FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

-1. Trailer


Fic: Gina, Inesquecível... - RELANÇADA


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

By M L Carneiro


 Ginny, Inesquecível...

— Curioso como sempre, não é, Potter? – disse uma voz que Harry conhecia muito bem.
Petrificus Totallus! – gritou dessa vez a voz que ele adorou ter ouvido. Gina finalmente o achara.
Protego!
O feitiço refletiu no escudo e voou floresta adentro. Harry conseguiu se levantar com a ajuda de Gina e ouviu Slughorn chegar e lançar uma azaração no comensal. Este desviou por um triz e se escondeu atrás de uma árvore. Harry sacou sua varinha para lutar, mas logo foi desarmado. Gina o protegeu por um momento, antes de ser quase atingida também.
Em seguida Harry ouviu a ultima palavra que iria esquecer:
Obliviate!
Um raio brilhante atingiu o peito de Harry. A última coisa que veio em sua mente foi o rosto de Gina.


O que você faria se esquecesse uma parte de sua vida? Séra que o amor pertence à mente ou ao coração? Pode uma paixão sobreviver quando tudo mais some?

Ficou com raiva dos amigos, estava quase perguntando por que eles estavam daquele jeito quando percebeu. Na sua frente, do outro lado da mesa estava uma garota de longos cabelos ruivos, sardas no nariz, um rosto delicado e intensos olhos azuis, que estavam ficando vermelhos, enquanto a expressão da garota ficava mais triste. O coração de Harry disparou quando percebeu que a Gina estava à sua frente há quase cinco minutos, como não tinha percebido? Lembrou-se daquele sonho estranho em que ela chorava e ele a abandonava na câmara. Sentiu um forte aperto em seu peito, como se estivessem colocando seu coração num rolo compressor. Por que sentia aquilo? Ela era a irmã do Rony, mas naquele momento estava mais para uma garota linda que olhava pra ele, quase chorando. Harry não conseguiu entender nada, por que ela estava daquele jeito? Só porque ele não foi visitá-la no dia anterior? Era tudo muito estranho, aquele sentimento e aqueles olhos azuis olhando para ele daquele jeito. Não conseguiu dizer nada, as palavras pareciam ter sumido, não sabia articular nenhuma frase. Uma criatura estranha dentro de seu peito começou a rosnar, como se dissesse para ele levantar e abraçar a garota, mas suas pernas não respondiam. Viu uma lagrima finalmente vencer e escorrer pelo rosto da ruiva, que rapidamente a secou, levantou da mesa e saiu correndo.

Quando todos conspiram contra você, será que conseguiria resistir?

— Dessa vez acho que estamos livres dos narguilés. – Harry se aproximava de Cho, seus lábios a menos de dez centímetros um do outro.
— Com certeza. Mas continuo sem saber o que são. – respondeu ela se aproximando ainda mais – Tenho que perguntar à Lovegod.
— Também não sei, mas garanto que não estou sentindo nenhuma falta deles agora. Seus lábios se colaram num beijo quente. Dessa vez Harry é que estava com os olhos mareados, mas beijava-a intensamente, as línguas se entrelaçavam enquanto os braços apertavam o corpo. Sentia o coração da garota bater forte contra o seu peito, sua mão macia enroscando seu pescoço, a aura de felicidade dos dois.

Quando atacassem o que lhe é mais valioso, você lembraria de tudo?

Gina estava apontando sua varinha para peito de Malfoy, que a olhava com muita raiva. Estavam longe, portanto não ele não conseguia ouvir direito o que os dois discutiam. Harry se aproximou dos dois para descobrir o que acontecia, no entanto, antes que chegasse, Draco empurrou a garota, que caiu no chão jogando sua varinha longe. Quando Draco puxou sua varinha Harry já estava fazendo o mesmo.
— Você acha que sabe de alguma coisa, vaquinha? Você não vai me atrapalhar mais!
— Eu sei que foi você, Draco...
— Cala a boca! Ava...
— Expelliarmus!

E o mais importante: Será que o outro te entenderia?

— Eu sei, eu te entendo, mas você também tem que me entender. A minha cabeça estava completamente confusa, para ela eu ainda estava no quinto ano e ainda gostava da Cho, que se aproveitou disso e me beijou. A minha mente me dizia que aquilo estava certo, mas meu coração não! Quando eu te vi naquela manhã, depois de você sair da ala hospitalar, foi a sensação mais estranha que eu já senti. Parecia que meu coração gritava alguma coisa que eu não entendia, ele me dizia pra levantar e te abraçar, mas meus músculos não respondiam. Agora eu sei que eu devia ter seguido meu coração, e que esse erro pode me ter custado caro demais. Só que você precisa saber, Gina, minha cabeça pode estar confusa, mas meu coração nunca esteve tão certo. E o meu coração é seu.

Não percam, "Gina, inequecível...", romance, intrigas, veneno, ação e muito amor...

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.