FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Capítulo 8


Fic: Uma ruiva um pouco confusa JL


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 8




As semanas, desde que eu e o James estamos juntos, passaram voando. Foram os melhores dias da minha vida. Ninguém sabia ainda da gente, só a Paula e o Paul. Pelo que James falava a Sophia nem estava olhando na cara dele. Que bom, né?! Isso significa que ela não quer saber dele e não vai mais nós encher.
Hoje eu combinei de encontrar com o James numa lanchonete aqui perto de casa. Depois que eu sair do treino, vou direto para lá. Outra competição esta chegando, e essa vai ser bem mais difícil que a outra, vai ser contra o estado. Estou treinando muito para ganhar.

O tempo esta começando a esfriar, pois já esta chegando o inverno. Estamos no final de novembro, o natal já esta chegando, lálálá! EU AMO O NATAL! Tenho que começar a pensar no presente que vou dar para o James, mas tenho um mês para isso ainda. Agora, tenho que me preocupar com a competição, que será daqui a duas semanas.


Três horas depois...


Fui para o treinamento e fiquei duas horas lá. Estou morta. Agora estou indo me encontrar com o James, estou morrendo de saudades dele, afinal, faz dois dias que não o vejo. Entrei na lanchonete e vi uma coisa que não me agradou muito... O James estava sentado na bancada, com a Sophia em sua frente... E cada vez ela ia chegando mais e mais perto... Até que... O beijou.

EU NÃO ACREDITO NISSO!

O pior de tudo foi que James ter correspondido. Eu pensei que ele era diferente... Mas homem é tudo igual mesmo. Cafajeste. Parecia que ele tinha se lembrado de algo, pois logo se separou dela. Eu estava parada, no meio da lanchonete, olhando para os dois com os olhos úmidos de lágrimas.

Quando James me viu, me lançou um olhar desesperado. Não sabendo o que fazer, ele veio na direção, mas eu não queria ouvi-lo. Ele beijou a Sophia!

Saí da lanchonete tentando evitá-lo, porém ele me seguiu, e logo me alcançou.

- Lily, a gente tem que conversar. - ele disse parando na minha frente. - Aquilo que você viu não quis dizer nada. Eu te amo!

- Você também a beijou James. - eu disse me segurando para não começar a chorar na frente dele.

- A Sophia me pegou de surpresa, mas depois eu me separei dela! -ele disse olhando nos meus olhos.

Eu não sei o que pensar, eu o vi beijando a Sophia, mas depois se separou dela, mas... AIIII!!! EU NÃO SEI O QUE PENSAR!

- James, eu vou para casa e pensar um pouco e amanhã e a gente conversa, ok?- isso é a melhor coisa a fazer... Assim eu vou poder pensar melhor.

- Não Lily, fica mais um pouco, vamos conversar. - ele disse me segurando, e impedindo-me de ir embora. Estava com aquela carinha triste. Deu peninha de ver ele com essa cara...

ELE BEIJOU A SOPHIA, POR QUE ESTOU COM PENA DELE? ARGH!

Mas ele não beijou a Sophia, ela que o beijou.

AHHHHHH!!!

- Não James, eu te ligo amanhã.

- Mas...

- Tchau James. - tirei a mão dele que estava me segurando e fui embora.

- Lily, lembre que eu te amo! - ele gritou quando eu já estava um pouco na frente.

Eu não tenho a mínima idéia do que fazer. Primeiro: eu vi que Sophia beijou James, Segundo: e ele correspondeu no começo, Terceiro: mas depois ele se separou dela.

O QUE EU FAÇO?

Estou muito confusa!

Acho que nos precipitamos ficando logo depois de ele terminar com a Sophia. Tínhamos que ter esperado para ver se era isso mesmo que ele queria, e principalmente, para ver se ele não gostava mais dela.

Mas ele disse que me ama!

Eu preciso desabafar com alguém. Assim que eu chegar em casa vou ligar para a Paula.

Quando cheguei, adivinhe quem estava me esperando sentada no sofá com um sorriso de orelha a orelha?

Paula!

Ô amiga boa essa que eu tenho! Aparece nas horas que eu mais preciso dela, sem mesmo ligar.

- Lily, que bom que você chegou!- disse Paula me abraçando. Alguma coisa MUITO boa aconteceu com ela. - Você não faz idéia do que aconteceu comigo! Vim pra cá correndo só para te contar!

Fiz um cara de animada, para ela não perceber que estava triste. Não quero tirar a felicidade dela.

- Vamos lá para o meu quarto, aí você me conta. - falei com um sorriso forçado.

- Lily, o que aconteceu? Esse sorrisinho falso não me convenceu nem um pouco. – falou ela com as sobrancelhar erguidas.

- Primeiro conta o que aconteceu com você, depois eu conto o que aconteceu comigo. - respondi.

- Ok! O Sirius me chamou para sair e... Eu aceitei! - sabia que tinha algo a ver com o Sirius.

- Não era você que falava que nunca iria sair com ele e blá, blá, blá?! - perguntei sorrindo.

- Eu falava isso, mas hoje ele me convenceu. - ela disse com um sorriso de “eu-tenho-32-dentes-lindos-e-brancos”.

Estou tão feliz que a Paula enfim aceitou sair com o Sirius! Até esqueci o ocorrido com o James.

Mentira!

Eu não esqueci o ocorrido com o James. Infelizmente.

- Mas me conta como esse milagre aconteceu?

- Eu estava almoçando com minha mãe e meu pai quando a campanhinha tocou, aí fui atender e adivinha quem era? Sirius. Nunca vi ninguém mais cara de pau! Daí ele falou: “hei Paula vim almoçar com você!” você acredita que ele foi entrando na minha casa, sem mesmo pedir minha permissão?!

- Vindo do Sirius eu acredito em tudo. - respondi rindo. Só o Sirius mesmo para fazer uma coisa dessas. -E ele conversou com os sogros dele?

- Sim, você acredita... - ela parou de falar e olhou para mim brava. - O QUE VOCÊ ACABOU DE FALAR? MEUS PAIS NÃO SÃO SOGROS DOS SIRIUS... AINDA!

- Paksoaksao! Então que dizer que no futuro ele vai ser? Podemos dizer então que no FUTURO você vai namorar o Sirius. - eu disse sorrindo vitoriosa.

- Da onde você tirou essa idéia?

- Bem porque você acabou de dizer “meus pais não sogros do Sirius... ainda”- ‘dám!

- Eu disse isso? Acho que você esta doida.

- Não vamos discutir sobre isso. Quando que ele te chamou para sair?

- Quando acabamos de almoçar, meus pais subiram, detalhe: eles amaram o Sirius. Agora vão ficar todo dia me perguntando sobre o Sirius: “como ele está?” ou “Por que voce não o convida para almoçar aqui de novo?”

- Que bonitinho! Ele já conquistou os sogrinhos!- exclamei, mas ela me olhou tão brava, que eu fiquei até quieta. Eu tenho medo da Paula!

- Continuando... Então ficamos sozinhos, foi nessa hora que ele me chamou para sair, mas eu falei que não, porque não queria ser apenas mais uma. – cada hora o sorriso dela vai aumentando mais. - Foi ai que ele disse “eu não quero que você seja apenas mais uma”, ele disse olhando NOS MEUS OLHOS!

Estou ouvindo um coro “aleluia, aleluia, aleluuiaa”.

- Foi tão verdadeiro o que ele disse, sabe? Deu para perceber que ele não estava mentindo. -só faltava ela dar pulinhos aqui de tão feliz que ela ta. - Eu a-c-e-i-t-ei sair com ele.

ALELUIA, ALELUIA!

Os dois fazem um casal tão bonitinho *_*

- Que lindo!

- Isso não quer dizer nada, só vamos sair juntos, só isso. - ela disse me cortando, pois sabia que iria falar o contrário do que ela disse.

Mas até parece que isso que ela falou é verdade! Aposto que um dia depois deles saírem, ela vai chegar aqui e vai falar pulando, toda feliz: “EU BEIJEI SIRIUS BLACK!”.

- Agora pode me falar o que aconteceu como você para ficar assim tristinha.

Conversando com a Paula eu até tinha esquecido um pouco do que havia acontecido, mas agora a cena da Sophia e do James se beijando veio de novo a minha cabeça, e me deu vontade de chorar.

- Eu vi o James e a Sophia se beijando. -eu disse. E não agüentando, comecei a chorar.

- Que cafajeste! Eu vou lá agora tirar satisfações com ele! - ela disse já se levantando para ir atrás do James.

- Calma Paula. Ainda não te contei tudo... - eu disse puxando ela de volta para cama e comecei a contar o que tinha acontecido.

- Eu vou matar aquela pira.... - ela disse revoltada. Acho que é melhor a Sophia se preparar, porque a Paula esta brava.

- Depois você pensa em o que fazer com ela, porque agora você tem que me ajudar com o James... Eu não sei o que eu faço.

- Lily, ele não beijou ela, foi à vaca-loira que beijou ele.

- Sei disso, mas ainda estou muito confusa, tudo aconteceu muito rápido.

O que eu faço?

É horrível você ver o seu quase-namorado beijando outra garota, mesmo que ele não tenha correspondido. Mas eles podem ter se beijado outras horas, quando eu não estava por perto, e ali a Sophia foi beijar ele, mas como sabia que eu ia chegar lá, não correspondeu. Será?

Essa teoria foi super-doida. Eu sei que o James não faria isso, até porque ele falou que me ama, olhando nos meus olhos.

- A gente estava quase começando a namorar, já íamos oficializar nosso namoro e agora acontece isso... Nunca pensei que isso iria acontecer comigo.

- Lily desculpa, mas agora eu vou ter que ir, gostaria de ficar aqui com você.

- Tem problema não, bom eu vou pensar mais um pouco, e depois eu te ligo falando minha decisão, ok?

- Ok. Pensa diretinho, ta amiga? Não quero te ver triste ein. E se for preciso, a gente dá uma surra naquela vad, bom tu sabe. - Paula falou me abraçando e depois indo embora.

Agora sou eu e meus pensamentos.

...
...
...

NÃO SEI O QUE PENSAR!

Acho que vou ficar doida!

A melhor coisa a se fazer é dar um tempo entre eu e o James. Ele vai poder pensar melhor se gosta mesmo de mim ou da Sophia. E quando ficarmos juntos de vez (se for ficar) vamos poder contar para todo mundo, principalmente para ELA, para não ficar beijando os ‘namorados’ dos outros.


Acho que por enquanto isso vai ser o melhor a fazer, mas mesmo assim tenho que pensar mais um pouco, só para ter certeza de que isto é realmente o melhor a se fazer.

Mas o problema é: se nesse meio tempo o James voltar para a Sophia?

Se ele fizer isso é porque ele não gosta de mim mesmo.

- Lily?- chamou o Remus com cabeça dentro do quarto. - Vem jantar.

- Não estou com fome. - quando eu respondi Remus fez uma cara estranha, não é todo dia que eu falo que não estou com fome.

- Você esta com febre?- ele entrou no quarto para checar se eu estava bem.

- Não, só não estou com fome. - falei como se fosse à coisa mais comum do mundo.

- O que aconteceu com você, você esta triste?- ele perguntou se sentado do meu lado na cama.

- Eu? Porque estaria triste?- eu não sei mentir o.O

- Lily Evans eu te conheço muito bem, fale a verdade. - pediu ele autoritário.

Estou ferrada!

- Eu, eu... Eu estou com saudades do meu pai, é isso. - ele acreditou, ele tem que ter acreditado.

- Ele vai vir no natal, falta pouco tempo. -ele disse olhando carinhosamente para mim.

Uhuhuhu!! Consegui!

- É, eu sei. Só bateu um saudades agora - eu disse tentando sorrir.

- Agora esquece isso e vamos jantar. – respondeu ele me puxando da cama.

Desci para jantar. Todos já estavam na mesa, quando eu vi a comida na mesa, agradeci o Remus mentalmente por ter me puxado para jantar.

- A Lily disse que esta com saudades do pai. - FOFOQUEIRO!

- Verdade Lily?- perguntou minha olhando para mim.

- É. - eu disse bem rápido olhando para o prato.

Minha mãe olhou para minha cara estranhamente, parecendo que sabia de algo.

- Daqui a alguns dias você vai vê-lo. – disse ela.

- Foi isso que o Remus falou para mim.

O assunto encerrou ali, ninguém me perguntou mais nada. Minha mãe só ficou me olhando o jantar inteiro, espero que ela não me pergunte mais nada.

- Vou subir boa noite para vocês. - disse me levantando da mesa, após acabar de comer.

- Não quer sair hoje não? - perguntou Remus.

- Não estou a fim de sair hoje. Estou a fim mesmo é de ficar em casa.

- Tem certeza? Eu to indo para a casa do James, vai ter uma sessão de filmes lá.

Casa do James?

Agora que eu não vou MESMO!

- Vou ficar em casa mesmo.

- Então ta - ele falou e me olhou estranhamente.

Ele deve ter achado estranho mesmo, porque se fosse um dia antes, só de ouvir “casa do James” eu já estaria meu auto-convidando. Mas depois do que aconteceu hoje, eu não irei mais fazer isso...

Subi para meu quarto, coloquei meu pijama e liguei a televisão. Deitei na minha cama e fiquei procurando algo de interessante na TV, achei um canal que estava passando “Um amor para recordar”. Já vi esse filme milhões de vezes, é o filme mais perfeito de TODOS.

É tão perfeito o amor dos dois.

Estava no final do filme e eu já estava chorando. Sempre que eu o vejo eu acabo chorando.

Ouvi a porta batendo, quem será? O Remus não pode ser ele saiu a menos de uma hora. Então quem é? O John e minha mãe não são, porque eles já estão no quarto.

Ai meu deus! É um ladrão.

Vou ficar na minha cama fingindo que estou dormindo, sempre faço isso quando ouço um barulho estranho.

Um tempo depois ouvi passos de alguém no corredor, É O LADRÃO!!

AHHH!

Agora esta abrindo a porta do meu quarto.

Eu escondi debaixo da coberta, até parece que o ladrão não iria me ver.

Agora acendeu a luz.

Eu não resisti tirei o coberto devagarzinho para ver quem era o ladrão.

- REMUS!- o “ladrão” era o Remus - Que susto que você me deu.

- Que bom que você esta acordada, porque eu quero falar com você.

- Eu estava fingindo que estava dormindo, porque pensei que você era um ladrão. – respondi, e ele riu de mim. - Mas porque você chegou tão cedo?

- Eu e o Sirius não agüentamos o James hoje, ele esta INSUPORTÁVEL. - será que isso tem algo a ver comigo?

- Por quê?- perguntei como se não soubesse de nada.

- Eu não sei, mas eu sei que isso tem a ver com você - ih sujou.

- Comigo?

- Pode falar a verdade, você não esta triste porque estava com saudades do seu pai, né?!- ele falou olhado nos meus olhos, agora não vai dar para mentir.

- Não vou conseguir te enrolar né?!- não custa nada tentar.

- Não.

- Bem... Éé... Eu e o James estávamos ficando, só estávamos esperando um pouco para começar a namorar e contar para todo mundo, porque ele tinha recém acabado com a Sophia e etc. - nunca pensei iria conversar isso com o Remus, que vergonha. Devo estar vermelhinha.

- Você e o James... Juntos? Eu sabia que vocês se gostavam, mas não pensei que seria tão rápido assim. Por isso que o James estava muito feliz esses dias. Confesso que nunca o tinha visto tão feliz assim. - ele disse com um pequeno sorriso. - Mas porque vocês brigaram?

- Eu o vi... Beijando a Sophia. - falei, agora seja o que deus quiser.

- O QUÊ?! EU MATO O JAMES! - agora ferrou tudo.

- Calma Remus, não foi bem assim.... Eu ia encontrar com ele na lanchonete, mas quando eu cheguei lá a Sophia estava o beijando. Mas depois ele se separou dela. - eu disse calmamente, para que ele pudesse entender direitinho.

- Mas mesmo assim, ele não tem direito de te fazer sofrer.

Que irmão fofo que eu tenho.

- Remus, não brigue com ele por minha causa. Eu ainda estou confusa, não sei o que fazer direito. Mas acho que vou dar um tempo. – respondi.

- Lily, antes de tomar qualquer decisão, converse com ele.

- Amanhã vou ligar para ele, para podermos conversar. - eu disse- Você promete que não vai brigar com ele?

- Vou tentar. - ele disse sorrindo para mim - Agora vai dormir, porque você deve estar cansada.

- Boa noite. – desejei, e Remus saiu do quarto.

Amanhã vai ser um longo dia.



N/A: Depois de séculos o capitulo ficou pronto! Mil desculpas pela demora, eu sei que vocês vão me matar por causa do final ;x nem tudo é uma mil maravilhas! Depois desse cap vocês devem estar odiando a Sophia mais ainda né? Aoaksoaksoaks! Nesse cap a minha parte preferida foi da Paula falando do convite do Sirius *__* espero que vocês tenham gostado do cap x) o próximo cap deve demorar um pouquinho, porque tem MUITOOOO teste e trabalhos para fazer, eu estou estudando bastante. Final de ano esta chegando e espero que eu passe direto XD
AMEIIIIIIIIIIII TODOS O COMENTARIOS *________*
Continuem comentando viu?

XD

Beijooo;**

N/B: pouts! *-* sem comentários né Juju! Sirius e Paula hmmm, me conquistou! Paoskaopskapo ta louco! XD Vontade de espancar a Sophia  e de dar uns tapas no James. E a Lily ta totalmente confusa, esta fazendo jus ao titulo da fic. Sério! Paoskaopsko :D ai, mas como já era de se esperar, eu AMEI esse cap *-* ta perfeito! Mas eu preciso do próximo, serio Ju! Quero saber o que vai acontecer! >D Bom, não vou ficar te enchendo. Te amo, viu amiga? Beijo, beijo :* ta tudo lindo-maravilhoso.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.