FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

35. A PRIMEIRA PERDA


Fic: HARRY POTTER E A ARENA DAS ALMAS PERDIDAS - FINALIZADA!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Harry saiu a correr pelas rochas, ao se virar na mais alta ficou diante de um extremo exército que vinha pronto a lutar, correndo, todas as criaturas tinham em mãos arcos e flechas, lanças e até espadas que queimavam em brasa.
_POTTER! - uma voz berrou e Harry so se virar ficou diante de duas criaturas com lanças, se abaixando por pouco não teve sua cabeça arrancada, Malfoy vinha correndo ao fundo, pronto a luta.
_DESNERIUS! - Harry berrou e um jato dourado disparou de sua varinha atingindo a criatura fazendo-a rodopiar no ar.
Se voltando para a outra criatura algo lhe atingiu as costelas e enquanto caia pelas rochas com extrema dor Malfoy já se adiantava a luta:
_CRUCIO! - bradou e a criatura se contorceu porém nem ao menos caiu no chão.
_ESTUPEFAÇA! - a voz da criatura berrou e Malfoy foi atingido com precisão, rodando vários metros no ar Harry voltou, seu corpo todo dolorido, com a varinha apontada se voltou para a criatura.
Assim que ergueu sua varinha um raio laranja passou perto de sua orelha e atingiu a criatura fazendo-a cair para trás.
Harry e Malfoy lado-a-lado apontaram sua varinhas e juntos trovejaram:
_DESNERIUS!
Dois jatos dourados com uma força brutal avançaram para a criatura atingindo-o com perfeição.
_VAMOS, TEMOS QUE VER OS OUTROS! - Harry saindo a correr gritou.
Assim que chegaram a uma série de rochedos com figuras feitas por lanças unidas encontraram Terêncio e Susana que estavam escondidos.
Seguindo, muito mais a frente Hermione vinha com Rony, o garoto completamente molhado parecia bem.
Todos reunidos novamente pararam por um segundo e descansaram.
_Aonde temos que ir agora? - Harry vendo que o exército parecia vir em suas direções indagou.
_Acho que para lá - disse Terêncio mostrando com a mão direita dois portões negros quase perdidos na escuridão.
_Se temos que atravessar, não podemos perder tempo...
_Com certeza Harry, todos estão prontos? - Hermione indagando na intenção de que a pergunta se direcionasse à Rony.
Com um aceno positivo de todos sairam a correr rumo ao exército que deveriam enfrentar, com as varinhas em mãos, se preparavam para enfrentar.
Harry ia mais a frente, todo o exército já os havia visto.

_AVEDA KEDAVRA! - a voz de uma das criaturas bradou e se jogando no chão desviou do jato verde.
_DIFARNIUS! - um dragão negro engoliu a criatura.
_EFFIGY! - Hermione bradou enquanto que mais de cinquenta raios lhe explodiam o chão a volta.
_SUSANA! - Terêncio berrou e apontando sua varinha gritou: - CRUCIO!
_CRUCIO! - Malfoy abatia e era abatido, o sangue pelo seu rosto lavando seus cabelos prateados, a fúria de um guerreiro pela dor de um lutador.
_ESTUPEFAÇA! - Rony atingiu duas criaturas e foi atingido por extremos que o fizeram cair no chão, todos correndo rumo a guerra o pisoteando.
_RONY! - Hermione gritou e no mesmo instante levou sua varinha ao alto. - ENCANTUS!
No momento seguinte foi atingida com ferocidade e rolou pelo chão derrotada.
_AVEDA KEDAVRA! - Harry berrou com um ódio que o dominava, elevando sua varinha o raio disparou e atingiu a criatura que derrotara a amiga.
Cientes de que iam perder, Terêncio, Susana, Malfoy e Harry se postaram lado a lado, as varinhas no ar, ainda sem entenderem o que Hermione fizera com seu último feitiço houve no momento seguinte uma explosão que parecia de cavalos e pelas rochas milhares e milhares de cavaleiros negros todos feitos de fogo despencaram, pelo céu as aves guinchavam.
_CRUCIO! - Susana desviando, sendo atingidam, pulando, indo pra direita e depois ficando cara a cara bradou.
_ESCROVATUS! - Terêncio brandindo sua varinha enunciou.
_IMPEDIMENTA! - Malfoy enquanto apanhava uma lança trovejou.
Naquele momento o exército de fogo chegava contra o exército das negras criaturas, a maior batalha havia começado.
_ACTION PELLIARMUS! - Harry disparou e atingindo uma das criaturas se voltou para Malfoy. - PEGA O RONY, VAMOS EMBORA DAQUI!
Chegando ao lado de Hermione colocou a amiga apoiado sob seu ombro e saiu a correr, ainda não acreditava como a amiga conseguira um exército para lutar por eles.
Malfoy com Rony também apoiado aos ombros saiu a correr, Susana do outro lado o ajudava, Terêncio também viera ajudar com Hermione.
Juntos, os seis partiram para os portões negros.
Desviando da guerra extrordinária correram rumo ao portão.

_HARRY! - a voz de Terêncio que estava mais atrás naquele momento gritou.
Harry com Hermione pendurada ao ombros se virou e no mesmo instante se jogou ao chão, vários raios dispararam rumo ao portão o fazendo abrir em um barulho ensurdecedor.
Malfoy, Rony e Susana foram a frente, Terêncio correndo ajudou Hermione.
Harry foi por último.
Assim que todos atravessaram os portões se trancaram enquanto dois raios de fogo atravessavam e iluminavam a escuridão mostrando dois barcos sob águas negras.
Harry ficando de pé pode ver que todos ainda estavam no chão.
_Temos que atravessar o lago? - Terêncio indagou.
_Não - Malfoy de imediato respondeu. - Temos que chegar ali...
Hary se virou e viu que muito distante havia duas luzes, uma azulada mais a frente e uma avermelhada mais ao fundo.
_Vamos ter q ue usar os barcos... - Susana vendo que havia dois comentou.
_Então vamos de uma vez! - Harry disse indo rumo ao corpo de Hermione.
_Espere... - Terêncio pediu.
No momento seguinte o garoto apontou sua varinha para o corpo de Hermione, parecia pronto a atacá-la.
_O que pensa que vai fazer! - Harry se impôs.
O garoto de Corvinal se virou para ele, sua expressão suja de sangue misturava seriedade e ansiedade.
_Uma das coisas boas de se ter Flitwick como diretor é aprender feitiços avançados...
Terêncio sacudiu sua varinha em um movimento dificil e um jato alarnjado foi até o peito de Hermione.
Se voltando para Rony fez o mesmo.
Todos os olhavam agora.
_Vamos esperar um pouco...
Hermione em um tocido forte se sentou e olhou para todos assustada.
_O que aconteceu?
_Calma - Harry se adiantou. Pode ver que a amiga ainda estava atordoada. - Daqui a pouco te conto...
Um pouco mais distante dali Rony também deu um alto tocido e se sentou, seu rosto olhando para os lados assustado.
_Temos que continuar - Malfoy indo rumo ao barco da direita falou.
_Hermione, Rony - Terêncio disse. - Passamos da guerra...temos que ir até aquela luz azul agora, tem dois barcos, três pessoas para cada...
Hermione e Rony se levantaram mostrando que haviam entendido.
_Só uma coisa - Harry falou antes que partissem. - Hermione...como você conseguiu chamar aquele exército?
A garota olhou para a escuridão e respondeu:
_As criaturas do lago estão do nosso lado, quando Rony caiu lá eles o salvaram, disse que se precisassem era só enunciar um feitiço que eles mesmo escolheram, foi dessa forma...
Harry acenou positivamente com a cabeça. Olhando pra cima, para os lados e tudo somente via escuridão, a única coisa que se podia avistar era a luz azulada e vermelha sendo refletidas nas negras águas.
Draco, Susana e Terêncio seguiram no barco da esquerda, enquanto que Hermione, Rony e Harry foram pelo da direita.
Indo rumo a forte luz azulada poderam avistar manchas vermelhas e brancas andando abaixo da água, além de velozes guinchavam muito baixo.
O silêncio dentre todos era dominante, ninguém parecia ousar desviar seu olhar no local de chegada, a luz azul ia se tornando aos poucos intensas.
O barco de Malfoy que havia ido a frente estava à poucos metros de alcançar as pedras e a luz azulada.
Em meio as águas reluzidas o barco parou sua caminhada em frente há alguns rochedos, Susana, Terêncio e Malfoy já iam descendo quando o de Harry se aproximou e eles também puderam descer.
A luz azulada vista de perto era extremamente forte, mesmo assim após alguns segundos ali puderam se acostumar com extrema facilidade.
_O que que é isso? - Terêncio se aproximando indagou.
Harry também se aproximando pode ver que se tratava da figura de uma bruxa com cabelos ondulantes, na altura de sua cabeça vinha entre suas mãos delicadas uma esfera do tamanho do pomo de ouro aonde ao centro podia se ver uma espécie de gotas azul marinho subindo e descendo em uma água prateada.
_Tudo bem - disse Hermione também se aproximando, parecia ter volatdo ocmpletamente a si. - Chegamos aqui e agora o que temos de fazer com isso?
_Está claro - Terêncio respondeu. - Temos de unir as duas luzes, levar essa até a vermeha...
Todos se entreolharam e Harry que estava mais perto da esfera levou suas mãos ao pequeno objeto na tentativa de retirá-lo.
Ao tocar sua mão uma espécie de onda de calor lhe invadiu o corpo e sentiu seus dedos se queimarem.
_Não dá! - retorquiu no mesmo segundo um pouco irritado. - Você Terêncio...
Terêncio levou sua mão até a esfera e a retirou.
Houve no momento seguinte um guincho debaixo do mar e as águas se agitaram por completo, assim que Terêncio guardou a esfera em seu bolso um grande dragão todo feito de uma água negra surgiu mar acima.
Malfoy que já vinha rumando para o seu barco saiu a correr rumo a água e a atravessou.
Todos o olharam perplexos, o garoto andava sob a água como se houvesse um piso centímetros abaixo.
_CUIDADO! - Susana berrou.
_PROTEGO! - Harry se adiantou conjurando uma barreira prateada que protegeu Hermione de um raio brutal.
_VAMOS! - Rony gritou e todos sairam a correr pelas águas, não podiam acreditar sob o que estavam andando.
Houve assim que todos colocaram seus pés nas águas um novo guincho seguido demais um e mais dois dragões feitos de água explodiram acima.
_HARRY! - Hermione gritou.
Harry se virou e um raio prateado lhe atingiu a altura dos pés, rolando pela água e se enxarcando por completo chegou a altura da outra pequena ilha com a luz avermelhada.
_EFFIGY! - Susana bradou porém o feitiço que conjurara apesar de ter atingido um dos dragões não o afetou.
_NÃO ADIANTA! - Hermione subindo as rochas disse.
Se virando e apontando sua varinha para a água abaixo de todos falou.
_TERÊNCIO COLOCA A ESFERA, SUSANA, HARRY, MALFOY VENHAM COMIGO!
Todos a seguiram até a borda dos rochedos e como ela fizera apontaram suas varinhas rumo a àgua.
_Esse é um feitiço que se usa contra Gryndlows ou criaturas aquáticas muito poderosas, se chama Aqua Eructo. Vamos dizer juntos, vai eletrocutar...
_PROTEGO! - a voz de Malfoy bradou enquanto que uma barreira prateada lhe defendia de um jato vermelho.
_VAI! - Hermione berrou e todos apontaram suas varinhas para o chão. - UM...
Terêncio olhou para a estátua de bruxa com as mãos abertas acima da cabeça e levou a esfera até ela, já havia outra esfera na altura da barriga pendurada por duas outras mãos.
_DOIS!
Houve um relampejo e um raio quase atingiu a estátua.
_TRÊS!
_AQUA ERUCTO! - todos bradaram e vários feixes de luzes percorreram as águas eletrocutando tudo que as tocava.
Os dragões em um berro foram iluminados por vários raios amarelos e cairam nas águas.
Harry se virou para Terêncio, ele acabava de colocar a esfera dentre as mãos da estátua.
Houve no momento seguinte uma corrente estrondosa de ar e as duas luzes se uniram formando uma espécie de bacia prateada com cifras que queimavam em brasa.
Harry correu a ir até a bacia e pode ver que havia uma água dourada ondulante que vinha formando a palavra ´´Sangue`` várias vezes.
_Acho que o sangue Terêncio...
Novamente surpreendendo à todos Terêncio levou sua varinha até o braço direito e fez um corte linear, levando seu braço a bacia deixou que várias gotas caissem.
No momento seguinte fechou o corte e a água se tornou de dourada à vermelha, novamente a palavra ´´Sangue`` se formou.
Todos se entreolharam.
_Hermione... - Harry disse vendo que a amiga já estava pronta a cortar seu braço.
Colocando seu sangue foi seguida por Susana, Malfoy, Rony e Harry por último.
Assim que as gotas de Harry tocaram o líquido houve mais uma explosão de vento e um dragão feito com uma fumaça negra surgiu, se voltando para dois portões ao fundo voou pelo ar e atravessando-os os abriu.
As águas no momento seguinte se trasnformaram em uma plataforma de pedra.
Mais olhares foram trocados e dessa forma seguiram rumo aos portões em completo silêncio, atravessando-o ficaram diante de uma porta de ferro muito enferrujada rachada ao meio, havia uma cobra queimada em brasa como a águia na porta de entrada de Rowena Ravenclaw e logo Malfoy se adiantou.
Com o pulso direito avermelhado o cortou novamente e um pouco trêmulo manchou seu dedo levando o sangue a figura em brasa.
Assim que a cobra se movimentou as portas se abriram revelando completas trevas.
Harry foi adiante adentrando um local totalmente escuro e frio, olhando para cima pode ver que era ao céu livre, tinha a certeza de que era um local todo rochoso, seus pés não seguiam em uma plataforma linear.
Logo que atingiu uma rocha especialmente alta parou e mais de cinquenta flechas de fogo cruzaram o ar juntamente no momento em que tochas de fogo muito ao alto das milhares montanhas distantes iluminavam. Ao ollhar para baixo se afastou, estava hà poucos centímetros de cair de um altissímo penhasco.
_NÃO! - Hermione gritou e ao se virar viu que dentre as montanhas negras distantes vinham dois Glovers, criaturas de mais de vinte metros todas feitas de fogo com espadas também de fogo, pareciam touros sob duas patas com uma altura e voracidade surpreendente.
Harry sentiu seu estômago gelar, as flechas muito distantes se cravavam nas montanhas, não haviam sido atiradas para lhes acertarem.
_DESNERIUS! - Susana vendo que muito abaixo criaturas negras com arcos e flechas e lanças vinham prontas a atacar se adiantou._DESNERIUS! - Malfoy bastante fraco foi a luta no mesmo instante que os dois Glovers chegavam para as montanhas.
Harry se jogou no chão, duas criaturas haviam atirado flechas, rolando pulou atrás de uma rocha e ao se levantar impôs sua varinha e bradou:
_ESCROVATUS!
_ESCROVATUS!
Dois raios se colidiram em meio a batalha em uma explosão imensa.
_DESNERIUS! - berrou em seguida e mais três jatos explodiram no ar.
_ESTUPEFAÇA! - foi atingido no peito e rolando pelo ar caiu dentre as rochas segurando com muita dificulade para não depencar na escuridão que se perdia abaixo.
_HARRY! - Hermione gritou e no mesmo instante um dos Glovers lançou um raio de fogo que explodiu sua rocha, seus braços se soltaram e vendo a imagem da amiga sendo atingida por um raio verde mortal caiu na escuridão com imensa força.
Antes que se perdesse nas trevas foi segurado por algo e ao olhar para baixo viu que um exército de fantasmas subia as montanhas rumo a luta.
Chegando de volta ao pico viu que Susana e Terêncio corriam por um caminho que se ligava a uma caverna. Malfoy e Hermione fugindo da luta os seguiam.
Harry sendo posto ao chão também saiu a correr enquanto que as criaturas lutavam mortalmente contra os fantasmas.
Correndo o máximo que poderia atingiu Hermione e juntos foram rumo a caverna perdida dentre as montanhas.
Chegando até ela seguiram correndo sem parar, a guerra se mantinha voraz muitos metros abaixo.
Assim que atingiram uma forte luz seis criaturas altas com varinhas e lanças berraram feitiços fazendo-os explodir nas paredes.
_DESNERIUS! - Harry lançando um jato bradou. O seu raio colidiu com uma Azaração da criatura e explodiu no ar.
_DIFARNIUS! - Terêncio lançando um raio negro fez com que a sua criatura estourasse em chamas.
_EXPELLIARMUS! - Hermione atingiu e foi atingida, ambos rodopiaram no ar.
_ESCROVATUS! - Harry se adiantou e um jato vermelho atingiu a criatura da amiga lhe abatendo.
_HARRY, ABAIXA!
Ao sinal de Susana Harry foi atingido com dois cavalares raios no peito e sentiu seu corpo desmaiar, não tinha forças para lutar.
Sob um grito vindo de Hermione fechou seus olhos, a dor em seu peito lhe dominando.

_ACORDA! - um chute lhe atingiu a cabeça e com uma dor insuperável no peito acordou, estava preso por várias cordas em uma rocha, Hermione e Malfoy afastados, muito perto de um penhasco, estavam ao ar livre novamente, haviam atravessado a caverna.
Ao se virar viu que Susana, Rony e Terêncio muito machucados também estavam amarrados.
_O que aconteceu? - perguntou em voz baixa.
_CALE-SE! - a voz de uma das criaturas bradou, havia somente três dos seis.
Harry o olhou, a noite já o fazia quase desaparecer, as tochas muito longes pareciam borrões vermelhos.
_Você deve fazer agora garota... - disse uma até então calada criatura se aproximando de Hermione e Malfoy.
_O quê?! - Harry indagou e no mesmo instante um tapa lhe veio de encontro na cara.
_Já mandei ficar quieto!
_Não! - Hermione levantando sua varinha se impôs.
_Escolha garota, seus três amigos e você juntamente ou o escolhido de Sonserina...
Malfoy naquele instante rumou para o pico do penhasco e de frente aguardou a escolha.
A mente de Harry se preencheu de dúvidas, dúvidas que somente pioravam, em meio a tantas havia somente uma certeza, Hermione deveria escolher salvar Rony, Terêncio, a si mesma e Susana ou sacrificar Draco por ser o escolhido de Sonserina.
_FALE GAROTA! - uma das criaturas bradou e dando um tapa em Hermione foi atingido por um raio particularmente veloz de Rony fazendo-o cambalear quase caindo na escuridão.
_COMO OUSA! - a mesma criatura que dera o tapa em Rony berrou. - DESNERIUS!
Um jato dourado atingiu o garoto e em um berro Rony desmaiou de dor.
_NÃO! - Hermione gritou. - ESTUPEFAÇA!
_ESTUPEFAÇA!
Os dois raios explodiram no ar.
_Não me faça perder a paciência garota! - a criatura em tom ameaçador murmurou em seu ouvido se aproximando, parecia pronto a enforcar se precisasse.
_Faça a escolha Hermione, faça a escolha! - Malfoy pronto para tudo disse.
_Não Hermione - Harry falou.
_Faça garota, escolha agora!
_Hermione não faça isso! - Terêncio disse.
_Faça garota! FAÇA AGORA!
_Não. - Harry repetiu.
_AGORA, NÃO TÊM SAIDA, ESCOLHA!
_Não...
_AGORA!
_Não...
Hermione olhou de Harry para Terêncio, Susana e Rony e se voltando para Malfoy lhe deu as costas e se virou para as criaturas.
_Não Hermione, não, por favor...
_GAROTA, FAÇA AGORA, SUA ÚLTIMA CHANCE!
A criatura atirou um jato em Terêncio e num berro o garoto desmaiou.
_Não Hermione... - Harry pediu em voz baixa. - Não faça isso, vamos sair vivos daqui...
_NÃO HÁ TEMPO A PERDER, ACABOU!
Hermione trocou um olhar com Harry. Pode ver que no rosto da amiga duas lágrimas escorriam.
Com a varinha em mãos se virou para Malfoy e em uma troca de olhares de despedida enunciou, era a primeira perda:
_AVEDA KEDAVRA! - um jato verde disparou de sua varinha e atingiu Malfoy no peito lhe fazendo em um grito súbito e mortal de dor cair do penhasco na escuridão.


PS: COMEMTEM GALERA, AGORA QUERO SABER O QUE ESTÃO ACHANDO, RESTA SOMENTE 4 CAPÍTULOS, QUERO SABER O QUE ACHARAM!!!!! ANSIOSO...

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.