FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. A Conversa Nada Amigável Entre


Fic: •Casais Predestinados• Cap. 14 ON [Atualizada!. ]


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capitulo 6 –A Conversa Nada Amigável Entre Bons Amigos.


Hermione estava estudando como de costume na biblioteca, Rony estava ali e viu livros e mais livros enormes sobre a mesa. Só podia ser sua “amiga” Granger.
Rony não agüentando mais ver Hermione o ignorando por causa dos livros pega o livro que ela estava lendo da mão dela. Hermione tenta soltar o livro da mão dele, mas não consegue e acaba caindo em cima dele, corpos estão colados deixando-os completamente envergonhados, estão muitos próximos um do outro, Rony se aproxima de Hermione e dá um beijo nela outra vez, mas Hermione percebendo que a beijou dá uma tapa na cara dele e sai correndo chorando sem dizer nada. Rony vai atrás dela, ele consegue alcançá-la e gritar aos berros com toda força em seu corpo, como se seu mundo não fosse mais o mesmo, pois estar brigando com ela é a pior coisa da vida dele, estaria morto se ela não o perdoasse. Rony grita:
-Mione, Espera! Desculpa. Eu lamento muito, mas não resisti. -disse Rony sem fôlego.
-Rony. Deixe-me sozinha. Não estou a fim de ouvir nada que venha de você.
-Mione, não exagera! Só foi um beijo -disse Rony mentindo, significara mais do que isso pra ele. Estar com Hermione era a melhor coisa que podia acontecer na vida dele. Estar ao lado dela, abraçá-la, beijá-la.
-É mesmo! Foi só um beijo. Não significou nada para mim!Somos apenas bons amigos, acho que nem isso, você só sabe me insultar quando estamos juntos. Por isso não quero mais ter sua amizade!Acaba a partir de agora
-Não, tudo menos isso...Não sei ver sem ter você ao meu lado como...bons amigos – disse Rony imediatamente, mesmo que não falaria para ela estava estampado na testa que eles se amam só não queriam admitir. Hermione quando ouviu Rony dizer isso corou logo após, para disfarçar correu mais ainda.
-Está bem, Rony! Mas só com uma condição. - Hermione
-Qual? -Rony esperançoso.
-Que você não brigue mais comigo, não me insulte e que não fique me dando beijos como se eu fosse uma qualquer.
-Está certo! Seremos apenas bons amigos -Rony triste, não querendo encarar Hermione nos olhos.
-Posso perguntar uma coisa?- Rony
-Pode
-Você gosta de alguém? Gosta do Vitor? -Rony
-É...Se eu gosto de alguém? -disse Hermione.
-È Hermione! Impressiono-me com você, sabe tudo e não entende sequer uma simples pergunta?
-Ah...Cala a boca Ronald! Claro que não, Vitor é apenas um amigo como você – Hermione mentindo descaradamente.
-Hum...Agora vou subir! Estou cansado, vou tentar fazer meus deveres, se eu tiver alguma duvida eu te chamo ok?
-Ok, Rony! Também já estou subindo. Hermione corando, Rony parava de olhá-la com aquele sorriso malicioso, mas fingiu nem notar e subiu antes dele. Rony ficou para trás.

No dia seguinte, Rony não parava de pensar em Hermione, em como seu beijo era tão bom não sentira nada de tão profundo por ninguém a não ser pela sua querida amiga. Acordou meio atordoado se sentindo um idiota por ter feito aquilo, não se aproximaria de Hermione tão cedo, sua amiga ficaria furiosa com ele e ainda pior terminaria sua amizade com ele. Isso era fatal para ele. Não tinha o seu amor verdadeiro, mas não queria sair de perto dela. Hermione era muito importante na sua vida, ela era a mulher da vida dele.
Na sala principal Harry, Gina e Hermione estavam conversando sobre Quadribol, quer dizer apenas Harry e Gina, pois Hermione não sabia absolutamente nada sobre aquilo, apenas escutava.
Rony desceu as escadas e foi em direção até os seus amigos e disse tentando não olhar para Hermione.
-Olá!-disse Rony
-Olá, maninho!-disse Gina
-Harry, preciso falar com você a só dê um minuto para mim?-disse Rony
-Sim, Rony! Mas agora não vai dar, tenho que ir a aula e depois vou sair com... É...Gina!-disse Rony.
-O quê? -disse Rony. Rony já sabia que seu amigo e sua irmã estavam namorando, mas não adorava que seu amigo dissesse que ficava para lá e para cá com sua irmã.
-Ah! Rony, não vai começar a sua briga por causa disso vai? Para de sufocar sua irmã deixe-a em paz, deixe de ser patético.
-Hermione, Fique quieta, por favor. Não se intrometa! Eu disse que não ia te insultar, mas não disse para que você se intrometesse nas conversas alheia.
-Rony, então, não fique cochichando perto de mim, se você quer falar uma coisa que eu não posso saber tente falar baixo e seja menos patético como você sempre foi.
-Ah...Então, você não quer que eu fique perto de você? Quer ficar perto de quem então? Ah, sei do todo “glorioso” Vitor Krum não é?!
-E se fosse? Você não tem nada haver com minha vida. Faço o que bem entender dela. Olha quem está falando né? Fica todo tempo se agarrando com Lilá Brown e vem aqui ficar dando lições de moral em mim?! Vai cuidar de sua vida Ronald!
-Está com ciúmes Hermione? -disse Rony um tanto vitorioso pela resposta de Hermione
-Claro que não, só não quero que você fique aí tentando dizer o que eu faço e o que eu deixo de fazer. Se eu ficar ou não com Vitor o problema é unicamente MEU! -disse Hermione dando ênfase em “meu”. Hermione saiu da sala dizendo apenas um breve “tchau” desgostoso.
Rony saiu de lá enfurecido, não parava de falar “ela que se vire, se ninguém a quiser não vou ser primeiro a sentir pena dela”. Eu não vou pedir desculpas para ela ““ Ela que venha aqui”. Rony foi em direção a aula de Feitiços e sentou-se perto de Harry, sem querer nem olhar para Hermione.


Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.