FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Halls


Fic: Nós... Irmãos ?


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________






No capítulo anterior

Dori e Anna estavam falando com Lílian, perguntando o porquê de tudo aquilo enquanto Lene ainda ameaçava Rafael, porém Lívia que estava sozinha estava com um pequeno sorriso cruel no rosto, ela não deixaria Lílian sair por cima, não Lílian.

-Hei Evans.. tem uma outra coisa que eu tenho que te dizer...




Capítulo Oito.
Halls




E Lívia caminhou até Lílian calmante, as duas estavam em uma distancia considerável e os passos da morena eram calmos, porém o sorriso maldoso que ela carregava e o olhar quase maníaco denunciavam que coisa boa não viria dali.

E quando a menina se aproximou da ruiva, James que estava um pouco ao lado da menina se postou na frente de Lily, não era como se ele fosse a defendê-la e sim como se aquilo fosse o certo a fazer, e quando Lívia ficou cara a cara com o maroto ela arqueou a sobrancelha e Lily colocou a mão na cintura dele, não o empurrou, mais ele entendeu o recado e saiu da frente da garota, que se aproximou de Lílian, com o sorriso cada vez pior:

-Aquele beijo foi uma aposta, e o prêmio foi uma bala Halls, depois nós passamos a noite juntos,e ele me disse como você fechou os olhos de um modo patético – disse a morena com um sorriso cada vez pior, sussurrando no ouvido da ruiva, que ficou estática.

E vendo que dera a cartada final, e que mesmo que tivesse apanhado, ela tinha saído vitoriosa, Lívia deu as costas para a ruiva e chamou Rafael que foi para o lado dela como um cachorrinho vai pra sua dona.


____________

Narrado Por Lily



-Aquele beijo foi uma aposta, e o prêmio foi uma bala Halls, depois nós passamos a noite juntos,e ele me disse como você fechou os olhos de um modo patético – Não, não, não, não, não, não..

Não pode ser.. não isso não.. não, não, não, não, não, NÃÃÃÃÃO...
ela está blefando.. é apenas blefando.. ele não faria isso.. não não..por Deus.. não..

-O que ela disse Lílian? – perguntou Lene ao meu lado, alguns minutos depois, me olhando como se esperasse resposta.

-Disse que sabia que o cabelo de Lily era tingido e que iria espalhar pra escola inteira. – acabou de dizer Sirius me salvando de responder mais perguntas, as meninas riram com a suposta coisa que Lívia tinha para me falar, e eu forcei um sorriso, nada foi tão mais difícil de fazer em toda a minha vida, e eu estou sentido que quero morrer, e que a minha cama seria o melhor lugar pra eu me esconder e não sair de lá nunca mais.

-Você... você ouviu? – perguntei olhando para Sirius, que me olhava de canto, enquanto Potter fazia uma cara de desconfiado.

-Claro, e eu te digo, não acho que seu cabelo seja falso. – Respondeu ele sorrindo pra mim, e eu mostrei os dentes de volta, porque aquilo nunca foi nem a sombra de um sorriso.

E enquanto eles conversavam e iam caminhando para casa eu sentia que não agüentaria mais segurar o choro por muito tempo,meus olhos já estavam marejados e eu sentia minha voz embargar.

-Gente... eu vou indo. – e dizendo isso eu saio correndo pra minha casa, ninguém deve ter entendido nada, mais é que eu não poderia mais segurar o choro, e ficando de frente para a minha casa, eu enxugo as lagrimas, respiro fundo e entro correndo.

-Lily, vamos almo.. ei.. espera ai filha.O que aconteceu? – perguntou minha mãe quando me viu passar pela sala como um furacão e eu apenas berrei de lá de cima “dor de cabeça”.

________________

-O que houve com a Lily? Porque ela saiu correndo assim? – perguntou Dori sem entender nada.

-Ela deve estar querendo fazer xixi.. – disse Sirius.

-Hei.. – disse Lene o olhando incrédula.

-O que foi? Ela me disse que estava apertada. – disse ele balançando os ombros.

-Vamos pra casa Sirius.. – disse James.

-Depois eu dou uma passadinha lá Jimy. – disse Lene sorrindo pro maroto.

-Tudo bem. Agora vamos Almofadinhas, lembra que meu pai falou para não demorarmos? - disse James com as mãos nos bolsos.

-Claro, e tchau gatinhas. – disse Sirius fazendo Dorcas sorrir, Anna corar e Lene bufar e revirar os olhos, no que ele deu um beijinho rápido na bochecha da morena que o olhou assustada, mais quando foi dar um tapa nele, o maroto já estava bem longe.

-Ele é louco? Que retardado. Quem ele pensa que é pra me beijar? – perguntou Lene olhando para as amigas.

-Ah... você gostou que eu sei.. não adianta fingir dona Lenezinha. – disse Dorcas sorrindo da cara de espanto da amiga.

-Eu gostei? – perguntou sarcástica.

-Gostou sim... e nem adianta fingir Lene.. agora vamos que eu quero passar na Lily pra ver como ela está. – disse Anna, e as meninas foram embora discutindo sobre Sirius.


_______________

-O que aquela tal de Lívia falou pra ruivinha? – perguntou James assim que as meninas já não podiam ouvi-los.

-Falou aquilo que eu disse. – disse o maroto olhando para o lado.

-Não foi isso não, se fosse isso aquela esquentadinha teria dado um tapa na cara da outra lá e você não sabe mentir, pode ir falando.

-É que... eu não entendi direito. – disse o moreno olhando para o lado.

-Não precisa falar se não quiser. – disse James ainda sério, mas depois sorriu – mas eu não te conto como foi com a Márcia da quadra sete. – disse ele com um sorriso maroto.

-Aff vei! Chantagem não vale.. deixa eu conta pro Reminho que você não vai me contar nada que ele vai te pegar – disse Sirius brincando com o amigo.

-Ah... então o maridinho vai me pegar? Olha que se ele pegar pegado eu gamo viu?! – disse James sorrindo da cara de espanto de Remo que havia chegado na parte do “pegar pegando”.

-Meu Deus, que bando de boiólas. – disse Remo tirando da cara dos amigos.

-Hei, eu sou muito macho viu? Macho mesmo. – disse Sirius no que James concordou.

-Só se for machucado né?

-Hei Remo, você sabe que o veado do grupo é o James. – disse Sirius.

-Eu nem vou repetir pela milésima vez que veado é a vovozinha...

-Ah... aquela bruxa de conto de fadas deve ser mesmo, eca.. – disse Sirius com cara de nojo.

-Você anda lendo conto de fadas Six? – perguntou Remo zoando o amigo.

-É, eu andei lendo sim, e sabe o que eu descobri? – perguntou ele com um ar superior.

-O que? Que você é o gato borralheiro? – perguntou James rindo da cara de nojo do amigo.

-Cala a boca ai Bamby, eu descobri que eu sou o...

- O Shrek? Ou aquele gatinho lá? – perguntou Remo para o espanto do amigo.

-Não, eu descobri que eu sou o lobo mau. – disse Sirius zangado,fazendo Remo dar-lhe um “pedala”.

-Ta mais pra chapeuzinho vermelho. – disse James rindo da camisa vermelha do menino, que desistiu de falar o que era e entrou pra sua casa, ou melhor, pra casa de James, que agora, era a sua casa.

-Olá Sirius, cadê o James e o Remo? – perguntou Alex vendo o “filho” entrar sozinho pela casa.

-Tão vindo. – e dizendo isso o maroto subiu em silêncio para seu quarto, no que Alex estranhou, Sirius só ficava assim quando ele não conseguia falar ou quando estava com fome, muita fome.


-O que aconteceu com o Sirius? – perguntou Alex intrigado quando Remo e James entraram.

-TPM. – disse James rindo.

-EU OUVI, VIADO DE UMA FIGA! – berrou Sirius lá de cima, no que James reprimiu uma careta e gritou de volta:

-AFF! NEM VOU GASTAR SALIVA COM VOCÊ! E DESCE LOGO PRA GENTE ALMOÇAR,TO MORRENDO DE FOME! – disse James esganiçado.

-Eu também estou morrendo de fome! – disse Sirius com cara de cachorro que caiu da mudança.

-Bom, então vamos né? – disse Alex e todos foram para a sala de jantar,que também era a sala de almoço.

[N/ª ¬¬’ não creio que eu escrevi isso ¬¬’]
______________

-Lily Querida, tem certeza que não vai almoçar? -perguntou Sarah se aproximando da porta, porém, sem abri-la.

-Depois eu como... – resmungou a ruiva de dentro do quarto.

-Tudo bem então, mais se você estiver com dor de cabeça, é melhor você comer e tomar um remédio.

-Ok, eu vou tomar um banho e já desço.

E Sarah vendo que o banho seria uma desculpa para não ir comer agora, desistiu e desceu para o almoço, aonde teria só ela e Vinicius na mesa, e poderia ate ser uma oportunidade para conversar com o filho.

__________________

Narrado Por Lily

Ai meu Deus! Porque toda essa insistência para eu ir comer?
”será que é porque ela é sua mãe e ta preocupada?
Quem é você? E o que você faz na minha cabeça?
“Eu? Bem ,eu sou você”
Ah claro! Isso explica muita coisa...
”Vai dizer que não sabe quem sou?”
Não, não sei... e será que você não pode me deixar em paz por uns segundos?
“tudo bem”.


Bom, agora que não tenho ninguém para me atrapalhar... acho que posso viver a minha depressão.E eu ainda num acredito que ele fez isso comigo..uma bala Halls? só uma bala Halls? Será que eu valho só isso? Aquele desgraçado... eu estou tão chocada que nem consigo pensar num nome bem feio pra chamar aquele filho da puta!

Aaaai!, eu to chorando por ele, ele que não merece nenhuma,nenhuminha lagrima minha.. ai Deus... Porque comigo? E porque ela? Ele não poderia me apostar com qualquer outra? Qualquer que seja? Mais não.. tinha que ser com ela, acho que isso deve ser meu carma, é.. só pode eu tenho um lazarento com essa menina, não é possível.

É incrível como a gente perde seis anos da nossa vida atrás de pessoas que não estão nem ai, que na primeira oportunidade arranjam um jeito de destruir toda aquela imagem que nós tínhamos delas, é incrível como um ser humano pode ser tão burro a ponto de não perceber que ele pode sim machucar as pessoas.

Ai que ódio! Eu poderia matar aqueles dois, iria ser maravilhoso ver a cara de sofrimento dela quando eu começar a dilacerá-la, pedacinho por pedacinho, dedo por dedo.

Ai! Pára Lílian Evans! Quantas vezes serão necessárias de terapia para que você pare com esse seu lado sádico? Tudo culpa daquele.. daquele...

-Lílian, já terminou o banho querida? – perguntou minha mãe novamente, e eu que achei que ela tinha desistido.

-Tomei sim, e a dor de cabeça parou, e eu não estou com fome, mais tarde eu como alguma coisa. – eu disse tentando fazer uma voz convincente.

-Tudo Bem querida, mais qualquer coisa eu estou no escritório e não demore para comer não.

-Tudo bem mãe.

Tadinha, ela deve estar preocupada, não quero nem pensar no que vai acontecer quando ela souber que eu briguei na escola, ai meu Deus, será que o Vini já sabe? Bem.. se ele souber ele não vai falar para ela mesmo, já que os dois estão brigados.

E pensando nisso, pelo menos eu não fui tão tonta assim e dei uns bons tapas nela, será que vai ficar com o olho roxo? Bom... acho que não tenho tanta sorte, e se ficar roxo ela vai passar um litro de massa corrida [leia-se maquiagem] naquela cara feia dela.

___________________

Lílian continuava deitada na cama, pensando e pensando, ainda parecia que não havia caído a ficha e seu estado era meio que anestésico, por enquanto ela não sentia nada, mas assim que aquele efeito passasse a dor viria.

E sentindo os olhos pesados ela foi se aconchegando no colchão e um segundo depois adormeceu.

Porém o sono não durou muito...

___________________

-E o que temos hoje? – perguntou Sirius animado, sentindo o maravilhoso cheiro da comida.
-Peixe assado! – disse Alex olhando para Sirius com um pequeno sorriso maroto.

-O que? Peixe assado? – perguntou fazendo cara de repulsa.

-É, e para você temos bife à milanesa, que tal?

-Ah! Ai sim, você achou que eu iria comer essa comidinha de gato? Arg! Nem pensar. Ainda bem que você lembrou do meu bife pai! – disse Sirius abraçando Alex e o chamando de pai olhando diretamente para James que fez uma cara não muito contente e perguntou emburrado.

-E para mim?

-Pra você tem peixe ué, você sempre gostou. – falou Alex fingindo não saber o motivo da pergunta do filho, mas o abraçando, o que fez ele fazer uma cara melhor.

-Vocês são meus dois filhos preferidos e o Remo é meu sobrinho favorito! – disse Alex abraçando James e Sirius ao mesmo tempo e sorrindo para Remo.

-E você é meu tio favorito também! – disse Remo sorrindo.

-Bom, ao ataque, eu estou morrendo de fome e ainda tenho coisa a fazer. – disse Sirius.

-Que coisas? – perguntou James se servindo.

-O que você acha? – perguntou ele com um sorriso maroto e com uma cara de safado inconfundível.

-Ah... então você vai a procura da próxima vítima?

-Não, eu vou a procura da nova sortuda que passará a tarde ao lado de nada mais nada menos que Sirius Black, o cachorro mais perfeito de todo o universo.

-Ah claro, mais você esqueceu de acrescentar o “modesto”, Sirius Black, o cachorro mais modesto e perfeito de todo o universo. –caçoou James.

-Pelo menos tem quem queira não?!

-Epa... e tem alguém que não queira James Alexander Potter? Filho de Alexander Thomas Potter? Neto de Thomas Andrew Potter?! Bisneto de Andrew... – mas Alex não terminou a frase:

-Ta bom... tudo bem, nós já conhecemos de cor toda Linhagem Potter pai. – disse James entediado.

-É, mais você não me disse ainda quem resistiu ao charme Potter. – disse Alex muito interessado.

-Ué? E quem mais seria se não a Ruivinha Evans? Eee.. esse tal charme Potter está muito mixuruca, pois hoje... – começou Sirius.

-Não aconteceu nada hoje Sirius – disse James ameaçadoramente – E eu nunca, jamais, em toda a minha perfeita existência, joguei charme para cima daquela ruivinha encrenqueira, e outra, é só eu estalar os dedos que ela vem correndo aos meus pés. – disse James fazendo pouco caso.

-E eu espero que seu dedo fique sem estalar coisa nenhuma, pois ela será a sua irmã James, e se você partisse o coração dela eu ficaria extremamente desgostoso com você. – disse Alex.

-Fique calmo pai, eu não tenho nenhum interesse naquela ruivinha, e não sei o que você viu nela, e outra, eu nunca parti coração de ninguém.

-Ah... eu sei o que ele viu nela.. e afinal,todo mundo sabe o que ver nela.. olha pra ela.. aquele corpinho..

-Parou Sirius.. eu não estou afim de perder meu apetite. – disse James mal-humorado.

-Tudo bem então.

E vendo a discussão Alex olha com uma cara sem entender para Remo que apenas balança os ombros.

E após almoçarem Sirius tomou um banho e saiu.

__________________


O moreno se aproximou da porta e tocou a campainha, alguns segundo depois uma ruiva apareceu para atende-lo:

-Pois não? – perguntou Sarah sorrindo e reconhecendo o menino.

-Boa Tarde Sra. Evans, eu poderia falar com a Lílian? – perguntou ele sorrindo um pouco nervoso.

-Claro, ela está no quarto dela, é subindo as escadas virando a esquerda na segunda porta que vai ter uma plaqueta escrito: “Ruiva estressada, não perturbe.”

-Ok. – disse o maroto estranhando a atitude da mulher e rindo da plaqueta do quarto da ruiva.

-Bom, eu vou fazer compras agora, e você poderia avisar para ela que eu saí e que é para ela almoçar?

-Claro.

-Obrigado, e tchau! – disse a mulher pegando as chaves e sua bolsa e saindo de casa deixando para trás um moreno meio espantado.

Ele vendo que teria que subir no quarto de Lily foi subindo calmamente as escadas, até que no primeiro andar virou a esquerda e procurou pelo quarto com a plaqueta, e lá estava ele, e aproximando-se bateu na porta.

-Ta aberta! – berrou uma voz extremamente esquisita do outro lado.

E hesitando um pouco ele colocou a mão no trinco da fechadura e foi abrindo a porta devagar, colocou a cabeça para dentro do quarto, viu um típico quarto de menina, com a diferença que tinha algumas coisinhas jogadas pelo chão, e quando ele olhou para uma cama enorme de casal ele estranhou o “bolo” que viu, parecia que o que quer que estivesse ali estava no mínimo achando que estava no Alaska porque a quantidade de cobertores em cima da cama era enorme:

-O que foi? – perguntou uma voz saindo de dentro do emaranhado que estava a cama, e de repente a coisa que estava ali levantou com os cabelos bagunçados e olhou para o moreno parado na porta antes de dar um berro.

-AHHHHHHH!

-AHHHHHH!

-SIRIUS? – perguntou Lílian com os olhos arregalados, antes de cobrir a cabeça.

-Oi! – disse o maroto sorrindo amarelo, não esperava encontrar a ruiva nesse estado.

-Oi! E desculpa a indelicadeza, mais o que faz aqui? – perguntou ela ainda com a cabeça coberta pelas cobertas.

-Eu queria falar com você, mais acho melhor em outra hora, bem... eu vou indo! – disse o maroto muito sem-graça.

-Não, espera um pouquinho, é só eu ir no banheiro rapidinho, já nós nos falamos – disse a menina saindo rapidamente de baixo das cobertas com o rosto muito corado indo em direção ao banheiro.

__________________

”Meu Deus! O que Sirius Black faz aqui? E porque ele vem aqui justo quando estou pior que a bruxa do 71?” pensou a ruiva lavando o rosto e dando um jeito no cabelo, então tirou o uniforme e colocou o pijama que estava dentro de um armário dentro do banheiro, e ficou mais envergonhada ainda ao constatar de que ele era de ursinhos.

Olhou-se no espelho, respirou fundo e abriu a porta para se deparar com um moreno um tanto envergonhado observando seu quarto.

-Oi de novo! – disse a ruiva sorrindo constrangida.

-Ah! Oi Lílian, e desculpa eu aparecer aqui sem avisar.. é que eu queria falar com você. – disse ele também constrangido coçando a cabeça em um ato de nervosismo.
-Sente-se, e pode falar! – disse ela apontando para a cama e sentando-se nela também cruzando as pernas.

-Bem.. é que eu queria saber como você está?!

-Ah, eu to bem, o corpo ta um pouco dolorido mais eu to bem.. e obrigado por me defender. – disse ela sorrindo fracamente.

-Que bom, mais é que eu queria perguntar como você está depois do que aquela menina te falou. – disse Sirius receoso.

-Você ouviu não é? – falou a ruiva olhando para baixo com os olhos marejados.

-Bem, eu não pude evitar, já que estava próximo de vocês. – concluiu ele como se estivesse se desculpando.

A ruiva não tinha palavras, algumas lágrimas já caíam e era como se ela estivesse despertando agora.

-Desculpe-me intrometer nesse assunto, eu vou indo.. – disse ele extremamente arrependido de ter ido até ali.

-Não, não tem problema Six, eu vou ter que passar por cima disso não é mesmo.. é só que eu não queria ter acreditado que aquele beijo tinha sido verdade, só isso. – disse ela se debulhando em lagrimas, coisa que a alguns anos atrás ela tinha pensado que nunca faria por um homem.

-Ai Lily, não fica assim! – disse ele a abraçando, ele tinha gostado tanto da ruiva que ela já a via como a irmã que ele nunca teve.

-Porque que ele fez isso?

-Você realmente acredita nela? Olha, eu não vou com a cara daquele Rafael, mais acho que ela não é de confiança, ela poderia muito bem inventar essa mentira pra te deixar abalada.

-Mais ela nem viu a gente se beijando. Eu tenho certeza, porque ela chegou um tempo depois.

-Bom, mentira ou não, você não deve ficar assim, não vê que é isso que ela quer!?

-Ai! Eu nem sei, sabe, não duvido nada ele ter feito isso... depois do que vem acontecendo de uns tempos pra cá nada mais me surpreende.

-Bom, eu acho que ela está mentindo, e pode deixar, eu vou dar uma surra naquele merdinha.. é só eu me encontrar com ele de novo, apesar de que foi bem merecido o que você fez com ele heim! Aquele chute doeu até em mim. – disse o maroto fazendo uma cara de satisfação e dor ao mesmo tempo, fazendo a ruiva rir.

-É.. e olha que eu não sabia que poderia fazer aquilo, sabe.. eu sempre fui meio medrosa pra essas coisas, nunca matei aula nem nada.. não tenho coragem, nem pra colar eu sirvo. – disse a ruiva se lembrando do provável desastre que seria sua prova e da feição decepcionada do seu professor.

-Que isso, você nunca matou aula? – perguntou ele espantado.

-Não consigo, a Marlene diz que é frescurite aguda, mais parece que tem um bloqueio entre mim e pular o muro da escola.

-Marlene é aquela peitudinha e bunduda que eu beijei hoje cedo? – perguntou Sirius se lembrando do ocorrido.

-Você beijou a Lene? – perguntou Lily assustada, pois o moreno ainda estava vivo a sua frente, coisa que não aconteceria se ele tivesse beijado mesmo a sua amiga.

-É, mais foi só um beijinho no rosto, ela é muito estressadinha, por isso eu beijei, pra deixar ela feliz sabe?!

-É incrível o fato de você estar vivo.

-Porque? Você acha que ela faria alguma coisa com ser mais perfeito e lindo do universo?

-Eu não acho, tenho certeza. – respondeu a ruiva sorrindo um pouco, e ela e Sirius começaram a conversar até que ele lembra de algo.

-Ah! A sua mãe me pediu para avisar que ela iria fazer umas compras, foi ela que me mandou subir.

-Sério? Não acredito que ela me deixou sozinha com você e ainda por cima o mandou subir! – disse a ruiva abismada.

-Porque? Eu não sou nenhum maníaco sexual não ruivinha, relaxa , não faria nada que você não quisesse. – disse ele de um modo ofendido e sexy ao mesmo tempo.

-Hahahahaha! Não é isso, é que a minha mãe é muito ciumenta e eu nunca achei que ela deixaria algum menino entrar no meu quarto... Acho que ela gostou de você.

-E quem não gostaria? Aposto que ela ficou encantada com o meu charme Black!

-Ai Sirius, você não existe.

-Como não? Pode apertar aonde você quiser pra ter certeza que eu existo. – Disse ele com um olhar maroto e sorrindo de um modo sedutor.

-Olha que falando assim eu dou a louca e aperto viu?! – Disse ela mais marota ainda fazendo o moreno sorrir.

-Ah! E ela mandou você almoçar... você ainda não comeu? – Perguntou o moreno assustado ,pois já sentia seu estomago ficar com fome.

Mais a conversa dos dois foi interrompida por um barulho forte vindo do hall.



O-o-0-o-0-o-0-o-0-o-0-o-0-o-0-o-0-o-0-o-0

N/ª Desculpem a demora, foi tudo culpa minha, eu é que atrasei o cap. porque fiquei sem inspiração pra escrever, e ainda tem o fato que eu fiquei duas semanas sem net ¬¬’.

Bom, obrigado pelos coments, eu fiquei muito feliz de ler toooodos eles e continuem comentado viu?! Mesmo que essa autora desnaturada aqui não mereça.
E eu confeeeeeeeeeeesso que fiquei cum medo de abrir o link da minha fic.. q eu achei que vcs iria me matar.. akosapskapksapspas


Resposta dos coments:




carolina:Queee bom que vc ta gostandoo.. koasoaskopas... num creio que eu fiz vc mudar de opinião? Heheh.. que honraa..

Inaclara Evans Potter:Já poostei.. finalmente née? Aff.. nem eu acredito que demorei taaanto :(

Giovanna Ranieri:Poostei! Finaaalmente né? E eu odiei esse cap. eu tinha imaginado ele tãão perfo.. mais ele ficou mto mixuruca.. buáááá! Ah e eu b ameei os vestidos.. hehehe.. eu procurei na net pra ver se achava alguma parecidinho.. mais num vi nenhum.. buááá.. e tipo.. pq qdo eu brigo num vem um Jimy e um Six tb? Aff.. fiquei curiosa agora... eu tb queeero!

brenda: hehe.. poostei e obrigado pelo coment viu?!

**júh**:Poostei.. e eu demorei demais mesmo.. aff.. to inté cum vergonhaaa .. beejo.

ღ Mandy Black ღ: obrigado pelo coment hehee.. eu num merecia.. mais obrigado.. e espero que ainda esteja viva viu? Eu quero ver vc vivinha pra ler a fic inté os últimos cap. hehehe =D

*Dark*Angel*:*.* nhaaain! Seerio? Mesmo que eu seja uma desnaturadaa.. obrigado viu? Adoorei seu coment e continue comenaaando.. beejo.

Josicreusa: Briigaado pelo elogio viu? Eu sei que num meereço.. mais obrigada do memso jeito.. e continue comentando e lendo viu?! Beejo.

Jessy Evans Potter: Aiii! que bom que vc achou o cap. perfeitoo =D eu tb amoo barracos e tipo.. eu adooro barracos em que a Lily ou seja la quem for o personagem femenino, desce o cacete nos homens (no bom sentido é claaaro), e eu tb nunca participei (Muahahaha, com mentira e tudo.. pq eu ja participei sim.. mais num foi culpa minha.. eu num ia reagir se a menina num tivesse falado melda pra mim =p, e outraa... ela tinha cara de Pinscher), aksapokpoaks e vc ta certa.. era ra ser "ta td mundo revoltado" aoksaposka.. mais tipo.. eu num sabia que nome por.. dai pus esse mesmo.. e ele vai alivia sim, é só que ele deve ter ciumes dela né.. apokspaoksapos.. aff.. adooro seus coments.. vc num deixa escapar nenhum detalhe..e podi deixar que o Vi vai se desrevoltar logo logo... tipo. ele talvez vá embora.. mais eu num sei ainda.. pq eu adorei o shipper dele cum a Anna

E respondendo a resposta da resposta do coment.. aushauhaus.. tipo.. o Jay num vai ser tão maaau cum ela.. ele vai meio que ser horrivel cum ela.. kkk mais eu num posso fica falanu se naum vc para de ler a fic né =D e eu tb iria quererrr no sentido inocente e pervo da palavra apoksaoskao :$.. verdadee.. nem todo mundo tem um sorte dessas.. e sobre a loucura.. é que vc num sabe o que a minha mãe fala qdo eu leio os seus coments.. ela me axa mto mto mto doida.. pq eu fico rindo.. dai eu abraço o monitos.. aoksoaskpaos... e ela fica axando que eu to carente.. qp eu fico abraçano ele.. apoksaopksoa.. e eu tb fico rindo de novo e de novo. é que é tããão engraçado que eu num consigo parar.. kkkk..., e pq a gente num monta um clube tipo "nossas mães nos acham loucas só pq a gente ri na frente do pc e ri sozinha.. ninguém entende a gente.. que mal tem rir? a gente é alegreee" e eu sou mááááh.. askaoskapos.. mais é que eu num consigo fazer mto suspense sabe.. as vezes.. se as pessoas perguntam.. eu falo td.. poakspoakaos.. mais to aprendendo a me controlar, e eu ja decidi o que elessão.. e tipo.. memso que fossem ou não fossem, eu iria usar a historia do memso jeito.. tipo. mudaria algumas coisa e os personagens.. e eu já disse que AMOOOOO as suas perguntas? seeeriaaaao.. vc sempreee faz aquele pergunta que eu num posso responder mais que eu queria que o povo fizesse. akspoaskpoasap.. espere mais um pouquinho.. vai ter um cap. inteirinho sobre o trabalho deles..


E sobreee 'Ele.. apksaksoapaoksao eu adorei o jeito que vc falou dele.. tipo.. as suas chançes de tar errada são quase 00,1%.. e sobre o travesti assassino.. nossa... isso tem 99,9% de chance de ser verdade.. e tipo.. vai que o Jamie tb é travesti e fico bravo pq o travesti assassino matou a mamãe dele? é uma hipotese.. e sobre a madrasta.. nãão.. acho que não.. axo que ela se preocuparia mais em matar a lily pra uma das filhas dela casar com o Jay.. e me diiiz.... como vc esqueceu da madrasta da Branca de Neve? =O ela poderia querer envenenar a Alexia.. cum maçã.. já que o carinha lá deu o coração do boi pra ela.. pq tipo.. a alexia podeia ser mais linda que ela.. muahahaha.. dai agora.. depois que alexia se foi... ela poderia persegguir a Sarah.. ou a Lily.. =0 tenho que avisar o Jay pra não deixar a Lily comer maçã e nem a Sarah.. aokspakspaskapos.. bom .. espero que tenha curtido o cap. e que o que a Livia disse te deixe com mta raiva.. que dai é mais gente pra bater nela.. apoksaoksopas... Beejo. E nem ficou grande a resposta do seu coment né? :O





Boom gentem.. é isso..desculpa a demora.. eu to morrendo de vergonha por isso.. e Beejo.

N/B-Oieee gente!!
Menina como Vanessa é má!!olha onde ela acabou o cap???
Eu estou super curiosa!!!
Eu rir para caramba nesse cap!!Os marotos são uma comendia!!Até o Reminho!!!
O jay é tão fofo!!!Ele ficou na frente da lily para impedir de Livia fazer alguma coisa!!td bem que era pq ele achava que era o certo mas mesmo assim!!Que foi super fofo foi!!!!!
Ahhhh falando dessa cena preciso dizer que eu odiei mais ainda a Livia???aquela nojenta!!!!
Sei não viu!!!
Eu quero soh ver quem é no hall de entrada!!será que era o tarado da machadinha??tudo bem toh sem idéia e fico falando essas coisas sem sentido!!!iguinorem!!
Bem eu AMEI O CAP!!!Ele tah PERFEITO!!!A espera valeu a pena!!!
Beijão!!e comentem para deixar Vanessa feliz!!!
Lethicya Black!























~

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.