FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. O Descontrole


Fic: Harry Potter e o Portal de Etimoden


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Tudo que estava ao redor parou, o barulho do vento se dissipou com o grito do garoto. Faltava pouco para o orc atingir Hermione direto na cabeça, mas ele nunca conseguiu completar aquele golpe... Fora o ultimo de sua medíocre vida. Uma aura negra surgiu no corpo de Harry, seus olhos estavam escuros e sem brilho. Harry levantou-se em um pulo, ele estava flutuando alguns centímetros do chão a aura era extremamente poderosa o rodeando. O orc tentou fugir, mas não conseguiu, Harry estava com os braços abertos como se estivesse contemplando aquele poder, sua feição se tornou insana e sua fúria era exposta. Com apenas um movimento das mãos o orc fora dilacerado, não havia sinais de sangue parecia que o orc nunca existira.

Por dentro ele travava uma batalha entre a razão e instinto, nem seu corpo nem sua mente eram capazes de suportar tanto poder, o descontrole o deixou em desespero por dentro, tudo que conseguia fazer era ver tudo que acontecia, sua raiva estava multiplicada destruiria aqueles orcs de qualquer maneira. Seus olhos começaram a brilhar um vermelho intenso, ele não percebeu, mas seu corpo se transformou.

Hermione estava assustada com tudo aquilo, olhava Harry aterrorizada. O poder que ele emanava era muito forte, ele não suportaria, por um instante ela teve medo de perde-lo, mas depois ele se transformou em um leão negro rajado de branco, com olhos vermelhos faiscantes e uma postura imponente e poderosa. Sim ele havia se transformado em animago mesmo sem ter planejado.

O homem que até agora os seguia, estava em cima de uma arvore centenária só observando. Ele queria ter certeza se aqueles garotos eram os mesmos da profecia. Ele pensou em intervir quando o orc levantou o machado, mas foi interrompido pela energia descomunal que o tal garoto liberava. Ele ficou surpreso, como um garoto suportara tanto poder. Quando ele se transformou ele teve certeza que eles eram os viajantes profetizados e ficou levemente interessado aonde aquela batalha iria dar.

Naquele olhar vermelho existia só um pequeno brilho no fundo dele, aquilo demonstrava a consciência de Harry. O leão era bem maior do que o normal emanava agora uma aura verde que antes fora negra. Todos os orcs chegavam rindo com os machados, mas quando viram aquele leão emanando aquela energia eles “tremeram na base”.

- SEUS COVARDES! NÃO VAO TER MEDO DE UM LEÃOZINHO! – Gritou um uruk-hai que comandava a pequena tropa de orcs.

O leão negro rajado de branco avançou velozmente em direção aos orcs. Ele não os temia mais, tudo que tinha dentro daquele corpo era desejo de luta. Colidiu com um dos orcs, arrancando-lhe a cabeça. Ficou parado olhando os orcs, eles haviam o cercado. Quando um orc deu um urro todos atacaram de uma só vez, quando desferiram os múltiplos ataques o tal leão expandiu sua aura, como se tivesse acontecido uma explosão.

O homem que os perseguia agora assistia tudo com grande satisfação, teve uma pontada de preocupação, pois estava vendo que aquele garoto estava quase perdendo a consciência, mas ele era forte e isso se podia ver nitidamente.

Hermione não conseguira se recuperar do choque, ela estava em pé paralisada com a cena. Era uma cena sangrenta e chocante, Harry na forma daquele leão arrancando os membros dos corpos dos orcs, os orcs tentando mata-lo com aqueles machados. Mas todos os orcs o rodearam e quando atacaram Hermione pensou que seria o fim, porém uma grande explosão de aura aconteceu e os orcs que o haviam atacado sumiram instantaneamente. O líder Uruk-hai tentou atingir Harry, mas foi em vão, Harry lhe arrancou um pedaço grande de seu peito e ele caiu desfalecido no chão.

Um silencio rodeou por momentos aquela floresta, agora com traços de batalha. O leão olhou para Hermione que estava em pé petrificada, foi andando na direção dela e rosnando alto. Do nada ele começou a avançar velozmente, preparado para dar um ataque mortal. Hermione fechara os olhos, vira que não havia escapatória. O homem misterioso que estava em cima das arvores quando viu a cena fez menção de intervir, porém observou que o leão parara a centímetro da garota.

Harry havia se segurado, no meio da batalha percebera que estava transformado, e quando ela terminou, ele travava uma batalha muito dura na mente, tentando se manter consciente. Havia perdido, o leão correu para atacar velozmente, Harry assistia aquilo tudo, quando o leão estava a um metro preparando uma abocanhada, Harry chorou desesperado por dentro, por um instante viu sua namorada morta desfalecida, mas percebeu que aquilo não poderia ser real. Ele não mataria a pessoa que ama. Parou a centímetros da garota, seus olhos antes vermelhos adquiriam tons verdes novamente. Seu corpo voltava ao normal. Permaneceu em pé por alguns segundos, até seus olhos verdes voltarem a tonalidade certa demonstrando que recuperara totalmente a consciência. Não durou muito esse momento consciente, por que logo depois caiu desmaiado. Antes disso o homem já estava preparado e apareceu atrás do garoto o amparando na queda.

Ele não havia aparatado, tele transportado ou coisa do gênero. Ele simplesmente correu... Em uma velocidade rápida que na maioria das vezes não é percebida... Uma velocidade Divina. Hermione abria os olhos lentamente, com os braços protegendo o rosto. Viu o homem amparando Harry e já sacou a varinha, ela estava tremendo, mesmo diante dos perigos que ela e Harry passaram juntos naquelas aventuras na escola, nada se comparava a uma luta daquelas, ela não estava preparada, mas mesmo assim não mediria esforços para defender Harry mesmo depois daquela luta e do medo que sentia.

- Não se preocupe minha jovem. Não vou lhes fazer mal – Falou o homem com uma voz suave e sabia, porém jovem. Ele retirou o capuz revelando uma face linda e olhos claros penetrantes que passavam uma tranqüilidade e confiança e cabelos negros passando dos ombros.

Hermione abaixou a varinha, olhando naqueles olhos e caiu de joelhos com a mão no rosto chorando. O homem olhou pra ela com ternura, entendia o que ela estava sentindo. Ela não fez nada para ajuda-lo e ele agora estava naquele estado.

- Não se aflija minha cara... – Começou o homem com um sorriso sereno no rosto. – Ele só esta desmaiado, está exausto, pois acabara de usar muito poder sem saber controla-los. – Disse sabiamente. – Erhh, precisamos achar um lugar para ele repousar.

Ela se levantou, estava um pouco mais calma e colocando as idéias para funcionar. Recolheu todas as coisas de Harry pelo chão. A capa dele não havia nem se rasgado, provando ser digna de seu valor. Hermione depois de recolher tudo inclusive as mochilas que estavam jogadas no chão eles andaram até uma clareira, ela agora carregava ele através de magia e quando chegaram a uma clareira mais a frente no caminho, montaram a barraca. A clareira era um pouco afastada da estrada.

O homem adentrou a barraca e ficou deslumbrado. Não podia imaginar que uma barraca tão pequena pudesse guardar um lugar tão grande, sentia magia dentro daquela barraca. Apesar de ele ser um dos grandes magos, ele nunca havia visto aquele tipo de coisa. Tratou de esconder logo sua surpresa com o lugar. Olhou direto no caldeirão.

- Posso? – Perguntou o homem apontando para o caldeirão. Ela afirmou com a cabeça. – Preciso preparar algumas poções para nosso jovem aventureiro. – Respondeu lendo a mente da garota. – Não temos tempo a perder.

- Mas...

- Ainda não... Espere ele acordar e lhes contarei tudo...

Ele estalou os dedos e apareceram um bocado de ervas e plantas em cima da mesa. Ele picou todas e começou a fazer as poções no caldeirão. Hermione havia colocado Harry na cama, e lhe acariciava a face levemente, ela ainda se culpava pela luta.

- Não se culpe... – Disse o homem com uma feição serena despertando a jovem de seus pensamentos. – Você na estava preparada para aquela batalha...

Ela não disse nada apenas se voltou para Harry ainda pensando. O homem chegou com três copos diferentes com poções de cheiro agradável. Ele ofereceu os copos para hermione pedindo a ela que o fizesse beber. Como ela podia confiar naquele homem, nem o conhecia e já estava dando poções a Harry. Mas ela confiava... Fez Harry beber todas as poções e logo ele despertou levemente se levantando e percebendo que Hermione estava ali. Ele a abraçou forte, como se fosse perdê-la.

- Me desculpe Mione! – Disse se separando do abraço dela e encarando os olhos castanhos claros da garota. – Eu perdi o controle e quase te ataquei... – Olhou para baixo tentando fugir da angustia que sentia.

- Mas não atacou... Você viu que era eu Harry... – Disse ela levantando o rosto do garoto que a olhava submisso. – E eu já tinha avisado que não era uma boa idéia adotar aquele método... – Falou para descontrair o clima fazendo Harry rir e a beijar levemente.

- Hum-Hum... – Pigarreou o homem atrás deles e Harry deu um pulo da cama se parando em pé. Esticou a mão em direção ao homem e sua varinha veio voando e Harry a segurou firme, prestes a lançar um feitiço.

- Não Harry, ele é nosso amigo. – Falou abaixando a mão de Harry lentamente. O homem o olhava com um sorriso sereno, parecia Dumbledore sorrindo. E Harry o encarava como se estivesse o analisando.

- Sou Arce Cayous. Não vim aqui para lutar... – Disse o cumprimentando.

- Sou Hermione Granger – Cumprimentou Hermione lhe estendendo a mão. – Esse é Harry Potter o meu namorado.

- Vi que vocês estão a procura de um tal de Sirius Black, certo? – Perguntou o homem e Harry levantou a varinha novamente.

- Você estava nos seguindo! – Disse preparado para lançar um feitiço.

- Vamos dizer que ouvi isto por acaso na Taberna. Mas continuando – O homem pigarreou e continuou – Eu o conheço... Foi comigo que ele viajou durante algum tempo. – Harry abaixara a varinha e olhava atentamente o homem. – Melhor nos sentarmos – Hermione conjurou mais uma poltrona usando a varinha, e deixando o homem levemente intrigado.

- Onde está Sirius? – Harry não tardou a perguntar quando se sentaram.

- Ele está preso... – Começou o homem com o olhar fixo em Harry. – Ele foi capturado por Iskel. Um bruxo das trevas. – Explicou o homem. – Lá na taberna pude ver que não são deste mundo. São do mesmo mundo de Sirius?

- Sim ele é meu padrinho... – Disse com pesar a frase. – Viemos para buscá-lo.

- Hmm... – Cayous ficou pensativo. – Como dito na profecia. – Disse mais para si mesmo do que para os outros.

- Profecia? – Exclamaram os dois interessados.

- Sim, bem... – Começou ele de novo. – Não vou dizer o que diz a profecia, pois ela é complicada de se entender, por isso resumirei em palavras. Ela fala que 2 jovens ultrapassaram o véu negro em busca de um bem precioso. Eles conseguiram, mas uma nova busca começará... A busca pelo portal. Eles combaterão as trevas para conseguirem seus objetivos, porém ao raiar do dia primeiro do 9º mês, pelo véu negro deverão retornar.

- É to vendo que até aqui tem profecias sobre min. – Disse desanimado.
- Tem mais uma coisa que queria lhes revelar... – Falou o homem. – Hoje pude comprovar, que eram vocês pois tem um trecho da profecia que diz “Um dos jovens, quarda as trevas e a luz dentro de seu corpo, marcados por uma cicatriz. o outro tem o poder dos antigos reis, a sabedorias das antigas feiticeiras e o amor de uma grande mulher.”

- Quer dizer que esses da profecia somos nós? – Perguntou Hermione ainda assimilando as informações.

- Sim... – Disse o homem de modo sereno. – Posso ver? – Falou apontando para a varinha no colo de Hermione. Ela ainda receosa o entregou. – Humm... Canalizadores...

- O que? – Perguntou Hermione não entendendo nada.

- Percebi logo que olhei. Isso é um objeto mágico, mas é diferente, a maioria dos objetos mágicos potencializam a magia, esse não, apenas a canaliza.

- Não entendi. – Demonstrou Harry confuso.

- Por exemplo, um cajado tem a função de aumentar o meu poder e controle sobre a magia. Essa varinha apenas canaliza a força da magia através dela, ou seja, ela é um objeto primitivo usado por aqueles que não conseguem dominar suas magias e precisam de tal artefato para este fim. – Os dois garotos estavam estupefatos, mas ele não tardou a continuar. – Não temos tempo a perder por isso irei direto ao assunto... – Começou ficando sério. – Irei treiná-los de agora em diante, temos nove meses para resgatar seu padrinho e achar o portal. Pelo que pude observar hoje naquela luta, os dois tem bastante potencial, mas não sabem como usa-lo ou controla-lo. Então a partir de hoje são meus discípulos. – Eles ficaram mais boquiabertos do que nunca. Como virariam discípulos de um homem que mal conhecem... – Agora vão se arrumar não podemos perder tempo.

- Mas...

- Sem mais... Isto não é um pedido. – Disse firme e imponente – Partiremos ao amanhecer.


Seriam treinados por um homem que mal conheciam, mas que de algum modo lhe passavam segurança. Ele conhecia Sirius, viajara com ele então devia ser de confiança. Hermione não percebera, mas aquele homem emanava uma força colossal, aparentava ter 30 anos, mas Harry notou pelas atitudes e olhar do mesmo que ele passa dos 400 anos. Seguiriam ele e treinariam com ele e assim voltariam para seu mundo no raiar do nono mês. Muitas respostas irão ser respondidas, muitos perigos irão ser enfrentados, revelações irão ser feitas. Será que nossos dois viajantes conseguirão passar por todos esses perigos e revelações?

Continua no próximo Capitulo


Aee... bem espero que mais alguem alem de meus amigos leiam a fic... hehehe mais ta ai o novo cap :) vlws e comentem

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.