FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. Consequências


Fic: Nada poderá nos separar


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

_ Nós conseguimos - ela falou, abraçando-o.

_ Agora... - Harry ia falar, mas notou que o pingente abrira, ele segurou e leu - “Estaremos sempre juntos, H&H” - em seguida mostrou a Hermione.

_ Eu sabia que ele só estava esperando o momento certo, assim como nosso amor... - em seguida eles se beijaram - Eu te amo, Harry, pelo visto, sempre te amei!

_ Também te amo, Hermione! - disse sorrindo, era como se tudo agora fizesse sentido para eles... Ficaram abraçados por algum tempo, até que Hermione falou.

_ Harry, por que ainda estamos aqui? Bem... Acredito que viemos para vermos o que realmente aconteceu, mas por que ainda não voltamos para o futuro? - Harry se separou dela e a encarou.

_ É verdade, da outra vez não demoramos tanto. Talvez...

_ Ainda precisemos ver alguma coisa - Hermione concluiu.

_ Que mais precisaríamos ver? - Harry questionou. Olharam ao redor, estava tudo em silêncio, ele então olhou seu relógio - Hermione, veja!

_ Mas o que está acontecendo? - os ponteiros do relógio de Harry giravam rapidamente, como se as horas estivessem sendo aceleradas, parou então às nove horas.

_ Mione... - Harry chamou a atenção da garota para a entrada da sala precisa, alguém estava abrindo a porta. Duas pessoas adentraram a sala, um senhor de cabelos brancos, lembrava Dumbledore, mas era mais baixo e mais gordo; e um outro homem, mais jovem que o primeiro.

_ Olhe Garry, veja o que o amor é capaz de fazer para combater o ódio - disse o senhor mais velho. Harry e Hermione ficaram calados, apenas ouvindo.

_ Ainda não posso acreditar que usaram o livro para esse ritual - Garry falou - Senhor, o que vamos dizer?

_ Não podemos fazer mais nada - até o jeito sereno do homem lembrava Dumbledore.

_ Como nada? O senhor é o diretor, tem que fazer alguma coisa! - o homem parecia estar nervoso.

_ Não trazemos de volta a vida daqueles que se foram, Garry.

_ Mas isto é uma escola, diretor, o que vão falar quando descobrirem o que estes alunos fizeram? Rituais sagrados devem ser apenas ensinados aos alunos, não praticados - Garry falou - Acredito que depois desse ocorrido, os rituais que envolvem a vida e a morte não devem ser ensinados aos alunos, retiraremos todos os livros daqui, até mesmo os da sessão restrita!

_ Como queira, senhor Ministro - o diretor falou, Hermione notou a tristeza em seu olhar, diferente do outro, o senhor parecia mais preocupado com o que aqueles jovens sofreram.

_ Estes alunos morreram no dia 14 de fevereiro, por uma causa desconhecida pelos medi-bruxos, é isso que vamos falar! Não tocaremos no ritual do “Amor Eterno”!

_ Não acha que as famílias têm o direito de saber a verdade? - o diretor perguntou.

_ Caso se comprometam a não revelar a sociedade bruxa, conte o que realmente aconteceu - Garry disse friamente - Bogus, meu amigo, faço isso por você! O que os outros pais fariam se descobrissem que dois alunos morreram depois de praticarem ensinamentos da escola?

_ Eu compreendo - o diretor disse.

_ Ótimo! Vou chamar alguém para tirá-los daqui - Garry disse antes de sair, Bogus continuou a fitar os corpos imóveis no chão.

_ Que homem insensível! - Hermione resmungou.

_ Olhe... - Harry apontou para o diretor, ele caminhava lentamente até os corpos dos alunos, abaixou-se e tirou o colar do pescoço de Hilary.

_ Não se preocupem, guardarei para vocês, para quando chegar a hora - o homem disse, colocou então o colar no bolso.

_ Por isso o colar estava com Dumbledore! - Harry falou.

_ Dumbledore? - Hermione perguntou confusa.

_ Sim, ele não me deixou ir até Hogsmead para comprar um presente para você, então me deu o colar. Disse que estava naquele armário há anos...

_ E você aceitou? Se fosse de alguma aluna?

_ Ele insistiu que eu ficasse, ele disse algo como: “Só o tempo poderá explicar...”. Provavelmente ele sabia! - Harry falou.

_ O colar acabou voltando para mim de qualquer jeito - ela sorriu - O que prova que realmente conseguimos!

_ Você ainda tinha dúvidas? - ele a beijou.

_ Não, apenas estou encaixando as peças desse quebra-cabeça! - Hermione sorriu vitoriosa. Eles nem perceberam que o diretor da escola já tinha deixado a sala precisa, só perceberam quando outras pessoas chegaram ao local para tirar os corpos dos alunos.

_ Ainda estamos aqui - Harry disse.

_ É, será que ainda precisamos ver mais alguma coisa? - Hermione perguntou.

_ Seria melhor segui-los, não acha?

_ Certo - os dois deixaram a sala precisa, caminhavam atrás dos dois homens que levavam os corpos de Herbert e Hilary através de um feitiço de levitação. Enquanto passavam, vários alunos pararam para ver, alguns cochichavam, outros olhavam com descaso, e algumas pessoas que pareciam ser da Grifinória começaram a chorar.

Rumaram até a enfermaria, lá uma mulher checou o casal para ver se realmente estavam mortos. Confirmada a morte, ela trocou suas roupas, vestindo vestes brancas, depois, foram novamente levitados para outro local. Harry e Hermione seguiram as pessoas que mais uma vez levitavam os corpos, até que chegaram ao salão principal, o qual já estava lotado. Herbert e Hilary foram colocados em caixões vizinhos, e provavelmente seriam velados ali.

_ Silêncio, por favor - Bogus, o diretor tomou a palavra - Hoje seria um dia de felicidades, afinal, 14 de fevereiro é o dia dos namorados. Contanto, um acontecimento, envolvendo dois alunos, tirou toda a nossa alegria, pois agora não estão mais conosco.

_ Quem se importa? Aquele idiota e a sangue-ruim tiveram o que mereceram! Será que ele morreu envenenado pelo sangue podre dela? - um garoto loiro cochichou entre os colegas, arrancando alguns risinhos maldosos, Hermione tomou um susto ao ver o dono da voz, o garoto era muito parecido com Malfoy. Se apenas ela e Harry não tivessem feito o ritual, garantiria que os dois eram a mesma pessoa.

_ Vem, vamos ficar mais na frente - Harry a chamou, também não gostou da versão Draco Malfoy do passado.

_ Esses jovens que partiram mais cedo, não serão esquecidos! Não somente pelo que eram perante os amigos, mas também pelo amor que sentiam - um burburinho quebrou o silêncio do salão - Herbert Parker, um jovem bruxo de família nobre, pura, como dizem! Hilary Gray, uma das primeiras bruxas cujos pais são trouxas que conseguiu cursar Hogwarts! Será mesmo que a morte deles fora necessária? Será mesmo que o preconceito deveria separar duas pessoas que se amam? Quem somos nós para julgar os outros? Quem somos nós para inferiorizar os outros? Eu tenho culpa no que aconteceu, assim como vocês têm! Todos somos culpados aqui, todos, sim... A omissão também é crime, eu não os condenei, mas também não os apoiei, e esse foi meu erro! Merlim sabe o quanto sinto por tamanha falha - o diretor fez uma pausa, o silêncio tomou conta do recinto novamente - Não podemos trazê-los de volta, mas certamente poderemos evitar que isso se repita. Sei que nem todos se sensibilizarão com o ocorrido, mas acredito que muitos, a partir de hoje mudarão seu modo de pensar e agir, e isto é o melhor que podemos fazer para valorizar o sacrifício desses jovens! Homenagens serão prestadas, o enterro será as seis horas! Obrigado! - ele terminou, todos ainda estavam em silêncio, não sabiam como reagir, então palmas foram ouvidas da entrada do salão principal, um casal acabara de chegar, uma mulher ruiva, olhos extremamente verdes, e um homem moreno e elegante.

_ Mamãe? Papai? - Harry disse, Hermione também se assustou, afinal há algum tempo sabiam que o namoro era proibido pelos pais do garoto. O diretor olhou tristemente para o casal, a mulher chorava muito. Outras pessoas começaram a bater palmas, instantes depois o salão principal inteiro aplaudia as palavras verdadeiras do diretor.

_ Harry, calma - Hermione segurou-lhe a mão, a ruiva caminhou até os caixões e mais lágrimas rolaram sobre seu rosto.

_ Meu filho, perdoa sua mãe - a mulher segurou a mão de Herbert, seu marido, colocou a mão sobre seu ombro - Agora sei o quanto errei, mas eu me achava certa, eu te amava tanto, só queria o seu bem!

_ Pensávamos que o importante era a tradição, era a nobreza, mas agora percebemos que o importante deveria ser sua felicidade - foi a vez do homem falar, ele também chorava. A mulher beijou a testa do filho e disse:

_ Sei que o ritual será apenas para você e sua namorada, mas eu prometo... Prometemos - a mulher olhou com tristeza para o marido - Prometemos que se um dia tivermos a chance de te encontrar novamente, seriamos os melhores pais do mundo, daríamos a vida para você ser feliz novamente - a mulher olhou para o caixão ao lado e deu um pequeno sorriso - Para vocês serem felizes novamente! Espero que no futuro, cuide bem do meu filho, principalmente quando não estivermos mais com ele. Peço perdão a você também, menina, vejo que estava enganada a seu respeito, agora sei o quanto amavas meu filho.

_ Laura, Tomas... - o diretor se aproximou - Acho que gostariam de conhecer os pais de Hilary - um outro casal se aproximou, a mulher tinha os olhos inchados, assim como o marido, mas aqueles não eram os pais de Hermione de agora. Eles conversaram um pouco, Harry e Hermione ainda observavam tudo.

_ Ela se arrependeu, Harry - disse Hermione, Harry assentiu com a cabeça - Tanto que teve uma segunda chance, assim como seu pai. E realmente eles te amaram muito, meu amor! Eles deram a vida por você!

_ É, eu os perdôo - ele disse e olhou para Hermione.

_ Eu também os perdôo, meu amor - Hermione falou, Harry aproximou seu rosto do dela, e a beijou, de maneira suave e delicada, foi então que sentiram a luz emanou do chão e tudo começou a girar, eles finalmente voltaram para o futuro.

_ Estamos de volta - Harry falou, seu relógio marcava quinze para meia-noite - No mesmo horário que fomos.

_ Agora sabemos tudo que aconteceu, não é mesmo?

_ Sim.

_ Nos apaixonamos há cem anos atrás, não pudemos ficar juntos, então realizamos um ritual antigo, agora, quando provavelmente reencarnamos na mesma época, nos reencontramos, e no momento certo, nos apaixonamos novamente - ela falou, estavam sentados num dos sofás do salão comunal da Grifinória.

_ Tudo isso, para eu te ter assim nos meus braços novamente - Harry falou e beijou seu pescoço - Eu te amo, Hermione, promete que nunca vai me deixar?

_ Prometo, nunca vou me separar de você, Harry! Também te amo! - ela falou - E sua mãe pode ficar tranqüila, eu vou cuidar muito bem de você - Hermione o beijou.

_ Que acha de ficar aqui e virarmos o dia juntos? Assim poderei desejar feliz dia dos namorados nos primeiros instantes do dia - Harry sugeriu.

_ Adorei a idéia - Hermione sorriu - Seu presente está lá em cima, quer que eu vá buscar?

_ Meu maior presente é você, minha linda!

_ Bobo - ela deu um tapinha nele e corou.

_ Já disse que você fica ainda mais linda com vergonha? - Harry perturbou.

_ Pára Harry, você sabe que eu tenho vergonha!

_ Já disse que não precisa ter vergonha de mim - ele acariciava o rosto dela.

_ Eu te amo - ela disse.

_ Também amo você! - Harry olhou para o relógio, faltava poucos minutos, ele então a beijou, quando finalmente precisaram parar o beijo para respirar, ele encostou a testa na dela, deixando os rostos bem próximos e sussurrou - Feliz dia dos namorados!

N/A: Hum... ¬¬ Sei que o capitulo ficou pequeno, desculpem-me, mas eu queria mostrar o que aconteceu após a morte deles, mas tb naum dava p começar outra coisa ainda... Então o capitulo ficou só isso mesmo, espero q vcs curtam! Oh gente, sei q falaram p eu parar de pedir desculpas, mas acho q esse cap merece um pedido de desculpas, pq ele n fico muito legalz naum, entaummm desculpemmmm-me!! Desculpa a demora gente, mas vcs sabem q o tempo eh curto, ehehhehe!! Atualizarei o mais breve possivel, oks?!

N/A 2: Agradecimentos especiais à:

Paulinho: Ahh, ficou legalz mesmo?! Fiquei morrendo de medo de ter ficado ruim, demorei um tempao p conseguir colocar no Word a ideia q tinha p o ritual, hehehehe e acabou saindo aquilo e fiquei achando q talvez n agradasse vcs, mas fico feliz de saber q vcs gostaram!! Muito obrigada pelo comentário, atualizei essa finalmente neh, hehhehehe, e outras fics minhas tb, se quiser dá uma passada lá fique a vontade!! : ) Valeuz pelo comentario, beiju!!

Mariana: Ahh, fico tão feliz de saber que o cap naum ficou um desastre, heheheheheh, mas como eu disse, fiquei c medo de n ter ficado legalz!! : )) Muito obrigada pelo seu comentário, pode deixar que vou me policiar em relação a pedir desculpas, heheheheh, mas eh q eh inevitável, afinal se naum conseguir fazer a fic legal eu devo desculpas a vcs que acompanham a fic!! E, por favor, naum ache que seu comentário foi “um chute no saco”, claro que naum, eu adoro todos os comentários q recebo e confesso q se n fosse por eles já teria deixado de escrever a muito tempo, afinal ia ficar achando que ninguém gostava do que escrevia!! : )) Valeuz mesmo!! Bjus!!

Bruninha: Ohh amigaaaa, fiz vc chorar foi?! : )) Ahh, naum imaginei que fosse fazer alguém chorar c o capitulooo, isso me deixou muito feliz, pq significa que consegui fazer o ritual emocionante como queria!! : ) Mas eh claro q naum quero que vc chore... : ) Ahh... Sinceramente eu tb naum acredito nesse tipo de amor, mas como uma ultra-romântica é claro que sonhar não tem problema naum eh mesmo?! Afinal quem não queria um amor assim... : )) Brigada pelo comentário miga, dorooo muitoo vc!! grande bju!!

Tami: Migaaa, ahhh, que bom q vc tb gostouu, desculpa ai ficar enchendo vcs com pedidos de desculpas, mas eh pq fico morrendo de medo que fique ruim, sabe... : ) Ahh, naum naum, a fic ainda naum acabou... Dava p eu acabá-la sim (Se eu naum conseguir mais capítulos eu faço um epílogo e finalizo a fic), mas ainda tenhu umas idéias entaum ela vai ter mais alguns caps, mas n serão muitos naum (Acho q já disse q era p ser uma short, neh?! Ehhahuahuauha, nunca consigo!). Ahh, naum precisa agradecer, comento nas suas fics com o maior gosto miga, eu adoroooooo elas!! Espero q vc tenha atualizado viu?! Fiquei super ansiosa e vc n postou semana passada : ( hehehhehe, mas entendo q foi falta de tempo!! : ) Tb adoroooo vc!! bjaum!! Valeuz por comentar!! : ) Ah, sim eu vejo q a comunidade cresce... Brigada por criá-la, Tami!! Espero q as pessoas continuem curtindo minhas fics! Bjus!!

Nathalia Rosa Potter: Obrigada pelo comentário, que bom q vc curtiu o capitulo!! : )) Ainda espero atualizações viu?! Raí ai!! : )) Vê se atualiza logoooo!! Bju!!

Dri: Ahh, muito obrigada pelo comentário, ehehheehe, fico super feliz de saber q vc curtiu o capitulo, nossa foi dificil fazer aquele ritual, as frases... Mas fico feliz q consegui fazer direitinhu e q vcs tenham curtido!! Sei q o cap novo foi pequeno e n foi lá essas coisa toda, mas... : ) Foi pq naum dava p colocar mais nada, se naum ficaria muito grande!! : ) Mas tentarei fazer o próximo bem melhor!! Bjus!!

Hermione Seixas: hauahuahuhauha, td bem, falei brincando (bom... Mas que eu ficquei me sentindo velha, eu n nego, ehehheehe). : )) Ahh, vou sim lá nas suas fics, esse fim de semana vou ler todas, vi q vc cadastrou varias, tow louca p ler... : )) Sei cm eh isso, tb já tive algumas fics derivadas de aulas, heheheheheh!! : ) Brigada pelo comentário!! Bjus!!

Lila_Granger: Brigada pelo comentário, hehehhee, que bom q vc ta curtindo a fic, brigada ai por desejar muitas inspirações p mim, hhehehehe!! : ) Eii... Quando vc atualiza suas fics, ein?! Demora naum!! : ) Tow esperando viu?! Bju!!

Fefys Malfoy: Valeuz pelo comentário, que bom q curtiu o último cap, espero q goste deste tb, ehehhehe, apesar de muito curto!! : ) bju!!

Isa: Valeuz por comentar, finalmente nos falamos n foi?! hehehehehe!! : ) Adorei tc c vc, espero q a gente se fale novamente!! Que bom q vc curtiu o capitulo!! Brande bju!!

Clare: Sumidaa, tow c saudades suas viu?! E ai, vc já atualizou sua fic!? Oh lá viu!? : )) Ah sim, um pouco sinistro heheheheh, mas tinha q ser assim p eles entenderem o que aconteceu! Valeuz por coemntar!! Adorooo vc, miga!! Grande bju!!

Mione03: Oii, brigada pelo comentário, eu sempre adorei seus comentários, fiquei c saudades suas : )) Bom... Eu fico pedindo desculpas pq sei la, fico achando q n ta legalz, mas fiquei muito feliz de saber que vcs curtiram o capitulo!! Sei q o cap ficou minúsculo e n muito bom, mas espero q curta!! Bjaum!!

Thai: Miga, eu adoreii seus comentários, ehhehehehehe, quer dizer q vc até imprimiu a fic?! : )) vilxe, e aquele foi um dos maiores caps q já fiz! : ) Espero q seu pai n tenha brigado contigo! Hauhauahuaa, quer dizer q eh a primeira vez q vc chora de felicidade numa fic minha, eh?! : )) Eita, eu nem tenhu tanta fic triste assim... : ) hehehhehehe!! Ohh miga, tai ai o cap novo, sorry... Naum ficou muito legalz naum, além de ter ficado pequenininhu! : ( Mas vou tentar melhorar nos próximos, viu?! E sim... aquele menino eh um “Draco” do passado, naum exatamente cm o Harry e a Mione, mas só alguém q inferniza a vida dos outros! Hum... Quer dizer q vc queria casar c ele, eh?! : )) Ahh, o Draco eh muitoo fofo sim!! : ) Falando nisso... Fiz uma songfic essa semana, é uma DG, acho q vc lê DG tb, neh?! O nome é “Taking Over me”, se quiser dar uma olhadinha, esteja a vontade! Ah... Bárbara só faltou me bater sabia?! Chego aqui em casa EXGINDO (isso mesmo, jogou o disket aqui em cima e quase gritou: FAÇA A CONTINUAÇAO!!) continuação, hauahauahuahaua, mas só se der e a imaginaçao vier eu faço uma continuação! : ) Já dá p imaginar pq ela pediu continuação neh?! ; ) Se n entendeu, se lê vc entende!! : ) Surpresa!! Hehehehehe!! Brigadao pelos comentários, bjus!! Dorooo vc!! Atualizaaa tuas fics tb, ta?!

N/A 3: Bom, até o proximo capitulo, o qual tentarei fazer bem melhor, oks!? Grande beiju a todos, muito obrigada por lerem, votarem e comentarem!! Bju!! Pink_Potter : )

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 2

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Gabriel_Granger_Potter em 19/04/2020
Nota: 0

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Isis Brito em 13/02/2012

Owwwnnn!! *-------------*
Enfim, juntos...
Mesmo depois de todo preconceito, tantas barreiras, tantos anos... Eles enfim estão juntos... Eles enfm poderão aproveitar esse amor, em todo o seu esplendor... *-------* 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.