FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

5. Sobre Outros (NOVO)


Fic: Assunto De Meninas - ÚLTIMO CAPÍTULO POSTADO


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

TOC TOC TOC

- Hermione - A voz de Gina a chamava

TOC TOC TOC

- Hermione, você está aí?

BRUM BRUM BRUM

- Abre logo essa porta! Deixa de frescura! - Gina quase derrubava a porta - Vai Hermione!

Gina ouviu um clique na porta e ela se abriu mostrando um dormitório escuro e frio, com uma atmosfera pesada e uma garota estirada na cama cobrindo, inutilmente, a cabeça com um travesseiro.

- Deixa disso Hermione! - Gina fechou a porta e sentou-se aos pés da cama - Levanta para a gente conversar.

- Não quero falar com ninguém Gina - Disse a voz abafada de Hermione

- Para com isso! - Havia um tom impaciente na voz de Gina - Você sabe que se não conversar com ninguém, você vai explodir de dor pois é isso que você está sentindo agora!

- Como pode ter tanta certeza? - Hermione havia se levantado - Quem falou que é dor que eu estou sentindo?

- E seria o que? Ódio? Raiva? Eu lhe conheço Hermione e esse sentimentos não fazem parte da sua personalidade! E pra falar a verdade - Gina tomou fôlego - Não acho que foi a Katrina que te agarrou...

- Ainda por cima está me chamando de mentirosa? - Hermione aprumara-se em cima da cama - ELA me agarrou!

- Você não precisa mentir para mim Mione! Fale a verdade...

- Ela... Certo... As duas na verdade quiseram... Mas é errado! Gina, eu não gosto de garotas! Entenda! Foi uma coisa... Repentina e que nunca mais vai acontecer!

- Quem falou que é errado?!

- Meus pais... Todo mundo! - As lágrimas voltaram aos olhos de Hermione - Eu não sou lésbica Gina!

- Olha Hermione... Enquanto você aceitar essa regras idiotas que a sociedade impõe me desculpe, mas você nunca vai viver de verdade! - Gina levantara-se da cama - Não há nada demais beijar outra garota, muito menos gostar de outra garota! Aceite o que você se sente, seja lá o que for, mas não machuque ninguém pelos seus pensamentos! Isso não é certo! - Andou em direção a porta mas parou - E se você não quer machucá-la acho que você deve explicações - E bateu a porta deixando Hermione pasma.


Gina descera as escadas bufando e deu de cara com o irmão e Harry, além de alguns garotos que cochichavam em rodinha. Rony olhou-a por cima do ombro e fez um gesto para que eles mudassem de assunto, achando que Gina não havia visto, fez a cara mais idiota que conseguiu.

- Oi Gina!

- Oi Rony... Harry...

- Você parece meio.. Irritada - Comentou Harry passando por trás alguma coisa para a mão de Rony - Aconteceu alguma coisa?

- Não... nada - Gina via um papel passando de mão em mão entre os meninos - O que vem a ser isso?

- Ah... Isso? Nada não... - Rony tentara esconder mas Gina foi mais rápida e pegou o papel que estava na mão de Rony.

- Devolve Gina!

- Nem vem! - Gina subiu em cima do sofá e virou para ver o que estava escrito e deu-se conta que não era um papel e sim uma foto - Quem é essa?

Todos os garotos ficaram sem graça, até Colin o garoto de seu ano ficou vermelho. A foto era bruxa e nela havia uma garota que exibia seu corpo tatuado para o fotógrafo, que Gina descobrira mais tarde ser o próprio Colin. Nas costas havia um grande tribal pegando a coluna que possuia ramificações que espalhavam-se por toda a costa da garota e que Gina achou absurdamente lindo! Os braços também eram tatuados, mas foi só quando a garota se virou de frente que Gina soltou uma exclamação, era Lillys a garota da foto, que além de pousar apenas de calcinha tinha uma boa parte do corpo tatuado.

- Aonde vocês arranjaram isso? - Gina não conseguia parar de olhar o corpo da garota - Hein?

- Foi uma sessão de fotos que ela fez para mim - Colin falava meio envergonhado - Ela é uma garota legal.

- Legal? ELA É LINDA - Gritou Rony arrancando risadas dos outros garotos - Colin, me ensina a fotografar?

- Você acha que ela iria pousar para qualqur um? Ela conhece meus pais, por isso ela deixou! - Colin pegou a foto que Gina estendia - Não deveria ter mostrado para vocês! Bando de insensíveis! Isso é arte!

- E você é Bicha! - Gritou Dino Tomas - Quem me dera poder tirar fotos dela assim!

Gina descera da cadeira e ainda ouvia os garotos comentando sobre a foto enquanto Colin ficava posesso de raiva. A ruiva pensava com seus botões enquanto andava a esmo pelo castelo, não dando-se conta da onde estava indo.

Pensamento de Gina

Realmente ela tem um corpo lindo, e as tatuagens dela? Perfeitas! Pena ser tão arrogante! Ela até que daria uma boa amizade... E esses garotos? Tarados completamente!

Gina continuava a andar pelo castelo e a lembrança da foto trazia-lhe certos arrepios, onde não deveriam haver. Tirou um pacote de balas do bolso e tentou abrir, encontrando certa dificuldade, concentrada em abrir maldito pacote não se tocou da escada que estava chegando e rolou, rolou escada abaixo caindo aos pés da pesssoa que não gostaria de encontrar em tal situação.

- Você de novo Weasleyzinha?

- Não perturba! - Gina estava de olhos fechados enquanto uma dor lacerava sua cabeça - Por que sempre você?!

- Destino! - Lillys a olhava com a mão estendida - Precisa de ajuda?

- Ah não! Estou ótima aqui, não que me acompanhar? - Gina falava sarcasticamente - Claro que preciso de ajuda!

- Então me dá a sua mão - Lillys tentou levantar Gina mas essa reclamava de dor nas costas - Que frescura!

- Não saõ as suas costas não mesmo?

- Vai, vem cá - Lillys foi para o lado de Gina e a pegou pela cintura pondo a de pé - Eu te ajudo a chegar até a enfermaria.

Gina olhou para Lillys que era pouca coisa mais alta que ela e lembrou-se momentaneamente da foto e disfarçadamente tentou levantar a manga da camisa dela.

- Tá fazendo o que? - Lillys olhou com a sobracelha levantada - Segura em mim para você não cair!

- Não sabia que Sonserinos ajudavam Grifinórios - Comentou Gina.

- Para toda regra existe uma exceção! Mas não vá se acostumando! - Lillys pegava desajeitadamente em Gina arrancando suspiros de dores - Com você é frescurenta!

- Eu acho que eu acabei de quebrar uma costela e você é tão delicada como um trasgo numa loja de poções!

- Continue reclamando que te deixo aqui!

- Pode me deixar! - Gina agora havia parado - Nao preciso e nem quero a sua ajuda!

- Como você consegue ser tão ingrata? - Lillys havia soltado-a - Fique sozinha então!

- Não... Espera!

- Por que eu deveria fazer isso? - A ruiva de cabelos curtos a olhava - Hein?

- Porque... Eu não consigo andar direito!

- Certo, vem cá! - Lillys estendeu a mão para Gina - Falta pouco!

As duas seguiram em silencio pelos corredores, Gina sentia a respiração e o perfume de Lillys enquanto esta fazia um esforço para não conversar com a Grifinória, concentrando-se nos pisos a sua frente, mas era impossível dizer que não havia criado um clima entre as duas, pois ambas tinham a respiração ofegante, e não era de cansaço. Pararam em frente a porta da enfermaria, Lillys ajudou Gina a sentar-se na cadeira enquanto Madame Pomfrey não chegava.

- Está melhor?

- Sim - Gina fazia cara de manha, mas a dor já havia passado antes mesmo delas voltarem a subir juntas as escadas - Valeu.

- Esteja as ordens. Você me deve uma - Lillys sorriu, um sorriso que não era sarcástico e nem de pouco caso - Vamos torcer para que todas as vezes eu esteja perto não é?

- Só não fique muito perto... - Gina falou baixinho mas Lillys ouviu.

- Por que?

- Ah...

Gina ia responder quando A enfermeira chegou apressada obrigando Lillys a se retirar, deixando Gina sob seus cuidados e antes mesmo que ela conseguisse agradecer ou se despedir, Lillys já havia se retirado da Enfermaria.
__

O dia amanheceu frio, uma corrente de ar entrava pelas masmorras tornando-a ainda mais sombria quando o vento rugia nas brechas das paredes, um emaranhado de cabelo emergia sonolentamente das cobertas, imaginando onde raios estaria, o escuro do dormitório fez com que a imagem cambaleante tropeçasse várias vezes até atingir o banheiro. Entrou e se olhou, parecia que havia saido de um rodamoinho, suas vestes pareciam ter saido de uma garrafa e a maquiagem estava borrada.

- Bela ressaca essa! - Falou para si mesma

Começou a despir-se, tentando em vão desabotoar a camisa e tomando um tombo na tentativa de tirar as meias, levantou-se e com muito esforço e sono colocou-se embaixo da água quente do chuveiro do dormitório feminino do 6o. Ano. A água que caia lavava aos poucos o sono de Katrina, e também o cheiro que estava impregnado em seu cabelo. Pegou uma poção e começou a lavá-los calmamente e a cantarolar uma música assoviando quando alguém puxou a cortina do chuveiro.

- AHHHHH!!!!

- Calmaa! - Era a voz sonolenta de Lillys - Tá empolgada hoje hein?

- Tá louca? Quase me mata de susto! - Katrina voltava calmamente para a tarefa de desembaraçar os nós do cabelo - Vai hoje a Hogsmeade?

- Você acha, que eu vou perder a oportunidade de enxer a cara? - Lillys falava com a voz meio pastosa por causa da pasta de dente.

- Nem eu! O Tood e o Kio pediram para encontrarem a gente, parece que receberam uma nova remessa!

- Quanto? - Lillys cuspiu a espuma da boca

- uns 5, 7 galeões no máximo! - Katrina começou a enxaguar o cabelo - Você quer?

- Veremos! - Lillys começou a tirar a roupa e entrou no banho junto com Katrina

- Pirou Ly? E se as meninas acordarem?

- Relaxaaa!!! - E a beijou

Katrina e Lillys tomaram um "belo" de um banho juntas, demorando quase uma hora para sairem. Enroladas nas toalhas sairam e encontraram Pansy na porta.

- Se não for pedir muito, será que as duas podem não ficar com isso aqui?

- Faz tempo que você está aí? - Lillys perguntou enquanto pegava roupas em seu malão

- Quase meia hora!

- Por que não entrou no banheiro? Nós três poderiamos ter nos divertido! - Lillys levantou e sorriu para Pansy com cara de nojo - Que você acha?

- Nunca eu encostaria em você - E olhou para Katrina - Nem nela!

- Não se preocupe Pansy - Lillys chegou mais perto, quase colada com Pansy que estava prensada contra a parede - Pode deixar que eu toco em você!

- Sai garota! - Pansy entrou no banheiro e se trancou.

- Você provoca não é? - Katrina tirara a toalha e começava a se trocar

- Eu beijaria a Pansy - Lillys já colocava a calça - Só para calar a boca dela!

- O mal gosto aí vai longe não é?

- Ela não é tão feia...

- O que ela tem de linda - Katrina abotoava a camisa - Ela tem de insuportável!

Lillys começou a rir e terminou de se vestir, foi até a porta do banheiro e gritou.

- HEI PANSY - Katrina a olhava rindo - ESTAREI TE ESPERANDO HEIN?

As duas pegaram os casacos e cachecóis e desceram, ainda rindo, as escadas que dava para o Salão Comunal, que já estava apinhado de alunos, todos terminando de se agasalhar para combater o inverno que se aproximava. Junto deles estava Draco Malfoy, exibindo-se, como sempre, para o grupo de terceiranista, mas parou ao olhar diretamente para Katrina.

- KIMBLE! - Gritou Malfoy chamando a atenção de todos - Como vai a minha sangue-ruim preferida?

- Vai a merda Malfoy! - Algumas pessoas riram

- Não é assim que se fala - Draco andou até elas no pé da escada - Me dê o prazer de segurar sua mão para terminar de descer as escadas!

As pessoas que estava nas masmorras riam, enquanto Katrina tirava a varinha e ameaçava Draco.

- Para de me importunar, seu projeto de Comensal Da Morte!

- Aí você tocou numa ferida funda - Lillys falou.

- Engraçada você não é? - Draco parecia ligeiramente irritado - E o filho de vocês, vem quando? - E dando um sorrisinho de deboche - Opa esqueci que você duas não podem ter um filho!

O que antes era uma atmosfera de brincadeira agora havia se tornado uma batalha medieval, quando Katrina lançou um feitiço que ricocheteou no distintivo de Draco e bateu diretamente na cara de um primeiranista desprevinido, fazendo com que o pequeno garotinho começasse a dançar uma conga meio torta. Draco se esquivou e lançou outro em resposta que desviou de Katrina e bateu na parede, rancando um pedaço dela.

- Você é louca garota? - Draco perguntava por detrás da Cadeira - Vem me azarando?

- Não brinque comigo Malfoy!

- Lésbica!

- Covarde!

- Vadia!

- Franguinho!

- Babaca!

- Broxa!

Todo mundo riu, até Crabbe emitiu um sorrisinho quando Draco abriu a boca mas não respondeu nada, ficando vermelho de raiva e vergonha, diante de toda a Sonserina.

- Isso não vai ficar assim ouviu Kimble?

- Me chame pelo primeiro nome, amor! - Katrina sorria sarcasticamente - Não foi assim que você me chamou?

Draco puxou Crabbe e Goyle e se retirou o mais rápido que pode, antes que qualquer pessoa conseguisse fazer alguma pergunta, tropeçando ao sair pela porta.

- Essa você pegou pesado! - Lillys dizia enquanto atravessavam o salão principal e encontrando motim de alunos na porta

- Uma hora ele vai ter que assumir o que fez! Sangue-ruim... Tsc Tsc Tsc... Ele me chamava de amor, Katrina e até Kim! Patético!

Katrina e Lillys se juntaram a massa na porta, esperando, educadamente, para ser revistados por Filch, Katrina olhava por cima da cabeça das outras pessoas e destinguiu exatamente quem queria, Gina Weasley, Potter e Rony. Puxou Lillys e encaminhou, empurrando uns aqui e outros ali para chegar até eles.

- Oi Rony!

- Ah, oi-katrina-tudo-bom? - Rony falou apressadamente, fazendo Lillys e Gina rirem

- Tudo bem e vocês?

- Indo... - Foi Harry que respondeu

- E a Hermione?

- Ah... preferiu ficar estudando - Inventou Gina, dando na cara que era mentira

- Estudar? Em pleno sábado? Oh Céus! - Disse Lillys em tom dramático

- O que tem demais nisso? - Gina intimou a garota

- Nada demais - Lillys tirou os óculos escuros - Garotinha de gênio ruim!

- Cala a boca Lavynscky!

- Vem calar Weasleyzinha!

Harry, Katrina e Rony olhavam com espantosa incredulidade para as duas quando um moreno alto chegou junto deles e também ficou assistindo a discussão, foi só quando Harry se interpôs no meio que as duas, que estavam quase saindo na mão, pararam.

- Chega garotas! - Falou Harry - Que houve aqui?

- Divergência de opniões! - Falou Lillys colocando os óculos de sol novamente

Gina preparava para responder quando Miguel a cutucou.

- Vamos parar né?

Gina olhou de esgueia para Lillys, com um ar invocado e deu um selinho em Miguel Corner, deixando Harry completamente sem-graça e enciumado.

- Oi...

- Vamos? - Perguntou ele apontando para a porta

- Vamos.

Os dois se retiraram e deixaram um ar constrangido para trás, que foi quebrado por Harry que pediu para Rony o acompanhar deixando as duas garotas sozinhas.

- Garotinha interessante essa Weasley... - Comentou Lillys

- Interessante demais não é Srta. Lavynscky - Sorriu Katrina para ela.

- Menina de gênio forte!

- Menina Hetero com namorado!

- E quem foi que disse que eu me importo - Lillys deu um meio sorriso e seguiu para as portas do castelo

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.