FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Rafael


Fic: Nós... Irmãos ?


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Cap. 3: Rafael




Narrado por Lily

-Gente, eu fiquei com o Régulos,sabe o que isso significa? – Eu perguntei pras meninas,que estão me olhando sem entender muito,já são quatro da manha e a gente não conseguiu pegar no sono,e se eu me lembro bem,bebemos um pouco de um negócio estranho que estava em cima da mesa,e agora acho que não devemos sair tomando tudo que vemos pelas mesas... principalmente quando são bem coloridinhos hahaha

-O que Lily? -Perguntou Dori,no que Lene e Anna olhou pra mim.

-Que eu beijei...lero lero lero. – Eu disse subindo na cama e fazendo um tipo de ‘dançinha da vitória’,Lene me olhou com uma cara do tipo “isso é obvio né?” mais deu uma risadinha, talvez ela tenha percebido que eu não estou muito normal.

-Eu tamzbém beizei...zãna zãna zãna. – Disse Dorcas subindo na cama e dançando comigo,uhull.. ela ta pior que eu.

-E a Anna beijou...nãna nana lero lero. –Dissemos eu e Dorcas em uníssono,e fazendo uma dançinha engraçada,enquanto Anna ficava da cor de um pimentão.

-Beijou quem? – Perguntou Lene,olhando a amiga com um olhar inquisidor,típico dela.

-O Vini...hic.foi zão...hic... morântico. – Disse Dori.

-Você quis dizer romântico né? –Eu perguntei.

-Izzo..hic... mezmo hic... – E a doida da Dori me deu uma bundada e eu quase decolo,se eu tivesse asas já tava voando por ai.

-Nossa,que chique,se eu pudesse ficava com o Vi,ele é tão tudo,que nem da pra explicar,isso mesmo amiga,tem que garantir os que são bons. – Disse Lene.

-Ai gente,que vergonha. – Disse Anna virando o rosto.

-Gente...eu quero o Rafael... – Eu disse virando o rosto pro lado,tentando esconder uma lagrima que teimava em cair,nossa,ate minhas lagrimas são teimosas,acho que te to um pouquinho bêbada,hahahahaha.

-Ué,o que aconteceu Lily? Você tava toda animada,porque essa mudança repentina de humor? – Perguntou Lene meio que preocupada,ela deve achar que eu ingeri muito álcool..imagina.. eu?

-Não sei,senti uma coisa ruim sabe, eu acho que já perdi ele. – Eu disse chorando como um bebê,acabei de sentir uma coisa ruim,foi assim quando ele caiu de moto,eu lembro que quase enfartei.

-Ai ..hic..Zízian,não zica..hic.. azsim,outzra veize vozê vai zhorar por hic... eze? – Disse Dori me consolando, e ta funcionando, to morrendo de vontade de rir.

-Pega a caneta ali pra mim – Eu disse me debulhando de chorar, e não é que a vontade de rir passou? Acho que a dança que a Dori ta fazendo agora (tipo um hula-hula com macarena junto) me assuntou um pouco.

-Pra quê? – Perguntou Lene sem entender,na mesma hora que eu tava chorando tava pedindo alguma coisa,e como a dona Marlene é meio doida deve ta achando que eu pra eu me suicidar, hahahaha ,imagina a matéria no jornal? “Ruiva doida e bêbada se mata com uma caneta” hahahaha.

-Tive um idéia – Eu disse ainda chorando -Uma frase veio na minha cabeça,vou escrever ela. – Falei pegando meu diário na gaveta e pegando a caneta,anotando o dia e escrevendo depois fechei o diário e guardei na gaveta.

-Que frase? – Perguntou Anne.

-Essa ai.– Eu disse dando o caderno pra ela ver e secando as lágrimas,escrever sempre me fez bem.

-Bem,’vamo’ anima,não agüento ver ninguém triste. – Disse Lene.

-Sabe,acho que eu vou dormir,são quatro da manha e amanha é domingo,quer dizer, hoje é domingo e eu quero dar uma voltinha na rua pra ver se vejo alguém de interessante.

-Tudo bem,boa noite então meninas. – Disse Lene já deitada no seu colchão.

Eu coloquei todos os colchões da casa no meu quarto pra gente dormir juntas,cada uma com um colchão de casal,apesar de ter um quarto com quatro camas na casa,todo mundo junto no colchão é mais emocionante, principalmente quando a Dori ta bêbada, ela fica falando umas coisas estranhas quando dorme.

Depois de todas já estarem deitadas eu disse:

-Quem vai apagar a luz?

-Vixxe,e agora? – Perguntou Lene.

-Deixa que eu resolvo. – Eu disse, e taquei um sapato na lâmpada acertando em cheio,no que ela balançou assustadoramente.

-Ops,desculpa,era pra ter mirado no interruptor. – E taquei direto nele e a luz apagou,vou pedir pra minha mãe instalar aquele negocinho de que quando a gente bate palma a luz apaga e quando bate de novo ela acende,quando o meu pai ainda morava com a gente ele tinha instalado no Hall de casa,mais eu e o meu irmão quebramos e daí ninguém mais se preocupou em concertar.

-Zente,lembrza hic.. da zinininha hic.. do ezorcizta? – Perguntou Dori.

-Claro. – Nós três dissemos em uníssono,e morrendo de medo.

-Azho que zé eza que ezta ali na zanela da Zízian noz ozlhando. – Disse Dori apontando pra janela.

-AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH –gritamos todas juntas escondendo a cabeça de baixo do cobertor,e logo deu pra ouvir os barulhos das risadas,provavelmente foi o prego do meu irmão tentando me assustar,filho da polícia.

Levantei da cama meio cambaleando e fui na janela,lá estava ele com uns meninos diferentes,que eu não reconheci e nem vi o rosto direito,só disse:

-Vocês me pagam seus antas. – Eu disse com a voz esganiçada e lá de baixo um atrevido me disse.

-Relaxa ruivinha,e sua doce voz é musica pro meus ouvidos.

-O que você quer dizer com isso? – Eu disse brava,me controlando pra não jogar algo neles.

-Deixa queto ruivinha,boa noite! – E ele (o atrevido qual eu ainda não sei o nome),meu irmão,e outros dois meninos saíram de lá rindo como um bando de hienas,ou seria, manada de hienas?

-Meninas,vocês viram o que aquele atrevido me falou? E o cara-de-pau ainda me chamou de ruivinha,que ódio. – Eu disse olhando pra elas.

-Atrevido? Você ainda não viu nada. – Disse Lene.

-Você conhece a peça? – Eu perguntei.

-Claro.

-Mais você só ouviu a voz do individuo,como pode saber? – Eu perguntei desconfiada

-Aquele é o Jimmy James JinJin Jeimisito SuperJimy Jeiminho JimyJimy Potter,eu reconheceria a voz dele no meio de um show de rock. – Disse ele fazendo pouco caso.

-Nossa,que intimidade heim? – Eu disse sarcástica.

-Ele é o famoso James Potter? – Perguntou Anna com a boca aberta.Dori está fazendo uma dançinha muito escrota cantando algo como “Zimy Zean,Zimy Zimy Zimyyyyyyy”


-O próprio. – Disse Lene sorrindo.

-Pera ae? James Potter não é aquele seu amigo que você vive falando? – Eu perguntei.

-O próprio ao quadrado Honey. – Disse Lene novamente.

-Então amanha mesmo,quer dizer, hoje mesmo eu dou um jeito no sujeito. – Eu disse.

-Goztei dezza. – Disse Dori.

-Dessa qual? – Perguntei sem saber.

-“Eu dou um jeito no sujeito” fico legal,só você pra falar essas coisas,agora ‘vamo’ dormir,se é que a gente vai conseguir depois do susto.- Disse Anna.

-Gente,eu to ‘cum’ medo... – Eu disse.

-Se você fosse a única,o Super Jimy é realmente fantástico,quer apostar quanto que a idéia da menininha foi dele? . – Disse Lene.

-Bem,depois ele terá o que merece, vamos deitar que amanha, que na verdade é hoje, eu marquei de encontrar o Rafael na sorveteria, eu contei pra vocês? – Eu perguntei.

-Não...conta logo – Disseram elas se sentando e me olhando.

-Bem,lá estava eu..linda e ruiva, quando de repente ele passa e fala ‘Oi’,e eu quase tenho um acesso,daí eu falei oi,e ele me disse “vai lá na sorveteria amanha pra gente bate um papo,você me largou,nunca mais falou comigo” e eu disse “que exagero,você sabe que eu te amo né?” e ele disse “sei não,mais vai lá, tenho que te conta umas novidades,eu vou ta lá,lá pelas quatro horas,dá uma passadinha lá também ,ou ..já ta na minha hora,vou indo,te espero lá em Lily” e eu disse com um sorriso ‘eu tenho 32 dentes’ “pode deixar,amanha to lá” e ele acenou e saiu. – E terminei de contar a historia suspirando,ele é tão lindo,com aquele cabelo liso e castanho caindo nos olhos,nossa..eu falto morrer do coração quando ele joga aquele cabelo pra trás,e quando ele canta então? Eu até saio de perto.

-Nhzaiii,que zique, vozê vai zozinha lá né? – Perguntou Dori,eita morena mais doida, nem parece que tava de manguaça, apesar que ela ainda ta falando meio estranho.

-Claro que não,vocês vão comigo,eu não posso ir sozinha,se eu for sozinha vai ser pior,vocês vão comigo,daí quando eu estiver lá e a gente já tiver conversando,vocês saem ou ficam lá mesmo,só não me deixem sozinha com ele.

-Tudo bem Lily,mais por mim você ia sozinha e aproveitava pra dar uns beijos nele. – Disse Lene.

-A coragem é pouca,se eu ‘male má’ falo com ele sozinha, imagina beijar ele,acho que meu pequeno grande coração não agüenta e para antes mesmo deu chegar perto da boca dele.

-Credo Lily,quem vê assim acha que você é um ‘bv’ bobinha que ta indo pro primeiro encontro.

-É? –Eu perguntei.

-Aham! – Responderam elas em uníssono.

-Verdade né? Aff eu preciso mudar,não agüento mais ser bobinha.

-Bem,depois a gente vê isso,acho que finalmente o sono chegou! – Disse Anna virando pro lado no que as meninas a acompanharam,eu fiquei deitada, peguei meu MP4 e comecei a lembrar de como eu e o Rafael éramos amigos e de como eu me apaixonei por ele,mais logo o sono venceu e eu dormi.

____________


Acabei de abrir os olhos,pelo visto eu dormi com o MP4 ligado,porque acho que to ouvindo uma musiquinha.
E não é que eu dormi com ele ligado mesmo?! Ai...meu ouvido ta doendo,as meninas estão dormindo ainda,acho que vou levantar.

Fui no banheiro,e tomei um banho,escovei os dentes e fiquei de pijama mesmo,pelo que eu vi é nove e meia (eu não consigo dormir até meio dia...acredita?),e as meninas só vão acordar daqui umas três horas,enquanto isso eu preparo um café da manha....já te contei que eu adoro cozinhar? Não? Pois é...eu adoro,mais não sou nenhuma chefe de cozinha,na verdade,eu sou um ‘quase desastre’ na cozinha

Cheguei na cozinha e vi que ta uma zona,louça suja pra tudo quanto é canto,fora o chão né,que parece que passou uma manada de hipopótamos que acabaram de chegar da lama,tudo produto da ‘pequena festinha’ do meu ‘querido’ irmãozinho,sorte dele que eu to com muita disposição pra limpar tudo isso,porque não é justo incomodar a empregada no domingo né? Ela já limpa a casa a semana inteira,não é justo perder o final de semana por causa de um bando de garotos mimados,e como eu não sou mimada (imagina...nem um pouquinho) eu vou limpar tudo isso,fazer o que né?

Liguei o radio,tava tocando Beyoncé de novo,ninguém merece,já tive uma dose tripla dela ontem na festa,então coloquei um CD no radio com um monte de musicas,tem musica te quase todo o tipo,dês de musica espanhola até musica japonesa.

Comecei lavando a louça,meu Deus,quanta louça,meia hora depois eu ainda não tinha terminado,e ninguém acordou ainda,melhor assim,fica mais fácil limpar tudo.

Vinte minutos depois a louça já tava toda limpa e guardada, chegou a hora mais difícil...lavar a cozinha, mais tudo bem, minha mãe me ensinou que é mais fácil erguer tudo e depois,só depois de tudo limpo,descer as coisas, dei uma olhada naquela zona toda,peguei o sabão em pó,uns baldes de água,e a vassoura,olhei pra tudo aquilo e constatei que eu estava com muita disposição mesmo,porque em um dia normal não conseguiria limpar aquele mundaréu de cozinha sozinha, já te contei que a minha cozinha é enoooorme? Não? Pois é...ela é enorme,muito grande mesmo...ai meu Jesus Cristinho!

Depois de levantar as cadeiras e outras coisas,eu comecei a jogar água no chão,e antes que você me ache uma louca,na minha cozinha a geladeira,fogão,armário e outras coisas,tem debaixo um pisinho sabe? Então tudo é levantado,daí se eu jogo água no chão não molha nada,a não ser o chão [Ohh! Descobri isso sozinha? Porque pelo visto parece que eu queria que molhasse o teto]

Depois de jogar água comecei a jogar sabão e esfregar,aff..como fica escorregadio aqui quando joga sabão...Uiiiii! acabei de levar um tombo,ai minha bunda! Ui...ta doendo,aff...outro tombo,mais que porcaria,quer saber..vou aproveitar que cai um tombo pra escorregar na cozinha,é simples,eu chego perto da parede,fico de frente pra ela,coloco meus pés na parede e dou um empurrão...e yupiiii! Eu escorrego! ( =D ), é tão bom, e após perceber que já to toda molhada eu levanto e esfrego o chão mais um pouquinho.

Joguei mais água na cozinha pra enxaguar né? E depois comecei a rapar a água.

-Lerê lerê... lerê lerê lerê – Já ouviram a musica da escrava Isaura? Então...é essa que eu to cantando.

-Lílian? – Perguntou Vinicius,meu querido irmão.

-Que foi?

-Ta limpando a casa? – Não,to fazendo xixi,aff que irmão anta que eu fui arranjar,mais como eu sou muito educada:

-É.

-Ah,tudo bem,ainda é cedo,vou dormir mais um pouquinho. – E o safado sem vergonha do meu irmão foi dormir,enquanto eu fico aqui limpando a casa...que bonito heim!

Terminei na cozinha e fui pra sala,tirei todas as porcarias que estavam lá, varri,passei pano e tirei pó de tudo,depois fui pro banheiro social,nossa...o que será que fizeram com esse banheiro? Coloquei umas luvas e um daqueles negócios de tampar o nariz, peguei o esfregão e comecei a limpar tudo,logo eu já tinha terminado.

Lá em cima tava tudo limpo pois nenhum ‘convidado’ do meu irmão tinha entrado lá, fui na biblioteca do meu pai,que agora é da minha mãe, e vi que tava tudo direitinho,então só tirei o pó de lá e varri tudo,na sala de visitas tava tudo organizado,pelo visto o povo só desorganizou (e muito) a cozinha,o banheiro,a sala de vídeo e o lugar sem nome aonde meu irmão da as festinhas dele,porque as minhas são todas no mine-salão de festas que tem no fundo de casa.

Fui lá fora e vi que na piscina o Fred já tinha limpado,ainda bem,pois eu não daria conta de limpar tudo sozinha,subi pro quarto da minha mãe e tomei um banho lá mesmo,porque as meninas estavam dormindo ainda,troquei de roupa,pus um macacão bem largo e prendi o cabelo num coque.

Desci pra cozinha novamente e fui preparar o café da manha,mais antes comi uma maçã,porque saco vazio não para em pé,liguei pra padaria,pedi vinte e cinco pães (meu irmão urso, come sozinho, uns 10),pão doce e mussarela, requeijão, presunto e mortadela (e ele só come mortadela acredita?).

Fiz café, fervi o leite,peguei o chocolate em pó e as frutas que tinham na geladeira e montei a mesa,ficou até bonitinho,peguei a torta que eu tinha feito nesse meio tempo, e coloquei na mesa também, contei até dez e como se fosse mágica as minhas amigas já estavam todas lá embaixo,e junto com elas meu querido irmão,Anna quase deu um enfarte quando ele a abraçou pelas costas,deu-lhe um selinho e disse sorrindo “Bom dia!”,é ..esse é o charme Evans.

-Nossa Lílian...tive um sonho estanho com você..sonhei que você tinha limpado a casa acredita? – Disse meu irmão comendo uma maçã.

-Ah..claro...porque a casa se limpou sozinha né? –Eu disse sarcástica.

-Ai Lily,porque você limpou tudo sozinha? Deveria ter nos chamado pra ajudar não é? – Disse Lene,no que todas as meninas concordaram.

-Imagina meninas,nunca que eu as faria limpar toda a zona que tava aqui,ainda mais a Dori, que deve ta com a cabeça doendo – Eu disse.

-Nada a ver Lily,você deveria ter nos chamado sim. – Disse Anna.

-Bom já passou,agora vamos tomar café não é? Apesar de ser a hora do almoço – Eu disse rindo e me servindo.

Logo após todos tomarem café,as meninas fizeram questão de tirar a mesa,o que eu não deixei é obvio,e depois de muita briga eu concordei delas me ajudarem e nós tiramos a mesa e lavamos a louça.

-E agora, o que a gente faz? – Eu perguntei pras meninas.

-Bem gatinhas,vocês eu não sei,mais eu e a senhorita Anna aqui vamos namorar um pouco lá fora né? – Disse meu irmão olhando diretamente pra Anna,que parecia que iria explodir de tão vermelha que estava.

E eles foram namorar né? Você acha que alguma menina recusa o pedido de Vinicius Evans? O cara mais gato do mundo? E não é só porque ele é meu irmão não,mais ele é lindo mesmo,e estranhamente ele não é ruivo, na verdade ele tem os cabelos castanhos e os olhos esverdeados,não chega ao tom esmeralda dos meus mais não deixam de ser bonitos,ele puxou pro meu pai,mais tem os olhos da minha mãe,e eu puxei pra minha mãe,mais com os olhos do meu pai,você acredita que a minha mãe é quase mais ruiva que eu? O cabelo dela é pouca coisa mais clara.

-Gente..’vamo’ joga vídeo-game? – Eu perguntei.

-Ah Lily,nem tem graça jogar mais,você ganha todas,que tal a gente ligar o som bem alto e ficar conversando? – Perguntou Dori,gente...essa minha amiga é muito pratricinha.

-Boa idéia. – Disse Lene, e nós três fomos pra sala e ligamos o som e ficamos conversando,e quando já era três horas a Anna resolveu aparecer.

-Oi gente...cheguei! – Disse ela toda animada,animada demais até.

-Nossa amiga,pelo visto o Vi cuidou bem de você né? E por falar nisso,cadê ele? – Eu perguntei.

-Foi ver uns tals de Marotos,não sei direito. – Disse ela se sentando com a gente.

-O que? Os Marotos? – Perguntou Lene.

-É,acho que são esses mesmo. – Disse Anna.

-Não acredito que eles voltaram! – Disse Lene com um sorriso de orelha a orelha.

-Ai Lene,faz cinco anos que nós somos amigas e eu nunca vi nenhum desses marotos. – Eu disse.

-É que logo que vocês chegaram eles foram estudar em outro país,e sempre que a gente saía de férias nunca dava pra gente se encontrar,apesar deu e o James nos correspondermos por cartas.

-Afinal..quem são esses marotos? – Eu perguntei.

-São o James,Remo e Pedro,mais o Pedro mudou de país e não vai voltar nunca mais,daí no lugar do Pedro eles colocaram outro menino,mais eu nem sei quem é. – Disse Lene fazendo pouco caso.

-Ah...bom ,quero conhecer eles então,mais mudando de assunto....esqueceram que eu tenho um “encontro” com o Rafael daqui uma hora?

-Não..imagina,nós vamos embora tomar um banho e logo voltamos pra te ajudar a se arrumar,você tem que ser a menina mais perfeita do mundo hoje. – Disse Dori,no que as meninas concordaram e foram embora se arrumar.

Subi pro meu quarto e fui tomar um banho,logo logo eu encontraria o ‘amor da minha vida’ e teria que estar perfeita né?

Logo que saí do banheiro as meninas chegaram e começaram a revirar meu guarda-roupa atrás de uma coisa decente pra mim usar.

Enquanto isso Anna me ajudava a arrumar o cabelo e fazer uma maquiagem bem levinha,só um pozinho básico,um blush e um brilho nos lábios e pronto,estava lindo.

Elas escolheram um vestidinho branco,que é perfeito,apesar da cor, e uma sandalhinha baixinha branca também.

Coloquei o vestido, o sapato e soltei os cabelos,as pontas,como sempre estavam encaracoladas,me olhei no espelho e gostei do que vi,meu vestidinho era um palmo acima do joelho,e era de malha,bem soltinho e apertado no peito,tinha um pequeno decote e tinha três palavras escritas de cinza no peito e era aberto nas costas,estava perfeito.......até Dori, a patricinha, vir dar sua opinião:

-Você não vai passar um lápis preto no olho? E um delineador? E o Rimel? –Disse ela pegando tudo aquilo que tinha falado e passando em mim,a até que ela tava certa,ficou bem melhor.

-Pronto,só falta os brincos! – Eu disse.

E peguei um discreto par de argolas prata e coloquei,sorri consigo mesma,estava realmente muito bom,e totalmente discreto,perfeito para uma tarde de domingo na sorveteria.

Anna,Dorcas e Marlene já estavam todas prontas,e já eram quatro horas,então descemos e fomos pra sorveteria né.

Cheguei lá e ele já estava lá,lindo,me olhando com um sorriso no rosto.




________________________

N/ª Desculpem o fracasso que foi esse capitulo...
Com sorte eu consiga postar o terceiro logo...
Esse sim tem alguma coisa de bom!
(eu acho né?)
Beeijooo...
E Respondendo os Coments:

Giovanna Ranieri: Pode me chamar de Vanessa sim, ou de Vá, Vane.. Nessa.. fica a vontade... e eu ta te acc no msn... e não se iluda com o Régulos..as aparências enganam.. Adorei seu coment... e espero mais.. Beejo.

Lethicya Black :Que bom que vc esta gostando...espero que esse esteja melhor que o outro.. beejo.

Carla Luisa : Ebaa.. que bom que você gostou...espero que esse esteja melhor...beejo.

**júh** : Que bom que vc gostou... ta ai o cap. Espero que naum esteja mto ruim.. prometo tentar melhorar no próximo...beejo.

Lyla Garbo: Que bom que vc adorouu.. fique mto feliz com o seu coment, eu tb adoro os marotos... principalmente o Six e o Ti.. espero que goste desse cap. Beejo.

Gentemmm... espero que curtam o capitulo... e como eu to boazinha vou por uma previa do próximo pra vocês:



"-Sarah Evans....você aceita se casar comigo? – Todos no restaurante param de conversar abruptamente e o silencio reinou,todos olhavam o casal apreensivos,esperando a resposta,e muitas mulheres soltavam olhares invejosos para a ruiva...."

"Quando foi perceber o quão estavam próximos e como ele a olhava de um jeito diferente..."

"-Me desculpe – Disse ele olhando para baixo como se tivesse feito algo errado"

"-Oi Lívia! – Disse o menino sorrindo forçado e olhando pesarosamente para a ruiva"

"-Idiota – Disse Lene soltando o menino com um força desnecessária,fazendo o quase cair da cadeira."

"-Credo Lenizinha, nem vai dar um beijo no seu Super James não? – Perguntou um belo menino alto,com porte atlético,cabelos despenteados e com os olhos esverdeados. "


"-Oh não! – Disse a menina olhando pro lado "



Prontoooo né gentemm... se eu por mais num vai ter capituloo...

Beejo.

E Comentem mtooo!







~

Ps: E gentem.. os nomes dos capitulos não seram só nome dos personagens não.. é que por enquanto achei melhor esse nome...

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.