isso. Não iria demorar para ela passar a enxergar o Harry da mesma forma...

Uns quinze minutos depois, Mione voltou, cheirando a sabonete de laranja, e vestida com um pijama vinho. Pulou na cama, já bem mais animada, depois da decisão que tomou, e expulsando os meninos, para que fossem tomar banho também.

- Ei, a gente não está em um vestiário- protestava Ron.
- Não precisam tomar banho ao mesmo tempo! Um vai tomar banho enquanto o outro prepara a pipoca, e essas coisas!

Vencidos pela amiga, Ron foi tomar banho, e Harry cuidar dos comes e bebes. Apesar de feliz com a própria decisão, ela ainda não sentia que estava pronta para ficar sozinha com Harry.

Logo estavam os três amigos de pijama, deitados na cama, assistindo um filme, comendo pipoca e tomando cerveja amanteigada. Ron achou até que bastante divertido a “letevisão” dos trouxas.
No segundo filme, o ruivo já estava cansado. Afinal, havia treinado duro durante o dia. Estava deitado na ponta direita da cama, com Hermione ao seu lado. A menina, que também havia acordado muito cedo, já estava cochilando. Resmungando que a menina ocupava muito espaço, jogou uma coberta no chão e dormiu ali mesmo.
Harry ficou algum tempo sentindo o cheiro de morango dos cabelos da amiga, misturado ao de laranja da pele... sentiu os olhos pesados de sono, e antes de dormir pensou que aquele estava sendo um ótimo final de semana. Queria poder ter seus amigos sempre próximos assim...


Na manhã do dia seguinte, Hermione e Harry acordaram com uma gargalhada alta de Ron.

- Eu não posso me afastar nem dois metros! O que vocês aprontaram, hein?

Os dois se afastaram rapidamente, quando perceberam do que ele estava falando. Haviam dormido sem se cobrirem, devido ao calor, mas acordaram abraçados, Mione com a cabeça enterrada no peito do moreno, e Harry com uma das mãos na cintura da amiga, e a outra enterrada em seus cabelos volumosos.

- Fala sério, acho que estou realmente sobrando aqui...

Ron se calou, pois foi acertado por um travesseiro que Harry jogou. Iniciaram uma animada guerra de travesseiros, que resultou na vitória de Hermione, três fronhas rasgadas e várias explicações não dadas.
_______________________________________________________________
Melhorou um pouco gente? Estou meio que em uma fase "sem-idéias" (pelo menos boas...)
Muito obrigada por todos os comentários, e desculpe-me se não leio a fic de vcs com a frequencia que merecem, mas é que usar internet por largos períodos de tempo só aos finais de semana (sabem como é, acordar cedo, estudar, trabalhar ¬¬')
E agradeço tb todos os que tem manifestado opiniões sobre com quem a Mione deve ficar! Depois de ouvir (ler) diversos argumentos, acho que finalmente estou conseguindo montar um final + ou - descente...
beijos ^_^

N.B. Amei a doll que ganhei da Calíope, muito obrigada ^^

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.