FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

12. The Heart Never Lies


Fic: Quando Dois Corações se Encontram


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Lupin estava correndo castelo afora para alcançar Tonks. Ela não devia estar muito longe dali...
Tonks já estava nos portões de entrada, iria aparatar assim que pudesse. Estava muito aflita inconsolável. Fora boba de novo. Fora boba em mostrar para todo mundo que o amava e que o queria mais que tudo... uma boba.
Lupin já estava nos portões de entrada de Hogwarts, e nada de Tonks. Ela já devia ter ido embora. Parou, encostou-se nas grades, pensando. Foi aí que tudo veio à tona em sua mente, como uma avalanche, o afogando com gelo, em sua mente perturbada. Viu como ele e Tonks se conheceram na Ordem da Fênix, viu como ela era linda, feliz, diferente, sempre o fazendo sorrir. Viu lembranças soltas de como ela se declarou para ele e os dois caíram na gargalhada seguido de um beijo que jamais esqueceria, lembrou-se também de quando cuidou dela, que por culpa dele, havia ficado bêbada em um bar trouxa, lembrou-se dos momentos felizes juntos, dos tristes e angustiosos... “Tenho que ir atrás dela. Não dá mais para segurar.” Ele sempre temeu em fazer o que estava decidido a fazer. Procurá-la e dizer que a ama mais que tudo na vida e que ela o perdoasse e ficasse com ele para sempre. Era isso o que iria fazer. O que tanto temia, mas que queria com cada fibra de seu ser. Se ela já tinha falado mil vezes que o amava e não ligava para o fato dele ser um lobisomem, pó que a ignorava?! A única mulher que o ama... ignorada. Estava se sentindo um traste, o menor dos seres existentes na Terra. Será que ela ainda o queria? Será que iria perdoá-lo? Depois de tudo que ele fez, no lugar dela, não o perdoaria. Mas ele sabia que ela era incrível, a mulher mais incrível que já conhecera, e que tinha um coração enorme, do tipo que o perdoaria. Foi direto para a casa dela.
Chegando lá, ele parou à porta alguns segundos. Bateu na porta. Nada. Batera de novo e nada. Ficara exatamente quarenta e dois minutos batendo à porta e nada de Tonks. Ela com certeza não o perdoaria. Não atendia a porta... ou ela poderia não estar lá! Já que não ouvira nenhum barulho casa adentro. Onde será que ela estaria?
Tentou a casa de seus pais. Já era muito tarde da madrugada, estava com medo de acordar alguém em vão. Mas, pensou ele, é por amor. Na verdade, não sabia qual era a casa dos pais de Tonks. Só sabia que era aquela rua, já que Tonks a mencionara. O céu estava começando a ficar num tom de rosa. Estava prestes a chover. Havia muitas casas ali... qual seria?
TRRROOOWWW
Seguido de um relâmpago, soou o trovão. E começara a chover muito forte. Ele achava que já já iria amanhecer. Estava lá, olhando as casas, debaixo de uma tempestade.

Some people laugh
(Algumas pessoas riem)
Some people cry
(Algumas pessoas choram)
Some people live
(Algumas pessoas vivem)
Some people die
(Algumas pessoas morrem)
Some people run
(Algumas pessoas correm)
Right into the fire
(Direto para o fogo)
Some people hide
(Algumas pessoas se escondem)
Their every desire
(De todos seus desejos)

Olhando para o alto das casas, nas janelas, ele avista uma pessoa conhecida, justamente a que tanto queria encontrar agora. Achara a casa. Estava olhando para Tonks debruçada na janela. Estava linda, mas com uma decepção muito visível em sua face.

But we are the lovers
(mas nós somos os “amantes”)
If you don’t believe me
(Se você não acredita em mim)
Then just luck into my eyes
(Então só olhe nos meus olhos)
‘Cause the heart never lies
(Porque o coração nunca mente)

Ele olhou para si mesmo, estava encharcado. Mas correu, correu até à casa onde Tonks estava debruçada na janela alta.

Some people fight
(Algumas pessoas lutam)
Some people fall
(Algumas pessoas caem)
Others pretend
(Outros fingem)
They don’t care at all
(Não se emportar com nada)
If you want to fight
(Se você quiser lutar)
I'll stand right beside you
(Eu estarei bem ao seu lado)
The day that you fall
(No dia que você cair)
I'll be right behind you
(Eu estarei bem atrás de você)

Tonks estava na casa de seus pais, em seu antigo quarto, sentada na grande janela da casa. Me humilhei, pensava ela, me humilhei na frente de todos por ele... mas mesmo assim ele não quer. Tinha prometido a mim mesma que ele ia ser meu e eu iria ser dele, mas acho que vou ter que romper a promessa... perdi as esperanças, nós nunca vamos ficar juntos, cansei de sofrer! Vou buscar alguém que me ame e queira ficar comigo, ou melhor, ficar sem homem nenhum! Não prestam... nenhum...

To pick up the pieces
(Para escolher os caminhos)
If you don't believe me
(Se você não acredita em mim)
Just look into my eyes
(Só olhe nos meus olhos)
'cause the heart never lies
(Porque o coração nunca mente)

Ela olhou para a rua deserta. Caía uma forte tempestade lá fora, e caía uma forte tempestade em seus olhos.
De repente, quando estava chorando, olhando para a rua que á pouco pensara em estar deserta, avista um homem correndo. Um homem que rapidamente reconhecera. Lupin corria acelerado até à casa de seus pais. E ela não sabia se era realmente isso, se ele viera arrependido e lhe jurando amor eterno e tal, mas só sabia que seu coração sabia que ele viera atrás do coração dela. Ela não pensou duas vezes, pensou que dessa vez ele corria de um jeito que era para ficar para sempre ao seu lado. Esqueceu-se da humilhação que ele a fez passar, esqueceu a sua raiva dele, sua raiva pelos homens e só saiu correndo ao seu encontro.
Abriu a porta da frente, parou. Estava toda molhada, pois parara na chuva. Ele estava a pequenos metros dela. Ele também parou. Encararam-se de longe e parece que seus olhares compreenderam o que queriam.
Depois da breve pausa em que seus olhares se cruzaram, de repente correram de novo, um ao encontro do outro. E se abraçaram, debaixo daquela tempestade. Um abraço muito forte, que já dizia tudo.

Another year over
(Outro ano acabou)
And we're still together
(E nós ainda estamos juntos)
It's not always easy
(Isto não é sempre fácil)
But I'm here forever
(Mas eu estou aqui para sempre)

– Te amo Tonks, me perdoa por tudo?
– Eu também. – disse ela sorrindo para ele, ainda engatada aos seus braços.
– Bom, então, me perdoa?
– Depende... quais são as suas intenções comigo, Sr. Remus John Lupin?
– As melhores! Então...
– Então?
– Tonks, Quer casar comigo? – ele perguntou, sorrindo muito.
Ela não acreditava no que estava ouvindo! A poucos minutos estava chorando por ele, e agora, ele pedira para ela se casar com ele! Não... não acreditava!
– Você está bêbado? – perguntou ela, sorrindo bobamente e suas lágrimas se misturando à chuva que caía constantemente.
– Não. Mas acho que estivo durante uns dois anos! Mas agora me recuperei e vim resgatar o amor da minha vida.
– Ai Remus! – se jogara em seu pescoço e o beijara ardentemente.

Yeah, we are the lovers
(Sim, nós somos os “amantes”)
I know you believe me
(Eu sei, você acredita em mim)
When you look into my eyes
(Quando você olha nos meus olhos)
Because the heart never lies
(Porque o coração nunca mente)

– Posso entender isso como um sim? – Perguntou Lupin, quando pararam de se beijar.
– Claro bobinho! – disse ela e voltaram a se beijar. E Tonks parara de repente. – só me promete uma coisa?
– qualquer coisa, você tem todo o direito.
– Nunca me abandona? Fica comigo até que a morte nos separe.
– Não amor, porque nem a morte nos separará outra vez. Te amo e prometo nunca te abandonar. – Os dois estavam chorando de emoção, seus corações ansiavam por esse encontro. E ela o agarrou novamente. E andaram até a casa dos pais dela, em direção ao seu antigo quarto.

'cause the heart never lies
(Porque o coração nunca mente)
Because the heart never lies
(Porque o coração nunca mente)

Parece que agora, nada separaria esses dois novamente, nem a morte.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


N/A: Pois é gente, acabou. Sei que ficou terrível, mas é que a criatividade para Lupin e Tonks me deixou a um tempinho. E estou fazendo três fanfics ao mesmo tempo... e como podem ver (eu acho) estou viciada em McFly e tal... Mas com certeza me diverti muito escrevendo essa fic! Obrigada a quem a acompanhou até aqui! Beijos da sua amiguinha (que tosco) Thayenne Laurent!

Um obrigada especial para:
Laari Tonks! o/ e N.Tonks (Larissa e Raquel! As gêmeas do pedaço)

Beijos :*

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.