FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

0. Trailer


Fic: CACETADA!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


Trailer
..cacetada..



Quando sua vida está indo muito bem..

- Awn, Dorc’s, eu estou tão feliz! Tudo está tão perfeito! – eu disse abraçando ela. É incrível. Venho tendo desses acessos melosinhos.

Mas é sério, minha vida está perfeita, e eu tenho tudo que eu quero, sabe? E eu juro que se alguém tentar mudar isso, vai fazer uma breve visitinha no necrotério.

E você de repente é obrigado a se mudar de escola..

- Nã-não! Pera ai. Eu entendi que não tem mais Further Education. Isso quer dizer, exatamente o que? – eu perguntei. Decididamente não acho que eu vou gostar da resposta.

- Bem, que você vai ter que mudar de escola de ultima hora. Simples assim.

Ahá, simples assim? Simples assim? Oká, eu vou ter que mudar de escola. Eu estou calma, e eu não vou surtar. Surtar, eu? Magina!

- AAAAAAAAAAAH! EU NÃO QUERO! – eu disse que não ia surtar, viu?

Sua vida pode virar uma verdadeira granja..

- Você viu aquela menina? Ela é muito estranha. Você viu que ela usa All Star? – o que eles têm contra o meu bom e velho All Star?

- Cara, só essas novatas losers mesmo para usarem All Star. – falou a outra.

Ui, ofendeu. Loser? Ela me chamou de loser? Eu estava até gostando da parada de mudar de escola, para um lugar assim, pintoso, mas humilhar assim, na cara dura?

Ainda mais quando você é um pinto fora do galinheiro..

Um pinto fora do galinheiro. É assim que eu me sinto. Primeiro, meu porte físico não ajuda, nem um pouco; quer dizer, eu não sou bonita, não sou gostosa, e não tenho coragem para ser Cheerleader. Segundo, eu tenho complexo de inferioridade, e dai? Isso só faz abaixar ainda mais minha auto-estima.

- Dorc’s, você está bem? – Lily me perguntou.

- Na verdade, não. Não mesmo. Por que eu não sou bonita que nem você? Gostosa que nem você? Assim, tipo você? Por que eu gosto tanto de All Star? Por que eu gosto tanto de tirar fotos estranhas? Por que eu gosto tanto do verbo pintar? Por quê?

Que precisa sobreviver nesse mundo totalmente novo

- Dorcas! Você é uma garota pintosa ou não? Força! Vamos lá. Levanta! – eu disse, pegando os braços dela e tentando levantá-la.

Ela parecia uma gelatina, light. Que isso fique bem claro.

- Uma pinta nunca deve abaixar a cabeça! Dorcas levanta! Eu não tomei café da manhã para você. Levanta. – não surtia efeito. Qual é o problema dela? – Tá bom, não vai levantar? Fica ai. Menos dois PINTOS para você!

- Não, tirar pintos é covardia! – ahá! Eu sabia que ia dar certo.

Quer conviver com a Dorcas? Nunca tira pintos dela. Ficadica.

Mas pra isso muitos pintos vão ter que rolar

Eu me joguei em cima da cama, não gosto odeio a idéia de ter de mudar de escola, lá era tão bom. Agora eu vou ter que passar por um processo de adaptação, como se eu fosse um animal selvagem que precisa ser domesticado pra ir pra um zoológico.

- Saca só. – Marlene disse estirando um papel pra mim. – Eu fiz uma lista com os nomes de colégio que tem o Further Education.

- E? – eu fiz dando de ombros e me virando de barriga pra cima.

- E agora é só a gente cortar os nomes e sortear. – Marlene disse sorrindo. – Daí a escolha fica por conta do destino.

E agora seu grande desafio não vai ser mais pintar e piar

- Menos um PINTO pra você. – Dorcas disse fazendo uma careta que me lembrava a dor de estômago que ela teve no Primary Education.

E não foi lá uma dor de estômago das mais felizes, ela quase exterminou a população feminina – que se encontrava no banheiro feminino – do colégio. Eu fui a única que estive lá pra dar apoio, isso antes de eu desmaiar. Viu? Apesar de eu perder um pinto, eu sou uma boa amiga.

- Só porque eu curti o lance de a gente está indo pra St. Lewis Jordan? – eu indaguei levantando uma das sobrancelhas. – Eu preciso lembrar a você que fui eu que estive contigo durante a sua dor de estômago no Primary Education? Você não pode me tirar um pinto, eu estou com quase nada no estoque!

- Faça me o favor, será que dá pra falar de alguma coisa que aconteceu nesse milênio? – Dorcas disse fazendo outra careta. Só que essa foi muito pior.

Mas sim, viverem um lugar totalmente novo, sem nenhum manual

Eu encarei toda aquela nova estrutura de colégio, não era feio, sabe? Mas era amedrontador, e quando eu digo “amedrontador” não é porque ele parece o castelo do Conde Drácula, mas sim porque ele parece ser um daqueles lugares que você não pode nem arrotar. Eu não quis dizer que arroto, certo?

- Pronta, Marlene? – eu me virei e a Marlene tinha evaporado.

Parece que pelo menos uma de nós se animou com o fato de estar num colégio novo.

Acompanhe um novo tipo de 'The Simple Life'

- Segundo os astros vai acontecer alguma coisa de importante hoje. – eu disse a Dorcas e ela me lançou um olhar de “Fala sério” – Você sabe que os astros não mentem, eles acertaram a escola e a gente já fez até amizade com duas garotas novas!

- Aham, pode crê. – Dorcas disse virando o rosto na minha direção. – Isso se chama coincidência.

Foi aí que um garoto que estava correndo em nossa direção deu de encontro com ela, e não era um garoto qualquer, era um daqueles caras que tem pinta de pintoso e que fazem o tipo dela.

- Os astros nunca mentem. – eu fiz uma cara de safada.

- Você ‘tá bem? – ele perguntou e eu tinha razão quando disse que ele fazia o tipo dela.

Que de 'Simple' não tem nada

- Ai, garota. Vê se olha por onde anda! – a loira-oxigenada exclamou pra Marlene.

E a Marlene nem sequer tinha esbarrado nela, a loira-oxigenada-com-peitos-infláveis é que tinha batido no braço dela! Fora que ela estava no outro lado do corredor e fez uma curva só pra esbarrar na Lene. Que garota mais sem noção.

- Qual é a sua? – Marlene disse levantando a sobrancelha, ela adóóra fazer isso. – Eu estava aqui quieta, a culpa não é minha se você vem até mim e dá uma de deficiente mental e empurra meu braço.

- Não dirija a palavra a mim. – a versão Paris Hilton adolescente bufou. – Eu não falo com gente que usa all star verde-pepino.

- Não fala com ela assim. – Sirius apareceu do nada ao lado de Marlene. – Não ‘tá vendo que a única que está sobrando aqui é você? Qual é o seu problema? Por que você não vai se juntar a sua espécie, e pára de tentar arranjar briga com a evolução, ein?

CACETADA! Eu já sabia o que estava se passando pela cabeça da Marlene. Um cara tinha defendido ela! Aposto que ela deve estar suando por dentro e por fora.

Por Miss Prongs e Nine Black
EM BREVE
a união faz a pintuação

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.