FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. O jantar


Fic: Nós... Irmãos ?


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________



No capitulo Anterior
”-Bom Lily, eu vou indo, até mais... – Disse o maroto a deixando na frente de casa e dando-lhe um pequeno beijo no rosto.


-Até. – Disse ela vendo o menino ir embora e de repente soltou um berro, já era sete horas.




Cap. 5
O jantar



Lílian entrou desesperada em casa e encontrou sua mãe a esperando em pé perto da escada, com o cabelo e maquiagem prontos, só faltava por o vestido, apesar que sua cara não era as melhores:

-Você tem apenas uma hora pra se arrumar Lílian, me diz.. porque não veio antes? – A sua voz era a da alguém que estava tentando se controlar.

-É que ta tudo pronto mamãe – Ela sorriu amarelo – Já está tudo separado, é só eu tomar um banho rapidinho e fazer a maquiagem.. eu vou indo. – E subiu mais que correndo as escadas,tropeçando em vários lugares enquanto Sarah dava um sorriso,sabia que a ruiva não tinha arrumado nada e que tinha dado aquela desculpa para não magoar a mãe, e sabendo que Lílian nunca escolheria roupa alguma em menos de uma hora ela já tinha discretamente deixado um vestido e um sandália ao alcance da filha.


_____

Lílian escancarou a porta do quarto,bateu a porta e foi correndo pro banheiro tirando a roupa no meio do caminho deixando-as todas esparramadas. Ligou o chuveiro e entrou de baixo da água, deu um berro e saiu de lá de baixo rapidinho, a água estava gelada e lembrando-se de por no morno ela volta pra de baixo da água, pega o shampoo e passa rápido no cabelo.. enxágua e passa rápido de novo, faz isso mais umas três vezes e enxágua tudo de novo, ensaboa o corpo rapidinho e passa pra parte final, o condicionador, e depois de uns três minutinhos em que a ruiva ficava desesperada ela enxágua novamente e cabelo e sai do banheiro correndo, ficando de frente pro guarda-roupa, e como se alguém lá no céu estivesse ao seu favor,ela enxerga um vestidinho preto e logo abaixo dele uma sandalinha prata perfeita,agradeceu ao seu anjo protetor sem nem desconfiar que a mãe os tinha deixado ali e coloca a roupa sem nem mesmo se maquiar,quando a mãe entra no quarto a assustando:

-Oi filha,só falta eu por o vestido, quer uma ajudinha no cabelo? – Pergunta a mulher sorridente fazendo a menina agradecer mais e mais aos céus.

-Tudo bem..

-Você já tomou banho? Mais se passaram só vinte minutos...

-É que eu sou bem rápida- Disse Lily sorrindo amarelo.

-Senta aqui então que eu vou secar seu cabelo. – Disse Sarah apontando pra cadeira ao lado e pegando o secador e a escova,no que Lílian obedeceu quase que imediatamente – Sabe, quando você era menorzinha, eu te acordava mais cedo pra poder arrumar seu cabelo pra ir pra escola e até te dava almoço mais cedo, você me xingava tanto. – Disse a mãe sorrindo.

-Xingava? – Perguntou Lily curiosa,adorava quando a mãe contava de quando era neném.

-Aham.. eu lembro que você nem sabia falar e ficava falando “essa ‘digaçada’,vai acabar com o meu cabelo!” – Completou a mulher rindo.

-Huhuahua, e o que você fazia? – Lílian perguntou.

-Eu num dizia nada, só continuava mexendo no seu cabelo, eu lembro que a professora sua sempre me perguntava ”como você faz pra deixar o cabelo dessa menina impecável?” e eu dizia “tem que ter muita paciência”.

-Hehehe,deveria ser uma graçinha.

-E era, eu lembro que você odiava quando eu enrolava seu cabelo porque eu colocava os bobis e pedia pra você ficar no sol, e você ficava lá me xingando.

-E eu num saia correndo do sol não?

-Não, você continuava lá, me xingando é claro, mais não saia de lá, você nunca foi de desobedecer.

-Tadinha de mim, ficar com a cabeça torrando no sol.

-Hehehe.. eu também me lembro que fui chamada na escola só uma vez, porque você tinha empurrado uma menina e ela tinha caído.

-Eu?

-É, é que foi assim, a menina já tinha te empurrado antes e derrubado seu lanche duas vezes,daí na terceira você empurrou a menina e ela caiu.

-E eu apanhei muito de você? – Perguntou Lily imaginando que tinha apanhado.

-Não, quando eu fui conversar com a sua professora ela me contou e eu disse: A Lílian ta certa, a menina já empurrou ela duas vezes e tinha derrubado o seu lanche, e foi de propósito, ela tinha é mesmo que se defender.

-Nossa... então eu não apanhei?

-Não, mais eu disse que não era pra ficar empurrando mais a menina, e depois disso nunca mais fui chamada na escola.

-Hehehe, eu deveria ser uma pestinha.

-Nem tanto, o Vinicius era o pior.. ele vivia me pedindo “Mãe eu quero abuticaba...abiticaba”. – Disse a mulher sorrindo.

-Abuticaba? O que é isso?

-Ele queria na verdade era Jabuticaba, mais isso nem se compara das vezes que ele fugia de casa, porque na época seu pai trabalhava no Colégio Novo Tempo,e ele fugiu atrás do seu pai uma vez e nossa vizinha viu ele na esquina de casa e perguntou “aonde você vai?” e ele disse “pro tempo tempo”, daí ela trouxe ele de volta, nesse dia eu quase morri do coração.

-Hehehe.. eu queria só ver..

-Bom, mais agora deixando isso de lado, já ta liso, mais espera ai um pouquinho que eu vou enrolar as pontas. – Disse Sarah para Lílian que nem tinha percebido que a mãe já tinha terminado, e alguns minutos depois ela viu como o cabelo tinha ficado lindo depois que sua mãe o tinha arrumado.

-Ficou lindo – Disse a ruiva sorridente.

-É,agora vamos fazer a sua maquiagem e depois é só eu por meu vestido.

-Mais não vai te atrasar?

-Imagina, a sua maquiagem é fácil fácil, só preciso passar um blush,um rímel,um lápis e um batonzinho pra dar uma cor e fica perfeito. – E em 10 minutinhos Lílian já estava pronta.

Então a ruiva desceu para a sala e ficou se admirando no espelho enquanto sua mãe colocava o vestido, e logo Sarah veio descendo as escadas deslumbrante, seu vestido era perfeito,preto como o da filha, mais era longo e tinha um detalhe em prata no busto,Lílian ficou maravilhada com a beleza de sua mãe, pois sabia que ela era linda, mais ali, naquele momento ela estava realmente estonteante.

-Como estou? – Perguntou a mulher sorrindo.

-Mais perfeita impossível mãe,fico ate sem palavras.

-Bom.. obrigado pelo elogio você também esta linda, agora vamos, não devemos nos atrasar.

E Lílian e sua mãe foram até o carro, aonde o motorista a esperavam para levá-las ao restaurante, e alguns minutos depois elas já estavam lá.
O lugar era maravilhoso e extremamente chique, e Lílian não pode deixar de pensar qual assunto ‘mãe e filha’ que deveria ser tratado em um restaurante desse porte? Mais decidiu acompanhar a mãe que tinha um feição muito curiosa,era um misto de felicidade e medo.

Elas entraram no restaurante e uma mulher que parecia que tinha um quilo de bosta embaixo do nariz perguntou com falsa simpatia:

-Em que nome está a reserva? – E nessa hora Lílian olhou para o lado e pensou ter visto uma miragem e nem ouviu o nome que a mãe disse, no que Sarah a olhou como se esperasse que tivesse um ataque.

-Que foi mãe? – Perguntou não entendendo a apreensão da mãe.

-Nada querida, nada!

E dizendo isso uma outra mulher, já com jeito mais simpático as levaram para uma mesa no lado esquerdo do restaurante, no que pareceu para Lílian o lado aonde a ‘nata’ da sociedade ocupava, e ela lembrou das aulas de historia, aonde um lado ficava os nobres e do outro os burgueses, e olhando indignada ela pensou ”Aonde já se viu?! Em pleno século 21 e essas palhaçadas ainda existem!”

(N/ª Gentem..na minha fic é como se eles tivessem nos dias de hoje)

Elas se sentaram em uma mesa para quatro e um frio percorreu todo o estomago de Lílian, pra que quatro lugares se existiam mesa para duas pessoas? Mais decidiu engolir mais essa pergunta e sentou-se em frente a mãe,mais essa decidiu ir ao toalete e Lílian ficou ali esperando sozinha.

E quando ela já estava até tranqüila, essa tranqüilidade foi interrompida quando uma voz já conhecida da ruiva, lhe causando um arrepio, o dono da voz estava a suas costas,falando-lhe perto do pescoço:

-O que você faz aqui? Essa mesa já está reservada ruivinha.. – E a voz do menino não era como antes, essa não tinha humor algum, nem desdém, talvez até um leve tom sexy,e nada mais que isso.

-Você? Deus só pode estar brincando comigo.. oras Potter.. a mesa esta reservada sim.. mais é para mim e minha mãe, e quem te deu a liberdade de falar no me cangote? - Perguntou a ruiva já alterada, ela evitava qualquer aproximação com o moreno dês de o pequeno acontecido.

-Desculpe-me ruivinha, mais esse lugar é meu. – Disse ele com um olhar penetrante, esquecendo da pergunta da ruiva.

-Seu uma ova, caso não saiba, a senhorita da recepção me mostrou esse lugar.

-A reserva dessa mesa esta no nome dos Potter, agora faça-me o favor de despregar sua bunda daí. – Disse ele como se não quisesse nem estar ali,mais que não deixaria a ruiva ali.

-Olha aqui Potter, essa porcaria de mesa ta no nome da minha mãe, então porque você não tira essa sua cara feia da minha frente e me deixa em PAZ? – As ultimas palavras não foram ditas, e sim quase berradas pois Lílian não esqueceu que estava em um restaurante.

-O que esta acontecendo aqui? – Perguntou um homem alto, cabelos pretos e olhos castanho-esverdeados, acompanhado de uma mulher ruiva.

___________

Sarah tinha dito a Lílian que iria ao toalete,mais no caminho encontrou Alex,e eles começaram a conversar.

-Oi.. você já chegou? – Perguntou o homem.

-Sim.. e cadê o James? – Perguntou a mulher sorrindo.

-Foi pra mesa... e a Lílian?

Mais a mulher não respondeu, e o homem percebeu o que estaria por vir.

____________

-Essa menina louca pai,ela estava aqui na nossa mesa falando que era dela.. eu pedi educadamente pra ela sair, mais ela não me ouviu.

-Mãe, explica pra esse doido que essa mesa é nossa e que ele esta enganado. – Suplicou Lílian para a mãe, que parecia querer sumir dali.

-Ela não é louca James, essa mesa é dela... – Começou Alex.. no que um sorriso de triunfo se apoderou do rosto da ruiva, mais o homem continuou – e nossa..

-Nossa? – Disseram James e Lílian em uníssono com uma cara de horror.

-É.. – Disse Sarah para a filha que a olhava incrédula.

-Mais isso não era um jantar pai e filho? – Perguntou James para o pai e Lílian para a mãe.

-E é.. isso é um jantar em família. – responderam Sarah para James e Lílian.

-Família? Por um acaso eu sou parente desse arrogante do Potter? – Perguntou a ruiva horrorizada.

-É.. ou vai ser...

-O que essa mulher ta dizendo pai? – Perguntou James sem entender nada.

-Sentem-se, eu e Sarah já iremos explicar... – Disse Alex.. e todos se sentaram a contragosto e o homem continuou – explicaremos depois do jantar..

-Depois do jantar? Eu me recuso a jantar na presença desse crápula. – Disse Lílian deixando Sarah morta de vergonha.

-A recíproca é totalmente verdadeira tomatinho.

-Tomatinho é sua avó..

-Já chega.. nós iremos jantar sim.. e juntos.. – Disse Sarah querendo acabar com a discussão dos dois.

-Mais porque? O que esta acontecendo? – Perguntou Lílian no que James concordou, não havia necessidade de jantarem juntos.

-Eu e Alex queremos conversar com vocês, e achamos melhor que fossem com os dois juntos.. – Disse a mulher como se pensasse “ e não foi um boa escolha”.

-Mais porque?

-É que queremos tratar de um assunto importante..

-Desculpe-me interromper senhores... mais o que vão querer? – Perguntou o garçom interrompendo Alex.

-O que vão querer? – Perguntou Sarah para Lílian e James, e o garoto ficou surpreso do modo como a mulher falava com ele,era como se o já conhecesse.

-Nada. – responderam os garotos em uníssono.

-Traz dois sucos de maracujá para eles e o vinho mais caro que tiver para nós. – Disse Alex para o garçom,deixando Lílian surpresa pelo fato do homem querer o vinho mais caro daquele lugar, não que achasse que ele era pobre,mais para ela a ocasião não pedia um vinho caro, e sim uma arma de fogo pra ela metralhar a cabeça do menino a sua frente, que a todo instante lançava-lhe olhares raivosos que eram igualmente retribuídos.

E logo após o garçom sair Alex começou a falar.

-Bem, já que vocês querem que acabemos logo com isso.. acho melhor explicarmos o motivo dessa comemoração...

-Comemoração? De que? – Perguntou James no que Lílian concordou.

-Bem.. não é bem uma comemoração..mais é que nós temos uma noticia pra vocês.. – Disse o homem sorrindo radiante.

-E que noticia seria?

-Bem.. não queríamos falar pra vocês desse modo, mais como tomamos uma decisão recentemente queremos compartilhar nossa alegria com vocês – Disse Sarah, deixando James e Lílian temerosos.

-Nós estamos namorando...- disseram os dois em uníssono, no que James assoviou e Lílian não fez cara de espanto , e muito menos um escândalo como esperava sua mãe.

-Era só isso? – Perguntou Lílian.

-Vocês não estão surpresos? – Perguntou Sarah.

-Mais ou menos.. eu já desconfiava se quer saber.. – Disse James olhando pras unhas...deixando Sarah e Alex surpresos

-Bom Lílian e James,não estamos aqui apenas pra anunciar nosso namoro.. –começou Alex.

-Não?

-Como não? – Perguntou James.

-Bem, nós já namoramos a muitos anos, ao todo cinco, e nós iremos nos casar...

-Casar? CASAR? – Berrou Lílian olhando incrédula para a mãe, no que algumas pessoas do restaurante os olharam feio,agora sim os dois estavam surpresos.

-Isso mesmo filha, e fale baixo..

-Mãe... casar? Casar quando? Ano que vem? – Perguntou a menina incrédula e desesperada,rezando para que alguém aparecesse gritando “primeiro de abril!”.
-Calma Lílian.. e não.. não é ano que vem.. – Disse Sarah um pouco mal humorada.

-Ah.. então será daqui uns cinco anos né? – Perguntou James esperançoso.

-Não... nós nos casaremos daqui duas semanas..

-O QUE? –berraram os dois incrédulos.

-Falem baixo se não seremos expulsos daqui.. e será daqui duas semanas sim.. o que tem de mal nisso? - perguntou Sarah ofendida.

-De mal nada .. Fico feliz que você pelo menos me comunicou mãe,já que as suas decisões quem toma é você não é? Afinal..quem precisa perguntar algo a seu filho não é? – Disse Lílian desdenhosa.

-Me respeite Lílian...eu não esperava essa reação agressiva de você.. – Disse Sarah triste.

-Eu nem ligo de você casar.. mais caso você não saiba.. vem de brinde no pacote esse chato do Potter...

-Não fale assim do James.. vocês serão irmãos agora... – Disse Sarah defendendo seu “novo filho”, James e Alex apenas assistiam a discussão das duas.

-Eu já tenho o Vinicius, não preciso de outro irmão..

-Como se eu quisesse você como irmã. - Retrucou o menino a olhando feio.

-Cala boca potter.. a conversa ainda não chegou no chiqueiro...
-Pelo visto não saiu de lá..com todo respeito senhora Evans..

-Bom.. parem de discussão.. eu não vejo motivo pra tanto... nossa decisão de se casar não é um ato impensado. E antes que vocês perguntem, nós não contamos antes porque temíamos a reação de vocês.. e tínhamos certa razão pra isso não? Vocês estão fazendo tempestade em copo d’água, e nós nos casaremos daqui duas semanas porque queremos que vocês estejam presentes..já que daqui 3 meses James e Sirius voltam pra escola e eu queria que meus filhos estivessem presente em um dos momentos mais importantes da minha vida. – Disse Alex, o que deixou Lílian e James envergonhados,mais não foi tanto, pois Lily ainda achava aquilo muito recente.

-E eu também quero todos os meus filhos presentes nesse momento importante,agora nós seremos uma família. – Disse Sarah sorrindo, para terror de Lílian.

-Mãe.. o que você quer dizer com “todos os seus filhos presentes”?

-Que eu quero todos presente ué.. – disse Sarah sem entender.

-Todos todos? – insistiu Lílian.

-É Lílian, todos todos.. – Respondeu a mulher sabendo o porque da insistência da filha.

-Mais como vai ser daqui pra frente? – perguntou James.

-Bom, nós iremos morar juntos, todos como uma família. – Respondeu Alex.

-Morar juntos aonde? Você sabe muito bem que eu não saio daquela casa – Disse James novamente, só que dessa vez parecia que havia algo mais naquele jeito sombrio que ele estava hoje.

-Eu sei que você não sairia daquela casa, e é por isso que nós decidimos ficar lá, porém eu quero aumentar a casa, mais Sarah já a acha suficientemente grande. – Disse Alex sorrindo apaixonado para mulher.

-Bem, eu só estive lá dentro uma vez, e eu não passei do hall da casa, mais pelo visto ele é bem grande não é James? – Perguntou Sarah para o menino, e ele percebeu que aquilo era algo natural e não que ela estava o forçando a participar da conversa, sentiu-se aliviado, não gostaria que seu pai casasse com uma mulher falsa.

-Eu a acho grande sim, no meu corredor tem sete quartos, o meu e o do Sirius são um ao lado do outro, tem um na frente do meu e do Sirius, tem um no fim do corredor que é o quarto dos marotos e mais dois ao lado do meu e do Sirius. – Disse Tiago fazendo a planta dos quartos, deixando Lílian nauseada – E tudo isso é no terceiro andar, no segundo tem a biblioteca, a sala de vídeo, o escritório do meu pai e o jardim... – ele hesitou um pouco mais continuou –...o jardim da minha mãe e no primeiro tem as salas, a cozinha e banheiros sociais, cada quarto tem um banheiro, e no quarto andar tem ao quarto do meu pai, a sala de musica, e o ateliê de pintura da minha mãe e o segundo jardim que era aonde eu ficava quando pequeno, e tem mais um banheiro no quarto andar também, e na ala leste tem O Castelo.

-O Castelo? – perguntou Lílian intrigada.

-É... é uma parte da casa aonde foi construído para Alexia que tem toda uma estrutura de um castelo, com quartos, cozinhas, salas e lá também ficava a sala de teatro aonde ele ensaiava algumas peças, o lugar é realmente maravilhoso, todo decorado com obras de arte, parece até que você esta viajando no tempo, você ira adorar Lílian. – Disse Alex respondendo a pergunta da menina, que ficou com os olhos brilhando, só imaginando como seria lindo aquele lugar.

-Bem, mais e a nossa casa mãe? – Perguntou Lílian.

-Bem, sua Tia Paula ira vir morar aqui, e a casa vai ficar com ela.. – Disse Sarah sabendo que a noticia faria Lílian muito feliz.

-Quando ela vai vir? – Perguntou a ruivinha com os olhos brilhando.

-Na semana do meu casamento,e você não sabe quem vem junto... – Disse fazendo suspense.

-Quem?

-O Teteus..

-Jura? – e quando sua mãe confirmou ela sorriu radiante –que noticia maravilhosa, estou morrendo de saudades to Teteus e da Tia.

-E quando vocês mudam lá pra casa? – Perguntou James sorrindo, o que deixou seu pai intrigado, o maroto já estava pensando em pregar uma peça na ruivinha.

-Bem, amanha elas irão lá em casa conhecer tudo, e na terça já dá para mudarem né? – Perguntou Alex.

-Mais já? – Perguntou Lílian estranhando a rapidez.

-É, porque na quinta eu e Sarah temos uns trabalhos para resolver e só voltaremos no sábado, e na outra semana estaremos atarefados com o casamento, e depois do casamento teremos apenas duas semanas de folga e depois iremos pra Paris,

-Isso quer dizer que eu vou passar esses dias na casa dos Potter sem a minha mãe? – Perguntou Lílian com uma cara esquisita.

-Não é mais a casa dos Potter, agora é sua casa também Lílian, no começo você vai estranhar mais depois você acostuma. – Disse Alex.

-Mais mãe, e a minha formatura do ballet? Eu tenho ensaios todos as tardes e ainda tenho a coreografia do meu solo e a do Vinicius pra terminar, sabe o quanto de variações que eu tenho que aprender até o dia 29 de novembro? – perguntou Lílian desesperada.

-Calma, enquanto a gente não constrói um salão apropriado pra você, a sala de teatro no Castelo daria um bom palco não? – Perguntou Alex sorrindo ao ver a expressão maravilhada no rosto de Lílian, James não tinha gostado muito da idéia, mais não disse nada, apenas bufou.

-Eu adoraria ensaiar lá...seria maravilhoso. – Disse a ruiva sorrindo, apesar de que ainda tinha James de brinde no pacote.

-Bom, já que esta quase tudo resolvido, poderíamos jantar não? – Disse Sarah olhando o cardápio, James e Lílian nem tinham encostado no suco de maracujá, mais de repente deu uma imensa vontade de beber algo e ela tomou quase todo o suco. Logo eles pediram e a comida chegou.


__________

Narrado por James

Mais que bonito, realmente perfeito.. por causa dessa ruivinha maluca eu levei a bronca do século e ainda to sendo obrigado a ver meu pai namorando a mãe dela... não poderia ser melhor essas minhas férias, realmente muito perfeito...e de quebra esse treco feio no meu prato..e ela ainda vai ensaiar uma dançinha ridícula no teatro da minha mãe.. que ótimo..

___________

James olhava nauseado para a comida enquanto Lílian ouvia Sarah e Alex conversarem, e tentava comer aquela comidinha feia.
Ela percebia a felicidade estampada no rosto da mãe enquanto os dois conversavam e via no rosto do homem uma felicidade intensa também.

-Em que escola você estuda Lílian? – Perguntou Alex interessado.

-Na Padre Três, ela é perto de casa, fica há umas três quadras.. – E nem acreditando naquilo Lílian continuou – E o Potter? Estuda aonde?

Logo após o término da pergunta da ruiva James a olhou assustado,porque ela queria saber aonde ele estudava? E agora? E buscou o olhar do pai que também parecia impressionado, mas ele parecia um pouco feliz com a pergunta.

-Ele estuda em um internato perto de Londres,por isso vocês não se conheciam.

-Ah – Disse a ruiva por fim um pouco corada, ela não queria que o menino pensasse que ela queria saber algo sobre ele.

E após jantarem, eles pagaram conta e Lily,Sarah,Alex e James foram para as suas respectivas casas, e chegando em casa Lílian se deparou com uma cena que nunca imaginou presenciar.












______________

N/ª Desculpem a demoraa.. eu fiz esse cap. duas vezes e as duas ficaram terríveis.. nada de interessante nem engraçadoo.. Oh My God.. será que é pq eu to de mal humor?
Uahsauhsau.. espero tentar fazer o cap. Sete melhor..pq esse está mto rápido e confusoo...as coisas estão acontecendo mto depressa.. vou tentar deixar os capítulos mais normalizados.. uahsuahsu

Beejo. E Comentem!

Resposta dos Comentários:

Inaclara Evans Potter: POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI POSTEI... hiUASHHSUahasuAHUSHU.. espero que goste desse capitulo.. não saiu emocionante nem engraçadoo.. mais meu humor não estava mto favorável pra fazer algo assim... beejo.


Lethicya Black:Eu já passei na fic.. e ADOOOREI o capitul..aushuahs mto perfeitooo e sobra a sua reposta da enquetee... eu ADOOOREI.. eu queria fazer a fic dese jeito, com 16 anos e com Hogwarts.. mais axei melhor perguntar pros leitores né.. espero que esse capitulo não tenha minado as suas expectativas.. continue acompanhando e fic.. e beeejo.


Josicreusa: Que bom que vc ta gostandooo.. fiquei super feliz com o seu coment...e que bom que vc gosto do treco do taradoo.. prometo tentar deixar a fic mais engraçada..aushuahsuash... e obrigado por votar na enquetee... Beejo.


Giovanna Ranieri:Nhainn! FELIZ ANO NOVO PRA VC TB! Uahsauhsa fiquei lisonjeada de vc ter vindo comentar só pra me desejar um Feliz Ano Novo! Uashuahs.. espero que goste desse capituol.. Beeejo.


paty-msn:*.* que bom que a fic te conquistou.. hehe.. espero que continue acompanhando e que goste uahsuahs.. beejo.



Bom gentemmm... é isso..
Eu num tenho previa pra postar.. pq eu ainda num fiz o cap. =[ mais prometo não demorar mto p/ postar..

Beejos.

E COMENTEM!












~


E gentem.. eu num tenho beta.. agluem se voluntaria?
aushauhsuahuahus
sem pressão Ok?

Muahahahahaha!


=*

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.