FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Capítulo II


Fic: L.S.S.17A. - Lista de Sonhos Supimpas para meus 17 Anos.


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


Capítulo dois.


Uma luz extremamente forte passou sem pedir permissão pelas pálpebras da ruiva. Ela resmungou alguma coisa e enterrou a cabeça no travesseiro.

CABUM!

- AI! – foi a única coisa que Lílian conseguiu falar, não entendendo nada.

- Parabéns, cabeça de fósforo! – exclamou Samantha ainda em cima dela.

- Sai-de-cima-de-mim! – falou Lily entre os dentes.

- Ta bom, ta bom... – respondeu a morena, que como Lílian pôde ver ainda estava de pijama, e saiu de cima da amiga.

Lílian se virou lentamente e se sentou. Ela tinha plena consciência que seu cabelo estava um horror, mas estava tão mal-humorada, que só conseguia pensar em fazer cara feia para o próximo que a perturbasse.

- Parabéns, Lilyyyy! – gritou Anne se atirando em cima da amiga e a abraçando.

Anne era loira e tinha os olhos claros. Típica carinha de anjo.

- Vocês me odeiam... Vai, podem falar! – resmungou Lílian ainda sendo abraçada por Anne. – É sério, gente... Eu fiquei acordada até tarde ontem e vocês me acordam cedo. Eu devia realmente esquecer a nossa amizade e meter a mão na fuça de vocês! – falou Lílian brava olhando para as duas.

- Ahhh... Eu também te amo, Lily! – disse Samantha se jogando do lado de Lílian na cama. – Sabe, nós nem íamos te acordar, mas a hora que vimos isso daí... – e apontou para o criado-mudo. – Não resistimos.

Lílian fez uma cara de confusa e olhou para onde a amiga tinha apontado, e justamente ali estava um lindo buquê de lírios.

A boca da ruiva abriu teatralmente, e os olhos se arregalaram.

Ela olhou para Samantha, que sorriu marota para ela, e depois para Anne, que apenas deu de ombros, e novamente para o buquê de lírios.

Ela pegou as flores e sentiu o maravilhoso aroma que vinha delas. Sorriu, e percebeu que tinha um bilhete no meio delas.

Pegou o pequeno envelope e o abriu, mostrando um pedaço de papel, escrito:

- acordar com um buquê de lírios do meu lado.

Ela sorriu mais ainda, e olhou assustada quando Samantha a cutucou. Tinha até esquecido que havia mais pessoas no quarto.

- E então... Vai explicar o que isso significa pra gente? – perguntou ela com sua famosa pose de curiosa, cruzando as pernas e com a face cheia de expectativa.

- Bem, eu... – começou Lílian corando. – Nem eu sei explicar, é que...

- É que o quê? – perguntou a morena ansiosa.

Lílian mordeu os lábios e fitou as flores preocupada. Como ela ira falar de uma coisa que nem ela sabia? Aliás... Agora ela até sentia um pouco de medo, pois havia passado a semana inteira atrás do pequeno pedaço de papel onde tinha escrito sua lista, e NADA!

No começo tinha ficado realmente preocupada se alguém havia pego, e reconhecido sua caligrafia, mas a semana foi se passando tão bem e tão divertida, que até tinha se esquecido...

Mas ali estava a prova de que suas suspeitas tinham fundamento. Alguém havia REALMENTE achado o papel onde estava todos seus sonhos de como seria um dia perfeito...

Ou será que não?

Mas... Se a pessoa que mandou o buquê de lírios não tinha achado o papel, como ela saberia da frase: - acordar com um buquê de lírios do meu lado?

A cabeça de Lily estava realmente começando a doer, quando foi acordada de seu transe por Samantha, ainda sentada e a cutucando na barriga.

- O que é que você ia falar? Falaaa!

- É que... – falou Lily novamente, com o olhar perdido na beirada da cama.

- É que...? – Anne a incentivava com as mãos.

- É que eu vou tomar banho! – Lílian desceu rapidamente de sua cama, e deixando o buquê no criado-muda saiu correndo para o banheiro.

- LILY! VEM CÁ AGORA! – gritou Samantha correndo atrás dela, levando uma portada na cara. Se virou possessa de raiva para Anne, apontando para a porta fechada. – Você... Você... Você viu o que ela fez? – perguntou chocada.

- É amiga... O jeito é esperar a vontade da garota...


Narrado por Tiago Potter.


Alguém tem uma arma por aí?

Se tiverem, por favor, atirem em mim. Agora!

Atirem! Vamos logo, seus fanfarrões! Atirem! ò.ó

Certo, me desculpem. CESSAR FOGO! Mas o caso é que eu estou muito nervoso.

Quer dizer, muito nervoso é apelido perto do que estou...

Hoje é provavelmente o dia mais importante da minha vida! O dia em que pode mudar drasticamente o resto de minha vida! Sacam a frase: “ou vai, ou raxa”? Então, eu acho que ela nunca esteve tão bem empregada como hoje!

Por favor, me entendam, se tudo der certo hoje, eu vou ter finalmente a Lily em meus braços.

PARA SEMPRE! \o/

PARA

SEMPRE

\o/

Ahá!

Maaaaas, se isso não der certo, nada mais vai dar!

Entendem como é a bagaça agora? Eu, Tiago Potter, móh gostosão e tenho que admitir que idiotamente engraçado, estou neste momento sentado na mesa da Grifinória com a maior cara de merda e tentando comer alguma coisa, enquanto espero que a minha linda ruiva desça aquelas escadas infernais e venha se juntar à nós, seus míseros plebeus.

Siiiiiiiiiiiim, eu sei que sou dramático, mas dá um desconto, companheiro! X.x

OMG!

OMGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG!²

Ela está descendo!

Ela está descendo!!!

ELA ESTÁ DESCENDO!!!

DES

CEN

DO!!!

DESCENDO! \o/

OH MAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAN!

Como ela está linda! *-* BAAAABE, Tiago Potter, baaaaaaaaabe! *-*

Ela está usando uma calça jeans preta justa, com um Vans preto com uns detalhes brancos e rosas que não dá pra ver daqui (VOCÊ É CEEEEEEEGO, TIAGO POTTER! CEEEEEEGO!). A blusa que ela está usando é bem a cara dela, tipo comprida e meio larga, rosa também, escrito ‘OH Shit!” de preto e com uma caveira de lacinho do lado fazendo biquinho.

Ela consegue ser muuuito original! *-*

Como eu amo elaaaaaa, OH MAAAAAAAAN! *-*

Ta, eu tenho que parar com esses ataques. Agora é só seguir o plano, foco no plano Tiago, foco no...

Plano?

Que plano?

OHMEUMERLIN!

EU NÃO TENHO PLANO?

¬¬

Eu sou um imprestável!

Então vamos formular um plano AGORA! Quer dizer, VOU formular um plano agora.

Primeiro os fatos: ela está se sentando na mesa da Grifinória ao lado da Samy e da Anne recebendo os parabéns de vários amigos, e eu aqui olhando pra ela. Provavelmente ela vai começar a tomar o café da manhã junto com a Samy e Anne, e eu vou estar aqui olhando pra ela. Depois que ela terminar de tomar o café da manhã provavelmente vai sair e ir para os jardins com a Samy e a Anne, e eu vou estar aqui olhando pra ela, ou pelo menos pra onde ela estava.

Mal, mal, mal... Muito mal.

Tenho que trabalhar mais nisso... Acho que eu tenho que me intrometer entre ela terminar o café e sair para os jardins...

(i)

OOOOOH, eu sou um gênio! *-*


Narrado por Lílian Evans


Owwwn... Como eu amo meus amigos! *-*

Desde que eu cheguei à mesa da Grifinória eles estão me dando os parabéns! *-*

Já veio o Siriuzitcho, o Remitcho, o Pedritcho, o Amuzitcho, a Alicezitcha, Frankzitcho, entre outros, fora a Samytcha, e a Annezitcha, que me deram os parabéns quando eu acordei. Eu comecei a olhar para os lados, e todos estavam sorridentes olhando pra mim e balançando a cabeça, alguns até davam um tchauzinho ou mandava um beijinho, e os mais anormais gritavam “FELIZ ANIVERSÁRIO”, que nem a Rose lá da mesa Lufa-Lufa.

Continuei olhando, e por incrível que pareça eu vi o Potter PENSATIVO. (!)

Não sabia que trasgos pensavam... ¬¬

Se bem que hoje ele está, como diria a Samy, bem “catável”, e...

[!]

NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOO... EU NÃO PENSEI NISSO!!!

EU NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOO PENSEI NISSO!

NÃO POOOOOOSSO TER PENSADO NISSO!

=X

Porque na verdade eu não sou como essas garotas do castelo que dão em cima, em baixo e de todos os lados do Potter.

Decididamente não sou!

Mas...

Tenho que admitir que ele está bonitinho hoje... É que, boom... Ele tem estilo, né minha gente? E venhamos e convenhamos que hoje ele caprichou com aquela calça jeans escura, nem larga, nem muito apertada, com um Adidas Star branco com listras pretas, uma camisa cinza com um desenho de uma caveira punk pequena na frente, escrito “Soy un alienígena!” e aquele cabelo dele espalhado para todos os lados.

Deve ser por isso que ele tem a fama de ser o mais “estiloso” de Hogwarts... E caso vocês não saibam, o Remo tem a fama de mais “arrumadinho” (Pra você ter uma noção, ele está usando uma CAMISA em pleno sábado. Tudo bem que a camisa é LARANJA(?) e tem uma LARANJA(?)² perto do ombro, mas ainda sim é uma CAMISA!), e o Sirius... Bom... A fama que ele tem é de “despojado glamuroso” no castelo (no momento ele está usando uma calça móh larga, um All-Star preto surrado, e uma blusa preta escrito em vermelho “Peidei, mas não fui eu”), ou seja, ele dispensa explicações.

- Parabéns, Lily! – disse Muriel Londic, uma garota de cabelos castanhos e no ombro de olhos verdes escuro, me abraçando(!).

O mundo vai cair.

Se salvem.

O QUÊ Muriel Londic pensa que está fazendo me desejando feliz aniversário e me abraçando? Saca... Ela é a “fucking princess” de Hogwarts! Eu realmente ODEIO ela.

E esse sentimento é recíproco, pode apostar! (Y)

E sinceramente, olhando para ela pela primeira vez pude reparar que ela é uma dessas pessoas que não tem estilo no castelo. Ela não é como eu, o Sirius, Remo, e até a Samy e a Anne. Ela simplesmente segue o que a moda dita (e tenho que admitir que todos no castelo seguem o que ELA dita), compreendem?

Ela está usando uma mini(MICRO)-saia rosa (daquela que se ela agachar dá pra ver o ÚTERO dela), uma blusinha branca com strass escrito “PRINCESS” pra variar (parece que TODA roupa que ela usa tem alguma peça escrito “PRINCESS”! É ridículo! ¬¬ ), um bolerinho rosa (um bolero, UM BOLERO! -.- ) e uma sandália rosa (pra variar um pouco ¬¬ ). Sério mesmo, tem gente que NÃO tem estilo nem aqui, e nem na conchinchina!

- Ai, dá licença Mu! – disse Luiza Borkovitch empurrando a Muriel para o lado e me abraçando forte. – Parabéns, querida! Muitas felicidades e anos de vida, honey!

Oooookay! Agora o meu queixo caiu.

Luiza Borkovitch é a Sonserina mais paty que eu conheço! Só pra você ter uma noção ela é MUITO loira, tipo “Leona Mega hair!” (pra quem assistiu Cobras e Lagartos! 8D), o cabelo dela é liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiso que nem uma enguia, os olhos tão azuis, TÃO azuis, que SÓ PODEM ser lentes. Ela está usando um vestido (adivinhem ¬¬) rosa, cheio de miçanguihas também rosas, e uma sandália de salto agulha SUPER alto branca.

Sem falar da faixa branca e rosa que ela está usando no cabelo.

AH, POR FAVOR! Se matem, suas barangas sem estilo. ¬¬

- O que vocês estão fazendo? – perguntei com a expressão confusa me levantando e encarando as duas na minha frente.

- Ué, viemos desejar um feliz aniversário pra você. – disse Muriel sorrinda PARA MIM.

Desde quando ela sorri PARA MIM?

- E saber se vai tocar Britney Spears hoje a noite! – falou Luiza com os olhos azuis eztremamente patylizados dela brilhando cor-de-rosa.

Britney Spears?

Hoje a noite?

WHAT THE FUCK...!?

- Com licença! Lily, vem aqui rapidinho comigo. – disse alguém nas minhas costas me puxando pra fora do Salão Principal.

WHATHAHELL!?


Narrado por Tiago Potter.


Eu me levantei decidido e fui em direção à Lily.

Está na hora de botar meu plano em ação, mas... O QUÊ a Londic e a Borkovitch estão fazendo perto da minha ruiva? O.o

- Ué, viemos desejar um feliz aniversário pra você. – ouvi a Londic dizer para a Lily.

Oh MAAAAAAAAAAAN, como ela é falsa! :x

TOOOOODOS da escola sabem que ela e a Lily se odeiam. São tipo arquiinimigas, sacam?

- E saber se vai tocar Britney Spears hoje a noite! – perguntou a Borkovitch, mais conhecida como BOQUINHAvitch pelos garotos do colégio (nem perguntem porque ;D).

Então...

[...]

EU VOU MATAR AQUELE CACHORRO PULGUENTO DO SIRIUS!

EU MAAAAAAAAAAAAAAATO AQUELE PROJETO DE GENTE!

O idiota deve ter deixado vazar a notícia da festa da Lily que eu venho preparando a semana toda! Ela não pode saber antes, NÃO PODE!

Tenho que fazer alguma coisa, e RÁPIDO!

Andei o mais depressa possível decidido até a ruiva.

- Com licença! Lily, vem aqui rapidinho comigo. – eu disse pegando ela por trás e a arrastando para fora do Salão Comunal.

A soltei só quando chegamos no Saguão de Entrada, e Lily olhou para mim, e no momento que me viu ficou extremamente vermelha (não sei se foi de irritação ou constrangimento, mas isso não importa agora).

- Potter...? O que...? Você... Eh... O que... – ela balbuciou ainda me olhando, parecendo envergonhada.

Sinceramente? Nem eu sabia o que falar, então eu simplesmente peguei a mão dela e comecei a puxa-la em direção aos portões de Hogwarts.

- O que... Potter... Você... Me... – dizia ela atrapalhada atrás de mim. – Como você... QUER FAZER O FAVOR DE ME EXPLICAR TUDO ISSO?

Ela gritou.

Doeu meu ouvido. -.-

- Pode esperar só um minutinho? Eu já te explico, mas espera só a gente chegar no local combinado. – eu disse virando a cabeça para trás e sorrindo pra ela.

É impressão minha ou ela ficou mais vermelha ainda?

Uuuuui.


Narrado por Lílian Evans.


O QUE O POTTER PENSA QUE ESTÁ FAZENDO?

Será que ele perdeu a noção do perigo, por acaso? ¬¬

ONDE ELE TA ME LEVAAAAANDO? U.u

Se eu não ficasse vermelha toda vez que ele sorrisse pra mim ajudaria.

Mas... Sei lá, nunca tinha reparado como o sorriso dele é lindo. *-*

OH NO!

Tenho que parar com esses pensamentos... ¬¬

Ele estava me puxando pela mão, e para nos portões do castelo, onde tinham aquelas estátuas de gárgulas que sempre me davam arrepios.

O Potter olhou para os lados parecendo estar a busca de algo.

- O Prof.º Dumbledore falou que estaria por aqui... – ouvi ele murmurar pensativo.

WOOOOOOOOOW!

Segunda vez no dia que ele pensa! o\

- Estaria o quê, Potter? – perguntei fazendo cara feia pra ele e cruzando os braços nervosa.

- O seu bom-humor. – disse ele sorrindo de novo pra mim, que corei novamente. ¬¬

Mas dessa vez foi de raiva também, ONDE JÁ SE VIU tamanha grosseria? Com quem ele pensa que está falando, aquele...

Coloquei as mãos na cintura e tomei AQUELE fôlego que todo mundo toma, antes de começar o berreiro.

Mas na hora que eu ia começar, o Potter grita:

- AHÁ, ACHEI! – diz ele apontando para uma...

[?]

PARA UMA GARÇA?

=O

Só tem gente maluca por aqui, viu. ¬¬

- Potter, meu irritante e odioso Potter. – eu disse chegando perto dele com um sorriso maquiavélico nos lábios maior estilo “Paola Bracho”, e continuei: - Eu não sei se você reparou, mas aquilo ali – e apontei para a ave. – É UMA GARÇA! – gritei batendo na cabeça dele.

- Eu sei que aquilo é uma garça... – disse ele revirando os olhos. – Vem aqui. – ele falou me puxando direto para a garça.

AH NÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOO!

- NÃÃÃO! – gritei e puxei a minha mão de volta. – E se ela me morder? – perguntei com os olhos arregalados.

O Potter parecia ter acabado de receber a notícia de que o Barney era na verdade o Michael Jackson fantasiado pra comer as criancinhas. Ele parou e olhou chocado pra mim.

- Lily... – ele disse com os olhos arregalados. – Aquela garça não é de verdade. É das que os trouxas compram pra colocar nos jardins...

Ow...

Eu... Sabia disso...

- É... Claro que eu sabia disso, Potter! – eu disse totalmente vermelha e olhando para o chão.

A CULPA É MINHA SE ELA PARECIA REAL? ¬¬

- Okay, okay... Então vem aqui. – disse ele indo pra perto da garça.

Eu andei ainda envergonhada e cheguei perto dele.

HEY. O que eu to fazendo aqui? Ô.o

- Potter, quer me explicar o que está acontecendo aqui? Por que você me trouxe até aqui? E o porque dessa... Garça!? – eu perguntei confusa.

- Espera só um pouquinho... – disse ele olhando para o relógio dele. – Pelo que o Prof.º me falou, vai ser daqui 20 segundos. – disse ele pensativo tirando os olhos do relógio e olhando pra mim. – Coloca a sua mão na garça. – falou ele colocando a própria mão dele em cima da garça.

- Quê? – perguntei EXTREMAMENTE confusa.

- Pega a sua mão – começou ele pegando a minha mão direita. –, e a coloque na garça. – e dizendo isso ele colocou a minha mão em cima da garça.

Ah, fala sério. Parece que ele ta explicando alguma coisa pra uma criancinha de quatro aninhos. ¬¬

- Potter, quer fazer o favor de me explicar o que está acontecendo? - perguntei com os dentes cirrados e nervosa pra ele.

Ele sorriu (e pra variar eu fiquei vermelha), e olhou pra mim com os olhos brilhando.

- Espero que tenha gostado do buquê de lírios.

[...]

Ele falou o que eu pensei ter ouvido ele falar?

Foi ele? =O

- Como... – comecei a falar, mas no momento senti uma forte puxada no meu umbigo, e logo tudo se tornou uma confusão de cores.






N/A: OH MAAAAAAAAAAAAAAAAN! *-* E aí? Gostaram? *-*

Eu simplesmente ADOREI esse capítulo... e.. tem muito mais pela frente /o/

Gente, valeu mesmo pelos comentários, eu amei cada um deles! Só não vou responder aqui por que se não ia enrolar demais, mas se quiserem perguntar alguma coisa fiquem á vontade porque eu respondo! *-*

Espero sinceramente que tenham gostado. ;D

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.