FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Lunny Lovegood?


Fic: Jogo de sedução


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Luna era a primeira a tentar vencer a aposta. Ela sabia que não ia ser nada fácil, mas preparou tudo para que fosse o menos difícil possível.

No dia seguinte ao jantar com as amigas, a loirinha começou a armar seus planos para seu reencontro com Malfoy.

Em suas pesquisas, descobriu que Draco ainda morava na Mansão dos Malfoy, mas vivia sozinho desde o sumiço de seus pais após a derrota de Voldemort.

Descobriu ainda que ele trabalhava como advogado em um escritório chiquérrimo em Londres, sendo o próprio Malfoy o dono do prédio e da empresa de advocacia bruxa.

Com o endereço do loiro em suas mãos, partiu para o esperado encontro “casual” que havia planejado cuidadosamente. Não estava nem um pouco disposta a perder a aposta.

Numa manhã ensolarada e quente, Luna vestiu uma roupa provocante. Um decote médio e uma saia curta davam a ela um ar sensual, mas não vulgar. Perfeito para um primeiro contato depois de tanto tempo.

“Será que ele lembra de mim?” – Luna se perguntava enquanto esperava próxima a entrada do escritório do loiro – “Pouco importa. Depois que a gente sair ele nunca mais vai esquecer de mim” – e deu um sorrisinho convencido.

Ouviu um “crack” que indicava que alguém havia acabado de aparatar ali perto.

“Tomara que seja ele” – pensou a loirinha ansiosa, olhando com cuidado para não ser vista antes da hora.

Era ele. Malfoy acabara de aparatar no beco ao lado de seu edifício. Ele começou, então, a andar em direção a porta principal e quando fez uma curva...

BAM

Luna “sem querer” esbarrou nele derrubando todos os papéis que ele tinha nas mãos.

- Não olha por onde anda não? – disse o homem com sua usual voz arrastada.

- Me desculpa! – disse Luna fingindo estar sem jeito e abaixando para juntar os papéis de uma forma que seu decote não passou despercebido – Eu sou tão distraída.

- Deu pra perceber. – Draco reclamou com seu mau humor de sempre, também abaixando para pegar seus papéis – Olha a bagunça que você fez.

- Desculpa de novo. – disse a loira ajudando-o a terminar de pegar os papéis no chão e levantando-se bem devagar para provocá-lo – Tem alguma coisa que eu possa fazer para me desculpar por ter feito toda essa bagunça? – perguntou, terminando sua frase com um pequeno sorriso de canto de boca, completamente insinuante.

Malfoy olhou melhor para Luna, estudando-a dos pés a cabeça.

- Se você insiste... – disse dando um sorrisinho maroto – Aqui está o meu cartão. Me manda uma coruja mais tarde pra combinar de irmos tomar um drink qualquer dia desses.

O plano da loira estava saindo exatamente como ela tinha planejado.

- E porque não combinamos agora? – disse sorrindo e olhando o cartão que ele a deu. Ela fez uma falsa cara de surpresa. - Malfoy?

- É isso que está escrito. – ele continuou a sorrir – Já ouviu falar de mim?

- Pode-se dizer que sim. – Luna lutava para permanecer séria. Internamente ela acreditava que deveria se tornar atriz.

- Bem, eu espero. – ele continuou, aproximando-se dela.

- Na verdade, não muito. – ele parou de sorrir e se afastou. A loira continuou – Luna Lovegood. – disse apontando para si mesma.

Ele pareceu demorar um pouco para entender.

- Lovegood? – foi a vez dele de aparentar surpreso. Ele então voltou a observá-la de cima a baixo – A Di-Lua Lovegood? – completou dando um riso cínico.

- Eu acredito que me chamavam assim no colégio. É... – disse contrariada.

Draco começou a rir.

- Vejo que você continua a mesma pateta dos tempos do colégio.

- É ai que você se engana, Malfoy. Eu estou longe de ser aquela menina dos tempos de Hogwarts. – disse em um tom completamente significativo – E se você me dá licença, tenho mais o que fazer. – falou passando pelo loiro, andando de maneira extremamente sensual. Ela sabia que ele a observava enquanto caminhava.

- Você está com meu cartão. – ele falou, fazendo com que Luna parasse de andar e voltasse a olhar para ele.

- E daí? – respondeu mal-criada – Quer que eu devolva?

- Não. – ele caminhou em direção a ela – Eu quero que você marque o dia do nosso drink.

Luna fingiu que pensava no assunto.

- Jantar. – disse com firmeza, para não ser contestada.

- Sexta?

- Sábado. – adorava sentir que mandava em Malfoy.

- Me dá o endereço pra onde eu vou te mandar a coruja, então.

- Eu mando pra você. – disse em tom definitivo, mostrando o cartão que ele tinha dado a ela e virando-se com um sorriso triunfante no rosto.

“Ele está nas minhas mãos. Ganhar essa aposta vai ser mais fácil do que eu pensava”. – Luna falou para si mesma antes de aparatar para casa.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- Então vocês já marcaram um encontro? – perguntou Mione curiosa.

- Com certeza. – comentou a loira sorrindo, enquanto jogava um papel na mesa da sorveteria que estava com as amigas.

- Esse é o cartão do Malfoy? – perguntou Gina ansiosa pegando o papel na mesa.

- É sim. Mas você pode repetir a pergunta um pouco mais alto? Eu acho que só metade do Beco Diagonal conseguiu ouvir. – comentou Luna irônica.

- Desculpa. – pediu a ruiva meio envergonhada – Mas é que eu to curiosa pra saber como você conseguiu marcar o encontro tão rápido.

- Isso, linda, eu não vou contar nunca.

- Ah, Luna. Você acha o quê? Que nós vamos te copiar? – perguntou Hermione fingindo se sentir ofendida.

- Acho sim. Ainda não esqueci que estamos numa aposta.

- Por falar nisso, ainda não definimos qual vai ser o prêmio de quem ganhar. – falou Gina.

- Isso é fato. – concordou Mione. – Mas não seja por isso, vamos combinar agora.

- Pois eu acho que o próprio Malfoy já é um belo de um prêmio. – comentou Luna pensativa.

- Nossa, mas já está apaixonada? – comentou Mione, fazendo Gina rir.

- Apaixonada, não. Merlim que me livre. Mas tenho que confessar que o jeito dele de sorrir e de olhar pra mim me fizeram querer mais ainda ganhar essa aposta. Ele é muito gato. – concluiu Luna.

- Pois se você quer o Malfoy como prêmio, fique a vontade, porque eu não quero. Pode ficar com ele todinho pra você. – disse Gina.

- Eu concordo com ela. Pode ficar com ele que eu quero uma recompensa melhor. – falou Mione.

- E quem disse que eu quero ficar com ele? Lindas, eu só quero me divertir um pouco. Depois de passar a noite com ele, eu vou querer ele tanto quanto a uma pena velha.

O garçom, que chegava com os pedidos das amigas, ouviu o comentário e ficou encarando Luna com uma cara meio sonhadora que Luna não gostou nem um pouco.

- Que foi? Perdeu alguma coisa? – perguntou a loira irritada, enquanto Mione e Gina se acabavam de rir.

- Não, não, senhorita, desculpa. – ele estava completamente sem-graça.

- Pois eu acho que você perdeu, sim. Perdeu a vergonha na cara. Se eu pegar você escutando nossa conversa de novo, vou falar com seu gerente.

- Sim, senhorita. Desculpa de novo. – o garçom saiu rapidamente, deixando as amigas sozinhas novamente.

- E vocês parem de rir.

- Desculpa, amiga. Mas eu acho que você acabou de se tornar a musa de alguém... – disse Mione voltando a rir.

- Vamos ver se vocês vão continuar a achar tanta graça quando eu mostrar a fita provando que eu venci.

- Se você vencer, né?! – Gina desafiou, ainda meio sem ar do acesso de riso que acabara de ter.

- Não existe a possibilidade de eu não vencer. E vão se preparando para comprar aquele vestido lindo que eu vi na “witches”, porque é isso que eu vou querer quando eu ganhar. – disse Luna confiante.

- Eu não quero nenhum vestido. Quando eu ganhar eu quero aquela coleção de livros da Wilermina Goosp que eu comentei com vocês. – falou a morena.

- E você, Gi? Ainda não decidiu o que vai querer? – perguntou a loira.

- Eu já sei o que eu quero, mas ainda não está na hora de dizer para vocês. Se eu ganhar eu conto. – disse a ruiva, misteriosa – Mas pode deixar que não vai ser nada custoso pra vocês, eu garanto. – completou depois dos olhares indignados das amigas.

- Então de que adianta? – perguntou Luna agora fingindo estar indignada.

- Adianta que, pra mim, essa minha recompensa vai ser de grande valia.

- Ta bom, misteriosa... – rendeu-se Mione – agora que já está tudo acertado, vamos começar o jogo.

- Pra mim o jogo já começou, linda. Trouxe a câmera? – falou Luna.

- Ta aqui. – disse a morena pegando o objeto em sua bolsa e explicando a amiga como usá-la.

- Muito obrigada, linda. – disse a loira se levantando – Meninas, preparem-se pra perder.

Luna deixou as amigas e aparatou em casa para arquitetar seus planos para o jantar de sexta-feira.


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

N/A: Aí esta o segundo cap... no proximo sera o tao esperado jantar. será que o plano da luna dara certo? ehhehee

em relaçao aos comentarios...

Teresa: linda, obrigada por sempre comentar. pode deixar que eu nao vou te decepcionar... a fic foi inspirada no filme, mas seguira por caminhos um pouco diferentes... o final nao sera daquele jeito, eu garanto! o shipper final da fic nao sera o mesmo do filme. que bom que voce tambem gostou da historia! espero que voce continue gostando da fic...

Di Lua, Ariane e Whonna Malfoy: obrigada por terem comentado e saibam que o final do draquinho e das tres meninas ja estao bem definidos na cabeça da autora... por enquanto vao ter que esperar e ver os tres shippers da historia(D/L, D/Hr, D/G)... hehehe

Imogen: obrigada pelo apoio, espero que voce tenha gostado do cap 2 e continue gostando da fic ate o fim!

por ultimo, mas muito longe de ser a menos importante:
Bi Granger, lindona!!! obrigada por me dar o apoio q eu precisava pra escrever a fic... sempre lendo os caps em primeira mao, antes de todo mundo e me dando sua opiniao!

mil beijos para todos que comentaram e para os que nao comentaram tambem (mas para esses ultimos, um pedido: COMENTEM!!!)

adoro voces

Tita Weasley ^.^

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.