FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

20. A misteriosa Mensagem do medal


Fic: HARRY POTTER E O MANUSCRITO SERÊIACO DEPOIS DE MUITO TEMPO, ATUALIZADA FINALMENTE :D Cap. 30 \o/ (comentem)


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

20°A misteriosa mensagem do medalhão

O garoto então se aproximou, e abriu a gaveta.
Uma luz intensa invadiu o quarto.Tão forte, tão forte, que Harry mal conseguia manter seus olhos abertos.O medalhão então, começou a tremer violentamente e de seu interior, saia uma fumaça branco-azulada, que começou, lentamente, a formar palavras no ar.
Ele deixou apenas uma fenda nos olhos, na esperança de fixar as palavras e conseguir ler o que o medalhão tentava mostrar á ele.
Demorou até que Harry conseguisse distinguir as letras e formar palavras.Mas enfim ele conseguiu ler.

“A minha destruição será encontrada,
Onde poucas pessoas podem chegar.
Perto de onde fui encontrado você deverá buscar,
Para meu destruidor fatal encontrar.”

De repente, o medalhão parou de tremer, a luz se apagou e as palavras aos poucos foram se diluindo no ar.
Harry, ainda estava em transe.Como?pensava ele.Como o próprio medalhão deu uma pista para chegarmos á sua destruição?
Ele então saiu em disparada do seu quarto.No corredor, esbarrou em Dobby, que acabava de começava a descer as escadas.
Harry então, passou por cima do elfo doméstico, é continuou correndo até chegar á cozinha.
Chegando lá, encontrou os outros sentados, Neville e Rony conversando alegremente sobre quadribol, enquanto Hermione, Gina e Luna, disputavam um campeonato de xadrez de bruxo.
-O medalhão!- disse Harry ofegante- Enigma....destruir...
-Calma Harry!-disse Hermione muito preocupada, levantando-se.-O que houve?
Harry se acalmou aos poucos, e contou toda a história.Ao fim dela, Rony estava pálido, e Hermione fazia uma careta, indicando que estava pensando em algo muito importante.
-Porque?-questionou Gina.-Porque Voldemort iria querer dar a pista de como destruir uma coisa tão importante pra ele?
-Foi exatamente isso que eu me perguntei.-esclareceu Harry.
-Calados!Por favor!-pediu Hermione- Não vêem que eu estou pensando?
Rony abafou uma gargalhada.
-Cala a boca imbecil.-brigou Gina com o irmão.
-Isso vale pra você também Rony.-disse Hermione, muito séria.
Passaram-se alguns minutos, no total silêncio.Não se ouvia nada, a não ser pelo barulho de água pingando, que vinha da torneira enguiçada.
Umas ou duas vezes, Hermione se levantara e ameaçara falar alguma coisa.Mas segundos depois, se sentava de novo e recomeçava a pensar.De vez em quando ela sussurrava algo com: “não pode ser...”ou “ás vezes acontece”.
Até que enfim, seu rosto foi tomado por uma alegria incomparável.
-Já sei!
Todos se entreolharam.
-Já sabe o que quer dizer o enigma?-perguntou Luna simploriamente.
-Não.-respondeu Hermione.-Descobri, quem deixou esse enigma pra você Harry.
-E quem foi?-perguntou Neville, agora muito curioso.
-Régulo Black.
-Mas...porque?-indagou Harry.-Se ele sabia como destruir a horcrux, por que ele não a destruiu ao invéz de ter o trabalho preparando um enigma, ou outra coisa qualquer?
-Com certeza algum motivo ele teve.E não foi qualquer motivo á toa.-completou a garota.
-E você sabe esse motivo?-perguntou Gina.
-Não.Mas faço idéia do que seja.
-O que você acha que é?- foi a vez de Luna perguntar.
-Vocês vão saber, e tomara que não demore muito tempo.-disse ela, finalizando o assunto, e correndo em direção a escada que levava aos quartos.
-A Mione e seus mistérios.-disse Rony, bravo.
-Ronald, sempre que ela faz isso é por que ela quer confirmar a sua idéia antes de nos dar falsas esperanças.-explicou Gina.-é melhor assim.
-Mas se ela falasse, nós poderíamos ajuda-la.
-Bem...Acho que ela prefere ficar sozinha nessas horas.-opinou Luna.
-Eu acho também.-disse Neville.
Durante os dias seguintes, mal se via Hermione fora do quarto.De lá, ela só saia para fazer as refeições, e nada mais.
O mesmo podia se dizer dos Durleys que nem pra isso saiam.Era como se não estivessem ali.Harry achava isso maravilhoso.Não queria ter que agüentar Duda.
Uma semana já se passara nessa mesma rotina.E Hermione, não dava a mínima pista de quantas andava sua pesquisa.A única coisa que se sabia, era que ela ficava todos esses dias mexendo nos papéis que Dumbledore á entregara.Essa informação fora passada por Gina, que dormia no mesmo quarto que ela e podia ter uma noção do que a amiga estava fazendo.
Todos já estavam quase desistindo de descobrir aonde Hermione queria chegar com aquela história.
Descobrindo quem fizera o enigma, não fariam nenhum progresso, pois o que realmente queriam era desvendar o enigma, para tão logo, achar a destruição do medalhão.

Os dias estavam se passando tão rápido que os garotos mal podiam ver.
Aquela noite estava fria e chuvosa, e Harry estava na sala de visitas, sozinho, e tinha como passatempo ver as chamas da lareira crepitarem elegantemente.Então, quando menos o garoto esperava, Gina entrou na sala, silenciosamente.
-Harry?- perguntou ela baixinho.
Harry se virou e olhou para a garota, que chorava.
-O que foi Gina?O que aconteceu com você?-perguntou ele levantando-se de um salto da poltrona e indo até a ruiva.
-Ah Harry!- resmunou Gina, caindo no choro, nos ombros de Harry.-Eu sinto tanto a sua falta....Você não sabe o quanto eu queria que voltasse tudo ao normal.
-Gina...Eu também te amo Gina.Mas...
-Mas o que Harry?- falou ela brava.-Você tem medo que eu morra?
-Não só isso Gina....Sua família me odiaria se você morresse por minha culpa.
-Harry!Será que você não entende?Eu não to nem aí pra minha família.E se for pra continuar sem você, eu preferiria morrer!Não agüento mais, olhar pra você, sem poder te beijar Harry.Eu te amo.Será que você não entende?
Harry nem parou pra pensar.Naquele momento, tudo que ele queria era ter Gina novamente em seus braços.Ele então, a beijou.
Foi como se flutuassem.Harry não sentiu mais nada.Aqueles foram os melhores momentos da sua vida.
-Gina, eu te amo.Quer namorar comigo?-pediu Harry.
-É tudo que eu mais quero Harry Potter.É tudo que eu mais quero.
Eles então, saíram de mãos dadas da sala,e seguiram até a cozinha, onde comunicaram a todos que tinham voltado a namorar.
Rony foi o único que não ficou muito feliz com a noticia, mas do mesmo jeito parabenizou os dois.
Estavam todos comendo alegremente, enquanto conversavam.De repente, entra na cozinha, muito acuado, o primo de Harry.Duda.
-O que você quer aqui Duda?-perguntou o garoto.
-Só queria sair um pouco daquele quarto.Estou cansado de ficar trancado.Aproveitei que a mamãe dormiu, e vim aqui esticar as pernas.
-Parece que sua mãe não gosta mesmo da gente né?-perguntou Gina.
-Na verdade nós temos...sabe...um certo...medo.
-Medo de que?-caçoou Harry.-De nós te transformarmos em um sapo?
Duda ficou vermelho de raiva, se virou e subiu as escadas novamente, pisando duro.
-Já nós não temos medo de você não grandalhão.-ameaçou Rony.
O barulho diminuiu.Todos riram.
Hermione então se levantou e disse:
-Com licença.Vou subir pra continuar minha busca.
Harry continuou com os amigos por mais algum tempo, e logo subiu para seu quarto.Novamente, não conseguiu dormir, pensando no que tanto Hermione se empenhava em achar.O garoto imaginava que seria algo de extrema importância, para ela estar perdendo tantas horas do seu dia naquilo.
Quando Harry acordou no outro dia, pensava que tinha dormido apenas alguns minutos.Se vestiu, e desceu até a cozinha onde encontrou a mesa já posta.
Gina, já estava sentada, e logo que viu Harry, se levantou da cadeira e foi ao encontro do garoto.
-Boa Dia!
-Dia Gina.
Logo, Rony, Luna, e Neville já tinham descido também.Só faltava Hermione, mas eles nem se preocuparam.Ela já não aparecia pra tomar café junto com eles há alguns dias.Porém, eles tiveram uma surpresa.Hermione apareceu apressada na cozinha.
-Descobri!
-Onde?-perguntou Luna.
-Onde o que?
-Onde está o destruidor do medalhão.-completou a garota.
-Não!Não foi isso que eu descobri.
-Foi o que Mione?-apressou-a Gina.
-Verdade.Fala logo...
-É uma longa história...-começou Hermione.Mas foi interrompida por um grande estardalhaço.
-O qu...Ahn...Dobby!
-Desculpem!Dobby não tinha a intenção....
O elfo tinha derrubado vários pratos e panelas no chão.
-Ora Dobby.Nós sabemos.Eu já concerto isso.-disse Gina.-Reparo!
Em um instante, eles já tinham limpado toda a bagunça, e convidado Dobby para ouvir a história também.
-Continuando...-começou Hermione, novamente.-Essa é uma longa história.Que começa há milhares de anos atrás.
-Então comece logo, pô!- disse Rony.
-Calma Rony.
-Mas é verdade Mione!Essa sua enrolação já ta enchendo.- brigou Harry.
-Cada vez que eu vou começar alguém me atrapalha!
-Então ninguém mais, a não ser a Hermione, fala ok?- pediu Gina.
Os outros concordaram com a cabeça.
-Que começa há milhares de anos atrás, em um lago no sul da Grã-Bretanha.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.