FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. Alessandra Weasley Potter!


Fic: Uma trouxa me... seguiu?


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Marcos e Cristhofer apanharam suas varinhas, todos se levantaram.
_Pense em quem você quer ser. – disse Marcos.
_Em que casa quer ficar, - disse Cristhofer. _E principalmente em como você gostaria que fosse sua varinha. Pronta?
Ale acenou com a cabeça os dois apontaram as varinhas pra ela e disseram juntos.
_Revelio Incantatem!
As duas varinhas soltaram luzes brancas, que envolveram Ale ninguém conseguia ver como ela estava, saiam varias faíscas da luz que a envolveu com as cores de todas as casas Tiago cutucou Luigi pra que ele olhasse pra cima, as varinhas de Marcos e Cristhofer estavam lá em forma de cruz como se tricotasse algo, então eles viram quase que em forma de patrono um texugo símbolo da casa da lufa-lufa, a águia da corvinal apareceu em seguida os dois desapareceram rapidamente então, Tiago e Luigi levaram um susto uma enorme serpente sibilou para eles e permaneceu no ar por mais tempo, Tiago e Luigi se olharam enquanto Vivi sorria, será que Ale seria da sonserina? Então todos inclusive os adulto se sobressaltaram um rugido enorme ecoou pela sala, um leão apareceu e comeu a cobra que tentou de todas as maneiras se esquivar, mas o leão a venceu, ele rugiu mais uma vez antes de desaparecer, e Ale agora aparecia um pouco com as roupas de Hogwarths com o símbolo da Grifinória, faltava à varinha, a varinha de Cristhofer se libertou do cruzamento que ela e a varinha de Marcos fizeram e se transformara no mais belo cavalo que todos haviam visto, um cavalo branco com um chifre, e logo em seguida ao olhar para Ale por um tempo ele soltou um pêlo de sua cauda logo depois disso voltou, a de Marcos tremeu no lugar também, e foi até Ale transforamara-se em uma bela fênix, a olhou e soltou uma pena sua se juntando a do unicórnio, um pio alto foi ouvido e Fawkes assustando Harry e Gina que estavam mais próximos, saiu de seu poleiro sobrevoando a sala e parando onde o pelo da cauda do unicórnio e uma pena da fênix se entrelaçavam, eles se abaixaram na altura de Fawkes como se apenas esperassem por isso, e Fawkes aproximou seus olhos deles e duas lagrimas grossas caíram em cima do pelo e da cauda, houve um lampejo muito forte, e todos tiveram que colocar as mãos na frente dos olhos a luz os ofuscava, a claridade foi passando Fawkes havia voltado ao seu poleiro e Ale estava parada olhando pros irmãos.
_Grifinória? – perguntou Marcos meio desapontado. _Achei que você queria ficar na Sonserina.
_Bom, eu pensei em ficar. – disse ela.
_E por que desistiu? – perguntou Cristhofer.
_Por que foi de lá que saiu os assassinos de vocês! – disse ela.
Marcos não pode evitar sorrir pra irmã.
_Não se esqueça de que lá não tem só pessoas ruins, você tem uma grande amiga lá a Vivi, e um grande professor que veio de lá o Draco.
_Eu sei, - disse ela sem jeito. _mas é que ficar na Sonserina ou na Lufa Lufa, me faria lembrar muito de um de vocês. Eu não quero esquecê-los, - apressou-se Ale a acrescentar. _Eu só não quero lembrar que vocês foram tão cedo. – disse ela tristemente, Ale sentou-se novamente frente aos irmãos, e mais uma vez tentou acariciá-los sem sucesso.
_Ale você agora é realmente uma bruxa vital se não fosse uma dessas bruxas sua varinha não poderia ter sido feita. – disse Marcos.
_Por que a ave dele chorou na minha varinha? – perguntou Ale.
_As Fênix Alessandra, - disse Dumbledore sorrindo. _São aves fascinantes e suas lagrimas tem poderes curativos, talvez Fawkes ache que você necessitara desse poder em sua varinha.
_Já houve outras varinhas com lagrimas de fênix?
_Não que se tenha conhecimento. – disse Dumbledore.
_E outra coisa Dumbledore, é um ultimo pedido. – disse Marcos. _Minha irmã não tem onde ficar.
_Ela poderá ficar em Hogwarths.
_Não para as férias. –disse Cristhofer. _E alem do mais achamos que ela ficar com o sobrenome McSmith aqui seria arriscar demais não é?
_Bellatriz e Malfoy sabem o sobrenome dela, mas não sabem quem ela é. – disse Marcos.
_Entendo o ideal então seriamos mudar o sobrenome da garota? – disse Dumbledore pensativo.
_Sim seria.
_Eu gosto do meu sobrenome! – exclamou Ale.
_É uma maneira de te manter viva. – disse Joy. _Se eles descobrem podem matar você!
Ale cruzou os braços por cima do peito esperando.
_Que tal Summer? – perguntou Dumbledore.
_Não gostei. – disse Ale, Marcos tossiu um pouco, Ale o encarou séria. _Eu não gostei mesmo! – disse virando a cara como uma garota birrenta.
_Eu também não gostei. – cochichou Luigi para Tiago.
_Droga, - disse Ale. _Agora não tenho irmãos, não vou poder ter meu sobrenome, e nem pais!
Houve uma pequena confusão, ninguém havia percebido que Harry e Gina conversavam em voz baixa a não ser Rony e Hermione que estavam mais próximos Rony revirou os olhos, Gina chegou mais perto de Ale.
_Gina... – chamou Harry.
Ela se agachou perto de Ale.
_O que você acharia de Alessandra Weasley Potter? – perguntou.
Harry fechou os olhos, Gina a olhava esperançosa, e os outros que bebiam ou comiam alguma coisa se engasgaram, Mcgonagall olhava impassível, e Dumbledore sorria com simpatia.
_Alessandra Weasley Potter? – perguntou Ale mais pra ela mesma do que pra Gina, ela encarou Gina por alguns segundo pensativa, Harry começara a pensar com ele, “ela não vai aceitar, e a Gina vai achar que a culpa é minha”, Ale se virou para Marcos e Cristhofer que a observavam.
_Eu...Seria sua filha não é?
Gina assentiu com a cabeça.
_E dele? – perguntou apontando para Harry. Gina olhou pra Harry que também balançou a cabeça. _Filha de uma jogadora de quadribol, e professora de vôo, e filha de auror? – perguntou pensativa abaixando a cabeça, Gina já tinha apagado o sorriso que tinha nos lábios, achou que Ale não iria querer havia se esquecido de que os irmãos eram muito ricos e com certeza ela havia sido criada com muitos mimos, Hermione já estava indo ficar com Gina, quando Rony a segurou, Ale levantou a cabeça de volta e olhou os irmãos grossas lágrimas banhavam seu rosto.
_O que vocês acham? – perguntou ela.
_Acho que você estará segura com eles. – disse Marcos,_Sabemos que os Weasley gostam de família grande, e acho que eles vão continuar sua educação da melhor maneira possível. Vocês tem minha aprovação.
_E a minha também. – disse Cristhofer, Ale sorriu e abraçou Gina, ela e Gina choravam e Harry se aproximou da esposa, “deixa ela conversar mais com os irmãos dela”. Gina se afastou.
_É hora da nossa despedida. – disse Marcos.
_Despedida? Mas eu pensei que vocês iam ficar comigo...
_Um dia vamos voltar a nos ver “pequena”. –disse Cristhofer. _Mas precisamos ir agora.
Ale aumentou o choro.
_Por favor, não vão... – disse ela.
_Você agora terá uma família. – disse Marcos. _E é muito importante que você confie nos seus pais, seus irmãos e seus amigos.
_Tá. – disse ela muito triste. _Antes de irem embora vocês podem...
_Cantar pra você? –perguntou Cristhofer. Ela confirmou com a cabeça.
_Bom vamos fazer de uma maneira diferente. – disse Marcos, ele acenou a varinha e dela saiu uma miniatura menor da bola de onde ele e Cristhofer saíram pra falar com a irmã, ela se abriu, notas gostosas de uma musica foi escutada.
_É uma musica trouxa, mas que fará você se lembrar de nós todas as vezes que abri-lá, você a escutara. – disse ele.
A musica era lenta e todos começaram a prestar atenção então a voz de Marcos (por sinal muito bonita) foi ouvida.

Quando eu era assim
Bem menor
Não tive afim, sei lá
De pensar em nós

(A voz de Cristhofer igualmente a do irmão foi escutada)a cada palavra uma nuvem saia da boca deles indo para dentro da bolinha.

Agora eu sei e entendo melhor
Vidente, eu li no céu
Vai por mim
Somos corpo e alma
Meu irmão, meu par

(os dois agora cantavam juntos)

Vai por mim
Somos corpo e alma
Meu irmão, meu par
Quando a solidão
se enredar em ti
E o coração dançar
Conta comigo

(Ninguém ousou segurar as lágrimas que desciam por suas faces, o amor que eles demonstravam terem um pelo outro era muito grande, o que fez Tiago automaticamente sentir saudades dos irmãos caçulas, e Luigi Vivi e Agatha se abraçarem fazendo os pais sorrirem, Joy e Mariana estavam abraçadas desde o começo da música, Gina e Rony sorriram um para o outro)

Eu quero estar, viu, ao teu lado
E haja o que houver
Junto a ti
Feito corpo e alma
Meu irmão, meu par
Junto a ti
Feito corpo e alma
Meu irmão, meu par
Sei que a vida vai aprontar

(Ale cantou junto com os irmãos nessa hora, o que fez todos olharem boquiabertos ela tinha uma voz também muito bonita, apesar das lágrimas)

E o que vier, virá
A dois é fácil segurar
Se Deus deixar, viu, meu amigo
Vou sempre estar aqui
Junto a ti
Feito corpo e alma
Meu irmão, meu par
Junto a ti
Feito corpo e alma
Meu irmão, meu par
Junto a ti
Feito corpo e alma
Meu irmão, meu par

Marcos fechou a bolinha, e Cristhofer conjurou uma corrente de ouro. Marcos encarou a irmã, os seus olhos marejados e emocionados, Cristhofer também, este passou a corrente a irmã, e Marcos disse.
_É a única lembrança que você poderá ter de nós Ale.
E os dois se foram deixando para trás apenas um bilhete e uma nuvem de fumaça, eles explicavam no bilhete escrito para Harry de que o ouro que tinham havia sido transferido para a conta dos Potter’s para ajudar com a educação da garota. Ale segurou a bolinha parecida com um pomo de ouro.
_Por favor, não me deixem voltem! – ela gritou várias vezes à mesma coisa, Harry foi até ela. –Por favor, faz eles voltarem! – a garota chorava desesperada, Harry a abraçou e Gina soluçou baixinho. _Faz eles voltarem... – ela já estava quase perdendo a voz._Faz? – pedia ela ainda a Harry.
_Fica calma filha, eles vão estar sempre com você.
_Por favor, faz eles voltarem. Não me deixem... - Ale começou a soluçar.
_Harry acho melhor deixar que outras pessoas a acalmem. –disse Dumbledore gentilmente olhando para as crianças que se aproximaram, Harry foi ficar com Gina, era desesperador ver Ale sofrer daquele jeito e Harry sabia que a garota agora estava praticamente sem sua família de sangue, todos se revezaram para abraçá-la, ela viu Dumbledore.
_P... Por...Favor...O...O senhor...Pode trazê-los de volta? – perguntou.
_Receio que não, filha. – ela voltou a chorar. Macgonagall então passou por todos com um ar imponente e foi até a garota, e a abraçou. Aos poucos para surpresa de todos Ale foi se acalmando.
_Agora vai com sua mãe e seu pai, é isso que eles serão seus agora. – disse ela. _Gina, Harry levem – na para madame Pomfrey acho que uma poção para acalmá-la seria bom.
Gina pegou a garota pelas mãos Tiago ia segui-los,
_nem pensar mocinho você vai direto para torre da Grifinória. – disse Harry, claro que houveram vários protestos. _Todos vão direto para suas casas agora. – disse ele firme, e ninguém ousou desobedecer, Ale se abraçava com a pequena bola da onde tinham saído Marcos e Cristhofer.
-Posso ficar com ela? – perguntou para Dumbledore.
_Certamente. – respondeu o diretor.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.