FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. Surto


Fic: Como Tudo Deve Ser


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Tá certo... demorei!! Mas estou de volta com o capítulo X (xéessss!! rsrsrs). Semana passada eu não tive tempo pra nada e, devo confessar, como ganhei dois livros de presente de aniversário... o tempo que sobrou eu devorei eles!!! ^^'
Amanhã tem ENEM... tem dissertação!!! (aaaaaaaaahhhhhh!!!) E tem Lizzie despreparada!!! Vamo ver o que vai virar tudo isso...
Ae... esse foi o cap. em que eu mais recebi comentários!!!! \o/ Será que devo colocar Lilian e Tiago QUASE se beijando de novo??? hauahauahuahauahauahauah
Enfim, vamos aos agradecimentos, que dessa vez são mtus!!!

Thatty: Siiiiiiiimmm!!! acho que esse é o meu cap. preferido também!!! ^^ O engraçado é que ele saiu do nada, pois qdo sentei pra escrever, não fazia idéia do que ia acontecer... Sim, dá vontade de dar cascudo na Keiko!!! (hauahuahauahauahauah), mas no fundo ela tá certa!! Vai vir pra Unicamp??? *.* Vlw pelos coments!!!

Agatha: Ahhhhhh!!! Eu tbm adoro a Keiko!!! ^^' Ela é muito fofa!!! Que bom que vc gostou!!! Brigadooooooooo pelos Parabéns!!! Vlw mesmo!!! Passarei sim na sua fic viwww??? Mas sem pressa pq ando em época de provas na escola... (¬¬') Pergunta: vc é louca por anime??? ^^'

Tah Evans: Vc é parente!!!! rsrsrsrs Tá na hora do Sirius tomar jeito, né??? Senão ele perde a Keiko... Passarei na sua fic tbm... (e mesmo caso da Agatha)... Vlwww pelos coments!!

Carlapicks: Omitir fatos as vezes é util.... rsrsrsrs E vou te avisar assim que terminar aqui....^^ Continue comentando!!!

Miss Darcy: hhehehehe.... sem comentários!!! É minha beta e sempre está a frente em relação a ler as histórias!!! hohoooowwww... Foi emocionante ver vc chorando!!!! *.* Deixe mais comentsssss!!!

Thata Radcliffe: Ahhhhhhhh!!! Que bom que vc gostou!!! ^^' Espero que continue lendo. viiiwww???

Camila: Espero que continue gostando e deixe mais coments!!!

Danny Evans: Parente tbm!!!! rsrsrrs AAAHH!!! Com certeza!! Omitir fatos as vezes é booom!!! Continue lendo, viiiww?

Amanda: Meeuuu Deeeeusss!!!! Você não sabe como eu fiquei feliz com os seus comentáriossss!!! Vc num tem noçãoooo!!! Foi um super presente de aniversário!!!! Brigadoooooooo mesmo!!! Vou responder tudo q vc disse com calma e por email, viwww??? Brigadoooooooooooooo!!!!!

AAAHHHHHHHH!!!! Acho que já está bom, né???? Povooo, muuuito obrigado meeeeeeeeeesmo por todos esses coments!!! Espero que vcs continuem comentando!!!! Isso me dexa mais inspirada!!!!

Aí está o capitulooooo!!! \o/

BJUUUUSSS!!!! e teh a proxima!!!


---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Capítulo 10 – Surto

Se Lílian achava que sua vida iria melhorar depois de seu isolamento do fim de semana, estava completamente enganada.

Aparentemente, Michael Brandon não se deixara intimidar pela sua fama de estressada e, na segunda, toda a escola sabia sobre o seu quase beijo com Tiago Potter e, como fofoca é sempre aumentada, já diziam que os dois tinham sido flagrados “no maior amasso”.

Tiago, é claro, não concordava e nem discordava e apenas dava um sorrisinho maroto quando perguntavam a ele se era verdade. Mas nada perguntavam a Lílian, apenas a observavam de longe e ficavam cochichando em grupos. A fama que fizera com os escândalos no Salão Principal ainda empunha um certo... hum, respeito.

- Mas isso é um absurdo! – disse Anna quando as três garotas saíam da aula de Transfiguração, com Lílian da cor dos cabelos. – Ninguém tem mais o que falar, não? Falar que você andou agarrando o Tiago...

- É algo impossível! – concordou Keiko, também incrédula involuntariamente se lembrando de uma certa aposta que fizera com Sirius.

- É verdade... – disse Lílian baixinho.

- O QUÊ! – gritaram as duas ao mesmo tempo, parando no meio do corredor. As pessoas que estavam perto, pararam para observar.

- Será que vocês não conseguem ser discretas, não? – disse a ruiva, puxando as duas amigas para uma sala vazia – entrem aqui!

Quando a garota fechou a porta, virou para as duas amigas, que a miravam de boca aberta.

- Eu não acredito que você agarrou o Potter! – exclamou Anna.

- Mas eu não agarrei! – afirmou ela sob o olhar inquisidor das amigas – Tá, não é exatamente o que estão contando, mas as fofocas têm fundamento.

- Como assim? – perguntaram as duas ao mesmo tempo.

- No sábado à noite ele estava na Sala Comunal – começou ela, sentando em uma das carteiras – Eu não vi porque ele estava dormindo no sofá. Só fui reparar quando ele veio falar comigo... – as amigas ainda a observavam incrédulas – Então quando fomos nos despedir, ele foi mais rápido e QUASE me beijou! – a garota conhecia muito bem suas amigas e sabia que se contasse exatamente o que tinha acontecido naquela noite, elas jamais a deixariam em paz.

- Sim... sei... e você nem queria beijar ele, né? – disse Anna, sarcástica.

- A gente finge que acredita, tá?

-Vamos jantar – disse Lílian por fim, sem saber se ter contado quase toda a verdade para as amigas tinha sido uma boa idéia.

Elas saíram da sala acabaram passando por Fábio Prewet, que estava pendurado de cabeça para baixo amordaçado e com o rosto todo pintado. Nenhuma das três reagiram ao que tinham visto.

Quando chegaram no Salão Principal, Tiago marchou reto em direção a Lílian parecendo meio preocupado.

- Hei, Lily!

- Não chega perto de mim! – gritou ela. Com todo mundo olhando, era uma ótima oportunidade para acabar com os boatos de que ela estava com aquele imbecil. E também tinha medo que, se deixasse ele se aproximar demais, acabaria perdendo o controle da situação.

- Mas é sério...

- Não quero saber de nada que venha de você! – e ela já estava saindo do salão quando virou e gritou: - A propósito, é EVANS para você! – e saiu.

- O que deu nela? – perguntou Tiago a Keiko, já que a Anna tinha ido para a mesa da Corvinal jantar com o namorado.

- Não faço idéia... – respondeu a japonesa sinceramente – Mas eu já estava até sentindo falta desses surtos dela, sabe... – ela se sentou junto com os marotos para jantar.

- Ah sim, porque não é com você que ela grita – disse Tiago fazendo careta.

- O ano passado foi o máximo – Rabicho entrou na conversa – Gritaria no café da manhã, no almoço, nos intervalos das aulas, na janta, nos jardins, na sala comunal à noite...

- Mas também, o Pontas não dava sossego para a ruivinha – Sirius retirou a franja de seu rosto enquanto falava, o movimento foi acompanhado quase que totalmente pelos olhos de Keiko.

- Não sei nem porque ele está reclamando – disse Remo – ele devia estar mais que acostumado com essas crises da amada.

Tiago fechou a cara.

- Vai por mim, Tiago – Keiko tentou consolar o amigo – se ela não gostasse de você, nem olharia para a sua cara. Se ela faz esse escândalo, é que não consegue admitir o que realmente sente.

- Só espero que você esteja certa – disse Tiago, já um pouco mais feliz.

O resto da janta foi normal. E quando Keiko disse que iria subir para a torre, Sirius a acompanhou.

- Ei, preciso falar com você – disse ele enquanto subiam as escadas.

- Diga...

- Bem, vou ser rápido... quer sair comigo? – pela primeira vez ele estava chamando uma garota para sair. Pela sua fama, afirmar isso era estranho, mas a verdade é que ele nunca precisara realmente chamar qualquer garota para sair, pois elas acabavam beijando-o antes.

- Não – respondeu ela simplesmente, mesmo contra sua vontade. Precisava se mostrar impassível, não mostrar o que realmente estava sentindo – Mas, cadê a Lanna Bouer?

- Terminei com ela, não quero mais fazer as garotas sofrerem por minha causa...

Keiko revirou os olhos. Nessas horas ela até chegava a concordar com Lílian, como eles (Sirius e Tiago) conseguiam ser tão arrogantes? Não era à toa que andavam sempre juntos, pareciam compartilhar pensamentos também...

- Ah, sim... – a garota controlou sua paciência com sucesso... santa sabedoria oriental...

- Então, mas... sai comigo?

- Já respondi, Sirius! Não!

- Por que não?

- Porque eu não quero – ela não parecia estar muito satisfeito com a resposta dela – Será que isso não é o suficiente?

- Poxa... – ele passou a olhar para o chão em vez de olhar nos olhos dela – É sério? – então ele fez a sua famosa cara de cachorro abandonado. Por um momento até parecia que ela iria amolecer, mas...

- Sirius, somos amigos e para mim isso está ótimo – “Mentira! Mentira! Mentira!”, dizia sua mente – Por favor, não me incomode mais com isso, tá?

- Você se esquece que sou o melhor amigo do Tiago, né? – agora sua voz já soava em tom de ameaça – Eu não vou desistir tão fácil assim...

A garota apertou o passo ao ouvir a afirmação e quando chegou na sala comunal, subiu direto para o dormitório a fim de conversar com a Lílian, mas sua amiga ao que parecia estava mais uma vez fingindo que estava dormindo.

--------------------------------------------------------------------------------

- Por que vocês dois não dão as mãos e pulam juntos de um precipício? – perguntou Remo, após passar meia hora escutando Sirius e Tiago reclamando de suas respectivas feras.
Tiago não conseguia entender o que tinha dado em Lílian. A garota parecia ter sentido falta dos velhos tempos e resolvera voltar a gritar com ele por toda a escola, não deixando um espaço sequer nem ao menos para ele dizer “bom dia”.

E no caso de Sirius, não que Keiko tivesse virado uma fera, continuava sendo a paciência em pessoa, mas agora não dava a mínima para ele. Mal respondia os comprimentos e parecia sair correndo quando ele aparecia. Remo não conseguia entender por que Sirius havia adotado a técnica de conquista de Tiago, que já provara que era um fracasso. O cachorro não perdia uma oportunidade de chamar a japinha para sair e já estava conseguindo arrancar olhares furiosos do irmão dela.

- Você diz isso porque não é com você... – comentou Sirius emburrado.

- Convenhamos que vocês dois andam fazendo papel de idiota pela escola – continuou Remo.

- É o que faz o amor – disse Pedro, num dos raros momentos em que fazia o comentário certo na hora certa.

- Mas sinceramente eu já não sei mais o que eu faço! – exclamou Tiago, levantando-se do nada de sua cama, derrubando seus óculos no chão.

- Cuidado cara! – disse Sirius, pegando os óculos para o amigo – Bem, desistir está fora de cogitação!

- CLARO! Imagina se eu vou desistir agora sendo que corro o risco de nunca mais vê-la depois que terminar Hogwarts!

- Não tinha pensado nisso – Sirius parecia ter visto um fantasma, se é que isso assustaria um bruxo... – Ela disse que vai voltar para o Japão quando terminar a escola! Preciso agir rápido!

- É, mas não agora! Precisamos treinar!

- Verdade... – o cachorro voltou a realidade – vamos descer...

--------------------------------------------------------------------------------

- Lily, desculpa por ter sido tão dura com você – disse Keiko enquanto as duas caminhavam pelos jardins da escola após terem tomado café da manhã e Sirius ter mais uma vez a chamando para sair – Agora sei o que você realmente passa...

- Que isso, amiga... – disse Lílian, sorrindo – Se temos que passar por isso, fazer o quê?

Nesse momento passou um grupo de garotas sextanistas perto delas indo em direção ao campo de quadribol, todas olharam feio para Keiko.

- E olha só o que tenho que agüentar... por que ele simplesmente não larga do meu pé?

- Ele gosta de você, Keiko!

- Não consigo imaginar o Sirius gostando de ninguém...

- Sempre tem a primeira vez...

- Por que você está defendendo ele, Lílian?

- Pelo mesmo motivo que você defende o Tiago...

- É diferente!

- Não é não! – Lílian suspirou. Estava na cara que sua amiga era caidinha por aquele maroto de olhos azuis, mas nunca iria admitir. Vê-la cabisbaixa não era legal e já estava até pensando em interferir nesse caso.

- Sinto falta da companhia da Anna... – quando percebeu que a ruiva estava pensativa, Keiko resolveu mudar de assunto, pensando que talvez sua amiga estivesse procurando mais argumentos para contradizê-la.

- Eu também... mas depois que ela começou a namorar com o Edgar, quase nunca tem tempo para nós...

- É... na verdade sinto até falta do meu irmão me pentelhando...

- Ele tem que aproveitar, não? Afinal, vocês voltam para o Japão quando acabar a escola, não é?

Keiko parecia ter acordado de repente. Por um momento se esquecera que voltaria definitivamente ao seu país natal com o término das aulas. A primeira pessoa que veio em sua cabeça foi Sirius, nunca mais iria ver o maroto... e, sem saber exatamente por que, isso deu um aperto em seu coração.

Lílian meio que leu os pensamentos de sua amiga e decidiu que a partir de agora precisaria intervir nessa história. Mas para isso ela precisava tomar outra decisão importante...

--------------------------------------------------------------------------------

- Tiago, preciso de sua ajuda! – Lílian fora ao encontro do rapaz quando ele estava saindo do treino de quadribol. Dera uma desculpa básica a amiga e resolveu seguir em frente com seu plano.

Sirius, já achando que a garota queria se acertar com o amigo, resolveu deixar os dois sozinhos, sorriu para Tiago e em seguida apertou o passo. Para Lílian, aquilo foi uma alívio, pois ela não sabia como iria falar com Tiago com Sirius por perto e pedir para conversar a sós com ele geraria mias uma leva de fofocas pela escola.

- E por que eu te ajudaria? – ele não iria perder a oportunidade de se vingar de tantos cortes que ela havia lhe dado.

- Porque sem sua ajuda eu não vou conseguir realizar o que pretendo... – ela parecia estar implorando e quase que aquele rostinho fez Tiago mudar de idéia e para de encher o saco. Porém, o espírito maroto falou mais alto.

- Ema, ema, ema... Cada um com os seus pobrema – e deu risada ao ver a indignação da garota.

- Tiago, quando você vai crescer?

- Nunca? – ele pareceu pensar um pouco – É... acho que é a melhor resposta...

- Nem sei por que vim te procurar... – ela virou as costas, mas ele segurou seu braço.

- Agora é sério – até sua voz parecia mais madura – no que você precisa de ajuda?

- Sirius e Keiko –respondeu ela simplesmente.

- Finalmente alguém que pensa como eu! – exclamou ele, fazendo seu tradicional gesto de vitória.

- Estranho você dizer isso... – disse a garota sorrindo – Nunca pensei que eu fosse ter algo em comum com você...

- Nós temos muito mais coisas em comum do que você pensa, Lily – ela fez uma careta ao ouvi-lo usar seu apelido, mas não comentou nada – Mas você tem certeza de que sua amiga japinha gosta dele?

- Ela já me confirmou isso.

- E qual é o seu plano?

--------------------------------------------------------------------------------

- Ela é louca! Maluca! Completamente pirada!
Tiago acabara de entrar no dormitório, que estaria vazio se Remo não estivesse lendo um livro em sua cama.

- Quem é louca? – perguntou o lobo, curioso com o misto de alegria e incredulidade do amigo.

- Quem mais poderia ser? Lílian Evans!

- Mas o que foi que aconteceu agora?

- No ano passado ela não suportava nem ouvir meu nome, no começo desse ano começamos a conversar, quando parecia que finalmente tínhamos nos tornado no mínimo amigos... ela surta! E agora vem conversar comigo como se nada tivesse acontecido! Pode uma coisa dessas, Aluado?

- Muda mais que a lua... ao que parece – disse Remo, pensando em sua transformação daqui a duas semanas. – Quem vai entender as mulheres?

- Principalmente a Lílian! Quer garota mais complicada que ela? Será que eu gosto de sofrer?

- Deixando de lado sua insanidade mental, Tiago – disse Remo, rindo do amigo – O que aconteceu para essa mudança repentina de sua amada ruivinha?

- Ela está tramando juntar Sirius e Keiko...

- Ah! Isso é realmente necessário! – concordou Remo, quase que na mesma hora – Já não agüento mais olhar para aquela cara de cachorro abandonado do Sirius.

- Ao que parece, a japinha conseguiu colocar rédeas no nosso amigo...

- Quero ver ela colocar coleira!

Os dois riram a vontade até Remo se virar e fazer a pergunta que estava em sua cabeça desde que o amigo havia dado a idéia:

- Então, qual é o plano?

--------------------------------------------------------------------------------

E agora? Qual será o plano? ' hauahauahauahuahauahauaha

Fica pra semana que vem!

Até a próximaaaa!

BJUUUUSSS!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.