FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

47. Voltando para casa


Fic: A vida continua... Cometem pessoal!!!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Depois de algum tempo Rony e Hermione decidiram que era a hora de voltar para a Toca, ao entrarem na casa perceberam tudo escuro, não havia som algum.

_ Acho que demoramos de mais Mione! Exclamou Rony num sussurro.
_ Também acho! Concordou Hermione que estava segurando a mão do ruivo.
_ Bom é melhor assim. Vamos subir então.
_ Ok! Vamos. Rony e Hermione foram para a escada e quando estavam dando o primeiro passo alguém pigarreou as suas costas.
_ Grr... Grr... Aonde os mocinhos pensam que vão parecendo duas raposas prontas para dar o bote?!?!
_ Mamãe!
_ Sra Weasley! Disseram Rony e Hermione assustados.
_ Qual a surpresa meus queridos?
_ Bem é que nós achamos que todos já haviam ido dormir e... Rony engasgou.
_ E?
_ E nós não queríamos encomodar, por isso estávamos caminhando assim. Terminou Hermione.
_ E onde vocês estiveram todo esse tempo? Vocês sumiram, todos ficamos preocupados. Hermione e Rony se entreolharam, estavam constrangidos com aquele situação toda, como iriam explicar a Molly que eles estavam na verdade no quintal, namorando.
_ Bem... é... Nos estávamos conversando. Isso é conversando! Disse Rony conclusivo.
_ Mas onde, procurei vocês por toda a casa e nada!
_ Nós estávamos nos jardins.
_ Hum... Sei... Nos jardins. Bom espero que tenham posto tudo em ordem meus queridos e que de agora em diante vocês assumam que gostam um do outro, afinal ninguém mais agüenta esse chove e não molha. Molly terminou sua fala e subiu ara seu quarto deixando Rony e Hermione completamente sem graça.
Depois que a Sra Weasley já havia subido vários lances da escada Rony murmurou para Hermione.
_ Por Mérlim como mamãe consegue... ela não deixa nada passar. Hermione riu.
_ Mas temos de convir que nosso sumiço foi muito estranho não é mesmo!?!
_ É você tem razão, mas agora que tal um beijinho?
_ Hem... Deixa eu ver... Acho que você merece. Respondeu Hermione marotamente, logo Rony a estava beijando. Rony e Hermione foram deitar, a noite havia sido maravilhosa para os dois, mas no dia seguinte todos ainda teriam de trabalhar. Cedo Hermione já estava em pé, estava inquieta, afinal a partir daquele dia já poderia voltar para o seu apartamento. Como seria voltar pra lá? Já estava acostumada com a rotina da Toca, e agora com o Rony, bom seria melhor para eles, menos constrangedor. Hermione logo partiu. Ao chegar ao Ministério foi recepcionada por Emile.

_ Sra Granger, que bom ter a Sra novamente!
_ É bom estar aqui também.
_ É verdade o que andam dizendo?
_ E o que andam dizendo Emile?
_ Que o... O John ele, que ele esta morto... Hermione ainda não havia voltado a pensar em tudo que havia acontecido. Na morte de John, em fim em tudo.
_ Sim Emile, John morreu. Disse Hermione pesarosa.
_ Que Mérlim o tenha...
_ Bom, mas vamos trabalhar... Acho que há muita coisa por fazer aqui não é mesmo? Hermione não queria tocar naquele assunto, mas ele a fez lembrar que tinha que conversar com Rony, Harry e Gina sobre o que realmente acontecera. O Dia transcorreu um pouco agitado, de diversas seções do ministério Hermione recebia flores e outros mimos, ela jamais pensou ser tão “importante” para tanta gente. Logo chegou a hora do Almoço, Hermione tinha muito o que fazer e resolveu pedir um lanche, mandou uma coruja ao Mc Bruxo, e logo uma mocinha estava entrando pela sua lareira com seu lanche, Hermione pagou-a e em meio a uma mordida e outra lia e organizava suas pesquisas. A tarde já estava no meio, Hermione estava revendo algumas de suas anotações quando encontrou algo que lhe chamou a atenção, um pequeno bloco com capa preta e gravado nela as iniciais “J.B”. Hermione pensou por um segundo, parecia ser um diário, logo seu cérebro entendeu que eram anotações de John, abriu-o, nada havia, somente pode ver folhas em branco, lembrou-se do diário de Tom, seria possível John tem produzido Hocruxes? Não ele não faria isso, francamente Hermione! Sua razão corrigiu-a, ele não faria..., logo Hermione puxou sua varinha e apontando para o diário disse “REVELIUM”, fracamente começaram a surgir traços de tinta que formavam palavras, logo um pequeno aviso surgiu.

“Cuidado!

Fui criado para guardar segredos, portanto se não fores meu dono ou não souberes como me abrir não prossigas.”
Droga, qual será sua chave... John porque você deixaria ele pra eu encontrar se eu não sei como abrí-lo? Pensava Hermione com o pequeno bloco de papel nas mãos. O que teria ali, quais seriam os segredos de John e por que, por que ele o havia deixado ali, entre suas coisas, ele só poderia querer que ela o encontrasse, mas e por que não deixou uma pista de como abri-lo. Hermione estava perdida em meio a tantos questionamentos que não viu a chegada de Gina.

_ Há alguém ai? Disse Gina parada enfrente a Hermione.
_ Gina... Você por aqui... não a vi chegar.
_ Sim né, você estava ai olhando para esse bloco de papel em branco.
_ Desculpa ando um pouco destraída mesmo.
_ Isso é o que dá ficar andando pela noite com o Rony.
_ Sim... Não... Como assim? Hermione atrapalhou-se com as palavras, um leve tom rubro surgiu em suas bochechas. Gina encarava Hermione, seu olhar maroto parecia penetrar nos pensamentos de Hermione.
_ E então vamos ir pra Toca ou você vai ficar ai me olhando com essa cara de quem viu um Bicho-Papão?
_ Ou.. sim claro vamos, deixa só eu guadrar essas pastas. Hoje era a noite de despedida de Hermione, no dia seguinte ela voltaria a morar em seu apartamento, e consecutivamente, Rony também voltaria para o seu. Após Hermione terminar de guardar as pastas ela e Gina foram , via Rede de Flú, para a Toca, chegando lá encontraram Harry e Rony sentados jogando Xadrez-Bruxo, Jorge apenas observava o jogo. Gina e Hermione foram em direção aos rapazes.

_ Oi Rony.
_ Oi Gina.
_ Oi meu fofo. Disse ela a Jorge.
_ Oi Tia como foi seu dia? Perguntou o garoto.
_ Nossa, porque você não seguem o exemplo dele eim? Foi bom querido. Mas ainda faltava Harry ser cumprimentado. Gina dirigiu-se ao marido que logo disse-lhe.
_ Oi meu amor como foi seu dia? Harry tentou fazer o mais parecido possível a Jorge.
_ Nossa que maridinho atencioso. Disse Gina sorrindo. Foi bom melhor agora! E logo beijou-lhe. Hermione, Rony e Jorgem riram.
_ Olá rapazes! Disse Hermione.
_ Oi Mi, disse Harry que ainda tinha Gina o beijando, Rony também respondeu com um “Oi”, mas ao cruzar seu olhar com o de Hermione logo sentiu um calor subir pelo seu rosto, calor esse que não foi percebido graças a Jorge que pulava, agora, para tentar abraçar a mãe.
_ Oi Mãe... Como foi seu dia?
_ Oi meu amor, foi muito bom e o seu.
_ Hum... o meu foi bom também, papai tá me ensinado a Jogar Xadrez Bruxo, e desde a hora que eles chegaram, já vi o papai ganhar umas 5 vezes do tiu Harry.
_ Mas isso foi porque eu deixei viu, afinal não ficaria bem pro Rony perder na frente do filho. Disse Harry. Todos riram, logo Jorge voltou para perto do pai, Hermione e Gina foram para a cosinha para ver se a Sra. Weasley necessitava de alguma ajuda. Harry fez sua próxima jogada e ficou esperando que Rony “Acordasse”.

_ Rony é sua vez de Jogar.
_ Tá eu sei... Ela está linda não é mesmo... Mas ele não jogou, ficou ali, parado olhandopor olhando pro nada, ou melhor por onde Hermione acabara de sair com Gina.
_ Tá então joga...
_ Aham... Rony fez sua jogada, mas apenas mexeu em suas pessas, só saiu do tranze quando ouviru Harry dizer:
_ Xeque-mate!!! Jorge soltou um grunhido, Harry ria, e então foi que Rony voltou a realidade, ao olhar para o tabuleiro percebeu o que havia acontecido. Pela primeira vez Harry havia ganhado dele. Logo Gina ae Hermione vieram para a sala para ver o motivo da algazarra, logo entenderam o que era, viram Rony com seu rosto vermelho, Jorge sentado, do mesmo jeito do pai na poltrona de seu Avô e Harry rindo feito criança boba, ao olharem para o tabuleiro viram o que havia a contecido, o rei de Rony estava caido, Harry havia ganhado, era uma das poucas vezes que elas presenciavam essa cena, Gina foi até o marido e parabenizou-o, Hermione ficou para na porta olhando Rony e Jorge, como se pareciam, Jorge tinha os mesmo habitos de Rony, a mesma voracidade para comer, o mesmo sono pesado, os mesmos olhos azuis. Logo começaram a chegar os Wealeys para o jantar de despedida de Hermione, todos foram se acomodando à mesa, Molly serviu o jantar, mas antes de todos começarem a comer Rony pediu a atenção de todos.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.