FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

12. Um prima para Hermione


Fic: Nada poderá nos separar


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

A casa estava em silêncio, enquanto a mulher encontrava-se preparando o almoço, seu marido lia algumas notícias no jornal. Tudo na mais perfeita ordem, até que a campainha toca.

_ Deixa que eu atendo, querida - o homem falou - Deve ser ela... - ele então caminhou até a porta, mas quando a abriu não encontrou quem imaginara.

_ Bom dia - a garota falou, o homem a olhava intrigado, era como se aquela menina lhe fosse familiar.

_ Bom dia, o que deseja? - perguntou gentilmente, a garota sorriu e ele podia jurar ter visto seus olhos brilharem.

_ Preciso falar com o senhor e com sua esposa - ela avisou.

_ Mas quem é você? - o homem perguntou.

_ Melissa - ela falou.

_ Melissa? Mas... Que Melissa? - questionou sem entender.

_ Melissa Granger, sua sobrinha... Não lembra de mim, tio?

_ Você não me é estranha, mas... - a garota realmente tinha traços da família, mas ele não a reconhecia.

_ Não vai me convidar para entrar? - perguntou naturalmente, sua mão direita em seu bolso, como se estivesse preparando-se para atacar.

_ Bom... Eu... - o homem não sabia o que responder, jamais vira aquela garota na vida, e agora ela pedia para entrar!

_ Se não vai me convidar, eu mesmo me convido! - a menina retirou algo do bolso e ele então viu a varinha - Sinto muito, mas você me obrigou a isso! Imperius! - ela falou, o homem então deu espaço para que a garota entrasse em sua casa.

_ Querido, o que aconteceu? - a mulher veio em direção à sala e encontrou o marido e a garota em pé, fechando a porta - Quem é você?

_ Melissa Granger - ela informou - Sua sobrinha!

_ Sobrinha? Mas eu não tenho nenhuma sobrinha - a mulher disse, não entendia o que se passava.

_ Agora tem! Para perto dela - apontou a varinha para o homem e ele caminhou até sua esposa, ela agora olhava assustada a menina a sua frente.

_ Você é um bruxa? - a mulher perguntou olhando apavorada para o marido que parecia em transe.

_ Exatamente - ela respondeu, a garota também olhava de maneira diferente para a mulher ali a sua frente - Desculpe, mas eu não tenho mais tempo!

_ Como assi... - a mulher ia perguntar, mas era tarde demais.

_ Memorie Change! - a menina disse enquanto apontava a varinha para as duas pessoas a sua frente, uma luz amarela atingiu o casal enquanto ela se aproximava - Eu sou Melissa Granger, filha de Peter e Sara Granger. Cheguei há uma semana da França, vim de uma escola de Magia de lá para estudar na escola de aurores de Londres! Meus pais faleceram num acidente de carro há alguns meses e por isso resolvi me mudar para cá! É isso que vocês precisam dizer de mim, quando Hermione chegar! Entendido?

_ Sim - os dois falaram em uníssono.

_ Perfeito - a menina balançou de leve a varinha e os dois pareceram acordar - Primeira parte do plano executada! - disse baixinho.

_ Melissa, querida - a mulher falou - Sentimos tanto pela morte da Sara e do Peter - ela abraçou a garota que sorriu satisfeita.

_ Jane, prepare um lanche para nossa sobrinha - o homem disse - Vamos para a sala, logo sua prima vai chegar! Ela ficará muito feliz em lhe ver!

_ Ah sim, Hermione vai adorar reencontrar sua prima tão querida - a mulher disse enquanto caminhava para a cozinha.

_ Também ficarei muito feliz em revê-la, tio - a garota falou com um largo sorriso nos lábios.

Enquanto isso, há poucos quilômetros dali, Hermione preparava-se para aparatar perto de sua casa, como prometera passaria o fim de semana em casa, e no domingo à tarde, Harry passaria lá para rever seus pais e buscá-la.

_ Então, até domingo - ela falou, Harry estava a seu lado.

_ Será o sábado mais longo da minha vida - ele disse enquanto beijava seu pescoço.

_ Eu te amo, vou ficar com saudades - ela falou e o abraçou forte.

_ Amanhã, umas duas horas, eu passo lá - Harry avisou.

_ Certo - Hermione fechou os olhos por alguns instantes, uma sensação estranha percorreu seu corpo, sentiu um calafrio.

_ Algum problema? - perguntou Harry preocupado.

_ Não, só senti um calafrio - ela falou - Melhor eu me apressar, ou chego tarde para o almoço!

_ OK - Harry a beijou nos lábios - Eu te amo!

_ Eu também te amo! Tchau - ela disse e depois aparatou perto de sua. Como seus pais eram trouxas, Hermione preferia aparatar perto de casa e caminhar até lá para não levantar suspeitas em vizinhos. Quando chegou em casa, tocou a campainha e logo seu pai veio abri-la.

_ Hermione! - ele a abraçou - Que saudades, filha!

_ Também estava com saudades papai - Hermione falou.

_ Vamos, entre! - ele convidou e tomou a pequena sacola das mãos de Hermione - Querida, ela chegou!

_ Nossa, que cheirinho bom - Hermione elogiou ao entrar.

_ Hermione - a mãe dela apareceu e também a abraçou - Como você está filha?

_ Bem mamãe, e vocês? Tudo bem aqui? - ela perguntou enquanto cainhavam até a sala.

_ Sim, tudo bem! Exceto uma fatalidade que aconteceu há alguns meses, mas você não ficou sabendo - a mulher disse.

_ Fatalidade, que fatalidade? - perguntou Hermione sem entender.

_ Meu irmão Peter e sua esposa, Sara, morreram num acidente de carro lá na França - a mulher falou.

_ Irmão? Mas a senhora é filha única, mamãe! Não tem nenhum irmão - Hermione falou sem entender.

_ Claro que tinha - Jane afirmou.

_ Não, não tinha - a garota olhou preocupada para a mãe, jamais soube desse irmão de sua mãe. Seu pai parecia tranqüilo - Papai, o senhor sabe que ela não tinha um irmão!

_ Mione, querida, você era pequena quando eles foram morar na França, mas você os conheceu sim - Hermione estava achando aquilo muito estranho - Você não se lembra nem da Mel?

_ Mel? Mas que Mel? - perguntou Hermione completamente confusa.

_ Eu, sua prima Melissa - a garota entrou na sala, Hermione olhou assustada para a menina a sua frente.

_ Q-quem é você? - perguntou Hermione, seu coração disparou, mas ela não sabia o porquê, uma sensação estranha percorreu seu corpo novamente ao olhar para aquela garota. Ela tinha os cabelos castanhos lisos, mas com cachos nas pontas, a pele branca, era mais ou menos do seu tamanho, e os olhos verdes. Hermione não tinha como negar fisicamente que não parecia prima da garota, se andassem juntas passariam até por irmã.

_ Melissa, minha filha - Jane aproximou-se da suposta sobrinha - Ela se parece muito com você, querida. O mesmo sorriso, o formato do rosto - Jane olhava para as duas felicíssima - Só os olhos que a Mel parece ter herdado do pai!

_ Mas, mas... - Hermione ainda não sabia o que dizer, quem era aquela garota? Jamais em sua vida ouvira falar sobre uma prima, muito menos sobre um tio que morava na França! Melissa permanecia calada, só observava atentamente Hermione, mas tinha um grande sorriso nos lábios.

_ E sabe o que é mais maravilhoso, Hermione? - seu pai perguntou - Ela está indo para a mesma escola que você freqüenta!

_ COMO? - Hermione gritou de susto - Você é...

_ Uma bruxa - Melissa falou - Acabei de me formar lá em Beauxbatons, mas com morte dos meus pais não fazia mais sentido eu continuar na França, então optei pela escola de aurores de Londres!

_ Vai estudar na mesma escola que eu? - perguntou Hermione.

_ Sim, amanhã será meu primeiro dia! Ficarei feliz por estudar no mesmo lugar que minha prima - a garota falou. Hermione não respondeu, apenas a fitou.

_ Bom, vamos almoçar, tenho certeza que vocês terão muita coisa para conversar - Jane falou.

Durante o almoço, Melissa conversava naturalmente com os pais de Hermione, contando como era sua vida lá na França. Hermione limitava-se a observá-la, aquilo tudo ainda lhe parecia muito estranho, afinal ela era a única que não se lembrava, era como se alguma coisa não estivesse certa, como se tudo aquilo não fosse verdade. Será que Melissa era uma espiã de Voldemort? Se fosse, o que estaria fazendo em sua casa, qual sua intenção? Teria ela aquela aparência ou tudo não fazia parte de um disfarce para se parecer com ela? Perguntas e mais perguntas iam e vinham na cabeça de Hermione.

Quando terminaram o almoço, Hermione e Melissa ajudaram Jane na cozinha, e depois todos conversaram mais algum tempo na sala, até que Hermione dirigiu-se até seu quarto. Deitou em sua cama e ficou a imaginar mil e uma possibilidades para a chegada de Melissa em sua casa, cada uma mais improvável que a outra, mas a idéia dela ser mesmo sua prima era a única que Hermione não conseguia julgar como possível... Não esqueceria de um tio, de uma prima... Sua mãe sempre fora filha única, não seria possível ter ser diferente disso!

Estava cansada, então acabou adormecendo, contudo assim que visse Harry contaria o que ela acreditava ser a verdade. A porta do seu quarto se abriu e alguém entrou ali. Caminhou até perto de sua cama e parou, ficou a observá-la dormindo... Não soube ao certo quanto tempo ficou ali, admirando-a tão perto, até que julgou ser o momento de sair, seria perigoso se ficasse muito mais tempo...

Quando acordou, já era quase noite. Hermione levantou-se e foi até seus pais, encontrando-os com a tal Melissa. Ela observou por alguns instantes, a garota parecia muito bem ali, parecia feliz, era como se realmente já conhecesse seus pais. Será mesmo que ela era sua prima? Não, ela tinha certeza que jamais tivera uma prima!

_ Hermione, finalmente acordou - Jane falou.

_ Venha, sente-se aqui conosco - seu pai convidou, Melissa lhe sorriu timidamente, Hermione sentia como se pudesse confiar nela, mas... Aquela historia estava muito mal contada.

_ Não, eu vou ver a Lisa - Hermione falou, Lisa era uma antiga amiga de Hermione, eram vizinhas desde os quatro anos.

_ Tente não chegar muito tarde - Jane pediu.

_ OK - Hermione deixou a casa.

No dia seguinte, não tocaram mais no assunto do irmão de Jane, apesar de Hermione ainda não acreditar naquela história, quando estava perto do horário que marcara com Harry, Hermione se arrumou e desceu, passara quase toda manhã em seu quarto evitando Melissa. Quando a capainha tocou, ela mesmo foi abrir.

_ Harry - ela abraçou o namorado e o beijou.

_ Boa tarde, meu amor - Harry falou - O que aconteceu? - ele conhecia aquele olhar preocupado de Hermione.

_ Aconteceu algo muito estranho - ela sussurrou - Apareceu uma...

_ Harry, querido - Jane apareceu - Filha, faça seu namorado entrar.

_ Boa tarde, Sra. Granger - Harry entrou na casa, olhando preocupado para Hermione.

_ Harry - pai de Hermione veio recebê-lo - Tudo bem com você?

_ Sim, tudo bem! E vocês, como estão? - Harry perguntou.

_ Todos muito bem também, mas venha! Vou trazer algo para você - a mãe de Hermione saiu enquanto os outros caminharam para a sala.

_ O que você tinha para falar? - Harry perguntou sussurrando para Hermione.

_ Você já vai ver - ela disse isso, quando Harry entrou quase caiu pra trás ao ver Melissa. A garota o olhou de cima a baixo, parecia ter ficado muito feliz ao vê-lo.

_ Ah... Essa é a Melissa, prima de Hermione - o Sr. Granger disse. Harry olhou para Hermione confuso.

_ Não sabia que você tinha uma prima - ele disse.

_ Nem eu - Hermione sussurrou.

_ Harry Potter - ele disse, Melissa foi até ele e estendeu a mão.

_ Melissa Granger, muito prazer - ao aceitar o aperto de mão, um calafrio percorreu o corpo de Harry, e por um momento ele sentiu uma leve tontura, dando um passo para trás, quando fechou os olhos ele ouviu uma voz distante, mas muito familiar, gritar: “Harryyyy”.

_ Harry, tudo bem, meu amor? - Hermione o segurou preocupada.

_ Sim, só fiquei um pouco tonto - ele respondeu enquanto olhava intrigado para Melissa.

A tarde não demorou a passar, conversaram mais um pouco, contudo Hermione ainda não tivera tempo para contar a Harry sobre sua “nova” prima. Quando chegou a hora de partir, despediram-se dos pais de Hermione, e os três caminharam em silêncio até achar um lugar seguro para aparatar. Assim que chegaram à escola de aurores, Melissa foi até a direção, enquanto Hermione e Harry seguiram para os dormitórios.

_ Hermione, quem é essa garota? - ele perguntou enquanto caminhavam.

_ Eu não sei, quando cheguei em casa ontem, meus pais falaram que ela tinha vindo da França e que era filha de um tio Peter que nunca soube que existiu - Hermione respondeu.

_ Como assim?

_ Harry, minha mãe é filha única, sempre foi! Não é possível que ela tivesse um irmão e eu nunca fiquei sabendo - ela disse.

_ Tem certeza que você não o esqueceu? - ele perguntou - Seus pais pareciam conhecer e gostar muito dela.

_ Tenho certeza absoluta, há algo errado nisso tudo! Porém, eu não consegui detectar nenhuma aura maligna vindo dela - Hermione falou.

_ Eu também não detectei nada, mas talvez a razão seja porque ainda somos inexperientes nisso - ele disse - Vou falar com a Tonks mais tarde, ela com certeza saberá detectar se há alguma aura maligna nessa garota.

_ Ótimo - Hermione falou - Eu não sei, mas... Não tenho certeza se posso confiar nela!

_ Mione - Gina chamou, ao virar para o lado, avistaram a ruiva vindo - Que bom que chegaram! Nossa, estou tão entusiasmada! - o casal sorriu.

_ E então, conseguiu mudar o quarto? - Hermione perguntou.

_ Não, disseram que não poderiam colocar mais uma cama no seu quarto, o máximo é três garota em cada quarto - Gina disse - Então eu pedi para colocar você em outro!

_ Quê?

_ É, vamos dividir um quarto, juntamente com outra garota. Foi uma espécie de troca, uma aluna nova é amiga das suas colegas de quarto, então ela ficará no seu lugar, enquanto você se mudará para outro quarto - Gina explicou.

_ Tudo bem - Hermione sorriu - Melhor irmos logo, quero ajeitar minhas coisas no outro quarto.

_ Eu ajudo você, Mi - Harry disse.

_ Obrigada, meu amor - Hermione o beijou. Os três então caminharam juntos, o dormitório feminino era à direita, enquanto o masculino era à esquerda.

_ É ali, quarto 26, Mione - Gina apontou - Olhe, deve ser a nossa colega de quarto!

_ Melissa?! - Hermione disse ao reconhecer a garota que estava com a chave do quarto 26 também.

_ Nossa, ela é sua parente, Mione? - perguntou Gina olhando de Melissa para Hermione.


N/A: ¬¬ Primeiro peço desculpas pela demora... Gente mais uma vez, chego perto do vestibular, esse é o mês da revisão e eu tow tendo aulas pela manhã e pela tarde todos os dias, então não poderei fazer atualizações por alguns dias, mas prometo que depois dos dias 20 e 21 (vestibular da UFBA) tudo volta ao normal, quer dizer... Até janeiro, pq ai será o mês de revisão p vestibular da UEFS, ehehhehe, entaum em janeiro Pink pára novamente! Peço a compreensão de vcs, sei q a demorar em atualizar é horrível, mas assim que eu puder, eu atualizo!! Também peço desculpas pelo capitulo... Fiz correndo, e naum ficou lá essas coisas! Tentei ao máximo manter o suspense sobre quem é a Melissa, mas talvez muitos já imaginem quem ela é... : ) Num vai dar p manter o mistério até os últimos caps, mas td bem, ehhehehhee, acho que no próximo td mundo já deve ficar sabendo quem ela eh?! : ))

N/A 2: Agradecimentos especiais à:

Lílian Granger Potter: Hum... Sim, eu tow pensando em colocar DG na fic sim, ehehehehhe, ainda num deu nesse capitulo, mas acredito que no próximo eles já apareçam! : ) Naum, eu naum criei a Melissa p atrapalhar Harry e Mione, ehehehehhe, embora isso vá acontecer mais adiante : )) Eu tirei o Rony, pq sei lá... Ia dar trabalho mante-lo na fic, hehehhehehe, entaum preferi colocar o Draco pq ai eu coloco ele com a Gina, e acho q fica mais interessante, eheheheheh!! : ) Brigada pelo comentário!! Bjus!!

Hermione Seixas: Ahh, migaaa espero que curta os capitulos a mais que vou fazer, sei q ainda num ta lá essas coisas td, mas vou melhorar, eeheheheh!! : ) Espero mesmo atualizaçoes das tuas fics, viu?! Grande bju!! Valeuz por comentar!!

Clare: Bom... Eu te respondi pelo MSN, ehehehhe, naum vou repetir aqui naum, pq ainda quero tentar deixar o suspense na fic, ehehehehhe!! : )) Brigada pelo comentário!! Dorooooooo vc!! bjus!!

Paulinho: Hum... Será que já ficou mais claro agora?! Bom... eu espero que ainda naum totalmente, heheheheheh, mas logo vc fica sabendo quem é a Melissa, pelo menos algumas coisas sobre a vida dela, ehehhehe!! Brigada por comentar!! Bjus!!

Adriana Paiva: Ahh... Muito obrigada pelo comentário, fico feliz que vc esteja curtindo a fic!! : )) Espero que curta tb essa segunda parte da fic, ehehehehhe!! Grande bju!!

Thai: Miggaaa, logo vc fica sabendo quem é a Melissa, se naum já estiver suspeitando, eheheheheh!! : ) Td bem, eu tentarei colocar pouco drama na fic, ok?! : )) Brigada pelo comentário, espero atualizações suas, viu?! Te adorooooooooo!! Bjus!!

Isa: Ah sim, tem algo muito grande envolvendo a Melissa, ehehhehe, logo vc fca sabendo tb exatamente o que é!! : )) Brigada mais uma vez pelo seu comentário!! Grande bju!! Doro vc!!

Lila_Granger: hehehehhe, naum... Eu naum criei a Melissa p infernizar Harry e Mione naum, mas digamos que indiretamente isso vai acabar acontecendo, eheheheh, mas ai só nos próximos caps... : ) Brigada pelo comentário, tb espero atualizações suas, viu?! Bju!!

Mione 03: Ahh, eu adoroo sim seus comentários, obrigada por mais um deles aqui na minha fic!! : ) Que bom que eu consegui deixar um suspense, ehehehehe, num sei por quanto tempo vou conseguir!! : ) Ah... Dessa vez num tem como n pedir desculpas, pq o cap foi feito na pressa, entaum num ta muito legalz!! Mas espero que vc curta!! Bjaum!!

Fefys Malfoy: Vou cobrar sim, até vc fazer o cap HH p mim... : )) Espero q vc tenha curtido o cap, esse ta maior que o outro, eheheheh!! : ) Bom, num sei o que vc ta imaginando sobre a Melissa, espero q esse cap tenha ajudado, eheheheh!! : ) Brigada pelo comentário!! Bju!!

N/A 3: Entaum gente, até o proximo cap, tentarei fazer bem melhor e mais esclarecedor, heheheheh!! Grande beijo a todos, agradeço a todos que leram, comentaram e votaram!! bjaum!! Pink_Potter : )

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.