FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

11. Um ataque inesperado


Fic: HARRY POTTER E O MANUSCRITO SERÊIACO DEPOIS DE MUITO TEMPO, ATUALIZADA FINALMENTE :D Cap. 30 \o/ (comentem)


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

A cena não devia se muito antiga.Deveria ser de no máximo dois anos atrás.Lá estavam Harry, Fred e Jorge, Rony, Hermione, Gina, e Sirius.Harry sentiu seu estômago afundar quando viu o padrinho todo sorridente, ajudando os garotos a limpar um antigo armário, que até hoje ainda existia na casa.Eles conversavam alegremente, e de repente, Harry viu um objeto parecido com uma aranha de metal subindo pelo braço do outro Harry que se encontrava na sala.Logo depois, Sirius pegou uma caixinha de música e a abriu.Todos começaram a ficar sonolentos, até que Gina teve um bom senso de fecha-la.Após um tempo vendo, ele próprio, os amigos e o padrinho mexendo no armário, ele percebeu que eles encontraram, um tipo de camafeu, corrente, medalhão, que ficaram um bom tempo tentando abrir.
O garoto piscou os olhos e se lembrou do dia em que a cena havia ocorrido.Quando os abriu, já estava de novo em seu quarto.
Harry não entendera o porque da penseira, te-lo mostrado aquela cena, ele não percebera nada de importante nela.
Ele estava muito cansado, então foi em direção da cama.Deitou-se, tentando pensar no que aquela lembrança queria dizer, mas antes que percebesse adormeceu.

-Harry! Acorda. Por favor, Harry!-era a voz de Hermione que o chamava. -Venha Harry!A Sra. Weasley...
-Que aconteceu Hermione?-perguntou o garoto sonolento, em meio á um bocejo.
-A Sra. Weasley... Está internada no St. Mungus, em estado gravíssimo. - falou a garota desesperada.
-Mas porque Mione?-perguntou ele, que ainda não havia entendido muito bem o que estava se passando.
-Ela estava em casa, á noite, quando vários comensais da morte entraram lá e a atacaram.
-Mas por quê?O que eles queriam.
-Como eu já disse, ela está em estado gravíssimo, ainda nem se quer acordou. Ninguém conseguiu perguntar.
-Alguém já falou com o Rony e com a Gina?
-Não, eu estou sem a mínima coragem.Eu estive pensando, que como faltam poucos dias para o natal, você poderia nos liberar por um tempo, até ela melhorar..E aproveitaríamos para revermos nossas famílias.
-Claro.é o que vou fazer.Cada um passa o Natal com seus familiares, e quando a senhora Weasley ficar boa, nós nos encontramos aqui.
-Tá bom.Eu vou acordar a Gina e contar pra ela.Ela tem mais controle sobre as suas emoções que o Rony- disse ela levantando-se.-E se vista logo, daqui, nós vamos direto pro Hospital.
Depois que a garota saiu do quarto, Harry demorou um pouco para começar a se vestir.Não queria ver a reação de Rony com a notícia.
Quando desceu, Gina estava chorando e Rony fazia uma de suas caras de desespero.
-Calma Gina.Nós já vamos até lá. O Harry não vai demorar pra descer.
Quando percebeu que o garoto havia chegado, Gina correu em direção á ele, e deu-lhe um forte abraço.
-Por que eles tinham de fazer isso com ela Harry?Justo com ela?-resmungou a ruiva ainda chorando.
-Calma Gina. Ela vai ficar bem. É tudo uma questão de tempo.
-Oh..Harry.Que bom que você chegou, vamos logo.-apressou-os Hermione.
-E Neville e Luna?-perguntou o garoto.
-Já foram.
-Ok.
Rony ainda estava parado, com o olhar fixo em um ponto do armário da cozinha e boquiaberto.
-Rony!Se mexa!- brigou Hermione.
Depois do amigo, Harry foi até a lareira, pegou um punhado de pó de flu, e ordenou:
-Hospital St.Mungus para doenças e acidentes mágicos.
Ele viu ser engolido por belas chamas verdes, então começou a rodar.Somente qnd sentiu firmeza nos pés, abriu os olhos.E lá estava ela novamente no Hospital para doenças e acidentes mágicos.Rapidamente, ele saiu da lareira, para deixar espaço ao próximo que chegasse.
Logo, todos já estavam lá, então eles entraram no elevador e apertaram o botão de n°4, Danos Causados por feitços.
-Qual é o quarto da mamãe?-perguntou Gina, que já havia se acalmado um pouco.
-É o n° 415- respondeu Hermione calmamente.
-Obrigado Mione.
Quando chegaram ao quarto, a cama da senhora Weasley, estava cercada por membros da Ordem da Fênix, e pelos Weasley.
-Olá pessoal - cumprimentou uma mulher de cabelos roxos e rosto em forma de coração.
-Oi Tonks.- disse Hermione.
-Como ela está?- perguntou Rony ancioso
-Ela até que está bem, pela quantidade de feitiços que foram lançados nela, e pela potência deles- respondeu Lupin
-O que fizeram com ela?-perguntou Gina chegando perto da mãe e acariciando seu rosto.
-Sem dó nem piedade, eles lançaram feitiços Cruciatus e vários feitiços estuporantes.- começou o professor.-O curandeiro disse que muito homem forte não teria resistido. Ela é extremamente saudável sabia?
-Mas porquê eles fizeram isso com ela?- perguntou Rony.
-Ainda não se sabe, mas imaginamos que eles queriam saber alguma informação sobre os planos da ordem.
-Como eles fizeram isso?Meu pai não estava em casa?-perguntou Gina com a voz trêmula.
-Seu pai e seus irmãos estavam trabalhando.
-Mas se foi assim..Por que eles pararam?-perguntou Rony inquieto.
-Eles chegaram em casa.
Gina novamente caiu no choro.Harry não agüentava vê-la assim.
-Fica calma Gina. Sua mãe vai ficar melhor logo.-acalmou-a Hermione.
Não demorou muito, todos foram embora.Hermione, foi para a casa dos seus pais, mas prometeu voltar para passar o Natal com eles.E Harry, foi para a casa de Rony e Gina, junto com eles.
Faltavam menos de 2 dias para o Natal quando a senhora Weasley acordou.Como não estava em estado tão grave, ela pôde voltar para casa.
-Que bom que você está de volta mãe.Estava com tantas saudaes..- disse Gina abraçando a mãe logo que ela entroou em casa, ajudada pelo marido.
-Oh minha filha.Eu também estav com muitas saudades. De vocês também viu?-disse ela olhando para Rony e harry-Venham cá e me dêm um abraço vocês.
-É bom ver você também mamãe.- dessa vez era Rony que falava.
-Nem acredito que o Natal está tão próximo...Vou ter tanto trabalho.-disse a mulher quando os garotos já haviam se desvencilhado dela.
-Nem pense nisso!Você está achando que vai fazer alguma coisa?Você tem que descansar Molly.- brigou o Sr. Weasley, ajudando a mulher a se sentar.
-Mas e a ceia?A decoração?-indignou-se ela de não poder fazer nada.
-Temos três ajudantes prontos para fazer tudo que precisarmos.
-Mas pai...-começou Gina.
-Sem mais nem menos mocinha.Esse ano, é o ano em que os Weasley de toda Grã-Bretanha vem passar o Natal aqui em casa-cortou-a o Sr. Weasley falando nisso, Hermione, passará o Natal conosco?
-Sim, ela só virá no dia, mas poderá ajudar-respondeu Gina ao pai. -Harry, é melhor subirmos, antes que arrumem mais serviço pra nós fazermos. -cochichou Rony para o amigo.
-Ok. -respondeu Harry.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.