FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Manhã


Fic: Ron, Have You Ever Really Loved a Woman?


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

O café da manhã de Hogwarts sempre foi bem visto pelos alunos, especialmente por esfomeados como Ronald Weasley, mas nesse dia todos estavam ansiosos, já que, depois das aulas, iriam para suas casas aproveitar um feriado com a família, feriado de comemoração ao fim de Voldemort.
Em um canto do Salão Comunal da Grifinória, 2 amigos estavam escorados na parede, esperando por algo ou alguém...
-Harry, quando diabos a Hermione vai descer? Eu estou morrendo de fome, cara!
-Calma, Ron, ela deve já estar arrumando as coisas pra mais tarde, por isso a demora.
-Ela podia deixar pra mais tarde, comer é muito mais impor...
Rony perdera a fala quando vira a amiga descendo as escadas do dormitório feminino, ela estava linda, radiante com suas roupas trouxa e a capa pendurada no braço. “Realmente valeu a espera, obrigado, Merlim, por essa visão divina logo de manhã.”
-Desculpem-me o atraso, meninos, eu tinha esquecido de guardar umas coisas.
-Sem problemas, Mione. Só vamos lá porque alguém está com fome…
Os amigos se direcionavam para o Salão Principal onde havia a refeição, Hermione ia vestindo sua capa, a Ron ainda a admirava sem coragem para falar nada… Ao chegarem no Salão, comeram o banquete do café da manhã e voltaram para a Sala Comunal pegar os materiais das aulas da manhã e aproveitaram para conversar um pouco…
-Hey, Harry, você vai mesmo para a casa do Sirius hoje?
-Sim! Como nunca o vejo, essa vai ser uma oportunidade, a primeira de estar com minha família. *O garoto sorria de felicidade.* Você vai para A Toca, né?
-Sim, reunião familiar para variar um pouco…
-Ah mas isso é bom! Por falar nisso, eu vou lá no dormitório, esqueci de por na mala os Profeta Diário que o Sirius pediu… Já volto!
-Ok, cara.
-E você, Mione? Está muito linda! Tudo isso só para voltar para casa?
-Obrigada. *A moça já estava mais que um tomate de vermelha* Bem, na verdade não, Ron. Eu não vou poder voltar para casa nesse feriado, acabei de receber uma coruja, que eu tinha treinado pros meus pais entrarem em contato comigo durante o ano, e dizia que ambos iam viajar a negócios, nessa época do ano trouxa eles ficam entulhados de trabalho e lá não é feriado também, então eu vou ficar por aqui mesmo…
-Sério? Que pena! Mas então eu fico com você!
-Não, Ron, sua mãe vai ficar preocupada e também não quero magoá-la.
-Não vou te deixar sozinha... Ainda mais linda assim, já imaginou se o Krum inventa de vir para cá?
-Ai lá vem você com a história do Krum! *Hermione já estava girando os olhos e se irritando, pois ouvia esses comentários diariamente.*
-Sim, vou continuar… Vocês eram tão apaixonadinhos afinal…
-Ron, eu não gostava dele!
-Mas ele te amava!
-Não é verdade! Ele não me amava!
-Como você pode ter tanta certeza? Acha que é sabe-tudo até com o que as outras pessoas sentem?
-Ron, você é um idiota! Eu simplesmente sei que ele não me amava, só isso…
-Me explica então!
Hermione cantou sua explicação, deixando Rony boquiaberto com a linda voz da sua amada:
-To really love a woman, to understand her, you've got to know her deep inside... (Para realmente amar uma mulher, para entendê-la, você tem que conhecê-la profundamente) *Hermione pensava em todo tempo que passara com seu ruivinho e continuou*
-Hear every thought, see every dream, and give her wings when she wants to fly. Then when you find yourself lying helpless in her arms... (Ouvir cada pensamento, ver cada sonho, e dar asas quando ela quer voar. Então quando você se encontrar sem forças nos braços dela…) *Pensou em si nos braços do amado, estava contendo lágrimas, quase perdendo a voz, mas continuou com sua resposta musical* You know you really love a woman! (Você sabe que realmente ama uma mulher!).
Rony ainda com cara de babaca, não acreditando no que ouvira, coração acelerado, só caiu na realidade quando viu a amiga sair chorando para o dormitório feminino.
-Mione, espera!
Ele tentou impedi-la, mas não foi rápido suficiente, por pouquíssimos centímetros sua mão não teve contato com a da Hermione. Com raiva de si mesmo, Rony saiu pisando forte e socando paredes: “Não acreditou que deixei ela escapar, era o momento perfeito para dizer tudo o que sinto. Oh, Merlim, não agüento mais essa angústia, preciso contar pra ela que a amo, que minha vida sem sua presença seria mais trágica do que estar rodeado de dementadores! Mesmo que ela não corresponda, o que é bem provável afinal eu só seu um amigo idiota que a faz chorar, eu preciso ser sincero e também tirar esse peso dos ombros...” Harry chegou, interrompendo seus pensamentos…
-Voltei! Hey para onde foi a Mione?
-Ela voltou para o dormitório… Para variar eu fiz ela chorar de novo! Como eu me odeio!
-Ai, por Merlim, vocês e suas briguinhas! O que seria da minha manhã sem elas... vou até sentir volta nesse feriado... hehehehehhe
-Tá não caçoa também, eu estou preocupado!
-Você sempre fica, vamos para as aulas. Depois a Mione vai, você sabe que ela nunca faltaria!
-Ok, vamos…
Os meninos tomaram seus assentos e esperaram…e esperaram… Rony já estava tendo um ataque de nervos *Por Merlim! A Hermione vai faltar uma aula! Eu devo tê-la deixado muito mal! Ai Ronald estúpido, você só a magoa, desse jeito é que ela nunca vai querer estar com você!*… Então, uns 2 minutos antes da aula começar, Hermione chega na sala com o rosto levemente inchado, mas sorrindo suavemente para disfarçar. Ela senta-se com seus amigos e passa a aula de Transfiguração inteira como se nada tivesse acontecido, deixando Ron e Harry perplexos…
-Gente, por que estão com essas caras? Depois vocês voltam para suas casas, vamos entender esse feitiço direitinho para podermos descansar no feriado!
Harry e Ron se entreolharam, não acreditavam no que ouviam…
-Mione, você está bem mesmo? Ei você também não vai para sua casa? *Pergunta Harry sem entender mais nada…*
-Estou bem sim, Harry! *Deu um sorrisinho* Ron não te falou? Meus pais vão viajar e eu vou ficar por aqui mesmo…
-Ah que pena, Mione! Você não quer vir com a gente mesmo assim? Lá no Sirius tem espaço para mais um!
-Não, não, não quero incomodar ninguém! Aproveita o primeiro feriado com sua família, Harry! Você merece muito isso! Além de que vou aproveitar pra estudar um pouco no jardim e passar por aí…
Ron, que só escutava até então, decidiu se pronunciar…
-Mas, Mione, você sabe que lá na Toca sempre haverá espaço para você, pode vir com a gente! Eu… *estava ficando corado, decidiu disfarçar um pouco* e a Gina gostaríamos muito da sua companhia.
-Obrigada, Ron, mas é melhor não. “Ai, Deus, se eu passar o feriado com ele, eu morro! E ele disse que gostaria da minha companhia…Ai ai ai, se contenha Hermione Granger! Pare de pensar bobagens!”
-Ok, só uma coisa então: *Ron, olhou diretamente nos olhos dela, deixando-a mais confusa* Me desculpa!
-Ah, eu é quem fui uma tola, devo ter estourado teus tímpanos com minha voz desafinada! Hahahahahhaha
-Que nada! Você canta muito bem!
-Hey, não é justo, eu não conheci esse talento da Mione ainda! Na volta do feriado tu vai cantar pra nós!
-Não conhecia esse lado masoquista de vocês! Mas tudo bem, aproveito para afinar a voz nesse meio tempo!
Depois de muita conversa e muita risada, estava quase tudo programado para o feriado. Todos esperavam impacientemente para irem embora, mas ainda tinham que agüentar uma aula de História da Magia e mais 3 aulas de tarde. Pelo menos as aulas de Transfiguração eram muito boas e o grupo, apesar das conversas, sempre se puxava para realizar o feitiço direitinho, sendo que foram os primeiros a executá-lo com uma precisão indiscutível, rendendo 60 pontos para a Grifinória.
-Muito bem, Harry, Ronald e Hermione! Já que vocês conseguiram realizar o feitiço eu vou dar a boa notícia mais cedo para turma… Pessoal, não haverá mais aulas hoje. O Diretor Dumbledore conseguiu adiantar a saída do trem para às 13h, por isso aproveitem agora para terminar de arrumar seus malões. Depois haverá um almoço especial antes de embarcarem. Era isso, estão dispensados.
Toda turma gritou de felicidade, levantaram correndo e voltaram para a Sala Comunal em disparada… Os 3 amigos também se separaram, cada um arrumando suas coisas, até Hermione que, mesmo ficando, queria organizar tudo que ia estudar e ler no tempo livre. A questão era que nem todos estavam arrumando as coisas…
-Cara, eu já me decidi… Eu não volto para casa! Vou fazer uma surpresa pra Mione! Eu preciso falar com ela logo! Eu estou agoniado!
-Calma, Ron! Eu te apóio de ficar aqui com ela, só o que você vai aprontar dessa vez? E como sua mãe vai reagir?
-Deixa comigo, eu vou enviar uma coruja avisando que a Gina vai voltar mais cedo e vou explicar o porquê da minha ausência, mas deixa comigo! Eu só gostaria de te pedir um favor… posso pegar sua Capa de Invisibilidade emprestada?
-Claro, cara! É toda sua, mas com uma condição: você vai ter que ser bem-sucedido nessa sua trama aí! *Harry piscou para o amigo, jogando a capa para ele pegar*
-Sucesso, acho que não vou ter, mas vou tentar! Obrigado mesmo!
Ron pegou o pergaminho e pena e começou a escrever, não 1 mas 2 bilhetes, um para sua mãe e outro para sua amiga…
Mãe,
Só quero informá-la que Dumbledore adiantou a partida do trem para às 13h, portanto Gina irá voltar mais cedo… Sim, senhora, eu não vou voltar. Desculpe estar dizendo isso por uma coruja, mas é um assunto sério que eu tenho pendente…Não, não se preocupe que “sério” não é igual a “perigoso” ou “encrenca”! Juro que se tudo der certo você receberá uma boa notícia mais tarde.
Obrigado pela compreensão!
Abraços a todos da família!
Ronald Weasley
Ron mandou a coruja para a Toca com o bilhete e começou a escrever o outro pergaminho… Todo seu plano passava na sua cabeça, ele não podia errar, tinha que dar certo… Ele olhou pela janela, os jardins estavam lindos e isso o deu uma idéia genial… Olhou para o bilhete e o rasgou, com o cérebro a mil, começou a escrever não só outro, mas uns 3! Harry olhava espantado, sem entender mais nada.
-Ron, para quem mais você está escrevendo?
-Esses 3 são para a Mione… O plano é o seguinte…
Depois de repassar tudo a Harry, esse não acreditava no que o amor podia fazer com as pessoas: nunca imaginara Ron tendo uma idéia tão boa e tão romântica na vida! Torcia pelo amigo, queria vê-lo feliz junto com a Hermione.
-Tá, mas Ron você já falou com Hagrid? Ele precisa ser avisado né…
-É o que vou fazer agora! Talvez eu demore pro almoço, cara! Tenta desconversar a Hermione! Já volto…
-Boa sorte!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.