FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. No Moulin Rouge, td é diversão


Fic: Moulin Rouge - Amor em Vermelho


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 3: No Moulin Rouge, tudo é diversão

 


Os cinco rapazes estavam no grande salão do Moulin Rouge, no meio da multidão de homens vestindo ternos e gravatas-borboleta com cartolas e bengalas. O mais novo deveria ter no mínimo 25 anos, mas a maioria era formada por senhores de idade bastante avançadas.


Todos homens de grandes negócios, ricos e poderosos, que já haviam à muito tempo cansado da vida pacata que levavam com suas esposas monótonas e também já velhas, por isso se reuniam constantemente naquele clube para dar alegrias às suas vidas novamente, divertirem-se com moças bem mais jovens que eles cheias de energia e disposição, uma vez que podiam se dar ao luxo de gastar o quanto quisessem sem que sentissem falta depois.


Esses encontros eram segredos absolutos no que diz respeito às senhoras casadas, mas altamente conhecido para todos os homens de todas as idades e também para as jovens solteiras, caso quisessem se aventurar nesse estilo de vida.


A música animada tocava alta no ambiente enquanto umas poucas mulheres dançavam sensualmente em pole dance que ficavam em lugares fora do alcance de qualquer um. Eram apenas um atrativo para os olhos enquanto o verdadeiro show não começava.


O lugar era enorme e luxuoso. As cores vermelho, rosa-pink e dourado predominavam no ambiente. No centro de tudo ficava a enorme pista de dança bastante ampla que era onde todos se amontoavam, mas ao redor havia uma porção de mesinhas redondas com toalhas vermelhas juntamente com umas cinco pequenas poltronas ou puffs confortáveis onde qualquer um podia se acomodar e se acabar nas bebidas que eram oferecidas por sorridentes mulheres.


Harry admirava tudo de boca aberta, nunca antes havia estado em algum lugar tão luxuoso, e ao mesmo tempo tão miserável, dado o objetivo de tudo aquilo. Era óbvio que tudo aquilo não passava de um puteiro chique, mas ninguém dizia aquilo em voz alta.


A música que tocava antes diminuiu até sumir, e todos souberam que o show iria começar. A cabeça de todos se voltaram para as três postas lado a lado no fundo do salão que se abriram ao mesmo tempo, e pela porta do meio saiu um homem que Harry supôs ser o tal Zidler de quem os amigos falaram, o dono do Moulin Rouge.


Ele era baixo e muito barrigudo. Tinha cabelo e barba espessos, ruivo-alaranjado. Usava uma cartola preta, camisa branca, calça social preta e sobretudo vermelho. Tinha as bochechas bastante vermelhas que contrastavam com seus olhos azuis e faziam um conjunto cômico com seus bigodes cujas pontas se retorciam para cima. Ele sorria satisfeito ao vislumbrar a grande multidão que aguardava seu show.


Atrás dele foram aparecendo muitas garotas vestidas de dançarinas de cancã que foram se colocando ao lado e atrás dele.


Harold Zidler e suas famosas garotas, ele as chamavam de “Farejadoras de diamantes”.


À esquerda de Zidler, vestida de dançarina de cancã e muito bonita por sinal, encontrava-se ninguém menos do que Hermione Granger.


Harry engasgou com a própria saliva quando a viu, sua amiga estava quase irreconhecível. Adquirira um belíssimo corpo escultural e exibia um grande sorriso como qualquer um ali enquanto segurava a frente de sua enorme saia e agitava para todos os lados. Seu cabelo que antes era cacheado e castanho, agora estava liso e até a cintura na cor de um castanho tão claro que quase chegava a ser loiro.


À esquerda de Hermione, Harry também conseguiu reconhecer Pansy Parkinson bastante animada como nunca a vira antes. À direita de Zidler encontrava-se Cho Chang, e ao lado desta, Luna Lovegood que agora parecia outra pessoa com um olhar sensual, havia abandonado completamente seu jeito lunático e seus compridos cabelos descuidados, conservando agora um corte bastante curto e bem arrumado.


Todas elas estavam com 20 anos — exceto Luna ainda com 19 anos — e extremamente belas. Sorriam de orelha a orelha muito felizes, exibindo dentes brancos e certos.


Elas começaram a cantar e dançar, sempre agitando suas longas saias de cancã para todos os lados. À medida que avançavam ordenadamente, mais outras mulheres apareciam ao fundo e também entravam no salão cantando e dançando. Os homens abriam espaço e deixavam a pista de dança livre conforme elas se aproximavam.


DANÇARINAS DE CANCÃ
Hey sister, go, sister
(Ei irmã, vá, irmã)
Soul sister, go, sister
(Irmã de alma, vá, irmã)


ZIDLER
If live’s na awful bore
(Se a vida é um tédio)
And living’s just a chore
(E viver é uma rotina)
That you do cause death’s not much fun
(Que você leva porque é melhor do que morrer)


Todas dançavam num só compasso de dança com passos muito bem ensaiados e sincronizados, mexendo o saiote para todos os lados. Zidler cantava animado enquanto avançava na frente até o meio do salão, trazendo consigo as quatro compridas filas de dançarinas.


ZIDLER 
I’ve just the antidote
(Tenho o antídoto)
And though I mustn’t gloat
(Sem querer me vangloriar)
At the Moulin Rouge You ‘II have fun
(No Moulin Rouge Você vai se divertir)
So scratch that little niggle
(Deixe a irritação de lado)
Give a little wiggle
(Dê uma agitada)
You know that you can
(Você sabe que pode)
Because we...
(Porque nós dançamos...)
...the cancan
(...O cancã)


Harry olhava hipnotizado para todas as dançarinas. Não só por causa do jeito que elas dançavam, mas também Harry já havia reconhecido várias delas.


Além de Hermione, Pansy, Cho e Luna; ele vira também Lilá Brown, as gêmeas Parvati e Padma Patil, Ana Abbott e Susana Bones. Parecia impossível que todas não tivessem conseguido nada melhor em Londres e viessem todas procurar uma vida melhor em Paris que acabou por mudar radicalmente a personalidade de todos.


ZIDLER E DANÇARINAS
Don’t say you can’t can’t can’t
(Não diga que você não pode)
You know you can cancan
(Você sabe que consegue)
Don’t say you can’t
(Não diga que não pode)
Because you can
(Porque você consegue)


Agora todos os homens resolveram participar da festa. Eles começaram a cantar e dançar com suas bengalas e cartolas; inclusive Rony, Neville, Simas e Dino que também tomavam partido de tudo aquilo muito animados.


Harry também dançava tentando acompanhar os amigos para não ficar de fora, mas sem se entregar completamente, pois não conseguia deixar de olhar boquiaberto tudo o que acontecia ao seu redor, homens e mulheres se divertindo e caindo de cabeça naquilo tudo.


HOMENS
Here we are now
(Estamos aqui agora)
Entertain us
(Divirta-nos)
We fell stupid
(Somos muito tolos)
And contagious
(E contagiantes)


Após a participação dos homens, Zidler voltou a tomar as rédeas da situação. Cantava sendo sempre seguido de perto pelas dançarinas ao seu lado e às suas costas.


ZIDLER
Got some dark desire
(Com desejos obscuros)
Love to play with fire
(Adora brincar com fogo)
Why not let it rip
(Por que não começar)
Live a little bit?
(Viver um pouco?)


Os homens estavam cada vez mais animados com toda aquela festa e ainda mais impacientes para que fossem finalmente liberados a escolherem alguma daquelas mulheres. Puseram-se então a cantar também junto com Zidler.


HOMENS E ZIDLER
We can cancan
(Nós dançamos o cancã)
Don’t say you can’t can’t can’t
(Não diga que não pode)
You know you can can
(Você sabe que consegue)
You can cancan
(Dançar o cancã)


Às vezes Zidler cantava sozinho e outras vezes era acompanhado pelos homens. Ele conseguia convencê-los com enorme facilidade de que o Moulin Rouge era o melhor lugar do mundo, a fim de que fizesse-os voltarem ali muito mais vezes.


As mulheres continuavam dançando cancã e seduzindo todos os homens enquanto levantavam as pernas no alto e rodavam o saiote, fazendo-os terem um rápido vislumbre de suas pernas e de suas calcinhas, enlouquecendo-os.


ZIDLER
Outside it may be raining
(Lá fora pode estar chovendo)
But in here it’s entertaining!
(Mas aqui é divertimento!)

HOMENS
If you love
(Se você ama)
To be free
(Ser feliz)
The Moulin Rouge is the place to be
(O Moulin Rouge é o lugar certo)


A festa e toda a barulheira seguia a todo vapor, todos esquecidos completamente do mundo lá fora, dos problemas, de suas esposas e da realidade. Só o que importava no mundo naquele momento eram aquelas mulheres cada vez mais insinuantes e irresistíveis.


ZIDLER
Because we can cancan!
(Porque dançamos o cancã!)
Yes, we can cancan!
(Sim, dançamos o cancã!)

HOMENS
Here we are now
(Estamos aqui agora)
Entertain us
(Divirta-nos)


Enquanto cantava e dançava, Zidler deixou as mulheres na pista de dança e foi subindo uma escada na parede até chegar no palco que ficava no alto sustentado por grandes vigas brancas romanas, que era onde ficava a banda encarregada das músicas.


Agora todos podiam vê-lo ali no alto e impressionantemente escutá-lo, apesar de toda barulheira. Todos os olhares no salão estavam focados nele, dos homens e das dançarinas, que continuavam cantando e dançando juntos, completamente entregues.


ZIDLER
Outside things may be tragic
(Lá fora pode estar trágico)
But in here we feel it’s magic
(Mas aqui tudo é mágico)


_____________________________________________________________________



Continua...


No próximo capítulo:
 


As dançarinas levantavam e sacudiam as enormes saias para lá e para cá enquanto dançavam bastante animadas, cheias de energia e exibindo um grande sorriso que ia de orelha a orelha, abriam espacate no chão e começaram cada uma a ir de encontro a um do homem para imensa alegria deles.


— Missão cumprida. Fomos bem sucedidos com o Zidler.


— E você permitiu isso, Rony? — perguntou Harry indignado. — Logo você que não gostava de ver Gina de namoro com qualquer garoto de Hogwarts e agora está a empurrando para qualquer homem?
 


Lady Potter

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.