FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. - Asas de Inseto -


Fic: Maldita


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Eu vou me rastejando
Lentamente me infiltrando.
Como uma cobra,como um parasita
Estar ultra-presente no seu corpo me excita.
Como qualquer coisa,como um objeto.
Está em suas unhas asas de inseto.



O conhecido rosto ofidio não existia mais,estava perfeito,perfeito em todos os detalhes,tanto até que Bellatrix sacudiu a cabeça pensando que estava tendo alucinações,mais não.
O nariz estava fino,os olhos não mudaram muito,ainda com aquele tom vermelho,auqla frieza que atraia Bella.Seus lábios estavam finos,alinhados ,desejaveis. "Pare Bellatrix!". Mas não podia,oque seu mestre havia feito?Ela preferiu não pensar,e nem questionar,seja lá oque tivesse feito,ela não tinha direito de interferir.
-Desculpe...o transtorno,mestre. -desculpou-se a morena,desvencilahndo-se de seus pensamentos.O Lord era um talentosissímo Legilimens,e isso era um verdadeiro perigo.
-Não se incomode,eu te axei afinal. -Voldemort esboçou um sorriso para a mulher.
Ao lado de Voldemort estava Lúcio Malfoy ,olhando Bellatrix dos pés a cabeça,com desdêm.Em pé,andando de um lado para o outro estava Avery.E de um canto escuro e quase que invisivel saiu um homem alto,com uma longa capa preta ,de olhos negros comos os cabelos oleosos ,que contornavam-lhe a face e batiam na altura de seu ombro.
-Severus! Sempre escondido em um lugar onde fique mais isolado que o normal. -a mulher soltou uma risadinha debochada.Nunca perdera uma chance de alfinetar o homem.
-Ah Bellatrix,como sempre muito receptiva,é um prazer reve-la...livre.- o homem fez questão de dar ênfase a ultima palavra.
-Pois eu sobreviveria sem esse imenso desprazer meu querido!-rebateu,empinando o nariz.
-Chega! `Parecem duas velhas Trouxas! -Lúcius interveio antes que a discussão se prolongasse como de costume.
-Exato,Lúcius. -assentiu Voldemort. -Bella,precisamos conversar,a sós.
-Claro Mestre! - O coração de Bellatrix voltou a disparar desconpassadamente.
-Mas não agora,descanse,amanhã mando buscar-lhe para jantar comigo,entendido?
-Perfeitamente Mestre. - assentiu,cheia de si. O Lord iria tratar de seus assuntos sem a presença dos outros, e isso parecia-lhe muito bom!
O Lord se levantou da poltrona ,os olhos de Bella brilharam novamente,estava tão belo,ela estava enlouquecida,quase fora de sí para pensar nessas coisas. Era seu Lord,seu superior,nunca ele a olharai com outros olhos.Deu algumas palavras com Severus e depois Aparatou,sem dizer nada mais.
"Amanhã". ....


Dessa coisa ,que mete medo
por sua grandeza.
Como a luxúria ,como a vaidade.
Está em suas asas,sua masculinidade.
Comos as crianças que nós abortamos,
quando estamos juntos você sabe nós matamos!



-Ah! De volta a minha casa! -Bellatrix correu a longa sala com uma criança de volta ao seu quarto,dando rodopios até chegar ao pé da escadaria da Mansão Lestrange.
-É bom te ver assim querida. - Rodolfo a amava mais que qualquer coisa e mais que qualquer um,fazia-lhe todos os gostos,a amava realmente.
Bellatrix sorriu e subiu correndo,correu os longos corredores até chegar ao quarto do casal,o quarto estava um tanto bagunçado,a cama desarrumada,na penteadeira com detalhes prateados parecia ofuscada,Bella se aproximou,se olhando no espelho empoeirado,não sabia se o espelho ofuscava sua beleza ou os anos em Azkaban haviam marcado sua face em demasia. Abaixou a cabeça,não queria ver o reflexo mais.
"Só preciso dormir."
Tirou a capa e o vestido,deitou-se na enorme cama com as roupas de baixo,se cobrindo com um lençol de seda, olhando para o teto. "Só dormir." e assim adormeceu como uma criança,bem,apenas na aparencia,pois Bellatrix estava tendo um sono perturbado. Se contorcia,não parava,estava suando.
"Bella?" - o Lord sussurou em seu ouvido.
Bellatrix estava no centro de uma sala,tocando piano,uma melodia doce,seus dedos deslizavam pelas teclas delicadamente. Estava em uma sala grande,apenas iluminada por velas,trajava um vestido negro,bem decotado do jeito que ela gosta.,seus cabelos estavam presos para trás,meio soltos,mechas caiam-lhe no rosto. Parecia muito concentrada na canção que tomava conta da grande sala.
"Bella?" novamente,e novamente,e novamente. Mais a mulher parecia não escutar-lhe.
O Lord enfim apareceu no sonho,estava vestindo uma veste muito elegante,a rigor,era toda preta,tirando uma gravata mal colocada que era vermelha-sangue.
Jogou os cabelos de Bellatrix para o lado esquerdo e beijou-lhe a nuca,nessa hora,a melodia que Bella tocava ficou mais forte ,e a cada toque e ação de seu mestre a música ficava mais pesada e macabra.
Voldemort a puxou para si,ela ainda estava de costas,mas levantou,as teclas do piano continuavam a tocar,mesmo sem a ação das mãos da mulher.
"Tom..." - ela sussurou,sem reação,apenas delirando com os toques do homem.
"Você é minha,querida." - Voldemort deslizava os dedos por todo o corpo de Bellatrix,apertando seu membro contra a parte de trás de Bella,deixando-a com desejo de despir-se e fazer aquilo direito.
Mas as preliminares foram interrompidas por um clarão,a sala toda se iluminou,e pessoas encapuzadas entraram correndo.
"Mestre!" -as pessoas estranhas puxaram Bellatrix pela cintura,segurando um punhal de prata contra seu peito.
"Desculpe,Bella. " - e Voldemort sumiu como fumaça.
"Mestre!"
-Mestre! -Bellatrix gritava,delirante.-Não . Me . Deixe .


A casca do joelho ,vive e vai me obedecer.
Coisas que não posso e eu não devo te dizer.
Eu como carne humana,mas prefiro nem lembrar,
de coisas que eu não devo ,nunca te contar!



Bellatrix estava encolhida no canto do quarto,com os olhos arregalados ,de medo.
-Oque foi querida? - Rodolfo a olhava,com a mão estendida para ela.
- O Mestre, o mestre . Me traiu. - Bella tremia,encolhida,mordendo os própios dedos. - ele deixou que me matassm ,sim,deixou. - seus olhos lacrimejaram.
-Fique calma,foi só um pesadelo. - acreditara ele que fosse. Mas a primeira parte para Bellatrix foi simplesmente perfeita.
Bellatrix se levantou, olhou para a enorme janela de vidro e viu que o dia já estava para amanhecer.
- Eu sei, eu sei. - Bellatrix segurou a mão do marido e se levantou.
Colocou seu robe roxo escuro e saiu do quarto.
Entrou no banheiro,ligando a banheira na agua quente.
-Preciso de um banho,estou quebrada. -falou consigo mesma.
Abriu uma gaveta do armario de madeira escura do banheiro,pegando uma capsula com seu pó preferido. Sorriu largamente,colocando o pó em fileira,numa bandeja de prata própria pra isso. Rodolfo tambem fazia isso,só que com menos frequencia que sua esposa. Bella já era viciada,não vivia sem dar um raio.
Cheirou tudo com o canudo e depois sentou-se na beira da banheira.
Rodolfo entrou no banheiro,tambem de robe.
-Logo cedo Bella? - disse,balançando a cabeça negativamente,olhando pra bandeja com várias fileiras.
-Eu sei que voce tambem quer,querido. - disse Bella,sorrindo maliciosamente,tirando o robe e se afundando na banheira cheia de espuma.
Rodolfo fez um gesto de impaciencia,pegou o canudo e cheiro uma fileira. Soltou um pequeno gemido.
- Preciso tomar um banho tambem. - sorriu para a esposa ,tirou o robe e entrou na banheira tambem.
Bellatrix agarrou o marido,beijando-lhe violentamente os lábios. Seus olhos saltados deixavam-na com a aparencia mais malevola que o normal.
Rodolfo correspondeu ao beijo,apertando-lhe as coxas,puxando-a para cima dele.Bella arranhava-lhe o pescoço com força,e depois jogou a cabeça do homem para trás.
-Mais tarde querido,tenho um encontro com o Lord Das Trevas a noite,tenho muito oque fazer. - disse a mulher,saindo da banheira,deixando um Rodolfo sedento por toma-la por inteira.


Asas de inseto!
Faz de si animal e esquece a dor de ser homem.
Asas de inseto!
Eu não estarei lá para te ver no inferno!
Eu vou,me transformando,
pele fina,putrificando.



A claridade do dia cinzento baixara,era quase noite.
Vestira um vestido decotado como de costume,o decote era de renda preta,o vestido era xadrez,em vermelho e preto,e para aprimorar seus dotes naturais,vestiu um espartilho preto com fivelas prateadas,bem apertado.
Os cabelos deixou solto,caindo-lhe sobre os ombros. Passou algo bem preto nos olhos,para destacar bem em sua pele pálida.
Bota Salto-agulha,luvas e meias arrastão,perfume Francês,esmalte e batom vermelho escarlate.
Admirou o reflexo no espelho polido. "Perfeita Bellatrix, Perfeita!"
- Tudo isso para um jantar com Voldemort? - exclamou Narcisa ,que folheva uma revista,sentada descontraída na cama da irmã.
- Você sabe Cissy o que o Lord significa para mim. Voce mais do que ninguem sabe. - Bellatrix sorriu,fitando a irmã. -Então,como estou?! - suspirou profundamente.
-Linda! É claro. -Narcisa se levantou,dando um abraço na irmã. -Vou descer,Rodolfo já deve estar querendo servir o jantar,bem,desculpe falar,mais vai ser um jantar chatos em voce Bella. -disse entediada.
- Bem,não trocaria um jantar com o Lord por um jantar com esses Comensais. Voce sabe como isso é importante pra mim.
-Eu sei querida. Bem vou descer. -Narcisa deu um beijo na irmã e saiu.- Bom jantar.
Bellatrix agradeceu com um sorriso,pegou sua varinha e prendeu na liga da meia. Deu uma ultima olhada no espelho,estava divina. Suspirou e desceu.
-Rodolfo,voce sabe quem vai vir me buscar?
-Pettigrew querida,que a proposito,está no hall a sua espera.
-Ah,aquele verme nojento. - Bellatrix torceu o lábio.
-Bem,bom jantar,e boa sorte. -disse Rodolfo dando um beijo no canto do lábio da esposa.
-Obrigada. -Bellatrix sorriu e passou pela porta que ia para o hall.
Lá estava o homem rechonchudo e feio,dentuço. Bellatrxi colocou a capa de viagem e saiu,fazendo um gesto para que Pettigrew a seguisse.
-Boa noite pra Sra tambem.
- Me leve logo pra onde quer que seja e sem falar muito. - ordenou Bellatrix,que com muita dificuldade segurou no braço de Peter. - "Nessas horas prefiro vassouras."
Aparataram.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.