FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Casamento


Fic: Ops... - Concluída


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Cap.  8 – Casamento



 


Emma ia todas os dias de manha para a casa dos gritos. Cuidava de Remo de um jeito que nenhum dos seus amigos um dia ia conseguir. O carinho e amor dela curava Remo de um jeito muito mais eficiente.


No castelo, Lily andava sempre de cabeças baixas, todos riam dela e faziam piadinhas maldosas. James já havia parado na sala do diretor 3 vezes, por azarar essas pessoas.


- Não James – pediu Lily quando viu James avançando para cima de um sonserino – por favor, de novo não.


- Li – comentou ele secando as lagrimas que corriam pelo seu rosto – você não merecia passar por isso, me desculpe. Eu devia cuidar de você e só estrago tudo.


Lily sorriu e o abraçou.


- Você está sendo ótimo – falou ela baixinho – vamos antes que chegamos atrasados nas aulas.


***


Lene andava com rapidez no corredor e acabou esbarrando em Sirius.


- Onde vai com tanta pressa Marlene? – perguntou Sirius.


- Ah oi – sorriu – preciso saber se as meninas querem sair para comemorar minha solteirice.


- Solteira de novo? – perguntou Sirius interessado. Lene balançou a cabeça confirmando – então que tal sairmos nós dois?


Lene fingiu pensar, mas amou a idéia. Ela poderia dar o troco da ultima vez, ele podia ser amor da sua vida, mas ela nunca fora tão humilhada. Ela tinha quase certeza que ele só queria provar que era melhor que seu ex. E afinal, ele era muito melhor. Mas o passado ainda doía dentro de si e ela era orgulhosa de mais para deixar isso morrer.


- Depende para onde.


- Para onde você quiser, mas tem passeio para Hogsmeade no sábado, podemos ir para lá.


- Seria perfeito – sorriu Lene e o beijou na bochecha – até mais Black.


Dessa vez ia ser diferente, pensou Sirius, ele gostava daquela morena e não ia ser idiota de perder ela de novo.


***


Lily se sentou no sofá e ergue os pés para cima, sua barriga estava crescendo tão rápido que era impossível mais esconde-la. Pelo menos, não era surpresa para ninguém. A ruiva correu seus dedos pela elevação do seu ventre e sorriu. Ela estava ansiosa para ter seu bebê no seus braços. Cuidar dele. Porém, tinha tanto medo de não se tornasse uma boa mãe.


Mas pelo menos uma coisa ela sabia, apesar de todos os defeitos Potter estava se saindo muito bem. Ela ainda lembrava na primeira vez que ele sentiu a sua barriga se mexer, o maroto havia tentado segurar as lagrimas, mas ela viu, elas ali, prontas para cair, mas presa por uma força de vontade. “é incrível isso” falou ele “oi garotão, o papai te ama ta?”


Escutou um barulho de assas fazendo voltar à realidade. Logo uma coruja negra deixou cair em suas mãos uma carta. Era de pergaminho e com certeza não era coisa trouxa. Com certa curiosidade, Lily abriu a carta, afinal quem do mundo mágico mandaria uma carta enquanto podia falar com ela pessoalmente ali em Hogwarts?


“Lily Evans,


Sou a senhora Potter se lembra de mim? Como anda meu filho? E meu netinho?


 Pois bem, falei com seus pais, eles não ficaram nem um pouco alegres com a noticia, mas achamos que a melhor situação para seu estado é o casamento com meu filho. Amanha iremos acertar os detalhes.Não se preocupe, o novo Potter não nascerá sem uma boa família em volta, com pai e mãe.


 Boa noite


Senhora Potter”


- Ai Merlin – sussurrou em pânico – eles não podem fazer isso.


***


James se revirava após a carta que recebeu de sua mãe. Ele sabia que quando encontrasse Lily ia ser morto. Por que sabia que estava ferrado. Teria que casar com Lily, não era nenhum sacrifício, mas Li iria matá-lo.


- Que cara essa? – perguntou Peter.


- Por onde você andava? – perguntou de volta


- Por ai – respondeu Peter baixinho – como anda Isa?


- Não sei e nem quero saber daquela louca – respondeu saindo do quarto indo atrás da Lily.


Não foi muito difícil achar à ruiva. Ela estava lhe aguardando já.


- Oi – murmurei – acho que você já sabe.


- Sim – concordou Lily – eu tentei dar um jeito, mais não consegui.


- Imaginei – respondei – vou tentar falar com a minha mãe, você não será obrigada casar comigo.


- Obrigada – falou Lily sorrindo. Ela não sabia se estava alegre ou triste com aquilo.


***


Sirius se mexia nervoso aguardando Lene chegar. Algo estava mudando e ele não queria dar um nome aquilo, mas sabia que tinha que decidir até o final do dia, sabia que Marlene ainda queria se vingar e ele devia aproveitar e ir embora. Mas seu peito acelerava, seu coração parecia querer sair pelo coração toda vez que pensava naquela morena.


- Estas atrasada – comentou Sirius, mas sua voz transpassava alivio.


Lene sorriu e sentiu seu coração acelerar. Ela era apaixonada por ele ainda. Mas ela precisava ser forte. Os dois sorriram um para outro.


- Vem eu preparei uma surpresa para você.


***


James e Lily olhavam para o diretor buscando socorro. Senhor Evans parecia querer matar James enquanto a senhora Evans e Potter já falavam dos detalhes do casamento. Lily se sentia enojada com aquilo tudo.


- Mas senhor Evans – suspirou James – eu vou sempre ajudar, mas o senhor não pode força Lily se casar contra a sua vontade.


- Não coloque a culpa no meu moranguinho seu canalha – avisou Sr. Evans – vocês vão se casar.


- Senhor – falou Dumbledore – acho que o melhor jeito de fazer isso é após o fim do ano letivo.


- Ele tem razão – comentou Sra. Evans – eles precisavam focar no estudo agora.


Lily e James suspiraram aliviados, teria pelo menos um tempo para achar um solução.


***


Lene não queria acreditar que Sirius tinha feito isso. Lá estava eles, na frente de uma caverna com a vista linda de Hogmeade.


- Eu descobri esse lugar com os marotos alguns anos atrás – falou Sirius – sempre gostei daqui.


- É realmente muito bonito – confirmou Lene.


- Nunca trouxesse ninguém aqui – avisou ele baixinho.


Lene não sabia o que fazer com essa informação.


- O que você quer dizer com isso?


- Não sei – suspirou – a única coisa que eu sei Lene – falou olhando para seus olhos – é você. Eu quero que todos saibam disso, quero cuidar de você.


- Si..


- Eu sei que estranho, mas acredite acho que eu to começando entender James com a Lily.


Aquilo Lene percebeu seria o mais próximo de uma declaração que Sirius ia chegar. Mas era muito mais do que ela imaginou um dia escutar. Mas ainda lembrava dos fatos do passado, não conseguia confiar nele.


- Igual há alguns anos atrás quando você falou que eu era nada? Que eu não era importante? Eu escutei aquela conversa Sirius. E acredite eu não caio duas vezes na mesma mentira.


Se levantou e saiu dali, ignorando os berros do maroto. Sirius saiu correndo atrás dela, mas Lene lançou um feitiço o bloqueando. Ele lembrava muito bem daquele dia. E ele sabia que Marlene tinha entendido tudo errado.


FlashBack


Sirius tinha andando até aquele ponto e aguardava sua prima chegar: Bellatrix. Ele não podia acreditar que aquela sem noção o estava ameaçando depois de tudo. Ele sempre fora seu primo favorito, era ele que ela tinha pegado no colo, era ele que ela descontava quando estava irritada, era ele que ela beijou quando estava solitária.


“Six Six” falou ela com aquela voz fria” meu querido” sorriu. Aquele sorriso a deixava perigosa


“O que foi? Porque me mandar vim aqui?”


“Porque Sirius você é só meu, meu priminho” se aproximou quase o beijando “Você tem que larga a Mckinnon”


“Já disse que isso é problema meu” respondeu “Eu cuido dela. Não se meta”


“Ela é importante?”


“Não” afirmou Sirius, sabia se falasse a verdade Bella iria destruir ela “eu vou me livrar dela, não se preocupe”


“Excelente”


Sentiu os lábios frio da prima contra os seus.


“Sabe Sirius” falou “ainda bem que ela não é importante, o Lord das trevas ama matar mestiços”.


Fim do FLASHBACK


***


Lily estava encostada em uma pedra no Jardim. James estava do seu lado passando creme na sua barriga. Na verdade, Lily deveria estar recebendo uma massagem, mas o maroto parecia estar se divertindo em desenhar carinhas na barriga dela.


- Olha o Harry ta gostando – comentou rindo. James também acreditava que viria um menino. Ele sentia isso


- Acho que você que esta – riu Lily – pareço uma pintura


James riu e pegou uma flor e colocou na orelha da ruiva


- Sempre achei que você era – sorriu James – mas acho que agora tas ainda melhor


Lily corou e sentiu seu coração acelerar quando percebeu James se aproximar


- Eu acreditei que Isa precisava de mim – falou – eu pensei que ela era boazinha. Mas não era. Eu deixei escapar das minhas mãos a pessoa mais importante para mim. Li...eu quero casar com você. Mas nunca vou te deixar se obrigada a fazer isso  - avisou – olha o Harry mexeu de novo – sorriu e quebrando o clima de tensão.


“eu também quero James” pensou Lily “mas tenho medo de aparecer outra Isabella e você não percebe quem é, depois eu sou a ingênua”.


***


- Senhor, senhoras e senhoritas apresento a nova senhora Lomgobottom – falou o juiz de paz – apresentando uma chorosa Alice ao lado de um sorridente Frank.


Alice estava linda, seu vestido era simples, bonito e rodado. Fazendo parecer uma menina. Frank usava uma roupa de gala típica de bruxa.


Na primeira fila Sirius tentava chamar atenção de Lene que ignorava e acaba sempre roubando Lily de James. Emma e Remo pareciam estavam vivendo uma eterna lua de mel.


- Olha Sirius – falou James irritado – você tem que agarrar essa morena.


- Isso é só por causa dela roubar a futura mamãe.


- Não, porque você esta insuportável também – avisou James – quem diria que Remo estaria quase casado e nós continuando babando pelo nossos amores.


- Só você tem um amor – revirou os olhos.


- Continue sonhando Sirius – riu James – porque você esta apaixonado só não quer admitir.



Fim do capitulo 
 

 






N/a: Preciso pedir desculpas mais uma vez pela demora de postar o capitulo, mas eu tenho algumas explicações... O que aconteceu foi que na época em que eu disse que já ia postar o capitulo...No fim de maio eu fiquei sem internet por um tempo, ai quando voltei tava atolada de coisa pra fazer e quando eu fui ver não tinha postado, mas não fiquei loucos comigo ok ? A fic já está no finzinho e eu vou postar em breve o final - não vou prometer muito não, porque tô em falta com vocês. Espero que gostem do capitulo. Beijoos!


Ps. Só falta um capitulo e o epilogo...  

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Mariazinhaencrenca em 04/07/2013

capítulo perfeito! A Bellatrix é uma cara de coruja seca (relembrando minha infância)... Eu sou a última pessoa que pode falar de atraso, mas também estava e estou enrolada. Posta quando der, mas posta alguma coisa.

BJS 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.