FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

13. Espadas e Sangue


Fic: Os Descendentes Divinos


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Espadas e Sangue



Harry chega ao centro de Hogsmeade e vê seus amigos a espera do ataque, os alunos já estavam a caminho de Hogwarts com Neville e Luna os acompanhando os comerciantes fecharam suas lojas e provavelmente se esconderam ou saíram de suas propriedades. A rua estava deserta ao longe Harry viu Gina e os Membros da Alcatéia esperando o ataque eles iam ser a linha de frente lutariam com tudo isso ele sabia.



>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>



Gina ordenara a seus homens ficarem em fileira, mesmo não sendo muita coisa e esperaram os inimigos chegarem perto, quando estavam a apenas cinqüenta metros deles a ruiva ordenou.



-Patronos agora! Uma onda de patronos de todos os tipos e formas saiu voando da fileira dos lobos e atingiram em cheio os dementadores fazendo todos caírem por terra e se desmancharem e como algo podre. -Eles foram os mais fáceis agora vamos a luta. Não dava mais para fugir, os primeiros a alcançarem eles foram os comensais que de imediato começaram a duelar com os membros da alcatéia com grande ferocidade, mas os Lobos faziam o mesmo, até pior e muitos comensais caíram inconscientes ou mortos Gina levantou a varinha murmurando algo que ninguém ouviu e um grande lobo negro subiu ao céu e lá ficou um uivo foi ouvido os Lobisomens pararam e observaram o grande lobo negro e depois observaram Gina. –Atacar! O Lobo do céu soltou uma rajada prateada em direção aos inimigos alguns não conseguiram desviar e caíram ou mortos ou inconscientes principalmente os imortais.



-PAREM. Ordenou uma voz fria se sobressaltando ao barulho do exercito. -Quem é você?



-Viper e isso é o Maximo que você deve saber. Viper guardou a varinha e depois levantou a mão em direção das criaturas das trevas com a palma da mão aberta, ela pareceu se concentrar uma aura vermelha como fogo apareceu em volta dela e seus olhos brilharam na escuridão do capuz.Alguma coisa começou a se formar na palma da mão da garota como uma faísca e depois foi aumentando como uma bola de fogo. Os Lobisomens recuaram levemente diante da aura da garota assim como os vampiros e a mesma voz fria disse.



-Sai da frente sua insolente ou destruiremos vocês, se saírem juramos deixarmos vocês vivos para nos servirem como animais. A bola de fogo se intensificou e os olhos de Gina brilharam por dentro do capuz de uma cor vermelha não um vermelho frio como e de Voldemort, não, ele era quente como a chama.



-Solares. A bola de fogo aumentou consideravelmente e saiu em disparada em direção dos inimigos que não tiveram como reagir, e a bola de fogo acabou com muitos vampiros e lobisomens abrindo um buraco na formação do inimigo que avançou. A partir daí a luta ficou mais intensa, os Membros da alcatéia deixaram de usar só a magia e começaram a usar as espadas, com muita destreza alias, cortando os inimigos, sem se importar que tipos de criaturas eram. Muitos dos inimigos passaram pela barreira e continuaram indo na direção do povoado agora com mais fúria do que antes para vingar os companheiros caídos em batalha.



Gina já tinha destruído dois lobisomens e estava lutando contra os comensais que apesar de serem muitos eram derrotados facilmente por ela, mas mesmo assim cortes apareceram em suas vestes e nas dos seus aliados os ferimentos estavam sendo feitos mesmo com o tecido resistente das vestes os seus inimigos eram fortes e sabiam onde golpear. Um vulto alto pulou para frente de Gina que acabara de derrotar três comensais e quando ela viu o que era percebeu que era um homem alto de cabelos negros como a noite e olhos cinzentos como uma neblina gélida e uma onda de energia maligna o circulava ele era mais que um ser comum isso ela tinha certeza.



-Você vai se arrepender de não ter se rendido a mim. Falou o ser mostrando longos caninos brancos. -Agora vou me alimentar de você e acabar de uma vez por toda com a descendente do primeiro caçador. Gina não sabia o que aquilo significava, mas sabia que aquele ser era um vampiro e um dos mais poderosos.



-Posso saber seu nome para quando o enterrarem? Perguntou a garota debochando do Vampiro.



-Sou um dos maiores mestres da noite eterna, sou Anthonius Vishk. Falou intensificando sua aura negra. -E terei o prazer de te devorar. Disse avançando em direção de Viper com muita velocidade, nenhum outro vampiro ou lobisomem ousou interromper o combate que estava por vir, por isso simplesmente atacavam os outros ou desciam para o povoado. Gina se defendia com destreza do mestre vampiro que atacava impiedosamente o vampiro pegou uma espada que estava caída ao chão e começou a duelar com Gina tentando golpeá-la de qualquer forma e com toda sua força e isso fazia Viper ou recuar forçadamente ou se defender e deixar seus pés afundarem no chão. -Você luta bem que sabe depois disso você não vem ser minha escrava. Disse o mestre vampiro com um sorriso malicioso nos lábios. -Apesar de você estar se escondendo sei que você é muito atraente.



Viper saiu da defensiva e começou a atacar Anthonius com muita forca surpreendendo o vampiro, mas logo depois esse tentou fazer um golpe da vertical, mas Gina defendeu com um giro da espada de depois dando um soco o vampiro que foi literalmente arremessado no meio da multidão de inimigos que ainda passava por lá. Viper ficou alerta olhando para todo lado para ver de onde ele poderia atacar aproveitou e deu uma olhada em seus aliados e com tristeza viu que um tombara diante do inimigo, mas os outros lutavam com vontade, mas com essa distração Anthonius aproveitou para dar o bote e a agarrou por traz fazendo ela largar a espada.



-Vou adorar você em meus aposentos. Disse no ouvido de Viper que tentava se soltar, mas era inútil ele era forte então só avia um jeito de sair dali. Ela parou de se mexer e sua aura vermelha que tinha desaparecido reapareceu novamente só que dessa vez mais com tanta forca que os vampiros normais que estavam passando queimaram quase que na mesma hora e Vishk estava sofrendo queimaduras quase que insuportáveis, mas ele sendo um mestre vampiro agüentava mais, mas chegou a um ponto que ele teve que larga-la e pulou para trás.



-Homens para o centro de Hogsmeade. Ordenou Gina que foi atendida imediatamente pelos membros da alcatéia todos os outros aliados das trevas já tinham ido para o povoado só restou Anthonius e Gina naquele lugar e só naquele momento Gina percebera que faltava algo os cavaleiros tinham sumido, mas não se preocupou com isso e sim ficou observando o mestre vampiro. E foi com surpresa que viu as marcas de queimaduras sumir da pele do vampiro e esse se levantar normalmente.



-Não sejas tola mortal, você não poderá me vencer nunca. Falou o Mestre vampiro fazendo sua aura crescer ao limite e Viper sabia que se não fizesse o mesmo morreria naquele instante por isso fez sua aura vermelha se elevar de tal forma que pareceu ficar de igual para igual com o poder do vampiro ela procurou sua espada, mas tudo que viu foi corpos de comensais e vampiros e lobisomens no chão e de algumas criaturas ínfimas das trevas e viu que Anthonius também não achava uma espada para lutar lá estava os dois sem armas sem contar que ele era maior que ela, mas ela mesmo menor tinha o mesmo poder que o dele. Ele de repente sumiu e Gina levantou o braço como se esperasse que algo a atingisse na cabeça e quando fez isso sentiu o impacto de um chute vindo de cima e lá estava o vampiro olhando para ela com um sorriso cruel. -Isso vai ser divertido. Disse ele pousando levemente no chão como se flutua-se.



-Com certeza. Falou Gina avançando em direção do vampiro e desferindo vários socos no peito dele, que não teve como se defender.O ultimo soco que ela dera fizera o vampiro ser lançado para longe com os pés arrastando no chão e logo depois antes dele se recuperar ela apareceu do lado dele e deu um pequeno salto fazendo as pernas dela ficar a altura do rosto do vampiro e num movimento o chutou do lado esquerdo da cabeça lançando ele a treze metros de onde estava fazendo ele arrancar bons pedaços de terra e pedra do chão. Mas o vampiro não demorou e começou a atacar fazendo ela defender a maioria dos golpes, mas muitos a haviam acertado com força, mas ela lutava com suas auras se colidiam fazendo raios negros e vermelhos serem jogados para o alto e vistos por muitos quilômetros.



-Desista seu verme. Disse ela após defender de braços cruzados um golpe que era direcionado ao seu rosto.



-Já ta cansada queria? Perguntou desdenhosamente fazendo os olhos de Viper brilharem ainda mais ameaçadores. Anthonius acertou um chute no abdômen dela e a jogou a uns cinco metros dele, mas antes que ela caísse no chão ele estava do seu lado e a chutou para o alto, fazendo ela subir seis metros, e lá em cima estava ele com as mãos levantadas e juntas e golpeou Viper com toda a forca nas costa fazendo ela ir de encontro ao chão com toda a velocidade e quando ela bateu no chão ele continuou lá em cima sem cair flutuando, com uma das muitas habilidades dos mestres vampiros, uma nuvem de poeira cobriu o campo de batalha tornando impossível ele ver o corpo de Viper e deduzindo que ela estava morta, mas se enganou quando uma bola de fogo passou perto dele quase o queimando por inteiro em quanto ele desviava da bola de fogo não percebeu que Gina avia pulado até ai e estava nas suas costas e com um movimento rápido ela o agarrou por trás e em quanto estava em queda ela colocou ele de baixo dela dobrou os joelhos de forma que eles ficassem nas costas do vampiro e com as mãos segurou os braços e as pernas dele. Anthonius foi pego de surpresa e não teve como reagir e quando chegaram ao chão o golpe foi devastador ele sentiu sua espinha rachando, o que mesmo para um vampiro dói muito e soltou um berro de dor.



Os outros vampiros que estavam no povoado ficaram parados e olharam em direção onde seu mestre estava e de lá viram a aura vermelha de Viper mais não podiam fazer nada só seguir ordens. Viper se levantou pegou Vishk pelos cabelos e o ergueu ate a altura de seu rosto e desferiu um golpe no estomago dele fazendo ele ficar fraco, os poderes de cura dele demorariam em curar o ferimento na espinha, então ela com toda sua força lançou a cabeça dele no chão literalmente a enterrando lá, juntamente com seu corpo e logo depois ergueu sua mão e sua espada veio para ele e logo depois com a mão esquerda levantou o vampiro mais uma vez ate a altura de seu rosto oculto pelo capuz e disse no seu ouvido.



-Aproveite sua estadia no inferno. E o soltou, mais antes dele cair no chão ela decepou a cabeça do vampiro que quando tocou o chão explodiu em meio às cinzas e poeira.Viper se virou e foi rumo a Hogsmeade sumindo através de um portal azul.



>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>



Leonardo já tinha reunido quase a metade das forças dos membros da Alcatéia de New York.Aviam mais de cinco mil membros prontos para morrerem em batalha e lá foram eles rumo ao centro da grande cidade que naquela hora ainda estava cheia e já aviam vários corpos no chão.



Quando eles apareceram Leonardo lançou a marca da Alcatéia para o alto o grande lobo Branco que subiu soltou um uivo e todos os lobisomens pararam com medo daquilo, pois sentiram algo estranho. A batalha avia começado agora não só membros da Alcatéia lutando, mas aurores do ministério americano que não ligaram com os estranhos simplesmente acharam que se eles ajudassem seria melhor e isso foi uma boa escolha já que esses estranhos lutavam com afinco e muitos lobisomens e vampiros sem contar comensais já tombaram.



Leonardo se destacava na luta ele era muito habilidoso não só com a espada, mas com a magia que usava sem precisar da varinha, ele já avia matando dezenas de lobisomens que não paravam de aumentar de numero assim como os vampiros e comensais. Do lado das trevas um cavaleiro negro estava destruindo tudo o centro da cidade virou um campo de batalha uma desordem completa sem contar os trouxas que tentavam reagir e eram ou mortos ou levados tanto por lobisomens quanto para vampiros. Helicópteros da policia trouxa caiam conforme apareciam, o caos estava dominando agora não só o centro da grande cidade mais outras regiões. Quando Leonardo pensava que estava acabado que a cidade tinha sido tomada ele vê que todos os vampiros pararam e um deles saiu flutuando no ar a uns dez metros, logo depois vários outros membros da alcatéia apareceram lá e ele ordenou que eles acabassem com as outras criaturas em diferentes partes da cidade e assim foi feito.



Trouxas caiam mortos ou mordidos por vampiros e lobisomens, não importava se eram crianças ou adultos, eles apenas caiam e agora os aurores também caiam por chão assim como alguns da Alcatéia. A batalha estava equilibrada, Leonardo seguia matando todos os inimigos que achava e o sangue deles sujavam suas vestes negras que agora estavam um pouco rasgadas quando ele terminou de matar três comensais do nível feiticeiro ele viu um ser alto com vestes negras rasgadas seus rosto coberto por uma mascara e por baixo das vestes ele pode ver através de alguns cortes uma armadura negra.



-Quem é você? Perguntou Leonardo com fúria.



-Lestrange. Falou a figura com uma voz feminina em tom de brincadeira. -Bellatrix Lestrange. Depois disso ela tirou sua espada do coldre e tentou desferir um golpe particularmente potente que só não pegou diretamente por que Leonardo colocou sua espada na frente fazendo os pés deles literalmente afundarem no chão ate os calcanhares e uma onda de impacto percorreu o campo de batalha destruindo carros e jogando aliados de ambas as partes para todos os lados.



Leonardo reagiu tentando golpear ela na altura da cintura, mais ela defendeu fazendo a mesma onda de impacto percorrer o campo de batalha e naquele instante todos pararam, abrindo um circulo para ver a batalha entre um ser do circulo dos Cavaleiros Negros contra o que muitos aurores já batizavam de Lobo por causa da marca. A batalha estava intensa, tanto Bellatrix, que naquela hora já avia baixado seu capuz deixando todos verem seu belo rosto,quanto Leonardo estavam equilibrados,ele tinha que fazer algo para acabar com aquilo. Lestrange já estava com vários machucados à batalha era árdua sua armadura já trincara com os golpes e mesmo não podendo ver o rosto do Lobo sabia que ele também estava machucado, seus poderes estavam equilibrados então Bellatrix se afastou levemente de Leonardo e fez sua aura maligna aparecer com força total fazendo todos que assistiam a batalha se afastarem para não serem envolvidos por aquela aura, e Leonardo resolveu fazer o mesmo e uma aura cinzenta apareceu em sua volta e começou a crescer, a aura de Lestrange e dele estavam colidindo em uma batalha para tomar aquele espaçoso circulo que os outros aviam feito só para observar a batalha. Eles puderam sentir que não só ali a batalha avia parado, mas em todo o canto da cidade só para esperar o termino da batalha entre Lestrange e Leonardo.





Ambos os combatentes avançaram e golpearam com as espadas fazendo elas ficarem cruzada e raios prateados saírem delas e atingirem os seres das trevas que caiam mortos, os dois se afastaram e Lestrange levantou a espada para cima de sua cabeça com uma mão e logo depois desceu fazendo uma faixa negra ir ate Leonardo e o atingir no peito com força lançando ele para dentro de uma loja por um caminho que fora aberto pela multidão, mas logo depois ele saiu tão rápido da loja que ela de inicio não percebeu e por isso recebeu um corte na perna, um corte profundo que sangrava muito, mais ela não ligou e partiu para cima do lobo que se defendia com dificuldade, mas assim que ele encontrou uma brecha ele transpassou a ponta da espada no abdômen de Lestrange que deixou sua espada cair e fraquejou nas pernas. Leonardo tirou a espada que estava cravada no abdômen dela e Lestrange deu cinco passos para trás com seus olhos azuis gélidos brilhando de fúria e então ela ergueu sua mão e soltou um sorriso vitorioso e gritou algo que fez muitos correrem.



-AVADA KEDEVRA. Um relâmpago verde ofuscou os olhos de todos, mas quando conseguiram ver de novo Leonardo não estava mais lá, eles tinha certeza que ele fora despedaçado pela maldição.



-Errou. Falou o Lobo atrás de Lestrange que se virou e recebeu um soco na cabeça e foi lançada no meio da multidão inconsciente e gravemente ferida. Os comensais a pegaram e a levaram embora em quanto os Vampiros e Lobisomens voltaram a batalha assim como os comensais que restaram só que dessa vez eles lutaram com mais fúria, uma das melhores aliada dele avia caído e eles queriam vingança ,quando o circulo fechou sobre Leonardo e o resto dos membros da alcatéia e dos aurores ele levantou sua espada e gritou com forca. -SOLARES. Uma bola de fogo com muita intensidade subiu para quinze metros do solo fazendo vários vampiros queimarem e virarem pó e os lobisomens ficarem momentaneamente cegos, e em varia partes da cidade isso foi feito e logo depois os vampiros bateram em retirada, e todos atacaram os lobisomens e os comensais que foram obrigados a bater em retirada, mas não sem antes derrubarem um enorme prédio onde Leonardo e os outros estavam fazendo todos se protegerem e deixar a fuga de lado. E depois da poeira baixar eles viram que todos os inimigos haviam batido em retirada sumindo como se fossem engolidos pela terra e então gritaram em comemoração, aviam afugentado os inimigos, e logo depois de varias partes da cidade vieram noticias que o mesmo avia acontecido.



-Devemos muito a vocês. Falou um homem alto negro com um porte forte e voz grosa para Leonardo. -Se um dia precisarem pagaremos essa divida para com voz. Disse estendendo a mão que foi apertada por Leonardo que logo depois antes da imprensa bruxa chegar sumiu em meio a um portal azul assim como todos os membros da Alcatéia.



-Quem será que são eles? Perguntou um auror jovem para o homem negro que não respondeu ficou olhando o nada. -Você esta bem John?



-Hum, a to sim. Disse saindo de seu traze. -E acho que eles são aliados, e dou graças a Merlin por isso, por que se não fosse eles nos não estaríamos mortos a essa hora. Disse olhando em volta e vendo todos os corpos daqueles estranhos aviam sumido e que só os corpos dos comensais e Lobisomens estavam ali sem contar os dos aurores caídos já que os vampiros viraram cinzas.



>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>



Um portal abriu nas grandes montanhas da china bem em frente de um milenar templo da luz xaulin, de dentro do portal saiu um ser alto com vestes negras de tecido desconhecido e um sobretudo negro com o desenho de um raio atrás. Vários guardas vestindo vestes de ceda um pouco diferente sem estampa apenas a cor amarela e com um pequeno detalhe vermelho na cintura eles carregando espadas e lanças chinesas cercaram o estranho que simplesmente baixou o capuz que lhe cobria o rosto revelando um rosto sardento e cabelos tão vermelhos quanto o fogo, os guardas murmuravam em chinês, mas o ruivo não ligou simplesmente começou a andar, e os guardas deram espaço para ele passar e ficaram enfileirados em sinal de respeito e se curvaram em quanto ele passava. Ao entrar no templo o ruivo foi atendido por um homem que aparentava não ter mais de cinqüenta anos e com vestes vermelhas e uma estampa de dragão nas costas.



-O que trás você novamente aqui? Perguntou o que parecia ser um mestre xaulin e o ruivo se curvou levemente em sinal de respeito e depois falou.



-Xangai esta sendo atacada, está na hora de cumprir nosso trato.



-Nada nos interessa em Xangai só queremos viver quietos. Falou o mestre xaulin.



-Eles são os lacaios do enviado das trevas se eles tomarem Xangai o chi negro tomara conta do seu país. Disse o ruivo, mas o mestre Xaulin nada fez. -Por favor, mestre Ong.



-Derrote o meu melhor aluno e verei o que fazer. Disse Liu Ong.



-Assim Será. Disse o ruivo com a voz calma.



-Chan. Um homem um pouco mais baixo que o ruivo apareceu ele tinha o cabelo grande em trança e vestes azuis. -Da ultima vez você não derrotou o mais fraco dos meus aprendizes agora enfrente esse. O ruivo olhou para Chan com impaciência.



Chan se adiantou e o ruivo simplesmente ficou parado de lado como se aquilo fosse terminar tão rápido quanto começar. O guerreiro xaulin desapareceu e apareceu agachado do lado do ruivo que não se assustou e simplesmente chutou o guerreiro tão forte que ele voou quinze metros arrastando no chão e batendo numa parte do templo, levantando poeira e quando a poeira baixou o ruivo viu o guerreiro desmaiado.



-Desculpe exagerei. Falou se curvando em frente ao mestre chinês. -É que eu estou nervoso, meu mestre me mandou vir diretamente aqui. Liu Ong pareceu se surpreender com essa ultima frase. -O ataque em Xangai é consideravelmente forte, várias criaturas negras estão atacando principalmente os Vampiros Imortais e os Lycan.



-Irei com você meu caro Jorge. Disse o mestre se levantando e olhando calmamente onde seu guerreiro ainda estava inconsciente, e num momento ele se levantou como se despertasse de um sono. -Você evoluiu muito em apenas quinze dias, isso prova que você realmente serve ao enviado das estrelas. Ele parou mais um pouco e olhou para o lado e falou para um garoto que assistia tudo. -Mande juntar os melhores guerreiros, iremos à luta. Não demorou muito e mais de setecentos guerreiros estavam pronto e o mestre xaulin estava à frente de seus guerreiros.



-Eu posso leva-los. Falou Jorge.



-Não eu farei isso. Jorge não entendeu, mas mestre Ong levantou os braços e depois baixou rapidamente e uma fumaça amarela apareceu e quando sumiu nenhum dos guerreiros estavam lá nem mesmo o mestre xaulin e o ruivo vendo isso sumiu mais uma vez através de um portal rumo para Xangai.



>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>



Xangai estava um caos casas, lojas e prédios estavam sendo derrubados com ataques poderosos vindo de dois cavaleiros negros e o general Keillis que estavam a destruir tudo. Aurores chineses tentam conter o ataque mais muitos já caíram mortos, um dos Aurores se destacava entre os outros ele era poderoso e conseguia matar vários vampiros com feitiços de chamas, mas tava tendo problemas com lobisomens. Um vento forte varreu o campo de batalha que se tornara Xangai e do nada setecentos homens vestidos com vestes azuis e espadas chinesas apareceram, à frente dele vinha ninguém menos do que o mestre Liu Ong, isso deu coragem aos aurores, começaram a atacar com mais ferocidade as forcas das trevas e depois um homem alto com vestes negras e um sobretudo negro e um capuz cobrindo o rosto apareceu ao lado de mestre Ong e falou algo e os guerreiros atacaram com toda a forca juntamente com mestre Ong e o desconhecido que levantou sua varinha e murmurou algo e um lobo branco saiu da varinha, e subiu ao céu aumentando de tamanho se tornando um lobo gigantesco que destruiu o escudo negro assim como a marca negra e depois soltou um raio prateado na aglomeração de inimigos que morreram na hora.



O estranho entrou no combate usando não só a magia que era feita sem a varinha, mas também uma espada que mal tocava nas criaturas das trevas e elas já caiam feriadas ou mortas. A batalha estava mudando de rumo apesar de vários trouxas e bruxos já estarem mortos, as forças das trevas estavam temendo a luta já que ela estava se equilibrando. Mestre Ong lutava com tanta habilidade que já destruíra muitos lobisomens e vampiros com golpes de uma espada que tinha um brilho azul, ele nem parecia ter cinqüenta anos.



-Mestre Ong que prazer em revelo. Disse uma voz fria em chinês fazendo o mestre olhar. -Não se lembra de seu próprio sobrinho? Disse um cavaleiro negro tirando o capuz e revelando um rosto chinês aparentemente jovem com olhos castanhos gélidos.



-Você não é mais meu sobrinho. Falou mestre Ong sem alterar a voz simplesmente fitando o cavaleiro negro com desprezo. -Você quebrou nossas leis, utilizou o chi para o mal e se aliou a um assassino, além de matar seu próprio pai, você deve pagar por tudo. O jovem cavaleiro nada disse simplesmente olhou o velho mestre.



-Sou mais poderoso que você, velho insolente meu novo mestre me deu poderes que nem mesmo você conseguiria. Falou depois de ficar quieto. -Agora recebi um novo nome, um nome que todos temerão, eu sou Kreivus.



-Esse nome é amaldiçoado, você entregou sua alma e os segredos que sua família protegia por milênios em troca de poder, e agora sua alma é tão podre que nem as criaturas mais vis iriam querer devora-la. Kreivus se irritou e avançou em direção do velho mestre que simplesmente pegou ele pelo braço e o arremessou para o meio da multidão que lutava, mas logo Kreivus voltou para perto dele e os dois lutaram entre si nos estilos de lutas mais velhos da china. A luta era impiedosa, forte,não importava o quanto, quando um desviava do golpe que machucava mesmo que não acertam-se cortes eram feitos nas vestes e nos corpos dos dois e se um desviava por completo o golpe formava buracos no chão.



OS dois começaram a usar as espadas que quando se chocaram ondas de energia e impacto corriam pelo campo de batalha, mas a luta não acabara, ela continuava como se nada acontece-se . Tanto mestre Ong quanto Kreivus já estavam quase esgotados, seus poderes estavam se acabando devido ao ritmo da luta, então mestre Ong resolveu fazer o ultimo ataque, aquele que poderia acabar com a luta, ele cravou a espada no chão e a afundou ate o cabo, Kreivus ficou aterrorizado quando ele fez isso, pois sabia o que estava por vir.



-Isso é pela honra de nossa família e dos nossos ancestrais. Uma energia marrom circulou o corpo do mestre que se ajoelhou no chão, segurou com as duas mãos o cabo da espada uma redoma azul apareceu impedindo que qualquer um interrompesse o ataque, o chão tremeu a aura marrom se tornou vermelha como fogo, o chão começou a rachar e das rachaduras saiam luzes amareladas e vermelhas os olhos do mestre brilharam e num grito ele ordenou. -Venha chama milenar. O chão rachou por completo e num raio de dez metros subiu uma chama dourada em forma de dragão que só destruiu os aliados das trevas e o dragão em chamas olhou para Kreivus e desceu com toda velocidade e quando atingiu explodiu em meio às chamas, acabando completamente não só com o corpo, mas a alma do cavaleiro negro, e o mestre Ong ficou parado seus ferimentos se curaram conforme as chamas diminuíam e quando elas desapareceram ele estava de volta a luta matando todos os lobisomens e vampiros que achava e se encontrava algum humano ele simplesmente fazia ele desmaiar.



Quando a chama subiu Jorge olhou para o dragão se distraindo da batalha e se não fosse por seus reflexos ele teria sido morto por um homem alto de cabelo castanho e olhos gélidos que segurava uma espada ensangüentada. Jorge não sabia como, mas esse homem não era comum, ele pode sentir algo maligno dele, não como os dos cavaleiros, não parecia que ele tinha nascido com esse poder maligno. O homem atacava Jorge com ferocidade cortando as vestes dele, mas Jorge se defendia com maestria e também atacava, mas por alguma razão o estranho homem tentava se manter muito longe de sua espada.



-Quem é você? Perguntou Trovão.



-Keillis mestre dos Lobisomens, senhor da lua negra. Gritou o homem largando a espada e para o espanto de Trovão ele viu o homem crescer e sua pele rasgar e por baixo dela estava um monte de pelos negros e olhos brancos seus dentes afiados e brancos assustavam a todos que estavam por perto, uma aura prateada o circulava e num movimento ele atacou Jorge que desviou e escapou por pouco ele não poderia ser mordido ou estaria perdido mais ele lutou com afinco protegia com a espada os golpes das garras do lobisomem que era muito poderoso. Jorge pensava rápido, se não ele não escaparia então ele viu o que poderia ser sua salvação, a sua direita estava um cavaleiro negro lutando com dificuldade contra mestre Ong que quando olhou para Jorge soube o que fazer.



Mestre Ong empurrou o cavaleiro negro para perto de Jorge que o agarrou e colocou ele na frente no momento exato em que Keillis ia golpeá-lo na altura da cabeça, mas nesse momento o lobisomem não pode parar o ataque, e com essa patada ele arrancou a cabeça do cavaleiro negro que não teve tempo de reagir. Keillis ao ver que dois dos mais poderosos aliados tinham tombado e que depois disso seu exercito estava perdendo terreno deu um salto e parou em cima de uma casa que resistia firmemente aos impactos do combate e voltou ao normal, depois gritou num tom tão poderoso que todos os aliados das trevas ouviram.



-RETIRADA. Os aliados das trevas recuavam lentamente ate que uma explosão tampou a visão daqueles que lutavam contra as trevas e os inimigos aproveitaram e desapareceram como se fossem engolidos pela terra e logo depois disso mais uma vez o campo de batalha foi coberto por uma fumaça amarela e quando os aurores viram que os estranhos aviam sumido e os corpos de dos companheiros deles também sumira juntamente com o estranho de sobretudo.



>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>



Quando Fred apareceu na sala de Angel ela estava preocupada, pois sentira uma movimentação estranha na cidade e estava esperando informações de seus espiões, mas nenhum dele voltara ate naquela hora. Angel ficou mais seria quando viu Fred já com sua veste de Batalha e com o capuz abaixado, isso trouxe um mau pressentimento para ela.



-Relâmpago. Falou ela se levantando de sua mesa. -O que o trás aqui? Disse já sabendo que não era uma visita de cortesia.



-Infelizmente nenhuma coisa boa. Falou Fred. -Esta havendo um ataque aqui em Londres, arrume todos os seus homens, pois aqui está Alberom e o seu exercito de vampiros e como já te avisamos os lobisomens estão juntos juntamente com um cavaleiro negro. Angel voltou para sua mesa e apertou um botão e logo depois um alarme toca e uma voz dizia repetidamente.



CODIGO ALFHA



-Daqui a pouco estaremos prontos. Disse ela com o tom de voz mais alto para ser ouvida. -Quando o ataque chega com força total?



-Já esta chegando. Disse Fred colocando seu capuz. -Vamos. Disse saindo da sala e indo para o Hall de entrada chegando lá ele pode ver o que tinha se reunido.Mais ou menos duzentos e cinqüenta caçadores homens e mulheres, armados com espadas brilhantes e armas de fogo trouxa.



-Esse como vocês devem saber é Relâmpago um dos nossos aliados contra as trevas ele nos alertou de um grande ataque aqui em Londres. Depois disso os caçadores olharam para Fred que apenas se virou e fez um grande portal azul aparecer.



-Venham para a primeira de muitas batalhas. Falou ele com uma voz seria que nunca usava e entrou no portal seguido de Angel e logo depois todos entraram no portal rumo a primeira batalha de muitas outras que eles terão de enfrentar.



>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>



Os aliados das trevas estavam resolveram atacar mais uma área com mais população de Londres para assim fazer mais vitimas e assim indo caminhando diretamente para o centro da cidade, levando a devastação por toda cidade. Eles estavam atacando um bairro tradicional e quem visse numa placa caída via que o nome da rua. Largo Grimmauld, mas naquele momento ele estava quase que inteiro sobre chamas. Pelo ataque ser bem na porta da ordem da Fênix vários membros saíram da cede e foram lutar com o Maximo que pudesse, mas eles estavam em desvantagem mesmo depois dos aurores terem chegado, mas eles ainda estavam perdendo caia mais aurores e membros da ordem do que os soldados das trevas.



Um imenso portal abriu chamando a atenção dos vampiros e lobisomens, pois eles sentiram algo estranho, mais como um pressentimento. De dentro do portal saiu uns duzentos e poucos caçadores trajando seus sobretudos marrons que sem pré usavam e mais uma figura alta trajando roupas negras assim como o sobretudo e um capuz cobrindo seu rosto tornando impossível de ver alem, até os Vampiros se arrepiaram ao ver esse ser pois ele parecia a morte ou coisa parecida.



Depois da chegada dos caçadores o exercito das trevas parou de avançar com velocidade e ficaram lutando vários raios verdes vindo dos Comensais e Cavaleiros eram vistos e muitos corpos caiam ao chão, a batalha avia ficando equilibrada mesmo que o exercito das trevas estivessem em vantagem numérica os Caçadores e o ser estranho ajudava a diminuir cada vez mais o numero dos aliados das trevas. O estranho lutava fortemente contra os inimigos ele era tão rápido que muitos mal viam os movimentos com a espada, mas perceberam que ele não usava varinha para fazer magia e chegou um ponto em que ele levantou a mão e murmurou algo e da palma da mão dele subiu um lobo branco que brilhou no começo daquela noite. O lobo branco destruiu a marca negra com um raio prateado e logo depois lançou o mesmo raio prateado para baixo destruindo muitos lobisomens e Vampiros, mas os bruxos aliados das trevas ficaram ou queimados ou enfraquecidos, mas muitos ainda lutavam, ambos os lados perdiam e por algum momento os dois lados ficaram equilibrados uma luta ate quando vários outros estranhos com sobretudos e capuzes escondendo o rosto e entraram na luta.



Fred lutava contra vários vampiros e lobisomens ao mesmo tempo já tinha destruído vários, e dos que estava enfrentando apenas três estavam inteiros, mais não demorou muito para eles morrerem. Relâmpago sentiu algo estranho o observando e quando vira ele escapou por um triz de uma espada que quase lhe cortou a cabeça e viu que foi um cavaleiro negro que o tinha atacado. Os dois se encararam e mesmo o cavaleiro não podendo ver o rosto de Fred sabia que aquele não era um bruxo comum.



-Gostaria de saber seu nome para que coloquem em sua lapide. Falou o cavaleiro negro com uma voz arrastada que foi conhecida de imediato por Fred.



-Você nunca saberá o meu nome, mas eu sei o seu. Disse Fred com uma voz desdenhosa. -Lucio Malfoy. Quando terminou de falar o Cavaleiro negro baixou sua mascara e revelou o rosto fino e pálido de Lucio que agora estava com grandes olheiras presente de Azkaban. -E hoje você paga por tudo que fez. Relâmpago partiu para cima de Lucio que se defendeu rapidamente de um golpe particularmente potente que o fez ser arrastado suas espadas ficaram cruzadas Lucio o olhava com nojo e desdém e num momento invocou sua grande aura maligna que cresceu rapidamente. Fred vendo isso invocou a sua que rivalizou por um momento com a de Lucio, mas em menos de um segundo a aura de Fred começou a engolir a de Lucio que pareceu estar sentindo muita dor com aquilo, mas não quis se render e atacou Fred com toda sua força, e o impacto fez o chão tremer e faíscas saírem se suas espadas, mas Fred resolveu acabar com aquilo de uma vez e em quanto Malfoy estava se recuperando para outro ataque ele correu tão rápido que nem Lucio percebeu seu movimento e depois apareceu em agachado na frente do Cavaleiro negro e apontou sua mão no peito dele e num momento uma bola azul apareceu entre a mão de Fred e o Peito de malfoy.



-Bom vôo. Disse e num instante a bola de energia expandiu um pouco mais e explodiu lançando Lucio pra vinte metros longe fazendo ele cair com as pernas em cima de uma grade de aço que tinha aquelas pontas de lanças que perfurou as pernas do comensal que berrou de dor e logo depois caiu não só com as pernas machucadas, mas todo o corpo por causa da bola de energia. Fred ficou parado por alguns segundos apreciando o que acabara de fazer, mas logo depois foi tirado de seu pensamento quando um homem alto de cabelos tão negros quanto às trevas e olhos azuis frios e cruéis que lhe dera um soco fazendo ele cair no chão e afundar no chão.



-Tu podes ter derrotado aquele reles mortal, mas a mim você não derrotaras. Falou o ser com uma voz cruel. -Você nunca derrotara o grande mestre da noite eterna.



-Alberom. Disse Fred ao se levantar sentindo dor no corpo.



-Vejo que me conhece. Disse o mestre vampiro com um sorriso escárnio no rosto.



-Não, reconheci você pelo cheiro de carne podre que você estava exalando. Disse Fred com um tom zombeteiro.



-Insolente. Disse o mestre vampiro avançando em direção de Fred que desviou de um murro dele, mas não escapou do segundo ataque que o lançou para o parque que ficava do Largo e fazendo ele bater numa arvore que caiu quando ele bateu. Mas Relâmpago não desistiria com tanta facilidade e então resolveu atacar com toda forca e rapidamente apareceu do lado do grande mestre vampiro e tentou golpeá-lo com a espada, mas ele simplesmente desviara e acertara um soco no estomago de Fred que caiu de joelhos no chão. -É assim que você tem de ficar abaixo de mim de joelhos perante o mestre da noite.



-Vai se ferrar. Disse Fred com dificuldade mais logo depois recebeu um chute no rosto e sentiu muita dor.



-Fique quieto ou morrera mais lentamente. Falou o mestre vampiro, mas parou por um segundo. -Mas de qualquer jeito você morrera lentamente. E pegou Fred pelos cabelos e o levantou com a mão esquerda e com a direita fez aparecer garras negras que iam dar um ataque fatal, mas quando Alberom ia dar o ataque seu braço é cortado e ele se vira para ver quem fora que o atacou e viu Angel coberta de sangue e vários machucados no rosto e nos braços. O olhar de Alberom estava lívido de ódio e de algum jeito Angel foi erguida no ar sem que ninguém a levantasse só foi com um olhar do mestre vampiro que ainda segurava Fred com a mão esquerda. -Você ira morrer sua insolente. Disse ele e logo depois Angel sentiu como se estivesse sendo espremida por barras de aço sentiu algumas costelas racharem e não agüentaria mais nem um minuto se aquilo continua-se.



Uma aura branca e segante começou a aparecer na frente do mestre vampiro, algo estava queimando sua mão esquerda, uma energia forte como a de um raio e um choque elétrico forte jogou o Vampiro longe, e uma luz segante passou pelo campo de batalha, a luta cessou por causa que a visão de todos se ofuscaram Angel caiu no chão quase inconsciente mais tendo forças o suficiente para observar Fred em pe com uma aura branca como de um raio e os olhos brilhando da mesma cor que a aura e o seu rosto ainda oculto aquilo fez parecer que ele era mais poderoso do que mostrava. Alberom se levantou olhou pra Fred e depois tentou atacar mas com um movimento da mão que Fred fez Alberom foi arremessado no meio do campo de batalha ele estava fraco não conseguiria atacar novamente teria de se alimentar antes de lutar contra Relâmpago mais uma vez e então com uma voz falha ele falou.



-Retirada. Uma nuvem negra tomou conta do campo de batalha e quando ela desapareceu os aliados das trevas aviam sumido, e tinham levado Malfoy.



-Vamos embora. Ordenou Relâmpago e um portal azul enorme apareceu e os caçadores e os estranhos de sobretudo pegaram os corpos de seus amigos mortos ou feridos, passaram pelo portal e sumiram.



>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>



Hogsmeade estava sendo invadida e Falcon e seus aliados já estavam reunidos juntamente com os bruxos que aviam sido a linha de frente, dessa defesa e que a essa hora já estava lutando na entrada da cidade mesmo assim o outros estavam avançando as primeiras criaturas a chegarem onde Falcon e os outros começaram a lutar sanguinariamente mas nenhum caia. As forças das trevas estavam caindo mais o ataque estava começando a ficar mais cruel se não chegasse reforços urgentes eles tombariam.



Falcon conseguira matar dezenas de criaturas das trevas, entre essas criaturas Vampiros e Lobisomens, num momento Falcon viu vários portais azuis se abrirem e deles saírem vários outros membros da Alcatéia e logo depois vários estalos e muitos aurores e membros da ordem da fênix apareceram. Dreik também se destacava na luta, ele já matara pelo menos cinco vampiros e estava lutando com um lobisomem particularmente forte, mas ainda estava levando a melhor, assim como Munir que já laçará o quarto comensal da morte a mais de quinze metros sem contar que Adelaar também estava detonando não só vampiros, mas lobisomens e comensais.



Dreik derrotou o lobisomem e partiu para luta com os comensais que estavam caindo como moscas, não avia como não cair, o poder dos membros da alcatéia era muito grande, mesmo os poucos que ali estavam conseguiam destruir muitos mais que os aliados das trevas, a linha de frente fora desmanchada e agora todas as criaturas das trevas e os comensais avançaram com forca total, centenas e centenas de aliados das trevas atacavam mais fortemente agora, os aurores não estavam agüentando e caiam ou mortos ou quase isso, assim como os membros da Ordem da Fênix caiam, os comensais lançavam maldiçoes desconhecidas ou mesmo as imperdoáveis o sangue agora estava tingindo a rua mesmo com os membros da alcatéia, vários inimigos passaram e para surpresa de Falcon eles estavam indo diretamente para o castelo de Hogwarts destruindo tudo pela frente, mas não se preocupou muito com isso já que Greifer e Isthar estavam conduzindo os alunos ou já estavam no castelo já que a ordem estava ali.



Em quanto lutava Munin sentia algo estranho como se algo gelado estivesse subindo pela espinha e quando percebeu sua espada estava em meio a chamas azuladas e quando tocava seus oponentes eles simplesmente congelavam, e depois se quebravam no caso dos vampiros depois de quebrarem eles viravam cinzas. Isso era surpreendente, e mais uma coisa, ele sentiu sua forca aumentar e não demorou muito e ele já tinha destruído mais de cinqüenta aliados das trevas e os outros tentavam manter distancia dele, mas ele não dava trégua atacava com tudo, mesmo já estando sentindo dores e vários cortes pelo corpo sangravam. Falcon estava lutando com tanta concentração e fúria que os Vampiros e Lobisomens temiam passar, mas faziam o possível, mas do nada eles ouvem um berro de dor e todos os Vampiros pararam e olharam para o leste em cima de um monte uma grande aura vermelha se erguendo nas sombras da noite que já caia, mas eles não poderiam fazer nada eles simplesmente continuaram a atacar e destruir assim como os comensais. Um ultimo portal azul se abriu e Viper apareceu com a mesma aura que tinha no monte e os vampiros olharam com pavor para ela e os lobisomens pararam e farejaram algo e depois olharam para Viper ela simplesmente começou a lutar com mais fúria. Em quanto lutava Viper foi chegando perto de Falcon que percebeu sua aproximação e também foi ao encontro dela e quando chegou perto ele ouviu ela falar.



-Os Cavaleiros negros sumiram. Falcon eliminou três lobisomens com um aceno da mão e olhou para o norte em direção do castelo e por um momento pensou que estava tudo perdido as criaturas estavam lá e os Cavaleiros também juntamente com outro grupo de ataque composto de comensais e vampiros sem contar as mais temíveis criaturas.



-Dreik fica no comando. Gritou Falcon correndo em direção a Hogwarts e quando estava quase no fim do povoado um portal apareceu e ele o atravessou rumo a uma da mais duras lutas dessa guerra.



>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>



Dreik se surpreendeu com esse comando, mais não teve tempo de pensar nisso já que cinco vampiros o cercaram ele e ele teve que lutar com forca, matando eles em alguns segundos mais outros Vampiros e comensais fizeram o mesmo, se continua-se assim não só ele, mas todos morreriam, então algo veio à mente dele, algo que ele nunca tinha ouvido falar mais sabia como fazer ele fincou a espada no chão e a empurrou ate o cabo encostar na terra e depois olhou para os seus inimigos e se ajoelhou no chão uma aura roxa clara apareceu em seu redor e cresceu consideravelmente a ponto de todos os membros da alcatéia e da Ordem da fênix pararam já que os aurores que estavam ali ou estavam mortos ou desacordados e os membros da Ordem da fênix estavam muito fracos para lutar novamente. O chão do povoado começou a tremer e a rachar das rachaduras saiam luzes que queimavam os vampiros e a aura de Dreik aumentou e um desenho apareceu na parte de trás do, sobretudo um dragão no estilo chinês e de repente ele gritou. -Venha Chama Milenar! Saído do chão um longo dragão formado em chamas roxas subiu quinze metros do chão lançou um olhar fulminante em direção dos aliados negros e lançou chamas roxas em direção deles que queimaram vivos, tanto Lobisomens e Vampiros, quanto os comensais da morte, mas nem todos estavam mortos então o dragão desceu com tudo em direção ao solo e quando tocou o chão explodiu em meio às chamas roxas destruindo mais da metade do exercito que atacava Hogsmeade. E depois disso tudo se apagou como se nada acontecesse e os membros da Alcatéia e da Ordem aproveitaram e atacaram com mais fúria fazendo os que ali estavam debandarem e sumirem depois de uma nuvem negra passar perto deles e depois tudo ficou silencioso, Dreik caiu inconsciente e de repente vários portais azuis apareceram e os membros da Alcatéia sumiram por trás dos portais levando junto os corpos ate mesmo Rony, Hermione, Gina e Draco que foi carregado por Rony, mesmo contra sua vontade.



>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.