FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

36. NOBRES SANGUES NOBRES DESAFIOS


Fic: HARRY POTTER E A ARENA DAS ALMAS PERDIDAS - FINALIZADA!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Photobucket - Video and Image Hosting

_DESNERIUS! - a voz de Harry bradou e um jato dourado atingiu uma das três criaturas arremessando-a também na escuridão.
_ESCROVATUS! - Hermione parecendo fora de si berrou e um raio vermelho jogou a segunda criatura.
As quatro cordas que amarravam Harry, Susana, Terêncio e Rony se desfizeram.
_ESTUPEFAÇA! - Terêncio atingindo o terceiro vociferou. Se voltando para Rony bradou: - FILIPENDO! - um raio alaranjado atingiu o amigo e em um tocido forte ele se levantou cambaleando.
_VAMOS! - Harry berrou e no mesmo instante todos sairam a correr pelas rochas, atravessando longos caminhos que somente iam se tornando mais negros chegaram a uma bifurcação aonde seguiram pela direita até chegarem a uma sequência de rochedos aonde em meio havia uma escada.
Harry foi a frente, chegando ao centro da escada pode ver muita água abaixo, era um outro mar.
Assim que Terêncio, Hermione, Rony e Susana chegaram abaixo foram rumo a beira do mar, as águas se perdiam muito distante, um barco, um pouco mais longo a frente.
_Vamos ter de ir - Susana disse. - Seguir pelo mar...
Hermione subindo no barco foi seguida de Susana, Rony, Terêncio e Harry por último.
Logo que todos se acomodaram seguiram pelas águas frias rumo a escuridão.
Harry sentado olhava para o céu negro imaginando o que teriam ainda por vir, Malfoy se fora, Hermione em estado de choque não falava e mal desviava seu olhar centralizado no nada, todos se vendo muito machucados e cansados pensavam que ainda pela frente havia dois desafios antes da Arena, pareia que não haviam passado por nada ainda.
_Olhem! - a voz de Terêncio disse vários minutos após.
Harry se virou e pode ver em meio ao mar uma torre não muito alta, estava sob vários rochedos, uma luz fraca saindo ao alto.
Em silêncio todos acompanharam a aproximação da luz.
A corrente de ar se tornando mais fria parecia congelar até mesmo os olhos.
Chegando a altura do rochedo olharam para cima, para a torre, no mesmo instante a luz ao topo se apagou, parecia ter sido ascendida somente para lhes avisar por onde deveriam seguir.
Susana descendo do barco foi pelas rochas até se aproximar da torre, Hermione e Terêncio foram em seguida, Rony e Harry depois.
Assim que chegaram todos a torre foram rumo a uma porta de ferro e Terêncio mais a frente a abriu em um barulho ensurdecedor de ferrugem.
Revelando uma escuridão pavorosa todos foram adentrando até se depararem com um local todo negro com uma neblina azul que cobria as paredes de pedra, muito ao alto uma luz azulada.
Enquanto do lado direito, uma ao lado da outra havia três portas, do lado esquerdo havia um espelho.
_O que será que temos de fazer?
A resposta de Rony veio de imediato, Harry ao olhar para o espelho viu duas figuras, um ao lado do outro, entrando em estado de frio juntamente com choque viu a figura de seus pais, a luz azulada ao alto no momento sequinte se estourou e dela uma fênix toda feita de uma fumaça desceu rumo ao espelho, todos a olhando impressionados.
Harry ao se virar ficou defronte ao espelho novamente e no momento seguinte a fênix surgiu em meio a imagem de seus pais.
_HARRY NÃO! SAI DAI! - Rony berrou e no mesmo segundo o espelho se estilhaçou, a fênix em um guincho rapidamente adentrou por sua cicatriz o seu corpo.
Harry se sentiu como se uma chama lhe dominasse o corpo, era uma sensação maravilhosa, estava se sentindo como se algo tivesse lhe dando força para continuar, com uma energia inegual correu até uma das três portas e abriu a terceira da esquerda, passando por ela, todos os outros vieram correndo atrás. Correndo por em meio a escuridão não escutava nada somente corria, chegando a uma luz vermelha parou e toda sensação boa se resvalou, não sentia mais nada, toda sua dor voltara.
_Harry, você está bem? - Susana chegando antes que todos indagou.
Harry balançou positivamente com a cabeça e olhou para a porta a sua frente, havia um leão em brasa iluminado pela luz vermelha.
Levando sua varinha ao braço direito o cortou e manchando a figura em brasa fechou o machucado e esperou para que em um rangido frio pudessem adentrar para o desafio de Godric Gryffindor.
Andando em meio a escuridão o mais devagar que conseguiam um raio vermelho disparou em meio as trevas e um local gigantesco com várias espadas cravadas se projetou diante de todos, várias chamas brilhantes no céu.
Houve no momento seguinte um barulho surpreendente e ao alto uma centena de dragões negros cruzaram o ar.
Pela terra ao fundo milhares de cavalos negros com seres encapuzados vinham correndo em suas direções, do outro lado um exército de Esqueletics, Centauros com arcos e flechas, criaturas com lanças de fogo, vários Glovers e criaturas com varinhas.
_Pelas barbas de merlim! - Rony exclamou, estavam cercados por todos os lados.
Harry sentiu seu coração disparar e levantando sua varinha ao alto berrou, sua voz se perdendo em meio a maior guerra dentre todas.
_ENCANTUS!
Milhares de flechas cortaram o ar rumo a lhes atingir, os dragões lançaram raios de fogo, as lanças se cravavam no rochedos.
_DESNERIUS! - a voz de uma das criaturas bradou e um jorro dourado disparou em meio a luta, Terêncio se jogando no chão desviou, sua varinha apontada ao alto.
_AVEDA KEDAVRA! - outra criatura bradou, os fantasmas disparando pelas chamas rumo a luta.
_EXPELLIARMUS! - Hermione furiosa vociferou.
_ESTUPEFAÇA! - Rony foi atingido no peito e rolando várias vezes pelo chão foi acertado por vários raios seguidos.
_CRUCIO! - Harry trovejou, uma sequência brutal de jatos de fogo explodindo aos seus pés.
_CRUCIO! - Hermione caiu se contorcendo.
_CRUCIO! - a maioria do exército de fantasmas vociferou. Os dragões se preparavam para atacar com mais voracidade.
_DESNERIUS! - Harry berrou e no mesmo instante foi atingido por um raio nas costas voando vários metros até cair quase dormente.
_DESNERIUS! - os Centauros com as flechas chegavam a luta.
_EXTREMUS ENCANTUS! - a voz de um dos fantasmas bradou e um jato de luz vermelha disparou pelo ar, um novo exército, duas vezes maior que o primeiro vinha para de igual para igual lutar sangue a sangue, honra a honra.
_AVEDA KEDAVRA! - um dos fantasmas bradou e dois jatos acertaram dois centauros que em um berro de dor cairam no chão, os milhares ainda subiam as montanhas rumo a guerra.
_DEFINUS! - Harry pulando entre as rochas berrou e uma das criaturas tombou se contorcendo até morrer.
_DEFINUS! - berrou novamente e outro jato disparou. - PROTEGO! PROTEGO! PROTEGO!
_ESCROVATUS! - Terêncio rugiu no extremo de sua força e um raio voraz atingiu uma das criaturas com brutalidade.
_EFFIGY! - Susana apanhando uma das espadas bradou. Os outros dois exércitos de fantasmas estavam hà poucos metros de alcança-los, vinham com lanças, espadas, arcos e flechas e muitos montados sob cavalos alados.
_IMPEDIMENTA! - Harry foi atingido e caindo ao chão foi apanhado por um dos fantasmas, subindo em um dos cavalos alados agarrou uma das espadas cravadas, com uma sensação de queima na mão olhou para a espada e pode ver que em meio a ela estavam os dizeres Godric Gryffindor. Se sentindo um membro legitimo de Grifinória a espada se explodiu em chamas azuladas e pulando do cavalo foi rumo as criaturas para com o maior orgulho de sua vida lutar pela coragem até a morte.
_DIFARNIUS! - um dos fantasmas bradou e o raio negro atingiu um dos centauros com uma força extraordinária.
_DIFARNIUS! DIFARNIUS! DIFARNIUS! AVEDA KEDAVRA! DIFARNIUS! AVEDA...CRUCIO! DIFARNIUS!
A luta atingia seu momento mais mortal, o sangue manchava as rochas, os centauros e criaturas caiam pelo chão enquanto as flechas de fogo cruzavam o ar brutalmente, no céu os cavalos alados juntamente com fantasmas guerreavam incansavelmente, a luta somente havia começado.
_DIFARNIUS! - Harry com a espada em mãos berrou e apanhando sua varinha novamente um jato negro cruzou uma das criaturas que vinha para lhe rasgar o corpo com uma lança e com uma rapidez voraz despedaçou o ser em um sangue negro que voou para todos os lados.
_ESTUPEFAÇA! - um dos fantasmas bradou no mesmo instante que Hermione, os dois jatos atingindo os Esqueletics.
_ESTUPEFAÇA! - Rony cambaleando voltou a luta, um pequeno feixe disparado pelo ar.
_AVEDA KEDAVRA! - outro fastamas vociferou atingindo um dos centauros.
_ACTION PELLIARMUS! - Terêncio trovejou e no mesmo instante rodopiou no ar caindo dormente no chão.
_DESNERIUS! - Harry pulando da direita pra esquerda e rolando pelo chão urrou lançando um jorro de luzes douradas que explodiram no rosto das criaturas em um sangue negro.
_CRUCIO! - Hermione correndo em meio aos Esqueletics trovejou, os raios de fogo no céu estouravam como se tudo estivesse prestes a acabar.
_DESNERIUS! - Susana antes de levar uma pancada gritou.
_CRUCIO! - Harry dando um salto disse quase sendo atingido por três jatos que lhe rasparam os braços.
_CRUCIO! - Hermione rodopiou no ar caindo em meio aos cavalos negros.
Um dos fantasmas montados a cavalo lhe apanhou enquanto que outro apanhou Rony, outro Terêncio, outro Susana, outro Harry.
Um ao lado do outro foram postos longe da batalha, os fantasmas ainda lutavam bravamente, os raios vorazes engolindo os seus alvos.
Harry sentado atrás de uma das rochas se pôs de pé e ficou diante da figura de Terêncio correndo devolta a luta.
Hermione e Susana com dificuldade também se colocaram de pé.
_TERÊNCIO, NÃO! - Susana berrou e no mesmo instante saiu a correr rumo ao garoto, a luta chegava a tal patamar que feitiços mortais eram atirados vorazmente, as espadas eram cravadas nos adversários com ferocidade, ninguém em sã consciência voltaria para um local certo de morte.
Assim que Terêncio chegou devolta a guerra apontou sua varinha para uma das criaturas e berrou, toda sua fúria posta em seu feitiço:
_DIFARNIUS! - um estupendo raio negro rasgou o ar e atingiu duas criaturas jogando-as para trás.
_AVEDA KEDAVRA! - um dos Esqueletics rugiu em uma voz fria e o raio verde disparou em uma velocidade extraordinária.
_TERÊNCIO! - Susana gritou e no mesmo instante o garoto foi atingido no peito rodopiando no ar e caindo paralisado ao chão, seus olhos vidrados, morto.
Hermione também saiu a correr no mesmo tempo que um dos fantasmas, o maior de todos cruzou o céu e sob um cavalo alado negro pousou ao lado de todos.
_Levem-o corpo, sigam o caminho, não podem perder tempo, devem levar o corpo...
_COLLOPORTUS! - Harry chegando rapidamente disse.
_COLLOPORTUS! - Hermione também enunciou.
_COLLOPORTUS! - Susana extremamente abalada também enunciou.
Todos ao lado de Rony e o corpo flutuante de Terêncio partiram para em meio as rochas, correndo contra o tempo para sair dali o mais rápido possível chegaram a um foco de luz e sem quererem cairam em um buraco gigante.
Harry sentiu a água gelada lhe cobrir o corpo e em um berro de choque instantâneo se virou para o lado, o corpo de Terêncio flutuava mais a frente.
_HARRY! - a voz de alguém o chamou e quando se virou três vampiros aquáticos vieram a lhe morder, a água lhe congelando, o sangue invadindo as narinas.
_CRUCIO! - berrou e um dos três corpos se despedaçou em pedaços e sangue por todos os lados. - CRUCIO! EXPELLIARMUS!
Hermione e Susana já haviam saido da água, o corpo de Terêncio ao lado, Rony também deixava as águas.
Os vampiros vinham na direção de Harry, os raios de Hermione rasgavam o ar, sem poder mexer mais os braços e pernas pelo frio quase lhe matando algo lhe puxou e como um vôo disparou das águas para os rochedos distantes.
Ao olhar viu que o fantasma montando sob a ave negra lhe puxara com um feitiço rápido.
_Não devem perder tempo - disse assim que Harry chegou aos rochedos. - Seguirei com vocês, meu exército já tem controle lá em cima, devemos seguir imediatamente...
No extremo do frio todos sairam a correr, o fantasma se propusera a levar o corpo de Terêncio sob seu cavalo.
Correndo por em meio as rochas foram por ao longo de mais de dez minutos correndo sem ar, o frio somente se tornando pior, chegando a um luz vermelha ao fundo uma chama explodiu rumo a lhes queimar e um vulto no mesmo instante se projetou a frente de todos, o fantasma projetara uma barreira reluzente.
_É aqui, depois dessa luz há o último desafio de Godric, vamos, precisamos do sangue de pelo menos cinco bruxos da equipe...
O fantasma cortanto o braço já muito vermelho de Terêncio levou o sangue até a figura de uma fênix cravada nas rochas e assim que o sangue tocou a figura se tornou um pouco mais brilhante.
Hermione extremamente machucada foi a seguinte fazendo com que a figura se tornasse ainda mais forte.
Rony foi o seguinte, Harry depois e Susana por último.
Ao tocar do último sangue a fênix também feita de fumaça disparou pelas trevas e as rochas se abriram revelando um local aonde havia a estátua de um bruxo velho segurando uma bacia com cifras em sangue, o sangue que acabara de tocar a fênix.
_Vamos, estamos perto agora...
Todos adentraram rapidamente, rumando para a estátua Harry foi diretamente até a bacia e pode ler que nas cifras escritas ao redor havia os dizeres.

A carne da inteligência
O sangue do não hesitante da dor
As memórias do fiel amigo
Osso do de dor profunda

Beba e mate seu melhor amigo


_O que isso significa? - Rony assustado indagou.
_Simples garoto - o fantasma disse. - O desafio nobre de Godric, sempre prezou as amizades com grande valor, esse é um teste...
_É uma poção - disse Hermione. - Teremos de fazer essa poção, vamos começar...
_Começar? - Harry repetiu rédulo. - Você leu o que tem de ser feito?
_Harry! - a amiga exclamou. - Eu fui obrigada a matar o Malfoy para estarmos aqui e não estou disposta a perder tempo ou arriscar a vida de mais ninguém, Terêncio também se sacrificou, não há motivos para não fazermos...
Harry acenou positivamente com a cabeça, o frio lhe atingindo o corpo todo.
_Irei lhe ajudar - o fantasma com sua voz forte e decidida falou.
Hermione foi até o corpo de Terêncio extremamente frio e perguntou, sua voz se perdendo na escuridão silenciosa.
_Carne da inteligência, carne de Corvinal, Terêncio?
O fantasma assentiu de imediato.
No mesmo instante que Hermione indagara a bacia na qual o bruxo segurava se preencheu de um liquido vermelho borbulhante.
_Escrovatus! - ela murmurou e no momento seguinte um raio decepou um dos dedos de Terêncio. - Winguardium Leviosa...
Ao colocar a carne na poção ela se borbulhou muito mais.
_Susana, seu sangue...
A garota feliz por não ter de cortar seu dedo levou o seu braço direito que estava um pouco menos machucado que o esquerdo e Hermione lhe cortou fazendo um fundo machucado, levando o sangue até a poção ela borbulhou ainda mais.
_Rony, suas memórias...
O garoto que se via cambalenate e muito machucado se aproximou, Hermione levou sua varinha até a cabeça do amigo e enunciou.
_Oclumência!
Fios prateados com feixes vermelhos foram surgindo. Assim que Hermione os tirou Rony caiu desmaiado.
Harry se prontou a aproximar.
_Não! - o fantasma descendo de seu cavalo disse. - Ele ficara bem ...
O fantasma no momento seguinte correu até o corpo de Rony e fechando os olhos lhe transferiu uma fumaça azulada que fez com que o garoto em um salto voltasse a si.
Hermione assim que levou os fios prateados sob a poção avermelhada se virou para todos.
_É o meu osso agora...
_Não se preocupe... - o fantasma falou. - Posso fazer com que retire um osso e o reponha sem sentir dor, precisara confiar em mim...
Hermione balançou a cabeça postivamente e no mesmo instante o fantasma lhe atingiu com um raio fazendo-a cair dormente no ar. No segundo seguinte levou sua varinha ao braço da garota e com um jorro de fogo lhe queimou a pele, todos se viraram para não ver a cena.
Depois de queimar rasgou o braço e retirou o osso jogando-o na poção. No momento seguinte fazendo uma sequência extraordinária de movimentos no ar fechou o braço de Hermione fazendo-lhe também com uma fumaça azulada acordar abruptamente.
Ofegante ela se levantou olhando para o seu braço, estava normal com excessão dos cortes para retirar o sangue.
_Está tudo bem, pdoe arder por alguns minutos, logo passara...
Harry se voltou para a poção.
_Devem terminá-la... - o fantasma murmurou.
Hermione mexendo a poção apanhou um frasco que estava preso em um dos cardaços de pedra do bruxo e colocando um pouco da poção dentro entregou à Harry.
Todos o olharam, o fantasma severamente. O frio parecia castigar cada centímetro de seu corpo, seu cansaço retirando seu ar, suas mãos trêmulas.
_O que foi? - Susana vendo que não bebia indagou.
_A última linha..., ela diz...Beba e mate seu melhor amigo...
O fantasma se aproximou.
_Faça isso, ficara tudo bem, pode ter a minha certeza, nem todas as perdas serão eternas...
Harry concordou e fechando os olhos virou a poção em sua boca, um gosto horrível lhe cobrindo o corpo.
Assim que todo o liquido acabou largou o frasco e apanhou sua varinha abruptamente, sua mente estava em meio a milhares de imagens diferentes, seus pais, seus amigos, tudo que já havia passado, não estava se sentindo bem, algo diferente estava transformando sua mente, não era o mesmo, não sentia o mesmo, com algo que jamais poderia descrever apontou sua varinha para Rony e disse.
_Nem todas as perdas serão eternas...
Fitando o amigo trovejou, uma chama de ódio lhe dominando o corpo e mente.
_AVEDA KEDAVRA!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.