FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. Capítulo VI


Fic: Só Esquece Por Um Momento


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo VI

Deslocada. Era como me senti quando cheguei ao três vassouras e vi Harry sendo arrancado do meu lado por dezenas de pessoas. Uma música alta tocava ao fundo e as pessoas pareciam estar muito animadas.
Querendo ou não, Harry ainda parecia um vinculo pra mim. O único que, depois de tanto tempo, continuou pelo menos em “letargia” enquanto estava fora.
Não reconhecia aquelas pessoas, não reconhecia aquele lugar e, sinceramente, já estava querendo ir embora. Eu não lembro de ter me sentido tão desconfortável assim em qualquer outro lugar no “mundo trouxa”. Algumas vezes sentia olhares sobre mim, isso nunca me deixou abalada, mas agora... É completamente desconcertante.

-Deseja alguma coisa? – uma mulher sorridente perguntou me mostrando uma bandeja.

-Não obrigado, eu não bebo – retruquei.

-Ei! Mione – Harry me chamou. Suspirei, caminhando em sua direção, enquanto ele fazia o mesmo. – Por que você está ai?

-As pessoas meio que te arrastaram, não pude ver para onde – dei de ombros.

-Me perdoe – falou com um sorriso sem jeito. – Isso não vai mais acontecer, está bem? Venha... – falou me oferecendo a mão, que aceitei.

Então, depois, ele estava me guiando entre aquelas pessoas.

-Olha quem eu trouxe – ele disse para um pequeno grupo. – Hermione Granger pôde sair.

-Olá Hermione... Não sei se lembra, Lilá – ela acenou.

-Parvati – disse sorrindo levemente.

-Olá garotas – respondi apertando sem querer com mais força a mão de Harry. Eu odiava a falsidade daquelas duas.

-Acho que estes anos só lhe fizeram bem, Hermione – disse beijando minha mão, a que não estava segurando a de Harry. – Dino Thomas – ele me deu uma piscadela.

-Você este mesmo linda. Simas.

-Er. Obrigado – retruquei tirando minha mão da de Dino.

-Como vai Hermione. Que bom que pôde comparecer – disse um homem bonito, que pela gentileza me lembrou Neville.

-Muito bem, Neville – ele sorriu, e pude perceber que havia acertado. – E você, como tem passado?

-Graças a Merlim estou bem.

-Fico feliz, você merece.

-Bom, eu vou apenas falar com – eu o olhei quase implorante, eu não queria ficar com aquela gente. Neville era realmente educado, mas aqueles outros quatro? Não, eu definitivamente não poderia ficar ali. – Uns amigos. Quer vir?

-Adoraria – murmurei desviando o olhar. – Foi realmente um prazer revê-los.

-O que foi? – Harry murmurou quando saímos de perto do grupinho.

-Você iria mesmo me deixar lá?

-O que tem de mais? Você poderia conversar com eles – sem querer soltei um som de incredulidade. – O que?

-Não gosto daquelas pessoas. Ou melhor, gosto do Neville sim, ele é o único que se salva ali.

-Por Merlim, Hermione!

-O Dino quase me comeu com os olhos. Arg!

Ele o olhou de lado. – O que tem? Se você é mesmo bonita – virei meus olhos.

-Sem comentários.

-O que é? Está comprometida e seu namorado é muito ciumento?

-Não. O Dino que é muito fugaz para o meu gosto mesmo.

Harry sorriu. – Certo. Se a senhorita quer mesmo um compromisso sério... Dino não é o homem adequado para você.

-Finalmente você está concordando! – exclamei com sarcasmo. – E afinal, onde estamos indo.

-Tem uma pessoa que quer muito te ver – disse em tom enigmático. Eu não gostava quando ele fazia isso... Tinha uma impressão assustadora de que algo poderia explodir em meu rosto a qualquer momento. - Olha quem eu encontrei, Gina! – ele falou enquanto eu tentava digerir as informações.

E então uma mulher ruiva estava a minha frente. Um sorriso iluminando seu rosto. Ela era muito bonita, usava um vestido azul que ressaltava ainda mais seus olhos.

-Sim? – ela indagou olhando-o. - Merlim! – me senti presa em seu abraço. – Eu não posso nem acreditar na minha sorte!

-Er... Tudo bem, Gina? – perguntei um tanto desconfortável.

-Se estou bem? Não poderia estar melhor – ela retrucou olhando para Harry com um sorriso. – Certo, dá uma voltinha! – falou segurando minha mão e me fazendo girar. – Você está maravilhosa!

-Obrigado. Você também.

-Eu mal posso acreditar nos meus olhos. Que tipo de magia você fez? – ela perguntou marotamente cutucando Harry.

Ele sorriu arrogantemente. – Você sabe que o prêmio de sorriso mais belo do mundo bruxo não foi dado para mim por compaixão.

Gina riu para mim, virando os olhos. – Tem coisas que nunca mudam e, definitivamente, este não é caso de Harry Potter. Parece que ele mesmo se enaltece.

-Se quem tem que o fazer continua calado... – ele alfinetou pegando dois copos. – Para as garotas – disse nos oferecendo os copos.

-Ah. Desculpe, eu não bebo... – falei tentando evitar consumir qualquer coisa desse lugar. Na verdade, eu bebo, ao menos socialmente. Mas me senti pouco à vontade para beber aqui.

-Hermione, nem que você quisesse poderia ficar bêbeda com isso aqui – ele estendeu o copo novamente para mim. – Vamos lá, é apenas cerveja amanteigada - Gina assentiu, dando uma piscadela, enquanto dava uma enorme golada no seu.

-Então, como vai a vida? – ela indagou.

-Tudo em ordem. E você?

-Bom, sou realmente uma auror agora.

-Mesmo? Nossa! Me parece bom.

Gina sorriu empolgada. – É muito bom. Quero dizer, algumas vezes há trabalhos bem forçados, mas desde quando azarar alguém não é algo divertido?

Sorri sob esse comentário. – E como está a família?

-Mamãe e papai continuam as mesmas coisas. Você acredita que a senhora Molly Weasley deu um ataque quando decidi sair de casa? “Bem típico” você deve estar pensando... Fred e Jorge ganham cada vez mais com aquela loja de logros, a propósito, eles montaram uma loja aqui, em Hogsmead.

-É aqui perto, não posso esquecer de levá-la lá, algum dia – Harry falou.

-Gui e Fleur tiveram duas crianças. Um menino, Júnior, mais velho, de seis anos e uma menina, Alicia, tem três anos agora... Carlinhos ainda continua com seus dragões e tem uma namorada nova, parece que logo é o próximo a casar – disse sorrindo. – E... o Rony – ela falou olhando-me incerta. – Ele está fora do país, com time de quabribol, treinando.

-Então a família Weasley continua crescendo.

-Firme, forte e feliz! - então Gina carranqueou por um minuto. – Bom, há ainda os encalhados... Eu, por exemplo. Conhece? Muito prazer, Ginevra Molly Weasley – sorri do modo dela.

-Gina, como é possível? Tsc. Esses homens de hoje em dia...

-Você não pode falar nada, Senhor Potter. Você é outro.

-O que, homem de hoje em dia ou encalhado?

-Os dois!

-Bom, sobre esse pejorativo nome, “encalhado”, eu prefiro que se refira a mim como “descomprometido”, por favor.

-Harry, você viu o Neville por ai? - disse mudando de assunto.

-Gina, querida, ele é um homem comprometido agora.

-Eu não perguntei nada sobre isso. Além do que, - ela ergueu a sobrancelha. – acompanhar e conversar não é nada demais.

-Não se pode dizer o mesmo quando Gina Weasley entra em ação – eles se fitaram em desafio, e então Harry sorriu. – Logo ali, na mesa com o pessoal, mas vou logo avisando, Dino está naqueles dias.

-Deixa comigo – falou numa piscadela. – Foi realmente bom encontra você, Mione. Vê se não desaparece, hein!? - ela me abraçou. – Bom, agora eu tenho que ir à luta. Aquele lá é mais forte do que eu poderia imaginar... Estou me divertindo de montes! – Gina estalou um beijo em meu rosto e estava se afastando.

Olhei para Harry chocada. – Você sabe como a Gina é... Parece que o Neville se tornou seu alvo desde... Bom, desde que ele encontrou uma namorada. Há quase dois anos. Gina ainda não entendeu, ela achou a pessoa errada para “se divertir” por assim dizer.

-Por que diz isso?

-Ela acabou se apaixonando – Harry sorriu. – Apenas ainda não percebeu. Vem dançar comigo.

-Você não sabe dançar!

-Eu não sabia – retrucou ainda me puxando para o centro. – Há oito anos atrás.
*

Depois de duas baladas bem dançantes, uma música lenta começou a tocar, e eu já estava agradecendo a Deus por isso - estava completamente cansada e tinha certeza que duas músicas já eram mais que suficiente. Pensamentos que vem quando achamos estar esgotados.
Para meu azar, Harry Potter não demonstrava estar cansado ou achar que duas músicas já estavam de bom tamanho. Porque, simplesmente, ele segurou minha cintura e me guiou.
Pus meus braços ao redor de seu pescoço e meu rosto contra seu peito, talvez eu pudesse dançar mais uma música...
*

Quando saímos da pista de dança, eu estava surpresa. - Espero que tenha se divertido – ele disse passando a mão no cabelo.

-Pode estar certo – retruquei ainda o observando.

Harry estava respirando rápido – eu mesma estava. Estava arfante, pensando bem. - o cabelo arrepiado, como sempre. – O que foi? – ele perguntou.

-Acho que está na minha hora – falei voltando-me para meu relógio. – Aquela meia hora já passou faz tempo.

-Eu a levo.

-Não. Não é necessário.

-Eu faço questão - Harry segurou minha mão e então nós aparatamos.


-Muito obrigado. Foi... divertido estar lá.

-Obrigado digo eu, por ter aceitado meu convite. Bom, você está entregue. Tenha uma boa noite – ele se aproximou e estalou um beijo rápido em meu rosto. – Espero poder vê-la outra vez.

-Você ou Gina podem aparecer quando quiserem - Harry me sorriu e com um barulho de chicote, ele sumiu.
*
(continua)
*
Desculpem-me os erros...^^
Gostaria de agradecer a sy_, a minha titia Pink_Potter, a minha mamy Thaís Potter Malfoy, a minha vovó LiLa_GraNgeR, a *MaRy*, a Mia Rolim, a Hermione Seixas e a dudinha...
Obrigado meninas pelos comentários^^!
Beijão!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.