FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

5. Capítulo IV


Fic: Só Esquece Por Um Momento


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Bom, esse capítulo não é lá essas coisas. E como eu disse o motivo de Hermione ter saído do mundo bruxo não é nada – ou quase nada. – cabível...
Então, não se decepcione, ok?
Vamos lá então:


Capítulo IV

Harry Potter estava bastante ocupado nesses dias. Tinha tanto para fazer... A organização da festa de formatura não estava sendo nada fácil.
Ele suspirou sentando-se na cadeira imponente que se encontrava em seu escritório.
Aquele era um bom lugar para pensar, ele sabia.

Não conseguia admitir que, agora que encontrou a amiga, ela lhe escapasse pelas mãos... Ele era muito mais teimoso que isso. Era mais teimoso do que um “não” poderia supor...
Neville certamente deveria achá-lo louco. “Hermione desejou ficar só” disse-lhe uma vez “Não pode mudar a vontade dela. Não pode questioná-la”. Harry discordava. Ninguém poderia entendê-lo, não como ela o fazia. E além do que, tinha uma promessa a cumprir...

Mas Hermione não estava mais lá. Há anos. Ela estivera escondida por quase uma década no que para ela deveria ser um recanto, Harry achava que era um escape.
Ele se sentia comprometido com o bem-estar dela. Hermione lhe ajudara tanto no passado... Ela o suportou quando nenhum outro o fez, ela o entendeu. Ela o fez enxergar. Será que ele não deveria ajudá-la...? Ajudá-la a perceber que seu lugar não era naquele mundo... Que não era junto àquelas pessoas...?

Hermione era sua amiga. Aonde quer que fosse, aonde quer que estivesse, o que quer que sentisse.

Contrariando todas as expectativas, talvez até deles próprios, Gina e Harry voltaram.
As coisas que havia entre eles ainda continuavam pendentes e por mais que tentassem negar, era apenas para resolver “assuntos inacabados” que estavam juntos novamente. Quem sabe, o amor que um ainda sentia pelo outro fosse um desses assuntos pendentes.

-Então vocês reataram – Hermione indagou buscando água para si. – Não posso negar que estou surpresa.

-Não é apenas você – ele retrucou enquanto sentava-se em seu sofá. – E entre você e Rony, é definitivo?

-Me parece definitivo – ela disse sentando-se ao seu lado.

Eles ficaram calados por alguns minutos, até Harry quebrar o silêncio. – Tudo bem, diga-me o que está fazendo aqui.

-Não achei que fosse um crime visitar um amigo.

-Não é. Ou ainda não, até onde sei – retrucou sarcástico. – Achei que você fosse muito ocupada para visitar alguém, mesmo sendo um amigo, em um dia de semana. Aconteceu alguma coisa especial?

-Não seja tolo – virou os olhos. – Apenas não quis ficar em casa hoje.

-Isso deve explicar tudo, Hermione Granger está entediada.

-Digamos que sim. Por que você pode aparecer na minha casa quando quer e eu não posso fazer o mesmo?

-Nunca disse isso – eles se calaram novamente.

-Ah. Merlim, eu tenho que dizer – ele se virou para encará-la. – Estou completamente chocada sobre você e Gina.

Harry riu. – Por que?

-Ora, vamos lá, Harry. Eu fui a única pessoa sincera na nossa brincadeira?

Ele ponderou. – Não. Claro que não.

-Então me diga o que realmente lhe fez mudar de idéia.

-Talvez eu ame a Gina de verdade – a morena o encarou atônita.- Quero dizer, você sabe que no nosso sexto ano no relacionamento era algo meio, bom, carnal... Eu gostava de estar na companhia de Gina e conversar com ela...Mas não é o que se possa dizer de amar. Porque eu também gostava de falar com você, estar ao seu lado e isso nunca significou amor – Hermione assentiu.

-Então agora você sente algo mais intenso, que não se resumem ao corpo, por assim dizer.

Ele sorriu. – É. É quase como você explicou.

Hermione franziu a testa, mas pelo olhar que Harry tinha, teve certeza que não adiantaria nada pergunta “como assim”. – O que posso dizer? Parabéns, acho que é a palavra mais apropriada para o momento.
**

-Pensei que entre você e Rony não houvesse mais o “nós” – disse exasperado.

-Você não tem nada a ver com isso, Harry.

-Ele vai acabar te machucando novamente!

-Se você pode tentar com a Gina mais uma vez por que Rony e eu não podemos também? – ela indagou nervosamente.

-Entre Gina e eu é muito diferente...

-Diferente? – ela o interrompeu. – Em que exatamente, Harry? Me dê dois motivos.

-Eu posso lhe dar milhares – falou balançando a cabeça negativamente. – Você não est-

-Pedi que citasse apenas dois – ela retrucou desafiadora.

-Hermione – ele pausou, sabia que a mulher não o ouviria. – Está bem. Só pra começar: Você sabe muito bem que esse relacionamento é completamente fadado ao fracasso, como das últimas vezes, porque, simplesmente, nenhum dos dois mudou, nenhum dos dois está disposto a dar o braço a torcer e, principalmente, nenhum dos dois se ama de verdade – disse calmamente, Hermione abriu a boca admirada com a calmaria dele. – Você sabe que tenho razão, Mione. Vocês estão vivendo em cima de algo que não pode ser tomado como base, estão vivendo como se estivessem ainda no sexto ano, em Hogwarts.

-Você não sabe de nada.

-O Rony não é o cara certo pra você. Eu estou avisando – suspirou cansado.

-Eu pensei que ele fosse seu amigo.

-E é por isso mesmo que estou lhe dizendo – Hermione riu com ironia. Ele arrepiou o cabelo impaciente. – Eu não quero que vocês sofram. Vocês não se amam mais, e, entrando nesse relacionamento, só irão se magoar. Eu não quero que estejam afastados um do outro depois que tudo isso terminar – murmurou lentamente, medindo as palavras. - E eu te garanto... Não irá terminar nada bem.

-Você se tornou algum médium, Harry Potter?

-Já chega! – exclamou olhando-a. - Se você quer, faça! Só não diga que não lhe avisei – retrucou seriamente e aparatou.

**
-Eu avisei – ele falou assim que a mulher abriu a porta.

Hermione se jogou nos braços do amigo. – Ah... Harry, por favor - o homem suspirou resignado e passou acariciar o cabelo dela.

-Eu sinto muito.

-Não sinta – ela fungou. - Isso é para que eu aprenda a ser menos idiota.

-Não fale assim...

-Deveria tê-lo escutado.

-Shii. Não se martirize, Ok? Agora me conte, em detalhes, o que aconteceu.

-Tudo bem.


[Flash-Back]
Hermione se afastou dele bruscamente.

-O que foi?

-Eu não me chamo Luna – ela retrucou, seus olhos quase cerrados.

-Não lhe chamei de Luna! Claro que não... Mione – o homem tentou lhe abraçar, ela fugiu de seus braços.

-Eu ouvi muito bem, Ronald Weasley. E é melhor começar a se explicar.

-Não tenho idéia do que está falando!

Ela desviou o olhar sentindo-se mal por olhá-lo. – Alguém me disse que você não estava sendo sincero comigo, e que ainda iria me machucar – Hermione o encarou seriamente por alguns minutos, tempo suficiente para descobrir tudo, ou o suficiente. – Não posso acreditar que fui tão tola – murmurou sentida.

-Mione eu-

-Jantares adiados, compromissos que você não poderia faltar, misteriosas corujas que chegavam – ela aumentou o tom de voz para interrompê-lo. – É melhor você ir... Quem sabe a Luna possa te consolar? Porque está tudo acabado – novamente -, como você pode imaginar.

-Me deixe falar! Você precisa me ouvir...

-Não perca mais seu tempo comigo – ela disse friamente. – Sabe onde fica a saída – ela se levantou da cama e se dirigiu a porta do quarto. – Por favor.

Rony deu uma última olhada para a mulher antes de pegar seu paletó e sair. Hermione bateu a porta, e fechou as mãos e os olhos com força, tentando segurar a raiva e humilhação, e, principalmente, o choro...
[Fim do Flash-Back]

-O que ele tem na cabeça?

Hermione preferiu ignorá-lo. - Estive pensando e tomei uma decisão.

-Eu posso saber qual?

-Certamente que sim – ela suspirou. - Vou me desligar do mundo bruxo.

-O que? Por que? Apenas por conta de mais uma idiotice do Rony?

-Harry, não é definitivo...

-Você não está falando sério, não é mesmo?!

-Escute-me! – pediu segurando o rosto dele com uma das mãos e virando-o para si. – Não é definitivo. Eu tenho que pensar, saber se eu quero estar aqui.

-E precisa ir tão longe?!

Hermione riu levemente. – Harry o “mundo trouxa” é aqui ao lado.

-Não posso acreditar que você está pensando em largar seu curso, toda a vida que vem construindo aqui...

-Que vida? Ora, por favor, Harry... As únicas coisas que tenho por aqui, é o meu estágio, esse apartamento...

-E quanto a mim? Ou Gina? – ele perguntou nervoso.

-Vocês são as pessoas mais importantes que tenho. Eu já disse, preciso desse período. Disse também que não é por muito tempo. Só até repensar meus ideais.

-E se você perceber que não tem nada que lhe interesse por aqui? Como eu fico na história?

Hermione lhe respondeu com um sorriso triste.


Ele só não poderia desistir de Hermione agora. Eles tinham um assunto, um assunto inacabado. Um assunto que, talvez, nem mesmo Hermione lembrasse.
*
(continua)
*
Desculpem algum erro. E também o motivo idiota (ou quase) dela.

Pink_Potter,o reencontro fica pra depois moxa... Desculpe.
Você acha que ele fará isso? Hmm, vai saber né?! Hehe.
Ainda bem que a senhorita já atualizou “Cuida bem de Mim”. Mas já estou esperando outro capítulo, viu? E, é claro que não, não sou um pessoa vingativa... Que que isso^^! XD XP
Sobre “Meu Marido...” Acho que só semana que vem, ta?
Beijos!
Mione03, Obrigado moxa! Fico feliz que esteja gostando. Então um capítulo novo^^ XD
Mia Rolim, Se ele gosta da Mione, eu não sei... Brincadeira. Não posso contar moxa. Não agora!^^
Bom, quem disse que a morena vai ao baile? Ou algo assim? Hã? Rsrs!
Ah moxa, só demorei duas semanas... Mas me entenda, estou escrevendo quatro fic’s. E “Meu Marido...” toma um pouco mais de tempo de mim. Então uma semana eu atualizo esta e as outras duas e na outra semana atualizo “Meu marido”...
Beijo!
*MaRy*, isso fica pra mais tarde viu moxa? XD
Acho que você está certa sobre o negócio das penseiras... Mas eu utilizei isso como se fosse um meio dela extravasar os sentimentos que sentia... Não que ela realmente havia tirado da mente. Ela o havia jogado para um canto da mente onde, com certeza, não iria buscar mais tarde...
Sobre o Harry, não se preocupe. Logo você verá que a insistência de Hermione sobre o quanto aquele vicio era ruim, funcionou. ^^
Beijão!
Hermione Seixas, Obrigado moxa! Fico feliz que gostou dos fic’s^^. Então: Atualizada! XD
Thaís Potter Malfoy, Será mesmo que ele gosta dela? Depois de tantos anos?? *toca os tambores* Rsrsrs *Rola os olhos. não sei porquê, mas me divirto fazendo assim...*
Ah mãe... É que não tive tempo pra pensar numa história descente... Já to aqui me complicando com quatro fic’s... Imagina fazer mais uma?! Estaria perdida.
Beijo!
sy, ela reparou, moça, tanto que se sentiu mal pelo amigo... A Hermione não gostava dele naquela época, então o que poderia fazer? Melhor ignorar, para não deixá-lo magoado, ou perder sua amizade... Sabe como é.
Bom, o jantar fica pra depois. Sabe como é, eu sou só um pouquinho má^^!
Beijos!
LiLa_GraNgeR, Será moxa^^? Rsrsrsrs.
Que bom que gostou... Fico muito feliz.
Não, eu acho que nunca vou conseguir escrever HG... Eu amo muito (você sabe né? Viciada) HH. Não tem shipper melhor (ao menos para mim^^) Beijão!
Daniel Black, Obrigado! Espero que curta ainda mais este capítulo. Beijo!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.