FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

22. A casa no lago


Fic: HARRY POTTER E O MANUSCRITO SERÊIACO DEPOIS DE MUITO TEMPO, ATUALIZADA FINALMENTE :D Cap. 30 \o/ (comentem)


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

22°A casa no lago


Os três ficaram em silêncio por vários minutos.Até que Harry falou:
-É melhor irmos logo.Já perdemos muito tempo.
As meninas o seguiram.Estava prestes á entrar na caverna, quando Harry avistou algo estranho, encima de uma montanha.Parecia um monte de madeira amontoado, mas na verdade, era um casebre de madeira, muito velho e desgastado.
-Olhem!- gritou ele apontando para o lugar.
As duas olharam, e Hermione, sem nenhum espanto disse:
-A única coisa que eu estou vendo nesse lugar que você está apontando, é aquela casinha feia e velha.
-E é pra ela mesma que eu estou apontando.
-Mas... por quê?
-Eu acho que seria legal irmos lá dar uma olhada- aconselhou Luna.
-Perder mais tempo?- disse Hermione.
-Ás vezes, estaríamos perdendo tempo entrando na caverna.- e continuou quando Hermione fez menção de retrucar. –Só saberemos vendo.
E lá foram eles.Subiram a encosta muito íngreme, encima da qual estava a casa.
Chegandao topo, viram que não era apenas uma casa.Existia também um belo pomar de macieiras, e um lago de águas límpidas.
No ínicio, não deram muita atenção ao lago.Mas após terem dado uma volta pelo pomar em busca de alguma coisa, Luna, foi até o lago para beber um pouco de água.
-VEJAM!- gritou ela.
Harry e Hermione correram para ver o que estava acontecendo com a garota.Quando viram, ela estava em pé, ao lado do lado.Sua mão direita apontava o fundo do lago.
No início, Harry não percebeu nada de estranho.Depois reparou: existia uma casa no fundo do lago.
Sem pensar muito, se aproximou da superfície lisa da água.Quando viu, já estava com metade das pernas dentro da água.
-PARE HARRY!-foi o grito de Hermione que o despertou do transe.
-Calma!Já vou sair.
-Porque você não parou antes?Da primeira vez que eu mandei?- perguntou ela espantada.
-Você não tinha dito nada antes.
-Claro que tinha!Luna está de prova.-disse ela olhando para a amiga.-Não é verdade Luna?
-Foi sim Harry.
-Mas eu não ouvi nada!
-Mas eu falei.- repetiu Hermione.-Esse local está cheio de magia negra Harry.Deve ter algum feitiço que o “chama” pra dentro da água.Mas e se acontece alguma coisa quando se entra completamente?
-Ok.É bom eu ficar afastado.
-E reparem: não existe nenhum bichinho dentro da água.Nem uma planta.Nada!Só água, pedras, e a casa.
-Esse lugar está me preocupando.Mas pelo menos uma notícia boa: parece que chegamos onde queríamos.-falou Harry num tom trêmulo de voz.
-Agora, eu não arriscaria entrar aí dentro.- disse Hermione.-E acho melhor não arriscarmos ninguém.
-Oras!Eu vou.- falou Harry.- Se não der certo, continuem sem mim.Se der tudo certo, eu volto e aviso que ta tudo bem.
-Você não pode se arriscar desse jeito Harry...-tentou Hermione, mas até aí, Harry já tinha entrado de corpo inteiro na água.
Ao contrário do que imaginou,ele não ficou ensopado, nem boiou na água.Ele ficou firme no chão e conseguiu respirar normalmente.Então, vendo que estava tudo bem, começou á subir até a superfície novamente.Porém, quando ia sair da água, percebeu, que o que achava que fosse a superfície do lago, era nada mais nada menos que uma barreira que o impedia de sair da água.Era como se fosse um vidro.Ele conseguia enxergar perfeitamente o lado de for a, mas as garotas, não o viam.
Foi aí, que as coisas começaram a piorar.Harry olhou ao longe na água e viu uma coisa que não reconheceu imediatamente.Logo, percebeu que era uma esfinge.Ela guardava a porta da casa.Porém, Harry estava muito preocupado com Hermione e Luna, e não podia ir até a esfinge.Tentou de todas as formas possíveis falar com elas.Mas elas sequer o viam.Então, após ficar alguns minutos conversando com Luna, Hermione começou a entrar no lago.Harry, sem pensar em mais nada se segurou aos pés dela.
Tudo aconteceu muito rápido.Hermione deu um berro, assustou Luna, que por sua vez saiu em disparada em direção ao pomar.Harry conseguiu sair do lago, mas percebeu que Hermione chorava compulsivamente.
-Calma Mione!Sou eu!- disse Harry tentando acalma-la.
-Ha-Há-Harry?-choramingou ela.
-Sim.Sou eu.Vamos atrás da Luna.Ela pode se perder.
Então eles foram.A encontraram sentada á sombra de uma árvore, já mais calma.Harry contou a história para as meninas.As duas ficaram pasmas.
-Então vamos chamar os outros.Quem sabe o que pode ter lá embaixo?-aconselhou Hermione.
-Pode ser.- concordou Harry.
-Eu vou lá.Logo volto com os outros.- disse Hermione e no mesmo momento, desaparatou.
Alguns minutos se passaram.Harry e Luna não trocaram nenhuma palavra durante todo o tempo em que ficaram sozinhos.
Então, quando menos esperavam, Hermione e os outros chegaram.
-Desculpem a demora.-falou Gina.-Estávamos de pijamas ainda.
-Deixa pra lá.- disse Harry levantando-se.-Vamos logo.
-Harry...-interrompeu-o Hermione- Você não acha que alguém pode ficar aqui do lado de fora?Caso nós não voltemos em um dia, ou caso precisemos ser “libertados”?
-Bem pensado Mione.-concordou Harry.-Agora o difícil é dizer:quem fica?
Todos se entreolharam.Neville corou, e levantou a mão.
-Eu posso ficar.-disse ele.E completou.-Não que eu esteja com medo nem nada, mas se eu morrer, minha vó me mata.
-Nós entendemos Neville.- disse Hermione, num tom muito compreensivo.
-Já que está decidido, é melhor irmos logo né?-chamou Harry.
-Esperem!-gritou Neville quando ele já haviam se afastado um pouco.-Acho que vou pra casa ficar lá, e volto aqui de tempos em tempos, pra ver se está tudo bem.E ah!Como vocês vão se comunicar comigo, caso precisem de ajuda?
-Colocamos um galhinho de arvore pro lado de fora.O que não pode sair somos nós.Outros objetos eu imagino que saiam.-explicou Hermione.
-Então tá.Boa sorte pra vocês amigos.-e dizendo isso, desaparatou.
Eles seguiram caminho em direção ao lago.Um á um, todos entraram no sinistro lugar.
Harry sentiu uma estranha sensação ao ver lá embaixo, nas profundezas do lago, a esfinge andando de um lado para o outro.Eles desceram.Harry não imaginava som melhor do que o silêncio nesse momento.Porém, Hermione perguntou:
-Qual será o enigma dessa bendita esfinge Harry?
-Não sei.Mas eles costumam ser BEM difíceis. –disse Harry.Agora eles estavam muito próximos do animal.
-Olá.-disse ele numa voz esganiçada.
-Olá.Olha, estamos com uma certa pressa, será que você poderia nos dizer logo o enigma?- falou Harry.
-Com toda certeza.-disse a esfinge.-O enigma é:

Depois de aqui entrar, só sairá com o que veio buscar.
Nessa casa que eu guardo, a destruição para uma coisa você encontrará.
Mas antes, muito terá que lutar.
Agora me diga:
Qual é o animal, cujo nome começa com uma crença muito forte em alguma coisa.Essa crença também é o ínicio de outra palavra.Essa palavra lembra muita sorte.Dessa coisa que dá sorte, você tire a segunda palavra.Depois, da primeira palavra você retira a 12ª letra do alfabeto, e em seu lugar, coloca a 14ª.
Só então terá a resposta.

Harry pensou por vários minutos.Olhou indeciso para Hermione.Ela tinha uma expressão sarcástica.
-Será que dá pra senhora repetir?-pediu a garota.
-Claro.-disse a esfinge.E novamente disse o enigma.
Para os garotos foi como se ela não tivesse dito nada.Eles não tinham a mínima noção do que queria dizer o enigma.
Passaram-se vários minutos.Para os garotos, pareceram horas.Hermione fixava os olhos num vazio sem fim, tenatndo pensar em alguma resposta plausível.A esfinge, teve que repetir o enigma várias vezes.
Então, Hermione se levantou de repente e falou:
-Um crença muito forte em alguma coisa, só pode ser fé.Está correto?
A esfinge acenou positivamente com a cabeça.
-Uma coisa que dê sorte.-começou Gina.-Que lembre Fé...
E Luna completou:
-Félix Felicis.
-Isso!Ah meninas!-disse Harry.-Vocês são demais!
-Então só falta tirar a segubda palavra.Fica só Félix.
-Então, troquemos a 12° letra do alfabeto pela 14ª.-disse Hermione.
-A 12ª...-começou Harry.-seria L.
-Então tiremos o L.-disse Gina.-Fica Féix.
-e então?qual seria a 14ª?-perguntou Harry, animado.
-A letra N.-respondeu Hermione, seu rosto se iluminando.
-POr acaso, a resposta seria Fênix?-perguntou harry para a esfinge.
Ela apenas sorriu, e deixou a passagem pra entro da casa livre para os garotos.
Hermione correu e abraçou Hrry fortemente, logo depois, Gina fez o mesmo, e então, Luna deu um aperto de mão no colega.
Eles entraram na casa.Era muito escura, e tinha poucas janelas.Era formada por um único corredor, que em seu fim, tinha uma grande escada.
-Vocês não acham melhor eu subir primeiro?-perguntou Harry.
-Não.Nós estamos juntos nessa Harry.-respondeu Gina sorridente.
Eles se entreolharam por alguns segundos, e então, começaram a caminhar pelo corredor e em poucos minutos, eles chegaram á escada.
Subiram os degraus no mais absoluto silêncio, e chegaram em um outro corredor.Porém nesse, haviam várias portas laterais.
-Será que devemos abrir?-perguntou Luna, indo em direção á primeira porta.
-Acho que sim.-respondeu Harry.-Que Merlin esteja com a gente.
Eles abriram porta, por porta.Algumas, eram simplesmente cômodos vazios.Outras tinham alguns livros, e a que mais chamou atenção, tinha vários frascos com poções coloridas, e coisas que eles não conseguiram identificar, dentro.E no centro da sala, existia um pedestal, com um livro aberto em cima.Gina, já estava na metade do caminho para o livro, quando Harry disse:
-Gina, você deve lembrar o que aconteceu da última vez que mexemos com algo que não sabíamos lidar.
Ele queria dizer o que aconteceu com Sirius.Gina, então saiu da sala, e eles recomeçaram á abrir as portas.Nada encontraram de interessante.Entretanto, quando chegaram á ultima porta, tiveram uma surpresa.Era um banheiro.E na parede oposta á da porta, existia pintada, uma grande cobra.
-Você já imagina o que precisa ser feito não é Harry?-disse Hermione.
E Harry já sabia.Ele teria de falar a língua das cobras.E foi isso que ele fez.
-Abra.- mandou.
Olhou para as amigas, esperando uma resposta positiva.Mas antes que a tivesse, o chão se abriu aos pés deles, e eles começaram a escorregar cada vez mais para baixo.


Chegaram em um lugar muito mal iluminado.No centro do aposento, existia uma grande pedra.Em cima dela, existiam entalhadas, vários algarismos, desconhecidos por Harry.
Hermione se aproximou, e começou a ler aquelas palavras que para os garotos, não faziam o mínimo sentido.
-Você entende alguma coisa que está escrito aí Mione?-perguntou Gina.
-Sim.São Runas Antigas.-afirmou ela.
-Eu sempre achei que essa matéria não servia pra nada!-espantou-se Harry.
-Mas serve sim;-disse ela terminando de ler.-Já sei o que está escrito.
-E o que é Mione?-perguntou Luna.
-Está dizendo, que logo á frente, existe um quebra cabeças.-começou ela.-Se conseguirmos monta-lo em 5 horas, vamos saber o que destruirá o horcrux.Se não, essa casa cairá e nós morreremos.
-E você fala isso nessa calma?- disse Gina.
-E o pior ainda está por vir.-continuou Hermione.-O nosso tempo já está contando, e não podemos mais voltar pra trás.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.