FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Tarde


Fic: Ron, Have You Ever Really Loved a Woman?


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

-Ronald Weasley! O que diabos têm nas flores?
Hermione passara uns 30 minutos revirando todo o buquê, em busca de algo que nem ela sabia ao certo o que seria. Já tentara até por feitiços saber o que havia ali, mas nada dava certo… Estava no seu momento “descanse para refletir melhor”, mas só ficava mais agoniada com a demora!
-Ai, merlim, me ajuda! O que ele quis dizer com: as flores são a chave?
Ao dizer isso, um fato muito estranho ocorreu: das flores, começou a sair uma luz vermelha, e elas se dividiram em 2 grupos, como Moisés fez com o Mar Vermelho, e desse vão começou a crescer uma outra plantinha, um outro botão… Quando o botão se abriu, havia um pedaço de pergaminho dentro… Hermione ainda boquiaberta não conseguia entender como Ron fizera tudo isso, mas estava morrendo de curiosidade e nem ficou pensando, só pegou o papel e começou a ler:
Hagrid deseja falar contigo, ele está te esperando na casa dele…
A moça disparou para os jardins atrás da cabana do guarda-caça de Hogwarts. Chegou lá quase sem fôlego, nunca correra tanto na vida, esperou um pouco para regularizar a respiração e bateu na porta…
-Ah, Hermione! Entre, querida, estava te esperando.
-Obrigada, Hagrid! O que você deseja?
-Ah, sente-se… quer um chá?
-Não, Hagrid, obrigada, é que eu estou com um pouco de pressa…
-Ansiosa, é?
-É… *ela não pode deixar de ficar vermelha de vergonha*
-Não se preocupa, Ronald só pediu para mim te entregar isso… *ele falou estendendo um bilhete que estava em sua mão* e levá-la até um lugar…
-Que lugar? *falou ela pegando o papel* E o que ele quis dizer com isso: “o que você é e sempre será que eu mais admiro”? *não entendia o que ele quis dizer com aquilo…*
-Bom isso eu não sei, minha missão é levá-la… mas vou por um caminho diferente, ele pediu pra não deixar você passar por ali, mas acho que você gostará de ver uma coisa antes…
-Ai, por que vocês me deixam assim curiosa???
-Haha, calma Hermione! Já vamos lá!
Hagrid a conduziu pelos jardins, Hermione já não suportava mais a demora, eles caminhavam muito devagar e ela estava aos nervos de curiosidade. Não sabia mais para onde estava indo até que o guarda-caça falou:
-Está reconhecendo aquela árvore enorme ali?
-Hein? O Salgueiro Lutador?
-Sim, e você reconhece algo por ali perto?
-Hmmm *Hermione ficou observando ao redor da árvore, só via algumas depressões no chão, até que…* Por Merlim, as flores!
-Sim, aqui que o Ron pegou seu buquê. Por isso ele estava bem sujinho…
-Ai ele podia ter se machucado muito! Hey essas depressões são marcas de luta com o Salgueiro?
-Sim, ele teve uns problemas, sabe como o Ronald é distraído…
-Ai Ron, por que você fez isso?
-Porque essas flores são mágicas como você pôde ver… mas é melhor você pedir explicações detalhadas a ele…
-Explicações detalhadas?
-Você já vai entender a real mágica delas…
-Hein?
-Vamos continuar… vou te levar pra uma parte que ninguém conhece daqui…
Eles seguiram por mais uns 20 minutos no meio da mata, Hermione estava completamente perdida agora, mas pelo menos tinha Hagrid por perto… isso era o que ela achava…
-Bom, daqui eu prometi a ele que não iria mais além…
-O quê? Como você acha que eu vou achar o lugar? E para voltar depois? Vocês piraram de vez!
-Para chegar ao local só siga reto, você encontrará um rio e uma ponte… atravesse e espere sentada no morro, de frente para o rio, lá você descobrirá o que fazer…
-Como assim descobrirá o que fazer? Eu estou totalmente perdida! Hagrid me ajuda!
-Não posso falar mais que isso! Você é muito inteligente, Ronald confia na sua capacidade! Boa sorte!
Ele falou isso, virou de costas e seguiu o caminho de volta, deixando Hermione perplexa, gritando e tendo ataques nervosos…
-Hey, Hagrid, espera! É sério, eu não vou conseguir!
-Ronald confia na sua esperteza! Pense nisso! Adeus!
A garota não tinha outra alternativa, queria terminar logo aquilo, já estava ficando irritada de tanta apreensão…
-Ai, Merlim! Vamos lá…
Hermione andou mais uns 5 minutos no meio de árvores altas, mas, à medida que o tempo passava, mais amplo ficava o espaço ao seu redor, ao passo que chegou em um campo aberto, lindo, com gramado curto, algumas flores embelezando o chão e borboletas voando ao som do canto dos pássaros… Ela respirou fundo, nunca vira um lugar tão lindo, era como se uma paz interior brotasse dentro de si, fazendo-a esquecer de tudo ao seu redor, exceto…
-Ai Ron, obrigada por esse presente lindo! Gostaria que você estivesse aqui para compartilhar dessa visão comigo…
A garota seguiu pelo campo até avistar um rio, parecia calmo e fundo, por isso decidiu usar a ponte como Hagrid mandara…Era de madeira, ficava sempre rangendo e já estava um pouco gasta, mas deu para atravessar sem problemas…
-Certo, agora o próximo passo: esperar sentada no morro… Esperar até quando? Ai Merlim…
Hermione sentou-se e ficou admirando a vista… O rio estava extremamente lindo refletindo os raios solares e ela lá parada esperando… esperando… sem saber o que esperar, mas sendo fiel ao seu amado, ela ficara parada pensando no que teria que fazer para que algo acontecesse…
-Como eu odeio que me deixem nessas situações sem pista nenhuma! Afinal pra que serve aquele bilhete? *ela pega o papel, lê em pensamento, lê em voz alta, esperando algo acontecer como na vez das flores, porém nada acontece…*
Ela tenta lembrar tudo o que aconteceu no dia para ver se não deixou algo passar despercebido… “De manhã: a briga idiota que tivemos…o sucesso na aula…No almoço: as flores… a despedida… De tarde: as flores de novo… Hagrid… hmmm Hagrid… ele mostrou o Salgueiro… mas Ron não queria que eu passasse por ali, provavelmente para não se preocupar com ele…a trilha estranha… a despedida de Hagrid… hey a despedida…”
-O que o Hagrid quis dizer com “Ronald confia na sua esperteza”?… ESPERTEZA? *Hermione sente como se tivesse um estalo na cabeça, como se tudo fizesse sentido agora… ela pega o bilhete e relê* “o que você é e sempre será que eu mais admiro”… Ron sempre me elogiava com isso… ESPERTA *falou alto e nada aconteceu…* INTELIGENTE *idem… não conseguia pensar em outros adjetivos até que a ficha caiu…* SABE-TUDO!
O chão começou a tremer… a água a borbulhar e dela começaram a aparecer coisas estranhas, indefinidas: uma barbatana? Uma cabeça? Uma cauda? Pois Hermione já de boca aberta não acreditava que veria sereianos tão cedo de novo, mas eles vieram das águas e começaram a… tocar? Sim, uma melodia conhecida, uma melodia já cantada pela garota que estava na frente deles… Ela não creditava no que ouvia, nos olhos vieram as lágrimas e ela achou mais prudente fechá-los, juntou as mãos como numa oração e mentalizou seu amado, que deveria estar no aconchego da Toca… “Ron, obrigada mesmo por tudo isso! Eu queria apenas estar com você agora…”
Quando veio o refrão da música, foi como se Merlim ouvisse suas preces: uma voz doce, um pouco tremida de nervosa, encheu o coração e os ouvidos de Hermione que se virou rapidamente… Ela não acreditava, só podia ser sonho, mas não era… Ele estava na sua frente agora e a abraçava enquanto cantava…
-When you love a woman, you tell her that she's really wanted. (Quando você ama uma mulher, você diz que ela é realmente desejada). Te amo muito muito muito, Mione. *Ron fala em sussurros nos ouvidos da moça as frases que não fazem parte da música*. When you love a woman, you tell her that she's the one 'cause she needs somebody, to tell her that it's gonna last forever. (Quando você ama uma mulher, você diz a ela que é a única, porque ela precisa de alguém para dizer que isso durará para sempre). Mione, eu vou te amar por toda minha vida, eu não quero te perder nunca mais! Mesmo que você não correspond…
Hermione, já com olhos cheio de lágrimas de emoção, tapou a boca do ruivo com seu dedo indicador, olhou profundamente nos seus olhos e continuou:
-Ron… So tell me have you ever really ... really, really ever loved a woman?
Não havia mais o que dizer, o contato ocular já estava estabelecido, só faltava o físico que não demorou para acontecer… Um terno beijo, forte, apaixonado, como se aquele fosse o ultimo momento da vida dos dois amados… Ainda abraçados, Hermione continuou…
-To really love a woman, let her hold you, till you know how she needs to be touched. You've got to breathe her, really taste her, 'til you can feel her in your blood. (Para realmente amar uma mulher, deixe ela te segurar até você saber como ela precisa ser tocada. Você tem que respirá-la, prová-la até você poder senti-la no seu sangue.)
-And when you can see your unborn children in her eyes…you know you really love a woman. (e quando você puder ver seus filhos não nascidos nos olhos dela… você realmente ama uma mulher.) Mione, eu vejo lindas crianças como você, deixando os dias da minha vida mais alegres…
-Ron, eu te amo! Você não sabe como me deixou feliz hoje! Eu esperei muito por um dia assim…
-Você não vai esperar mais nada… Agora vamos viver eternamente felizes…
O casal se beijou e ficaram abraçados apreciando a vista e as músicas dos sereianos, até que esses tiveram de voltar para água…
-Obrigado sereianos! Hagrid também agradece por sua lealdade!
O chefe do grupo acena com a cabeça e mergulha no rio, todos submergindo e desaparecendo de vista…
-Ron, me explica uma coisa?
-Claro.
-As flores… Hagrid disse que elas são mágicas e têm mais poder do que já vi…
-Ah sim, por isso elas estão próximas ao Salgueiro… elas são muito procuradas para poções, mas se colhidas pensando na pessoa amada ela pode se modificar para o jeito que você desejar… eu quis que elas formassem seu nome e que só aparecesse o bilhete quando você falasse da chave…
-Nossa! Onde você descobriu tudo isso?
-Eu fui falar com Hagrid no almoço, a professora Sprout estava por lá e meu essa dica, mas ela disse que… bem… *ele estava rubro já* que só funcionaria mesmo se eu amasse realmente a pessoa…
-Que bom que deram certo então, porque eu também te amo muito! *Beijaram-se*
-Mas como você saiu do trem?
-Capa de Invisibilidade do Harry!
-Nossa! Quando você planejou tudo isso?
-Depois da aula! Não ia agüentar um feriado inteiro sem você, ainda mais sabendo que estaria aqui em Hogwarts sozinha…
-Ai, meu ruivinho! Te adoro!
Passaram o resto da tarde conversando, admirando a paisagem e aproveitando cada momento juntos, mas já estava escurecendo…
-Ron, não é melhor voltarmos? Está escurecendo e passar naquelas árvores me dá medo… *ela falou se apertando mais em direção ao seu peito*
-Certo, eu também estou morto de fome, daqui a pouco servem a janta lá!
-hahahah é você não muda mesmo! Vamos!
Seguiram pelo caminho de volta, um caminho com novos rumos na vida dos dois… um caminho cheio de paixão, cheio de sentimentos…Numa estrada sem fim chamada: AMOR.

FIM

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 2

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por willi santana em 13/11/2011

haaaaaaaaaaaaaaaaa

que linda!!!! quero um ron pra mim *.*

muito boa mesmo parabéns

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Anna Przybitowiscz em 25/09/2011

OWN *-*

Fiquei com inveja da Hermione.

A sua fic é incrivel.

 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.