FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

20. A GRANDE FINAL DO CAMPEONATO


Fic: HARRY POTTER E A ARENA DAS ALMAS PERDIDAS - FINALIZADA!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Image hosting by Photobucket

Harry pulou antes mesmo que a maldição lançada por Voldemort o atingisse, estava caindo da ponte para o rio de fogo como acontecera com Dumbledore.
Estupefato com o que fizera sentiu uma mão lhe segurar pelo colarinho como fizera na torre central e foi puxado para o alto, a mão que estava presa ao do bruxo que o segurava tocou um anel e os dois partiram do local no mesmo instante.
Harry caiu no gabinete de Dumbledore e com seu corpo trêmulo de tanta agitação fechou seus olhos e quando os abriu ficou defronte ao diretor que parecia perfeitamente normal. Fawkes ao seu lado voava naquele instante para o seu poleiro.
_Michigan por favor peça para os diretores das casas levarem seus alunos ao salão principal, terei de falar à todos.
Um quadro de um velho bruxo de nariz torto concordou de imediato e deixou o seu quadro.
Harry se levantou observando tudo com seus olhos ardentes, o escritório nunca lhe parecera tão claro.
_Você está bem? - Dumbledore lhe perguntou ajudando-o a se levantar.
_Um pouco cansado...
_Certamente que sim, mas devo lhe pedir que vá ao salão principal, depois poderá descansar...
Harry balançou sua cabeça positivamente e mesmo querendo fazer milhares de perguntas ao diretor rumou para a porta do gabinete.
_Harry - Dumbledore o chamou.
Harry se virou notando naquele movimento estar extremamente cansado.
O bruxo veio em sua direção e lhe deu um abraço, Harry pouco retribuiu, não sabia o porque, somente gostaria de sair dali e ficar sozinho.
_Você conseguiu Harry, me surpreendeu novamente...
_Professor - Harry o interrompeu em voz baixa. - Nós conseguimos, cada um teve a ajuda do outro...
_Tenho de concordar Harry, levarei assim que puder o orvalho à Aragone, estou muito cansado neste momento...
_E Voldemort, como ficara tudo para ele?
_Bom Harry - Dumbledore se dirigindo ao poleiro de Fawkes e fazendo-lhe um carinho murmurou: - Receio que Voldemort seja igual a uma fênix, quando pensamos que está morta é que da forma mais rápida renasce das cinzas, somente o tempo nos dira...
Harry sorriu por educação e girando a maçaneta da porta, deixou o gabinete.

Alguns minutos depois o salão estava preenchido de alunos, toda a destruição causada no castelo pela recente luta havia sido concertada não somente pelos elfos, mas sim também pelos professores.
A agitação nas mesas a aquela altura da noite era surpreendente, todos pareciam querer respostas pela falta de segurança no castelo.
_Um minuto. - Dumbledore pediu se pondo de pé. Ele não estava atrás da mesa dos professores como sempre, mas muito mais próximo as mesas. - Um minuto... - pediu novamente porém sem necessidade, seu primeiro pedido já havia sido sulficiente. - Já previa que todos estariam agitados pela batalha está noite, mas terei um excelente motivo para tudo...
Vários cochichos preencheram o salão, todos pareciam discordar que houvesse motivo bom o sulficiente para o acontecido.
_Já basta! - Dumbledore bradou e todos surpresos se calaram. - Tudo foi uma armadilha...
Harry pensou que todos gostariam de cochichar a recente informação revelada, porém ninguém ousava sob o olhar, agora sério de Dumbledore.
_Desde o final do ano passado venho lhes dizendo que Voldemort retornou a ação e realmente houve. Como proteção vim me empenhando em aplicar um encantamento muito complexo e poderoso sob os terrenos de Hogwarts, infelizmente o encantamento não tinha efeito enquanto eu não estava no castelo. Sendo assim, pesquisei uma forma de torná-lo também eficiente sob minha saida, a reposta por mais infeliz que fosse, seria sob um ataque das trevas revitalizar o feitiço, fato que realizei esta noite enquanto estive no castelo durante a batalha. A armadilha nos presenteou com a maior segurança já conhecida na história da magia antiga e somente os expôs a este risco pois nossa equipe de professores e todos os diretores das delegações recebidas tem conhecimentos fantásticos sobre defesas e nada poderia ao olhar deles ocorrer à vocês, fato que realmente se concretizou. Não temos bruxos feridos, e se houve ferimentos foram curados de imediato, está noite contei com vocês e felizmente não somente tive a felicidade de tornar o encantamento protetor de uma defesa excepcional como realizei a tarefa mais necessária desse mundo, destruir o exército de Lorde Voldemort...
Não houve como os cochichos se calarem na altura de tantas revelações, a última fora como uma pancada para todos.
_Serei breve em dizê-los como isso ocorreu... - todos se calaram novamente. - O exército de Voldemort se reunia em um local ocultado por magia negra, tendo em sua força um orvalho extremamente raro e poderoso, a força desse império vinha dessa gota, durante esta noite esta gota foi roubada e o império destruido quase que por completo, resultando com que as forças de Voldemort quase que se tornassem irrisórias...

Dumbledore foi surpreso por uma surra de palmas que varreu o salão em instantes, todos batiam palmas parabenizando-o pelas duas ações, principalmente por terem sido tão bem sucedidas.
_FICO FELIZ... - as palmas cessaram. - Que todos vocês tenham entendido que as minhas ações tiveram explicações, peço desculpas pelo incoveniente, mas imagino que elegância não seria sulficiente está noite, muito obrigado e tenham um bom sono.
Harry foi um dos primeiros a se por de pé, Rony e Hermione vinham mais atrás realizando perguntas diferentes com uma frequência absurda, assim que perceberam a exaustão do amigo o deixaram partir.
Os dias seguintes chegaram a Hogwarts carregados de uma animação somente tida com o inicio do Torneio Tribruxo no ano passado. A cada hora parecia que a escola recebida mais de quinhentos bruxos de todos os lados do mundo para a final do campeonato de quadribol que teria dois jogos pela primeira vez na história. O primeiro seria Grifinória versus Sonserina e quem vencesse teria de ir contra Lufa-Lufa.
Embora a expectativa para a final do campeoanto fosse extraordinária, os comentários variavam entre a primeira e certos palpites sobre a segunda.
Muitos bruxos haviam se reunido no castelo e nos terrenos envolta. Toda a familia Weasley viera, os times internacionais compareceram em peso (Rony aproveitou a chance para tirar foto com todos os membros dos Chudley Cannons), ministros de quase todos os paises, chefes e trabalhadores de departamentos de mais de vinte paises, professores e diretores, e muitos bruxos que misturavam línguas mundiais, raças diferentes, costumes e respeitos distintos estavam ali se reunindo. Havia bruxos de todos os cantos do mundo mágico, sem qualquer excessão.
O Profeta Diário em uma das reportagens que atecederam o tão aguardado dia para a final do campeonato dedicou uma edição toda ao evento que vinha ganhando destaque mundial. Na primeira página Hermione lia para vários alunos curiosos de Grifinória em um dos cafés da manhã mais sorridentes e animados de todos os últimos anos.

Final do Campeonato de Quadribol e Torneio do Olheiro levam um milhão de bruxos á Hogwarts

Durante os próximos dias a escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts sob a autorização do Ministério da Magia Britânico e do diretor Alvo Dumbledore deverá receber em toda sua área e terrenos ao redor mais de um milhão de visitantes que ficaram não somente para a final do campeonato de quadribol da escola como para a tão aguardada primeira tarefa do Torneio do Olheiro.
As instalações necessárias já estão sendo finalizadas e todos os terrenos poderão receber muito brevemente os bruxos.
Cornélio Fudge disse que nem mesmo a copa mundial de 1567 aonde se obteve a maior concentração de bruxos já conhecida em toda a história. Hogwarts e todos os terrenos aos arredores receberão nos próximos dias um milhão de bruxos e será como já vem sendo prometido os dois maiores eventos da história.
A primeira tarefa do Torneio do Olheiro que seria realizado em Hogwarts foi de última hora transferida para as montanhas mais próximas do castelo para que tenha a capacidade de receber um público tão gigantesco, estima-se que somente a primeira tarefa do torneio venha a ser dez vezes maior que a final da copa mundial de quadribol entre os paises de Irlanda e Bulgária no ano passado.
Alvo Dumbledore que se negou a falar sobre a grandiosidade do torneio somente nos revelou que as maiores medidas de segurança já conhecidas foram tomadas e reforçadas e que o Torneio do Olheiro juntamente com o campeonato mundial será um marco na celebração do milésimo ano da escola.
O Profeta cobrira não somente a final do campeonato como as quatro tarefas do torneio e trara para você, nosso fiel leitor, com exclusividade, toda a cobertura.

Uma reportagem de Anita Balgshot para o Profeta Diário

As barracas dos visitantes podiam ser vistas a milhares de metros em um vôo bastante alto, todos os terrenos em distância de milhares de quilômetros haviam sido tomados pelo evento.

_Bom..., acho que nunca irei ver tantos bruxos juntos novamente. - Hermione comentou enquanto fechava o seu exemplar do Profeta Diário.

Na noite do jogo, os times de Grifinória e Sonserina foram recebidos por explosões de palmas e assobios no salão principal, Harry mal conseguia comer algo, nunca estivera tão ansioso por um jogo como aquele, sua vontade era de sair do salão e com sua Firebolt já voar pelo imenso campo.

_Harry, Harry, HARRY! - Fred o chamou.
Harry se virou para o Weasley e assim viu que todo o time já se dirigia para o saguão de entrada, somente ele ainda estava a mesa.
_Vamos cara...
Nos terrenos de Hogwarts haviam milhares e milhares de bandeiras, fogos de artificios que explodiam no céu, balões vermelhos e verdes e bruxos que voavam em suas vassouras bem ao alto.
O número de pessoas se perdiam na multidão, as barracas sumiam nos terrenos.
O campo de quadribol desde sua reforma para poder sustentar um milhão de bruxos não lembrava nem de longe o simples dos primeiros anos, naquela noite, ele era muito maior que o próprio utilizado na copa mundial, as arquibancadas que antes já se perdiam no céu, agora estavam a mais de cem andares do chão.

_Vocês virão quantas pessoas tem lá fora?! - Fred parecendo abobado falou ao time no vestuário.
_Nós não vimos Fred, porque há muito mais do que aquilo - Angelina para piorar a fobia de Katie Bell em jogar em frente a tantos bruxos disse.
_Nós temos que vencer - Alicia Spinnet decidida apanhando sua vassoura murmurou.
Pelas janelas do vestuário podia-se ver os bruxos assumindo as arquibancadas em meio a um barulho que misturava coros, explosões em fogos de artificios e balões gigantescos que estouravam em uma animação jamais tida.
_Pessoal, vamos ter que vencer... - Fred que andava de um lado para o outro olhando para o chão disse, parecendo estar nervoso a ponto de cair estatelado no chão.
_Fred - Jorge o chamou vendo a reação do irmão, como Katie, ele tinha pavor de jogar em frente a tantos bruxos. - Relaxa, olha só como você está...
Fred correu até para uma das janelas e vendo os milhares de bruxo assumirem as arquibancadas e torres parecia querer desistir. Realmente era uma concentração pavorosa de bruxos.
_FINALMENTE A ESPERADA FINAL DO CAMPEONATO DE HOGWARTS! - a voz de Ludo Bagman anunciou e Harry sentiu no mesmo instante seu estômago gelar, estava ficando tão nervoso quanto Fred e Katie.
_Vai ficar tudo bem - Angelina vendo a palidez dos três disse tentando ajudar.
_VOCÊS ESTÃO PRONTOS? - Ludo berrou e as arquibancadas explodiram em vivas, coros, fogos que estouravam no ar formando chuvas coloridas, balões que explodiam e cartazes vivos que atravessavam o campo. - VOCÊS ESTÃO PRONTOS?
As explosões de animo foram ainda maiores.
_POSSO CHAMAR AS APRESENTAÇÕES?
Um coro monumental de ´´Sim`` preencheu o estádio.
_QUE VENHA PRIMEIRAMENTE A VALENTE GRIFINÓRIA!
Harry seguido de todo o time correu até a janela para ver a apresentação de Grifinória em meio a agora o silêncio quase que incrivel que o estádio mergulhara.
Assim que a apresentação havia sido anunciada três jatos vermelhos surgiram do céu e enquanto desciam o centro do estádio foram tomando a forma de leões brilhantes que quando chegaram ao chão se desformaram e cobriram todo o esbranquiçado gramado com uma camada vermelha e sob o silêncio surpreso de todos a camada explodiu em uma chuva que foi de baixo para cima estourando em grandes fogos de artificio.
_TEMOS AGORA A GRANDE SONSERINA!
Uma série de criaturas verdes voadoras surgiram também do céu formando figuras diversas e jogando uma espécie de pó que se movia formando novas figuras, quando se reuniram formara, uma gigantesca cobra que mergulhou pelo campo e se encontrou com o gramado explodindo juntamente com as palmas.
_FANTÁSTICO, E QUE VENHA SONSERINA!
Ludo Bagman anunciou os sete jogadores de Sonserina, incluindo ao final Richard Flint.
As arquibancadas de pé aplaudiram a chegada dos borrões verdes e sob uma magia surpreendente, todos os jogadores que adentravam o campo eram mostrados por uma espécie de tela formada por cartazes que unidas pelos milhares de bruxos davam a volta nas arquibancadas mostrando ao final a figura de Richard Flint com o brasão de Sonserina ao fundo e muitos fogos mais ao fundo.
_PARA OS SAUDOSOS DE GRIFINÓRIA, AI VEM ELES!
A série de cartazes que formavam a tela se apagaram ficando totalmente negras e aguardando o anuncio de Ludo se mantiveram parados.
_PARA CAPITÃO FRED WEALSEY!
As telas passaram de negras para um fundo vermelho com o brasão de Grifinória mostrando a entrada de Fred.
_Relaxa Fred, relaxa - Angelina tentando conter o receio do amigo falou quando ele montou em sua Cleansweep e ao abrir da porta recuou alguns metros.
Harry não pode deixar de se assustar com o que via, pela janela parecia que havia a metade do que na realidade havia. As telas que iluminavam o estádio com um vermelho foram reluzidos nos olhos dos jogadores de Grifinória, era uma sequência de bruxos extraordinária.
_Pelas barbas de merlim! - Angelina parada de chofre exclamou olhando para o céu aonde as arquibancadas sumiam, nem mesmo ela esperava tantos bruxos.
_Fred vai, vai cara...
Jorge empurrou o irmão e montado em sua vassoura sob sua imagem no estádio todo, cambaleou alguns metros até subir com sucesso até o estádio e diante de uma volta ao meio do campo perdeu um pouco de seu medo ao ver que seu nome era gritado pela maioria das arquibancadas.
_QUE VENHAM ANGELINA JOHNSON, KATIE BELL, ALICIA SPINNET, JORGE WEALSEY, HERMIONE GRANGER...
Harry trocou um olhar com todo o time antes dos cinco jogadores partirem, de todos, Hermione e Angelina eram as que pareciam menos nervosas, mesmo assim seguravam as vassouras trêmulas.
_E PARA APANHADOR, HARRY POTTER!
Harry monstou em sua vassoura e se adiantou para a porta de saida, todo seu movimento foi mostrado nas telas pelo estádio. Respirando fundo e sob uma tempestade de berros e um corro de ´´POTTER`` tomou impulso e rasgou a fria corrente de ar rumo ao centro do campo aonde realizou uma volta e parado olhou para as telas que foram se dissipando mostrando assim os milhares de bruxos nas arquibancadas.

Assim que Madame Hooch fez seus costumeiros avisos, a apresentação entre os capitães e se preparou para soltar as bolas do jogo o estádio se silenciou.
_QUE COMECE O JOGO! - Ludo berrou.
Harry teve a impressão de que a voz de Ludo poderia ter sido escutada da casa dos Dursley, pois sob o silêncio sua voz ecoou pelos campos abaixo.
Madame Hooch no momento seguinte liberou o pomo alado de ouro, seguida da goles e os dois balaços.
Harry e Draco trocaram olhares repulsivos e não perdendo o pomo de vista sairam a voar pelo estádio, não muito pertos.
_VOCÊ PARECE UM TROUXA POTTER. JOGA COMO UM MESTIÇO NOJENTO!
Harry teria um excepcional tempo de revidar contra Draco, mas não houve como, um balaço mandado por Fred que escutara a fala do garoto o atingiu do lado direito da cabeça.
O estádio que se via em berros de agitação se tornou um sonoro ´´oooooh`` bastante prolongado.
Draco com a pancada havia sido jogado de sua vassoura, um feixe de sangue rasgando o ar, estava inconciente.
_POTTER, VÁ LOGO, NÃO O DEIXE CAIR! - a voz da Profa.McGonagall vindo de uma torre ao lado vociferou.
Harry se virou e percebeu naquele instante que estava ao lado da torre dos professores, Tolkien e Susana que estavam a borda da torre pareciam prontos a ajudar Draco antes que chegasse ao chão, aonde com a batida devido a altura se quebraria por inteiro.
Percebendo que a pancada seria feia, Harry saiu a correr até o corpo agora manchado de sangue do garoto e com dificuldade tentou segurar a mão suja de sangue, em meio a agitação ela escorregava, tentou novamente, e escorregou por mais três vezes.
_INCANTATEM DA RETRACTUM!
Apesar de Ludo parar de ter narrado e as arquibancadas terem se focado no acontecido, os artilheiros e batedores não haviam parado um segundo sequer.
Harry se virou para ver quem conjurara o feitiço do Retractum e em meio as balizas avistou Hermione com a varinha apontada para a torre as suas costas.
´´ O retractum, é claro!`` - uma voz em sua mente disse.
Harry se aproximou ainda mais de Draco e tentando segurar o colarinho das vestes ou qualquer coisa que o parasse no ar, sua mão também suja de sangue fez com que a única parte das vestes escorregassem por entre seus dedos, tentando mais duas vezes, estando cada vez mais perto dos dois se espancarem ao chão, sabia que era tudo ou nada, já estava a uma velocidade que não conseguiria desviar do chão, também iria colidir.
Sem outra solução, ficou de pé sob sua Firebolt e as arquibancadas também se colocaram de pé para verem o acontecido irrompendo o ar com palmas, coros alavancados de ´´POTTER`` e gritos alucinados. Novamente as telas surgiram e mostrando a ação de Harry, Ludo enunciava os acontecimentos com vibrantes gritos de torcida.
Sob sua vassoura, Harry segurou as costas das vestes de Draco com extrema dificuldade e apontou sua varinha para a torrezinha feita por Hermione.
_RETRACTUM! - tanto seu corpo quanto o de Draco foram puxados em meio ao estádio quase colidindo com dois artilheiros de Sonserina.
Assim que chegaram a torre dos professores Tolkien com o feitiço Mallecorpus trouxe Draco para a torre acima enquanto que Harry perdia o efeito do Retractum e caia pelas arquibancadas.
_POTTER SALVA MALFOY E VEM CAINDO...
_ACCIO FIREBOLT! - Harry berrou e sua Firebolt rasgou o campo não na velocidade grande o sulficiente para apanha-lo antes de chegar ao chão.
Sabendo que não conseguiria apontou sua varinha para a torrezinha de Hermione e antes que pudesse enunciar o Retractum novamente sua mão direita apanhou a vassoura somente com as pontas dos dedos e subindo pode ver a imagem nas telas o mostrarem partindo pelo campo são e salvo.
_HARRY POTTER VOLTA A SUA FIREBOLT E PARECE TER UM JOGO PARA VENCER!
Harry se segurou em sua Firebolt com toda a força que tinha e riscando a noite mergulhou pelo campo como fizera os leões brilhantes e extendendo sua mão decidido como jamais estivera, apanhou o pomo muito próximo a cabeça de Angelina Johnson.
_POTTER APANHA O POMO, GRIFINÓRIA VENCE!
As arquibancadas estremeceram de excitação, até mesmo os torcedores de Sonserina aplaudiam a honra de Harry ao salvar o apanhador adversário.
Harry desceu até o campo enquanto que as palmas e o coro de ´´POTTER`` somente se fortalecia. O time de Grifinória vinha em sua direção comemorando ter chegado a final do campeonato, enquanto os membros da casa comemoravam, várias garotas de Beauxbatons, Agatston e Bounstouns adentraram o estádio e iniciaram uma apresentação que seria de intermediário entre o jogo entre Grifinória e Sonserina e em seguida a final.

_Sr.Potter, o senhor está bem? - Minerva chegando com todos os professores ao campo disse se aproximando de Harry muito séria.
_Corrajoso dirria, si, si, corrajoso - Madame Maxime em seu inglês dificil falou.
_Acho que alguns pontos devem ser creditados a Grifinória - Snape para a surpresa de todo o time disse. - Potter provou a todos nós uma honestidade muito surpreendente...
_Um ato corajoso Harry. - Lupin chegando com Gui e Carlinhos Weasley parabenizou.
_Severo leve o Sr.Malfoy a enfermaria, Papoula sabera curá-lo sem problemas, para o time de Grifinória parabéns pela vitória e aconselho que voltem ao vestiário para descansarem por um momento, a final logo se fara realizar. - Dumbledore bastante sério pelo acontecido falou.
Arrastando os pés e as cerdas de sua Firebolt pela neve que cobria com uma camada muito fina o campo chegou ao vestiário, ainda não acreditara que salvara um dos bruxos que mais odiava em toda sua vida. Sentia-se enojado pelo seu ato, jamais salvaria Malfoy se dependesse de si, nem que morresse, não se importaria, mas deixar isso diante de um milhão de bruxos o faria diante do mundo, um novo Lorde Voldemort que de certa forma admitisse uma morte sob seus olhos.
No vestiário o time vibrava a vitória de Harry mesmo diante das circunstâncias.
_Você foi incrivel Harry! - Jorge bastante animado dando alguns tapinhas na costa de Harry disse.
_Agora é só vencermos Lufa-Lufa e ganhamos a taça na frente desse monte de gente, não vejo a hora de apanhar a taça para Grifinória...
Passada meia hora e a apresentação ter chegado ao seu fim, as arquibancadas voltaram a sua agitação de antes e Ludo voltando a narrar se preparou para chamar os times para a grande final do campeonato.
_DEPOIS DE UM JOGO CHEIO DE HONRAS, PENSO SE VOCÊS ESTÃO PRONTOS PARA A GRANDE FINAL?
A resposta foi ao menos curioso, o coro de ´´POTTER`` lhe veio como resposta.
_ACHO QUE ESTAMOS TODOS PRONTOS... ENTÃO QUE VENHA LUFA-LUFA!
As telas voltaram as arquibancadas e mostrando os jogadores vários fogos de artificio amarelos mancharam o negro céu.
_E PARA LUTAR PELA TAÇA, A VOLTA DE GRIFINÓRIA!
Diferente do primeiro anunciamento, os jogadores de Grifinória reagiram normalmente as imagens ao vivo nas telas e as agitações ensandecidas nas arquibancadas.
Logo que os jogadores pousaram no campo para aguardar o lançamento das bolas para o segundo jogo, os capitães apertaram as mãos e sem os avisos dessa vez de Madame Hooch aguardaram a liberação do pomo, da goles e dos balaços que sem muita demora, logo ocorreu.
_Eeeeeeeeeeeee COMEÇA A FINAL DO CAMPEONATO DE HOGWARTS!
Harry acompanhando o pomo com a visão desde seu lançamento o viu nas balizas do lado direito do campo.
Lynch que também não perdera a bolinha de vista já atravessava o campo rumo a ela, Harry, em um impulso bastante aproveitoso o seguiu, ambas Firebolts mantendo a mesma velocidade. Os dois apanhadores trocando chutes e socos, um ao lado do outro, em poucos segundos, cada um dos dois assumiam a liderança, porém logo estavam lado-a-lado.
Após Lynch ser atingido por um chute no ombro desviou de outro e sem querer atingiu a vassoura de Harry fazendo-o perder velocidade. Assumindo uma larga diferença, sua mão ainda longe do pomo já estava extendida.
_LYNCH IVANOVA SE APROXIMA DO POMO!
Lynch desviando de um balaço mandado por Jorge perdeu velocidade e Harry quase o pode alcançar, porém a sorte havia se virado, pois o pomo vinha voando na direção do apanhador adversário.
Harry pode ver Lynch extender sua mão e as asinhas do pomos se debaterem em meio aos seus dedos.
_LYNC...
ZUM!
Um raio vermelho disparou o campo como fizera contra Cho e atingiu Lynch no peito atirando-o de sua vassoura no ar. O pomo escapou de suas mãos e no mesmo instante outro jato vermelho o atingiu nas costas.
Harry sentiu algo fazer cócegas em sua orelha e imaginando ser o pomo, levou sua mão e capturou ligeiramente a bolinha de ouro.
_HARRY POTTER APANHA O POMO, GRIFINÓRIA VENCE, GRIFINÓRIA VENCE PELA SEGUNDA VEZ E LEVA A TAÇA DE QUADRIBOL!
´´POTTER! POTTER! POTTER! POTTER! POTTER!``
As arquibancadas se preencheram novamente com as telas e mostraram a figura de Harry com o pomo em mãos, do campo vários jatos vermelhos atravessaram o ar e explodiram no alto, os cartazes e balões foram soltos e a torcida se reunia no maior coro que poderia ser feito aquela noite.
´´ POTTER É O MELHOR!``
Harry pousou no campo e vendo Lynch ser socorrido por Joy, um dos jogadores de Lufa-Lufa, foi recebido pelos membros de Grifinória e por Minerva que atravessando o gramado esbranquiçado lhe parabenizou com um largo sorriso no rosto.
_Vencemos! - Fred gritou - É o meu primeiro campeonato e vencemos, vencemos!
_Harry parabéns, você foi incrivel esta noite - Olivio Wood ao lado de todo o time Britânico o parabenizou.
Na hora seguinte os times de vários paises o foram cumprimentar inclusive um surpreso Viktor Krum. Todos pareciam aparvalhados com as performances de Harry durante aquela noite.
Assim que muitos bruxos comemorando a vitória invadiram o campo, os membros de Grifinória retornaram para o vestiário.
Harry não se sentia contente, pela primeira vez não se sentia contente por ter vencido o campeonato ou ter de qualquer forma levado uma vitória a grifinória.

_Harry, o que que foi? - Fred lhe perguntou - Nos ganhamos Harry, sei que vocês está surpreso com tudo isso, todos nós estamos...
_Não foi eu quem peguei o pomo - Harry disse para os olhares do time que o fitaram sem entender. - Foi o Lynch quem apanhou o pomo...
_Ah Harry! - Hermione exclamou sorridente. - Ele havia apanhado, mas perdeu...
_Ele havia ganhado o jogo e foi acertado por dois feitiços estuporantes, ele havia apanhado e não eu...
_Harry - Katie disse em tom firme. - Lynch perdeu o pomo e não é qualquer bruxo que apanha o pomo em frente a um milhão de bruxos e sendo que na mesma noite salvou o bruxo que mais odeia da morte, se tinha algum bruxo merecedor da vitória desse campeonato foi você Harry, não se culpe com o que aconteceu com o Lynch...
Laverne de Wenlock seguido de Lorde Balde e Sir Helvetius adentraram o vestiário sorridentes.
_Potter, que jogador excepcional você. - Laverne falou apertando a mão de Harry.
_Aguardo muitas surpresas neste torneio vindo de você Potter, me surpreendeu - Sir Helvetius também apertando a mão de Harry disse.
_Seu pai também era um jogador excepcional Harry - Lorde Blade murmurou. - Sua mãe extremamente honesta o garantiu salvar Malfoy está noite, seu pai lhe presenteou com a vitória, acho que não seria exagero ao compará-lo com Viktor Krum, que atualmente é o melhor apanhador do mundo...
_Certamente que sim - Dumbledore também chegando ao vestiário disse. Apertando a mão de Harry e de todos os jogadores de Grifinória. - Potter sempre nos surpreende.
_Devemos voltar para o campo para vocês receberem a taça - Minerva ainda muito sorridente falou e no mesmo instante Fred deixou o vestiário não suportando esperar para ter a primeira taça como capitão em suas mãos.
Harry enquanto apanhava o caminho de volta ao campo pode ouvir cada vez mais forte o coro: ´´POTTER! POTTER! POTTER! POTTER!``.
_Acho que tenho de concordar que nossa vitória foi limpa - disse à Hermione.
Assim que entrou no campo as arquibancadas explodiram e finalmente teve de aceitar que Grifinória vencera por mérito próprio.

PS: PESSOAL, GOSTARAM DO CAP??? ESPERO QUE SIM, QUERIA MUITO OS COMENTÁRIOS, OBRIGADO POR LEREM A FIC, MUUUUUUUITO MESMO!!!

.:. VÍDEO OFICIAL DA FIC .:.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.