FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. Casamento


Fic: Londres


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Notas da Autora:

Espero ter recompensado. Desculpe a demora, no fds não pude postar!

Agradecimentos a todos que comentaram: Vanessa, Andressa,Mary Jane e Cika. Muita obrigada, vocês nem sabem o quanto seus comentários me deixam feliz!(desculpa se esqueci alguém!) . E as pessoas que leram também.






Capítulo 4 - Casamento






Quando o outono foi embora, Londres começava a ficar frio mesmo. A temporada de chuvas já passou, agora era vez da neve do rigoroso inverno londrino, apesar disso a cidade estava com ar festivo, estava chegando o Natal.

Ron havia conseguido um emprego, vigia noturno no Ministério, porém de manhã ele estudava para conseguir ser Auror. Sua decisão de voltar a tentar ser um foi pelo mesmo motivo que o fizera desistir, Hermione.

Depois daquela noite em que a encontrou perto do lago, não a viu de novo. Havia decidido dar um tempo para ela mesma, pois parecia confusa. Um mês se foi e ele recebeu um convite por uma coruja, o do casamento dela. E foi aí quando ele se tocou que, assim como ela, ele deveria continuar a viver e não esperar por algo que já estava acabado.

Sua primeira atitude foi esquecer o que aconteceu e seguir seu sonho, ser Auror, desistira justamente por Hermione. Ser um o fazia lembrar de seus momentos juntos, dela o ajudando a estudar e o incentivando. A partir daí foi se passando os dias, conseguira um apartamento pequeno alugado em Londres mesmo e apesar de muito cansado, estava conseguindo se arranjar. Nos fins de semana ia na casa de Harry. E as namoradas, Ron não tivera nenhuma desde então, Ron estava ocupado demais.






- Hermione! Nós já percorremos Londres inteira atrás de UM vestido e você não gostou de nenhum! Não acha melhor você fazer um?!

- Não, Alexis! Eu quero aquele vestido! E eu vou acha-lo custe e o que custar!

- Tá! Boa sorte... quando você achar, me liga, tá?

E Alexis já ia virando as costas para a amiga quando a mesma a puxava de volta.

- Ahh! Você vem comigo!

Depois de algumas horas...

- Eu sei que está em algum lugar por aqui...

- Você disse isso há... três horas atrás! Olha Hermione.... eu acho que por hoje já chega, né? O Harry já deve tá preocupado e o Will também está com ele, seu noivo deve estar cansado já e vai querer-

- Eu achei! Vem, Alexis! Vou te mostrar o vestido!

O suspiro de Alexis depois disso foi bem longo e profundo e a seguiu, ela realmente já estava cansada, queria ver seu filhinho e seu maridinho.

As duas entraram na loja.






- Então... - começou Harry.

- Então...Harry Potter, não é?

- Isso... mesmo.

Harry respondeu um pouco receoso, Will tinha um certo brilho nos olhos que o deixou desconfortável. Ele via muitas vezes aquele tipo de olhar, era como se ele... o admirasse ou coisa assim. 'Ah não! A Mione não fez isso!', Harry pensou.

- Hermione me contou das coisas que você fez e eu gostaria de ouvir de você mesmo... como aquela vez que você enfiou uma varinha no nariz...

'Ela fez', Harry deu um suspiro, mentalmente estava torcendo para que as duas, Mione e Alexis, voltassem logo.

Will perguntou e perguntou sobre tudo, Hermione com certeza contava muita coisa, ele queria saber o que ele fez todos esses anos, sabia os nomes de todas as pessoas importantes e parecia uma criança querendo ouvir o próximo capítulo de uma história.

E o que Will mais perguntava, Harry descobriu depois de um tempo, uma eternidade para ele, era sobre o que Hermione fazia. Parecia que queria ouvir e pensar que a noiva era algum tipo de heroína, porém o papo passava de entediante a monótono para Harry até que...

- ... Aí quando acabou a guerra, fiquei noivo e Hermione e Ron também.

- Peraí... a Hermione já havia ficado noiva antes?

- Sim... - Harry respondeu baixinho, falara besteira.

'Mas é claro! Depois de toda a conversa eu já deveria ter percebido que Hermione não havia falado nada para ele, ela vai me matar!' pensou Harry.

- Me conte, Harry! Com quem ela ficou noiva?!

'Ahn... já que contei, por que não o resto?!'.

- Ron...

- O cara que ela só chamava de idiota e que era um dos melhores amigos dela?!

- É...

- Por que ela não me contou?!

Harry precisava de uma desculpa e rápido.

- Ahn... eles terminaram brigados. Acho que ela preferiu esquecer, mas hoje eles se cumprimentam.

- Mas como até hoje eu não o conheci? Conheci a maioria dos amigos-bruxos dela - e com constrangimento, continuou - eu pedi, sabe. Você era o que eu mais queria conhecer, mas toda vez que Hermione o convidava para jantar conosco você estava ocupado.

- Ah é... verdade.... muito trabalho, sabe? - Harry respondeu, estava mentindo, na verdade não queria conhece-lo e não sabia por quê. Agora já sabe.

- Mesmo?! Tem algum criminoso-bruxo a solta por aí? - Will falou com entusiasmo.

- Ahn... não, a maioria já está preso.

E com todo o entusiasmo perdido, Will falou novamente:

- Bom... de qualquer jeito, deve ser legal ser um Auror, é assim que se fala?

- É sim...

- E quanto a Ron, eu vou vê-lo mesmo, Hermione o convidou para o casamento.

- Ela o convidou?!

- Sim! Você não sabia? Que estranho, pensei que soubesse porque Hermione me disse que vocês são melhores amigos, se você não tiver mais um eu-

- Ron ainda é meu melhor amigo.

Will deu um pequeno sorriso, mas dava para se ver claramente que estava desapontado. E Harry finalmente achara que agora o assunto se encerrara, um alívio.

- Diga, Harry. Como a Hermione era com ele? Eles se davam muito bem juntos? Ela parecia mais feliz com ele do que agora?

'Ah! Não!', Harry começou a pensar,'Agora eu tenho que ficar prestando atenção no que falar para não estragar o casamento de Mione! Alexis me paga por ter me obrigado a concordar com isso!'.

- Bom, eles brigavam bastante...

E mais uma vez, Harry desejou que sua amiga e sua mulher voltassem o mais depressa possível.






- Pois não, senhoritas?

A atendente da loja de vestidos se dirigiu para Mione e Alexis.

- Ah... eu havia visto um vestido aqui há alguns meses atrás e gostaria de saber se vocês ainda o têm. - falou Hermione, enquanto olhava a loja procurando.

- Como seria o vestido?

- Ele era um tomara-que-caia e-

- Ah! Sim, um vestido único, certamente. Infelizmente devo dizer que já foi vendido.

- Tem certeza que não sobrou nenhum? Percorri Londres inteira atrás dele e-

- Ah! Ela percorreu! E me levou junto! - falou Alexis e não parou - Você tem absoluta certeza de que não tem mais o raio desse vestido?!

A atendente ficou surpresa com o tom da acompanhante, ela apenas acenou a cabeça e foi para o balcão.

Hermione apenas olhou Alexis, um pouco assustada, eram raras vezes que ela ficara estressada e quando ficava não era um bom sinal, não mesmo. Seus pensamentos foram interrompidos quando a atendente voltou informando:

- O último vestido está na loja, mas não foi colocado na vitrine pois já foi vendido.

- Vendido?! E ninguém o levou?

- Não, já está pago a meses e ninguém veio busca-lo.

- Então, vamos leva-lo. - falou Alexis rapidamente.

- Des-desculpe, senhora, mas não posso permitir. O dinheiro já foi depositado na conta da loja e o vestido vai esperar o dono quanto tempo for necessário. - falou a atendente corajosamente.

Alexis franziu a testa e falou, num tom mais calmo.

- Então podemos dar uma olhada no vestido?

A atendente demorou a responder, não vendo nada de errado em permitir, as deixou vê-lo.

O vestido era aquele mesmo, Hermione se sentia muito estúpida em não ter anotado antes onde era a loja e olha no que deu, já estava vendido. E agora que o vira, tinha mais vontade de tê-lo.

- Bom, Hermione, eu já decorei! Já podemos ir agora! - falou Alexis, tirando a amiga de seus pensamentos.

- Decorou?! - perguntou Hermione, não entendendo.

Alexis apenas a olhou significantemente e fez um movimento com a mão como se usasse uma varinha. 'Ahn, Alexis vai fazer o vestido com magia', pensou Hermione.

- Ok! Então, nós podemos ir - e Alexis deu um sorriso mais do que gratificante para ela.

- Um momento, por favor!

- O que é agoraaa? - perguntou Alexis com tom choroso.

- Você é a Sra. Hermione Granger?

Mione, surpresa que a dona da loja soubesse seu nome completo, apenas acenou sim com a cabeça.

- Ora, mas esse vestido é seu!

Hermione e Alexis se entreolharam.

- Como assim? - começou Mione.

- O vestido está em seu nome - falou a dona, sorrindo, e continuou - um jovem rapaz veio aqui e o comprou, disse que era para guarda-lo até que a moça de nome Hermione Granger viesse aqui busca-lo.

- Rapaz? Que rapaz?

- Ah... eu não lembro muito bem, um rapaz alto e... ruivo.

Alexis apenas olhou para Hermione, esta tinha a boca levemente aberta, pela surpresa. 'Ron...', ela pensou.

A dona da loja pediu para atendente que pegasse a caixa com o vestido e o cartão que o rapaz deixara.

Hermione recebeu a caixa e entregou para Alexis, ficando apenas com o cartão que o abriu rapidamente.






Mione,






. Lembra desse vestido? Eu a vi olhando para ele o outro dia, ainda lembra? Bom, eu lembro, quando recebi seu convite, logo pensei nele e resolvi dá-lo a você como um presente de casamento.

. Espero que goste e que aceite minhas desculpas, pois não irei comparecer em sua festa. Estou muito ocupado, trabalhando e estudando ao mesmo tempo, então, minhas congratulações.






. De seu amigo,


. Ron

p.s.: espero que se lembre do comentário que fiz sobre esse vestido em você, pois eu o falaria de novo.






- Hermione? Você está bem? - Alexis perguntou, preocupada.

Como se saísse de um transe, Hermione olhou para a amiga e deu um sorriso triste. Nem percebera que ela tinha lágrimas em seus olhos.

- Estou! Claro que estou! Alexis, estou cansada, vamos voltar?

Alexis apenas fez sim com a cabeça, Hermione agradeceu as moças da loja e as duas rumaram para casa dela.






- Argh… meus pés estão calejados… - Alexis falou.

- Desculpa por ter feito você andar tudo aquilo - falou Hermione, num tom baixo.

Alexis olhou para ela e viu que tinha um olhar triste ainda, desde que lera o cartão, mas Mione abriu a porta de sua casa antes que ela pudesse falar alguma coisa.

- Finalmente vocês voltaram! - falou um Harry feliz, no momento que elas colocaram os pés dentro do apartamento, mas quando olhou para Will, emendou - err… eu já estava preocupado.

Hermione apenas sorriu para o amigo e deu um beijo no rosto de Will.

- Bom, se você já chegou, eu já posso ir e levar Alexis junto - novamente, Harry olhou para o noivo de sua amiga - nós precisamos pegar James com Ron.

Alexis imediatamente olhou para Hermione quando ouviu o nome de Ron, esta apenas arregalou os olhos.

- Bom, é verdade - disse Alexis, e já puxando o marido - vamos, Harry. Tchau Mione e Will.

- Tchau! - disse o casal.

*CRACK*

- Cara! Como eu gostaria de fazer isso! - disse Will.

Hermione apenas sorriu e como se lembrasse de uma coisa, foi procurar na bolsa e quando o achou estendeu ao seu noivo.

- Ué, mas você não comprou esse vestido?

- Não precisei do cheque porque um amigo já havia comprado esse vestido para mim, como presente de casamento.

- Sério?! Que bom, quem era?

- Ah... aquele com quem eu sempre brigava, sabe? O Ron.

- Ah, sim. O Ron... - disse Will, pensativo, e continuou - Por que você não me contou que já havia ficado noiva e com ele?

Hermione ficou surpresa, muito surpresa. Como o Will iria saber? Será que o Harry contou? Will vendo a cara de sua noiva, falou novamente.

- Harry contou, mas foi sem querer. Ele também contou que você não queria vê-lo nem pintado de ouro, mas agora que já são águas passadas, você resolveu convida-lo para o casamento.

'Ufa! Até que o Harry é meu amigo', pensou Hermione que não tinha certeza se o amigo queria ou não que seu casamento desse certo.

- Mione?

- Sim, Will? Algum problema? - e ela colocou a mão em seu rosto.

Will segurou a mão dela e disse:

- Esse tempo todo que nós estamos juntos, foi ótimo.

Hermione sorriu para o noivo e falou:

- Claro que foi! E ainda vai ser quando a gente se ca-

- Mas, eu quero cancelar o casamento.

- O quê?!






- James? - falou Harry, quando chegou no apartamento do amigo.

- Papa, Mama... Chiu... o tio Ron tá dormindo - sussurrou James.

- E como ele dormiu e você não? - perguntou Alexis.

- Ihh... pedi pro tio Ron conta história mas, ele conta muito mal! Aí ele falou: Então, conte você, já que se acha mais esperto! E eu contei, quando terminei, ele dormiu.

Harry e Alexis começaram a rir, ela pegou o filho e ele foi ver o amigo.

Ron estava na cama, roncando, parecia muito cansado.

- Ron? - falou Harry, cutucando o amigo pelo ombro.

- Hum... sai para lá... hum... deixa eu dormir... - sussurrou Ron.

- Ron?! - Harry elevou o tom um pouco.

- O quê?! O quê?! - Ron acordou num salto, olhando de um lado para o outro, bem rápido, e quando viu o amigo falou irritado - pô, Harry, não sabe acordar de um jeito menos violento?!

Harry rolou os olhos para cima e falou para Ron como se não tivesse ouvido o último comentário dele.

- Estamos indo para casa, levando James.

- Ah! James! Cadê ele?! - Ron pulou da cama e já estava começando a procurar o afilhado, mas Harry o impediu.

- Ele está com Alexis!

- Ah bom! Mal aí, Harry, já sei por que você nunca o deixou comigo, dormi enquanto deveria estar cuidando dele.

- Nah! Você é que estava cansado demais, mas James adorou ter contado uma história para você.

Ron riu, mas ficou um pouco vermelho de vergonha.

- Eu acompanho vocês até a porta.

Quando chegou na sala, James saiu do colo da mãe para abraçar o padrinho.

- Desculpa, amigão. Eu dormi na sua história.

- Tudo bem, pelo menos você ouve as minhas histórias - e James olhou reprimidamente para os pais.

Ron riu de novo e colocou James no chão.

- Bom, a gente já vai indo. 'Brigada, Ron. - disse Alexis.

- 'Magina, foi um prazer.

Alexis pegou James e foram na frente.

- Ron... - começou Harry.

- Que foi, Harry?

- A Mione pegou o vestido.

- Ahn... que bom! - falou Ron.

- Ela estava louca atrás daquele vestido porque ela não sabia onde a loja ficava e hoje ela achou.

Ron apenas sorriu para o amigo.

- Bom, era só isso. Tchau, Ron. Você não tem que trabalhar hoje?

Ron bateu com a mão em sua própria testa, esquecera que tinha que trabalhar hoje. Quando ele fechou a porta saiu correndo para se trocar e ir pro trabalho.






Hermione não saiu do lugar onde havia ficado desde que Will saiu de seu apartamento. Ela estava em seu sofá olhando fixamente para a caixa onde dentro continha o vestido que Ron havia lhe dado, olhou e olhou. Não fez nada por muito tempo, também não pensara em nada nesse tempo.

E como se fosse por um impulso, de repente, ela se levantou e abriu a caixa. Com as mãos, tocou o tecido do vestido.

'Ron', ela pensou, o nome dele havia aparecido na conversa que teve com Will. Ela vestiu o vestido e fez um coque em seu cabelo, depois aparatou.

A casa dele estava vazia, como deu para perceber numa única volta que deu na sala. O lugar era tão pequeno, mas só de pensar que era dele, a deixava despreocupada. Sentou-se no sofá para esperar por ele.






Ron finalmente tinha acabado com seu turno como vigia, agora poderia voltar para a casa e dormir. Quando abriu a porta de seu apartamento, viu uma figura muito branca em seu sofá, mas logo perceber que era alguém e era ela.

- Mione?

- Snif... Ron!

Hermione se levantou do sofá e enxugou as lágrimas do rosto, depois sorriu para ele.

- Aconteceu alguma coisa? O que faz aqui?! Como me enc-

Ron perguntou tudo de uma vez, demonstrando que estava preocupado, mas fora interrompido pela risada de Mione. Ele sorriu sem graça e falou de novo, mais calmo:

- O que houve?

- Will cancelou o casamento.

Tomado pelo susto, Ron não falou nada, ao invés disso falou sobre o vestido.

- Você gostou do vestido?

Hermione olhou para o vestido e deu um giro.

- Sim, é lindo. Obrigada.

- De nada.

- Ron?!

- Sabe, Mione. Acho melhor você dormir, já está tarde. Se você quiser pode dormir na minha cama e eu durmo no sofá.

Por algum motivo, Ron estava pressentindo que ele não queria ouvir o que ela tinha a dizer. Tantos pensamentos passavam em sua cabeça e nenhuma lhe agradava, 'Hermione pedindo consolo e amizade pelo casamento perdido', 'Hermione pedindo-lhe ajuda para voltar com o noivo' e o último e mais terrível, 'Hermione querendo voltar com ele'.

- Não estou com sono... Só quero que me escute...

- Hermione... - Ron começou, num tom sério e mantendo os olhos fora do alcance dos dela - não tenho certeza se eu quero ouvir.

Ron estava apavorado por dentro, não importa o que Hermione falasse, de qualquer modo mudaria sua vida, drasticamente, nem que seja para pior ou melhor. Ele estava com medo da mudança, dos anos que se passaram sem ela e agora com a idéia de tê-la de volta o assustava de algum modo.

Hermione, para sua própria surpresa, sorriu para ele, contrastando com as gotas de lágrimas que estavam em seus olhos.

- É, imagino...

Ron a olhou e seu coração lhe deu um aperto angustiante, como se ele estivesse fazendo a coisa errada.

- Mas, eu insisto - Hermione falou, decidida.

Então, ele consentiu que ela falasse e se sentou.

- Will... - Hermione deu um suspiro de choro, mas continuou - disse que foram ótimos os tempos que passamos juntos, mas ele decidiu cancelar o casamento. Parece que Harry disse que eu já havia sido sua noiva para Will e ele ficou interessado em saber da história...

Ron apenas a olhava, mas ela olhava a janela, evitando os olhos dele. Porém, nesta hora, ela o olhou e disse:

- Eu sei, é estranho. Não sei por que nunca contei a ele sobre meu noivado com você - ela sorriu novamente e voltou a olhar a janela - Will disse que... o que mais atraia ele para mim, era minha vida misteriosa, minha inteligência e meu sorriso - Hermione riu e ao mesmo tempo caiu uma lágrima de seu rosto.

Ron teve que desviar o olhar para se segurar, queria consolá-la.

- Porém, ele ficou preocupado depois - ela continuou - quando soube que eu era uma bruxa, pensou que minha vida misteriosa acabara. Aí ele descobriu que não era minha vida que era misteriosa e sim, eu mesma.

Ele não sabia para onde estava indo essa conversa e já estava começando a pensar que ele realmente não precisava ouvir isso. Ele se levantou, mas ela continuou a falar.

- Ele disse que eu era misteriosa por esconder um passado, provavelmente amoroso, mas hoje ele descobriu porquê depois que falou com Harry e ver o meu presente de casamento.

Hermione olhou para Ron e ficou bem na frente dele.

- Will disse que eu sou assim porque... - ela respirou novamente - eu não conseguia e ainda não consigo... esquecer um certo rapaz por quem me apaixonei desde meus tempos de escola, por quem eu brigava demais e... amava demais...

E ela colocou a mão na boca para segurar o choro, os olhos de Ron se tornaram compreensivos e colocou suas mãos nos ombros dela.

- Você deve estar se perguntando por que estou chorando? Eu choro porque só agora eu vejo que o que Will disse, é verdade...

Hermione o abraçou e continuou a falar.

- Eu senti sua falta por tantos anos que acabei por me acostumar com ela e agora que ele disse tudo para mim foi que eu vi que minha saudade e meu amor por você ainda estavam lá...

Ron ainda não tinha coragem de abraça-la, continuava com as mãos onde estavam.

- Hermione - começou Ron novamente - não sei se...

- Eu insisto novamente - ela falou e o abraçou mais forte, continuou - Eu senti tanto a sua falta...

E ele acabou por não resistir, também a abraçou, na altura dos ombros.

- Eu também...

Hermione sorriu e deixou mais lágrimas caírem, molhando a roupa dele. Mas logo se recompôs e perguntou a Ron em seu ouvido:

- Casa comigo?






Observação da autora:

A cena em que James comenta com os pais sobre Ron falar ' Então,conte você, já que se acha mais esperto!' foi inspirada naquela história do feitiço de levitação que Hermione tentava corrigir o jeito de Ron e ele fala algo parecido com isso para ela!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.