FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Não importa, Eu vou com você..


Fic: Harry Potter e o Portal de Etimoden


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Estavam sentados no sofá assistindo um filme na televisão. Harry a abraçava pelos ombros e ela aconchegava sua cabeça em seu ombro e suas mãos em seu peito. Era uma visão linda, de um casal ternamente tranqüilo e apaixonado. O filme estava um saco, mas Hermione ainda parecia assisti-lo com atenção até que Harry se vira entediado e ela o encara com desatenção e ele a beija suavemente. Vai deitando-a no sofá gradativamente com os corpos colados.

- Mas Harry e o filme? – Pergunta entre os lábios do garoto.

- Ah esse filme é chato. Isso aqui ta muito melhor.

Ele apanha o controle sem deixar de beijá-la e desliga a televisão. A sala que antes estava iluminada apenas com a luz da televisão agora se torna uma escuridão só, aquele era o primeiro amasso do mais novo casal. Eles se beijavam ferozmente, as mãos passeavam pelos corpos se conhecendo quando os olhos se encontravam era possível ver as chamas acesas no fundo deles. Ela adentra a blusa do garoto e da leves arranhões em suas costas, ele dividia suas mãos entre as coxas da garota e seu busto, realmente aquele amasso estava se aprofundando até que Harry começa a querer tirar sua blusa pelas alçinhas.

- Não Harry... – Sussurra para ele. – Não sei se estou pronta.

- Tudo bem.

Nesse momento uma corujinha pequena passa entre a janela aberta e pousa em cima do sofá. Eles olham pra ela que levava um pergaminho em sua pata direita e identificam de quem era a coruja.

- É a Pichi Mione. – Diz já se levantando e apanhando o pergaminho.

- Deve ser carta do Rony.

- Pichi pode ir depois eu mando a resposta pela Edwings...

A corujinha esperta sai voando pela janela novamente. Ele abre o pergaminho e começa a lê-lo

To mandando esse pergaminho pra avisa que papai vai ir ai te buscar terça feira beleza? E vê se te cuida até lá...

Abraços de seu amigo Rony


Harry lia a carta meio triste, afinal não ia poder ir pra casa dos Weasley. Essa carinha não passa despercebida de Hermione.

- Ei Harry o que foi? – Pergunta com a voz suave o abraçando por traz.

- Nada não Mione – Desconversa deixando as revelações pra depois.

Ela resolve não pressionar ele, e eles voltam para o sofá assistir o filme. Ficam até tarde assistindo TV, conversando e comendo pizza. Quando o sol começa a se por.

- Mione vem aqui.

Eles se levantam do sofá e Harry a guia até de fora da casa, lá ele sobe por uma escada escondida por trepadeiras no canto da casa e sobe no telhado.

- Vem Mione... – Acena para a garota subir.

- Tem certeza que isso não vai cair Harry? – Pergunta receosa.

- Tenho, pode vir, confie em min.

Depois do incentivo ela vai mais confiante e consegue subir no telhado com dificuldade, sendo ajudada por Harry no final. Ele a guia até perto da saída da lareira e se senta. Ela se senta em seguida e contempla o horizonte a sua frente. Podia-se ver o mar de casas a sua frente, a visão era esplendida, o por do sol sempre era bonito mais ali, com Harry e aquela visão magnífica ficava muito mais lindo.

- Uau, que lindo! – Diz se agarrando ao garoto que a abraça também.

- Aham, eu ficava aqui quando estava sozinho em casa, mas é meio ruim assistir o por do sol sozinho.

- Se depender de min você nunca mais ficará sozinho... – Fala o beijando ternamente.

O crepúsculo no horizonte sumia dando espaço as estrelas. E eles desceram do telhado depois de alguns minutos contemplando as estrelas. Eles sobem para o quarto de Harry que se joga na cama. Ela fica um pouco receosa de deitar junto mais ele acena pra ela se deitar também. Mione deita ao seu lado apoiando sua cabeça no peito de Harry e ficam assim por um bom tempo, com ele acariciando seus cabelos. Ela levanta um pouco a cabeça encarando aqueles olhos verdes esmeralda e ele a beija suavemente, já jogando seu corpo por cima do dela. Começam com um beijo terno depois evolui pra um avassalador. Ainda se beijando Hermione puxa a camisa de Harry para cima, fazendo-o tirá-la e deixar seu peitoral nu.

- Tem certeza? – Pergunta a olhando nos olhos.

- Sim... – Responde suavemente o beijando nos lábios

Ela retira sua blusa ficando apenas de sutiã e a calça. Logo um vai tirando as peças restantes do outro até se virem ao natural, tudo que se viam era as almas do outro, os olhos pulsando em chamas e os corpos quentes devido ao calor causado pela aproximação.

- Eu te amo Harry.
- Eu também te amo.

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*

O sol invadia aos poucos o quarto. O moreno de cabelos desalinhados já estava acordado contemplando a beleza de sua amada que ainda estava em um sono calmo. Logo alguns raios tímidos do sol invadem o rosto da garota fazendo-a franzir o cenho e encarar o garoto a sua frente.

- Bom dia bela adormecida. – Diz olhando seu despertar.

- Bom Dia. – Da um selinho no rapaz.

Ele a olhava como se contemplasse uma coisa pela ultima vez. Ela havia percebido que ele estava meio preocupado com alguma coisa e resolve saber o que era.

- Harry o que está te preocupando? – Pergunta ternamente segurando seu rosto.

- Nada não Mione. – Responde ainda receoso.

- Pode falar Harry, você pode confiar em min. – Diz ela vendo que podia ser coisa seria afinal ele derramava uma lagrima solitário dos olhos.

- Não sei o que vai ser da minha vida sem você Mione. – Fala com a voz embargada derramando mais algumas lagrimas.

- Eu nunca vou deixar você Harry. – Diz dando-lhe um selinho e comprimindo mais os corpos.

- Vai Mione, vai ser preciso... – Despeja já triste.

- Por quê? – Começa a se assustar com a confissão do rapaz.

- Mione... – Decide contar de uma vez. – Eu não vou poder ir pra casa do Rony... e agente vai ter que se separar Mione – Agora chorava de verdade. Ele a abraça forte como se fosse perdê-la.

- Por que Harry? Porque você não vai pra lá e porque agente vai ter que se separar. – Ela já estava preocupada com as respostas do garoto, mas sabia que ele estava sofrendo.

- Mione eu vou entrar naquele véu... Eu vou trazer o Sirius de volta. Eu já havia decido isso antes de ontem... Por isso vamos ter que nos separar Mione. – Ela se assusta de verdade e o olha nos olhos, vendo que ele realmente estava decidido disso e viu que nada o faria voltar atrás.

- Harry ele morreu... – Estava tentando fazer com que ele voltasse atrás, não podia perdê-lo.

- Não Mione... – A olha diretamente nos olhos. – Eu sinto isso Mione, eu sei que ele não morreu. Eu tenho que ir...
- Tudo bem então, eu vou com você – Fala decidida. Nada a faria se separar de Harry. Nada.

- Não Mione, você não pode ir, esse é um caminho que só eu tenho que percorrer, eu posso estar caminhando para a morte...

- Não importa, se você estiver caminhando rumo a morte, eu vou estar com você. Eu não vou te deixar, mesmo que você não queira que eu vá... Eu sei que está tentando me proteger, mas eu te amo Harry e será pior se eu te aguardar aqui, pois assim eu realmente estarei realmente morta.

Ele começa a chorar e abraça mais forte. Ele sabia que ela caminharia junto ao vale da morte com ele, ele não estaria sozinho nessa e isso o deixou feliz. Com ela ele poderia enfrentar todos os perigos que estariam por vir...

- Eu te amo Mione. – Diz se separando do abraço e a beijando sofridamente em meio à lagrimas que os dois agora derramavam. – Eu irei te proteger Mione, mesmo que isso custe minha vida.

- Eu também te amo Harry. Não se preocupe. – Diz o olhando nos olhos. – Mas Harry o Rony vai querer vim com agente...

- Não. – Corta ela no meio da frase. – O Rony não vai. Vamos deixar apenas cartas pra eles avisando que sumimos do mapa, não quero ninguém entrando naquele véu por minha causa, já basta você caminhando comigo, não posso ver mais um amigo indo de encontro a morte, não irei conseguir proteger vocês dois. – Ela consente com um aceno. – Agora vamos tomar um banho – Da uma risadinha em meio as lagrimas e se levantam para ir ao banheiro tomar um banho de banheira.

Esse seria o ultimo dia antes da longa jornada que iriam fazer. Eles se amavam. Dizem que o amor ultrapassa barreiras, então esse amor terá que ser forte o suficiente para ultrapassar barreiras, mundos e perigos ainda não imaginados. Será eles capazes de enfrentar os vales perigosos que os esperam, será eles capazes de encontrar Sirius no meio da escuridão do desconhecido?

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.