FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Excedendo um pouquinho


Fic: Just My Luck


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


3º capitulo – Excedendo um pouquinho

-Sapato? Sapato? – gritei desesperada – Onde você está?

-Gina? – Harry falou impaciente da sala – Anda logo.

-Eu perdi minha sandália Harry.

-Então coloca outra.

-Não posso.

-Porque não? – ele apareceu na porta do meu quarto.

-Porque eu gastei duzentas libras nela e as comprei exatamente para essa ocasião.

-Mas é só um aniversário.

-Não Harry, é o aniversário da Mi e eu comprei essa sandália.

-Já sei como resolver isso.

-E como?

-Accio sandália...

Antes que eu pudesse impedi-lo de dizer aquelas palavras vários sapatos começaram a voar na nossa direção. Sentamos no chão para nos protegermos.

-Eu ia te avisar...Mas né?

-Não pensei nisso.

Quando nos levantamos depois da chuva de sapatos avistei minha sandália prateada.

-Achei!

-Então vamos Gina.

***

-Mais uma dose de whisky – Kyle pediu ao garçom.

-Pra mim também – Nate falou.

Nós três estávamos no bar da moda no mundo bruxo. Sevent’s. O lugar estava abarrotado de gente, várias pessoas se espremiam em uma pista de dança.

-Nem acredito que hoje já é sexta.

-Nem eu – falei – Tive tanto trabalho...E ainda revi a Weasley. Foi uma péssima semana mesmo.

-Cadê o Nate?

-Na pista de dança...Deve estar agarrando alguém. Você sabe como ele não se controla.

***

-Pensei que vocês não viessem mais – Hermione riu.

-Eu perdi minha sandália e acabei me atrasando.

-Tudo bem...Nós perdoamos vocês dois – Rony falou.

Várias pessoas estavam lá. A Liah, a Melody, o Duncan, o Logan e mais um monte de amigos nossos. Dei um abraço na Mi e fui conversar com todo mundo. A pista de dança estava incrível, e estava tocando uma música que eu adorava.

-Quem vem dançar? – perguntei.

Ninguém queria dançar, falaram que era cedo.

Eu nem liguei. Fui sozinha mesmo. Quando me dei conta um cara estava dançando comigo. Continuamos curtindo as músicas por mais uma meia hora. Depois fomos para o bar.

-Um whisky – ele falou – E você?

-Um Cosmopolitan.

-A propósito – ele riu – Sou Nathan, e você?

-Gina.

-Pode me chamar de Nate.

-Tubo bem...Nate, e então? Você está sozinho?

-Não. Vim com mais dois amigos. Um está noivo e por isso só está bebendo, o outro nem sei o que está fazendo.

Eu não estava entendendo quase nada que ele estava falando, mas não tinha problema nenhum. Ele era bem gatinho.

***

Olhei para o bar e vi que o Nate estava conversando com uma ruiva incrível. Ela estava usando um vestido preto com um decote enorme.

-Dá uma olhada no Nate – cutuquei o Kyle.

-Que ruiva incrível é aquela?

-Pois é...Parece que ele se deu...Espera ai!

-O que foi?

-Aquela ali é a Weasley.

-Weasley? Gina Weasley você quer dizer?

-Essa mesmo.

-Nossa...Você viu a foto dela que tem na avenida...

-Eu não quero saber dessa daí.

-Larga a mão de ser chato, ela é linda.

-Pra mim perdeu todo o brilho assim que nasceu e colocaram Weasley no seu sobrenome.

-Que implicante você é.

-Mais um whisky – pedi ao garçom.

***

Eu acabei me despedindo do Nate e indo ficar com a Mione. Afinal era o aniversário dela. Não dava pra não ficar lá.

-Quem era aquele? – Luna perguntou toda interessante.

-Nate – ri – Um gatinho e ainda dança bem.

-Tenho uma péssima notícia.

-O que é?

-O Ty está aqui.

-O que?

Eu realmente não queria brigar naquela noite. Mas sempre que eu via o Ty nós acabávamos brigando. Olhei para o meu relógio e vi que eram quase três da manhã já.

-Acho que eu já vou – falei – Não estou a fim de estragar a festa.

-Não tem nada a ver.

-Claro que tem. Com certeza ele me viu dançando com o Nate.

-Qualquer coisa conversa com o Duncan e ele te leva pra casa.

-Não precisa, eu vou simplesmente aparatar.

-Você que sabe.

Levantei e fui dar tchau pra todo mundo. Tive que sair para poder aparatar. No Sevent’s era assim, só se podia aparatar na parte de fora. O frio era imenso lá fora. Passei do lado de um segurança e fui para o estacionamento.
Escutei um barulho de algo caindo e fui ver o que era.

-Ai minha cabeça – ouvi alguém resmungar atrás de uma árvore.

Fui até lá. A curiosidade era grande.

-Malfoy? O que você está fazendo ai?

Ele estava deitado na grama, a mão na testa. Estava completamente bêbado pelo visto.

-Weasley? Você me seguiu por acaso? – ele falou com a voz mole.

-Não idiota. Apenas vim ver se era a árvore que estava dizendo, ai minha cabeça. O que você tomou hein?

-Nada demais. Apenas um pouco de...de...Whisky – ele falou e riu como um bobo – Ai minha cabeça.

-O que você fez hein?

Me ajoelhei ao lado dele e tirei a mão que ele estava na testa. Um corte não muito profundo.

-Como você se machucou?

-Um galho.

-Claro, você bateu a cabeça em um galho – ri – Só você.

-Vai rir ou vai me ajudar? – ele falou irritado.

-Posso muito bem fazer os dois.

Ele foi tentar levantar e puxou minha mão. Como eu estava concentrada e fechar o machucado dele acabei caindo...Bem encima dele.

-Ai Malfoy!

-Me ajuda a levantar Weasley. Anda!

-Seu chato. Vê se pelo menos agradece o curativo.

-O-b-r-i-g-a-d-o – ele riu mais um pouco.

Levantei e arrumei meu vestido. Depois estiquei a minha mão para ele. Com muito sacrifício ele levantou.

-Anda, onde você mora.

-Na minha casa – ele riu.

-Eu estou falando sério.

-Mansão Malfoy.

-Tudo bem, se segura.

Um segundo depois estávamos na famosa Mansão Malfoy. Quando chegamos na sala de visitas um elfo apareceu.

-Mestre? – falou assustado – O que houve?

-Nada demais. Apenas bebeu um pouco demais. Coloquei ele na cama e não fale nada para a Missy certo?

-Como quiser.

Deixei o Malfoy no sofá e aparatei na minha casa. Que noite mais estranha tinha sido aquela.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.