FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. Vinicius Revoltado


Fic: Nós... Irmãos ?


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

ksNo Capitulo Anterior:

” E após jantarem, eles pagaram conta e Lily,Sarah,Alex e James foram para as suas respectivas casas, e chegando em casa Lílian se deparou com uma cena que nunca imaginou presenciar.”


Capitulo 7.
Vinicius Revoltado



Seu irmão estava ali, parado, com um monte de malas ao seu redor, e sua expressão era até então desconhecida da irmã, pois ele parecia ser sempre bem humorado e agora estava parecendo uma bomba prestes a explodir.

-O que esta acontecendo aqui? – perguntou Sarah entrando em casa.

-Eu estou indo embora. – respondeu o menino mal humorado, sem nem olhar para a mãe.

-Embora pra onde? – perguntou Lílian chocada.

-Pra casa do meu pai. – o menino disse amargo.

-Nem por cima do meu cadáver Vinicius, eu até entendo que você não aprove a minha decisão de me casar com o Alex, mas você não vai chegar na casa do seu pai assim, e o combinado era que você fosse pra lá no final do ano, se você aparecer lá agora ele poderá ficar preocupado.

-E eu vou pra onde? – perguntou ele sem olhar para a mãe.

-Você vai ficar em casa,trate de subir, arrumar as suas coisas e ir dormir, amanha você e a Lílian tem aula e acordam cedo.


E só agora Lílian foi lembrar que tinha aula amanha, era a ultima semana e ela nem sabia o porquê de ir para a escola, mais fazer o que? E ela tinha que ir porque semana que vem será a semana cultural e provavelmente a ruiva terá que apresentar alguma coisa.

Ainda muito chocada, ela desejou boa noite para a mãe e subiu para seu quarto.

Não entendia porque nada estava bem, seria tão melhor (e mais simples) se sua mãe voltasse da viajem solteira como sempre foi, ou melhor.. como eles achavam que sempre tinha sido.

E o pior de tudo, não era o Potter no pacote, e sim a felicidade estampada no rosto de Sarah, aquilo era quase torturante, não tinha como ela xingar,espernear,gritar,bater se a mãe estava tão feliz daquele jeito, e ao mesmo tempo que era ruim, era ótimo, finalmente sua mãe havia voltado a viver, e Alex era uma pessoa legal, inteligente, simpático, bonito e o mais importante.. não tinha pintinhas.. auhsauhsuhuhs.

Não agüentando Lily teve uma crise de riso, realmente seu ultimo pensamento foi totalmente pirado, mas também... Imagina se ele fosse todo pintadinho? Ecaa! Dá náuseas só de pensar.

E ainda rindo um pouco Lily deitou e logo adormeceu, e nessa noite, não sonhou com pintinhas nem chupetas ou telefones.

Sonhou apenas com uma imagem de uma ruiva e um moreno se casando, pena que não viu os rostos, teve curiosidade para saber com quem ela estava casando.

_______________________

-Sete e quinze eu acordo e começo a me lembrar do que eu ainda não me esqueci, do que eu tenho pra falar... – cantarolou Lily acordando..estranhou sua alegria, e de repente se lembrou do seu casamento..pêra ai? Seu casamento? Hãn?

“Não, decididamente não era eu se casando.. não.. deveria ser a minha mãe..é..era a minha mãe.” Pensou a ruiva assustada, mais tirou esse pensamento da cabeça e foi tomar um banho.. mais pelo caminho olhou no relógio e riu.. eram seis horas, e não sete e quinze como ela cantava agora pouco.

Quando saiu do banho já era seis e vinte, trocou de roupa, arrumou o cabelo e desceu para tomar café.

-Bom dia mãe! – disse sorrindo, e a mãe, sorriu feliz para ela, apesar de que olheiras enormes e um vermelhidão nos olhos denunciou que ela havia chorado a noite inteira.

-Mããe.. você andou chorando? –perguntou Lily carinhosamente.

-Não.. não filha.. – disse a mulher com lagrimas nos olhos, e Lily vendo sua mãe naquele estado, ficou com o coração na mão, então a abraçou e ai sim a mulher começou a chorar realmente.

-As vezes eu fico pensando.. se vale a pena.. – disse Sarah chorando mais ainda.

-É claro que vale mãe, você o ama? – perguntou Lily novamente com o coração na mão.

-Muito.. muito mesmo.. – Disse Sarah um pouco mais calma abraçada na filha.

-Então é obvio que vale a pena mãe..se você o ama tudo vale a pena.. e logo o Vi vai parar com essa bobeira dele e vai ver que você e o Alex vão ser muito felizes juntos e vai te aceitar.

-Será?

-Claro.. é tudo ciúme, você vai ver, é só ele começar a conhecer o Alex que os dois vão se dar bem ,e o Vi tem a vantagem que é amigo do Potter né.

-Verdade filha.. você tem razão..

-Ai mãe.. você sabe que eu odeio te ver triste né? – disse a menina com um meio sorriso.

-Eu vou ficar bem querida.. agora tome café para não chegar atrasada na aula.

E Lily que tinha esquecido a escola foi tomar café, e após dois pães ela pegou seu fichário e partiu pra casa da Marlene, chegando lá ela começou a contar sobre o jantar:

-Amigaa... você não sabe do babado...

-Babado? Que babado? –perguntou Lene curiosa.

-Sabe o jantar da minha mãe? – e vendo que a menina afirmou ela continuou –ela vai casar com o pai do Potter.

-O QUE? –perguntou a menina ficando branca.

-Isso mesmo.. quando ela me contou eu achei que fosse brincadeira.. foi assim: a gente chegou no restaurante... – e Lílian continuou narrando a historia ate chegarem na casa de Anna e Dorcas que era um pouco mais longe e ela foi contando as novidades para as amigas até chegarem no colégio.

-Não creio Lily.. – disse Dorcas abismada.

-Pra você ver.. nossa.. eu vou ter que morar com o Potter... sabe a gravidade disso?

-Ah ,fala serio, ele estuda em um internado.. não vai ser tão difícil assim, e ano que vem é nosso ultimo ano e todas nos vamos pra Londres fazer faculdade, não vai ser difícil agüentar ele mais três meses.. e a gente ainda tem aquela nossa super viagem de férias né.. – disse Lene sorrindo no que todas concordaram.

A viagem de férias era como um ritual pra elas, todos os anos todas iam para algum lugar escolhido, e o melhor, iam sem os pais..o que significava diversão na certa.

-Bom gente.. não acho tão mal essa historia da Lily e o James serem irmãozinhos... eu vou poder ir na casa dos dois ao mesmo tempo.. isso não é ótimo? –disse Lene rindo da cara de espanto da amiga.

-Nós seremos tudo Lene.. menos irmãozinhos.. – disse a garota mal humorada.

-Ai Lily, você só fala assim porque não conhece o James, ele é muito legal, eu rio muito com ele. – disse Lene defendendo o amigo.

-É, eu percebi que ele tem vocação para palhaço. – disse a ruiva azeda.

-Credo Lily.. ele foi tão legal com você. – disse Dorcas.

-Que horas? Porque eu devo ter esquecido essa parte. – disse a ruiva sarcástica.

-Na hora que ele te trouxe pra cá, sabia que poderia ter algum bicho ou alguma coisa na floresta? – disse Anne defendendo o maroto.

-Como assim? – perguntou a ruiva sem entender.

-É que você não ouviu o papo sinistro que rolou antes do povo ir atrás de você, serio, eu nunca vi o James daquele jeito, ele ficou tão sombrio, me deu até arrepio. – disse Lene temerosa.

-Que papo? – insistiu Lílian.

-Bom.. foi assim... – E as meninas contaram toda a historia para Lílian que ficou meio intrigada com tudo aquilo mais quando foi perceber elas já estavam na sala de química.

-E ai Lily, estudou muito? – perguntou Dorcas para a amiga que sabia que Lílian era super CDF.

-Estudou pra que? – perguntou sem saber, mais de repente um assumo de desespero se apoderou da ruiva e ela disse : -A prova, Ai meu deus.. eu não estudei nada, eu vou me ferrar, ai senhor... e agora? Ai meu deus.. o que eu faço? – perguntou Lílian para Lene.

-Cola ué.. – disse a morena para a ruiva.

-Colar? – perguntou assustada, no que a amiga acenou com a cabeça, mais nem deu tempo de falar mais nada pois o professor (que por um acaso era lindíssimo) começou a entregar a prova.

Lily não sabia o que fazer, não entendia como poderia ter esquecido a prova, mais apesar de ser muito estudiosa ela tinha uma memória meio fraquinha, essa era mais uma prova que ela esquecia, e sorriu nervosa, parecia que as coisas estavam voltando ao normal.

Lílian leu a prova inteirinha, de cima a baixo e de repente deu um branco, e começou o suador, suas mãos começavam a coçar e ela já estava entrando em desespero, tentou olhar para o lado mais não conseguiu, era muito difícil colar, então concentrando-se mais um pouquinho ela tentou dar uma nova espiadinha... ela não conseguia, era mais forte que ela, e concentrando-se mais uma vez ela leu a prova e começou a resolver o que sabia.Uma hora depois e ela ainda estava com a prova, quase todos já tinham entregado, só faltava ela e um outro menino, e quando chegou na última questão ela demorou um pouco, mas resolveu tudo e entregou.

Chegou perto da mesa do professor e ele pegou a prova e o gabarito, deu uma olhadinha e sorriu orgulhoso para a ruiva, o que a fez ficar pior ainda, ela odiava quando os professores ficavam esperando que ela se saísse bem.

E logo o recreio chegou e Lílian teve a infeliz idéia de passar pelo campo de futebol e quando ela chegou lá com as meninas viu que Rafael e Lívia estavam no maior amasso e que o moreno parecia gostar muito da situação.

Com lagrimas nos olhos ela e s meninas foram para outro canto quando Bruno, um dos mais cobiçados do colégio, passa pelas meninas e da um sorriso gentil para a ruiva, que cora e retribui o gesto.

-Uiii Lily... que pão heim!.. – disse Lene rindo da cara pálida da amiga.

-Nem me fale em pão, você sabe muito bem que eu sou traumatizada até hoje por causa daquele moleque. – disse a ruiva chorosa lembrando do passado,fazendo todas as meninas rirem, mais tiveram que ir para a sala pois o sinal já tinha tocado.

Chegaram na sala e Lívia estava parada com suas amigas na porta,todas elas riam e olhavam descaradamente para Lílian, que sentiu o sangue ferver, mais somente respirou fundo, porém quando sentou-se na carteira ouviu algo que foi demais para ela.

-QUE CULPA TENHO EU SE ELE ME AMA? É CULPA DELA SER UM MAL AMADA –berrou Lívia olhando para Lily, todos na sala riram e Lílian se levantou.

-O que disse? – perguntou a ruiva para a morena.

-Você agora é surda Evans? E outra ,você não é a única mal amada da sala, olha para as suas amiguinhas.. todas encalhadas. – disse desdenhosa fazendo todos rirem.

Lílian foi para perto da menina assim como uma leoa vai para a presa, Lívia recuou um passo, a cara de Lílian era de psicopata, a sala inteira prendeu a respiração, porém a professora entrou na sala e percebendo todo aquele silêncio ela perguntou:

-O que esta acontecendo aqui?

-É a louca da Evans professora... – disse Lívia manhosa, pois sabia que era a preferida da professora e que a mesma odiava Lílian.

-Menos um ponto de conceito Evans e vá para a sala da psicóloga.. – dizendo isso a professora foi para a sua mesa sem nem ligar para as risadas que o pessoal davam de Lílian, que foi para a sala da psicóloga com lagrimas de ódio no rosto, todo seu corpo tremia.
Ela decidiu se acalmar antes de ir para lá pois aí sim iam achá-la louca, mais ela encontrou com a Ângela, quando virou o corredor:

-Oi Lílian, indo pra minha sala novamente? – perguntou ela gentil sem perceber a raiva da ruiva, mas quando viu ela parou de sorrir perguntou apreensiva. - O que houve querida? Você está tremendo, vem, vamos para a minha sala.

E chagando lá ela sentou Lílian em uma cadeira e deu-lhe um copo de água.

-O que houve Lílian? – perguntou calmamente.

-Foi ela de novo,só que dessa vez eu não agüentei, eu ia partir a cara dela porém aquela bruxa da Margareth me chamou de louca na frente de todos e me mandou vir para cá. – disse a ruiva com uma lagrima escorrendo pelo rosto.

-Não é possível, eu vou denunciá-la agora para a diretoria, nenhum aluno é obrigado ser humilhado desse jeito por um professor. – disse Ângela agora brava também.

-Não adianta, ela é padrão, o máximo que eu conseguirei é que ela me odeie mais ainda. – disse Lílian conformada.

-Você tem razão, mais sobre Lívia nós poderemos fazer algo, eu irei encaminhá-la para a coordenação por ofender outro aluno, porém você tem certeza que ela disse claramente seu nome não é? É que não podemos fazer algo baseado em insinuações. – disse Ângela para Lílian.

-Bem, ela não disse meu nome, e agora? Eu falo pra minha mãe e ela vem na escola? – perguntou Lílian um pouco mais calma mais odiando a idéia, não queria que sua mãe passasse por isso, pois ela já tinha que se preocupar com Vinicius.

-Só se você quiser, eu poderia mandar um bilhete a chamando na escola, mas se você não quiser tudo bem. – disse a psicóloga delicadamente.

-Eu prefiro que não a chamem... eu vou tentar ignorar os comentários da Lívia. – disse a ruiva forçando um sorriso.

-Bem, tem outro assunto que eu queria conversar com você.

-Pode falar. – perguntou a ruiva.

-Eu queria saber sobre os pesadelos.. ainda continuam?

-Semana passada eu tive um, só que tem a ver com aquele assunto, é aquela mesma cena, porém nessa é como se eu não tivesse lá, é como se eu apenas assistisse, e eu parei de ter sonhos violentos, o último foi aquele em que eu lhe contei, sobre o homem que eu espancava.

-Certo, e como andam as aulas do ballet? Fiquei sabendo que seu solo era o Escamillo, é verdade? – perguntou a psicóloga sorrindo.

-Ah, estão cada vez melhores, eu nem terminei e já estou com saudades.. e sobre o meu solo.. como soube? – perguntou a ruiva curiosa.

-Conversei com o Vinicius esses dias, só que ele me disse que teria muitas variações, o que você esta preparando de novo? – perguntou a psicóloga, que também era bailarina.

-Bem, eu quero fazer alguns movimentos com as mãos e ao invés de seguir para a direita apenas rodar, daí o leque ficaria em frente ao meu rosto, mas eu não vou contar tudo, se não perde a graça de me ver dançar. – disse a ruiva sorrindo.

-Você sabia que meu solo de formatura foi o Escamillo também? – perguntou a psicóloga sorrindo.

-Jura? Eu não sabia.

-É, minha mãe achou que o Esmeralda combinava mais comigo, porém o Escamillo era tão perfeito e quem acabou dançando o Esmeralda foi a minha Irmã,pena que ela na hora do giro não encostava os pés no chão, que era o melhor do solo. – disse a psicóloga sorrindo.

-Ai, que legal! Eu não fazia idéia, eu ia dançar o Paquita, mais daí eu vi o Escamillo e não teve como não dançar ele, e que musica você escolheu para dançar em dupla?

-Foi tipo um remix, sei lá o que meu pai fez naquela musica, mais ficou muito bom e você? Qual vai dançar?

-La Isla Bonita do Marsh-Mallows, só que na voz de uma mulher, foi o Vi que a achou pra mim, ele esta fazendo uma coreografia ‘bien caliente’ – Disse Lílian sorrindo com as loucuras de Vinicius.

-Estou ansiosa para ver, mais e o que vocês prepararam pra semana cultural da escola?

-É uma coreografia antiga dele, o nome é Andrea, mais tem outra, só não sei qual será, acho que talvez a Diretora não ache apropriado nós dançarmos Andrea na escola, então ainda não sei, nós iremos fazer uma apresentação para ela antes.

-Bom, estou ansiosa para ver, se eu pudesse eu até dançaria uma coreografia com vocês, porém não há mais tempo, duas semanas é muito pouco... – disse a psicóloga lamentando.

-Ora.. porque não? Você precisa de quantas meninas? – perguntou Lílian interessada.

-No mínimo duas, por quê?

-Bem, a Lene só tem um trabalho pra apresentar e ela adoraria dançar uma coreografia sua, porque não ensaia a gente? – perguntou a ruiva agitada.

-Bem, não tenho lugar pra ensaiar, a quadra da escola está sendo usada pelos 16 duplas que irão fazer uma serie de duetos,cada um em uma língua, o Gustavo do terceiro e a Marilia do segundo irão cantar uma musica grega, eu vi os ensaios, vai ficar lindo.

-Bom, lugar não é problema, eu ainda não vi, mais é um teatro, fica na minha nova casa, que tal?

-Perfeito, se você conseguir mais alguém para dançar, eu ensaiaria sem problemas.

-Eu vou ver com a Lene e se ela topar amanhã mesmo eu te falo e a gente já avisa a Mirian.

-Claro, então até amanhã Lílian.

-Até Doutora Ângela.

E Lílian saiu e no segundo seguinte o sinal tocou e ela foi pra aula de historia, o que deixou muitos intrigado era o sorriso radiante que a ruiva levava no rosto.

-Miga, porque esse sorriso? – perguntou Lene, Dorcas e Anna para a ruiva.

-Eu fui falar com a Doutora Ângela e ela topou montar uma coreografia para a semana cultural... e ela mandou eu achar mais alguém, você quer Lene? – disse a ruiva animada.

-Claro...

-Então ta feito..amanhã eu aviso ela.

-Perfeito, agora vamos pra sala.

E as meninas entraram e Lívia fez cara de horror quando Lily passou por ela com um sorriso de orelha a orelha.
E a aula acabou e todos foram dispensados, na saída Lílian estava andando com suas amigas quando lembra que esqueceu um caderno na sala e volta lá para pega-lo.

A ruiva entrou na sala, foi para a sua carteira e pegou o caderno, saiu correndo da sala tão distraída que nem viu um moreno parado ao lado da porta.

-Eita Lílian, ta com pressa? – perguntou Gustavo.

-Não, é só que esqueci um livro e as meninas estão me esperando.. bem, eu vou indo... Tchau! – E saiu dali mais calma, não queria que os outros pensassem que ela era um louca.

Desceu as escadas e foi rumo a saída, porém quando passou pelo bando de amiguinhas de Lívia o que ela ouviu foi a gota d’água:

-Estava ótimo o nosso encontro, se não fosse aquela vaca ruiva teria sido perfeito. –disse Lívia rindo com as hienas que ela chamava de amigas.

-O que você disse? – perguntou Lílian atrás da menina a fazendo dar um pulo.
-Troca o disco Evans, e eu disse que meu encontro com o meu namorado teria sido perfeito se você não aparecesse por lá e desse uma de mal amada e decidisse desaparecer.

-Cala a boca menina, você nem sabe o que aconteceu.

-Cala a boca você, quem você pensa que é com essa cabecinha de fogo ai? – perguntou Lívia alto fazendo varias pessoas se aproximarem para ver o que estava acontecendo.

-Não vou perder meu tempo com você – disse Lílian já saindo de perto da garota quando ela diz:

-Ta com medinho Evans? Tudo isso porque o Rafael me quer ao invés de você?

-Pode ir para o inferno você e o seu Rafael e faça muito proveito. – disse a ruiva ainda de costas, deixando a morena furiosa pelo fato da ruiva não ter atendido a provocação como ela esperava.

-Pra que ir ao inferno se estou falando com a mulher do capeta? Porque só ele pra ter um mal gosto dos diabos pra te querer. – disse a morena feliz com o trocadilho.

E Lílian não fez o que qualquer uma faria, ela não desceu um tapa na cara de Lívia e sim um soco, fazendo a menina cambalear para trás.

-Sua desgraçada, você me paga sua vaca. – disse Lívia vindo pra cima de Lílian grudando em seu cabelo, no que a ruiva fez o mesmo puxando com o máximo de força que podia, mas ao contrario da morena ela dava chutes na canela da menina. E logo um monte de pessoas fizeram um circulo em volta delas gritando.

Mais a briga não durou muito porque Rafael vendo aquela bagunça foi ver o que era e viu que as duas estavam brigando, chegou por trás de Lívia e a puxou para longe da ruiva que estava massacrando a morena.

-Pára! Vocês duas PAREM DE BRIGAR! – e ele conseguiu tirar Lívia de perto de Lílian enquanto alguns meninos tentavam segurar a ruiva, que tentava a todo custo acertar a morena.

-Acabou a briga, podem ir saindo daqui, o show acabou! – disse Rafael para o povo que foi se dispersando relutantemente – o que ta acontecendo aqui?

-É essa sua amiguinha doida que não agüenta te perder e veio pra cima de mim. – disse Lívia se fazendo de vítima.

-Oras, me poupe sua descerebrada.. – disse Lílian ainda tentando se soltar, no que os meninos ainda a seguravam fortemente, quando as meninas chegaram e viram o que estava acontecendo e pediram para os meninos soltarem Lílian, que logo que foi solta acalmou-se um pouco.

-Pára com isso Lívia, certamente você provocou Lílian primeiro. – disse Rafael repreendendo a namorada que ficou estática.

-Era pra você me defender ao invés dela...

Só que quando Lívia foi continuar seu discurso, porém alguém chegou por trás de Lílian e a abraçou de um modo protetor fazendo a ruiva olhar para ver quem era.

-Sirius? O que faz aqui? – perguntou Lily espantada.

-Eu estava passando por aqui e vi o final da sua briga com essa menina ai, daí vim ver se você precisava de apoio. – disse ele sorrindo e piscando pra ela, fazendo com que o queixo de Lívia caísse, no que ela não deixou de alfinetar.

-Quanto você esta pagando pra esse cara Evans?

E Lílian já ia pra cima da menina novamente só que Sirius a segurou delicadamente e respondeu ao comentário da menina.

-Eu sei reconhecer a beleza de uma mulher, mais se você quiser me pagar para sair com você será uma pena, pois eu não faço caridades. – disse ele deixando a morena envergonhada e fazendo brotar um sorriso no rosto da ruiva que sussurrou mais calma em seu ouvido “essa foi boa, obrigado!”

-Hei! Olha como fala da minha namorada, ela nunca iria pagar pra você sair com ela pois ela não iria te querer nem de graça. – disse Rafael agora tomando as dores da namorada.

-Não foi isso que transpareceu quando ela me viu. – disse o moreno com um sobrancelha arqueada. E Rafael ouvindo aquilo partiu pra cima do maroto com um soco, no que Sirius apenas colocou a mão na boca e olhou sorrindo desdenhoso para Rafael.

-É só isso que consegue? Pois bem... minha vez - E dizendo isso deu um soco na cara de Rafael que arrancou mais sangue.

E eles já iam começar a brigar quando Lílian entra no meio e faz os meninos pararem e tira Sirius de perto do Rafael.

-O que esta acontecendo aqui? – perguntou um outro maroto chegando perto de Lílian e a segurando pelo braço.

-Você não.. ai meu Deus! – disse ela olhando para James.

-Nossa Evans, ta mais assanhadinha do que eu pensei, além de dar em cima do meu namorado você ainda sai com dois? – perguntou Lívia rindo.

E Lílian foi para cima da garota no que James a segurou e disse:

-O que pensa que esta fazendo?

-Cala boca Potter!

-Nossa, ela te manda calar a boca e você não faz nada? – alfinetou Rafael que a tempos estava a fim de dar uns socos em James, que já estava com a cabeça quente e foi para cima do garoto:

-NÃO! – Berrou Lílian segurando James que parou, porém Rafael veio pra cima dele mais Lílian o segurou e disse: - Some com a sua namoradinha daqui!

-Quando Lívia me contava eu não acreditava, mais pelo visto você virou uma vagabunda mesmo. – disse Rafael carregado de ciúme.

E Lílian gritando foi para cima dele com um soco, não tão forte como e de Sirius.

-Seu idiota! Cala a sua boca, eu pensei que você era meu amigo. – disse a ruiva berrando e chorando e tentando acertar cada parte do corpo do menino.

-Ele não vale a pena – disse James a segurando por trás segurando suas mãos de uma forma totalmente inesperada para a ruiva, era com delicadeza, quase com carinho.

E o moreno a afastou do menino que estava perto do muro na escola limpando o sangue da boca.

-E você fica longe dela, se eu ver você um centímetro perto da Lílian eu acabo com o serviço que ela começou – disse Lene para Rafael que deu um passo para trás, ainda respirando com dificuldade.

-Já pode me soltar Potter! – disse Lílian em um tom alterado.

-Com todo prazer! – disse ele a soltando e se aproximando de Sirius que contava como a confusão tinha acontecido.

Dori e Anna estavam falando com Lílian, perguntando o porquê de tudo aquilo enquanto Lene ainda ameaçava Rafael, porém Lívia que estava sozinha estava com um pequeno sorriso cruel no rosto, ela não deixaria Lílian sair por cima, não Lílian.

-Hei Evans.. tem uma outra coisa que eu tenho que te dizer...








-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o
N/ªGenteee! Desculpe a demora, não era pra ter demorado tanto assim.. mais é que minha inspiração e minha mãe não contribuíram muito pro cap. sair!

Obrigada pelos coments.. eu AMEIII todos!
E muitíssimo obrigado a Lethicya Black, minha nova beta. que me deu varias e maravilhosas idéias para a minha fic.

Resposta:

**júh**: Ta postadooo... espero que goste do cap. apesar da demora =D beejo.

Josicreusa:Huahsuahsuahsuahsau! Porque todo mundo ta achando que eles são bruxos? Poakspoksapos e continue lendo.. as suas curiosidades serão todas esclarecidas daqui uns vinte cap. aokspaoskpaoskpaoksa.. brincadeirinha.. quem sabe eu seja boazinha e pare de fazer suspense né? Apesar que se depender de mim... a fic vai ter uns 100 cap. mais como depende dos coments e da paciência de vcs tb né? =D apksaoskapok Beejo. E espero que goste do cap.

Thiti Potter:Ebaa ..adoro leitora nova.. e que bom que ta gostando da fic, =D e que bom que a achou perfeitaa *.* opaskaopks que bom que vc gostou da bebedeira das meninas, do Shipper da Anna e do Vini e da dançinha da Lene.. ah e o Vini tem 18.. e eu no começo gostava da Rafa.. mais depois desse cap. eu num gosto mais não.. e sobre o homem que eles falam.. apskpaoskapo leia os próximos cap. que logo logo ele aparecee.. (não posso falar mto sobre isso né. E não não tem fic) e que baum que vc gostou da briga deles.. eu queria algo a mais.. mais num sei se consegui.. e eles não reagiram ainda sobre o casamento, aposkpoakspo mais eu num vo fica contando tudo né.. e sobre o Castelo, eu ainda não tenho certeza sobre a reação do James.. mtos flash-back’s ainda estão por vir.. e existe muito mais coisa sobre a morte da Alexia que o povo ainda não sabee.. continue lendo.. e obrigada pelo coment e pelos elogios.. eu faltei pular da cadeira qdo li.. =D beejo.

Shopie Lauren Potter:Nhaiii! Infelizmente outra menina me falou antes que queria ser beta e eu aceitei.. =[.. que peena.. e obrigado pelo coment.. e sobre a sua perguntinhaa.. apoksopskaposk num posso responder.. num posso nem flar nada.. pq se eu falar acaba a graça de ler a fic né.. ápksaksasoaksao beejo. E continue acompanhando =D!

paty-msn: aoksaskaposkaops dorei seu coment.. e não posso falar mto né.. pq se eu disser que a Lily e bruxa a fic perde a graça e se eu disser que ela não é tb perde.. aopksapoksopaassoask Beejo... adorei seu coment.!

Jessy Evans Potter:Ebaa.. amo leitora novaa… apksaopsk ri demais com o seu coment… e te digo.. ele não vai pegar no pé dela só 25 horas por dias.. acho que ta mais pra 26 horas por dia.. se é que isso é possivel..aoskapskao.. eu tb rio mto do jeito como a Lily pensa nele.. sabe.. eu fico imaginando.. daí eu começo a rir do nada.. aoskpaskaops minha mãe falou esse dias que eu tava louca.. magina? Eu? Louca? Nunquinhaaaa! E sobre a sua perguntaa.. do James estuar em Hoggy.. eu num posso responder.. vc vai ter que ler os próximos cap. Muahahahaha! Eu sou máh... apkspaoksaspok e tipoo.. eu tb tenho horas que juro que a minha fic é trouxa e tem horas que eu penso que eles são bruxos.. mais como eu sou máh duas vezes.. eu num posso dizer nada né =D apoksaposkapo.. e as perguntas ainda estão validas... e sobre ‘Ele” Muahahaha.. vou fazer uma coisa que eu não deveriaa.. mais vou te dar umas dicas.. hmm.. pensa Nele como uma das únicas pessoas que poderia deixar o James daquele jeito.. e lembra da Alexia...a mãe do James.. daí acho que talvez algo clareie na sua mente..ah.. e pensa também quem seria a ultima pessoa que poderia aparecer ali.. naquela cidadezinha um pouco afastada de tudo.. aoksaposkapo... bom.. num vo fala muito.. e essa duvida é normal.. aspakspoa.. vc não é cega não.. aoskapks.. é eu que sou máh demais que num coloco as coisas nitidamente na fic. Muahahahaha! Beijo e continue comentando e acompanhandoo!


Lethicya Black:Nhainn! Agora vc é minha beeta.. lero lero lero.. aposkaoskaos... adoooro-te!


Boooom Genteem! AMEI todos os coments e que bom que vocês estão gostando.. qualquer sugestão é só me falar e quem quiser me add no msn ou no kut kut podi dd:
http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=4833181312785537956

nessinha_hp@hotmail.com



Beejos...
-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o
N/B-Oi galerinha!!!
Como Vanessa demorou para fazer o cap né??Mas a espera valeu a pena pq o cap está ótimo!!E como ela eh mal,olha como acabou o cap,ela eh doida para deixar os pobres leitores curiosos *finge que não faz isso tb*!!Eu adorei o cap e vocês??
Comentem para deixar Vanessa feliz e fazer ela escrever os caps mais rápido!!
Bem...eu nunca fui beta de nenhuma fic ,é uma esperiencia nova para mim!!mas eu toh ADORANDO!!
Tah sendo ótimo betar essa fic,porque além de ler o cap antes que vcs ;P,eu acabei me tornando amiga de Vanessa õ//!!O que eh ótimo!
Ahh qualquer errinho de português eh minha responsabilidade!!
Bem...chega disso,já falei de mais!!
Beijão
;****
Lethicya Black






















~

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.