FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Two


Fic: Irrésistible TL com continuação


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________



-LIIIILY, QUE MARCA É ESSA NO SEU PESCOÇO? – A queridíssima e discretíssima amiga Marlene fez questão de se jogar em cima de mim e avaliar meu pescoço.

Só então eu me lembrei.

-Ah não – Me levantei rapidamente e fui para frente do espelho, somente para ver uma marca roxa na base do meu pescoço, e então amaldiçoei mil vezes o Potter mentalmente.

-E então Lil’s? Lily, o que vai fazer? – As meninas me olharam assustadas enquanto eu pegava meu robe e o fechava, me dirigindo á porta do dormitório.

-Vocês já vão ouvir – Foi o que eu disse antes de fechar a porta, a ponto de ver elas se entreolharem confusas e assustadas.

Tolinhas. Mal sabem elas que eu vou dar a Tiago Potter exatamente o que ele merece: Uma morte lenta e bem, bem dolorosa.

Fui até o dormitório masculino e bati na porta. Ouvi alguns resmungos sonolentos e bati de novo, com mais força.

-Tiago James Potter abra essa porta JÁ! – Gritei do lado de fora e ouvi um baque surdo no chão, com um monte de vozes dizendo coisas como “vai logo e me deixa dormir”.

Alguns segundos depois ele abriu a porta, com uma cara de sono de dar inveja aos que viraram a noite acordados. Irrompi pra dentro daquele dormitório e, com pena dos outros garotos, que não tinham nada a ver com aquilo tudo, lancei um Abaffiato neles logo, para que não ouvissem meus gritos.

-POTTER! O QUE VOCÊ PENSA QUE ESTAVA FAZENDO QUANDO ME FEZ ESSA MARCA NO PESCOÇO? HEIM? – Eu gritei logo após fazer o feitiço e ele arregalou os olhos ao ver a marca roxa na base do meu pescoço. Deu um sorriso malicioso e passou a mão nos cabelos, só então eu notei que ele estava somente com uma Box preta.

...

Sabe, ele parece bem mais acordado agora :XX

-Pensei em marcar território, sabe como é... – Ele passou a mão pelos cabelos de novo, se espreguiçando, me desafiando a resistir. Quase prendi meus olhos no peito dele de novo. Maldito ¬¬°

-Potter, isso não vai funcionar novamente – Mentira, já ta funcionando, seu palerma.

-Ah... Que pena... Então você não vai se importar se eu... – Olhei para ele – Se eu fizer isso aqui – Ele colou minhas costas ao tórax dele.

Mil vezes maldito.

-E, sabe... Também não vai se importar se eu fizer isso... – Ele afastou meus cabelos do meu pescoço e já se aproximava...

-Não – Eu disse, voltando ao meu estado normal/afetado-por-estar-perto-do-Potter-e-seu-tórax.

-Você se importa, ruiva – Ele disse sem tentar se aproximar novamente.

-E se eu me importar? Já disse que não passa de algo físico Potter, sabe que é da idade e que não tem nada a ver com sentimentos - Eu disse fechando o robe novamente, sentando-me na cama dele.

-Pois é, ruiva – Ele disse se sentando do meu lado – Mas o que eu sinto por você já ultrapassou o físico ha muito tempo – Ele disse isso e eu o olhei assustada, abruptamente. Ele pareceu se espantar com a minha reação, provavelmente meus olhos estão arregalados.

-Como assim, Potter? Você simplesmente não sente nada, não é? Não tem sentimentos – Eu disse, mas ele não pareceu se ofender.

-Pense o que quiser. Sei que é muito mais fácil me ver como um garoto que só pensa da cintura para baixo, mas queria que soubesse que não é verdade. Nunca foi – Ele disse e se levantou, no que eu o acompanhei.

-E se é isso que quer mesmo, Lily, eu paro de importuná-la – Ele disse e fez um feitiço no meu pescoço, no que o roxo foi sumindo, vi pelo espelho – Agora, Evans, só não posso prometer que vou me vestir como um padre, porque se você não quer, tem quem queira – Ele disse e eu realmente fiquei chateada.

- Quem foi que disse que eu não quero? – Eu perguntei e ele sorriu levemente.

-O que quer de mim afinal, ruiva? – Ele perguntou parecendo cansado.

-Pra dizer a verdade, não sei – Eu disse decidida – Mas se nós pudermos continuar a... Você sabe... Nos encontrar , de preferência sem ninguém além dos Marotos e das meninas saberem, para não rolarem boatos, sabe... – Eu disse e ele sorriu, mas eu vi um brilho triste nos olhos dele – Eu não quero te usar, você sabe disso, você faz o que quiser, eu estou lhe propondo o que o mundo chama de...

-Caso. Você quer que tenhamos um caso, é isso. – Ele afirmou se apoiando no batente da porta, parecendo refletir. Então ele estendeu-me uma mão e eu aceitei-a, apertando-a, no que ele me puxou para ele e me beijou.

Sabe, eu realmente podia me perder nos lábios dele o dia todo. É uma mistura de chocolate com menta que...

Okay, okay, parei :XX

Ele me olhou nos olhos e acho que ele viu minha sinceridade, pois abriu a porta para mim e me beijou de novo, quando eu já estava fora do dormitório.

Logo que consegui me desvencilhar dele voltei ao dormitório feminino, onde as meninas, ainda de pijama, estavam sentadas, Em e Dorcas jogando snap explosivo, Lene lendo uma revista com fones no ouvido, Lice catando alguma coisa dentro da bolsa.

-E então, o que foi fazer? – Lene foi a primeira a perguntar, sentando-se na cama.

-Nada – Eu disse simplesmente, voltando a me deitar na minha cama.

-Como assim “nada”? A mancha até sumiu... – Lene disse e um flash de entendimento passou por seus olhos. Então ela deu um sorriso Maroto.

Oh, céus. Sorrisos Marotos á essa hora da manhã NÃO!

-Lily, você estava com o Tiago, não estava? Foi ele que fez aquela marca – Lene disse simplesmente, jogando-se em sua cama novamente.

Céus, ela é adivinha? Oo°

-Por que você acha isso, Lenoca do meu coração? – Eu perguntei irritada, me virando de bruços para fitá-la.

-Porque o único capaz de fazer um feitiço que tira manchas roxas do corpo, somente as feitas por ele mesmo, se chama Tiago Potter. – Ela disse sorrindo triunfante.

Ah, claro. Ótimo, Potter. Agora suas habilidades em feitiços para galinhagem são suas delatadoras de casos.

-Ah, Lene, vê se não me enche – Eu disse irritada e coloquei a cabeça embaixo do travesseiro, ouvindo as gargalhadas delas lá fora.

-E aí, Lily, como foi? Foi no banheiro? – Alice perguntou animada, sentando-se na cama de Marlene.

-Na cozinha? – Dorcas sugeriu.

-Biblioteca? – Emmeline perguntou, limpando o rosto sujo pelo jogo.

-Sala? – Marlene sugeriu e eu a olhei imediatamente, fazendo-a rir. Certo, agora eu mesma me delatei.

-Mas, pêra aí Lene, como é que você sabe que o Tiago consegue fazer esse feitiç... – Eu ia terminar a frase quando entendi tudo.

Ela sabia por experiência própria.

-Ah, é que, sabe, eu já fiquei com ele – Marlene corou da cabeça aos pés.

-Eu também – Dorcas, Emmeline e Alice disseram ao mesmo tempo, no que eu me senti derrotada.

Ah, qualé? Ele passou por todas elas e por mais um bando antes de chegar nas minhas mãos.

E, não sei por que, isso me desperta um monstrinho no estômago, que ruge quando eu imagino a cena.

Daí eu me lembrei de um trunfo.

-Pelo menos eu fui a única desse grupo que ficou com Sirius Black e Remo Lupin – Eu disse e mostrei a língua, no que todas elas ficaram com caras tipo =OOOO

-Lily, você ficou com o Sirius ? – Marlene parecia pasma, ciumenta e completamente perdida.

Eu só assenti com a cabeça.

-E com o Remo também? – Dorcas parecia mais perplexa que todas elas juntas.

-Pra falar a verdade meu primeiro beijo foi com ele, daí o rolo acabou durando, sabe – Eu expliquei e elas pareciam verdadeiramente pasmas.

-E você não nos conta nada disso? – Marlene parecia ultrajada. Não sei realmente se é por eu ter ficado com o cachorrinho dela ou se é por eu não ter contado isso.

-Eu não quis contar porque achei que vocês iam ficar chateadas, sabe... Mas não foi realmente nada de mais, digamos que eu fui só mais uma na “lista” deles, que virou amiga deles e obsessão do amigo deles – Eu disse e elas pareceram entender.

E ai delas se não entendessem. Tiago Potter, apesar de estar em minhas mãos, rodou pelas mãos delas todas. Elas iriam conhecer a verdadeira fúria Evans ò.ó

Alice, a pegadora, sorriu maliciosamente.

-Quer dizer que agente não sabe do passado obscuro da Srita. Evans... – Ela se entreolhou com as meninas sorrindo, e elas começaram a sorrir também.

Pelas meias de Merlim.

O verissateum.

><

To-ferrada.

-Tudo bem, Lily, você sabe como são as regras nesse grupo... – Marlene disse tirando uma caixa de madeira do armário e abrindo-a.

-Sim, certo. Mas vocês sabem que eu não fiz por mal, certo? – Eu perguntei realmente preocupada. -Sério, eu não fiz por mal mesmo meu >.<

-Tudo bem Lily, agente entende – Emmeline me tranqüilizou.

-Mas isso certamente não te livra do Verissateum – Dorcas disse maliciosamente.

-Agora queremos saber de cada caso, cada beijo e cada paquera que você teve, em ordem cronológica, por gentileza – Marlene disse jogando um pouco daquele líquido transparente que estava dentro de um vidrão(que nós afanamos do Slugh, junto com Felix Felicis e algumas coisinhas para beleza, traquinagens e machucados) na minha boca.

-Certo, então tudo começa com Remo Lupin no primeiro ano... – Eu comecei e elas pareciam realmente curiosas sobre todos os detalhes.

Fazer o que, né?

>.<

Esse dia vai ser looongo.... :XX

_____________________________________________________________________________________

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.