FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. A verdade


Fic: Depois daquela noite - fic completa


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Algumas semanas depois, Hilary voltou para Hogwarts. Os meses passaram devagar, Harry e Hermione sempre eram vistos juntos e Gina nunca mais apareceu para perturbar.
As férias de verão logo chegaram e fizeram um jantar para comemorar a chegada da menina em casa.
- Eu tenho um comunicado a fazer! – o moreno falou.
- O que é? – a garota perguntou.
- Na verdade é um pedido – respondeu – queria saber se você deixa eu me casar com a sua mãe. Eu a amo muito e quero fazê-la feliz.
- Mas é claro que eu deixo! – respondeu feliz.
- Você pergunta para ela – Hermione fala – e nem quer saber se eu aceito.
- Está certo! – ele falou – Você quer casar comigo?
- É claro que sim – responde.
Os dois se beijam e Hilary fica muito feliz. Estava tudo perfeito, o único problema era que a garota ainda não sabia da verdade, eles precisavam contar a ela o quanto antes.
Uma semana depois, Harry levou Hilary para dar uma volta. Chegaram ao zoológico (lugar que ela escolheu) e estavam se divertindo muito.
- Vamos até a área dos répteis?– ela pediu.
- Acho melhor não – disse – não tenho boas recordações de lá.
- Está certo! – respondeu – Estou tão feliz que você e a minha mãe vão se casar!
- Eu também estou muito feliz – respondeu.
- As minhas amigas vem passar as férias aqui em Londres e vão lá em casa amanhã – a menina fala – quero que você as conheça.
- Claro – ele responde, ficando muito feliz.
Eles estavam tomando sorvete quando ele avista uma mulher ruiva, o que não o deixa muito feliz.
- Harry! Há quanto tempo que não te vejo – ela disse.
- Oi Gina! – respondeu sem muita animação.
- Deixa eu te contar a novidade! – disse sentando-se à mesa em que eles estavam – Eu vou me casar! Ele é trouxa, mas é maravilhoso.
- Quem é ela – Hilary perguntou.
- Gina, irmã do Rony – ele respondeu.
- Sabe Harry, é tão fofo que você leve a sua filha para passear – ela disse fazendo-o ficar apreensivo – tentando recuperar o tempo que você ficou sem saber que ela existia.
- O que a senhora está dizendo? – a menina perguntou.
- Você e Mione não contaram para ela? – a mulher perguntou para o moreno – por favor, me chame de senhorita – disse voltando-se para a menina – o Harry é o seu papai, sua mãe escondeu ele de você durante anos.
- Isso é mentira! – disse com lágrimas nos olhos – Não é Harry?
- Não é, Hilary – ele respondeu sem encarar a filha – quando descobri, sua mãe achou melhor não te contarmos nada.
- Adoraria saber como termina essa conversa, mas eu tenho que ir – Gina disse se levantado.
- Hilary! – ele finalmente fala.
- Eu quero ir para casa! – ela finalmente fala com tom choroso na voz.
- Está certo – respondeu.
O caminho de volta foi muito silencioso. Ao chegarem em frente ao apartamento, Harry toca a campainha e Hermione vai atender muito animada.
- Vocês chegaram cedo! – ela falou deixando eles entrarem, só então reparando que o rosto da filha estava vermelho de tanto chorar – O que aconteceu?
- Vocês me enganaram! – a garota finalmente falou – Eu passei a vida toda sem saber quem era o meu pai, e quando, finalmente, o conheço, vocês escondem de mim.
- Como ela descobriu? – a mulher perguntou.
- Encontramos a Gina! – foi tudo que ele precisou falar.
- Com licença, eu vou para o meu quarto – a menina disse.
- Acho melhor falar com ela – Harry diz.
- Espera, eu a conheço melhor, falo com ela – Hermione diz.
O moreno foi para a sua casa, enquanto ela foi falar com a filha.
- Eu quero ficar sozinha! – disse quando viu a mãe.
- Eu quero te explicar tudo que aconteceu – falou sentando-se na cama – você já tem idade o suficiente para saber.
Contou a ela tudo que aconteceu, desde o baile até o dia em que os dois se reencontraram.
- Espero que você entenda – continuou a falar – eu e seu pai te amamos muito e só queremos o seu bem.
- Está certo – disse abraçando a mulher a sua frente – mas não sei se poderei chamá-lo de pai, não ainda.
- Está certo! – disse – Tenho certeza de que o Harry vai compreender.
Ela saiu do quarto e foi até o apartamento do noivo.
- E então? – ele perguntou.
- Ela entendeu – respondeu – só precisa de um tempo para se acostumar com tudo.
- Que bom! – respondeu sentando no sofá, fazendo a morena sentar no seu colo – Agora nós três poderemos viver em paz.
- Nós quatro! – ela corrigiu.
- Como assim? – perguntou já sorrindo.
- Fiz o exame hoje, eu estou grávida – ela respondeu.
Os dois ficaram comemorando aquela boa notícia até bem tarde, quando Hermione foi para o seu apartamento ver como estava Hilary.
No dia seguinte, a amigas da menina chegaram bem cedo.
- O que aconteceu? – Paula perguntou assim elas entraram no quarto da amiga.
Ela, então contou tudo o que aconteceu no dia anterior;
- Mas você deveria estar feliz – Bruna falou – tinha nos dito que queria que ele fosse seu pai de verdade.
- E eu estou feliz – respondeu – mas eles me enganaram.
- Está certo, faça como você quiser – respondeu, conhecia a amiga e sabia que ela não tinha um gênio muito fácil.
- Aquilo é uma coruja? – a outra menina perguntou mostrando a gaiola onde a ave descansava.
- É sim! – Hilary respondeu.
Quando viu a cara que as amigas fizeram, resolveu contar toda a verdade sobre Hogwarts e ser bruxa.
- Legal! – uma delas falou.
- Você pode fazer uma mágica para nós? – a outra perguntou.
- Ainda sou menor de idade, não posso fazer magia fora Da escola – explicou – mas serei maior de idade com 17 anos pelas leis bruxas.
- Isso não é justo – Bruna falou – sempre fui a mais velha das três e me gabava porque seria a primeira a ser maior de idade.
As três riram. Foi uma tarde bem agradável entre amigas, que fizeram a morena esquecer dos seus problemas.
À noite, Hermione convidou Harry para jantar (a menina não ficou muito feliz em ver o pai). Resolveram contar para a filha que ela ganharia um irmão ou uma irmã, ela não ficou muito feliz (o que deixou a mulher triste, pois sabia muito bem que a menina queria um irmão).

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.